Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

13 de mai de 2011

MARIA – 13 de maio de 2011


DO SITE AUTRES DIMENSIONS


ÁUDIOS EM FRANCÊS:



Eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra.

Meus Filhos bem amados, aqui como em outros lugares, eu  agradeço por sua Presença, por seu acolhimento, por seu estado Interior.

Acolham minha Presença, em sua Presença.

Aí está agora quase escoada a metade do último mês da graça que será marcado, amanhã, pela intervenção solene do Arcanjo METATRON, permitindo restabelecer as condições da Luz, aquelas que prevaleceram antes da falsificação desse mundo.

Este mês que vocês vivem é o mês final da graça que verá começar, a partir de 1º de junho, o momento em que vocês se harmonizarão, em vocês mesmos, no que vocês são e no que você creem ser.

Alguns de vocês, durante este mês e a partir de 1º de junho poderão então, por si mesmos, perceber a coincidência que existe entre o que creem ser e o que são realmente, para além da ilusão desse mundo, alguns patamares que lhes permitiram, então, juntarem-se aos estados Vibratórios onde a Graça e a Unidade predominam.

Bem amados, muitos de seus Irmãos e Irmãs não estão ainda despertos à própria Dimensão de Eternidade.
O despertar se faz progressivamente.
Ele se fará, segundo as leis da graça, até o final desse mês.

Após, será tempo de atenuar as distâncias existentes entre alguns de seus Irmãos e de suas Irmãs presentes e ancorados na própria ilusão, crendo estarem na Eternidade.

Assim como inúmeros intervenientes, por esse canal como por outros, estipularam, ser-lhes-á feito, muito exatamente, segundo sua Vibração.
Ser-lhes-á feito, muito exatamente, segundo a Vibração da consciência que vocês terão estabelecido em vocês.
Porque a consciência é Vibração e vocês são chamados a despertarem-se na Vibração da Unidade, a colocarem-se em sua nova Dimensão de vida.

Alguns de vocês ainda não estão prontos para viver a passagem para outro estado do Ser.

As circunstâncias históricas desse mundo mantiveram, de algum modo, além da falsificação, uma dissimulação, sem nome, de certo número de eventos que, agora, colidem frontalmente com a Terra, mesmo se, deste lugar onde estou com vocês (ndr: a França), vocês estão, pelo momento, muitíssimo poupados pelo conjunto de manifestações elementares da Terra.

Muitos povos não podem dizer o mesmo que vocês, pelo momento.
Eles estão diretamente, e em plena consciência, imersos, inteiramente, na hora do próprio despertar.

É claro, muitos humanos não falam de despertar, mas de horrores do próprio fim, não tendo qualquer conhecimento, qualquer informação, nem qualquer Vibração sobre o que é, realmente, o processo da Ascensão.

É para tudo isso, doravante, que eu lhes peço elevarem suas próprias Vibrações, a fim de que a Luz atue, cada vez mais profundamente, na escuridão e na ilusão da falsificação desse mundo, a fim de que outras almas reencontrem o caminho da própria Eternidade.

Vocês ouvirão falar, cada vez mais, nos dias e semanas que vêm, e cada dia que passar trará a vocês seu lote de novidades, chamando-os, sempre mais, ao seu próprio despertar definitivo.

Nós concebemos muito bem que aqueles de vocês que vivem os estados de Vibração da consciência, que ainda não penetraram diretamente na própria Dimensão de Eternidade, ou corpo de Existência, podem apenas aderir, através das Vibrações que percebem e sentem, aos processos em curso.
Isso já é enorme em relação àqueles de seus Irmãos e Irmãs que não estão ainda despertos, absolutamente, ao que vem.

Vocês entram, doravante, no que foi anunciado por São João, no Apocalipse, em sua última parte, precedendo o retorno de Cristo em Glória.

Os momentos que vocês são chamados a viver e a percorrer, com seus passos e com seus olhos, sobre esta Terra, serão, doravante, repletos de uma grande força Interior, se vocês estão na Vibração.

Em contrapartida, para aqueles de vocês que duvidariam ainda do final desta terceira dimensão dissociada, escutem seu Coração.
Coloquem-se à escuta de sua própria Vibração de consciência e vocês verão que, naquele momento, a inevitabilidade de sua liberação aparecer-lhes-á.

Os processos Vibratórios que se instalam atualmente, implementando inúmeros circuitos que foram dados por alguns Anciões, permitem-lhes, hoje, Interiormente, correlacionar o que vocês vivem como Vibração com o que acontece sobre esta Terra.

Em breve, o conjunto do planeta (mesmo em zonas privilegiadas como aqui) não poderá mais ignorar a modificação dos Céus, a modificação da localização das estrelas, o aparecimento de Hercobulus (de maneira visível e tangível), e fará levantar-se uma questão essencial.
Isso representará, também, um choque essencial, como o chamou, assim, o bem amado João.

Vocês estão nas premissas, agora, e isso se conta em dias, do aparecimento, em vocês, como nos Céus, da nova Luz.

Muitos de vocês, sem disso conhecer os prós e os contras, começam a despertar-se à própria Dimensão de Eternidade, sem percorrer esses caminhos de Eternidade, sob forma de fragmentos de reminiscências, sob forma de relâmpagos da Consciência, restituindo-os à própria origem estelar ou Dimensional, ou sob forma de sonhos, ou sob forma de fulgurâncias.

