Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

29 de abr de 2007

MIGUEL – 29 de abril de 2007


DO SITE AUTRES DIMENSIONS.


Eu sou Miguel, Príncipe e Regente das Milícias Celestes.
Eu respondo ao seu apelo, para iluminar seu coração nessas semanas e nesses períodos que qualificaremos, se querem, de passagem.
Bem amados seres humanos, eu abaixo minha vibração até esse espaço consagrado e abençoado por minha presença nesse instante, para trabalhar, pela vibração de sua linguagem, pela vibração da espada, para ajudá-los a elevar a esfera de seu corpo e de seu ser.

Bem amados humanos, a palavra está com vocês.

Questão: poderia falar-nos do que você acaba de chamar de «passagens»?

A época na qual vocês entram é uma época esperada há extremamente muito tempo.
Ela corresponde a uma era de transição, portanto, passagem de um estado vibratório a outro estado vibratório.
Eu não posso exprimir-me na duração de tempo humano, mas no tempo cósmico, que não tem tempo.
A hora chegou de viver essa passagem.

O que nós entendemos por passagem corresponde a uma influência de Luz que se torna diferente do que tem sido e do que vocês têm conhecido até o presente, nessa vida e em suas memórias de suas vidas.
Nisso, é a passagem de um estado a outro estado.

Essa passagem pode ser assimilada a um cone, a um buraco de agulha pelo qual será preciso atravessar e reformar, transformar certo número de mecanismos fundamentais que permitem à alma humana avançar a um estado de Luz mais radiante e mais intenso do que tem sido até o presente.
Essa passagem não pode ser definida, em tempo humano, como um intervalo puramente de tempo, mas, também, um intervalo espacial, de modificações espaciais concernentes aos espaços de seus corpos, mas, também, do corpo planetário e do corpo solar.

Toda noção de passagem, de transição, ao nível de seus seres humanos, planetários e solares corresponde a um processo de alinhamento importante, de desvendamento da Fonte no interior dos corpos.
Os mecanismos fundamentais consistem em explorar, desenvolver possibilidades de Luz e de manifestações que foram limitadas pelas necessidades de sua encarnação, pelas necessidades de sua dimensionalidade.

Esses processos transformadores levam a efeito estruturas, o conjunto de energias, o conjunto de consciências presentes no conjunto desse Sistema Solar.
Seria fastidioso enumerar o conjunto dessas transformações.
O mais importante é, eu volto a essa noção, a noção de passagem e de transição.

Vocês têm recebido inúmeros ensinamentos, transferidos pela ordem de Melquisedeque, há certo tempo, nesse lugar e em outros lugares, que insistem sobre diferentes elementos a que vocês chamam, em linguagem humana, soltar, desapego, alinhamento, estado não emocional e não mental, que será a preliminar à vivência da passagem.

Questão: concretamente, como acontecerá essa passagem?

O raciocínio para explicar isso, a analogia a mais evidente, eu diria, corresponde ao que acontece no momento da morte, como algo que sai de algo que para nada mais serve.
No estado de morte trata-se de deixar o corpo, no estado de transição trata-se de deixar o corpo astral.

Questão: é um fenômeno que se vive em consciência?

Isso dependerá do nível vibratório atingido por cada ser diferente.

Questão: alguns dizem que o corpo astral já está, amplamente, dissolvido, transmutado, é exato?

Ele está, na maior parte, dissolvido e transmutado, mas está, ainda, ativo, porque vocês ainda estão sobre esse mundo que, ele mesmo possui, obviamente, uma trama astral bem mais pesada do que aquela que vocês têm, a título individual.

Questão: o que você chama de processo de desvendamento da Fonte?

O processo de desvendamento da Fonte sobrevém no momento da transição, no momento em que o corpo astral apaga-se, definitivamente.
Ele corresponde à experiência descrita em sua humanidade pelos experimentadores.
Ele é assimilável à travessia de um túnel com aspiração para uma Luz descrita como todo amor.

Questão: você pode falar-nos de «possibilidades dessa Luz»?

A questão não está formulada corretamente.

Questão: poderia falar-nos do novo estado da Luz?

Vocês ainda não estão lá.
Vocês ainda não estão do outro lado dessa peneira, dessa transição.
Vocês estão deste lado.

Questão: essa etapa far-se-á com ou sem o corpo físico?

Cada ser humano é um caso específico.

Questão: você falou, há pouco, da encarnação de seres humanos, de seres planetários, de seres solares...?

Trata-se de uma má compreensão, eu falei de ser solar como ser solar e não seres solares que correspondam aos seres humanos.
Não há grandes seres solares, há um ser solar.
Quando eu falo do ser solar, isso nada tem a ver com o ser, no sentido em que vocês o entendem, humano.

Questão: poderia precisar de qual entidade você fala?

Do que vocês chamam, em sua linguagem, o logos solar, o sol como ser.
Eu não posso ser mais preciso.

Questão: o que você chama a «transição» é ligada ao alinhamento planetário do fim de 2007?

Trata-se de uma janela extremamente propícia para essa transição.

Questão: nesse processo, como se inscrevem os três dias?

Eles são calcados, absolutamente, nesse período de transição.

Questão: continua verdadeiro que uma voz feminina, aquela de Maria, prevenirá?

