Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

25 de fev de 2010

UM AMIGO - 25 de fevereiro

DO SITE AUTRES DIMENSIONS
ÁUDIO 1ª PARTE
http://www.dailymotion.com/video/xcewt9_un-ami-25-2-10-part1-2_webcam

ÁUDIO 2ª PARTE
http://www.dailymotion.com/video/xcewx1_un-ami-25-2-10-part2-2_webcam


Eu os saúdo, a vocês, Consciências aqui presentes e Consciências que lerão também as palavras que terei
pronunciado essa noite.

Se quiserem, eu os chamarei Meu Amigo, Meus Amigos. Então, chamem-me, pelo momento: Um Amigo.

É a primeira vez que me exprimo novamente, nesta densidade que vocês manifestam, desde mais de cem anos.

Como lhes anunciaram, eu sou um dos 24 anciões. Cada um de nós, como vocês sabem, apresenta uma especifidade que o relaciona, de maneira mais direta, a um dos elementos.

No que me concerne, eu estaria mais próximo da água, embora alguns me situem próximo do ar.

Se o permitem, Caros Amigos, vou definir o quadro desta intervenção, como de minhas intervenções futuras.

Em minha vida, nesta densidade, fui muito atento em manter uma atenção e uma intenção intensas de me aproximar ao mais próximo da experiência de meu Despertar, ocorrida muito jovem.

Para isso precisei, no curso desta vida, excluir-me, de algum modo, do mundo. Não para fugir do mundo mas, bem mais, para restabelecer, em minha Consciência, a permanência da Imensidade descoberta e revelada quando de meu Despertar.

Então, não venho me exprimir ou me estender sobre minha Vida mas, bem mais, através de exemplos de minha vida, mostrar-lhes o que arrisca sim ser sua Vida frente ao Ilimitado que vem para vocês.

Muito jovem, compreendi, nesta vida, que existia um certo número de elementos que retardam ou que afastam, o que se torna o mesmo, a Consciência Ilimitada que experienciei, sem, entretanto, certamente, jamais atingi-lo.

Mas, em minha constituição de então, era muito mais fácil para mim constatar, por uma atenção e uma vigilância de cada instante, que um certo número de elementos podiam asfixiar, sem fazer desaparecer a Consciência que chamaria de Imensidade, a Consciência do Si ou o que vocês chamam hoje, Existência.

Muito rapidamente, apareceu-me muito distintamente que a melhor maneira de se afastar da Verdade, da Consciência, é utilizar palavras. Porque as palavras se dirigem à razão, à cabeça e tão pouco, raramente, ao Coração e as palavras retardam a Imensidade da Consciência, do mesmo modo que alguns relatórios humanos não essenciais obscurecem, eles também, a Consciência da Imensidade e sua Vibração.

Então, sim, eu me retirei em mim mesmo, não para fugir desse mundo, porque minha missão ali estava mas, bem mais, para compreender quais eram os meios que podíamos abordar para viver a Imensidade da Consciência.

Isso não sem se aproximar do que muitos seres humanos vivem hoje, a título individual, mas em meio a um movimento coletivo tanto aguardado e tanto esperado.

Houve, entre os Melquisedeques, que se exprimiu entre vocês, Meu Amigo o Mestre Ram, que frequentemente respondeu a suas questões por palavras, pelo silêncio, pela Vibração e pela Luz.

Conhecendo a potência da palavra na densidade em que vocês se manifestam, tentarei, na medida do possível, utilizar palavras esculpidas e lapidadas, dirigindo-se antes de tudo a sua Essência e a sua Consciência, para além do filtro mental.

Porque, depois de tudo, se vocês se manifestam nesta densidade, como eu me manifestei nesta densidade, quaisquer que sejam as armadilhas e o peso desta densidade, ela não pode existir, entretanto, se não existe um fio condutor, um sopro que anima esta matéria.

É nesse sopro que se situa sua confiança perdida. É nesse sopro que se manifesta, para aquele que o deseja, a centelha do abrasamento, a centelha do despertar, a centelha do Espírito.

Assim, tendo passado esta vida a viver isso, eu sou, hoje e para os momentos que vem, certamente na nobre Assembléia dos 24 Anciões, um dos mais aptos a esculpir e lapidar as palavras: aquelas que nutrem e que abrem e não as palavras que fecham e que apagam.

Se, das Dimensões em que estamos, vocês pudessem observar as Vibrações das palavras que vocês emitem e pensamentos que vocês emitem, vocês constatariam que não existe, definitivamente, senão duas variedades de palavras e duas variedades de pensamentos: aqueles que abrem para o Ilimitado e aqueles que fecham para o limitado.

Assim, portanto, a palavra pode ser mágica, quando diz a Verdade e quando vibra em vocês, para além do filtro do mental, para além mesmo de suas adesões a ritos, crenças ou suposições. Assim, espero ser para vocês um Amigo no caminho.

O caminho que vocês percorrem hoje é um caminho único, porque os levam à sua Unidade, se tal é seu desejo, se tal é sua aspiração.

Sua Consciência deve modificar seus modos de funcionamento a fim de se perceber no Ilimitado e não mais no limitado. Para isso, esta Consciência necessita atenção.

Esta atenção é capital, porque aquilo a que vocês colocam atenção se manifesta. Se sua atenção se coloca na guerra para estabelecer a paz, você não estabelecerá senão a alternância guerra /paz e jamais a paz eterna.

Se sua atenção se coloca na dualidade desse mundo, você não poderá sair da dualidade. Se sua atenção se coloca no Ilimitado da humanidade, então, você se tornará Ilimitado e Unidade.

O segundo pilar da Consciência é a intenção. Vocês fazem as coisas com intenção ou fazem as coisas por ociosidade, ou por crença, ou por hábito? A intenção é portadora de sua própria Consciência. Onde você coloca sua intenção, a Consciência segue.

O terceiro pilar da Consciência no caminho para o Ilimitado é a integridade. Isso quer dizer que vocês não podem funcionar em Consciência, compartimentado de tal modo, com o companheiro de tal outro modo e ainda de um outro modo, segundo as relações que vocês gostam ou que vocês gostam menos.

A integridade necessita a reunificação de sua Consciência nessas diferentes limitações, a fim de lhe permitir manifestar-se no Ilimitado.

O quarto pilar é a ética. Qual é o sentido de sua ação? Qual é o sentido mesmo de seu desejo de Luz? É um desejo de Luz para possuir a Luz, como quando o Ser Humano diz «eu te amo» a fim de melhor possuir e assim destituir o outro de Si mesmo? Ou então, vocês querem a Luz porque vocês sabem que é ela que lhes confere o Ilimitado?

A ética se define do mesmo modo. Qual é o sentido de sua ação? Esse sentido é limitado ou Ilimitado? Vocês agem na ação pura ou agem pela reação? No caso da ação, há Unidade. No caso da reação, há dualidade.

Esta dimensão dissociada onde vocês estão, onde coloquei meus pés, não existe senão porque ela é sustentada, mantida, por um mínimo de Luz, de Beleza e de Ilimitado.

E, no entanto, sua Consciência, nesta Dimensão, é limitada, não é?

Vocês são portanto limitados por um corpo, por um campo de coerência e um campo de Consciência. E, no entanto, em algum lugar no fundo, vocês sabem, ou percebem, que vocês não são esses limites. E, no entanto, vocês o vivem.

Então há, não é?, aqui, um problema. O problema não vem senão disso: do conjunto de camadas sucessivas de crenças e de atenções para esta Dimensão que vocês manifestaram em suas múltiplas vidas, como todo o mundo.

Hoje, a etapa que se anuncia como iminente, se vocês a desejam, é o retorno à Consciência do Ilimitado, a fim de reencontrar e manifestar sua Totalidade, sua Inteireza, a fim de escapar dos limites.

Esses limites são apenas os reflexos das Consciências que se concebeu (eu digo sim concebeu e não criou) esse plano de manifestação. Eles conceberam um princípio baseado, em todos os sentidos da palavra, na dualidade.

Tudo o que vocês conhecem sob os vocábulos de bem e de mal, de bom e de mau, de Sombra e de Luz, de eu amo e eu não amo. Ora, a Consciência Ilimitada não é isso, com certeza.

A Consciência Ilimitada, que se apoia sobre os quatro pilares que acabo de definir, é Ilimitada.

Imaginem o que pude viver enquanto um jovem adolescente e vivendo um golpe de irrupção da Imensidade dentro de minhas próprias limitações. Esse momento, reparado entre todos, os deixam, como dizer, maravilhados e de algum modo deslumbrados e amedrontados, ao mesmo tempo.

É como se lhes tivessem dito (ninguém sabe o que é esse « on » (*)) que seu mundo foi constituído de uma peça e que todo o mundo evoluia nesta peça sem procurar em outro lugar, sem mesmo imaginar um outro lugar possível. E depois, um dia, uma Consciência sai e vê que há outras peças.

Mas que além das peças existe um universo que não pode nem descrever, nem trazer, nem manifestar, portanto poderá apenas simplesmente testemunhar ou, se preferem, ser o mensageiro, mesmo sabendo pertinentemente que ser a testemunha e o mensageiro não servirá, no entanto, a nada àqueles que não querem sair da peça.

Mas, esperando também que, ao testemunhar, além mesmo de palavras, manifestando o melhor possível, nesse limite, sua Consciência Ilimitada, ele poderá mostrar um caminho, um caminho e um exemplo. Mesmo sabendo que inúmeros Irmãos e Irmãs, fechados em suas limitações, não querem mesmo ouvir falar do Ilimitado.

Em tempo usual, nesta densidade, isso não coloca qualquer problema, porque cada Consciência experimenta e vibra a seu próprio ritmo. Mas existem períodos, nos quais vocês estão, onde os muros da peça na qual vocês estão fechados vão cair, e para todos, mesmo aqueles que não querem, porque o que acontece não é mais um processo individual, mas um processo global.

É por isso que no momento em que os muros caem, algumas Consciências que não conseguem mais se situar em suas limitações habituais, entrarão num Estado de catalepsia própria, chamado estase, chamado de diferentes nomes em suas diferentes tradições, de um extremo a outro da Terra.

Através do que acabo de lhes narrar, eu coloco assim um quadro e fundamentos para nossa discussão que vamos, se quiserem, Caros Amigos, estabelecer juntos, sempre tendo presente no Espírito que o objetivo, meu único objetivo, é a Consciência e o Ilimitado.

Então, lancemos esse movimento que, eu espero, pelas palavras esculpidas que empregarei, lhes permitirá raciocinar o mais corretamente e o mais próximo possível do Ilimitado que está em vocês.

Questão: pode nos dizer onde está a tripla matriz? Foi completamente dissolvida?

Cara Amiga, a matriz e o triplo envelope estão em curso de dissolução.

O que está no exterior é como o que está no interior. O despertar dos elementos aos quais você assiste, ligado ao Arcanjo Miguel e ao impulso Arcangélico, é o que acontece ao nível de sua peça, correspondente ao que acontece nas outras peças e nesta parte do universo.

Quando os muros tiverem inteiramente caído, vocês o viverão. Se vocês estão aí, ainda, falando comigo, é que os muros não cairam inteiramente. Eles estão em curso de desabamento.

Mas não se esqueçam que esses muros são também seus próprios muros, seus próprios limites, suas próprias crenças, suas próprias construções desta vida como de outras vidas, que literalmente os muraram no interior de uma fortaleza.

Esta fortaleza se desagrega sob o efeito da Luz, pela Graça do Fogo do Amor. Algumas têm cimentos que são antigos, mas que não resistem. Outras têm, ao nível de seus muros interiores, cimentos muito sólidos. Esses cimentos são aqueles que os colam na pele como medos, como crenças.

Lembrem-se das leis da Consciência: não é mais tempo de colocar atenção no que faz mal mas é bem mais tempo de colocar atenção na Luz e em sua Inteligência, porque ela é o remédio, o remédio absoluto.

O que acontece fora de vocês, que vocês observam em seu mundo, desenrola-se exatamente do mesmo modo que dentro de sua Consciência e de seu corpo.

Esses 16 meses essenciais, guiados pelo Arcanjo Miguel, eu os lembro, chamaram-se a desconstrução porque, quando sua Consciência descobre o Ilimitado, vocês descobrem também que vocês não têm nada a construir que já não exista e tudo se constrói, pelo encantamento e Luz, ao seu redor.

Mas o que se constrói não é mais fechado e limitante, mas participa da expansão do Ilimitado, em vocês e ao seu redor.

Questão: a personalidade seria uma ferramenta para ir justamente além da personalidade?

Isso é exato. A personalidade é a que fecha e limita. E sua Consciência ali estando, não pode se apoiar senão sobre o que é existente e perceptível.

