Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

30 de jan de 2010

SRI AUROBINDO – 30 de janeiro

DO SITE AUTRES DIMENSIONS

ÁUDIOS:
http://www.dailymotion.com/video/xc44vk_sri-aurobindo-3012010-canalisation_webcam
http://www.dailymotion.com/video/xc44ww_sri-aurobindo-3012010-canalisation_webcam


Caros irmãos e irmãs desta humanidade, nesta densidade. Eu me apresento a vocês. Eu sou, hoje, o que é convindo chamar um dos 24 Anciões, também chamados Lipikas Cármicos ou Senhores do Carma.

Nós somos 24 Consciências que experimentaram e percorreram os caminhos da encarnação nesta densidade. Hoje, nosso papel é, mais que nunca, um papel de intermediário entre os diferentes tipos de Irradiação e de Luz que chegam até vocês desde algumas dezenas de anos e que se encontram, hoje, a um ponto crucial sobre o qual retornarei.

Nesta Assembléia de 24 Consciências, nós funcionamos de maneira unificada, de maneira a permitir-lhes receber, ao mais exato e ao mais de acordo ao que vocês são, a qualidade de diversas Luzes que chegam até vocês.

Historicamente, quando de minha última encarnação, fui Sri Aurobindo. Para aqueles que não conheceram esta Consciência encarnada da época, eu exprimi e vivi a abordagem da luz do Supramental, ou Luz da Fonte, retransmitida pelo Arcanjo Metatron, então em fase de abordagem, há mais de meio século.

Fui, no plano histórico, o Bem Amado João, aquele que redigiu o livro doce à boca e amargo ao estômago (nota: o Apocalipse de São João).

Hoje, eu sou um Melquisedeque (Melquisedeque do ar), que intervém entre vocês, tanto Vibratoriamente como por palavras que lhes permitirão o melhor possível se ajustarem, progressivamente e à medida do que vem, com relação, justamente, ao que descrevi e experimentei quando de minha última vida e também como São João.

Aqueles dentre vocês que seguiram, Vibratoriamente, pelas palavras e em Consciência, a irrupção da Energia Arcangélica nesta densidade em que vocês estão, sabem e vivem uma preparação intensa para um reencontro importante, no plano Vibratório.

Este reencontro é, antes de tudo, um reencontro com vocês mesmos em sua Dimensão Unificada. Um reencontro com vocês mesmos além da separação, além dos véus da ilusão e além do que muitos de vocês acreditam ainda saber que são.

Durante os Casamentos Celestiais, o Arcanjo Miguel lhes desvendou, de maneira Vibratória e em palavras, uma verdade que, até o presente, havia sido encoberta e concernente ao que é convindo chamar esta matriz aprisionante na qual vocês estão, hoje.

Houve, certamente, coisas que foram conduzidas e trazidas para a superfície deste mundo para manter a ilusão e as crenças, quaisquer que sejam, afastando-os sempre mais de sua Verdade essencial, da Unidade, como o disse e como disse Miguel, de sua Dimensão de Sementes de Estrelas e de Mestres da Luz.

Progressivamente e à medida da densificação desta dimensão, inúmeras coisas foram esquecidas, perdidas e transformadas. Graças à preparação dos Arcanjos, graças à sua preparação, graças à influência de diferentes tipos de Luz Vibral que penetram nesse sistema Solar, hoje, vocês estão na véspera de um mecanismo essencial que assinala seu retorno ao seio de sua própria Unidade, chamada Existência.

Um certo número de obstáculos, que estavam ligados a esta matriz e mantidos por ela e pelos seres que a mantém, estão hoje porosos e em vias de desaparecimento.

Esses termos, vocês os entendem cada vez mais, porque inúmeros seres humanos, hoje, tomam Consciência, Vibratoriamente e em Verdade, do que eles são, além das armadilhas da personalidade e da encarnação.

Eu vim, de maneira um pouco mais presente – eu diria – desde o mês de dezembro, a fim de guiá-los e de facilitar-lhes a passagem do mental ao Supramental, a passagem da personalidade à Existência.

Essa passagem é uma reversão a todos os níveis e, como reversão se torna possível, ao nível da Consciência coletiva, pela Radiância do Arcanjo Uriel, que prepara assim o retorno do Mestre da Luz, que prepara assim o retorno a sua Dimensão Estelar.

Este período é ao mesmo tempo um período de Alegria interior, porque se trata de redescobertas com autenticidade e este período pode também representar, com relação ao mundo exterior da matriz, uma causa de sofrimento.

Convém então identificar, de maneira Vibratória e de maneira certa, os momentos em que vocês participam da Existência e os momentos em que vocês participam da matriz.

Como o disse nosso Venerado Mestre Omraam Miguel Aivanhov, vocês têm a Consciência entre dois polos. Vocês navegam de um polo a outro e isso, efetivamente, pode se tornar fatigante, tanto para sua Consciência como para seu corpo.

É portanto necessário identificar, perfeitamente observar os momentos em que vocês vivem na Existência, dos momentos em que vivem separados. Inúmeros de vocês começam a perceber as diferenças, em todos os níveis.

Hoje, e cada vez mais, desde a chegada de 17 de janeiro e até 17 de fevereiro de seu ano, lhes é possível se ligar a esta energia específica que chamei, em minha vida, o Supramental que é, de fato, a reunião das três qualidades Vibratórias ligadas a Consciências específicas que são a Luz da Fonte e a Consciência da Fonte, a Luz do Espírito Santo e a Consciência do Espírito Santo e, finalmente, a Luz e a Consciência do Ultravioleta, irradiada pelo Arcanjo Miguel e o conjunto dos Arcanjos.

Esses três níveis Vibratórios da Luz Vibral estão em curso de reunificação. E nós então lhes propusemos de reunirem-se todos juntos às 19h até 19 :30h (hora francesa – 16 às 16 :30h no horário de verão Brasília), a fim de permitirem-se experimentar, em sua Consciência, a Luz de Ouro, a fim de permitirem-se experimentar, de maneira mais convincente, a Existência.

Muitos de vocês aí chegaram, mesmo nesses corpos de personalidade. O momento em que vocês chegam se traduz por um basculamento ou uma reversão que inúmeros de vocês começam a observar, que assinala a passagem da Consciência comum à Consciência Supramental.

Acontece um certo número de mecanismos Vibratórios e energéticos extremamente potentes quando de seu acesso nesse corpo à Existência.

Há o desaparecimento e dissolução do sinal exterior da Consciência, aquela se recentrando no interior e em seguida ao nível do Coração.

O acesso ao Supramental assinala, efetivamente, um desaparecimento progressivo e que se torna total, dos sinais exteriores da Consciência encarnada e encarnante, a fim de fazê-los penetrar o Templo interior e a Dimensão do Coração.

Esta experiência, que vocês têm a possibilidade de repetir, cada dia, conosco (porque nós o fazemos com vocês, assim como os Arcanjos o fazem) a fim de gerar um campo de Consciência unificada nesta Terra e permitir, no momento oportuno que está muito próximo, dissolver o mais facilmente possível a matriz.

Vocês devem, progressivamente e à medida dos dias, semanas, que vão passar, afirmarem-se em seu interior, afirmarem-se em sua Existência, deixar a personalidade, não desaparecer, mas transcender-se pela potência da Vibração da Luz.

Neste estado de Consciência específica em que vocês se juntam à Fonte e onde a Fonte se junta a vocês, vocês se tornam capazes de exprimir e viver interiormente expansões tais que elas os colocam em um estado de sideração da Consciência antes de viver um estado de Alegria.

É este estado e esta Consciência que vocês devem conduzir progressivamente a uma Consciência total na Consciência comum.

Progressivamente e à medida em que esta Consciência Supramental tomar posse de sua Consciência comum, as zonas de Sombra existentes em todo humano, em vocês, serão reveladas, esclarecidas e trascendidas.

Ainda é necessário aceitá-lo. Ainda é necessário não mais jogar os jogos da personalidade. Esses jogos da personalidade que conhecemos todos, por tê-los experimentado em diferentes níveis. O primeiro, com certeza, é o medo, porque a personalidade não existe senão pelo medo e, segundo, ela existe apenas pelo poder que quer se exprimir, sempre e ainda, no exterior e sobre os outros.

Na Existência, não há qualquer falta inerente à personalidade, porque tudo é completo e tudo é luminoso. Sair da Existência pode fazer sofrer. Esses vei-e-vens serão cada vez mais importantes dentro de algumas semanas.

Isso não é para colocá-los em guarda mas, bem mais, para ensiná-los a reparar os momentos e os instantes em que vocês estão na Existência e os momentos ou os instantes em que vocês estão na personalidade.

Competir-lhes-á então, individualmente, deixar trabalhar em vocês a inteligência da Luz, a fim de que ela lave seus Mantos e permita-lhes aceder a Unidade.

E lembrem-se desta frase importante e, oh, quanta atualidade: «ninguém pode servir a dois Mestres ao mesmo tempo e ninguém pode penetrar o Reino dos Céus se não se tornar como uma criança».

Viver no instante, cessar toda crítica de si e dos outros. Manifestar a Alegria, manifestar a Paz, não será uma vã palavra, qualquer que seja a desordem do mundo e, obviamente, assinará o reencontro, coletivo, do Supramental com a matriz.

Esse choque, porque isso será um, deverá ser amortizado, e é aí que seu trabalho se tornará essencial, vocês que foram capazes de se instalar, mesmo de maneira transitória, nesses espaços unificados de Existência.

Quando dizemos – quer seja eu ou outros – que contamos com vocês, isso é Verdade. Do mesmo modo que vocês podem contar conosco, mas nós jamais faremos o trabalho em seu lugar; compete-lhes e incumbe-lhes fazer desaparecer as zonas de Sombra mas vocês não poderão jamais fazê-las desaparecer por sua vontade própria, mas unicamente pela inteligência da Luz.

Então, convém-lhes cultivar o estabelecimento em vocês e o florescimento desta Inteligência da Luz que virá, a seu turno, desalojar e transcender o que deve ser. Não há outra alternativa.

Se decidirem engajar esse caminho, devem abandonar sua própria vontade, à vontade da Luz. Devem seguir em suas vidas as linhas de menor resistência e comportarem-se com humor igual àquele em que vivem nesses momentos, porque se o que vivem no Interior não se traduz no exterior isso não corresponde a nada e é uma ilusão a mais.

Assim, o estabelecimento em vocês do Fogo do Coração, depois da fusão das Coroas Radiantes da cabeça e do Coração, permite-lhes viver esta ignição do Fogo do Coração, esse Fogo que não queima, esse Fogo que não consome mas esse Fogo que purifica e que desperta em vocês a Vibração do fogo primordial.

É isso que deve nascer e crescer em seus espaços interiores e sobretudo e, com certeza, também, em seus espaços exteriores.

Vocês, que estão neste caminho, não vão necessariamente ter momentos fáceis permanentemente. Progressivamente e à medida em que a Luz eclode em vocês, ela encontra as necessárias resistências da matriz que virão colidir, por vezes, o que vocês são. Vocês não têm que se preocupar do que pode intervir, independentemente desses momentos.

Quaisquer que sejam as circunstâncias exteriores de confrontação ou de resistência, vocês terão sempre em vocês, não a se opor, mas a manifestar esta Alegria interior. Esta Alegria interior virá à extremidade, sem qualquer dificuldade, pela graça da Luz, de todas suas dificuldades, quaisquer que sejam.

Compete-lhes, nesse nível, desenvolver a confiança, não a confiança em sua personalidade mas, bem mais, a confiança na Existência e na potência da Luz e em seu trabalho de restauração porque, efetivamente, vocês entram muito em breve na restauração do que vocês são e do que vocês esqueceram, a maior parte de vocês.

O Supramental é uma Luz branca brilhante. Ela é trazida sobretudo pelo Arcanjo Metatron. Ela vem, obviamente, da própria Fonte e deve penetrar em suas estruturas.

O Fogo do Coração é a garantia do alinhamento com a Fonte e com a Luz do Supramental. No momento vindo – e em todos os momentos de sua vida exterior, na espera – esse Fogo do Coração deve guiar seus atos, seu olhar, seus comportamentos e suas ações.

Vocês devem assegurar, em vocês, esta Luz, manifestá-la cada vez mais frequentemente, quaisquer que sejam as provas e quaisquer que sejam as resistências, em suas vidas exteriores.

De nada serve lutar exteriormente; é bem mais útil desvendar e revelar esta Luz e permiti-la manifestar-se em sua vida. Sua vida então tormar-se-á simples, fácil, evidência, fluidez e sincronicidade.