Isso não mudará.
O anúncio far-se-á a título individual, no que concerne às reuniões, se possível, nos três dias precedentes.
Entretanto, o conjunto de eventos – físicos, econômicos, humanos, cósmicos, magnéticos e terrestres – preliminares a esse período será considerado, também, como um de seus avisos, para aqueles que estiverem à escuta.
Seguramente, o período delicado não é a transição em si, mas o período preliminar.

Questão: havia sido precisado para afastar-se de centros nos quais houvesse muito eletromagnetismo, dispor de água de fonte e velas de cera de abelhas?

Cada caso será diferente porque, como vocês compreenderam, alguns humanos serão chamados a reunir-se antes desse período de três dias.
Aqueles não terão necessidade das condições que você descreveu.
Aqueles que estiverem isolados, sozinhos, terão necessidade desses elementos.

Questão: como vão organizar-se essas reuniões?

A organização dessas reuniões não lhes cabe, é a missão principal de alguns povos que vocês chamam de extraterrestres.
Eles estarão, obviamente, em manifestação, no período que precede a reunião, para aqueles que deverão ser reunidos.

Questão: há algo a preparar para esse período de reunião?

Absolutamente não.
O que há a preparar é para agora.
É prever o que vocês chamam de líquidos, é prever o que vocês chamam de alimentos, é prever o que vocês chamam de facilidade de vida e, isso, para o período que se estende entre agora e a reunião.

Questão: isso corresponde, segundo você, a uma duração de terrestre de quanto tempo, aproximadamente?

Um número de meses que vai de seis a sete meses.
A informação deve circular, na condição de que ela não gere medo, aflição ou tomada de medidas precipitadas.

Questão: você poderia dar-nos detalhes sobre esses sinais?

Não me cabe entrar nesse gênero de detalhes práticos, mas todas as esferas de vida serão tocadas, absolutamente todas.
Ninguém poderá ignorá-los.

Questão: o que é da Terra, como planeta, nesse mesmo período?

Ela, também, prepara sua transição, através de manifestações que cabem a ela, propriamente, a saber, as modificações terrestres ao nível da crosta e, portanto, o que vocês chamam de sismos e vulcões.

Questão: poderia falar-nos de modificações de estruturas do ser humano?

A quase dissolução, na preparação, do corpo astral, é acompanhada, doravante, da reversão das pétalas de manipurachacra que, há mais de 50.000 anos, aproximava-os da encarnação e estão, agora, revertidas para o alto.
Esse processo, essencial ao nível da totalidade dos seres humanos, vai provocar uma adesão ou uma recusa desse novo estado de consciência.
A adesão traduzir-se-á por inúmeros mecanismos que vocês qualificam de energéticos e de fisiológicos, mas, sobretudo, ao nível da consciência, por um desinteresse de coisas habituais de sua encarnação, de acordo com suas idades respectivas.
Ao inverso, aqueles que resistirem, mergulharão, ainda mais profundamente, para os desejos e os impulsos que os prendem a essa dimensão.

Assim, e quaisquer que sejam as percepções energéticas, fisiológicas, vibratórias, o próprio comportamento de sua consciência ditará, de maneira evidente, suas escolhas.

Questão: durante esse período, qual é a melhor preparação a fazer para o homem?

Elevar suas vibrações.

Questão: qual é a maneira a mais potente e a mais correta de fazê-lo?

O que vocês chamavam, no tempo das religiões, a oração, o que nós chamaríamos, hoje, o alinhamento vibratório da consciência com a Fonte, estado vibratório que consiste em alinhar a cabeça, o coração e o sacrum.

Questão: o que é, então, do prazo de 2012?

2012 verá o estabelecimento de novos Céus e de novas Terras na confederação.
O período de 2012 era uma data final.
Após o fenômeno de transição, a distorção do tempo fará com que seu tempo não seja mais contado do mesmo modo.

Questão: vocês faz referência a ciclos de trinta e duas horas?

Poder-se-ia assimilar a isso sem, contudo, que haja conformidade total, uma vez que, após a transição, as regras do tempo, as regras do espaço não serão mais as mesmas.

Questão: convém que se divulgue essa mensagem?

Toda mensagem deve ser divulgada, esta, como todas as outras, e é chamado ao discernimento vibratório daquele que recebe, que lê, que ouve a mensagem.
O elemento de resposta, chamado medo ou projeção, mostrará, simplesmente, o nível vibratório atingido e aquele que resta a percorrer para entrar na ausência de medo, na ausência de prevenção em relação às transições.
Mas é, de outro lado, importante que cada ser humano decida, em consciência, o que ele deve fazer para enfrentar esse período, em função de seu próprio estado vibratório.

Nos fenômenos que se reportam à transição, ninguém pode influenciar para tal ou tal escolha uma pessoa ou um grupo de indivíduos.
Pode-se apenas informar.
É totalmente diferente, obviamente, quando se trata de retransmissão situada bem menos alto, mas que intervém no âmbito do acompanhamento do outro.
A liberdade em relação a esse fenômeno de transição não pode ser violada, o que quer dizer que, a título individual, nenhuma mensagem ou informação da Fonte ou da Luz pode orientar um indivíduo para algo que seria contrário ou forçado.

Questão: o que será dos meios de comunicação ligados à eletricidade (telefone, internet...)?

Isso dependerá do efeito dominó.

Questão: qual é o papel de sua espada?

O papel o mais conhecido, tal como foi ilustrado desde tempos extremamente antigos, é a luta contra as forças da sombra, devido à energia serafínica veiculada por essa espada.