Vocês farão bem em desejar a Luz, em sonhar a Luz, em sonhar o Ilimitado, mas isso será apenas uma projeção e não uma experiência.

A experiência consiste em se apoiar sobre esta personalidade, porque ela lhes dá o meio para – eu diria – eliminação, de aproximar-lhes da Luz.

Se vocês voltam ao trabalho que iniciamos, os Arcanjos e nós mesmos, desde mais de um ano, houve uma primeira onda que consistiu em permitir, pela intensidade das Vibrações, a extração da Consciência Ilimitada de alguns Seres, a fim de lhes fazer viver o Ilimitado, acompanhado de um retorno nesta limitação e nesse corpo. E, desde seis meses agora, os movimentos da Consciência global permitem hoje fazer penetrar, mesmo nesta personalidade cujos muros tornaram-se porosos (ainda não cairam mas deixam passar): deixam passar a água, o Fogo e portanto, mesmo na personalidade, muitos de vocês descobrem, em alguns espaços – de meditação, de silêncio, de reforma ou de vida simplesmente – que uma parte se revela, desconhecida e muito mais rápido, em todos os sentidos do termo.

Muito mais viva porque é mais rápida. Isso é a manifestação do Ilimitado dentro do limitado, da Existência na personalidade.

Porque, lembrem-se que vocês estão encarnados para superarem certos limites. Vocês estão aqui para fazerem cair os muros, mas vocês estão também aqui para viverem a ascensão. Não unicamente a sua, mas aquela deste planeta que voltou a ser sagrado, ressacralizado pelo sacrifício de um homem.

Então, não é questão de abandonar esta personalidade. É bem antes ela que, pela Graça do Fogo, no momento vindo, os abandonará e desaparecerá, assim como esse corpo. E, entretanto, vocês se aperceberão que isso é como uma mudança.

Não há desaparecimento, mas transformação da forma. O que é velho não existe mais. O que é novo se constrói. As outras Dimensões têm também uma certa densidade, uma certa forma, uma certa textura mas em um nível de Liberdade, de experiência que nada tem a ver com esse mundo dual.

Assim, sua personalidade é uma vantagem e um apoio, na condição de se servir como tal e não colocá-la em primeiro plano.

Questão: quando o véu se levanta e cai, como fazer para que ele permaneça mais tempo levantado e que fazer quando ficamos impacientes que permaneça destacado?

Há apenas um modo de proceder e um só. É não levantar o véu, mas dissolvê-lo ou queimá-lo.

Entretanto, ainda é preciso tomar Consciência do véu. É o que vocês realizam nesse momento.

Então, esse véu se levanta e cai porque vocês estão ligados nesta densidade pelo momento. O que quer que vocês vivam no Ilimitado, que suas viagens se façam na Luz, nos mundos musicais ou no Sol, os véus são levantados, mas eles não são dissolvidos. Está em curso.

Nós trabalhamos o mais exatamente possível, de seu tempo e de sua evolução, para ir efetivamente para a dissolução. Porque não pode haver ilimitado sem dissolução do limitado. Não pode haver penetração nas esferas da Eternidade com ferramentas limitadas que são esse corpo à base carbonada, que está apoiado e permite o vôo, mas que deve ser, ele também, forjado pelo Fogo para descobrir uma outra textura, assim como disse: uma textura muito mais vibrante, uma textura muito mais transparente e muito mais fluida.

Lembrem-se sempre que vocês irão, em definitivo, para onde sua Consciência os levar por sua Vibração e para nenhum outro lugar.

É o que dizia Cristo, embora ele não seja das mesmas origens que eu (isso faz parte de raros livros que me fiz ler em minha vida), e volta-me esta frase: «que te seja feito segundo tua Fé».

E ao cego que vê, ele diz: «vai, e não peques mais». Assim, para cada um de vocês, chegará o mais exato e o mais próximo, o que deve lhes chegar, em função de sua Consciência. Se sua Consciência estabeleceu esses quatro novos pilares (atenção, intenção, integridade e ética), então, está a caminho para o Ilimitado.

Certamente, o que vocês poderiam chamar «obstáculos» são legião nesta densidade. Mas o trabalho realizado pelos Casamentos Celestiais facilitou amplamente a evolução da Consciência. Mas, ainda uma vez, é sua Consciência que decide e nenhuma outra.

Questão: trata-se de tomar Consciência de que a matéria é Vibração, Luz, Energia?

Caro Amigo, isso é já uma evidência para a ciência, desde já vários anos.

Isso é menos uma evidência para a Consciência porque esta tem dificuldade para se extrair. Mas não é mais preciso limitar a Consciência Ilimitada a uma Vibração, porque existe uma paleta (uma escala, se preferem) de Vibrações, muito ampla.

Há Vibrações que vocês percebem ao nível de seu corpo. Esta Vibração, qualquer que seja sua rapidez, sua localização, sua intensidade, é, ela também, limitada por um limite superior ligado ao eletromagnetismo.

Existe um outro mundo de Vibrações que está além, justamente, dos limites da encarnação e que os liga diretamente ao Ilimitado. Esta Vibração não é constituída das mesmas ondas e das mesmas frequências que as energias eletromagnéticas. Estão situadas além do espectro sensível habitual. Está em ressonância direta com a Consciência. Chama-se energia Supramental (assim como o venerado Sri Aurobindo lhes falou).

Era também chamada, em minha tradição, energia da Città, ou energia além da energia magnética, A energia eletromagnética é uma energia da dualidade, de forças de atrito, de oposição e antagonismo.

A energia da Città é uma energia de tipo Unitário, independente das leis da dualidade e independente das leis do eletromagnetismo.

Então, como saber se o que você percebe, em seus diferentes espaços e diferentes atenções de Consciência, são da competência de uma ou de outra forma do que vocês chamam energia? Bem, é muito simples. Quando você passa de energias eletromagnéticas para energias Supramentais, a qualidade da energia e da Vibração não é mais a mesma. Sua Consciência vibra em uníssono com a Vibração, com a respiração da Vibração Supramental e portanto, sua Consciência se abre para o Ilimitado. Enquanto as energias eletromagnéticas não são necessariamente orientadas no sentido da abertura.

Assim, a percepção, sozinha, da Vibração não é tudo mas é efetivamente um acompanhamento sobre o caminho do Ilimitado, sobre o caminho da Presença para você mesmo, da Presença de seu Eu Sou, da Presença, realmente, do que você é, em Essência e não nesta limitação.

Todo o estratagema daqueles que conceberam esta dualidade, que utilizaram uma criação preexistente Unificada, foi o de lhes fazer crer que estavam fechados.

De qualquer modo, nós todos construímos, nós mesmos, os muros da prisão, pela adesão a um modo de funcionamento. Mas esses muros de prisão melhoraram, de algum modo, com o tempo.

Esses muros de prisão tornaram-se muito mais tangíveis que seu aspecto Ilimitado. A tal ponto que mesmo a maioria da humanidade foi persuadida de não ser o que vê e o que sente. A maioria foi persuadida de que o sol aquece enquanto que o sol é frio.

As crenças criaram uma paródia de Vida. Mas hoje isso chega a seu fim. A Unificação se tornou enfim possível de maneira definitiva.

Questão: a Consciência Ilimitada pode agir nos sonhos como limpeza, purificação?

Caro amigo, eu responderia que é a aspiração ao Ilimitado que age e não a Consciência do Ilimitado. A Consciência do Ilimitado é ilimitada. Ela pode se deixar aproximar pela aspiração, assim como defini, em seus sonhos (por sonhos de vôo, por sonhos de liberdade) onde você penetra mundos da própria matriz, mundos astrais.

Mas o acesso ao Ilimitado não é um sonho. O acesso ao Ilimitado é um processo de Consciência total.

Certamente, alguns artistas tentaram exprimir, através de sons, através de cores, o que era este Ilimitado, mas são apenas uma imagem do Ilimitado, seja ela a mais exata possível, não lhe restará senão uma imagem.

O Ilimitado está bem além dos sonhos. O Ilimitado está bem além de tudo o que você conhece. Preenche-os de Fogo. O Ilimitado os preenche desta Consciência da Presença na Unidade. Preenche seu Coração e sobretudo faz calar o mental. O que não impede de modo algum utilizar o mental nas atividades que requerem sua utilização. Mas o mental nada tem a fazer na descoberta da Consciência. Ele é, como disse, a trava a mais potente.

Questão: o sentir a 5ª Dimensão em nosso Coração pode corresponder a uma crença ou a um reconhecimento que tudo pode ser fácil, possível, agradável, na Verdade da felicidade?

Em nenhum caso uma crença pode gerar uma Vibração no Coração. Jamais.

A partir do momento em que você percebe, sente e vive a Vibração do Coração, você está na porta de sua imortalidade.

Jamais uma crença poderá fazer vibrar seu Coração. Somente a Verdade, somente a Unidade, somente a atenção, somente a integridade, pode fazer vibrar o Coração.

Ele é a porta estreita. O Coração é a Chave. O Coração é o templo de sua multidimensionalidade.

Assim, portanto, uma Vibração no Coração é o testemunho de seu acesso ao Ilimitado.

Questão: poderia definir as diferenças entre crença e fé?

Caro Amigo, a crença é um conjunto de sistemas impostos do exterior, ao qual adere-se de maneira voluntária.

A Fé é algo que existe na certeza da Imanência, vestida pelas religiões, vestida por suas crenças, mas o núcleo é a persistência desta crença final na imanência, sem poder necessariamente vivê-la.

Hoje, as crenças se dissolvem. Hoje, a Fé não deve permanecer letra morta. Ela deve tornar-se experiência da Imanência. Em outros termos, vocês podem ter o vago sentimento de sua Imanência, sem no entanto vivê-la.

Hoje, lhes é possível, pela quantidade de Luz presente sobre a Terra, mesmo em sua densidade, manifestar esta Imanência e não mais permanecer em retirada, ao abrigo atrás da Fé em algo do futuro ou melhor, mas manifestar isso, agora.

Assim, definitivamente, a Fé não lhes garante em nada o acesso à Imanência, somente a Vibração de sua Consciência decide, ainda uma vez.

Lembrem-se, a primeira epístola de São Paulo aos corinthos: «quando tiver a Fé para deslocar as montanhas, se me falta o Amor, eu nada ganho». O princípio é o mesmo.

Você poderia efetivamente ter uma Fé capaz de deslocar uma montanha, e realmente deslocar uma montanha, e por que não, andar sobre as águas e, para tanto, tocaria a Imanência? Isso não é em nada a prova que você tenha tocado a imanência.

Questão: é isso que poderíamos chamar a Fé do Carbono, centrada no Coração?

O Coração não é a Fé. A Fé é algo de nobre. A Fé não é do domínio das crenças. A Fé é do domínio das certezas interiores, assim como defini.

Mas ter a Fé do Carbono pode realmente desencadear o Fogo do Coração? Você já viu isso escrito ou manifestado em algum lugar?

Questão: o que nosso cérebro decodifica como Embarcações funciona na energia eletromagnética ou na energia do que chamou a Città?

Seu cérebro é sensível ao conjunto do espectro eletromagnético mas também sobre as gamas as mais extremas de frequências eletromagnéticas que tocam a Città. Quer dizer, o que vocês chamam os raios gama e os raios X.

Os raios gama são as partículas e as ondas as mais extremas da banda eletromagnética que prefiguram, de algum modo, a chegada da Luz Supramental da Città.

Entretanto, lhes é preciso aceitar que, quando vivem a Imanência da Luz pela primeira vez (o Despertar, se preferem), o que farão deste Despertar? Vão colocar esta conexão ao Ilimitado a serviço de suas limitações, jogos de poder, jogos de ego, jogos de tapa-olho, de algum modo? Ou vocês vão aceitar entregar esta Luz a sua própria Inteligência para deixá-la trabalhar em vocês? Assim, Buda disse um dia: «se encontrares os poderes, salva-te rápido».

Assim, como Sri Aurobindo, quando era São João, pôde dizer: «haverá muitos chamados mais poucos escolhidos». Os chamados serão aqueles que viveram o contato com a Luz, mas que quiseram se servir desta Luz para fins pessoais e portanto limitados. A diferença, ela é Vibratória.

Aqueles que serão somente marcados na testa, que terão acendido a Coroa Radiante da cabeça, e aqueles que terão acendido também a Coroa Radiante do Coração, a fim de fazer fusionar as duas e reencontrar assim a Unidade.

Ainda uma vez, vocês constatam que é a Consciência e sua manifestação que ditam o estado no qual vocês estão e não o Estado no qual vocês acreditam estar.