Os sinais vão tornar-se cada vez mais numerosos sobre esta Terra como em seus Céus, como no Interior desse corpo que vocês habitam, ainda por pouco tempo.

Tudo irá, como nós o dissemos, cada vez mais rapidamente, doravante.
A aceleração não será ainda perceptível para todo o mundo.

Lembrem-se da metáfora que empregou o Comandante dos Anciões (ndr: O.M. AÏVANHOV), a propósito da rã imersa numa água que esquenta muito devagar.
Essa água, esquentando muito devagar, a rã de nada se apercebe até o momento em que ela está escaldada.
É exatamente a mesma coisa que acontece, atualmente, sobre esta Terra, onde muitas coisas, centradas na sobrevivência, centradas no fato de ganhar sua vida, são prioritárias, obviamente, sobre as informações essenciais veiculadas pelas Vibrações e pelos eventos desse mundo que lhes são, inteiramente, ocultadas.

Os momentos que vocês são chamados a viver são momentos de grande majestade, de grande Alegria.
Mas esses momentos podem transformar-se em momentos de grande tristeza, de grande medo, para todos aqueles que não têm ainda a possibilidade de religarem-se, diretamente, à Vibração da própria Consciência Unificada.

É, portanto, para isso que, a partir de amanhã, nós contamos com vocês, o conjunto de Estrelas, o conjunto de minha Frota, a fim de que vocês redobrem a subida Vibratória, a fim de permitir, a um número sempre maior de seus irmãos e de suas irmãs, juntarem-se às esferas do Ilimitado.

Tudo o que pôde ser preparado, pela mediação da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres, foi realizado.
Resta, agora, prepararem-se para viver essa última passagem.
Resta, agora, prepararem-se para viver a própria liberação do ser humano.

É claro, aqueles de vocês que consideram que a vida possa apenas ser limitada por esse corpo não podem, obviamente, de modo algum, aceder a essa Eternidade, pelo momento, e é nisso que seu papel de Semente de Estrela, de Ancorador da Luz, vai tornar-se, como eu já disse, cada vez mais importante, pelo que vocês veiculam, pelo que vocês mostram e, sobretudo, pelo que vocês irradiam dessa Luz Unitária que volta a vocês.

Vocês já foram os Ancoradores da Luz e Semeadores de Luz, aqueles que permitiram a essa Luz estender-se, nesse mundo, sem demasiadas convulsões, no mínimo limitando o alcance e a duração dessas perturbações, anunciadas por todas as partes, e que já começaram.
Estas serão, de maneira importante, reduzidas, em sua duração, mas não em sua intensidade.

Todas as preparações Vibratórias, como o disse Um Amigo, concluem-se, doravante.

Vocês devem penetrar, cada vez mais, nos espaços da Consciência pura, traduzindo-se pela Paz e, em seguida, pela Alegria.

Lembrem-se de que nenhuma emoção, qualquer que seja, pode aproximá-los desse estado de Unidade.
Lembrem-se, também, de que nenhuma crença pode conduzi-los para sua Unidade.
Lembrem-se, também, e isso se tornará cada vez mais evidente, a cada semana que vai passar, doravante, de que o mais importante está no Interior de vocês e de que a Chave de si mesmos está no Interior de si, de que não há ninguém outro a seguir do que vocês mesmos, de que não há ninguém outro a ouvir do que vocês mesmos, não em seus aspectos separados, repletos de medo, de apreensões, mas há apenas vocês mesmos a escutar quando tocam na Paz e na Alegria.

Quaisquer que sejam os nomes que se deem uns e outros, vocês participaram para fazer de modo a que esse último basculamento da humanidade não seja mais, jamais, reproduzido, a fim de que, ao final desta extinção, prevista e programada, não possa mais existir qualquer possibilidade de confinamento.

Então, é claro, inúmeros de seus Irmãos e de suas Irmãs não podem conceber, ou mesmo imaginar, que eles estão confinados nesta Terra.
A consciência obscureceu-se, progressivamente e à medida dos milênios, indo até a negar o próprio princípio da reencarnação e, ainda mais, indo até a negar a dimensão do Espírito, bem além das Ilusões desse mundo.

O homem está, portanto, triplamente confinado: confinado nesse corpo, confinado por seus pensamentos e confinado por seus apegos.

Vocês, que percorreram os caminhos da Liberdade, da Liberação (seja inteiramente ou em parte), vocês tiveram uma Graça importante que vocês mesmos fizeram.
Essa Graça, hoje, é tempo de reproduzi-la, para cada humano.
Cada um de seus Irmãos e de suas Irmãs que o tiver decidido, no espaço de um instante, poderá percorrer o caminho que alguns de vocês levaram dezenas de anos a percorrer.

Eu chamei esse mês de maio o mês da última Graça, porque é antes que os sinais tornem-se visíveis, inteiramente, em seu céu e permanentemente, que deve manifestar-se a capacidade Vibratória da Consciência.

O período que começará em 1º de junho (até uma data que não está ainda determinada e fixada) assinala o momento em que vocês devem viver o que vocês criaram.
Isso significa, simplesmente, que vocês vão começar, cada um, a se perceberem tal como são, inteiramente.

Vocês não poderão mais enganar a si mesmos, nem aos outros, porque a Transparência, pela ação da Luz, vai estabelecer-se cada vez mais facilmente.