Questão: nós seremos prevenidos dos eventos a vir?

Como foi anunciado, todo ser humano verá e será prevenido.

Questão: você tem, portanto, dois papéis? O combate da sombra e a dissolução do astral?

Esse é o mesmo papel, a sombra é veiculada pelo astral.
A sombra não existe em nenhuma parte alhures que não no astral.
No que concerne a esse período e a essa época, é meu único papel.

Questão: qual diferença de papel há entre sua energia e a energia Crística?

No que concerne ao ato de proteção é o mesmo.
A espada que está em minha mão está na boca de Cristo.
Dito em outros termos, eu comando e combato pela espada.
Cristo comanda pelo Verbo.

Questão: qual diferença entre o «manto azul» de Maria e o seu?

Nenhuma.
Trata-se da mesma capa de invencibilidade e de proteção.

Questão: de qual plano você intervém?

Eu não posso situar o plano de partida, estando presente por toda a parte.
Eu não posso, dito em outros termos, definir um ponto de vida como algumas entidades de Luz que vivem na décima primeira, décima oitava, vigésima quarta ou, simplesmente, a quinta dimensão.
Eu participo e vivo no conjunto de planos.

Questão: há outras energias que funcionam como você?

Esse não é nem o momento nem o lugar para falar disso, mas, obviamente, sim, Maria, Cristo, os Arcanjos.

Questão: quais são suas relações com o Intraterra?

Esse não é o momento.

Eu os saúdo.
____________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/.

26 de abr de 2007

O.M. AÏVANHOV – 26 de abril de 2007


DO SITE AUTRES DIMENSIONS.


Bem, caros amigos, estou extremamente contente por reencontrá-los nesse lugar, e eu lhes aporto, agora e já, toda a minha bênção, todo o meu amor.
Então, obviamente, abrimos os debates, como vocês dizem.

Questão: as energias parecem ser muito específicas, nesse momento?

Perfeitamente.
A necessidade de ir dormir, de ir repousar, de repente, a energia que desce e que sobe.
Período, também, de instabilidade na cabeça, que faz com que não se saiba se se está em seu lugar.
Isso corresponde, perfeitamente, ao plano de transformação dos elementos que está vindo.
Os corpos físicos estão submetidos a intensos bombardeios eletrônicos, que implicam reajustes extremamente severos e subidas na vibração, por vezes, extremamente difíceis a ir até o fim.
Mas o mais importante está para vir.

O germânio permitirá moderar a amplitude das variações energéticas.
O trabalho o mais específico, como vocês vão, antes de tudo, aperceber-se, é evitar desfocar-se.
Desfocar, isso quer dizer, em especial, entrar na emoção, nas cóleras, nas irritabilidades, nas tristezas, nas depressões, mesmo.
Tudo isso deve ser evitado, porque é preciso permanecer, ao máximo, alinhado no interior de si, para suportar os fluxos eletrônicos e fotônicos que chegam.
O fluxo fotônico corresponde à emergência do Sistema Solar sob a influência do cinturão de fótons.
O cinturão de fótons no qual vocês começaram a entrar há algumas semanas e que vai encontrar-se em seu máximo durante o período que vai de 2 a 22 de maio.
Vocês vão viver, aproximadamente três semanas, um bombardeamento energético sem precedente.

Vocês não podem proteger-se.
Mesmo se vocês estejam sob a terra, o bombardeamento chega, de qualquer forma.
Não é como as energias do Sol.
Obviamente, a retransmissão é tomada pelo Sol, mas os bombardeamentos de fótons não são, unicamente, ligados aos raios X, aos raios solares, aos raios ultravioletas ou às modificações da magnetosfera terrestre, mas são ligados, também, aos fluxos fotônicos que chegam do Sol Central.

Isso será percebido, também, ao nível físico.
Isso provoca certo número de sintomas como fadiga, dores de cabeça, dores no ventre, mesmo para aqueles que não estão, entre aspas, como vocês dizem, ainda, abertos.
Obviamente, a maior parte dos seres humanos dá-se conta de que acontecem coisas, eu diria, não habituais.

Questão: o que se pode fazer para acompanhar o melhor possível isso?

O mais importante, eu vou resumir, ainda uma vez: vocês entram em um processo que sobrevém apenas a cada vinte e cinco mil anos sobre este planeta.
Esse processo é extremamente perturbador e, ao mesmo tempo, transformador.
A única coisa à qual vocês têm que vigiar é permanecer centrados, permanecer alinhados, não pensar em raiva, não pensar em desagrados.
Vocês têm interesse em permanecer, o mais possível, na neutralidade benevolente do coração e alinhados para receber essas energias.

Não é mais tempo de preocupar-se com pequenas questões que estão à esquerda ou à direita.
Isso, se quiserem, está em segundo plano.
Nós veremos isso quando o cinturão fotônico estiver aí.
É um período extremamente importante, eu repito.

Questão: a oração pode ajudar ou outra coisa?

O mais simples é permanecer alinhado no coração de si.
Se, para você, é mais simples orando, então, faça-o.
Se, para outro, é permanecer na calma em seu leito, lendo um livro, então, faça-o.
Se, para outro, é cantar Aves Maria, então, que ele faça.
Cada um deve encontrar o que é capaz de propiciar-lhe esse estado de alinhamento.
Para outros, será passear na natureza.
Para outro, será nada fazer etc. etc.
Não há técnica precisa para todo mundo.