É-lhes preciso tomar por hábito, e rapidamente, não se julgarem, obviamente, mas bem analisar o que vocês percebem em seus corpos de personalidade, do que vivem em seus corpos de personalidade, como Vibração e como Energia e como Luz.

Assim, podem definir por vocês mesmos e se situarem em sua escala que os conduz à Eternidade.

Questão: que são os feixes de Luz branca que aparecem quando mexemos a cabeça na obscuridade?

A Luz da Coroa radiante da cabeça.

Questão: os artistas podem contribuir nas evoluções em curso por suas criações, suas Vibrações?

Os artistas, por sua conexão às esferas da Beleza e às esferas da Imanência, em todos os tempos traduziram, à sua maneira, o que captavam dos mundos invisíveis.

Hoje, o processo é completamente diferente porque cada um é referido dentro da coletividade. Eu resumiria isso dizendo que cada um, hoje, que trabalhou na ancoragem da Luz, nesta Dimensão, é um artista, um artista da Unidade.

Há muito mais facilidade, não mais a expressar sob forma exterior, mas a exprimir sob sua forma interior, o que vocês são.

Não há mais necessidade de projeção, no sentido exterior, de mundos escondidos, mesmo se isso é muito bonito.

Há, hoje, imperiosa necessidade de se encontrar a Si mesmo, além de referências e paradigmas externos, além de modelos existentes.

Tornar-se pilar de Luz e Ancorador da Luz é o trabalho essencial que é permitido, solicitado, autorizado, facilitado para todo ser humano.

Não há necessidade de ser artista para isso. Há necessidade de ser Si e estar no interior do quadro dos quatro pilares da Consciência Ilimitada. Nada mais.

O mais ilustre dos mensageiros, o mais ilustres dos Mestres da Luz, nada pode por vocês. Ele não pode senão lhes sugerir e, definitivamente, não há senão vocês mesmos para darem esse passo.

É uma crença de se acreditarem dependentes de uma Luz exterior, de um Arcanjo exterior. O que foi realizado, durante um pouco mais de um ano, foi simplesmente a colocação em sincronicidade, pela atenção, pela intenção, pela ética e pela integridade, da conexão de milhões de almas sobre um mesmo objetivo que era o Ilimitado.

Esse fenômeno de ressonância se tornou possível, justamente, pela noção de intenção e de atenção, antes de qualquer coisa.

Questão: poderia desenvolver sobre o que vai acontecer em 17 de março?

17 de março está a quatro dias antes da primavera (no hemisfério norte – outono aqui).

É portanto o sinal da renovação dos elementos, da renovação da Vida, mas uma Vida provavelmente diferente, ela também, como cada ano, mas particularmente este ano.

Obviamente, trata-se também da passagem da 6ª Etapa. Não me compete revelar-lhes o que deve permanecer ainda encoberto.

Questão: as civilizações antigas estiveram mais próximas da Luz do que nós estamos?

Cara Amiga, a vida é ciclo. Você jamais esteve mais próxima. Você jamais esteve menos próxima. Você repassa ciclicamente por fases em que se aproxima, efetivamente, da Luz. Mas esse ciclo é muito específico, no sentido em que ele assinala o final irrevogável desta Dimensão dissociada, neste universo, como do conjunto de galáxias e universos.

Jamais os mundos, mesmo encarnados na dualidade, serão separados de sua Fonte. A Luz não será jamais encoberta, jamais ocultada.


Não temos mais perguntas. Agradecemos.

Então, caros amigos, ao modo dos Anciões, cada um a seu modo, vou me permitir, quanto a mim, cumprimentá-los e lhes transmitir minhas Bênçãos sobre a qual retornarei posteriormente, quanto a seus efeitos. Hoje eu os deixo simplesmente vivê-la, porque isto é o mais importante.

... Efusão de energia ...

________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão para o português: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

_________________________
(*) Nota da tradução: em francês, quando a frase tem o que chamamos sujeito indefinido, como por exemplo: « fala-se disso », ou « falou-se daquilo », é colocado como sujeito o pronome indefinido « on », que, no texto, é dito que ninguém sabe o que significa...

24 de fev de 2010

SRI AUROBINDO - 24 de fevereiro

DO SITE AUTRES DIMENSIONS

ÁUDIOS:
http://www.dailymotion.com/video/xcewnu_sri-aurobindo-24-2-10-part1-2_webcam
http://www.dailymotion.com/video/xcewqd_sri-aurobindo-24-2-10-part2-2_webcam


Eu sou Sri Aurobindo. Caros Irmãos, caras Irmãs nesta encarnação, recebam minhas homenagens e minhas saudações.

Intervenho especialmente como porta-voz da Ordem dos Melquisedeques, especialmente encarregado de velar pelo bom desenrolar da vinda do Supramental em sua densidade, coisa que inúmeros de nós, assim como os Arcanjos, lhes explicaram e retransmitiram.

Hoje, bem amados humanos nesta densidade, o Supramental começa a fazer sentir, mesmo em suas estruturas biológicas, o efeito do Supramental, chamado, em sua época, a Onda de Luz Galáctica.

Retransmitida desde o sol central da Fonte, desde Alcyone, esta Onda Galáctica tem efeitos que vocês observam, já, ao nível dos elementos, tanto na estrutura da Terra, como em suas próprias estruturas.

A pressão das altas densidades de Luz que chegam até vocês tem por função, se seu desejo aí corresponde, de realizar em vocês o despertar de sua Verdade transcendente, para além dos véus de sua encarnação, fazer-lhes reencontrar sua Eternidade, sua Existência, sua Dimensão de Unidade.

A chegada da Onda Galáctica é, sem dúvida, o acontecimento o mais importante desde várias dezenas de milhares de anos que, infalivelmente, permitirá a erupção da Luz, a erupção da Unidade, nesta Dimensão.

O efeito desta onda de Luz lhes foi longamente detalhado pelo próprio Arcanjo Miguel, progressivamente e durante os Casamentos Celestiais e essas Etapas, que resultam, para o fim da intervenção do Arcanjo Miguel em sua densidade, nas modificações essenciais do que vocês são, a fim de chegar ao mais próximo possível do que vocês são, na realidade.

O caminho que vocês tomaram é um caminho para vocês. Vocês não seguem ninguém outro além de vocês mesmos, porque não há ninguém mais a seguir senão vocês mesmos.

A influência da Luz é fazer ressoar em vocês seu Templo Interior, suas Coroas Radiantes, a fim de despertar, em suas estruturas, o que inúmeros de vocês percebem e sentem.

Esse Fogo do Coração, porque é dele que se trata, tem por vocação ser a chave de acesso a sua multidimensionalidade.

Inúmeros de vocês exploram, cada um a seu modo, o acesso às dimensões da Existência, mesmo nesta personalidade, como fora desta personalidade.

Inúmeros de vocês redescobrem espaços liberados de qualquer crença e de qualquer medo, Assim, liberados de suas crenças, quaisquer que sejam, assim liberados de seus medos e de suas últimas cristalizações, vocês penetram e penetrarão cada dia mais diante das esferas da Beleza, das esferas da Unidade e das esferas de sua própria Verdade.

Certamente, e como o Arcanjo Miguel lhes disse inúmeras vezes, existe, mesmo em sua dimensão falsificada, um certo número de forças de resistência à Luz. Essas forças de resistência estiveram também presentes em vocês, e o são ainda, para alguns de vocês, durante essas últimas semanas do Arcanjo Miguel.

Essas forças de resistência, em vocês, como no exterior de vocês, não têm que estar a mostrar o dedo, vocês não têm que lhes dar atenção, porque a Inteligência da Luz, a Inteligência do Supramental, está mesmo dissolvendo o que deve ser dissolvido.

Não coloquem resistência aí onde há resistência, em vocês ou no exterior de vocês. Vão, bem ao contrário, para as linhas de menor resistência, para as linhas de facilidade e de evidência, porque a Verdade é simples, e ela se situa unicamente nesses espaços de simplicidade, em seus espaços de menor resistência, aí, onde pode se estabelecer a Alegria, a Verdade e a Unidade.

Em definitivo, e quanto mais passem os dias, vocês têm apenas que acolher, acolher e deixar fazer, deixar crescer a Luz, em vocês e ao seu redor.

O que deve se dissolver, dissolver-se-á, totalmente. Tudo o que não é do domínio da Luz se dissolve.

Vocês paciente e valentemente prepararam seu Templo Interior, alguns de vocês desde muito tempo, outros mais recentemente, mas com ainda mais intensidade.

Hoje, inúmeros de vocês exploram facetas desconhecidas, desconhecidas da Vida porque mascaradas, até o presente, em sua densidade.

Somente alguns muito grandes neófitos, assim como vocês os nomeiam, puderam penetrar os espaços para além da matriz, para além dos Sete Mayas, para além da Ilusão.

Penetrando as esferas da Eternidade, vocês sentem em vocês, e vocês vivem em vocês, a Luz e seu Fogo. Esse Fogo transforma, em vocês. Ele forja o que deve ser forjado. Ele queima o que deve sê-lo, a fim de revelar-lhes a vocês mesmos, sua verdadeira Dimensão de Luz, antes que fosse encoberta pelos véus do esquecimento nesta matriz dissociada.

Hoje, mais do que nunca, vocês devem ir para o Interior de vocês, como ao exterior de vocês, para uma libertação total, assinalando em vocês, como dimensão de Sementes de Estrelas, o final da divisão, da compartimentação, e da separação.

De um ser fragmentado, vocês redescobrirão, cada vez mais, pela ação do Fogo e da Luz, sua dimensão unificada.

A que se reconhece isso? Para além do aspecto Fogo, para além do aspecto Vibratório e Luz, é, para vocês, Alegria, Felicidade e Unidade. Livra-os e libera-os totalmente das cadeias condicionantes, quer tenham por nome socialidade, educação, e mesmo espiritualidade.

Vocês viveram em um mundo finito e vocês se descobrem infinitos. Vocês viveram e adotaram as regras de um mundo limitado, e vocês se descobrem ilimitados.

Aí está a ação da Luz, aí está a ação do Fogo, aí está a ação do Supramental em suas estruturas sutis e, agora, físicas.

Progressivamente e à medida do passar do tempo que avança, vocês perceberão os efeitos os mais intensos, no seio mesmo de suas células, de sua biologia, mas além disso, e sobretudo, ao nível de sua Consciência, substituindo os conceitos de limitação, os conceitos de obscuridade, por uma Consciência que penetra diretamente nas esferas da ética, nas esferas da integridade, nas esferas da honestidade e nas esferas da beleza.

Nessas esferas Unitárias, a evidência da Luz, no desenrolar de suas vidas, aparecerá cada vez mais evidentemente, cada vez mais incontestável.

Existe, certamente, durante o que Miguel chamou esta 5ª Etapa e como eu precisei em 17 de fevereiro... Esta Etapa é aquela que deve ver o aspecto de abertura e descristalização da Luz em seu mundo, em suas estruturas bloqueadas, em vocês e no exterior de vocês.

Não se prendam ao que parte, porque o que parte é o velho. Deixe vir a vocês o novo, deixem estabelecer-se em vocês a Verdade do Fogo, a Verdade da Luz.

O único trabalho a realizar é uma vigilância de cada instante a fim de não entrar em resistência, de uma maneira ou de outra, para o estabelecimento da Luz em seu Templo Interior, permitindo assim preparar a vinda do Mestre da Luz em seu espaço Interior.

Lembrem-se: vocês não têm ninguém mais a seguir além de vocês mesmos, mas um você mesmo transfigurado em sua Existência, transfigurado na Verdade, porque vocês são a Verdade.

Vocês são mesmo a única Verdade. Pouco a pouco, assim como vocês o observam, em seu Interior, como no exterior de vocês, as máscaras caem, as falsificações aparecem ao grande dia, as manipulações se revelam.

O que pertence ao velho deve ceder o lugar ao que vem. Vocês o constatarão cada vez mais, em vocês, e no seu exterior. Isso resume bem a imersão do Supramental em sua densidade, e seu papel transfigurante, e seu papel que eleva.

Os níveis Vibratórios e os níveis de Luz – trata-se dos mesmos – que vocês viverão, em vocês e em seu exterior, não foram mais possíveis nesta densidade desde inúmeros ciclos de cinquenta mil anos.

A Luz, assim como o dissemos, ganhou, mas é preciso que esta Verdade no mais alto dos Céus se estabeleça em sua dimensão, e é isso que está em curso, e é isso que entra em manifestação.

Então, sim, quaisquer que sejam os riscos e os sofrimentos de suas vidas quotidianas nesta densidade, congratulem-se porque a Luz será sempre mais importante que os sofrimentos efêmeros, que as interrogações efêmeras, em sua densidade.