Então, se é você que, por sua vontade pessoal, age, sua vida tornar-se-á resistência, provas e sofrimento.

Isso, entendam bem, é unicamente de vocês e unicamente de sua consciência e de ninguém mais. Vocês devem, hoje, como foi dito, pela graça do Supramental e pela graça da Fonte, reencontrar sua soberania.

Ser soberano é não mais ser soberano de nenhum outro; isso se chama Liberdade, para vocês e sobretudo para os outros, todos aqueles aos quais vocês se sentem superiores ou submissos, todos aqueles que estabeleceram com vocês relações a título da personalidade, quer isso seja laços chamados afetivos, quer isso seja laços amigáveis ou profissionais.

No meio de todos esses laços, vocês devem se desamarrar. Em todas essas relações, vocês devem manifestar sua própria soberania e, do mesmo modo, deixar a soberania ao outro, porque ele é a mesma Luz que vocês, quer ele saiba ou não.

O Supramental é um estado de Consciência que os liga à Existência e ao Fogo do Coração. O Supramental que vocês podem experimentar e, para alguns, viver de maneira mais profunda, eu diria, tem a particularidade de colocá-los na Alegria.

Como dizemos, nós, os orientais, isso se chama o Samadhi, os Samadis. Neste estado em que nenhuma resistência existe, o Fogo do Coração florece, a Luz eclode e, naquele momento, as resistências exteriores não são mais resistências, porque são superadas e transcendidas pela Luz que vocês emitem, pela Luz que voltaram a ser.

Vocês devem tomar o hábito de observar os momentos em que estão neste estado de Unidade e de Vibração e aqueles em que estão separados e divididos, daqueles em que recaem, ao nível da personalidade, nas energias da dualidade e as energias do sofrimento.

O Supramental é um presente feito para a humanidade que deve lhes permitir reencontrar, verdadeiramente, sua Essência e o que ela é, o que é a título individual e no conjunto da humanidade.

Vocês estão nesses momentos que são esperados desde mais de 50.000 anos pelos seres que velam sobre vocês e que os acompanharam, mesmo se vocês não têm consciência, para lhes evitar que apaguem, definitivamente, sua parcela de Eternidade, a fim de que no momento vindo – e vocês estão nesse momento – reste em vocês suficiente Luz de modo que a alma e o Espírito se revelem em seu esplendor e beleza.

O ancião Mestre dos Melquisedeques, vindo desde seu sistema Solar de origem, contribuiu, pelos planos que instaurou, quando da Criação de Atlântida, na preparação desse momento no qual vocês estão hoje.

Existem múltiplas formas de Consciência que, hoje, estão em observação, ou em ação, nesta Terra. Existem múltiplas civilizações Intergalácticas inclinando-se hoje sobre vocês para observar o que o Espírito humano, o que o Espírito da Verdade, em vocês, é capaz de fazer, pela Graça da Luz.

E, quaisquer que sejam as ações dessas entidades de Consciência, quer sejam Luz ou mais sombras, elas não colocarão jamais em causa suas escolhas, e o que vocês são interiormente porque a Luz é toda potência e ela não presta contas a ninguém.

Isso corresponde, totalmente, na Humanidade, à descoberta de um certo número de conceitos que, até o presente, haviam sido violados, quer sejam chamados ética, integridade, honestidade e soberania.

Não ousamos mais empregar a palavra Amor porque cada ser humano, em sua personalidade, tem uma concepção bem deformada do que é o Amor.

Entretanto, a Luz Vibral, em sua ação, e em vocês, permitirá colocar em evidência, em sua vida externa, o princípio de atração e de sincronicidade que jogará a pleno.

O que vocês têm medo, acontecerá. O que vocês fizerem sofrer ao outro, lhes sofrerá. Mas, tudo isso, Cristo já disse. O Mestre de Luz pronunciou a seu modo quando percorreu seus passos sobre o solo desta Terra.

Hoje, é uma revolução de Consciência, porque a Luz não se dirige a sua personalidade, a Luz se dirige à sua Existência. Ela se dirige ao que é primordial em vocês e não ao que é efêmero, e não ao que divide e separa, como a personalidade.

O supramental é uma aventura que vocês vão viver, e que vocês começam a viver em tempos extremamente reduzidos, nos quais vocês entraram diretamente. O ruído do mundo, além mesmo da desconstrução engajada pelo Arcanjo Miguel, o ruído da Humanidade dissociada, vai se tornar ensurdecedor.

Vocês não poderão se opor, mas poderão manifestar a única força possível, que é a Alegria interior.

Toda vontade de se opor a esse ruído os fará, de maneira inegável, penetrar e agir nesse ruído e, portanto, afastá-los da Existência.

O que precisamos, hoje, com vocês, é de Seres em pé, alinhados e Unificados. Seres bons, cuja vontade pessoal se apaga, face à vontade da Luz. Seres vivos, conscientes, mesmo de maneira parcial, de sua origem estelar e Luminosa. Seres conscientes que estão longe de serem somente esse corpo ou essas funções biológicas. Seres que se comprometem a ir para sua Unidade.

O sentido do Serviço situa-se, hoje, nesse nível. O Séva yoga existe apenas através da Graça do Bakti yoga, ou seja, do Serviço.

Mas esse Bakti yoga, atenção, compreendamos bem, não está ligado ao humanismo da personalidade que quer desempenhar o papel de salvador. Está muito mais no sentido do Serviço, o mais nobre, que é aquele de manifestar, para com cada um de seus irmãos e irmãs, a Alegria de seu ser Unitário reencontrado. Aí está o Serviço. O resto não seria senão uma máscara que visa lhes dar boa Consciência na dualidade bem/mal, mas não os faz participar de nenhum modo da Undiade.

Servir, é tornar-se luminoso. Servir, é integrar a soberania e integrar o supramental em sua Vida. Não há melhor modo de servir a Fonte e não há, não mais, melhor modo de servir ao outro e, também, de se servirem a vocês mesmos.

A Luz é abundância, a matriz é restrição, qualquer que seja a beleza preservada nesses mundos dissociados, elas têm, hoje, elas também, em meio aos diferentes reinos vegetal, animal, necessidade de reencontrar sua reconexão com a Verdade e a Unidade.

Aí está, caros irmãos e irmãs, o que queria começar como troca com vocês. Então, obviamente, se agora existem perguntas, questões, quero, hoje, dialogar com vocês e trocar com relação a esse supramental, com relação à sua Existência.

Questão: o que você chama sideração da Consciência?

Bem amada, chamo sideração da Consciência o momento muito preciso em que a Consciência passa da personalidade à Existência.

Há como um fenômeno de basculamento, de reversão, de «switch», empregando uma palavra inglesa: passa-se de um estado a outro.

A passagem deste estado a um outro estado é precedido, de maneira imediata, por uma sideração da Consciência que corresponderia a um obscurecimento total da Consciência, como um fenômeno de adormecimento, mas que não o é completamente porque, em um caso, você naufraga na inconsciência e, no outro caso, você vai para a supraconsciência.

E o momento, também, ao nível do corpo, onde mais nenhuma percepção chega.

Posição das mãos, posição dos braços, mesmo a percepção da energia parece se diluir na eternidade. Naquele momento, o processo de «switch» pode intervir.

Questão: O que chama reversão?

A reversão é um conceito muito fácil de compreender mesmo nesta personalidade.

Vocês estão numa matriz aprisionante, falsificada e virada, onde a Luz é invertida, projeta, pela opacidade, sobre um corpo, a Sombra.

O fenômeno de reversão é o que acompanha a passagem de um estado de Consciência a um outro.

Quando você nasce, nasce de cabeça para baixo e se volta, progressivamente e ao passar dos anos, para andar sobre seus pés.

O processo de reversão está inscrito mesmo em sua estrutura biológica à base carbonada.

A passagem de uma dimensão a uma outra efetua-se sempre por esse processo de reversão. A reversão que é precedida pela Consciência de sideração que acabo de descrever na questão anterior.

A Passagem de uma Dimensão a um outro estado Dimensional necessita uma fase de reversão.

Ao nível desta Dimensão em que vocês estão, a reversão é tripla. Concerne a uma reversão alto/baixo, concerne a uma reversão esquerda/direita e uma reversão exterior/interior.

Será, finalmente, ilustrada pela reversão, em Gaia, da Consciência da Terra, do que vocês chamam os polos.

Não temos mais perguntas. Agradecemos.

Então, irmãos e irmãs nesta densidade, estarei especialmente entre vocês, esta noite, no momento da efusão. Entretanto, eu lhes proponho nos ligarmos todos juntos, alguns minutos, isso será meu modo de lhes dizer obrigado. Eu lhes digo até muito em breve.

... Efusão de energia...

____________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão para o português: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

O.M. AÏVANHOV – 30 de janeiro

DO SITE AUTRES DIMENSIONS


Bem caros amigos, estou extremamente contente e me alegro de reencontrá-los.

Então, se querem, eu lhes transmito todas minhas bênçãos e vamos proceder como de hábito, ou seja, numa troca de questões e respostas, que é meu modo habitual de proceder com vocês. Então, caros amigos, vamos.

Questão: onde estão as tribulações da Terra, nesse momento?

De qual ponto de vista? Se é o nosso, o seu, ou aquele daqueles que resistem? Porque, obviamente, não são de forma alguma a mesma visão, não é?, você compreendeu.

Então, começando por nós, o que vemos é que tudo segue seu ritmo e tudo segue um plano que está perfeitamente estabelecido pela Luz e que segue uma rota que está perfeitamente em harmonia com nossas esperanças (eu emprego a palavra esperança) as mais loucas com relação à humanidade e com relação aos inúmeros seres humanos que iam poder viver esses processos mágicos de saída da matriz.

Então, agora, de seu ponto de vista, você, que segue todos esses trabalhos maravilhosos conosco, com vocês e que lhes permite aceder a esses estados específicos, podemos dizer que alguns de vocês bem gostariam de ver o final. Nós também.

Mas, entretanto, é preciso que sigamos um certo processo. Creio que, assim como o Arcanjo Miguel e talvez o porta-voz Sri Aurobindo, falaram em outros momentos, é preciso que nos ajustemos, progressivamente.

É uma operação delicada, delicada não para o estabelecimento da Luz, mas para fazer de modo que muitos, um máximo de seres humanos, possa aceder, com esse corpo de 3ª Dimensão, na nova Dimensão.

Então, nós ali vamos por pequenos toques. E agora, com relação a todos aqueles que estão ainda nas forças de resistência, nas forças de dualidade, que não estão ainda verdadeiramente do lado da Luz, é evidente que isso não pareça bom para eles, porque muitas coisas que estavam ligadas ao poder estão desabando por toda parte sobre o planeta e compreenderam que não podem contar com seus amigos lá em cima (é uma expressão) mas não podem contar também com a humanidade como contavam antes.

Assim, o balanço da Terra é muito positivo. Nós nos dirigimos para o que é anunciado desde sempre e esperamos sempre ir cada vez mais rápido, mas também cada vez melhor, com relação a tudo isso.

Questão: o que é dos lugares que são reputados como tendo um papel específico no futuro?

Então, caro amigo, existem muitos lugares neste planeta que têm um papel a desempenhar. Mas os lugares não são nada sem os seres humanos que ali estão. Isso é extremamente importante.

Vocês tiveram, em muito numerosos momentos da História da humanidade, lugares que eram, como dizer, consagrados e elevados no plano Vibratório e que foram, de algum modo, rebaixados pelos humanos que estavam sobre o lugar que desnaturaram completamente, eu diria, a natureza dos lugares e a função dos lugares. Isso vocês o vivem por toda parte.

Isso existe na França, como existe em outros países. Então, agora, sabemos e observamos lá de cima que há lugares onde se desenvolvem polos de interesses (vamos chamar assim) que atraem humanos como potencialmente lugares mágicos que vão fazer o trabalho em seu lugar. Mas nenhum lugar fará o trabalho por você.

De nada serve ir a um lugar para esperar encontrar o despertar. O despertar e a transformação estão no interior, unicamente.

E o que podemos culpar alguns lugares que observamos, é que seres vem, atraídos pelos discursos, atraídos pelos livros, atraídos pelas Vibrações e se estabelecem em regiões sem no entanto viver o nível Vibratório necessário.

Então, não é preciso se repousar nos lugares, quaisquer que sejam, isso é muito importante.

Agora, existem inúmeros lugares. Mas existem lugares assim, consagrados, ou ditos consagrados, no leste da França, no extremo leste. Existem também na Bélgica e na Alemanha. Em todos os países observamos esta recrudescência de agitação através de lugares mágicos ou lugares esotéricos que tiveram funções, ou que supôs-se terem funções. Eu diria que isso não deve atraí-los mais que isso.

