Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

20/11/2014

MA ANANDA MOYI (por Sijah) – 20 de novembro de 2014


Eu sou MA ANANDA MOYI, a Estrela AL, a Estrela que porta a vibração do Fogo Sagrado.
Batizados sejam no Fogo do Espírito, no Fogo da Esposa que recebe o Amado, que recebe CRISTO, nessas Núpcias do Céu e da Terra, nessa Ressurreição na Paz e na Eternidade.

Hoje eu me dirijo a vocês, gritando à sua alma.
Chamando-a para sair de suas dúvidas, de sua estagnação, de sua ansiedade.
Alma liberada!
Libere-se a si mesmo e permita expressar a sua grandeza, o seu Amor.
Alma liberada!
Libere os nós que o oprimem, libere o último medo para um desaparecimento que não existe.

Alma liberada!
De tudo o que já não serve, e essa é a sua visão de impotência, a sua visão de falta é a única coisa que o impede de liberar a alma, entregando-a ao Espírito, para que o Espírito faça dela um ninho de Luz e de Fogo, de abundância de Amor.
Nesses derradeiros momentos, a alma apenas espera uma coisa, e é voltar a ser essa Fonte de Amor, deixando todos os jogos paralelos, todos os jogos de poder, entregando-se à Vontade do Espírito e fazendo dela uma FONTE, uma FONTE de águas Eternas, de águas Puras e imaculadas do Amor.
Amor que, agora, abençoa a Terra.

Qual é a sua disposição de alma?
Como vocês se dispõem a receber o Espírito?
Pois ele quer um lugar bem preparado, bem limpo e, sobretudo, pleno de Alegria, em plena disposição nesse Coração que se dá, totalmente, no Fogo e que, então sim, permite à alma sublimar-se, sublimar-se para além de seus próprios limites e hábitos de relação com a Luz.
A alma pede-lhes essa sublimação de si mesmos, esse desaparecimento do que vocês são, não da sua Essência, mas de tudo o que vai e vem, de tudo o que não faz mais do que acariciar e entreter a sua Essência nesse plano.

Como vocês se dispõem para receber a Luz, no momento em que meditam?
No momento em que acolhem uma comunhão?
Mesmo nos momentos inesperados, nos quais a Luz pede-lhes a sua presença total, como vocês acolhem?
Qual é a entrega da alma?
O que resta na superfície como comentário, como resistência, por mais sutil que seja?

Como lhes disse o Comandante, vocês são chamados às profundidades, profundidades nas quais a alma pode expandir-se, pode liberar-se, abrindo, totalmente, as portas do Coração Vibral, do Coração Ascensional que une a Terra e o Céu, o Espírito e a Matéria, o que libera, então, a crisálida, e os faz entrar, em Verdade, nas estâncias de Paz Absoluta para além de todo efêmero, no qual se acolhe, na totalidade, a plena presença da Vida, da Vida que é Calor e Amor infinitos.

Qual é a sua disposição da alma?
A alma sabe muito bem que é o momento de tomar uma posição nela mesma, que agora se resume, basicamente, entre a resistência ou o abandono.
Na resistência, a alma contrai-se, provocando uma acumulação de todas as resoluções que, agora, leva-se a termo, que os fazem chegar a um momento insuportável, no qual a alma não tem mais qualquer força e vê-se totalmente invadida pelo desespero, pelo vácuo, pela solidão.
Essa é a opção da alma que escolhe não se abrir para a Luz, para a misericórdia do Pai que, agora, apresenta-se a cada um.
No momento em que a alma chega a esse estado, pode-se dizer, de última capitulação, é quando a Grande Graça do Pai pode manifestar-se também.

Uma vez que a alma veja a ilusão de sua própria prisão, dos medos e vínculos que havia aceitado, retorna tudo isso à FONTE que é, retorna no Si.
Nesse momento, a alma libera-se e começa a sua dilatação, a sua expansão, reencontrando a Unidade.