Há, propriamente falando, um conceito de confiança e um conceito de fé a estabelecer cada vez mais firmemente, em sua Consciência, a fim de participar, além dos Casamentos Celestiais, em sua reintegração nas Dimensões Celestiais Unificadas e não dissociadas.

Há muito numerosas formas de Vida, hoje, ao redor de seu sistema solar e ao redor desta Terra. Especialmente, os doze Arcanjos que focalizam, mesmo em sua magnetosfera, a Luz do Supramental.

Nós mesmos, os 24 Anciões, dentro de Embarcações de Luz de Dimensões Unificadas, estabilizamos e trabalhamos nesse plano.

Numerosas forças de Luz que pertencem à Confederação chamada Intergaláctica participam de seu novo nascimento, certamente, não para fazer o trabalho em seu lugar, porque vocês sozinhos, ainda uma vez, podem realizá-lo, mas mais para acolhê-los, mais para prepararem-se para acolhê-los em seu novo nascimento, nas esferas da Unidade.

Hoje, em seu Sol, nós literalmente liberamos as forças eletromagnéticas que os mantinham dependentes desta dimensão, dependentes desses domínios limitados.

Alguns de vocês têm tanto o hábito de estarem presos nesta matriz que, apesar do Fogo do Coração que sentem e vivem por momentos, não chegam ainda a deixar totalmente todas as crenças inerentes a esta Ilusão.

É o período, talvez, o mais delicado mas, entretanto, o mais luminoso, que vocês estão realizando: aquele que os conduzirá ao limiar de um novo dia onde a Luz fará irupção, permanente e totalmente, nesse mundo. Isto está a caminho.

A conexão está sobre o ponto de se realizar. Alguns de vocês realizaram, já, no interior de si mesmos, o que chamei o «switch» da Consciência, permitindo-lhes passar de sua Consciência limitada para sua Consciência Ilimitada, mais ou menos facilmente, mais ou menos regularmente, e mais ou menos intensamente.

Mas, entretanto, esse «switch» está bem aí, demandando apenas estabelecer-se de maneira definitiva em sua Consciência.

Esta Consciência, que se descobre novamente em sua Verdade, experimenta portanto alguns estados inéditos, indo da Alegria a mais intensa até o sentimento da dissolução total.

Tudo isso, protegido pelas Vibrações que misturam a Coroa Radiante da cabeça e a Coroa Radiante do Coração, num Fogo e numa Luz que abalam o conjunto de suas estruturas, a fim de estabelecer em vocês as fundações de sua nova Vida, em sua nova identidade.

Tudo isso é realizado, nesse momento mesmo, pela junção do Supramental no limite de sua magnetosfera. É isso que vocês vivem agora.

Aí está a abordagem, com palavras simples, que, espero, completará o ensinamento da 5ª Etapa e a experiência Vibratória da 5ª Etapa, tal como definido pelo Arcanjo Miguel.

Vocês são cada vez mais numerosos a seguir esse processo Vibratório, repartidos sobre o conjunto deste planeta.

Lembrem-se que são vocês mesmos que devem seguir, antes de tudo, porque vocês são vocês mesmos, por vocês mesmos, o Caminho, a Verdade e a Vida e ninguém pode ser em seu lugar e lhes fazer realizar isso, ser o Caminho, ser a Verdade e ser a Vida, diante do Mestre que pronunciou essas palavras, um dia, há dois mil anos, que não seja de retorno em vocês, a fim de celebrar a alquimia de seus Casamentos Místicos, de vocês mesmos, aqui embaixo, com vocês mesmos, na Existência.

Bem amados irmãos e irmãs, se vocês têm agora questões sobre o Supramental, se lhes falta um esclarecimento e se posso trazê-lo, então, eu o farei. E eu os deixo então colocar-me questões que desejam.

Questão: o que chama o «switch» da Consciência?

Cara Irmã, o que chamo o «switch» de Consciência é o momento em que a Consciência comum percebe o momento em que passa em Consciência diferente, expandida e Unificada.

Esse «switch» manifesta-se por um aspecto Vibratório, por percepções, mas, antes de tudo, a compreensão direta, intuitiva, que a Consciência passa de um modo de funcionamento linear para um modo de funcionamento multidimensional.

Trata-se de um processo direto, vivido ao nível da Consciência, quando esta observa o momento em que sai da linearidade, tal como vocês conhecem, para entrar na multidimensionalidade ou na não linearidade.

Questão: para esse processo de «switch» existe um apoio no corpo físico?

Cara Irmã, existiriam diferentes pontos de Consciência que permitem orientar ou localizar o «switch». Não é nada, mesmo se, durante esse «switch» um certo número de funções, ligadas aos chacras ou aos pontos de Vibração ligados aos chacras, se modifiquem.

Em particular, a percepção do chacra do Coração cuja Vibração muda de estado, ao mesmo tempo que os pontos de Vibração situados sob o nariz e acima do nariz, que correspondem ao 11º corpo e ao 12º corpo colocando-se a vibrar, mas antes de estar inscrito no corpo, o Switch é, antes de tudo, na Consciência, porque é ela que regula o resto.

Esse Switch da Consciência não pode ser buscado por uma técnica, mesmo se dei, muito recentemente, meios de ali chegar, de uma maneira mais fácil.

Isso associa, antes de tudo, um comportamento específico do qual o Arcanjo Anael falou muito longamente durante seu ano passado, e chamou o abandono à Luz, que permite ao Ilimitado penetrar o limitado.

Esse Switch se produz, de um lado, enquanto há abandono à Luz e, de outro lado, quando há aceitação pela Consciência de se ver liberada de toda crença, qualquer que seja.

Haverá, de algum modo, nesse nível, um princípio, eu diria, de vasos comunicantes. Se suas crenças limitadas são mais fortes que suas crenças no Ilimitado, então, esse Switch não pode se operar.

Quando suas crenças no Ilimitado se tornam mais fortes que suas crenças limitadas, e suas crenças limitadas se dissolvem por si, então, vocês penetram espaços de liberdade, para além de qualquer crença, lá onde vibra sua chama eterna, sua parcela de Eternidade.

Mas vocês não poderão aceder inteiramente a isso enquanto aderirem a um sistema de crenças, ou a um outro, que os mantém na limitação e na Ilusão. Porque todas as crenças são fixação e ligação, porque todas as crenças são privação de liberdade, mesmo se foram, no tempo não tão antigo, como que muletas que lhes permitiram crescer.

Questão: sentir como um frio interior e Vibrações no corpo que não estão necessariamente localizadas no Coração, tem uma relação com a efusão do Supramental?

Existem muito numerosas percepções na vivência da influência do Supramental.

Algumas estão diretamente ligadas ao efeito do Supramental e outras são a resultante da interação entre o Supramental e as energias limitadas, podendo, aí também, traduzir-se por Vibrações e percepções.

Não há lugar, aí não mais, de se colocar questões sobre o significado das Vibrações percebidas em algum lugar do corpo que seja. Há simplesmente que deixar trabalhar esta Luz porque seja ela tradução da integração do Supramental, seja ela tradução do efeito do Supramental na abertura e desfragmentação de seu Ser. Num caso, como no outro, ela participa no estabelecimento de sua Unidade.

Questão: quando o fenômeno de Switch ocorre, a que correspondem as lágrimas que podem ejetar o corpo físico?

As lágrimas, como os sorrisos, como os bocejos, são, para cada um de vocês, em função de sinais que vocês manifestam, a evidência de sua conexão, o momento em que o que estava ainda tenso se desembaraça e se afrouxa, o momento em que o que estava limitado redescobre o Ilimitado, na felicidade e no relaxamento de todas suas tensões.

Questão: as crenças ligadas aos Anjos e aos Arcanjos são igualmente uma Ilusão?

A crença não é a Vibração. Você pode crer nos Anjos e nos Arcanjos sem perceber a menor Vibração, então, sim, nesse nível, isso permanecerá crença e Ilusão.

Quando você supera os domínios da crença, quando você experimenta, com sua Consciência, a Vibração do Arcanjo Miguel ou a Vibração do Anjo da Presença (Arcanjo Uriel), você não está mais na crença, mas você está na experiência e você está na reunificação.

A crença pertence ao domínio da dissociação e da separação. A experiência da Vibração pertence ao domínio da Unidade e da integração.

Questão: como passar da crença à experiência?

Enquanto você permanecer na crença, você não pode viver a experiência porque a crença é exterior e a experiência é interior.

A crença é uma projeção ao exterior de si de um sistema, de uma ideologia, ou criação de uma egrégora de dependência.

A experiência os libera e os livra. A experiência os faz viver a Vibração e os afasta da crença. Todas as crenças, hoje, devem apagar-se dinte da Verdade do Ser e da manifestação de sua Radiância e de sua Presença.

O domínio da crença é aquele das energias da Sombra. O domínio da Luz é o domínio da liberdade, da Unidade e da experiência.

Vocês podem afirmar durante mil anos crerem nos Arcanjos, mas isso permanecerá uma crença. Mas o dia em que vocês fazem a experiência da energia do Arcanjo, do reencontro com o Arcanjo ou com seu Anjo guardião, isso não é mais do domínio das crenças mas da experiência.

Vocês passam, nesse nível, da dualidade à Unidade, vocês vivem o que era exterior e separado, que passa e se torna interior e Unificado.

Não é uma vã palavra quando, em todas as tradições, os maiores místicos lhes disseram que tornaram-se Cristo, que tornaram-se o Si, que tornaram-se o Ilimitado. Mas isso era experiência, certamente colorida em palavras, por esses Seres, de reintegrar as dimensões da personalidade, a fim de tentar exprimir, por palavras, conceitos, e idéias, o que, a princípio, é inenarrável porque do domínio da Essência. E falar da Essência em palavras, é já afastar-se da Essência. A Essência não se reveste de palavras, a Essência é.

Questão: o clima, o tempo, pode ter uma influência na efusão do Supramental e na maneira em que podemos vivê-lo, recebê-lo?

Incontestavelmente, sim.

Primeiramente, o Supramental não é o mental supra. O Supramental não é um braço refinado do mental.

O Supramental é justamente o estado de Consciência onde o mental se dissolve e se dilui e não existe mais. Porque o último filtro a cair antes de seu acesso à Unidade é o mental.

Esse Supramental é influenciado (do mesmo modo que suas células são influenciadas pela Luz do sol e a Luz da lua, do mesmo modo que a água intracelular é influenciada pelas marés, do mesmo modo), o Supramental é influenciado pela agitação dos elementos.

Atualmente, o Fogo da Terra, correspondente à junção do Fogo Supramental com o Fogo Intraterrestre, modifica os elementos da Terra.

A irrupção do Fogo do Supramental traduz-se por anomalias, eu diria, comportamentais, elementos da Terra, assim como vocês observaram e as observarão de maneira cada vez mais ruidosa.

Entretanto, isso é ainda um filtro que os fez encarar, vocês, Conciências, mesmo Unificadas, como separadas da Consciência de Gaia, da Terra.

Assim, portanto, vocês estão sobre esse mundo, mas vocês não são desse mundo. Vocês entretanto captam as Vibrações, porque sua Vibração celular é calcada na Vibração da Terra.

Então, sim, há efeito dos elementos em suas diferentes camadas. Mas no Supramental, progressivamente e à medida em que sua imersão se prolongar nesta Consciência Unificada, mais descobrirão estados e espaços de Si, totalmente desconectados das Vibrações desse sistema Solar, para penetrar as dimensões de Existência além da personalidade, fazendo-os redescobrir seus veículos multidimensionais que estritamente nada têm a ver com seus envelopes sutis, mas que são realmente seus corpos de Eternidade estendidos e não unicamente fechados em seus veículos sutis.

Assim, sua Centelha Divina se estende, em sua construção de veículo de Luz em que vocês se tornam vocês mesmos sua própria Merkaba, sua própria Embarcação de Luz, além, ainda uma vez, das camadas sutis pertencentes a esta dimensão.

Questão: é possível viver esses aspectos do Supramental por sua própria força de alma, sem se apoiar nos Anjos, Arcanjos ou os Mestres?

Cara Irmã, você não se apoia estritamente sobre nada porque apenas você pode realizar esse trabalho, e você sozinha.

Assim como nós, Anciões, sempre dissemos, assim como o próprio Arcanjo Miguel sempre disse, é a você sozinha que pertence o trabalho de revelar e despertar.

Entretanto, ainda uma vez, não se trata de uma força de alma mas, bem mais, de um abandono da alma à vontade do Espírito.

Você deve mesmo ter em conta que está num momento de um ciclo extremamente específico que é o final de um ciclo e, diria mesmo, o final de um grande ciclo que dura desde mais de trezentos mil anos.