O mais importante é que vocês vivam no interior. E sem o interior, sem a Luz interior, todo o resto não serve estritamente a nada.

Então, agora, sobre as funções históricas, a virem ou passadas, não me compete revelar-lhes o teor e a veracidade dos lugares de que falou. Compete a cada um de se fazer sua própria experiência. Porque se eu digo que é preciso ir ver a energia lá, vocês compreendem bem que haverá ainda mais pessoas que vão querer vir, ou, ao contrário, partir desse lugar, se eu digo que é falso. Portanto, isso nada quer dizer.

Cabe a vocês fazerem sua idéia e sua própria opinião, sabendo que tudo isso, definitivamente, não é muito importante, a partir do momento em que vocês penetram em sua Existência e vivem estados de Consciência que não têm mais nada a ver com os papéis ou missões desta 3ª Dimensão. Por conseguinte, é preciso relativizar.

Questão: por que nos sentimos atraídos por tal lugar ou tal pessoa?

Então, caro amigo, a resposta será muito geral. Não é preciso procurar resposta histórica, cármica ou futura. Há ressonância.

Você pode encontrar essas ressonâncias através de lugares e de pessoas. Se tomamos o exemplo de pessoas, há hoje seres que se colocam a vibrar face a um outro ser humano e imediatamente eles intervém dizendo: «oh la la, é uma alma irmã», «oh la la, é algo de muito potente, tenho algo a construir».

É preciso prestar muita atenção, porque vocês estão abertos, hoje. Abertos à Vibração, isso quer dizer também serem capazes de sentir Vibrações, como chamados com relação a lugares, com relação a pessoas, ou, ao contrário, repulsas, o que vem a ser o mesmo.

É preciso ficar muito atento para não tirar conclusões com relação a um fenômeno que viveu.

Imaginem, por exemplo, que eu vá ou que vocês vão, em um outro lugar, lá onde apareceu, não sei quem, onde há um Santo que está enterrado, por exemplo, e que vocês sentem uma Vibração. Vocês sabem que está ligada ao Santo. Não lhes virá jamais à idéia irem se instalar lá, porque vocês se sentem atraídos pela Vibração.

É necessário fazer exatamente a mesma coisa com os lugares porque, mesmo se a experiência vivida é completamente autêntica e verídica, não significa necessariamente o que você acredita. Ela assinala, sobretudo, um princípio de atração que vai colocá-los em Vibração com algo que, efetivamente, lhes concerne.

Mas prestem extrema atenção para, como vocês dizem, não bordarem com relação a isso. Contentem-se de viver as informações que chegam com relação a lugares ou pessoas mas não construam castelos, como vocês dizem, na Espanha, com isso.

Porque esta percepção Vibratória se desenvolve cada vez mais e o que acontece? Basta que vocês tenham um lugar Vibratório, que qualquer um fale ou escreva, para que vocês tenham um conjunto de seres humanos que chegam a esses lugares e que dizem sentir algo muito forte ou muito positivo, o que será completamente verdadeiro, mas, entretanto, as consequências de tudo o que acontece no humano são apenas castelos na Espanha, isso, é preciso bem compreender.

Se você é atraído para um lugar, vá. Mas se você é atraído para um lugar porque alguém falou ou porque você leu algo, atenção aos castelos na Espanha.

O importante é seu ser interior, não é o lugar que você vai encontrar.

As forças Arcangélicas intervêm efetivamente nos lugares de agrupamento, nos lugares onde haverá probabilidades, eu digo sim probabilidades, de reuniões de Consciências humanas, no momento vindo. Mas tudo isso, pelo momento, são apenas projeções.

Por exemplo, desde vinte anos, meu antecessor preparou um lugar que devia ser um lugar de agrupamento essencial da humanidade, e, em particular, para a Europa do Oeste. Esse lugar foi preparado desde muito tempo. E esse lugar, como dizemos, capotou.

Isso é importante? Perdemos algo? O Homem perdeu algo? Não, nós o substituímos, obviamente.

Por conseguinte, é preciso ficar, não circunspecto, é preciso estar aberto, mas atenção a não construir coisas que não existem. Isso é muito importante, para os lugares, para as pessoas e para as situações. Castelo na Espanha, em francês, lhes diz «bexigas por lanternas».

Questão: qual é a origem e o significado do raio dourado, do raio azul?

A Luz é Vibração. A Luz é Vibral. A Luz contém todas as cores visíveis e invisíveis.

Existe, nesta Luz Unitária, um certo número de especificações. Houve um exemplo, no ano passado, com a energia do Ultravioleta. Houve um outro exemplo, anterior, com a energia do Espírito Santo ou da Shakti. E há um outro exemplo com a Luz e a Vibração da Fonte.

Todas as três reunidas reconstituem um valor Unitário da Luz. Mas cada Luz e cada Vibração (ou cada comprimento de onda, se preferem, da Luz) vai trazer uma característica específica.

Ultravioleta, isso quer dizer para vocês que está além do violeta. E além do violeta, o que há? Há os raios X, e antes há os raios gama. Os raios gama são os raios que são enviados para vocês pela Fonte, por Alcione, e que são retransmitidos por nós mesmos, a fim de desencadear as mutações necessárias em seu DNA e em sua estrutura biológica.

Os raios X estão em outro nível, muito mais rápido, ao nível Vibratório e de frequência, que vão induzir transformações que eu qualificaria de finais. Entre esses raios X e a luz visível existe um certo número de qualificativos.

Por exemplo, a Luz Azul não é o azul que vocês vêem com seus olhos, salvo em certas circunstâncias particulares quando as Portas das Estrelas se abrem, e nesse caso é diferente. Mas a Luz Azul tem um impacto específico. A Luz Azul corresponde à Luz do Espírito Santo, que é azul.

A Luz Dourada, ou o Raio Dourado, corresponde à reunificação da Luz Branca e a Luz Ultravioleta, em seu Coração, que dá então essas irradiações de cor dourada que vocês chamam a Presença a vocês mesmos ou a Existência, ou também o Fogo do Coração.

Questão: por que não vimos os acontecimentos que você anunciou?

É toda a diferença entre o que nós vemos, quando estamos encarnados ou quando estamos lá em cima, como algo de certo, onde nós abribuimos um tempo, que corresponde ao tempo Vibratório da descida do mundo de emanações (em todo caso dos mundos os mais elevados de sua matriz, até nesta Dimensão).

Várias vezes, já, desde vários anos, eu disse que haveria ondas de frio gigantescas, que haveria também tempestades.

Mas é preciso bem compreender que a humanidade reajusta. Vamos tomar um exemplo muito mais recente que não concerne a fenômenos geoclimáticos nem geofísicos, mas que concerne ao sistema econômico.

Nós todos havíamos dito, e o Arcanjo Miguel também, que, quando do período de desconstrução (que não está terminado, eu lhes afirmo), haveria uma destruição total do sistema econômico e financeiro.

Isso é real e já chegou nos planos os mais altos da matriz. Mas as resistências humanas e os medos humanos fazem com que esse sistema se perpetue, mesmo se não exista mais.

O problema é que, aí, vocês tocam o domínio das crenças, nesse nível.

No nível geoclimático é um pouco diferente. Nós teríamos de longe preferido que as modificações geofísicas, tectônicas, ligadas à cintura de fogo do Pacífico, vulcões, fossem mais estendidas no tempo.

Eu já falei, se minhas lembranças são boas, em dezembro de 2005, da cintura de fogo do Pacífico. E o que observamos? Que esta ignição se faz e continua a se fazer, enquanto deveria se fazer muito mais rapidamente.

Entretanto, nós somos, e vocês são, obviamente, dependentes de diferentes resistências existentes na matriz, com relação a isso. É a mesma coisa para o sistema econômico.

Mas quando nós lhes dizemos que algo chegou e chega, mesmo se lhes dizemos que vai chegar em tal momento, sabemos que vai talvez chegar em tal momento, mas isso pode ir até o final do período determinado.

Por exemplo, para a desconstrução total do Arcanjo Miguel, lhes foi dito, me parece, no final do ano, que vocês iriam assistir a uma recrudescência de fenômenos geofísicos.

Mas não esperem ver um sismo como aquele que ocorreu há pouco tempo, todas as semanas. Sem isso, haveria maior mundo sobre a Terra. Mas, entretanto, tudo isso está a caminho.

Então, é preciso compreender que o que nós lhes anunciamos é o que nós vemos nos planos os mais altos da matriz, e que chegou. Então, o sistema econômico chegou.

Agora, o tempo que isso toma para se manifestar sobre a Terra encontra um certo número de resistências e de crenças que são muito mais fortes do que pensávamos, simplesmente. Mas isso está a caminho para vocês. Não há qualquer meio de parar isso.

É como quando falamos das Ondas Galácticas que chegam para vocês. Nós sabemos que elas vão chegar. Sabemos que se banham dentro. Sabemos também que esse fluxo de partículas vai crescer. Mas, em qual momento esse fluxo se tornará suficiente para permitir gerar o que deve ser gerado? Sabendo que esse fluxo de partículas, de início, seja canalizado, seja filtrado (isso depende dos períodos) pelos Arcanjos, e em seguida por nós mesmos, antes de chegar até vocês. E vocês mesmos (o conjunto da humanidade, eu falo), vão filtrar isso também.

Segundo essas diferentes camadas sucessivas de penetração, os efeitos podem ser mais ou menos, como dizer, deletéreos, ou mais ou menos elásticos no tempo. Entretanto, há sempre uma noção de data limite.

É como a data limite de consumo, é parecido. O que podemos dizer, simplesmente, é que, paradoxalmente, a preparação interior dos humanos vai muito mais rápido do que acontece ao nível da matriz, quer dizer que temos muito mais seres humanos despertados, hoje, que não esperávamos.

Temos muito mais seres humanos que vivem o Fogo do Coração que não esperávamos, há ainda alguns meses (ainda em setembro, para aqueles que se recordam, quando falei das vacinas).

Temos observado, verdadeiramente, um fenômeno interior que é bem real e imediato, mas que não se acompanha necessariamente sempre da desconstrução da matriz ao ritmo em que o desejávamos.

Mas é preciso bem compreender que quanto mais nos retardamos, mais há um fenômeno de elástico que se estende, entre uma parte da Consciência daqueles que se abrem e a Consciência daqueles que resistem, ou da matriz, quer dizer o conjunto de crenças que resistem. A um dado momento, o elástico volta ou se solta.

Questão: existem, no estrangeiro, canais tais como podemos ter aqui?

Completamente. Há numerosas pessoas que são canais, que exprimem, por exemplo, os Arcanjos.

Há um, que é mais antigo, nos Estados Unidos, uma mulher que recebe, obviamente, comunicações do Arcanjo Miguel ou de outros Arcanjos.

Tenho a precisar, e creio que já disse que o Arcanjo Anael muito melhor se exprimiu que eu, porque se eu me exprimo sobre isso, isso vai ser muito mais violento: é preciso bem compreender que os processos de canalização correspondem a telefonemas dados ao redor do universo, desde a matriz, desde si mesmo, até os planos os mais elevados.

Compete-lhes a vocês mesmos encontrar o que os faz vibrar e o que lhes permite se elevarem e se aliviarem.

Portanto não há que definir o que é verdade e o que é falso. Agora, se vocês me colocam a questão com relação à origem do plano, ao mínimo supramental, eu diria que 90% mínimo de tudo o que é recebido não vem do supramental.

O que não quer dizer que é negativo. Não se esqueçam jamais que, mesmo no processo de canalização o mais puro, nós nos servimos, obviamente, ao mesmo tempo de palavras da laringe da pessoa e também de seu cérebro e de seu coração.

Então, não se surpreendam de encontrar, necessariamente, toques da pessoa em encarnação, mas não é sempre negativo. Obviamente, isso depende das qualidades de coração e das qualidades Vibratórias daquele que recebe. Isso necessita também a permeabilidade de algumas estruturas energéticas.

Querer canalizar, sem ter ativado a Shakti e a Kundaline, volta a canalizar a si mesmo, certamente.

Muitos seres consideram que as canalizações são apenas de palavras. Vão ler as palavras e ver se isso as coloca em Vibração, é seu sentido pessoal.

Vocês tiveram a prova, mais que evidente, com o Arcanjo Miguel, que retransmitiu energias. E nós também, os 24 Croûtons (nota : a Assembléia dos 24 Anciões), quando nós enviamos energias, vocês as sentiram, não é?, além das palavras.

É preciso sempre ir além das palavras, porque dar prazer com palavras é muito fácil.