Muitas almas humanas, ainda encarnadas, vão chamar a isso o oposto da Luz porque, obviamente, cada ser humano encarnado reivindica a Luz, mas nenhum tem a mesma definição da Luz, nem a mesma compreensão.

O que vem é Luz.
Isso, vocês que Vibram, sabem.

Mas, aqueles de seus Irmãos e Irmãs que não Vibram, não podem conceber que isso é a Luz porque isso vem pôr fim à Ilusão de seus corpos e à Ilusão desse mundo, dessa sociedade.

Numa visão puramente profética ou escatológica, esse fim, como vocês sabem, vocês, não é um fim, mas, efetivamente, um Renascimento.

É importante que vocês mantenham a lucidez que, para muitos seres humanos, isso se chamará um fim.
Apenas do outro lado é que eles perceberão que, de fato, eles foram liberados.

Vocês todos conhecem, aqui, e todos aqueles que me ouvem, o peso das crenças, o peso das limitações, o peso dos medos na vida humana.

É preciso efetivamente compreender, também, e aceitar, que as manifestações da Terra e do Céu, entrando numa nova fase, vão lembrar a todos os humanos, Vibrantes ou não Vibrantes, do que foi anunciado pelos profetas, desde tempos imemoriais.
Isso foi chamado, é claro, em muito numerosas reprises, o Julgamento Final, mas, lembrem-se de que não há ninguém mais do que vocês mesmos que se julgam e vocês se julgam sempre em relação à Luz que vocês creem ser e em ressonância com a Luz que vocês são realmente.

Esses tempos são os Tempos da Ressurreição.
São os tempos (como eu o disse, no início do mês, no final de seu mês precedente) em que inúmeras partidas far-se-ão em massa.

As condições astro-climáticas deste planeta vão tornar-se, em inúmeras regiões, de tipo bíblico.
A humanidade passou, em muito numerosas reprises, por esses períodos de perturbações.

Muitos daqueles que têm os cordões desse mundo, pelo momento ainda, tudo fizeram para esconder-lhes isso, de todos os modos possíveis.
Mas ninguém poderá mais ignorar isso, a partir do início do mês de junho, por múltiplas razões, que se tornarão totalmente evidentes e transparentes.

Eu falei, há muito tempo, e volto nisso, hoje, sobre o que foi chamado os Três Dias de Trevas, que devem ser anunciados três dias antes.
Esse anúncio far-se-á por um Canto.
Esse Canto será o Canto da Ressurreição, em que o Canto da Terra misturar-se-á ao Canto do Céu, estabelecendo, em vocês, uma nova conexão, e permitindo, então, à minha voz exprimir-se no Interior de vocês, precisando-lhes esse período.

Mas os sinais serão, agora, tão patentes, tão evidentes, sob seus olhos, diretamente em seus Céus e sobre esta Terra que, mesmo inconscientemente, a alma humana perceberá (porque ela já o viveu em inúmeras reprises) os eventos que estão aí.

É claro, haverá sempre humanos, muitos de seus Irmãos e de suas Irmãs, mesmo até o último limite desse mundo, que estarão na negação total.

Lembrem-se de jamais julgar, de jamais condenar, mas de amar sempre, ainda, mesmo aqueles que os golpearem por suas crenças e, sobretudo, por sua vivência.
Assim é o humano enquanto não está desperto à própria Eternidade.

O Infinito e o Eterno dão medo.
As leis do confinamento foram tais que se pode dizer que muitos seres humanos estão ainda atrofiados, devido à ruptura Vibratória com a Fonte Una, devido à ruptura Vibratória com a própria Família Estelar.

É importante apreender que, sempre, e, sobretudo agora, ainda mais do que antes, a Lei de Graça estará em ação, permanentemente.

Além do mês da Graça, a Lei de Graça será sua herança, no momento da Ressurreição.
Ser-lhes-á feito, muito exatamente, segundo sua própria Vibração e, como foi dito, na medida com a qual vocês julgam, vocês serão julgados, mas por si mesmos, iluminados.

Muitos grupos de humanos vão se servir, também, deste período que começa, para um chamado a reviver as antigas religiões ou as novas religiões que outros querem instalar.
Guardem suas distâncias, tanto em relação a uns como em relação aos outros, porque um desses grupos, como o outro desses grupos quererá, a todo custo, levá-los a reagir, para voltarem a penetrar as esferas da Dualidade, a ali exprimirem-se, em Consciência, a fim de manter uma aparência de confinamento.

Lembrem-se de que vocês são, unicamente, sua vibração, que vocês não são nem suas crenças, nem seus medos, nem suas convicções.

Os elementos, os eventos, serão propícios aos diversos jogos apocalípticos que os reconduzem a um Cristo vingador, que não existe, ou enviando-os para um Cristo hedonista desse mundo, que não existe mais.

Lembrem-se de que esse mundo é um mundo confinado, onde não existe qualquer liberdade, onde existem apenas obrigações de encarnar-se, de reencarnar-se, de submeter-se, permanentemente, a uma autoridade, qualquer que seja, onde vocês não têm uma onça sequer de liberdade, mesmo se a vida é, e continuará, sempre bela, mesmo falsificada.
Vocês são chamados, hoje, a despertar-se.

O Anjo METATRON virá, de algum modo, concluir o trabalho das Cruzes da Redenção, Cruz Fixa e Cruzes Mutáveis, revelando o cubo, forma geométrica mais perfeita dos Universos e das Dimensões.