Questão: por que cada vez mais pessoas têm problemas de memória?

Os problemas de memória são ligados, também, às energias de transformação que estão presentes.
A memória imediata pode, por vezes, desaparecer, mas é para despertar outras memórias.
Há várias memórias.
Aquela de vidas passadas é armazenada no coração é o átomo/embrião espiritual, que contem a faixa de vídeo, eu diria, de todas as suas vidas.
Há, também, uma memória da vida corrente, ela é armazenada de maneira magnética, na escala do cérebro magnético, se se pode dizer, que é exterior ao cérebro que vocês conhecem.
Mas há várias memórias.
A memória da vida de todos os dias é aquela que é afetada, nesse momento mesmo, pelos bombardeamentos energéticos que vocês recebem.

Questão: como funcionam as outras memórias?

É extremamente complicado explicar, porque é um átomo/embrião multidimensional, que é situado ao nível do coração, que funciona um pouquinho no princípio do holograma visual.

Cada um dos pontos do átomo/embrião contém a totalidade dos outros.
É uma memória multidimensional, que é diferentemente mais complexa do que a memória magnética de sua encarnação.
Em contrapartida, esse átomo/embrião apenas se revelará quando de algumas fases iniciáticas que alguns podem ter vivido e que os outros viverão apenas no momento de processos ascensionais, no momento em que o conjunto da memória de vidas passadas revela-se, ou seja, no momento de acesso á multidimensionalidade, de fato.

Então há, efetivamente, um balanço entre a memória magnética e a memória espiritual.
E a memória magnética dessa vida diminui, para deixar o lugar, no momento da ascensão do corpo espiritual, para que ela venha ocupar a memória magnética, é claro.

Questão: é verdade que, no momento da morte, reveem-se todas as vidas passadas?

Não, o que volta à memória, no momento da morte, é tudo o que, na memória magnética, no momento preciso, vai passar à memória espiritual.
Ora, a vida passa do corpo físico ao corpo etéreo e, no momento da transferência total ao corpo etéreo, no momento em que a memória magnética dissolve-se na memória espiritual, a alma tem consciência da revivência de sua vida.
Não, assim, como um filme sem interesse, mas os eventos os mais importantes que poderiam estender-se em uma faixa de vídeo que duraria milhares de horas é vivida, devido à passagem interdimensionalidade, em alguns milissegundos.

Poder-se-ia dizer que é uma viagem no tempo, uma viagem no espaço.
Mas, sobretudo, poder-se-ia dizer uma viagem na interioridade, porque o tempo é uma manifestação exterior, porque vocês vivem no exterior da vida, no exterior de um planeta.

Vocês estão, portanto, em um processo linear de tempo, que não corresponde à verdadeira vida, uma vez que, quando vocês penetram na interioridade, o tempo não existe mais, é claro.

Questão: os desencarnados podem intervir em nosso mundo?

Há missões que foram atribuídas por vontade espiritual, em alguns casos, ou seja, uma alma não subiria aos planos espirituais, mas permaneceria nos planos intermediários e poderia manifestar-se em diferentes momentos oportunos, para algumas circunstâncias precisas.

Questão: o corpo astral dissolve-se, nesse momento?

O corpo astral dissolve-se.
A memória cármica individual resolve-se no corpo cármico planetário, para aqueles que o aceitam.

Questão: como superar o que nos incomoda em nossos comportamentos?

É, simplesmente, superar o ego.
Tudo o que os incomoda, hoje, tanto uns como os outros, seja ao nível família, seja ao nível relação, ao nível trabalho são, sempre, manifestações de ego que permanecem, uma vez que o carma dissolve-se.
O único elemento de resistência é o ego.

Questão: e como fazer, então?

Alinhar-se na Luz.
Nós já falamos disso.
Quanto mais vocês estiverem centrados, mais estiverem alinhados com o que vocês são, menos estarão sensíveis a essas manifestações do ego.

Questão: Miguel intervém muito, nesse momento; basta, unicamente, recorrer a ele?

Perfeitamente.
O Arcanjo Miguel é aquele que intervém ao nível elementar, sobretudo do ar e do fogo.
É ele que purifica, nesse momento, o corpo astral planetário, o carma planetário.
É ele que é responsável pelo agenciamento dos elementos.
É ele que vigia pelo bom processo de purificação e de elevação ao nível planetário, mas, também, obviamente, ao nível individual.
Então, é uma das esferas de Luz que vocês podem, naturalmente, chamar, orar, invocar ou evocar.

Questão: ele continua seu papel de proteção?

É o mesmo.
Para purificar o mais rapidamente seu ego.

Vou apresentar-lhes toda a minha bênção, todo o meu amor.
Então, eu lhes digo até muito em breve e bom caminho.
Até breve.
­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­_____________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/.

23 de abr de 2007

MARIA – 23 de abril de 2007


DO SITE AUTRES DIMENSIONS.


Eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra.
Bem-vindos a vocês, nesse espaço, queridos filhos.
Eu vim, neste período tão importante, para exortá-los a conservar, além das aparências, a fé a mais importante, a fé a mais total em sua Divindade, em sua Unidade e em sua esperança.

Bem amados filhos de Luz, o período que vem para vocês é um período de revelação extremamente intenso, um período no qual a Luz virá infusionar, em suas almas e em seus corações, um despertar de consciência como jamais vocês viveram a título coletivo sobre esta Terra.
Caberá a vocês, nos dias que vêm e nas semanas que vêm, permanecer centrado, alinhado, desperto, para recolher, em seus corações, a totalidade da efusão do Espírito que vem para vocês, para alinhar em vocês sua Divindade, para despertar em vocês sua multidimensionalidade.