Eu posso acariciá-los nos cabelos durante horas, sem qualquer energia e vocês vão acreditar chegados, porque sentiram que isso lhes fez bem.

Não é a mesma coisa do que viver energias sem palavras, como fazemos todas as noites com vocês (nota: de 19 a 19 :30 – hora francesa – 16 a 16 :30 horário de verão Brasília – durante o último protocolo colocado em nosso site sob a rubrica « protocolo a praticar »). Aí, vocês estão em um outro domínio que é um processo Vibratório em relação, desta vez, não mais com uma canalização, dado que vocês se tornam vocês mesmos o canal desta energia, para todos os outros. Vocês compreendem isso.

Então, agora, há mensagens que vão acariciá-los nos cabelos e lhes dizer que são seres sublimes, seres de toda beleza. Vocês terão muitas pessoas que vão dizer isso. Terão também muitas mensagens que vão lhes dizer que vai acontecer tal coisa, tal dia, a tal hora. Eu não falo de fenômenos Vibratórios que lhes retransmitimos, mas um acontecimento, por exemplo.

Houve, nos anos anteriores, pessoas que anunciaram contatos com a Frota Intergaláctica, em um dia e um dado momento precisos, que jamais aconteceu, certamente. Então, naquele momento, pode-se colocar a questão, eis que, eu lhes disse há pouco que mesmo eu, com relação à economia ou à finança, estava evidente que tudo ia desabar antes do inverno (verão no hemisfério sul), no entanto, continua aí. O que quer dizer que é suspensão.

Mas lembrem-se que o importante não são as palavras. O importante não são as previsões. O importante é o trabalho Vibratório da Luz. E isso, vocês tiveram a demonstração, pelo Arcanjo Miguel, nas reuniões planetárias que ele organizou, que algo aconteceu, certamente.

Questão: a defasagem entre os anúncios dos acontecimentos e sua realidade para nós significa que o desenrolar do tempo em nossa matriz é imprevisível, mesmo para vocês?

Completamente. Recordem-se que um ser vindo de Dimensões superiores, a partir do momento em que se aproxima da matriz demasiadamente, fica preso pela matriz e se encarna. E, encarnando-se, é obrigado a se reencarnar, ele não pode mais escapar da matriz, salvo em momentos precisos da História da humanidade como agora (salvo muito grandes seres que se beneficiaram, eu diria, de um suporte logístico considerável, como isso foi o caso para Cristo).

Simplesmente, há alguns seres (dos quais tive a chance de fazer parte em minha última vida, ou como o Venerado Sri Aurobindo) que tocaram um nível Vibratório que estava no limite da matriz e, aqueles, nós pudemos extraí-los, eles puderam ser extraídos e participar desta interface entre a matriz e os planos Arcangélicos que somos nós, os 24 Croûtons.

Questão: isso está em relação com o que Einstein desenvolveu sobre a curvatura do espaço/tempo?

É a mesma coisa. Vocês estão num tempo curvado. Num tempo que foi fechado sobre ele mesmo, para cortar o conjunto desse sistema Solar da irradiação da Fonte, o que foi perfeitamente obtido com êxito desde 300 000 anos. E, a cada 50.000 anos, esse sistema retorna a um ponto de partida, que vocês chamam a precessão dos equinócios.

A partir daquele momento, o sistema solar é submetido a um bombardeamento eletromagnético de raios gama.

Até o presente, nós não pudemos jamais fazer cessar essa curvatura do espaço/tempo. É o que estamos realizando desde o verão passado (inverno no hemisfério sul), com a ajuda dos Arcanjos e da Confederação Intergaláctica que corresponde a todas essas embarcações que estão em torno do Sol, incluindo a embarcação de Maria e aquela em que estou.

Tranquilizem-se, estou numa embarcação de Luz que nada tem a ver com ferragem. Mas há também embarcações de ferragem, em particular as de nossos irmãos Unificados de 3ª Dimensão de Vega que lograram êxito em romper a matriz num ciclo precedente e que estão portanto liberados da influência Arcôntica. Eles entretanto escolheram permanecer num corpo dimensional de 3ª Dimensão, ou seja, à base carbonada, mas Unificada desta vez, o que era seu caso, para a maior parte de vocês, há mais de 300.000 anos.

Vocês estavam num corpo de carbono, mas unificado. Então, nós dissemos (na época, eu não estava aí) que as Forças de Luz tiveram muita dificuldade em dissolver esta matriz.

Até um momento preciso da História da humanidade, pensávamos que bastava um certo número de «sacrifícios», de Seres de Luz que tomavam corpo nesta encarnação, para poder fazer desaparecer e dissolver a curvatura do espaço /tempo.

Ora, é necessário reconhecer que as forças Arcônticas são terrivelmente inteligentes e conhecem perfeitamente as regras da matriz e souberam perfeitamente jogar o jogo de fechá-los em suas próprias crenças, modificando suas estruturas cerebrais, ao nível do DNA.

Fomos obrigados a esperar esse momento que vocês vivem agora, que assinala o final do ciclo de 52.000 anos, para poder dissolver, esperar dissolver (o que está em bom caminho agora, dado que a Luz ganhou), de maneira definitiva, esta matriz.

Questão: como o trabalho dos Arcontes pôde acontecer?

Porque, na partida, o trabalho dos Arcontes foi deixado livre pela Fonte. Tratava-se de uma experiência ligada a uma experimentação específica.

Obviamente, naquele momento, os seres que estavam sobre a Terra manifestaram-se junto à Fonte dizendo que isso seria uma experiência horrível. E a Fonte, e os Arcanjos, alguns Arcanjos, decidiram prosseguir a experiência. Outros não.

Houve uma espécie de, como vocês chamam isso em sua linguagem, uma cisão.

O problema é que, uma vez que o desvio Arcôntico teve lugar, tornou-se extremamente difícil restabelecer as coisas. E a maestria dos planos densos, pelos mestres Arcônticos, tornou-se sua experiência muito penosa.

Mas esta experiência desemboca, e desembocará sobre mais Luz. O problema desse mais Luz é que isso se fez na dependência de uma submissão, ou seja, de uma violação de sua liberdade.

Substituiram a liberdade pelo livre arbítrio, dizendo ser uma nova liberdade: o Bem (havia o Bem), o Mal (havia o Mal).

Enquanto que a Consciência, destacada desta noção de materialidade, não conhece nem o Bem, nem o Mal, não conhece senão a Luz e a Unidade.

E, por conseguinte, nós percorremos, vocês percorreram, um certo número de ciclos, que chega hoje a sua expiração, apenas agora. E esta experiência, na partida, era livre, mas conduziu a privá-los de sua liberdade Dimensional.

Questão: é então normal sentir um estado de cólera com relação a tudo isso?

Não, porque a cólera pertence à dualidade, mesmo se sei que Cristo manifestou sua cólera no templo e eu também manifestei cóleras.

Mas, hoje, vocês estão em uma outra etapa. Há 2.000 anos, não há 20 anos. Hoje, vocês devem se pacificar pela Luz, quaisquer que sejam as coisas que necessitariam, ao limite, colocá-los em cólera, porque, obviamente, os Arcontes e o que resta sobre a Terra tem apenas um objetivo, que é o de desencadear reações. Eles procuram, por todos os meios, desencadear reações. A guerra é uma reação, a violência é uma reação, porque a violência, a guerra (a reação, de uma maneira geral), mantém a matriz.

Eles sabem, pertinentemente, que a matriz está afrouxada, dividida, se preferem. Eles procuram um meio de restabelecê-la, mas é impossível, porque esta matriz, para ser restabelecida (além das crenças da humanidade que começam já a delas se liberar), há também as manipulações ligadas às forças dos três envelopes de que já falei: ionosfera, magnetosfera, heliosfera.

Esta curvatura do espaço/tempo tornou-se possível pelas embarcações Arcônticas de ferragem magnética que o curvaram por sua dimensão. Ora, estas foram ejetadas durante o verão (inverno no hemisfério sul). Portanto, eles não podem mais recurvar o espaço/tempo. E nós, nós descurvamos de nosso lado, agora, tranquilamente e levando em consideração as reações da humanidade.

Questão: os Arcontes poderiam recomeçar a curvar em outros sistemas?

Mas, caro amigo, eles já curvaram sobre mais de 80 universos, é já enorme. Mas acabou. É o fim final agora.

A qualidade de irradiação da Fonte, em reunião com o Conclave Arcangélico, em reunião com Metatron, o príncipe dos Arcanjos, modificaram a qualidade de irradiação que fez com que não seja mais possível, agora, para esses seres, poderem curvar o espaço /tempo do mesmo modo. Terminou.

Questão: o que é do fundamento de Darwinismo, do Criacionismo?

O Darwinismo é uma gorda fraude da qual aliás se servem de resto os Arcontes, a sacrossanta evolução.

O ser humano descende do macaco, certamente. E eu, eu descendo de coqueiros. É não importa o que. É algo que está destinado a fechá-los numa visão materialista, evolucionista, mas na matéria e em nenhum outro lugar.

Quanto ao Criacionismo, não é exatamente assim que isso deve se apresentar. Mas isso nos levaria demasiadamente muito longe.

Simplesmente retenham que Darwin e Darwinismo são os mesmos lados que o Criacionismo. São os dois lados de uma mesma peça, é uma peça teatral que lhes foi vendida pelos Arcontes.

Em contrapartida, que incorporaram sua alma e uma parte de seu Espírito em corpo de macaco, isso é completamente verdadeiro. A estrutura humana foi criada e preparada há muito tempo. Há mais de 20 milhões de anos, os primeiros geneticistas de Sirius, os grandes Delfins revestidos que andavam no ar, chegaram sobre a Terra para preparar a Vida.

Preparar a Vida necessitava depositar, neste planeta, matrizes cristalinas. Essas matrizes cristalinas deviam gerar os cristais que são planos de Vida, que serviriam, a seu turno, de matriz para a organização biológica carbonada.

Lá acima, a Divina Maria, sua Mãe, de todos e nossa Mãe, veio com um contingente, desta vez, de mulheres (não havia homens, hein, como dizia o outro, não é por acaso: as mulheres são criadoras).

Essas criadoras vieram propor aos Espíritos multidimensionais, de múltiplas origens, tomar posse de um corpo biológico mas sem ficar prisioneiro desse corpo biológico, ou seja, que havia a possibilidade de não cortar a multidimensionalidade.

Esta experiência se reproduziu sobre um número considerável de universos, porque a Fonte a autorizou, porque Maria a autorizou, e a permitiu, e a criou.

E havia a possibilidade de ir entre as Dimensões as mais elevadas, até esta Dimensão a mais densa, em total liberdade, e experimentar a matéria carbonada.

Em seguida, um certo número de civilizações se desenvolveu. Hoje, vocês diriam multiétnicas, eu diria multicósmicas, porque havia seres que vinham de um pouco de toda parte.

Havia diferentes formas que estavam ligadas ao que vocês chamam, vocês aqui, os animais, mas é ainda uma ironia criada pelos Arcontes que lhes fizeram representar os animais que são, de fato, os seres os mais evoluídos da humanidade (não os animais que vocês vêem, mas a forma de seu rosto, por exemplo).

Quando há uma face de tal raça animal, vocês pensam que é um animal. Isso é uma comédia lúgrubre dos Arcontes que fizeram criar, de algum modo, essas formas animais, para gozarem, assim, desses seres que vieram de outros lugares.

Mas isso foi há várias centenas de milhares de anos. Lá, os Arcontes fecharam e curvaram o espaço/tempo e os fecharam, quer dizer, privaram-nos de sua capacidade de reencontrar sua liberdade. E eles substituiram a liberdade pelo livre arbítrio, ou seja, o combate entre o Bem e o Mal. Esse combate Bem/Mal ilustrou-se durante mais de 300.000 anos.

Foi necessário o sacrifício de Cristo (que dissolve, de algum modo, a ação/reação e substitui pela ação de Graça), e foram necessários 2.000 anos para que isso chegue a hoje, ou seja, que o ser humano, a humanidade, se desperte.

Por conseguinte, vejam vocês, é algo que é do domínio do épico, não é ?

É verdade que o mais difícil, eu creio (mesmo para o humano que quer se liberar de manipulações, de crenças, de religiões, de tudo o que o subjuga), o problema é que não são todos conscientes, longe disso, que tudo o que vocês vivem aqui não é verdade, que tudo isso é uma falsificação da Criação.

E os Arcontes lhes disseram que eram os Deuses Criadores, certamente. Eles os fizeram crer que foram eles que os criaram, vocês, e que criaram esta Dimensão, o que é arquifalso.