Ele desvendará, em vocês, a reconexão à Eternidade e selará, de algum modo, a Ressurreição.

O desenvolvimento da energia Metatrônica é o que foi anunciado, desde anos, como o sinal do fim dos Tempos.
Esse fim dos Tempos não é o fim dos mundos, mas o fim de um tempo, o fim de um tempo ilusório, o despertar à sua Verdade, à sua Eternidade.

Recordem-se dessas palavras e, mais do que tudo, recordem-se de que vocês são Seres de Vibração que não podem ser confinados, onde quer que seja, ou por quem quer que seja, e de que o que vem a vocês é, realmente, o fim do confinamento.
O que vem a vocês é o retorno do Ilimitado.

Cabe-lhes, a cada um, agora, definir, ainda mais seriamente do que antes, sua prioridade e, além de suas prioridades, eu diria, mesmo, seu objetivo.

Qual é seu objetivo?
Será que seu objetivo é a manutenção de uma forma ilusória ou de um confinamento?
Ou será que seu objetivo é reencontrar sua dimensão de integridade, eterna e infinita?

Todo o resto, eu digo efetivamente, todo o resto, face aos eventos, não são escolhas ou, em todo caso, escolhas acessórias.

Os eventos que se desenrolam sobre a Terra são feitos, também, para fazê-los sair de uma lógica linear, onde cada instante do ser humano é uma antecipação do tempo futuro, seja através de suas relações afetivas, suas relações de filiação, suas relações financeiras.

Vocês vão reencontrar, realmente, pela força das coisas, o que é o instante presente, onde nada mais é importante que esse instante presente, aquele instante passado na comunhão com vocês mesmos e com seus outros Irmãos e Irmãs.

Vocês vão, de algum modo, viver o fato de redefinir suas prioridades.
Se suas prioridades estão em acordo com a Luz, sem falsas aparências, então, vocês provarão a Alegria e a satisfação do objetivo em curso de realização.
Se tal não é seu caso, então, sigam seu caminho em paz.

É útil lembrarem-se de que vocês não devem deixar-se arrastar por grupo algum, aquele voltado para o passado ou aquele voltado para um futuro idílico desta Terra, que não existe.
Vocês devem permanecer os mais neutros possíveis, evitar reagir.

Estejam na ação, a ação Interior como exterior, aquela que lhes permite descobrir-se e liberar-se.

Afastem-se de tudo o que lhes apareça como superficial, tudo o que quereria prendê-los a valores que desabam, quaisquer que sejam.

Será tempo de demonstrar, agora, sua aptidão real e sua capacidade para instalar-se, verdadeiramente, no presente, viver a quintessência e a Unidade, porque apenas no instante presente é que se encontra a Unidade e a Verdade e é nesse instante presente que vocês extrairão as forças para levar a efeito o que resta a efetuar, no exterior, aí onde vocês estão.

Não creiam absolutamente em nada do que anunciarão aqueles que vocês chamam as mídias oficiais, os governos, porque, mais do que nunca, eles serão chamados a mentir-lhes sobre tudo.

Creiam apenas em sua própria Vibração ou, frente a um evento ou a uma informação não vivida diretamente, assegurem-se de que a resposta, em seu Coração, é a boa, porque a confusão será, não duvidem, levada ao seu extremo.

Aqueles que buscarem, no exterior, uma satisfação, qualquer que seja, não poderão ser satisfeitos exteriormente.

Caberá a vocês, também, demonstrar essa verdade essencial, que muitos de vocês, eu estou certa, começaram a viver: que tudo vem do Interior, que esse mundo é uma projeção e que, por sua capacidade para não mais projetar-se, ao mesmo tempo mantendo sua presença sobre esse mundo, vocês demonstrarão, também, sua própria Unidade, a si mesmos como àqueles que terão a chance de estar ao redor de vocês.

O período que se abre é, certamente, o período mais importante, para o mundo do Espírito, que viveu a Humanidade desde extremamente muito tempo.

Se vocês não têm ainda a oportunidade de viver as Coroas Radiantes, coloquem sua atenção e sua Consciência em sua Eternidade.
Levem sua Consciência, e mesmo seu mental, se ele aí permanece, na Luz, não aquela que vocês projetariam, mas na Unidade e na Luz Vibral.

Eu voltarei, quanto a mim, a partir do fim desse mês de Graça, ou seja, em 1º de junho, às 17 horas [hora francesa], em comunhão e em Presença, uns com os outros.

Se existe, em vocês, em relação ao que acabo de desenvolver, questões às quais eu possa responder, então, eu o faço agora.

Não temos perguntas. Agradecemos.

Bem amados Filhos da Luz, bem amados Filhos, bem Amadas Sementes de Estrelas, se há uma coisa a reter, e uma única, é que o Amor e a Luz são indispensáveis para qualquer Vida e para qualquer Consciência.
Não pode ser de outro modo.

Somente aqueles que, de maneira forçada ou de maneira voluntária, afastaram-se da Luz, suficientemente para crer que uma vida sem Luz era possível, não tardarão a ver-se demonstrar exatamente o inverso.
Aí também, não julguem, é o caminho deles.

Agradeçam toda a vida voltada para a Vida, ou voltada para o encontro da Vida, porque ela participou do que vocês vivem, nesse momento, ao seu modo.