É por isso que muitos de vocês encontram-se acompanhando diversas almas, irmãos e irmãs em estados muito diferentes que, agora, representam pequenas escalas, pequenas oscilações que vivem uns e outros, à medida que a alma e a superficialidade de seu desejo e vaidade fundem-se, desintegram-se, até fazê-los chegar a essa pequenez que liga às profundidades, que Ressuscita a verdadeira grandeza em vocês, que é esse Amor, essa Paz e esse Fogo.

Eu sou MA ANANDA MOYI, Estrela AL, que convida a sua alma a esse Casamento, a essa Rendição total à evidência da Eternidade, do Amor Reto e Eterno que vocês são, em Verdade.
------------------------------
Transmitido por Sijah Sirius, do Coletivo dos Filhos da Lei do Um.
(versão eletrônica do catalão, adaptada).


O.M. AÏVANHOV (por Sijah) – 20 de novembro de 2014


Queridos irmãos e irmãs, eu sou O.M. AÏVANHOV.
Estou muito contente de estar, de novo, entre vocês, depois desses dias e semanas bem retirados, não é?
Como é habitual, apresento-lhes todas as minhas bênçãos, assim como as dos Melquisedeques.

Comunguemos, juntos, alguns instantes, no Fogo de Melquisedeque, no Fogo de Órion, no Fogo de Sírius que está chegando.

Como vocês bem veem, é agora, ao nível da androginia, o que se disse das duas polaridades, que se produz a Reunião, o Casamento, a Fusão do Masculino sagrado e do Feminino sagrado, que dá a totalidade de sua Essência livre e Eterna.
Essa Essência vem, agora, totalmente reencontrada à sua plenitude, à sua glória, à sua alegria, simplesmente, deixando-se invadir, deixando, totalmente, a Luz chegar às profundezas desse Templo, dessa matéria.

Durante todo o trabalho desses últimos meses, temos focado, principalmente, em seu Templo Físico.
Por quê?
Para que integrem, para que recebam, ativando a polaridade do Feminino, a polaridade receptiva, acolhendo a Luz, deixando preencher todo o Templo, até os pés, até as raízes.
É apenas nesse momento, no qual estão totalmente presentes, totalmente encarnados, que a Luz pode abrir-lhes, pode desvendar o último véu e fazer com que tanto a Matéria como o Espírito sejam Um.

Esse é o momento que chega, pois vocês bem sabem que a Luz tem-se aproximado ao nível do Sistema Solar, ao nível de seu Corpo de Luz.
A Luz passou, camada por camada, trabalhando para construir a crisálida.
Todo esse trabalho de abertura, esse trabalho de ourivesaria, podemos dizer, é o que tem permitido à Luz penetrar, iluminar toda essa matéria que, até agora, permanecia na inércia dessa materialidade, sem a Luz Vibral.

Agora esse corpo está pronto, para muitos de vocês, para encarnar, totalmente, a sua Essência, as suas Linhagens Galácticas em total Presença, em total Magnificência, podemos dizer, manifestando o CRISTO que são todos e cada um dos que decidiram abandonar-se e atrever-se a ser o que vocês são, em toda a Verdade, em toda a Retidão.

Bem, isso não tem sido fácil, pois, nesse processo de Ascensão, muitos estados novos e surpreendentes têm visto e têm aparecido em sua consciência, em sua realidade.
Não é, contudo, na acumulação dessas experiências que recai a importância, mas na integração até as profundezas de seu Templo, de sua consciência, das diferentes capas mentais, emocionais e da personalidade.
É, portanto, essa integração total nessa coerência do Ser que permite a expressão Crística Verdadeira.

Por isso temos repetido que era hora de deixar os jogos de aproximação à Luz, as distâncias que ainda colocam em sua busca, pois o que vocês são, sempre foram.
Simplesmente, o jogo da projeção, da separação os faz, continuamente, estarem na persecução dos tempos e do que seria o seu desejo.
Agora sim, a partir do momento em que façam essa inversão de consciência, em que o Abandono apresenta-se, o acolhimento permite receber a polaridade feminina de MARIA, que dá a Paz que vocês são, sem qualquer explicação, sem qualquer esforço.