Então, há algo que está além: o interesse de se apresentar como Criador, é que se pode desempenhar ao mesmo tempo os dois papéis, ao mesmo tempo Deus e o Diabo, dado que é a mesma entidade. Em todos os golpes se ganha. E é o que fizeram os Arcontes.

Agora, as coisas são diferentes. Nós chegamos a uma extremidade onde, pelo o acesso à Existência, que vocês começam a viver em sua personalidade, vocês se dão conta que tudo o que lhes contaram é um disparate, que todas as religiões, sem exceção, foram manipuladas, ou criadas, por alguns dentre eles, pelos Arcontes, para mantê-los na dependência, e nada mais.

A tal ponto que, hoje, muitos seres humanos não encaram mesmo que possa existir outra coisa, mesmo nos mundos mais além. Olhem, por exemplo, a crença e a adesão da humanidade ao carma, à reencarnação. Fizeram-lhes acreditar que era o objetivo, de se reencarnar sem parar, para não mais ter que se reencarnar. É uma grande farsa.

Tudo o que existe na superfície desta Terra, mesmo o que é bonito (por exemplo a natureza, a beleza humana, a música), são apenas falsificações da verdadeira Luz.

Vocês estão num mundo, como dizem os orientais, de ilusão total. O problema é que vocês aderiram de tal modo a esta ilusão que, por isso, estão persuadidos de que é a única Verdade que existe.

E contra isso, há modelos que se construíram. Então, há os seres humanos que acreditam que têm um carma. E efetivamente, acreditando nisso, eles são submetidos a esse carma. Enquanto você crê nisso, isso lhe é submetido. E, durante esse tempo, aqueles que representam os Arcontes sobre a Terra, desde extremamente longo tempo compreenderam que não havia qualquer carma, exceto aquele em que se crê.

E é por isso que eles podem fazer o Mal sem jamais serem punidos. E eles não poderão ser punidos, por isso.

E vocês, durante esse tempo, acreditam que se fazem o Bem, vão colher o Bem. É maravilhoso, não é ?

Questão: a música pode ser igualmente «falseada», mesmo se fazemos referência a um músico tal como Johann Sebastian Bach ?

Existiram muitos músicos que estavam ligados ao que chamamos a Música das Esferas, ou seja, que está além da matriz.

Entretanto, a partir do momento em que um som existe na superfície deste planeta, a partir do momento em que vocês ouvem um pedaço de música que os transporta, obviamente que os transporta, não é falso.

Mas se vocês aceitam o princípio de que tudo é falso nesse mundo, necessariamente é falso e falsificado, mesmo as coisas as mais belas.

Quando vocês tocarem a Existência, viverão o que é a Música das Esferas. A Música das Esferas, ou Música Angélica, nada tem a ver, mesmo com concertos brandenburgueses, ou com o vôo como a Valquíria de Wagner.

Tudo isso é muito bonito mas nada tem a ver com a Música das Esferas. Estritamente nada a ver. Entretanto, isso foi suporte Vibratório para vocês. E esses suportes Vibratórios permitiram-lhes, assim mesmo, recordarem, em alqum lugar, mesmo de maneira subconsciente, de sua dimensão de Eternidade, não é ?

A música é feita para isso. A beleza da natureza também. Há, assim mesmo, em tudo o que é falso e desta ilusão, elementos que estão aí para lembrá-los de sua Essência primeira. A música faz parte disso, falsificada ou não.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Então, caros amigos, vou lhes apresentar minhas bênçãos e retornar agora para preparar nosso trabalho com os Arcanjos, às 19h (hora francesa), não é ?

E vou deixar o lugar, junto desse canal, para acompanhá-los de maneira mais direta, ao Venerado Sri Aurobindo. Eu lhes digo, quanto a mim, até muito breve, e agradeço por todas essas questões. Eu lhes dou todo meu Amor. Até breve.

______________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão para o português: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

ANAEL – 30 de janeiro

DO SITE AUTRES DIMENSIONS


Questão: o triângulo das Bermudas é uma Porta?

Bem amado, existe, na superfície deste planeta, como em seu interior e também em seu exterior, um certo número de estruturas chamadas Vibratórias.

Essas estruturas Vibratórias podem ser portas, portais, peneiras, vórtices, ou ainda «Stargates», Portas de Estrelas. Existem de diferentes naturezas.

Algumas permitem aceder e viajar nesta matriz, elas mesmas utilizadas desde extremamente muito tempo por aqueles que foram chamados os Arcontes.

Existe também, devido mesmo à ação de nós mesmos, ou seja, os Arcanjos, a criação de um certo número de portas novas em sua estrutura, do mesmo modo que estamos criando atualmente, com a ajuda da Confederação Intergaláctica, no Sol e em seu ambiente próximo, um certo número de Portas de Estrelas que nos permitem retificar, literalmente, a matriz na qual vocês estão e permitir-lhe novamente ser alimentada pela Luz.

Assim, portanto, existem muito numerosas Portas. Aquela de que você fala foi, efetivamente, uma Porta, num passado remoto, ligado à Atlântida.

Essas portas evoluem no tempo, quer sejam inscritas na matéria (como nas pirâmides), quer sejam suspensas no ar ou estejam no intraterrestre.

Portas, Portais, «Stargates» e um certo número de estruturas permitem hoje verificar, por vocês mesmos, que as modificações Vibratórias em curso sobre este planeta, obviamente, nada têm a ver com o que, como vocês dizem, o que lhes «martela» ao longo do dia e chamada mudança climática.

Há uma perturbação, uma transformação essencial que está em curso nesta humanidade, como no conjunto do sistema Solar. Assim, portanto, convém acolher em vocês essas modificações porque, lembrem-se que essas modificações exteriores lhes concerne.

A ação que realizamos no Sol realiza-se no interior de suas estruturas de Existência, porque o Sol não é nenhum outro senão o lugar onde estão estocados seus corpos eternos e seus corpos universais.

Questão: você havia precisado, há algum tempo, que a Luz havia ganho. Pareceria que esse não seja o caso.

Obviamente que a Luz ganhou, cara amiga. A Luz mais que ganhou mas, simplesmente, existe uma latência entre o que está no Céu e o que está sobre a Terra.

Um certo número de processos teriam que chegar, como aliás anunciou-lhes o Venerado Omraam Miguel Aivanhov, como o desabamento do sistema financeiro. Esse sistema financeiro está definitivamente desabado mas, entretanto, ele prossegue sua rota como se nada fosse durante um certo tempo.

Isso ilustra, para nós e para vocês, a dificuldade inerente entre o que acontece no Céu e o prazo de tempo (delay) do que deve chegar sobre a Terra.

A Luz ganhou porque, ao nível dos mundos interestelares, ao nível da Confederação Intergaláctica, as oposições ligadas a esses maus rapazes não podem mais existir. Entretanto, ao nível de seu mundo de superfície, existe um certo número de forças que estão ainda no trabalho, obviamente. Elas não estão totalmente dissolvidas pela Luz, ainda não.

Questão: isso não seria para pessoas que estão «na Luz» ou num caminho de Luz combaterem esse gênero de coisas?

Bem amado, nada há a combater, há simplesmente que Ser.

As forças que criaram esta matriz gostariam apenas de uma única coisa: é que vocês entrassem no combate, Sombra/Luz. A Luz não combate jamais.

O Arcanjo Miguel combate, tal como isso foi dito. Foi-lhes dito, no ano passado, em inúmeras vezes, mas seu papel era Ser. Quando você É, você combate mas sem utilizar as energias que correspondem a esse nível de realidade.

O combate bem/mal, a força de antagonismo e as forças eletromagnéticas que vocês conhecem são aquelas que, justamente, permitiram a instalação desta matriz.

Desfazer a matriz necessita situar seu combate para além da dualidade do bem e do mal. O combate que vocês devem conduzir é um combate interior entre personalidade e Existência, a fim de estabelecer, em vocês, a Luz e a Existência.

A partir do momento em que você irradia a Luz, a Luz age por sua Inteligência própria. O abandono à Luz, de que me exprimi largamente no ano passado, é algo que lhes permite vencer sem combater, simplesmente pela Presença em vocês mesmos e a Presença em sua Radiação. Não há outra solução.

A partir do momento em que vocês entram num combate, em que vocês lutam contra o mal, vocês participam, de uma maneira ou de outra, da matriz.

Vocês são obrigados a superar o estágio bem /mal e a oposição bem /mal para entrar na Unidade. Não há outra possibilidade.

O que quer dizer que, enquanto vocês conceberem o combate da Sombra contra a Luz, ou da Luz contra a Sombra, por um afluxo de Luz de uma pessoa ou de um grupo social, vocês mantêm, de maneira indefinida, a dualidade.

Jamais vocês sairão da dualidade pelo combate. O combate concerne à forças de oposição presentes neste Universo e, em particular, nesse setor do Universo ligado à falsificação da Luz, criada, há extremamente muito tempo, pelos Arcontes.

O único combate é um combate interior: crescer em Luz permite à Luz investir-lhes e manifestar-se cada vez mais. É apenas a partir desse momento que vocês compreenderão a finalidade do bem e do mal, tal como foi enunciado por todas as correntes, eu diria, religiosas, deste planeta.

Vocês estão numa matriz. O único objetivo desta matriz é perdurar. A única maneira que ela tem de perdurar é lhes fazer crer que é preciso combater: bem contra mal e mal contra bem.

As leis do carma tal como foram editadas, não pelos Senhores do Carma, assim como eles foram chamados, mas bem mais pelos Arcontes, fazem-lhes crer que na força de estar no bem vocês chegarão a vencer o mal mas, se isso fosse verdade, a humanidade toda inteira ou a maior parte da humanidade estaria já liberada desta matriz.

Olhem as forças ligadas àquelas que quiseram impor a Luz. A Luz não se impõe. A Luz se vive. A Luz não combate a Sombra. A Luz se instala e, por sua Presença e sua Radiação, dissolve a sombra. Não é a mesma coisa que dirigir a Luz contra a Sombra. A primeira diligência é uma diligência Unitária. A segunda, uma diligência de dualidade que mantém, portanto, esse mundo de dualidade.

Questão: quando praticamos o protocolo de 19h a 19h30 – horário francês (nota: « reunificação das Radiações no Templo Interior » encontrado na rubrica « protocolos a praticar » em nosso site e aqui no blog, com o nome Protocolo a Praticar – Reunificação das Radiações no Templo Interior), a que corresponde o fato de sentir diante do rosto uma corrente de ar fresco e como um peso na orelha esquerda?

Isso corresponde a fases de ativação bem precisas.

Quando do alinhamento com a Radiação da Tripla Unidade reunida em uma só (Radiação do Espírito Santo, Radiação da Fonte e do Ultravioleta retransmitido pelos Arcanjos e o Conclave dos 24 Anciões), há, em suas manifestações, presenças Vibratórias extremamente precisas.

Elas são muito numerosas. Não me estenderei sobre sua descrição, mas tudo o que é vivido naquele momento corresponde à instalação do Fogo do Coração.

Alguns vão começar a sentir pressões no peito, antes de manifestar correntes de ar no rosto ou calor na frente do rosto, acompanhados de diversos sons ou diversas pressões nas orelhas mas também sensações de queimaduras ou de Vibrações na Coroa da cabeça ou na Coroa do Coração.

Isso apenas traduz a ativação, em vocês, dos processos ligados ao Fogo do Coração e ao Fogo do Amor.

Questão: atingir a Existência pode ser sinônimo de se sentir como em harmonia, da manhã à noite e a impressão de que nada existe?

Sim, a Existência, caro amigo, afirma isso em Si.

Há uma Presença a si mesmo mas também uma presença no mundo, mas destacado do mundo, ilustrando, com isso, a parábola de Cristo: «vocês estão nesse mundo mas vocês não são desse mundo».

A partir do momento em que você toca a Existência, você experimenta a Alegria, uma Alegria indizível, chamada pelos orientais, como lhes disse Sri Aurobindo: «Samadhi».

Nesse «Samadhi» você vive a harmonia com o conjunto do universo, quaisquer que sejam as provas e quaisquer que sejam as dificuldades de sua própria Vida.

Tudo é abordado com um olhar e uma Consciência nova. A Existência se acompanha também de manifestações Vibratórias na Coroa da cabeça, da Coroa do Coração, nos ouvidos e também da capacidade de sentir a si mesmo como o todo, naqueles momentos.

Questão: é normal, depois desses períodos de harmonia, sentir-se na densidade, no peso da materialidade?

Bem amado, isso participa, de maneira evidente, da escolha a fazer entre a densidade, o peso e a leveza.