O conjunto da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres junta-se a mim para transmitir-lhes todo nosso amor e toda nossa Unidade.

Nós os deixaremos, portanto, amanhã, em companhia do Anjo METATRON e de seu último trabalho.

Quanto a mim, dignem-se acolher minhas bênçãos.

Eu estou com vocês.

Até breve.

__________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo, se deseja divulgá-lo, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

24 comentários:

  1. Gratidão aos Irmãos Maiores, Canalizadores, Tradutores e Blogueiros pelo trabalho realizado em Amor Incondicional.

    Muita Luz à Todos!

    ResponderExcluir
  2. Irmãos, Maria disse que estamos confinados, tanto em corpo, como em pensamento. Será que é Maria mesmo quem diz tudo isso? Muito me estranha o fato de ser dito que estamos confinados em nosso corpo, em nossos pensamentos e em nossos apegos, quando me vejo cada vez mais apegado e confinado a este site, a estas escrituras que foram canalizadas por alguém que mal conheço. Estou seriamente em dúvida quanto à veracidade destas informações. Parei para pensar, existem tantas contradições! "Maria disse que devemos pensar por nós mesmos sendo que está dizendo para fazermos isto. Ou seja, está NOS fazendo pensar como ELA quer. Ela nos instrui a não acreditarmos em religiões quando no fundo toda religião é composta de crença + doutrina. O que estamos lendo aqui, é uma crença acrescida de uma doutrina. Maria diz também que acreditar e dizer palavras que são tidas como icones como "Deus" e o "Jesus vingador" nos trará a discórdia e nos levará de volta à dualidade sendo que o próprio nome "Maria" é um ícone. Possui o mesmo efeito. Será que não estamos sendo enganados? Será que tudo isso é real? Nunca parei para questionar, porem, meus filhos me disseram uma coisa que calou fundo em minha consciência. Estou infeliz comigo mesmo. É fato. Não sei o que irá acontecer. Mas o caminho para sair desta maré de infelicidade é fazer o bem a mim mesmo e para os próximos, não ficar recluso e acreditando em tudo que a provável "Maria" e sua trupe nos dizem. O objetivo da vida é viver. Certas coisas não existem explicações. Simplesmente acontecem por acontecerem. E certas pessoas se utilizam de nossas inseguranças para nos dominar. Irmãos, acordei para a realidade. Espero que encontrem a verdadeira luz e saiam desta também. Somem as horas que gastam nesse computador! Percebam os indícios de fraude que estão claros a qualquer pessoa que questiona: As canalizações sempre demonstram uma data precisa de início e nunca uma data precisa de término para nossas atividades de mentalização. O querem os autores com isto? Querem dar margem para inventarem outras histórias. Imaginem as possibilidades... Criando sempre uma história nova, o autor terá sempre leitores seguindo as novas ordens. Somos brasileiros, entramos de gaiatos. Porém, os franceses pagam por cursos entrando nesta doutrina. Estamos sendo enganados sem perder dinheiro, mas sendo enganados. Parem para pensar com suas próprias cabeças, assim como diz "Maria". A verdadeira Maria, mãe de Jesus, foi uma jovem casada com um marceneiro em um tempo em que nem escolas existiam. Muito me espanta saber ela escrever textos ricos em falácias e cultismo, utilizando-se de argumentos de autoridade inválidos e falso cientificismo. Irmãos, estamos em uma furada! O tal caminho para a tal luz que estamos seguindo, pode não ser a luz correta. Talvez seja a Luz de Lúcifer! Espero que consigam refletir bem como consegui. Me sinto liberto, me sinto feliz, e digo mais: o mundo não é algo tão terrível e dual quanto parece. Olhem ao seu arredor, com certeza há algum parente que o ama preocupado com você, bem como os meus estavam comigo. Faço este apelo! Que Deus esteja com vocês, que ilumine sua mente e que o amor, não a perspicácia e ilusão, de Maria, a verdadeira, ilumine vossas mentes. Voltemos ao mundo real! Voltemos a usar o que realmente nos faz humanos, nosso cérebro, dual , trial, seja como for. A beleza da vida é a multilateralidade de nossos infinitos pensamentos. A todos um grande abraço.

    Dr. João de Oliveira Menezes - Franca , São Paulo

    ResponderExcluir
  3. Dr. João,

    Tenha certeza de que seus questionamentos não são exclusividade sua.

    Muitos são os seguidores dessas mensagens que, no mínimo uma vez, viram-se confrontados a essas dúvidas.

    Tudo é muito diferente de tudo o que nosso mental pode alcançar, discernir, compreender e apreender, mas não se trata de uma religião, não se trata de dogmas, não se trata de imposições.

    Não sei o quanto você tem acompanhado essas mensagens, ou desde quando. Eu acompanho desde março-abril/09 e agora, com as versões que tenho feito das anteriores, estou integrando as mensagens antigas também no meu entendimento.

    O que posso depreender da essência de tudo quanto já li até agora das mensagens publicadas pelo site Autres Dimensions, basicamente, é que jamais elas impuseram a qualquer um de nós qualquer dogma ou crença. Muito ao contrário, eles repetem, incansavelmente, que não devemos acreditar em nada do que eles dizem; que devemos ir ao nosso Interior, ao nosso Coração, e ali buscar as respostas; que devemos fazer a experiência, viver a experiência, viver as Vibrações, e não ficar só no mental e na absorção intelectual de tudo o que é dito.
    Muito menos seguir quem quer que seja, ouvir quem quer que seja além de nós mesmos, pois o único mestre de cada um é ele mesmo, e ninguém mais.