Você é parte integrante, neste exato lugar do espaço e do tempo, de um processo extremamente preciso que não tem a ver com sua força de alma, com seus desejos pessoais, mas, bem mais, à vontade da Luz e à reintegração desta parcela de galáxia nos mundos Unificados.

Movimento, certamente, ao qual vocês são convidados, ao qual vocês devem se ajustar, se tal é seu desejo de retornar nas esferas da Unidade e da Alegria.

Mas ninguém, eu digo bem, ninguém além de você mesma, pode fazer o trabalho.

Mas são momentos, dos quais vocé é parte interessada, que são mais fáceis para revelar o que vocês têm a revelar.

Questão: como abandonar-se à proposta : «que tua vontade seja feita e não a minha»?

Soltando o que deve ser solto. Fazendo cessar a atividade do mental, fazendo cessar a atividade de suas crenças que os mantém fechados, fazendo cessar o que é do domínio da personalidade, permanecendo ao mesmo tempo nesta personalidade, que é sua ferramenta, para aceder ao que está além da personalidade.

Uma vez mais, não há técnicas, porque toda técnica, definitivamente, mesmo utilizando o corpo, é ainda um artifício mental.

Ser é abandonar-se, mas este ato de abandono não é um ato elaborado pelo mental, nem elaborado por qualquer decisão procedente de vantagens e inconvenientes mas, bem mais, por um ato real Vibratório correspondente ao sacrifício último chamado, nesta Dimensão, transfiguração e crucifixação.

Para penetrar os reinos da multidimensionalidade, o que é pequeno, e limitado, o que é pesado, deve aliviar-se e desaparecer. É nesse sentido que esse momento é histórico, porque jamais o afluxo da Luz teria permitido, com tanta facilidade, realizar isso, se esse é seu objetivo e, eu diria, seu único objetivo.

Vocês não podem ter o objetivo da Luz e um outro objetivo, porque o objetivo da Luz é o objetivo que deve ser único, porque todo outro objetivo levado diante de vocês afastará da Luz.

O Fogo do Amor os quer inteiramente, na condição que vocês mesmos o queiram. E essa não é uma decisão do mental, mas uma decisão que eu qualificaria de Vibratória. Quer seja o Conclave Arcangélico (que, desde mais de um ano agora, retransmite para vocês qualidades Vibratórias), quer sejamos nós mesmos, 24 Anciões, desde tempos imemoráveis (com, certamente, Consciências diferentes), velam, desde a dissociação de seu mundo, velamos para que um dia a reunificação fosse possível.

Vocês agora chegaram nesse momento. Nada pode negar os constrangimentos, em suas estruturas interiores e exteriores, a fim de que a Verdade desabroche, a fim de que a Verdade se manifeste mesmo nesse mundo.

O mundo do artifício termina. O mundo da Ilusão acabou. O mundo da corrupção se encerra. O mundo do sofrimento começa a se afastar. É tudo isso que vocês vivem nesse momento e que nós vivemos, com vocês, por vocês e para vocês.

Questão: o que vivemos nesse momento é uma etapa para o fato de tomar Consciência de que somos uma parcela da Fonte?

Pode-se dizer isso mas compreenda bem que cada um está numa etapa ou num momento diferente de sua própria Revelação a si mesmo.

Alguns vivem esses estados muito recentemente, outros já têm um pouco mais de experiência da exploração desses estados.

Efetivamente, alguns de vocês, viajando na Existência, aprenderam apropriadamente e em Consciência que esse corpo é apenas o que serve de veículo de manifestação a algo bem maior, bem além desta manifestação, bem além dos riscos da dualidade e bem além dos sofrimentos.

Não se esqueçam do princípio de vasos comunicantes: quanto mais de Existência, cada vez menos de personalidade, até o momento da travessia final e da extinção total da personalidade. Mas isso não é para imediatamente, entretanto, inscrito neste final de ciclo e que chegará em função de sua própria evolução, de seu próprio avanço e de sua própria Existência.

Questão: o que chama exatamente Existência?

A Existência foi explicada numerosas vezes. Eu os voltarei portanto ao que foi já dito por inúmeros interventores.

A Existência significa, indo ao mais simples, viver e Ser dentro do Ser. O Ser sendo definido, além da Consciência comum, pela Consciência Unificada que vive no Fogo do Amor, na Coroa Radiante do Coração e da cabeça, Unificada no peito e na Vibração da Fonte percorrendo o corpo.

Questão: vocês respeitarão, nesse processo, o livre arbítrio de cada um até o fim, ou há um momento em que haverá uma intervenção de sua parte ou de outros?

O livre arbítrio é uma Criação ligada à Criação do carma, ligada à Criação da falsificação desse mundo, há mais de trezentos mil anos, no momento da precipitação nos mundos duais (chamada alegórica e simbolicamente «a queda»), fazendo-os experimentar o mundo da Sombra e da Luz, o mundo do bem e do mal, o mundo da dualidade.

O livre arbítrio pertence a isso. A liberdade é outra coisa. Ela não é colorida pelo livre arbítrio.

Penetrar as esferas da Existência é sair do mundo do livre arbitrio para penetrar as esferas da liberdade.

Participar da Unidade é já sair da dualidade, estando ao mesmo tempo, ainda, nesse corpo dual, mas manifestando, cada vez mais claramente em sua Vida, em seus comportamentos, os mundos Unitários.

Questão: há uma relação entre o Fogo do Coração e a respiração? O desenvolvimento do Fogo do Coração pode diminuir a respiração?

Sim. Há uma relação direta, assim como inúmeros de vocês o constataram.

No momento do «Switch» da Consciência, a respiração muda de ritmo. O ritmo do Fogo calca-se sobre o ritmo respiratório. Numa outra etapa, o Fogo do Coração escapa da respiração e torna-se ele mesmo a respiração, não mais a nível respiratório, mas a nível da própria respiração celular.

Questão: é normal sentir menos o Fogo do Coração desde a descida do Supramental?

O Supramental é o elemento inicializador, no que foi chamado o Ultravioleta, a Radiação da Fonte e a Radiação do Espírito Santo.

A reunificação desses três componentes é chamada Supramental. Ela é que inicia o Fogo, o que o mantém e o que o nutre.

Entretanto, quando de algumas fases de abordagem da Vibração, aquela pode se impactar na Coroa Radiante da cabeça, ali se acumular, dando então a impressão de que o Fogo do Coração está menos intenso.

Isso corresponde, para cada um, a ciclos que lhes são próprios. A progressão do Fogo do Coração não é linear. Ela segue vai-e-vem, fluxos e refluxos, função de inúmeros elementos pertencentes a suas vidas ou a suas condições ambientais, no sentido mais amplo.

Questão: a reconexão dos cérebros direito e esquerdo é uma etapa para a Existência?

Incontestavelmente, dado que há fusão ou reunificação da dualidade em Unidade, resolução definitiva do bem e do mal. Há, obviamente, conexão e relação com o que é chamado a fusão dos hemisférios, ou o retorno à androgenia primordial, correspondente ao último dos novos corpos.

Questão: a respiração celular permite ao corpo respirar, pulsar como um Coração?

Este é seu objetivo, pela própria Essência.

Questão: sentir uma dor no peito pode se ver como uma resistência à efusão do Supramental?

Não sempre. Quando o Supramental se faz em ondas, pulsantes e descendentes, isso pode passar por uma etapa prévia de sentimento e de percepção de tensão, ou de compressão, no peito e no chacra do Coração. Isso não é resistência, mas adequação.

Questão: a Vida de todos os dias pode ser um freio nesse processo?

Tudo depende do peso de sua Vida quotidiana.

Mas você deve compreender que quanto melhor possível você for para sua Existência, menos o peso da personalidade será importante, qualquer que seja esse peso.

O caminho do Fogo é um caminho de leveza. O Fogo alivia o que deve sê-lo. É nesse sentido que disse anteriormente que vocês devem definir claramente seus objetivos. E qual é seu objetivo principal: a leveza ou o peso?

Progressivamente e à medida em que vocês se aproximarem de sua Existência, qualquer que seja o peso da personalidade, vocês constatarão que esse peso se alivia progressivamente e à medida em que o Fogo cresce, progressivamente e à medida em que a Vibração se amplifica. Isso é uma constante.

Questão: convém sentir mais o Coração como um órgão ou como centro energético, chacra?

É preciso ainda ser capaz de fazer a diferença. O Coração órgão bombeia num ritmo binário. A Vibração do Coração é um Fogo que gira num modo não binário.

Questão: qual é a diferença nesses dois ritmos com relação ao processo do Supramental? O que faz com que sintamos mais um que o outro?

Não vejo a relação. A pulsação do Coração é dilatação, contração. A Vibração do chacra do Coração, ou do chacra ligado ao Supramental, é uma Vibração, e não uma pulsação dilatante e contraente. Esta Vibração pode ir efetivamente mais ou manos rápida, mais ou menos amplamente, e mais ou menos largamente mas, em qualquer caso, não será constrição, contração, como o ritmo cardíaco. Ela pode, eventualmente, ser comparada a uma respiração mas não uma contração ou uma dilatação.

Não temos mais perguntas. Agradecemos.

Caros Irmãos e Irmãs nesta densidade, eu lhes transmito todo o Amor e todas as bênçãos do Conselho dos 24 Anciões. Trago, quanto a mim, a bênção da Luz Azul e lhes digo até muito breve.

... Efusão de energia ...

_____________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão para o português: Célia

17 de fev de 2010

MIGUEL - 5ª ETAPA - 17 de fevereiro

DO SITE AUTRES DIMENSIONS
ÁUDIO:
http://www.dailymotion.com/video/xc9jba_mikael-17-2-10-marche-5_webcam


Eu sou Miguel, Príncipe e Regente das Milícias Celestes.

Bem amados Filhos da Luz, onde quer que estejam sobre esta Terra, presentes a esse encontro que assinala a instalação, em sua magnetosfera, do conjunto do Conclave Arcangélico ao qual associaram-se cinco Arcanjos exteriores à evolução de seu Sistema Solar.

Juntos, vamos conectar, por intermédio das Chaves Metatrônicas, os mundos da Luz com seu mundo, não mais unicamente ao nível de sua Consciência, mas bem mais ao nível da trama etérica e astral do conjunto de toda Vida nesse Sistema Solar.

O período que vamos inaugurar juntos, dentro de alguns minutos, preparado desde 0h esta manhã (21h de 16 de fevereiro no horário de verão – Brasil), vai consistir em dissolver e dissipar os véus da Ilusão que os mantiveram nesta densidade, cortados da Luz.

Retornarei, depois das efusões comuns, para as explicações desta Etapa e do que ela significa durante o mês que vem, separando-nos de 17 de março, e vocês e nós, até a sexta Etapa, onde as resistências inerentes ao ser humano, a título individual e coletivo (resistências suas ou devidas à evolução neste planeta), reencontrarão fenômenos de Consciência que devem se extirpar, quaisquer que sejam as consequências de sua vivência e de sua Consciência.

Assim, o mês que vem, inaugurado hoje, assinala o período, em sua Consciência individual, das últimas dissoluções do ego, das últimas dissoluções de obstáculos ao estabelecimento da Luz.

Como o sabem, meu período de intervenção termina em breve, dentro de três meses. Em seguida, intervirão outros fenômenos essenciais na história desta Humanidade.

Mas, antes de ir mais adiante, realizamos, juntos, pela repetição silenciosa das cinco Chaves Metatrônicas (OD – ER – IM – IS – AL, pronunciadas interiormente), pela posição de suas mãos de cada lado de seu Coração (nota : ver o esquema abaixo, tomado da canalização de 17 de janeiro último), a conexão da quinta etapa.

...Efusão de energia...



Bem Amados Filhos da Luz, assim, a conexão Consciente e total está agora estabelecida.

Esta conexão impactar-se-á e encarnar-se-á progressivamente no passar dos dias.

Existe, durante este período que vocês têm a viver, um certo número de indicações, um certo número de precauções importantes concernentes ao abandono à Luz, o soltar, a não resistência, a confiança e a fé.

Deixarei, mais tarde em seu dia, o porta-voz dos Melquisedeques, o Venerável Sri Aurobindo, expressar-se entre vocês, às 18h – hora francesa – a fim de que vocês comecem a viver as primeiras Radiações da Energia de 19h (16h no Brasil – horário de verão), a partir de hoje, nas melhores condições.

Quanto a mim, um certo número de princípios gerais ser-lhes-ão agora revelados: vocês estão próximos, infinitamente próximos, do período chamado a Revelação interior e a Revelação exterior.

Esse princípio de Revelação acompanhar-se-á de manifestações interiores e exteriores em sua densidade.