Como poderia você diferenciar os dois estados se não os experimentasse um depois do outro? O momento em que viverá isso, de maneira permanente e definitiva, será o momento em que deixar, de maneira definitiva, esta ilusão.

Questão: durante o protocolo de 19h a 19h30 – hora francesa, sinto como um peso nos tornozelos e nos pés que me impede de decolar. Por que?

Isso é um processo de autoproteção. Nós temos necessidade de vocês aqui, caro amigo, sobre a Terra, e não, pelo momento, lá em cima.

Nós nos desembaraçamos muito bem sem vocês, pelo momento. O que quero dizer com isso é que algumas almas têm a predisposição, contatando a Existência, de escapar muito rápido desse corpo.

Ora, o que vocês têm a realizar é a ascensão mesmo nesse corpo se isso é possível e se não houvesse essas sensações, muito precisas, de peso, nos tornozelos e nos pés, bem, você já se teria se juntado a nós ha muito tempo.

Questão: depois da meditação de 19h a 19h30 (hora francesa), sentir vibrações nas pernas e nos braços até muito tarde, pode fazer parte do mesmo processo?

Completamente. Alguns o vivem através de sintomas extremamente precisos. Nós acabamos de falar de pesos, ou simplesmente de ser cercada nos tornozelos, isso corresponde, provavelmente, como dizia, à necessidade de permanecer encarnado.

Para outros, há abalo, este abalo que pode surgir ao nível do corpo ou dos membros. Ele traduz uma necessidade de alívio. Aí, ao contrário, trata-se de uma necessidade de elevar ainda mais o nível Vibratório.

Existem muito numerosas modificações ocorrendo na estrutura energética e na estrutura física do ser humano quando vocês realizam esse trabalho que propusemos de 19 às 19 :30h (hora francesa). As manifestações podem ser múltiplas e inumeráveis. Elas têm todas, obviamente, uma tradução. Não é necessário transtornarem-se, mas integrá-las e deixá-las se desenrolar.

Questão: por que estar em alguns lugares me leva a arrotar ou bocejar fortemente?

Bem amada, existem, desde um certo tempo, para inúmeros seres humanos, modificações de ampliação energética.

Esta modificação de ampliação energética existente no corpo etérico vai se traduzir, em momentos precisos em que você é confrontada a energias que vamos chamar «exteriores» a você, que não estão ainda em acordo com vocês mesmos, pelas manifestações de bocejamentos, arrotos e manifestações diversas, ou mesmo de sufocação, palpitações, que traduzem um fenômeno de reajustamento de sua energia expandida com a energia do lugar em que penetra. Não deve se inquietar.

Entretanto, isso corresponde, com efeito, a uma modificação brutal existente ao nível do chacra do baço, que corresponde à entrada de energias no corpo. São fenômenos de reajustamento Vibratório.

Imagine que você está num dado estado Vibratório, em você mesma, à vontade com esta Energia e com esta Consciência, e você se encontra confrontada com lugares frequentados por muitos seres humanos e sua sensibilidade particular se exprime através do sentir energias e remanescências de muros, lugares ou pessoas, lugares que você frequenta. Naquele momento, seu chacra do baço vai reagir.

Do mesmo modo quando eu entro no interior daquele que eu guardo, eu desencadeio fenômenos de bocejos que correspondem à modificação da distribuição energética e da modificação da Vibração mesmo do chacra do baço. Isso é completamente normal, num sentido como no outro.

Questão: ver fogo manifestar-se em sonho é um processo ligado à Luz ou não?

O Fogo, obviamente, na tradição judeu-cristã, está assimilado ao inferno. Isso é o que quiseram lhes fazer crer os Arcontes.

O Fogo está ligado à Luz, bem mais que todo outro elemento. O Fogo é o agente purificador, o Fogo é o agente de Shiva, o Fogo é o agente da Luz. Portanto, toda manifestação de Fogo vai corresponder, em suas estruturas, a algo em relação com a Luz.

Questão: as crianças autistas têm a visão de coisas que nós não teríamos?

Bem amada, aqueles que você chama "crianças autistas", essas crianças fechadas na relação, no social, têm, obviamente, percepções incomuns, diríamos, ao nível da humanidade.

São seres que estão perfeitamente conscientes que evoluem num mundo falsificado de uma matriz, com um sofrimento enorme, mas, entretanto, lhes permite perceber o que vocês mesmos não percebem nesta matriz. Eles são capazes de ver o que é da ordem da Luz e da ordem da Sombra, o que, obviamente, cria um sentimento de insegurança essencial nessas almas.

Questão: como se faz se não há mulheres entre os 24 anciões?

Os 24 anciões são seres que foram, todos, encarnados nesta Terra e, tanto quanto possível, para a maior parte deles, desde que Cristo veio.

São portadores de uma energia específica porque foram capazes, durante suas vidas e sua última vida, de tocar uma parte da Verdade.

São sobretudo seres de equidade, qualquer que seja sua proveniência, qualquer que seja (para aqueles que vocês conhecem), oriental ou ocidental, ou ainda, extremo oriental (como alguns que não se exprimiram ainda entre vocês) ou ainda de origem de países, vamos dizer, árabes.

É importante compreender que esses seres evoluem em mundos intermediários que estão muito próximos de seu mundo, de maneira a dirigir e canalizar os fluxos de Consciência e as ondas de Energia que chegam até vocês e que adaptam, de maneira precisa, as reações da Energia da Consciência com relação ao resultado produzido sobre a Terra. Eles são homens.

Obviamente, a Consciência Unificada colocou-se ao serviço da entidade que criou esta dimensão, há tempos imemoráveis, tempo em que esta dimensão não havia ainda sido falsificada por aqueles que vieram depois e que chamei os Arcontes.

Assim, portanto, a Consciência Unificada apenas pode se fazer através da emissão da Energia e controle da Energia. Esse é o papel do homem. O papel da mulher sendo de gerir, organizar e distribuir, de algum modo, esta Energia, papel central tido por Maria.

Questão: existem Assembléias femininas equivalentes àquela dos 24 Anciões?

Não existem nesta densidade na qual vocês vivem. A Terceira Dimensão dissociada deve recorrer a uma Energia que qualificaria de masculina ou yang, se preferem. Os Conclaves ou as Assembléias de mulheres, dado que isso lhes interessa, são, em geral, Assembléias que intervém como geneticistas e geradoras de mundos e não no salvamento de mundos como o seu.

Questão: isso significa que há apenas homens que salvam?

As mulheres não estão lá para salvar. As entidades do tipo feminino estão lá para criar o que é um papel bem mais importante que o fato de salvar.

Por outro lado, existe algo importante ao nível histórico. Os Arcontes, que criaram esta Dimensão há mais de 300.000 anos, são essencialmente entidades rebeldes de natureza masculina, e não feminina.

Imaginamos difícil uma mulher se rebelar contra a Fonte. O que é aliás o caso na superfície de seu mundo: podemos dizer que a maior parte de crimes, mesmo se existem mulheres específicas, diremos, foram cometidos por homens.

Além do que já disse com relação ao polo criação e ao polo manifestação, aqueles são os dois atributos correspondentes mais à mulher.

A existência de uma polaridade, mesmo ao nível dos andrógenos, é uma realidade até a 18ª dimensão, eis que esta polaridade é aquela que «precipita», a palavra é empregada intencionalmente, a criação de mundos.

Além da 18ª dimensão, há entidades de Consciência que não podemos mais dizer que sejam masculinas, femininas, ou de polaridade Yang ou de polaridade Yin porque, naquele momento, não é mais a polaridade que intervém, mas uma noção muito complexa para vocês, que é sobre seu mundo, mal representada, que eu chamaria a Trindade.

A partir da 18ª dimensão, entramos além do antromorfismo e portanto além da polaridade masculina e feminina, em manifestações que estão ligadas a uma organização Trinitária, ou seja, não mais num princípio de complementaridade ou uma forma específica, ou a dualidade, mesmo unificada, não há mais razão de se manifestar.

O lugar da mulher, ao nível desses mundos, não existe mais, dado que não há mais homens também. Esta dicotomia existe, de modo muito claro, até a 11ª dimensão.

Assim que se penetra na 18ª dimensão, como os Arcanjos de que faço parte, não pode existir a polaridade masculina ou feminina. Há o que vocês chamariam, ainda que a palavra não corresponda verdadeiramente, um andrógeno, ou seja, que reunimos em nós as qualidades e as polaridades masculinas e femininas.

Apenas nesta Dimensão, e em certos mundos de quinta Dimensão, que há este aspecto tanto separado como cortado, mesmo na aparência, entre um homem e uma mulher.

Questão: o que é um ser «cristal» e o que é um ser «arco-íris»?

Então, de acordo com a dimensão estelar de origem, de acordo com seu mundo Dimensional de origem, você coloca, se assim podemos falar, um corpo específico.

Esse corpo pode ser de Luz, pode ser de cristal, pode ser arco-íris, pode ser de diamente, pode ser da civilização dos Triângulos, pode ser simplesmente, enfim, uma esfera e pode ser um tubo de Luz como o Arcanjo Metatron.

Cada forma corresponde a um limite da Consciência ao nível onde ela se situa, mas este limite não é uma barreira, é, obviamente, liberável.

Então, existe uma diferença Vibratória, essencialmente.

Quando eu falo, por exemplo, de um corpo de cristal, é um corpo que pertence à linhagem dos Elohim que existem na 11ª dimensão.

Um corpo de diamante pertence ao mundo dos mais etéreos da 18ª dimensão, dado que representa o limite da manifestação antropomórfica.

Os Arcanjos, como sabem, têm uma representação antropomórfica tal como foi imaginado em sua tradição, quer seja judeu-cristã ou extremo oriental. Entretanto, é preciso bem compreender que os Arcanjos nada têm a ver com esta forma antropomórfica, mesmo se, por vezes, nós nos apresentemos sob forma antropomórfica àqueles que contatamos. Nós estamos bem além desse limite, estamos bem além dessa configuração anatômica, mesmo a mais angélica, tal como vocês possam concebê-la ou desenhá-la.

Existem corpos precisos, de acordo com as Dimensões que vocês penetram, ou que encontram, que vibram de diferentes modos, cuja dimensão é diferente e cuja estrutura também é diferente.

Quando falamos de mundo material e imaterial, é preciso bem compreender que o que, para vocês, é imaterial, é, para nós, extremamente material. Há a mesma diferença, se quero raciocinar e exprimir isso por analogia, entre o que vocês vivem na 3ª dimensão e o mundo de 5ª dimensão que lhes aparece como imaterial, que lhes aparece como outro lugar ou como diferente.

Do mesmo modo entre a 11ª e a 18ª dimensões existem, não barreiras, dado que nos comunicamos, mas diferenças de densidade e de estruturas e de composições e de formas.

Assim, se tomo o exemplo dos corpos de 11ª dimensão, corpos de cristal, estes são à base sílica.

Há corpos específicos que foram criados nas civilizações e nas constelações que nada têm a ver com a sua, que foram corpos à base de ouro monoatômico. Este ouro monoatômico é o constituinte essencial.

Vocês, seu constituinte essencial, nesta densidade, fora a água certamente, é, antes de tudo, o carbono.

No que concerne aos seres de Fogo, de Cristal, sua base é a sílica, etc... etc...

Existem inúmeras partículas e inúmeros constituintes que, para vocês, nesta densidade, são totalmente inexistentes e portanto me seria, aliás, muito difícil falar.

A estrutura de um Arcanjo, por exemplo, poderia se assimilar ao que vocês chamariam, nesta densidade, mesmo se a imagem não é completamente certa, de «quarks» e de «bosons». Somos seres de Luz pura mas esta Luz pura possui um certo número de características de matéria, mesmo se esta matéria não seja matéria para vocês.

Questão: os 3 dias de catalepsia se referem ao mundo inteiro?

Bem amado, o fenômeno chamado catalepsia ou estase, ou ainda «os três dias de trevas», corresponderá a um momento preciso da história da humanidade que alguns médiuns captaram e isso foi captado há muito tempo, há mais de um século de seu tempo Terrestre.

Isso corresponde a um processo específico onde, efetivamente, o conjunto da humanidade deve se encontrar num fenômeno de estase. Esse fenômeno de estase será concomitante com o desaparecimento total do que é chamada magnetosfera, significando o fim inegável e final, sobre esta Terra, da dualidade.

A passagem da dualidade à Unidade acompanhar-se-á de um «switch» da Consciência, do mesmo modo que vocês o vivem, para alguns de vocês, assim como lhes explicou Sri Aurobindo, precedentemente, sobre esta noção mesmo de passagem de um nível de Consciência a um outro estado de Consciência, exceto que aí, esse «switch», a nível coletivo, durará 72 horas.