    Independentemente da veracidade dos acontecimentos anunciados e ainda não ocorridos, o que, para mim, é assunto que deixo meio de lado e não discuto, para não sair do Aqui e Agora, não posso negar que os ensinamentos de vida mesmo que consegui adquirir pelas mensagens fizeram de mim uma nova pessoa.

    Não posso negar a importância desses ensinamentos para ver a vida, as pessoas, o ambiente e tudo o que daí decorre, de um modo novo, leve, amoroso, sem julgamentos, sem críticas, sem expectativas, sem falsas aparências, sem mentiras, sem apegos.

    É muito mais fácil e simples, hoje, enxergar as pessoas como elas realmente são, vê-las entrar em minha vida e dela sair sem que eu fique me questionando, procurando uma razão.
    E nem é preciso, porque, embora as próprias pessoas não vejam, suas máscaras já caíram, e é possível ver isso sem julgar, apenas sabendo que cada um tem seu caminho e sua escolha que, efetivamente, é diferente do meu caminho e da minha escolha.

    O mesmo para qualquer situação, seja profissional, social, de saúde...

    ResponderExcluir
  4. É muito mais fácil observar os acontecimentos de minha vida ou de meu corpo e agir na Luz, para transmutá-los, sabendo que tudo o que chega a mim, seja o que for, de algum modo ali está porque, ou eu atraí de algum modo (pela materialização, concretização de meus próprios pensamentos/desejos, mesmo inconscientes), ou porque eu preciso ver ali algum recado, algum aprendizado que devo ainda realizar (é um espelho, onde eu me vejo no outro), alguma resistência que ainda preciso quebrar.
    E isso é válido independentemente mesmo de associar-se as informações sobre Ascensão, reversão e tudo mais nesse sentido. É válido para a vida comum mesmo.

    É claro que o mental irá sempre tentar nos fazer duvidar de tudo, irá apegar-se a datas, irá buscá-las, irá procurar contradições nas mensagens, ou seja, irá sempre procurar um meio de nos afastar da Luz.
    Como eu disse no início, tudo isso foge do alcance do nosso mental, da nossa vivência, e, por isso, por ser tudo desconhecido, por não ter referencial anterior onde esse mental, esse nosso personagem possa apoiar-se, ele simplesmente recusa, rejeita, e tenta nos colocar na dúvida extrema, com o objetivo único de nos tirar desse caminho.

    Em resumo, não há qualquer imposição ao que quer que seja, ao contrário, há também uma incansável orientação para que sigamos para a liberação, a libertação de todas as correntes, do confinamento, das crenças, dos apegos.

    Não posso também deixar de repetir o que é também muito repetido, principalmente por O.M. Aïvanhov: tudo depende do ponto de vista - aquele da lagarta ou aquele da borboleta.

    Em qualquer situação, mesmo em nossa vida comum, um mesmo fato pode ser uma maravilha para um e um horror para o outro, não é mesmo?
    Dependendo sempre do ponto de vista que, este, será decorrência direta das experiências vividas e das expectativas existentes.

    Precisamos fazer a experiência desse soltar e desse Abandono à Luz para poder realmente viver a Vibração e tocar essa Alegria e essa Unidade.

    Numa analogia um tanto quanto tacanha, mas que me ocorreu agora e creio que pode dar uma boa ideia: você só pode dizer se gosta de quiabo ou de jiló depois de experimentar.
    Se você jamais experimentou, recusar comê-lo dizendo que não gosta é uma inverdade.
    Uma inverdade inscrita em você sem a vivência, sem um referencial outro além daquele de ouvir grande parte das pessoas afirmarem que não gostam desses alimentos.

    E esse é um dos grandes males da humanidade em geral, se não o maior deles: ouvir o que os outros dizem, seja quem for: pai, mãe, marido, mulher, irmãos, filhos, pastores, padres, professores, enfim, seja mesmo quem for.

    Porque o importante, e isso é exaustivamente repetido, é ouvir a si mesmo, sentir a si mesmo, viver pessoalmente cada experiência.

    Com Amor e na Paz!
    Siga seu Coração e nada mais, ninguém mais.

    ResponderExcluir
  5. Caro Joao,

    Dos seus questionamentos partilhei!
    Ate o instante que comecei a viver tudo que esta escrito ai.


    sds
    Rafael

    ResponderExcluir
  6. 14.05.2011
    Bom dia companheiros,

    Acredito que a Divindade é Simples, Amorosa, compassiva e Misericordiosa.
    A mim, todas as Mensagens que vem do Autres Dimensions fazem muito sentido , mesmo não estudando-as como gostaria por pura indisciplina.
    Queridos, Tudo o que leio aqui, generosamente traduzido por Celia, já ouvi em Grupos com minha 1ª Mestra por 4 anos e depois por um outro Instrutor Espiritual por 10 anos.
    Estou fazendo um trabalho de cura num Centro Espírita e ouço as mesmas Instruções, portanto, Como Celia disse muito apropriadamente, tento viver o Aqui e o Agora e fazer o melhor que posso.
    Para mim, a Vida não é curta e sim eterna e todos os Caminhos nos levam a um único lugar, o AMOR, através da tomada de Consciência de que TODOS SOMO UM.
    Então sinto que tudo está Certo e tudo É.
    Celia, muito grata por sua disponibilidade.
    Dr. João, grata por suas colocações.
    Fiquem com sua Luz e com meu afeto.
    beijos floridos
    anna christina biller