O conjunto do que deve ser desconstruído, em vocês e ao seu redor, o será na totalidade. É nesse sentido que vocês devem desenvolver a confiança, a fé, a certeza quanto à sua Existência e quanto ao seu destino final.

Doravante, uma ponte é estabelecida.

O conjunto das radiações Espírito Santo / Ultravioleta / Luz da Fonte estão à sua disposição a fim de aumentar sua Consciência e seu nível Vibratório, a fim de que as últimas armadilhas do ego e da dissociação, em vocês e ao seu redor, tenham fim.

Eu não digo que este período é fácil, mas vocês estarão apoiados pela Alegria, pelas Vibrações da Existência e pelas Vibrações da conexão entre vocês e nós, entre nós e vocês.

O Fogo do Coração, ligado à alquimia das duas Coroas Radiantes, intensificar-se-á.

Alguns de vocês perceberão esse Fogo vibrante e palpitante no conjunto de seu corpo. No conjunto desse corpo, zonas de resistência aparecerão.

Elas não necessitarão de atenção especial outra que a atenção a seu alinhamento e à Vibração. A única maneira de dissolver, em vocês e ao seu redor, o que deve ser, é ir para as linhas de menor resistência, para as linhas de facilidade, para as linhas de Fluidez.

Inúmeros elementos opostos à Luz vivem suas últimas horas. Não se deixem enganar. Não se deixem provocar por reações inconsideradas com relação a isso.

Isso deve ser e isso deve realizar-se inteiramente a fim de permitir, quando da Etapa de 17 de março, o acolhimento, desta vez, da Luz Crística, da Luz do Mestre da Luz em sua densidade.

Este estará presente, em Espírito e em Verdade, a partir daquele momento. Alguns de vocês terão a capacidade de comunicar, de uma maneira ou de outra, com o Mestre da Luz.

Esta chegada tornou-se possível por seu trabalho e nosso trabalho, conjuntos. Ainda uma vez, em nome do Conclave e em nome dos cinco Arcanjos exteriores, nós lhes trazemos Saudações, Agradecimentos e Bênçãos.

Vocês tocarão em breve o fruto de seu trabalho, o fruto de sua esperança, o fruto de sua fé.

Resta-lhes passar esta etapa difícil correspondente à depuração do ego, à depuração de suas emoções, mas em total confiança na Luz.

Vocês mesmos, ao nível de sua personalidade, não podem absolutamente nada. Somente a radiação do Espírito Santo, somente a radiação da Fonte, somente a radiação do Ultravioleta, somente sua confiança e sua fé permitirão trabalhar elas mesmas, pela Inteligência da Luz, em suas estruturas.

Eu voltarei, quanto a mim, imediatamente, em 17 de março, às 17h – hora francesa (14h – horário de verão Brasil) quando lhes solicitarei, por toda a Terra, acolher-me na mesma posição que hoje (nota: ver o esquema abaixo, tomado da canalização de 17 de janeiro último), repetindo silenciosamente em seu templo interior a frase que vocês conhecem: « eu acolho a Luz Crística, em Unidade e em Verdade ».

Isso permitirá estabelecer a conexão, em seu Templo Interior, com o Mestre da Luz. Daqui até lá, vamos permanecer juntos alguns minutos ainda, a fim de reforçar a conexão que será para vocês uma garantia de facilidade neste período.

Bem Amados Mestres da Luz, nós os acolhemos em nossos Reinos com benevolência. Ainda é preciso que as agitações mentais e as dúvidas de sua cabeça façam silêncio.

Compete-lhes cultivar esse silêncio interior, guardar sua casa limpa para o retorno do Mestre da Luz em seu seio.

A qualidade vibratória a partir de hoje corresponderá ao que vocês perceberam desde há várias semanas, nas Coroas Radiantes da cabeça e do Coração, mas não mais unicamente às 19h, nem às 18h (horas francesas), como alguns o sentem, mas no conjunto de seus dias e de suas noites. Façam bom uso.

O Fogo é purificante. A Luz é purificante. A Luz é ativa. Então, deixem-na trabalhar em suas estruturas.

Eu lhes digo, quanto a mim, ainda uma vez, até 17 de março, às 17h – hora francesa. (14h – horário de verão Brasil).

Vocês conversarão com o porta-voz dos Lipika Karmique, às 18h (hora francesa) de hoje, dando-lhes conselhos em diferentes níveis, que lhes permitem alinharem-se ainda mais finamente com a Vibração que, agora, vai se tornar permanente, em vocês e ao seu redor.

Nossa Bênção, a nós, Conclave, hoje, e aos cinco Arcanjos exteriores, é de nos alinharmos com vocês, como vocês se alinham conosco, nas Sílabas Sagradas silenciosas pronunciadas em seu Templo Interior.

Eu os abençoo. Nós os amamos. Nós os saudamos. Nós os encorajamos.



__________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão para o português: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

SRI AUROBINDO – 17 de fevereiro

DO SITE AUTRES DIMENSIONS
ÁUDIOS:
http://www.dailymotion.com/video/xc9rsv_sri-aurobindo-17-2-10-part1-2_webcam
http://www.dailymotion.com/video/xc9rxn_sri-aurobindo-17-2-10-part2-2_webcam


Eu sou Sri Aurobindo.

Bem Amados Irmãos e Irmãs em encarnação, recebam as Bênçãos e Saudações do conjunto dos 24 Melquisedeques.

Eu venho a vocês, hoje, como o anunciou, há algumas horas, o Arcanjo Miguel. Ele, de fato, revelou-lhes a abordagem final do Supra Mental de sua dimensão, de sua Consciência e portanto de suas Vidas.

Venho portanto para dar-lhes, se quiserem, alguns conselhos, alguns ensinamentos sobre a melhor maneira, para vocês, de aproveitar esta encarnação da Luz em sua dimensão.

Em minha vida e através de meus escritos, através sobretudo do Yoga integral, tentei inicializar e iniciar o que iria ocorrer na humanidade e que, hoje, ocorreu.

Como lhes disse o Arcanjo Miguel, o período que os conduz desse dia até 17 de março é uma etapa em que os véus da Ilusão devem cair, em vocês e ao seu redor.

A construção do ser humano nesta densidade explica, de maneira muito lógica, que os desvendamentos da Luz e a encarnação da Luz Vibral, em sua Dimensão, passa e passará por fases de resistência.

Nesta incrível expansão de sua Consciência, a personalidade deverá viver e evacuar um certo número de fenômenos de resistência, de bloqueios ligados às últimas sombras presentes em vocês.

É capital, durante este período, prepararem-se ativamente para deixar a Luz Vibral agir em vocês, sem recorrer às forças e à vontade da personalidade, para resolver o que deve ser resolvido em vocês, a fim de permitir-lhes uma melhor estabilização e uma melhor amplitude da Luz.

Esta reconexão para a Luz é uma etapa importante. Desde dois meses, desde muito exatamente 8 de dezembro, nós preparamos com vocês, ativamente, a fusão da Coroa Radiante da cabeça e a Coroa Radiante do Coração.

Hoje, a Vibração da Luz Supramental deve ultrapassar largamente o quadro de seu Templo Interior, de seu peito, a fim de manifestar-se e irradiar o conjunto de suas estruturas, o conjunto de suas funções, desmascarando assim as zonas de Sombra, as zonas não transparentes, as zonas que têm portanto necessidade de serem colocadas na Luz, de serem reveladas, a fim de se dissolverem.

Além da fração horária de 19 às 19 :30 (hora francesa), e como alguns de vocês neste planeta se aperceberam, nós temos, agora e já, desde várias semanas, ultrapassado este horário e antecipando-o em uma hora.

A partir de hoje, vocês têm a possibilidade de se banharem no Supramental, permanentemente, em cada segundo de seu tempo.

É-lhes portanto possível, hoje, muito mais facilmente que nos tempos de minha vida, realizar o Yoga integral que chamaria o Yoga da Verdade. O Yoga da Verdade consiste em acolher, sem julgamento, em toda transparência e em toda clareza, o Supramental em seu Templo Interior e deixá-lo irradiar-se ao conjunto de suas estruturas.

Esses momentos e este período são ideais para pacificar a esfera emocional, a esfera de suas feridas, a esfera de suas resistências.

Vocês não têm que se preocupar do que são essas resistências. Vocês têm simplesmente que observá-las, observá-las manifestarem-se, densificarem-se, cristalizarem-se e, depois, enfim, dissolverem-se.

Não é necessário, nem desejável, abordar essas zonas de Sombra sob uma abordagem psicológica ou elucidar-lhes a causa. Se aquela sobe a sua Consciência, acolha como observador. Se não há nada que suba à Consciência, não há mais o que procurar o que quer que seja.

Não se esqueçam que essas zonas de resistência e de sofrimentos podem surgir simplesmente pelo afluxo da Luz em suas estruturas. A densificação, a pressão da Luz Vibral do Supramental em sua Dimensão e estruturas, é o agente revelador e também o agente curador.

Eu venho portanto comunicar-lhes, ensinar-lhes, alguns meios simples de favorecer o trabalho de esclarecimento e de dissolução do que deve ser dissolvido em vocês.

Além dos momentos privilegiados de 19 às 19 :30h (16 às 16 :30 horário de verão Brasil), vocês têm a possibilidade, a seu ritmo e segundo seus desejos, de alinharem-se com a Luz SupraMental e de deixá-la trabalhar em vocês.

Esses meios de favorecer esse trabalho são extremamente simples, no Yoga da Verdade.

De início, algumas regras comportamentais que os aproximarão da Unidade e da Existência: Não julgar.
Jamais falar sobre outro.
Jamais condenar.
Amar acima de tudo.

Isso define as condições prévias de sua vigilância que deve permitir ao Fogo do Amor manifestar-se até o nível celular.

Tendo respeitado essas atitudes comportamentais, será necessário, a seguir, procurar os meios, não de dissipar, mas de fazer circular o Fogo em vocês, a fim de que ele dissolva as zonas de resistência e as zonas de Sombra, de maneira natural.

A primeira coisa, muito simples a realizar, é a respiração consciente. Esta respiração consciente não tem necessidade de técnicas do Pranayama. Não tem necessidade de técnicas da respiração alternada. Mas esta respiração deve ser Consciente, ou seja, que a Consciência deve se centrar sobre o fato de respirar, sem procurar enraizar o sopro em sua Hara, sem procurar visualisar o que quer que seja, mas, simplesmente, ritmem sua respiração sobre o afluxo da Luz Supramental em vocês.

Estando conscientes de sua respiração, muito facilmente, no espaço de alguns minutos de seu tempo, vocês aperceber-se-ão que sua respiração ritma a Vibração do Fogo em vocês. Esta respiração não será nem profunda, nem superficial. Será natural e realizada, se possível, com a boca entreaberta.

O segundo ensinamento do Yoga da Verdade concerne, de um lado, à posição de suas mãos como realiza durante a fração horária de 19 às 19 :30h (hora francesa), mas também uma inclinação da cabeça para a frente, permitindo liberar uma zona particular e posterior do Chacra da garganta e de duas zonas importantes ao nível das carótidas – chamadas senos carotidianos ou ainda Alta Major – que permitirão gerar, em seu cérebro e em seu Coração, um afluxo da Luz Vibral.

Nos momentos de perturbação, nos momentos de sofrimento, nos momentos de agitação, vocês terão, por essas duas simples técnicas, a capacidade de restaurar muito rápido a Luz. Esta, a seu turno, será capaz de dissolver as zonas de tensão, as zonas de sofrimentos, as zonas de agitação.

Nesta pulsação da Vibração/Luz, vocês constatarão que a Vibração da Luz, em vocês, torna-se cada vez mais rápida.

Um sentimento novo invadí-los-á então, muito rapidamente, permitindo então aproximar os mundos da paz suprema Shantinilaya e também os estados de Samadhi. Isso será realizado na posição sentada, onde a posição da cabeça pode, o mais naturalmente possível, cair para a frente. E vocês ritmarão assim as pulsações e as Vibrações da Luz, em suas estruturas, elevando muito ligeiramente sua cabeça e depois a abaixando muito ligeiramente.

Vocês dispõem também de um elemento essencial, na natureza, que lhes permitirá alinhar a Coroa Radiante do Coração e da cabeça, reunidas em seu Coração com o Fogo da Terra, ao nível de seu sacrum.

Este agente e esse Vetor da circulação da Luz, em vocês, é a árvore. A árvore é um vetor essencial de alinhamento em vocês e de sua própria Revelação da Luz.

Bastar-lhes-á, quando de cristalizações importantes, que se apoiem a uma árvore. Vocês poderão também fazê-lo em pensamento, pensando numa árvore que vocês conhecem e da qual já se aproximaram.