Ninguém conhece a data, ninguém conhece a hora, porque tudo se adapta e tudo muda, de hora em hora e de dia a dia, sobretudo atualmente.

Lembrem-se de que o que está no Céu manifesta-se na Terra mas que a latência é função de resistências existentes mesmo em sua humanidade e não mais ao nível da franjas de interferências que foram dissolvidas.

Assim, o conjunto dos 24 anciões e nós mesmos, Arcanjos, reajustamos permanentemente em função do que observamos sobre a Terra, os afluxos energéticos sobre o planeta e os afluxos de Consciência. Há um mecanismo extremamente preciso que está atualmente em trabalho, sobre este planeta, em que há reajustes permanentes com relação ao que vem.

O que precisamos, como lhes disse o Arcanjo Miguel, é que tenhamos o máximo de Transmissores de Luz, que tenhamos o máximo de Pilares de Luz que tenham integrado, neles, esta Luz, porque quanto mais vocês forem numerosos mais as coisas serão facilitadas.

Questão: com relação ao que temos a viver, o lugar tem importância?

O lugar não se tornará o que vocês são, vocês é que são impotantes. Por sua presença, por sua vibração e sua Luz, vocês serão capazes de mudar todos os lugares.

Mas, obviamente, há lugares que são mais propícios para a manifestação de sua Luz.

É evidente que o que é o mais importante não é o lugar, mas vocês mesmos nesse lugar.

Isto dito, nós, Arcanjos, e outros aspectos da Luz, podemos intervir sobre lugares para favorecê-los, privilegiá-los, desenvolvê-los, a fim de que eles sejam eficientes no que vem.

Questão: como saber se as informações que circulam são precisas?

O importante não é isso porque eu responderei o que já respondi: o importante não é que o que seja dito seja verdadeiro ou falso, o importante é o que você faz.

O importante não é a veracidade exterior, mas a veracidade interior.

Se o que eu lhe digo faz vibrar seu Coração, então, é certo, mesmo se em si não seja justo.

Do mesmo modo, o que você lê, o que enfrenta em sua Vida, vai colocá-lo frente a seus princípios de ressonância e de atração. Assim, portanto, se você pensa mal, apenas lhe chegará o mal, se você pensa na Sombra, a Sombra manifestar-se-á. Se você pensa em Deus, você verá Deus por toda parte.

Assim é feito o cérebro humano, mas o cérebro não é o Coração.

Assim, portanto, o aspecto discriminante que existe no cérebro nada tem a ver com o que pode acontecer no Coração, porque o Coração não depende de vocês mesmos e absolutamente não do exterior.

Enquanto você adotar um olhar exterior para saber quem é quem e quem é o que, você não estará em você mesmo, mas no exterior de você mesmo, porque a única resposta é interior e não exterior.

Questão: se o carma é Ilusão, qual é então nosso futuro depois da morte física?

Bem amado, a boa nova é que não há mais morte física. A morte física se acompanhava de um esquecimento e de um retorno em uma nova forma, chamada reencarnação. Isso, hoje, está irremediavelmente terminado.

As almas que deixam esses corpos, atualmente, são colocadas em estados Vibratórios específicos. Elas não têm mais a necessidade, nem a obrigação, de se encarnar.

Aqueles que se encarnam hoje, em maior número, não são reencarnações, mas são almas novas que vêm experimentar o final de um sistema.

O carma é, efetivamente, uma Ilusão criada a partir do zero pelos Arcontes, a fim de fechá-los num sistema, a fim de prendê-los, literalmente, e obrigá-los a fazer o que vocês não querem fazer, de acordo com um princípio de livre arbítrio e segundo um princípio de bem/mal que não existe senão na imaginação bem particular de algumas raças que os fecharam aqui.

O carma, a Lei de ação/reação, é, de todo modo, extremamente mal compreendido, mesmo na matriz, pelas pessoas que estão e que vivem no Ocidente.

Jamais o carma, mesmo criado por esta matriz, disse que vocês deviam enfrentar as consequências de suas ações nos séculos e séculos e em suas encarnações. Entretanto, o ocidental, evoluindo geralmente na ação/reação, por sua predominância do mental (o mental evoluindo também segundo o modo de ação/reação) apressou-se em ali colocar esses qualificativos e esses limites que acrescentaram limites aos limites.

Mas vocês são seres ilimitados, que têm feito a experiência do limitado. Hoje, vocês devem redescobrir a experiência do ilimitado.

Então, vocês devem lançar ao mar o conjunto de crenças que os guiaram até hoje. A única responsabilidade que vocês têm é de encontrar a Luz que vocês são.

Questão: se partimos do princípio que as almas se encarnam voluntariamente...

Quem lhe disse isso? É o que você leu. É o que você acreditou.

Mas nunca uma alma presa pela matriz se encarna voluntariamente. Ela é obrigada a se reencarnar porque não há outra escolha.

Estando isolado numa Dimensão dissociada, você não pode escapar desta dissociação.

Então, obviamente, um certo número de sistemas foi criado para lhes fazer crer que vocês podem se liberar, por seus esforços e pelo bem, realizando um certo número de ações, e escapar desta noção de carma. O que é falso.

Questão: ... como podemos explicar a recrudescência de violência nas crianças?

Isso é extremamente simples. A partir do momento em que você não concebe que está fechado, e que você é livre para se deslocar, você não tem qualquer cólera.

Mas, quando a evolução da alma e do Espírito clareia e você percebe esta noção de fechamento...

O que acontece quando você fecha um animal num espaço restrito, que o impede de ir onde deve ir, em função do que ele é? Como ele pode manifestar sua recusa, senão pela cólera e pela violência?

A cólera e a violência fazem parte desse mundo, porque é um mundo que foi constrangido e fechado sobre si mesmo. Foi obrigado a enfrentar as leis da atração e de repulsa. A violência é a forma extrema de repulsa.

A partir do momento em que o conjunto da Humanidade começa a perceber, de maneira muito vaga, para alguns, que há uma armadilha, que há um fechamento, que há uma manipulação e que há um erro, como você quer que a saída seja a Luz? Ele pode apenas manifestar-se através da recusa e através da violência.

Apenas os Transmissores de Luz, os Pilares da Luz, aqueles que estão na busca desde um certo tempo e que estão despertos à realidade e à Verdade da Luz Unitária que são capazes de evitar a violência.

Isso, infelizmente, pelo momento, é impossível para as almas jovens, sujeitas a um certo número de estímulos, cujo único objetivo é de provocá-los à violência. Quer isso seja através da mídia, quer isso seja através do consumo, quer isso seja através dos alimentos, tudo é feito, em seu mundo, para conduzi-los, de maneira inexorável e inegável, à ação/reação. E a forma a mais violenta da reação é, obviamente, a violência.

Questão: as iniciações Crísticas são ainda de atualidade?

A Luz Crística não é caminho. A Luz Crística é Iluminação e transformação imediata. Aquele que encontra o Cristo não pode mais jamais ser o mesmo. Ele é crucificado, como o Cristo.

Não há necessidade de colocar palavras. Ele se torna o que foi, por exemplo, um São Francisco de Assis, ou um Padre Pio, em sua Humanidade.

Esconder-se atrás de palavras como Iniciação e colocar acima de conceitos Energéticos ou Vibratórios, apenas tem muito pouco sentido. Isso os afasta da simplicidade. Isso os afasta da Unidade. Tentam aproximá-los de sua Essência. Aí, ainda recorrem a técnicas externas.

Então, obviamente, você me responderá que colocar as mãos de cada lado de seu Coração é também uma técnica (nota : referência ao último protocolo colocado em nosso site). Sim, mas esta técnica tem por objetivo religá-los ao essencial, sem frivolidade, sem iniciação, mas simplesmente estando no instante. A finalidade não é a mesma.

Questão: temos um papel a desempenhar enquanto humanos na preservação de Gaia?

A resposta é ambígua, bem amada. Gaia faz sua Ascensão. Ela não precisa de vocês para fazê-lo.

Entretanto, vocês estão sobre esse mundo e, portanto, o acompanham, porque foram presos, como ela, nesta Ilusão. E vocês, como ela, e ela, como vocês, estão vivendo a emancipação e o final da escravidão.

Então, obviamente, vocês se suportam mutuamente e se levam mutuamente. Há portanto uma relação Vibratória, mas Gaia não precisa de sua ajuda, assim como, vocês mesmos, não têm necessidade da ajuda de Gaia, mas, entretanto, vocês participam do mesmo projeto ascencional ou de Translação Dimensional.

Questão: o que ocorre, nos planos divinos, com aqueles que chamamos os maus rapazes e aqueles que os representam nesse mundo?

Bem amada, esses seres fazem parte da Criação. Eles vêm também da Fonte, ainda que estejam afastados ainda mais que vocês. Eles devem também, retornar um dia à Fonte. Não pode haver destruição de um Espírito, qualquer que seja ele, mesmo que ele seja, em sua linguagem, o mais torcido. Ele será corrigido um dia. Então, não tenha qualquer inquietude. Tudo retorna à Fonte e tudo retorna à Luz, um dia ou outro.

Questão: quem são eles?

Eles são uma parte de você mesmo. Eles são a parte de Sombra em você que permitiu sua manifestação, que permitiu sua ação.

Eles são o que você não conseguiu transcender você mesmo hoje, não no plano histórico e original, mas unicamente nas condições de hoje.

Eles são seres que nada têm de humano. Eles têm a forma, a aparência, mas, entretanto, não são humanos, no sentido em que vocês entendem. Eles também não são diabos, ainda que gostem de se chamar assim, Diabo, Deus, Arconte, Mestre absoluto. Eles são decorados com enfeites. Eles se adornam com coisas falaciosas e os guiam e esperam conduzi-los, como uma manada, para onde querem conduzi-los.

Eles não podem conceber que o humano possa ser autônomo e soberano por si. Eles são seres que não concebem a Vida senão sob uma forma de dominação, sob uma forma de poder exercido sobre o outro e não sobre si mesmo, embora eles sejam, numa medida relativa, Mestres deles mesmos, porque eles evoluem desde bem mais tempo que vocês nos mundos da encarnação e da densidade terceira unificada, como dissociada.

Eles são portanto seres que não pertencem a esse sistema Solar, assim como vocês, geralmente não pertencem a esse sistema solar.

Eles tem uma origem segundo constelações bem precisas. Foram chamados de diferentes nomes. Correspondem ao que chamamos os Dracos, ou ainda os Reptilianos e seus associados ou acólitos.

Mas, entretanto, vocês não devem apontar-lhes o dedo, porque apontar-lhes o dedo é dar-lhes um poder. Vocês devem exercer seu próprio poder de Luz e eles nada mais poderão contra vocês.

Isso foi já realizado nos planos da Luz celeste, ao nível da 5ª dimensão, em seu Sistema Solar. Resta, agora, a esta Verdade penetrar em sua ionosfera pela dissolução da magnetosfera. Isso realizar-se-á no momento vindo.

Estejam certos de que não devem apontar o dedo, que não devem procurar, que não devem nem mesmo compreender quem eles são e quais foram sua determinação e suas funções. Hoje, tudo deve recentrá-los em vocês mesmos e unicamente em sua história interior, esta história interior que nada tem a ver com suas histórias de vidas passadas, mas que tem a ver com sua Essência, com o que vocês são, em Verdade e em Unidade.

Questão: como conciliar uma Vida profissional e o fato de não mais estar na dualidade?

Isso é impossível, bem amada. Tudo, em seu mundo, participa da dualidade. A noção de casal, a noção de família, a noção de trabalho. Porque esse mundo é construído na noção da dualidade e ação/reação, mas cortados da Fonte.

Então, portanto, isso afigura-se cada vez mais inconciliável. Conciliar uma Vida, tal como vocês a conceberam até o presente, e viver a Unidade, é relacionar-se com dois mundos totalmente opostos e totalmente diferentes e, no entanto, é-lhes preciso manter sua Vida nesse mundo, a fim de aí permanecer até o momento oportuno.

Então, obviamente, para alguns de vocês, as coisas serão mais difíceis. Obviamente, isso é transitório, porque quanto mais vocês penetrarem os arcanos da Unidade, mais as coisas se tornarão fluidas, quer isso seja em sua família, em suas atividades, quaisquer que sejam.

Inúmeras coisas nivelar-se-ão, coisas que, hoje, parecem-lhes ainda insuperáveis. Isso não se faz de um dia para o outro. Então, estamos bem conscientes que fazer-lhes viver a Unidade, tal como nós o fazemos, vai levá-los necessariamente a tomadas de Consciência cada vez mais importantes e desafios cada vez mais importantes, quer isso seja em suas vidas familiares, afetivas, profissionais ou relacionais, simplesmente.