    ResponderExcluir
  7. Primeiramente, Celia, obrigado por sua nova tradução. Gostaria de saber francês como você.
    Dr. João, como Celia disse, você não é o único a ter questionamentos, nem a estar triste. Ontem, minha mulher me falou que eu estou estranho, calado, mudado, o que significa, segundo ela, que estou infeliz no casamento. O motivo não é este. Assim como a palavra dos seus filhos calou fundo no seu coração, também o questionamento que se coloca frequentemente no autresdimensions calou fundo no meu: se houvesse um novo mundo, livre dos apegos, dos medos, dos laços que aqui nos prendem, nós aceitaríamos fazer parte dele? Ou estamos acostumados demais às nossas limitações, nossas relações, nossas obrigações de forma que nos custaria muito renunciar a isto? Eu vejo que minha tristeza vem do conflito de não aguentar mais esse mundo, mas me ver apegado a ele pelos laços familiares, de amizade, de trabalho, etc. Eu quero muito me desapegar. Isso demanda algum trabalho. Esse sofrimento com a morte dos nossos próximos, esse medo que a gente sente na rua, nada disso faz parte de nós. É o que eu sinto, pelo menos. De fato, existe uma "boutique" (loja) no site do autresdimensions. Mas, em nenhuma mensagem que eu li até hoje existe uma sugestão para que se compre algo. O essencial é gratuito. Você está exercendo a sua liberdade de julgamento, o que deve ser feito na minha opinião. Só acredito que a tristeza não é necessariamente algo "ruim".
    Eu não sei o que vem por aí. Eu não tenho mestres espirituais, visões ou experiências transcedentais. É só um sentimento de que esse mundo já "deu o que tinha de dar". Fico, ao final, com um ensinamento extraído desses textos: está na hora de cada um ser seu próprio Mestre.
    Dr. João, pela sua fala, acho que somos bem parecidos e eu tenho certeza eu há muitos com os mesmos questionamentos e a mesma tristeza. Te desejo felicidade no seu caminho.
    Márcio.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns Célia. Sua explanação está perfeita. Faço minhas as suas palavras. Quando Maria e os outros intercentores dizem para seguirmos a nós mesmos, referem-se a seguirmos nosso coração desperto(vibração) e não o que diz nosso ego e nosso mental. Há uma msg que fala da noite escura da alma, onde negamos tudo que pode durar de 3 dias a três anos,deve ser este o caso de nosso irmão, cabe lembrar também que a cada um é diferente, não há dois casos iguais e para quem leu todas estas msgs sabe que a "Maria" que nos passa msgs não é o espirito da Maria mãe de Jesus, aqui há princípio Crístico, princípio Mariano e principio Micaélico. Assim, que cada um fale ou cale por si. Visto que exercer poder sobre quem quer que seja não é caminho da Unidade. Devemos ler, e sentir a vibração de nosso corpo de nosso coração. Ontem, quando ouvi os videos a vibração que senti foi a maior de todas. De minha parte não há nenhuma dúvida. Estou totalmente no abandono à esta vibração, já me sinto no ilimitado e em sua autonomia! LUZ Vibral a todos! Como diz na msg quem não sente a vibração deve concentrar-se na sua "eternidade" e nada temer, pois somos todos eternos seres de LUZ!

    ResponderExcluir
  9. Caro Dr. João,

    Tenho 3 filhos maiores, 02 netos, 8 irmãos, pai e mãe ainda vivos, tenho uma equipe de trabalho composta de 15 pessoas,tenho chefe e diretores acima me dando ordens e sou uma profissional engaja e uma cidadã que vota, que acompanha os fatos ao redor do mundo. Enfim, muita gente ao meu redor opinando e interferindo constantemente em minha vida, em minhas escolhas. Sou muito racional e crítica da realidade que me cerca. Ao ler seu comentário, o primeiro impulso foi o julgamento, mas imediatamente percebi a armadilha e busquei o coração, com muita humildade.Senti uma grande vibração amorosa,que me envolveu e me acolheu completamente e me mostrou a verdade, a minha verdade.Sou uma Semente de Estrela, tenho em meu interior a VERDADE e portanto, resposta para todas as minhas dúvidas. Não me sinto sozinha nessa caminhada, mesmo sabendo que é um caminho individual e que cada SER viverá conforme suas escolhas. Assim, fiquei em paz e senti necessidade de compartilhar essa experiências contigo e os demais. Não me sinto obrigada a nada, e as informações que obtenho nesse site apenas ATIVAM um conhecimento e uma experiência que trago em meu CORAÇÂO. É isso que sinto quando leio as mensagens de MARIA ou demais CONSCIêNCIAS que buscam nos apoiar nesse momento de TOTAL MUDANÇA Planetária. S[o poso ser grata.Também tive momentos de tristeza ao pensar que toda essa família, amigos, trabalho, casa, enfim, todos os meus queridos poderão ser surpreendidos em uma situação de total confinamento e que passarão por um grande choque, juntamente com a maioria da humanidade. Tive impulso de reunir e falar, de tentar algo que os 'salvassem"...mas então, mais uma vez fui ao coração e minha consciência me disse algo que me acalmou, me trouxe PAZ. Vi minha arrogância, minha pretenção em MUDAR as pessoas e sair do aqui e agora. Caro amigo, buscar o CORAÇÂO é a única resposta às suas dúvidas. Com amor, Lúcia.