Eu gostaria, sobretudo, de transmitir-lhes minha bênção e, sobretudo, permitir-lhes manter sua fé ao nível o mais importante.
Não se deixem desestabilizar pelos ruídos exteriores, o importante é sua certeza interior de Divindade, sua certeza interior de Unidade, sua certeza interior de multidimensionalidade.

Queridos filhos, eu lhes pedi, vigorosamente, meu coração de mãe pede-lhes, vigorosamente, para permanecerem centrados, não interessar-se por ruídos exteriores e eventos exteriores.
Só conta sua certeza de sua Divindade, só conta, neste período abençoado que vem para vocês, eu repito, em muito pouco tempo, reter em vocês a totalidade de energias do despertar, a totalidade de energias do amor, a totalidade de energias de transformação, para que seu templo interior esteja pronto, para que sua Unidade seja realizada, para que sua transcendência seja assegurada.

Pouco importam os ruídos exteriores, quaisquer que sejam, apenas permanecerá sua fé, apenas permanecerá seu amor, apenas permanecerá o que vocês são, realmente.

É-lhes pedido, vigorosamente, meu coração pede-lhes, o conjunto de seres que acompanham seu caminho pede-lhes para permanecerem com o olhar e uma vigilância voltados para seu ser interior, para sua dimensão espiritual que, sozinha, é capaz de assegurar sua transcendência, que, sozinha, é capaz de ajudá-los, além das aparências, a manter a capacidade do amor, a manter a capacidade de sua Divindade e da esperança.

Minha presença, queridos filhos, neste instante e em diversos lugares, é destinada, unicamente, a isso: atrair sua consciência sobre o fato de que seu amor, o amor que vocês são, a transcendência que vocês são é a única saída, a única esperança de sua evolução.
Não cabe mais voltar seus olhares ao que acontece no exterior.
O importante é o que acontece em seus corações, o importante é que vocês sejam capazes de recolher, de acolher a totalidade de efusão de Luz que vem para vocês.

Não se esqueçam, jamais, de que, quaisquer que sejam as dúvidas que poderiam assaltar sua Divindade, todos os seres que os acompanham, mesmo aqueles que vocês não veem, que não percebem, que não sentem, de momento, estarão, mais do que nunca, aí, rodearão vocês, amarão vocês, assistindo-os nesse processo de elevação tão importante, nesse processo de transformação que deve assegurar a perenidade de suas escolhas, que deve assegurar a perenidade de sua Divindade.

Além das próprias circunstâncias de suas escolhas, cabe-lhes, doravante, mais do que nunca, estarem confiantes.
Então, queridos filhos, vou dizer-lhes: tenham confiança, deixem irradiar de vocês a Divindade, a Unidade, a Luz que vocês são, porque ninguém pode roubar-lhes o que vocês são, porque nenhum evento exterior pode vir manchar o amor que vocês são.

Não é mais tempo, agora, de procurar alhures que não no interior de si uma solução para os problemas dessa vida nessa dimensão.
É-lhes pedido para dirigir-se para sua interioridade, para sua Divindade, abandonar tudo o que não é essa Divindade, para recolher e acolher a totalidade da efusão do Espírito Santo, se tal é a palavra que vocês querem dar a essa Luz espiritual que vem para vocês.
Caberá a vocês recolher os frutos de sua fé, de sua esperança e de seu amor durante este período, para fazer crescer, em vocês, a chama de sua eternidade, a chama de sua Divindade e afirmar sua solidez interior, para deixar transparecer o que vocês são, para poder abordar as etapas que vêm para vocês com um máximo de serenidade, um máximo de solidez e, obviamente, um máximo de amor.

Queridos filhos, eu os convido a ir para sua cura, a cura não é uma vã palavra, a doença faz parte de sua encarnação.
Ora, as novas encarnações que lhes são propostas, os novos modos de multidimensionalidade não podem deixar o lugar para a sombra, não podem deixar o lugar para doenças, quaisquer que sejam.
Assim, eu estou, de todo coração, com vocês, neste período, estejam certos disso.
Cabe-lhes abrir seu coração, abrir seu ouvido, abrir seu discernimento interior à minha presença, para recolher em vocês a potência da energia da mãe.

Eu virei, durante este período, preparar seus corações, preparar sua Unidade, preparar seu acolhimento à Luz de meu Filho.

Aí está, queridas almas, o que eu queria dizer-lhes.
Cabe-lhes permanecer serenos, permanecer amorosos e, obviamente, a paz e a serenidade encontram-se apenas em vocês, em seu ser apaziguado, em seu ser realizado, em seu ser que assume a Divindade que vocês são.

Então, queridos filhos, sejam abençoados, e eu permanecerei esta noite com vocês, durante os procedimentos de reajustes que lhes permitirão avançar para mais Luz, para menos sintomas inerentes a essa encarnação, a essas encarnações que os escravizaram ao mundo da matéria.
Mundo da matéria que deve, ele também, seguir sua transformação para a Luz, para seu alívio, para sua elevação e sua transcendência, e que vocês devem acompanhar, queridos filhos.