Mas vocês são obrigados a passar por aí, não temos outras soluções.

Questão: em caso de agressão física ou verbal, qual é a atitude concreta a ter para permanecer na Luz?

Já, não reagir. Bem amado, se se manifesta a você, e para você, uma agressão, quer seja física, verbal ou outra, é que há necessariamente em você a falha que permitiu isso. Senão, isso jamais aconteceria.

Convém, portanto, não lançar a pedra ao outro, nem a si mesmo aliás, mas bem mais aceitar que o princípio de ressonância e de atração jogou. Porque, a partir do momento em que penetrar nos mundos da Unidade, depois das primeiras fases de reajustamento, obviamente, você vai entrar sob a influência da Lei da Unidade que é sincronicidade, abundância, Fluidez e evidência.

Mas até lá, obviamente, você vai se encontrar confrontado a coisas que vão tentar trazê-lo de volta à dualidade e fazê-lo sair da Luz. A armadilha está aí.

Convém bem compreender que o que se manifesta a você nas primeiras etapas e nas primeiras fases de contato com a Luz Unitária são apenas as representações de suas próprias falhas interiores ligadas à ausência de transparência, num plano ou outro.

Questão: isso significa então que convém deixar-se «agredir» nesse caso?

Bem amada, compreenda bem que se você é agredida, é que há em você uma ressonância com relação à agressão. Isso não pode ser de outro modo.

Você atrai para você o que está reprimido em seu Interior ou que está inaparente, mas, entretanto, presente em seu Interior.

Então, assim, fazer o jogo da reação manterá a dualidade e refará, deste modo, com que a agressão se remanifeste ainda e ainda.

Você atrai para você o que você é, nada mais, nada menos. Se você atrai flores, é que você está na Dimensão da flor. Se você atrai agressão, é que em você há a agressão. Não pode ser de outro modo nesse mundo dual.
---
Não temos mais perguntas. Agradecemos.

Então, como o diz o Arcanjo Miguel, caras Sementes de Estrelas, vou abandoná-los. Vou deixá-los na sua Luz, na sua Existência.

Vocês observarão, progressivamente e no passar dos meses (e isso é uma constante para muitos de vocês já), que os contatos com nossos planos serão cada vez mais facilitados. Mesmo se não podem se estabelecer na durabilidade, pelo momento, eles serão encorajamentos para muitos de vocês, assim como o disse, há dois anos, o Arcanjo Jofiel que anunciou, naquele momento, o reencontro com o Anjo Guardião.

Muitos de vocês o vivem sob forma de fulgurância, em um momento ou outro. O importante é esse primeiro contato. Uma vez que o primeiro contato seja estabelecido, vocês têm um tempo, que é seu tempo, para aceder ao contato permanente.

Então, não se desencoragem, tentem avançar o mais exatamente possível com relação à influência da Luz e da Vibração em vocês.

Progressivamente e à medida em que vocês aceitarem esta influência da Luz Unitária em vocês, sua Vida mudará completamente,

Obviamente, eu não posso prometer-lhes um tapete de rosas mas, entretanto, isso será frequentemente um tapete de rosas.

Eu lhes transmito todo o Amor do Conclave Arcangélico e lhes digo até muito breve.

__________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão para o português: Célia

17 de jan de 2010

MIGUEL – 4ª ETAPA - 17 de janeiro de 2010

DO SITE AUTRES DIMENSIONS
ÁUDIOS:
http://www.dailymotion.com/video/xbwes6_mikael-4eme-marche-part12-17110_webcam
http://www.dailymotion.com/video/xbwevk_mikael-4eme-marche-part22-17110_webcam


Nota: lendo atentamente as indicações detalhadas que seguem, vocês devem ter todos os elementos para seguir essas 7 Etapas que nos permitirá ganhar um tempo precioso nas respostas às numerosas questões que nos são endereçadas. Agradecemos sua colaboração!

O Arcanjo Mituel nos acompanha para viver as transformações ligadas às 7 Etapas, à razão de uma Etapa, dia 17 de cada mês. Miguel intervém então, durante uma canalização, alternando informações e efusões de energia.

Miguel ou outros interventores de outros planos podem também intervir alguns dias antes de cada Etapa para indicar alguns elementos concernentes à Etapa a vir. Vocês as encontrarão então com o título « Preparação a tal Etapa ».

Você pode participar desse acompanhamento:

Onde quer que esteja,
em simples receptividade (sem conexão « material » específica)
braços e pernas descruzados (de preferência sentados, pés ao solo, ou deitado, ou em pé)
a intervenção de Miguel dura em torno de uma hora, a partir da hora indicada.

As intervenções de Miguel não se fazem num contexto «público», salvo indicação específica.

As datas das 7 Etapas são 17 de outubro de 2009, 17 de novembro de 2009 (preparação no dia 13), 17 de dezembro de 2009, efusão de energia sem troca de palavras e portanto sem transcrição (preparação no dia 12), 17 de janeiro de 2010 (preparação dia 10 e depois dia 12, por Sri Aurobindo), 17 de fevereiro, 17 de março, 17 de abril de 2010.

Você encontrará todas as transcrições em nosso site, na rubrica «mensagens a ler», assim como as gravações, na rubrica «mensagens a ouvir» (exceto aquela de 17 de dezembro de 2009, que foi em silêncio, exclusivamente na efusão de energia).

Fazemos nosso melhor para que você encontre em nosso site a transcrição dessas intervenções nas 24 horas após a canalização. Até muito breve, portanto, em Espírito ...

___________________________________


Eu sou Miguel, Príncipe e Regente das Milícias Celestes.

Bem amados Mestres da Luz, bem amadas Sementes de estrelas, como prometido, hoje estamos reunidos, sobre o conjunto deste planeta, a fim de realizar, para alguns de vocês, seu Batismo de Fogo, para alguns outros de vocês, a Aliança de Fogo.

Vocês penetrarão, hoje, diretamente, na reconstrução, em seu Templo Interior da Dimensão do Fogo: Fogo do Coração, Fogo do Amor, Fogo da Luz e Fogo da Verdade.

Assim como lhes disse há uma semana, alguns de vocês viverão desde hoje esse Batismo ou esta Aliança, outros deverão esperar que esse Fogo se reconstrua dentro de seu Templo Interior.

Vocês têm, diante de vocês, um lapso de tempo de alguns meses, a fim de atualizar e realizar esse Fogo do Amor, esta Aliança sagrada com a Fonte, que os restitui à sua multidimensionalidade, à sua Existência e à sua Verdade.

Juntos, previmos realizar isso para todos aqueles dentre vocês que me acompanham e que eu acompanho na realização dessa grande intenção.

Bem amados Mestres da Luz, nós nunca os felicitaremos o bastante pelo trabalho empreendido desde quase um ano agora, para ir além da matriz na qual vocês vivem, ao reencontro do que vocês São, de toda Eternidade.

Assim, eu lhes peço que coloquem suas mãos, assim como já indiquei, de cada lado de seu Coração (nota: como descrito na intervenção de Miguel de 10 de janeiro último), a fim de acolher e recolher a reunificação do conjunto de Radiações que, até o presente, chegavam sobre o conjunto desse sistema Solar e sobre esta Terra, de maneira escalonada e fracionada.

Já desde uma semana preparamos ativamente esse momento. Alguns de vocês viveram a Verdade no Fogo, no Coração.

Hoje nós, Conclave, eu, Miguel, Arcanjo, o conjunto dos 24 Anciões, a Divina Maria e a própria Fonte, reunificamos nossas próprias Irradiações para sua Irradiação.

E isso é agora. Eu lhes peço que acolham, durante meia hora e no silêncio, todos juntos, a fim de que possamos despertar, em vocês e sobre o conjunto desta Terra, o Batismo e a Aliança do Fogo.

Realizamos juntos isso, agora.

Ativação do primeiro Círculo, Círculo do Fogo dos Anciões, alimentado pelos 24 Anciões. Efusão.

... Efusão de energia ...

Ativação da totalidade da Radiância Arcangélica, juntando-se ao Círculo de Fogo dos Antigos e dos 24 Anciões e reunificação.

... Efusão de energia ...

Ativação, no centro desta dupla Coroa entrelaçada, da Vibração de Is-Is, chamada Maria.

... Efusão de energia ...

Ativação, dentro da dupla Coroa entrelaçada e ao centro da Divina Maria, e sobre a totalidade do conjunto, do Fogo da Fonte, em seu Templo Interior. Agora.

... Efusão de energia ...

Assim realiza-se, em vocês, agora, em seu Templo Interior, a alquimia da Cruz Cósmica e dos Quatro Elementos. Vivamos isso agora, silenciosos. E vocês, e eu.

... Efusão de energia ...

Bem amados Filhos da Lei do Um, alguns dos Anciões vieram até vocês para lhes explicar as condições de manutenção e as condições de ignição do Fogo do Coração. Eu não voltarei portanto a isso.

Compete-lhes fazer frutificar e manter esse Fogo. Esse Fogo é a garantia de sua capacidade para acessar a Existência e acessar, no momento vindo, sua própria Translação Dimensional.

Vocês não têm que se incomodar com nada mais além da inteligência da Luz e da inteligência suprema do Fogo do Amor, em vocês, que resolverá, a seu modo (Celestial e Unitário) as dificuldades inerentes a suas vidas e a suas condições, quer sejam elas interiores, quer sejam de ordem do que vocês chamam doenças, ou más situações.

Somente coloquem sua Consciência no Fogo do Coração, na Luz, e o Fogo do Coração e a Luz do Coração agirão de modo a fazer que sua vida se coloque sob o signo da Unidade, da Fluidez, da sincronicidade e da facilidade.

Cabe-lhes permanecerem centrados nesta Vibração, em seu Templo Interior. O resto, todo o resto, sem exceção, decorrerá, em suas vidas, de sua capacidade de manter e estabelecer esse Fogo do Coração.

Agora, bem amados Filhos da Lei do Um, lembrem-se de minhas palavras: esta ignição, esse Batismo, ou esta Aliança, realizar-se-á a partir de hoje, e também progressivamente no tempo para alguns de vocês, porque alguns deverão esperar terem vivido as três últimas etapas, a fim de poderem purificar o que deve sê-lo, a fim de serem elevados no Fogo do Coração.

Não se alarmem, aqueles dentre vocês que não o vivem ainda. E eu digo àqueles que o vivem já, desde hoje ou desde algum tempo, bem vindos em sua Multidimensionalidade.

Doravante, e assim como já o sabem, o conjunto de forças da Confederação Intergaláctica se coloca pronta em torno deste planeta, a fim de garantir que o Fogo trabalhe neste planeta e permita a dissolução total desta matriz.

Nós os convidamos, quanto a vocês, caros amigos, caros irmãos, caros humanos, nesta densidade, a não mais crer em outra coisa que seu próprio Coração porque esse Coração, que é animado e acendido pelo Fogo, manifesta a resposta a todas suas problemáticas nesta Vida e nesta época.

Contentem-se de viver esse Fogo do Coração, contentem-se de ali colocarem sua Consciência, independentemente dos períodos de 19 às 19:30h (16 às 16:30h no horário de verão – Brasília), tanto quanto possível, nos momentos de dúvida, nos momentos inerentes a esta dualidade, ainda presente, a fim de se reencontrarem, se reunificarem, e se reconectarem ao que vocês são, na Eternidade.

Aí estão as palavras que tinha a lhes dizer. Juntos, agora, acolhemos esse Fogo e a Luz de Ouro.

... Efusão de energia ...

Reconectados à sua Fonte, ao Fogo, vocês participam do despertar do Fogo, da iniciação planetária em curso.

Sejam agradecidos, abençoados e que a Luz de Ouro e o Fogo os acompanhem.

Eu voltarei, quanto a mim, no domingo precedente a 17 de fevereiro (nota : domingo 14de fevereiro), às 15h, hora francesa (12h – horário de verão Brasília), a fim de dar-lhes as instruções relativas à passagem da 5ª Etapa que ocorrerá em 17 de fevereiro, às 12h, hora francesa (9h, horário de verão Brasília).

Daqui até lá, a bênção do conjunto das Forças da Luz e da Confederação Intergaláctica os acolhem de braços abertos, em sua Unidade.

Vocês são abençoados, agradecidos e amados. Acolhamos.

... Efusão de energia ...

Eu lhes digo então até muito breve. Permaneçamos juntos, ainda em comunhão solenciosa, no Fogo do Amor e no Fogo do Templo Interior.

... Efusão de energia ...

_________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão para o português: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com