Durante este período, o Fogo do Amor desencadeará, em seu corpo, em sua totalidade, uma Vibração pulsante de natureza quente e de formigamento, acompanhada de uma expansão da Consciência sobre as esferas da felicidade e as esferas da Unidade.

Vocês não têm nada mais a procurar, nada mais a criar e nada mais a manifestar.

Chegando facilmente a realizar esse yoga da Verdade, vocês constatarão que as zonas de Sombra e as zonas cristalizadas dissolver-se-ão, sem dificuldade, com facilidade.

Assim é o trabalho da Luz, que lhes permitirá, durante este período, terem-se ao abrigo dos desagrados da dissolução final da matriz e das forças astrais ainda presentes sobre esta Terra.

Inúmeras do que vocês chamam entidades estarão presentes. Elas não têm que transtorná-los ou agitá-los porque, nos princípios do yoga da Verdade que acabo de lhes dar, elas não terão qualquer peso com relação à Vibração do Fogo que os animará.

Tomem o hábito, na medida do possível, de contatar esta Vibração da Luz, amplificá-la por sua respiração e pela posição de sua cabeça, pela natureza e pela árvore. E não se esqueçam de permanecerem na benevolência, no Serviço, na neutralidade.

Assim será realizado, em vocês, o yoga da Verdade, que lhes permitirá abordar as duas últimas Etapas Micaélicas e de despertar em vocês o Fogo da Terra e de associar o Fogo da Terra ao Fogo do Coração e ao Fogo da cabeça, realizando em vocês a unificação final a sua Existência, suprindo, em vocês, uma estabilidade emocional e mental nova, uma Alegria nova, um estado de clareza e de transparência forte, eu diria mesmo cada vez mais forte, e cada vez mais intenso.

Caros irmãos e irmãs, nada mais há a fazer do que realizar isso, na confiança na Luz e no respeito da benevolência.

A partir do momento em que vocês estabelecem, em vocês, essas poucas regras simples, vocês constatarão, extremamente facilmente, que tocam os domínios da Consciência que, para muitos de vocês, jamais foram tocados.

Nesses campos de Consciência, vocês viverão a beleza, vocês viverão o destacamento (soltura). Viverão, assim como o Arcanjo Uriel já lhes fez viver, a Presença a si mesmo, a Presença à Existência. Sua personalidade será transmutada. Sua personalidade será purificada.

Vocês poderão então dirigirem-se com serenidade, com fé, com certeza, para as últimas etapas do Arcanjo Miguel.

Renderão, também, Serviço à Terra e a seus irmãos e irmãs, elevando realmente e na Verdade o nível Vibratório da Terra. Um único ser humano realizando, de maneira perfeita, o yoga da Verdade, pode realmente elevar o nível Vibratório da Terra, transcender-se e transcender seu ambiente.

Então, imaginem, visto o número que vocês são sobre este planeta, se vocês realizam isso, nas horas em que temos reuniões, mas também em horas que lhes são próprias, o caminho da Humanidade iluminar-se-á, então, para uma transição possível, na doçura.

Quaisquer que sejam as anomalias desse mundo que se apaga, o mundo novo nascerá em vocês e ao seu redor sem sofrimento.

Cabe a vocês decidirem, a vocês colocarem-se no trabalho, a vocês realizarem isso.

Como lhes dizemos sempre, todos nós, sem exceção, nós não podemos realizar o trabalho em seu lugar, nós apenas podemos trazer-lhes um certo número de energias e de qualidades de Consciência que lhes cabe fazê-las suas e manifestar nesta densidade.

Os momentos que vocês vivem, nesse momento, são únicos na história da Humanidade. Correspondem, por analogia, ao estabelecimento de uma nova idade, uma idade de ouro, como aquela que foi iniciada quando da Criação de Atlântida, uma nova Consciência, uma nova Vibração, uma nova Luz.

Assim como disse Miguel, realizando o yoga da Verdade, vocês poderão manifestar em vocês a Presença e o contato com o Mestre da Luz que se dirige agora para seu sistema Solar. Vocês são extremamente numerosos a esperar esses momentos. Esses momentos são efetivamente magníficos, mas eles demandam de sua parte um investimento, um trabalho.

Assim é esse yoga da Verdade.

Caros irmãos e irmãs na Humanidade e em encarnação, se vocês têm questões com relação a isso, gostaria de desenvolver o que lhes disse.

Questão: a respiração que descreve é antes uma respiração pelo nariz?

O importante é a boca entreaberta. O ar passará lá onde deve passar, em função das zonas de menor resistência.

Você não tem que dirigir esta respiração pelo nariz ou pela boca. Ela estabelecer-se-á onde deve se estabelecer. O importante sendo a boca entreaberta.

Questão: trata-se de uma respiração ventral ou elevada?

Eu bem disse, nem uma, nem outra. A respiração a mais natural possível para vocês.

Se sua respiração é mais ventral, deixe-a se estabelecer ao nível ventral. Se é mais superficial, deixe-a se estabelecer ao nível superficial. Você não tem que decidir nesse processo, nem que controlar, mas deixar fazer o ritmo do inspirar e expirar.

Questão: quando fazemos esse movimento da cabeça, alto/baixo, é normal sentir vertigens?

Isso faz parte do processo do yoga da Verdade. Há, efetivamente, para alguns indivíduos, uma perda de indicadores espaço-temporais do corpo, podendo desencadear uma pseudo vertigem que assinala o que foi chamado, em outros momentos, o switch da Consciência, o momento em que você passa de uma Consciência ordinária para uma Consciência expandida. O momento em que você passa da Consciência da personalidade para a Consciência da Existência.

Questão: qual deve ser a amplitude desse movimento da cabeça?

Deve ser natural, aí também, como para a respiração. Como se você deixasse sua cabeça cair à frente. E, a um dado momento, pela respiração natural, sua cabeça se elevará, novamente, a um ritmo que lhe é próprio mas que será, de todo modo, lento e não rápido.

Questão: quando sentimos, durante esses instantes, uma grande dor nas costas, o que fazer?

Isso faz parte do processo. A árvore de Vida que é sua coluna vertebral é o lugar por onde o Fogo circulará, de alto a baixo e de baixo a alto, antes de se difundir no conjunto do corpo, assim como para o alto e para baixo. Basta ir além da zona de percepção da dor que se dissolverá por si, pela respiração.

Questão: a boca que seca e a sensação de sede estão ligadas ao mesmo processo?

Sim. O Fogo necessita um aporte hídrico e eletrolítico importante. Vocês têm necessidade, durante este período, de minerais.

Vocês têm necessidade, durante este período, de líquidos, em quantidades importantes, a fim de permitir ao Fogo, sob uma forma figurada, deslizar sobre suas estruturas, penetrá-las, transformá-las, fornecer, de algum modo, a esse Fogo do Amor e a esse Fogo do Coração, o combustível necessário a seu desenvolvimento.

Questão: que tipo de minerais podemos absorver para nos ajudar nesse processo?

A maior parte dos minerais serão absorvidos sob forma natural.

Alguns sucos de frutas ou de legumes são perfeitamente indicados porque ricos nesses diversos minerais essenciais para a combustão e para o Fogo da Terra.

Não é necessário absorver produtos de síntese. Permaneçam nos produtos naturais como suco de tomate, suco de cenoura, suco de uva, suco de maçã.

Questão: você citou frutas vermelhas. É uma necessidade?

Sim.

Questão: é recomendado prosseguir na alimentação mais leve, ou líquida, ou períodos de jejum?

Sua Consciência o ditará. Em alguns momentos, o Fogo necessitará de vocês um aporte talvez mais importante, e, em outros momentos, o aporte alimentar se restringirá por si mesmo porque você provará uma saciedade muito mais rápida, com muito menos alimentos.

Aí, trata-se de uma relação, eu diria, de pessoa e pessoal de cada um.

Questão: você preconizou fazer esse trabalho várias vezes por dia. Durante qual duração é necessário fazê-lo e em que ritmo?

Progressivamente e à medida em que você entra na prática do yoga da Verdade, você se aperceberá, geralmente, com estupefação, que o tempo não existe verdadeiramente mais.

Então, faça isso nos momentos em que você tem tempo. Faça isso quando você o sente, quando há um chamado da Luz para fechar os olhos, para sentar-se, para entrar em si e respirar.

Alguns de vocês poderão permanecer imersos nesse Samadhi durante um dia inteiro. Outros, iniciarão esse processo minuto por minuto. Faça segundo seu desejo. Faça segundo a experiência de Consciência que você vive praticando o yoga da Verdade. Não há regra formal. Deixe-se guiar, aí também, pela Luz e por sua Inteligência.

Questão: qual é a posição das mãos?

É a mesma que a que lhes permite acolher a Luz Crística em Unidade e em Verdade e aquela que lhes é pedida com o OD - ER - IM - IS - AL.

É a mesma postura que aquela que lhes foi dada por Miguel, quando da etapa anterior (nota: essa postura é descrita na canalização de Miguel de 17 de janeiro último e tomada no esquema já enviado na mensagem de Miguel de 17 de fevereiro).

Mas retenham bem que a um dado momento, quando a pulsação da Luz se tornar intensa, que o mais importante é a respiração e a Consciência desta respiração. É ela que ditará e conduzirá a experiência do Samadhi, a cabeça participando, ela também, nesse ritmo de inspirar e expirar, sob outras funções que a respiração, mas mais ligada à circulação do sangue e à circulação da energia e da Consciência entre o sacrum, o Coração e a cabeça.

Não temos mais perguntas. Agradecemos.

Então, caros irmãos e irmãs na Humanidade, vou deixá-los, para voltar em breve, a fim de realizar, juntos, esta primeira etapa, às 19h (hora francesa), onde vocês terão oportunidade de testar e viver isso.

Recebam todo meu amor e todo o amor do conselho dos Melquisedeques. Nós estamos com vocês e os amamos. Até breve.

____________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão para o português: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

14 de fev de 2010

MIGUEL – 14 de fevereiro

(preparação para a intervenção do dia 17 de fevereiro)

DO SITE AUTRES DIMENSIONS

ÁUDIO:
http://www.dailymotion.com/video/xc8i7p_mika%C3%ABl-14-2-10-pr%C3%A9pa-marche-5_webcam


Eu sou Miguel, Príncipe e Regente das Milícias Celestes. Boas vindas a vocês, de nosso ponto de reencontro, Filhos da Luz, Sementes de estrela, filhos da Lei do Um.

Hoje, eu venho a vocês a fim de anunciar-lhes e preparar, com vocês, a Realização da quinta Etapa que traduzirá, no dia 17 de fevereiro, a passagem do Fogo do Coração na manifestação de sua densidade (nota: dia 17 de fevereiro, às 12h, hora francesa, 9 h horário de verão Brasília).

Nesse dia, e nessa hora, vocês todos, neste planeta, que vivem e seguem o Conclave Arcangélico, realizaremos pela primeira vez (nós, Conclave, associados a outros Arcanjos, independentemente desse Conclave) nosso primeiro Círculo de Radiação diretamente em torno da Terra, além de sua magnetosfera.

Nesse dia, iniciaremos juntos, vocês, e nós, a passagem do Fogo do Coração na manifestação de sua Dimensão. Esse momento é um momento que tanto esperamos e tanto quisemos para vocês, para que vocês reencontrassem sua liberdade, sua soberania e sua Unidade.

Bem Amados Filhos da Luz, o momento chegou de se revelarem. O momento chegou de se despertarem. O momento chegou, para o planeta que os leva e os suporta, de religar, ele também, sua Dimensão de Eternidade.

Pela primeira vez desde tempos imemoráveis (em termos Terrestres, remontam a várias centenas de milhares de anos), a abordagem dos mundos da Luz unificada e das forças da Confederação Intergaláctica tornar-se á possível.

Do mesmo modo como nós, Conclave, estamos renunidos, em nosso centro, com as Chaves que entregamos a Divina Maria, do mesmo modo nós, Conclave Arcangélico, associados a cinco outros Arcanjos independentes da evolução de seu universo local, reunir-se-ão do mesmo modo que vocês, seres humanos, estarão reunidos na superfície deste planeta.

Juntos, celebraremos o retorno do Fogo, o retorno da Luz em seu mundo que dela estava privado.

Assim poderemos, juntos, cruzar uma etapa importante, esta quinta Etapa, aquela que realizará o que vocês poderão chamar, em sua linguagem, o Fogo purificador, em seu corpo e no corpo planetário.

Naquele momento, a etapa de desconstrução que iniciei há quase um ano entrará em plena atividade e em plena manifestação.

Naquele dia, realizaremos juntos, Bem Amados, a junção. A junção entre sua dimensão dissociada e os mundos unificados, de maneira fixa e definitiva.