Eu não venho anunciar, com isso, um fim qualquer, mas, efetivamente, um despertar para a Luz, mas, efetivamente, uma transformação que vai abrir seus olhos, que vai permitir-lhes, ao fim desse período do mês de Maria, como ele foi chamado, ver claramente, discernir, em toda humildade, em todo amor e em toda unidade, a realidade de quem vocês são, a realidade que os cerca, a realidade do mundo que vocês criam.

Sejam abençoados, queridos filhos.
Eu apenas posso permitir-me assisti-los através do caminho pessoal que é o seu, eu venho apenas para ajudá-los a elevar seus pensamentos para a Luz.
Assim, eu permanecerei entre vocês esta noite, para completar a bênção que eu lhes aporto, através desse trabalho tão potente de cura que é elevação da alma, elevação do corpo, elevação do espírito, reunificação do corpo, da alma e do espírito na Divindade, na Luz da Unidade que vocês são, de toda a eternidade.

Paz a vocês, queridos filhos, paz a vocês, queridas almas, sejam abençoados, sejam amados, amem-se, como eu os amo.
Paz a vocês.
Eu lhes digo até muito em breve.
__________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/.

22 de abr de 2007

O.M. AÏVANHOV – 22 de abril de 2007



DO SITE AUTRES DIMENSIONS.


Eu lhes desejo boas-vindas.
Estou muito feliz por reencontrá-los e vamos poder, como fazemos de hábito, trocar, partilhar e tentar ajudá-los a encontrar sempre mais Luz.

Então, caros amigos, eu os escuto.

Questão: a que é devida a mudança de vibração da Luz? Ao ozônio?

Isso é devido, essencialmente, à evolução da Luz.
O ozônio nada tem a ver com isso.
Os glóbulos de prana estão se movendo muito mais rapidamente.
Eles estão, também, se você observou, caro amigo, tentando reunir-se em estruturas que nada têm a ver com o que existia anteriormente.
Se vocês olham bem o prana, vão aperceber-se de que os glóbulos estão reagrupando-se por três ou por seis, com movimentos muito mais rápidos.
Mas isso é o processo transmutatório que está em curso, isso nada tem a ver com a influência do Sol ao nível camada de ozônio, mas com o Sol, diretamente, sim, é claro, e, sobretudo, o Sol Central de sua galáxia.

Questão: quais podem ser as consequências de baixos impulsos sexuais?

As consequências são muito fáceis de encontrar: se há diminuição de impulsos sexuais, é que há menos vontade de servir-se do sexo, isso me parece perfeitamente lógico, absolutamente transcendental, não?
Então, enquanto há sexualidade – a sexualidade pode ser qualificada de divina, efetivamente – há meio, através da sexualidade, de juntar-se à unidade, há meio de fusão, de algum modo.
Mas, com as energias que lhes chegam agora, de maneira muito mais forte, da quinta dimensão, é importante compreender que inúmeras coisas que eram seu lote comum na terceira dimensão estão desaparecendo, e é perfeitamente lógico.

Então, as consequências não são importantes, na condição, obviamente, de que os dois parceiros vão ao mesmo sentido.

Questão: a ativação das fitas de DNA é global, coletiva ou individualizada?

Então, há dois processos que estão presentes, de maneira conjunta.
Há uma tentativa de elevação vibratória do conjunto de fitas de DNA da humanidade (mas a maior parte acederá, infelizmente, a apenas uma terceira fita).
Em contrapartida, é evidente que, para os seres despertos que estão em marcha e no caminho para a quinta dimensão, o número de fitas pode ser ativado até doze.

Então, alguns vão ativar a fita três, a fita quatro, outros, a fita seis, outros, a quase totalidade das fitas.
Há, obviamente, correlação total entre a subida vibratória e a ativação das fitas e, também, modificações comportamentais que se seguem a isso.
Por exemplo, nós falávamos, há pouco, da parada de funções sexuais, que é diretamente ligada à ativação da fita doze e da fita onze, também.
Cada fita tem uma função suplementar, ao nível espiritual, mas que faz desaparecer, também, uma função puramente material.

Retenham, simplesmente, que há certo número de fitas que se ativa.
Retenham que quanto mais a emergência, mais a influência da quinta dimensão fizer-se sentir, mais vocês vão modificar, de maneira duradoura e definitiva, certo número de comportamentos.
Entre eles figuram as alternâncias vigília/sono, as alternâncias ao nível sexual.
Também, a maneira de comunicar-se será cada vez mais vibratória e não mais pela palavra.
A palavra tende a reduzir-se porque, obviamente, na quinta dimensão, vocês não terão necessidade desse órgão e é extremamente importante aprender a comunicar-se no silêncio e na vibração e não pela palavra.

Também, não desaparecimento, de momento, mas modificações de regimes alimentares, que passarão por períodos de flutuação com perda total de apetite ou, ao contrário, aspecto bulímico, enquanto a fita de DNA oito não for totalmente iniciada.

Então, há, também, modificações em relação ao modo de funcionamento e em relação à sociedade.
Modificações, também, como vocês sabem, da esfera emocional.
Tudo isso são grandes revoluções que sobrevêm no interior dos seres que estão prontos.

Questão: tudo o que você acaba de descrever pode concorrer para a diminuição do corpo astral?

Obviamente.

Questão: a modificação do DNA é a causa ou a consequência disso?