É isso o que é demandado a muitos de vocês, quer sejam homens ou mulheres, pois vocês sabem que isso não tem qualquer relevância para integrar a sua polaridade receptiva, que religa com a Mãe Divina, com MARIA, que reconecta, neste período de intensa limpeza, de Obra no Branco, incrivelmente minuciosa para os que se atreveram apresentar-se brancos e puros nos finais dessa Ascensão na Terra.

Não é uma surpresa que, agora mesmo, muitos se vejam desconcertados, desde que localizados.
Saibam que a Luz vem colocá-los à prova, não no que vocês acreditam, não no que têm feito ou seguido, mas no que vocês São, Aqui e Agora, se estão na Paz, se estão no Amor.
Se vocês estão nesse Amor misericordioso, que não tem qualquer limite, que acolhe, perdoa e estima, qualquer que seja a circunstância do exterior, sem importar a aparência dos espelhos exteriores e das situações que, agora, resolvem-se ao nível cármico e ao nível de seu ambiente o mais próximo.

Vocês também veem que são instantes de grandes oscilações para os que não se instalaram, permanentemente, ou não puderam aprofundar nessas raízes do Templo.
Assim, portanto, o grito, mais do que nunca, nesses momentos de intensa limpeza e purificação, é o de que permaneçam, o mais profundamente possível, ancorados à Terra, ao Templo que vocês têm nesse planeta.
Permitam que a Luz possa brilhar, possa queimar, tenha um local no qual queimar.

Sem uma Terra bem ancorada, o Fogo que agora se apresenta não terá lugar onde queimar.
Igualmente, a respiração, quer seja pulmonar ou do Coração, é intensamente vital para animar esse Fogo.
Da mesma maneira a Água é, também, imprescindível para dar forma e, de alguma maneira, vaporizar esse Fogo.

É assim, portanto, que os Elementos unificam-se, e isso, em vocês, tem manifestações totalmente evidentes, totalmente fáceis em seu corpo, em seu ambiente.
Assim, então, facilitem essa Fusão, entrando nas profundezas.

Por mais agitado que pareça o momento, lembrem-se de deixar toda a pressa, toda a preocupação.
Lembrem-se para que são chamados e qual é a demanda do Coração.
Vocês bem veem que, pouco a pouco, a temperatura vai subindo, a panela começa a queimar, hein?
É, então, nesses momentos, que mais é necessário seu trabalho de enraizar a Luz, de dar essa estabilidade ao processo forte e violento que se revela e, segundo o ponto de vista que tenham tomado nesses instantes.

Tudo dependerá, como temos dito, de onde vocês se posicionam.
A partir do Coração do Coração, a partir do Fogo de CRISTO, que vocês acompanharão, com toda majestade, estando totalmente na Terra e totalmente no Céu, que não farão mais do que um agora, com toda a serenidade presente nesses momentos de Graça, de Glória e de Celebração para toda a Vida e toda a Criação.

Assim, proximamente e, mais exatamente, no dia 29 deste mês de novembro, teremos uma visita especial do ARCANJO MIGUEL, e, portanto, ele virá assentar as bases desse período final, dessa Ressurreição no Fogo Crístico.
E também, um pouco mais adiante, em 9 de dezembro, teremos a intervenção da Mãe divina, MARIA, ISIS, que virá, de alguma maneira, acompanhando a recepção desse Fogo e a preparação do Templo ao nascimento da Borboleta, como eu digo, ao nascimento na Eternidade.

Nós os saudamos, todos os Melquisedeques, colando e colando os últimos caracóis da escada, para que possam agarrar-se, com facilidade, a essa pista de decolagem que vocês viverão agora, durante o final deste ano.

Recebam todo o Amor e todo o Fogo, um abraço bem caloroso de seu irmão.

Eu sou O.M. AÏVANHOV, todas as minhas bênçãos, até muito em breve!
-------------------------
Transmitido por Sijah Sirius, do Coletivo dos Filhos da Lei do Um.
(Versão eletrônica do catalão, adaptada).