Desde o levantar do sol, a leste, e até o deitar do sol, no ponto o mais oeste do planeta, nós realizaremos isso. Nesse dia, as Claves Metatrônicas penetrarão, não mais unicamente em seus corpos, não mais somente nos Círculos de Fogo dos Anciões, mas espalhar-se-ão na superfície deste planeta. A Luz definitivamente ganhou. Ganhou o direito de se remanifestar nesta dimensão. Ela ganhou o direito de regá-los, se tal é seu desejo, na Fonte da Verdade, na Fonte da Unidade, a fim de festejar sua reconexão e seu retorno na Existência.

Entretanto, isso não assinalará, pelo momento, o fim desta dimensão, mas sim o início de uma nova aventura que lhes permitirá, se vocês sonham e o desejam, viver as premissas e os fundamentos de uma nova vida e uma nova Consciência.

Abençoem os instantes que vocês vão viver, como nós os abençoamos. Esta preparação se fará na maneira usual como a que vocês realizam, todas as noites, às 19h, hora francesa (16h - horário de verão Brasília).

Ser-lhes-á demandado naquele dia, no instante em que o desejarem, e se possível quando de minha intervenção nesse canal, realizarem a postura que vocês conhecem, que lhes foi comunicada (nota: explicado, com um esquema, no protocolo « reunificação das radiações do Templo Interior), que vocês encontrarão na rubrica « protocolos a praticar » em nosso site – desenho abaixo).

Durante esse tempo, e durante o tempo preciso de minha vinda, e assim como à noite, às 19h (16h no Brasil), simplesmente nesta postura, e neste acolhimento, será necessário de novo – mas repetidas de maneira interior e silenciosa, desta vez – as Chaves Metatrônicas, as cinco sílabas sagradas, a fim de fazer vibrar a Terra ao uníssono da Vibração do Conclave, da Vibração de Maria, da Vibração dos Lipika Karmique e da Vibração do conjunto de Forças da Confederação Intergaláctica que estão doravante concentradas à frente de seu Sol.

Com efeito, a hora chegou da Revelação da Unidade, da Revelação da Fonte e da Revelação de que vocês jamais estiveram sós na Criação.

Inúmeros Seres Humanos, hoje, vivem as premissas desses reencontros e desses contatos. Inumeros Seres Humanos vivem o Fogo do Coração ou suas premissas.

Esta alquimia é uma alquimia do Fogo. O Fogo é o elemento da Luz que permite revelar a Luz, que permite autenticá-la e manifestá-la, quaisquer que sejam as dimensões.

Hoje, o Fogo é devolvido nesta Dimensão. Hoje, o Fogo é ativado no planeta. Hoje, e a partir do dia 17, vocês constatarão os efeitos em seu Ser Interior, em sua Consciência e em seu universo manifestado nesta Dimensão.

Bem Amados Filhos da Luz, nós nos congratulamos de reencontrá-los, em seu reencontro, em sua Existência e em sua Dimensão de Eternidade.

Bem Amados Mestres da Luz, assim como os nomeei desde algum tempo, vocês farão prova, e mostrarão aos olhos da humanidade e aos olhos daqueles que ainda não estão despertos, o que é a Dimensão do Fogo, a Dimensão da soberania e a dimensão da autenticidade. E isso é para breve.

Nós lhes pedimos que se preparem para este período. Tentem, o tanto quanto possível, limitar suas necessidades tanto em alimentação como na visão, como na leitura, a fim de penetrar, e ainda mais profundamente, em seu Ser Interior, em sua Eternidade, em sua Verdade.

Vocês estão, hoje, na aurora, realmente, de uma nova Vida, de uma nova Consciência, de uma nova Verdade, bem mais próxima da Verdade Una, da Verdade da Fonte.

A Fonte vem a vocês. Desde o tempo em que os Arcanjos estão reunidos em Conclave, desde o tempo em que a Confederação Intergaláctica se prepara para esse momento, desde o tempo em que, vocês mesmos, se preparam para esse momento (não somente desde o início dos Casamentos Celestiais, mas, para alguns de vocês, desde numerosos milênios ou dezenas de milênios), vocês vão enfim viver esse porquê vocês vieram neste período e nesses momentos nesta Terra.

A matriz aprisionante que, até o presente, ocultou-lhes o conjunto de manifestações da Luz está a um passo de ser definitivamente dissolvida. As três membranas, ou três matrizes aprisionantes, nas quais vocês estiveram fechados não têm mais razão de existir, não têm mais razão de impedi-los de tocarem seu objetivo.

Assim, portanto, nós nos congratulamos, com vocês, deste reencontro próximo que nós lhes pedimos preparar em seu Templo Interior, em seu Silêncio Interior com o máximo de recolhimento, a fim de vivê-lo no máximo de eficácia, de pureza, de purificação e de Santidade.

Vocês são chamados, todos, sem exceção, a viver a Presença da Unidade, a Presença da Santidade e a Presença da Verdade. Nessa tripla Presença manifestando-se em sua Consciência, nesse dia e nos dias seguintes, mais que jamais, vocês não poderão enganar, mais que jamais, não poderão enganar ninguém, porque vocês serão vocês mesmos e perceberão o outro tal como ele é e não tal como ele diz ou mostra.

Vocês se tornarão, e constatarão isso, cada vez mais transparentes. Transparentes no que diz respeito a vocês mesmos, transparentes frente ao mundo e transparentes com relação à Luz. Isso chama-se a clareza da Luz e fenda Cristalina ou Adamantina da Luz. É isso, Bem Amados Filhos do Um, que vocês são chamados a viver a partir de 17 de fevereiro.

Esta quinta Etapa significa também a purificação do que deve ser nessa matéria, em sua matéria, em sua personalidade, como na matriz. Isso assinala, como disse, a conclusão do período de desconstrução, a conclusão, enfim, do que devia ser realizado e que será terminado antes que eu ceda meu lugar ao Arcanjo Metatron e ao Arcanjo Uriel e antes que a Divina Maria lhes faça seu Anúncio.

Bem Amados Filhos da Luz, Bem Amados Filhos da Verdade, eu lhes peço, portanto, que estejam prontos para esse momento único que viveremos juntos, vocês e nós, e nós com vocês. Desde 0h de 17 de fevereiro (hora francesa – 21h do dia 16 no horário de verão Brasília), nós cercaremos, nós, Arcanjos, a totalidade da magnetosfera terrestre a fim de inicializar, não mais momentos privilegiados de descida da Luz, mas sim a encarnação e a ancoragem da Luz nesta dimensão.

Assim, tudo o que não é Luz, tudo o que é resistência à Luz, em vocês como no exterior de vocês, deve desmoronar e desaparecer. Não há outra alternativa. Não há outra solução senão viver a Verdade do Coração e na simplicidade do Coração.

Vocês têm um indicador, uma testemunha e uma garantia de sua autenticidade, nos atos de sua vida quotidiana, nos comportamentos de sua vida quotidiana e em cada respiração nesta dimensão, que é a dimensão do Coração.

Como vocês sabem, inúmeros Seres Humanos começaram, pelo planeta, a sentir esse Fogo, a vivê-lo e a manifestá-lo. Resta-lhes agora estabelecer no conjunto de suas estruturas físicas e sutis, como nós o faremos juntos em 17 de fevereiro, não mais simplesmente em ancoragem (como vocês realizaram até o presente), mas, bem mais, como uma manifestação real, tangível, concreta e palpável da Luz nesta Dimensão.

Esse momento será um momento único como jamais a Terra viveu desde mais de 300.000 anos.

Assim, nós os esperamos cada vez mais numerosos. Assim, nós os esperamos cada vez mais em Alegria, quaisquer que sejam as circunstâncias de suas desconstruções interiores e exteriores, quaisquer que sejam as zonas de resistência inevitáveis que se manifestarão, mesmo naqueles que viveram o Fogo do Coração.

Nós lhes pedimos que não lutem. Nós lhes pedimos que acolham a Luz e o Fogo, porque somente o Fogo será capaz e será mesmo para dissolver, em vocês, as zonas de resistência.

Nenhum ato de sua vontade própria, nenhum ato que os afastar da Luz permitirá resolver e dissolver o que deve sê-lo. Vocês devem fazer prova, assim como o disse o Arcanjo Anael, desde quase um ano, do mais total abandono à Luz e à Inteligência da Luz.

Apenas nesta infabilidade da Luz é que vocês encontrarão espaços de resolução necessários ao que encobre, ainda hoje, seu caminho para a Luz e para a Unidade.

Assim, eu lhes repito e nós lhes pedimos, preparem-se como nós nos preparamos, nós, Conclave, desde quase um ano, para esse momento.

A quinta Etapa assinala o início do Fogo nesta densidade e não mais unicamente em seu Coração e não mais somente no Coração da Terra, mas sim na Revelação do Fogo, da Verdade do Fogo e da eficácia do Fogo nesta dimensão.

Não lutem contra nada. Aceitem a Luz e aceitem o Fogo. Ele os transmutará, os purificará, ele os fará à imagem da Fonte, à imagem do Amor e à imagem da Verdade.

Aí está a mensagem que tinha a lhes transmitir para esta preparação. Assim, durante os primeiros minutos de minha vinda, em posição de acolhimento, mãos de cada lado do peito, e de maneira silenciosa, vocês repetirão as sílabas sagradas que permitirão ativar em vocês, ainda mais, a Coroa Radiante do Coração, no espaço delimitado de seu Coração, a fim de que o canto sagrado e a Luz sagrada do Fogo se revelem no conjunto de seus corpos, no conjunto do corpo planetário, mas também no conjunto das egrégoras e das matrizes criadas nesta Humanidade, revelando o choque total da Luz e o fim inexorável da Sombra.

Bem Amados Mestres da Luz e Bem Amados Filhos da Luz, se há entre vocês, aqui presentes, perguntas quanto à organização desse processo, quero falar disso com vocês.

Entretanto, saibam que, durante minha vinda nesse canal, em 17 de fevereiro, à hora anunciada, eu me exprimirei novamente, a fim de dar-lhes outros elementos que corresponderão ao que terão a viver entre 17 de fevereiro e 17 de março. Aqueles serão conselhos muito mais práticos, a fim de ajudá-los a ir em compreensão, e de maneira intuitiva, nos níveis em que não há mais resistência, nos níveis de seu Ser onde se encontra a Alegria eterna, nos níveis de seu Ser onde se encontra a Morada da Paz Suprema.

Bem Amados Filhos da Luz, eu terminei por hoje. Se, no entanto, há em vocês questões, eu gostaria, com relação a esse processo, de tentar trazer um esclarecimento suplementar. Eu os abençoo pelo que vocês são. Eu os abençoo pelo que vocês fazem. Eu os abençoo pelo que vocês retransmitem. Eu os abençoo pelos esforços que vocês fizeram e eu os abençoo ainda mais pelos esforços que farão a fim de que nós nos reencontremos na Verdade e na Luz.

Questão: durante a sessão do dia 17, é necessário repetir as sílabas sagradas interiormente durante tuda a duração da intervenção?

Assim como disse, os sete primeiros minutos bastarão amplamente para iniciar o processo de nosso reencontro e do reencontro da Terra com a Radiância Arcangélica. Eu digo também que, desde esta noite, durante a irradiação do período de 19 a 19 :30h (16 a 16 :30 o Brasil), alguns de vocês sentirão as premissas do que será seu quotidiano a partir de 17 de fevereiro.

Questão: o que entende você por limitar a visão, para se preparar?

A preparação que você realizará, durante esses três dias, permitir-lhes-á acolher e realizar o melhor possível o trabalho da Luz e do Fogo em sua densidade. Existe, aí, um processo de redução Vibratória. Para alguns de vocês, isso pode ser a natureza. Para outros, isso pode ser a solidão. Para outros, finalmente, isso pode ser a meditação. Mas, de uma maneira geral, evitem os sinais exteriores durante esses dias que os separam do dia 17.

Questão: qual o melhor a fazer para a alimentação?

Para aqueles que o desejam, permanecer em jejum. Para aqueles que o desejam, ingerir líquido. De uma maneira como outra, cada um de acordo com suas possibilidades, restringir o que é habitual para vocês como alimentos, a fim de se prepararem, o melhor possível, ao que vem.

Não temos mais questões. Agradecemos.

Bem Amados Filhos da Luz, vamos então encerrar minha intervenção por uma Bênção comum. Eu lhes digo, assim como o restante do Conclave, até essa noite, às 19h (16h no Brasil) e sobretudo até dia 17.




Nota: Miguel intervirá então quarta-feira, 17 de fevereiro próximo, às 12h (hora francesa – 9h horário de verão Brasília), no âmbito da 5ª Etapa.

______________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão para o português: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com