Nenhuma importância, isso acontece de maneira sincrônica.
Por que vocês querem encontrar um processo A, um processo B, um processo C?
Isso não funciona, de modo algum, assim.
Vocês estão em uma interface dimensional, quase todos passaram, quer queiram ou não, à quarta dimensão.
Então, a quinta dimensão não se embaraça com o princípio de causalidade e de linearidade.

Então, se vocês começam a querer refletir em termos de terceira, isso, estritamente, para nada serve.
Os mecanismos de compreensão devem apagar-se diante da vivência.
Eu lhes dou os elementos sobre os quais apoiarem sua vivência, mas é tudo.

Questão: o desaparecimento do corpo astral vai mudar a atividade onírica do homem?

Obviamente, porque os sonhos subirão, de imediato, muito mais alto.
Não haverá a maior parte dos sonhos que serão a revivência de seus dias, as apreensões, as preocupações, os medos que vocês viveram ou que são projeções noturnas de seus medos do dia, uma vez que não haverá mais medos.

Questão: Jean pergunta: por que aqueles que atingiram dimensões mais elevadas ajudam-nos?

Aí está uma boa questão.
Aqueles que vêm ajudá-los vêm ajudá-los porque vocês são outra parte deles mesmos e vocês sabem, efetivamente, vocês ouviram isso muitas vezes: vocês são unitários.
Por que querer crer que eles vêm ajudá-los em troca de algo?
A única troca que há é que tudo é unidade.
A dicotomia, a separação não existe.
Eles são obrigados a ajudá-los porque, ajudando a vocês, eles se ajudam a eles mesmos.

Questão: outras partes de nós mesmos evoluem em outras dimensões?

Não para o ser humano, enquanto vocês estão na terceira dimensão.
Isso é possível em mundos multidimensionais acima da terceira dimensão.
Alguns seres têm a possibilidade, por um termo um pouco bárbaro que se chama a dicotomia de alma, de ter a impressão de estar nesse mundo e, também, em outro mundo, mas é longe de ser a maioria dos casos porque, para ser multidimensional, é preciso fazer desaparecer a terceira dimensão.

Questão: assim que se tiver atingido a quinta dimensão, haverá reunificação de todas essas partes?

Eu acabo de dizer que não.
Não há multidimensionalidade na terceira.
Quando vocês passarem à quinta, terão a possibilidade, alguns, de revelar estados dimensionais.
Não para todo mundo.

Questão: a que corresponde a quarta dimensão?

É um estado intermediário.
É como se eu lhes falasse de segunda dimensão.
Seu corpo está na segunda dimensão vibratória, mas vocês não estão conscientes dessa segunda.
Não é um espaço de vida que se revela, é um apoio de vida.
Quando vocês estiverem na quinta dimensão, terão um corpo que estará na quarta dimensão.

Questão: Florence pergunta o que você pensa de uma embarcação de Luz que estacionaria em torno da Terra com o Comandante Ashtar, Sananda e Saint Germain?

Primeiro: não há embarcação que estacione no espaço.
Não há qualquer razão para estar no espaço, quando elas podem estar no Intraterra.
Isso, para a primeira coisa.

Então, há muitas embarcações, de diferentes origens, que se têm prontas a intervir, mas ter-se pronta a intervir não quer dizer fazer uma viagem intergaláctica, não é?
Isso quer dizer, simplesmente, devido aos respectivos planetas de origem, passar pelas portas multidimensionais, diretamente, do mundo delas ao seu mundo, no momento oportuno.

Então, não há qualquer razão para ter um antropomorfismo que lhes diga «elas estão aí, ao redor do planeta, a rodar, a esperar o bom momento».
Para nada serve imaginar que elas estão aí.
Elas vêm quando quiserem, de maneira instantânea, pelas portas dimensionais.

Então, agora, é o que Jesus, Jesus Cristo, Sananda...?
Eu disse que pouco importa quem está nas embarcações.
Então, querer reagrupá-los e pelo Comando Ashtar, comandante da frota intergaláctica, acoplada com Intraterrestres, Extraterrestres e Saint Germain, e esses e aqueles...
Isso não tem qualquer espécie de importância, antropomorfizar o que não tem razão de ser.
Então, é verdade que é muito mais bonito ver três pessoas chegarem ao mesmo tempo, muito mais agradável.

Questão: são eles que vão nos ajudar a ascensionar?

Absolutamente não.
O papel deles é o de recolher aqueles que já tiverem ascensionado.
Haverá seres que estacionarão no Intraterra; haverá seres que estacionarão nas embarcações.
Haverá seres que estacionarão em alguns lugares precisos do planeta.
Muitas coisas são possíveis nesse nível.
Isso será função de papéis precisos que são e serão atribuídos, isso depende.

Questão: seres da quinta dimensão podem ajudar um terapeuta?

Há uma única condição, cara amiga: o ser humano deve servir de médium entre as ferramentas de terceira dimensão e a energia de quinta dimensão.
Ora, não basta dizer «eu chamo a quinta» para que a quinta esteja aí.
Não basta fazer oração ou invocação para que a quinta esteja aí.

Então, há técnicas que permitem criar como, por exemplo, os vórtices ligados aos cristais, uma comunicação entre a terceira e a quinta.
Mas, para recorrer à quinta, necessita de ter, já, ativado o corpo de Luz.
Ativar o corpo de Luz necessita de ter recebido o Espírito Santo, necessita de ter subido o Kundalini, necessita de ter reativado os cinco novos corpos, necessita de ter reunificado tudo isso no corpo de cristal, e isso se traduz por certo número de sintomas precisos como os siddhis, os poderes da alma, como os zumbidos nos ouvidos, que correspondem à ativação da alma e do Espírito.
Não pode haver acesso aos mundos espirituais sem ter ativado tudo isso, sem ter uma livre circulação entre os diferentes canais que vocês têm visto, eu creio, nesse lugar que vocês estão.

É importante compreender que é preciso diferenciar a experiência que permite contatar isso da instalação definitiva das energias.
Então, independentemente de manifestações energéticas extremamente precisas que se manifestam nessas condições há, sobretudo, modificações de vida que sobrevêm, dentre as quais, vai-se observar certo número de modificações essenciais das quais alguns de vocês falaram: desinteresse emocional das coisas da vida, atração para a divindade, não preocupação pelo que fazia a vida anteriormente.
Há uma transmutação extremamente importante.

Não se pode recorrer, assim, às energias de quinta, porque se decide.
Há, necessariamente, uma transformação profunda, irremediável de circuitos energéticos, de estruturas físicas e, sobretudo, de comportamentos.
Sem isso, são apenas apelos a egrégoras, ou seja, o que vocês chamam o astral.

Então, aceder à quinta necessita, já, de uma transformação importante da vida.
Os seres que conectam a quinta e que se servem da quinta, de maneira consciente e lúcida, são seres cuja vida mudou, profundamente, de um dia para o outro.
São seres que modificaram atividades profissionais, afetivas, relacionais, comportamentais, sociais.

O acesso à quinta não é como o acesso à invocação, a uma egrégora.
É uma transformação duradoura da pessoa.
É preciso estar vigilante para não enganar-se.
Não é porque se diz isso que ali se está.
Não é porque se sente isso que ali se está.
Não é porque se acelera isso que ali se está.
É um engajamento total, que induz certo número de modificações duradouras.
E se os sintomas que correspondem a essa transformação não estão presentes, isso quer dizer que, de algum modo, não há real acesso à quinta dimensão.

O acesso aos desencarnados, por exemplo, não é uma prova de um acesso à quinta.
Geralmente, são seres que têm acesso, pela experiência particular que viveram, à abertura de um canal preciso que permite contatar isso.
Do mesmo modo, há pessoas que são médiuns, que fazem a vidência, que veem as coisas para as pessoas.
Não é por isso que eles têm acesso à quinta.

A quinta são os mundos espirituais.
Isso nada tem a ver com o que existe sobre esta Terra há milhares de anos, em que houve médiuns, místicos.
O acesso à quinta confere outra coisa que não todos esses fenômenos.
O acesso à quinta dimensão confere o que se chama a mestria, e é outra coisa do que ostentar manifestações ou energias ou vidências ou visões ou sentires ou acessos às vidas passadas e tudo isso.

Questão: o ano 2012 dos calendários mayas foi visto em vidência por eles?

Não era uma vidência.
Eram fatos astrológicos e astronômicos, unicamente.
É, também, o que eu creio que eles chamavam o advento do sexto sol, ou seja, outro paradigma, outro nível de vibração e de consciência.

Questão: a medicina chinesa é ligada à quinta dimensão?

Era um conhecimento transmitido por alguns Atlantes que, no momento da destruição de Atlântida, viajaram à China para explicar ao povo chinês os circuitos de energia.
Mas é um conhecimento específico da terceira dimensão que lhes ocultaram hoje, mas não era um acesso à quinta dimensão.
São níveis de terceira que lhes são, para a maior parte, escondidos.

Os últimos a terem tido acesso à quinta dimensão, a título coletivo, não foram os chineses, foi a casta de grandes sacerdotes Atlantes, que tinham o meio de subir às esferas saturnianas para adivinhar, forjar o futuro.
Depois, houve alguns seres, alguns Mestre que acederam à quinta dimensão na vida deles, mas não a título coletivo.

Questão: o que é da Ayurveda?

A Ayurveda é um processo um pouco específico, porque o conhecimento não foi transmitido pelos sacerdotes atlantes, mas por civilizações extraterrestres.
Vocês sabem, no momento em que Atlântida foi irremediavelmente perdida, inúmeros sacerdotes atlantes foram a países para aportar uma forma de fragmentos de conhecimentos, mas, também, extraterrestres vieram para ensinar algumas partes desse planeta.

No que concerne à Índia e, em especial, tudo o que concerne a Krishna e a Bagadavah Gita, isso corresponde a extraterrestres de origem Pleiadiana.

Questão: hoje, essas duas abordagens são-nos, ainda, úteis?

Sim, nos setores médicos, em relação ao que vocês são, mas não se esqueçam, jamais, como eu dizia no preâmbulo, quando de minha chegada, de que vocês estão, agora, maduros, para compreender que a doença não existe, que é uma criação de seu mental.
Se vocês querem aceder à quinta, devem preparar-se para admitir que tudo o que vocês sofrem é ilusão.

Questão: aqueles que conseguem fazer desaparecer algumas doenças já estão na quinta dimensão?

Oh, de modo algum.
Houve grandes taumaturgos que foram capazes de fazer desaparecer, espontaneamente, doenças, em todos os tempos.
Eles utilizam a transmutação da matéria por uma fé total.

Então, caros amigos, eu lhes aporto a minha bênção, eu lhes desejo um muito bom caminho e desejo reencontrá-los em breve.
Eu os abraço e envio-lhes todo o meu amor.
__________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/.