    ResponderExcluir
  10. Sou solidaria ao Dr. João, confesso que ja fui mais feliz antes, hoje estou sem trabalhar e na espera...!!!
    Os desapegos, dificil, meus filhos, meus netos, minha familia, pergunto, como?
    E tambem quanto ao medo, temos que nos manter em alegria e vibração mas confesso que os 3 dias de trevas me apavora, não sei se estarei aqui ou não, já deletei varias vezes os site que sigo e ai...volto a procura-los novamente.
    Sei-la!! creio não ser uma semente das estrelas sou apenas uma curiosa apesar de não seguir nenhuma religião e acreditar no filho de Deus sem pecado.

    Fatima - SP

    ResponderExcluir
  11. Há 3 anos eu tive uma sede de buscar a luz, comecei a ler os livros da Grande Fraternidade Branca, passei pra Cabala, as Chaves de Enoch, a Bíblia, e outros. Também, as mensagens canalizadas publicadas em vários blogs. Eu tive uma evolução de consciência, e fui crescendo com isso. Mas, eu só vi resultados precisos no que eu segui acompanhando as mensagens de Autre Dimensions. De dezembro passado, comecei a sentir fortemente a abertura do chacra da garganta, a Lenicasta Sagrada (tubo de cristal que desce da garganta para o peito), antes disso já sentia muito formigamentos nas costas e na cabeça. Hoje eu sinto perfeitamente a Coroa Radiante da cabeça, já senti a Cruz da redenção perfeitamente em minha cabeça indo da testa para a nuca, e da orelha e esquerda para à da direita. No dia 12 de maio agora, eu senti o abrasamento no peito seguindo até a garganta, e a maioria dos sintomas que aparecem nas questões que são respondidas também senti. Então, eu sei que é real e dou aqui o meu testemunho. O que eu tinha aprendido lá atrás, hoje já mudei tudo, e muitas coisas não me são mais verdades, principalmente no que se diz “mestres ascensos. Honestamente, nunca vi anjo, nunca ouvi vozes, e agradeço a Luz Vivente por não ter aprendido a canalizar, pois sei que há muito perigo aí. O que era verdade pra mim um ano atrás, não é mais hoje, pois a cada nível de consciência, verdades vão sendo substituídas por novas verdades. Eu estou em paz comigo, não me altero com nada, e esses dias mesmo aconteceu um fato que o meu pai tinha tudo pra brigar comigo (pois ele é meio estourado) e ele não me disse absolutamente nada.
    Sobre as publicações de Autre Dimensions, por mim mesmo, estão sendo cumpridas, pois o próprio Sri Aurobindo pediu que nós lêssemos as primeiras mensagens para ver o que foi escrito lá em 2009, e se corresponde ao ponto que nós estamos hoje. Só nas mensagens de Autre Dimensions há uma sequência, um programa traçado, e só eles respondem perguntas que os canalizadores fazem, esse é um diferencial. Então, reafirmo, eu não acho que eu sinto o que acabei de relatar, eu realmente os sinto.
    Luiz Antonio Saldanha
    Jussara - GO

    ResponderExcluir
  12. Olá, Pessoal!
    Não é isto o que caracteriza a DUALIDADE?!
    Sinto que não pode ser diferente disto!!!
    Mas só podemos transcendê-la (a DUALIDADE) migrando das extremidades duais para o EQUILÍBRIO - o CORAÇÃO!
    Agradeço-lhe, Célia, por estar me auxiliando através das traduções, etc
    Agradeço-lhe, Dr. João, pelos seus questionamentos pessoais e peço-lhe, se me permite, peço-lhe ORAR por mim, com o seu BONDOSO CORAÇÃO!!! Pois senti sinceridade nas suas palavras, tanto quanto nas palavras de Célia!
    E, quando nós somos sinceros no coração, o Pai Criador que vê o que não percebemos, nos ampara e nos concede a Graça de perceber a Verdade que fala por si mesma! Aí se instala a Alegria!
    Abraços a Todos!
    artur.

    ResponderExcluir
  13. Fatima, pelo que entendi vc tem medo de "morrer' OU DE NÃO ESTAR MAIS AQUI, NA VIDA QUE CONHECE.

    Realmente, o desconhecido pode apavorar e é por isto que nossos amigos de LUZ estão a tanto tempo nos enviando msgs para orientar e esclarecer que NÃO HÁ MOTIVO PARA MEDO, pois o que vem é RESSURREIÇÃO para a Verdadeira Vida.

    O que vivemos hj é como um sonho e estamos muito próximos do " acordar" e vamos gostar muito deste acordar pois o que nos espera é PAZ, HARMONIA, BEM-AVENTURANÇA Liberdade e Autonomia.(Irmão K)

    Imagine ser livre a ponto de viajar em outras dimensões, não estar mais fechada num corpo que limita suas ações. Imagine pensar numa estrela e se tornar uma estrela!!!!
    Como disse Maria é hora de escolher!!!

    Só há motivo para alegria se é isto que se quer, porém o livre-arbítrio será respeitado até o final, e cada um irá para onde sua vibração o levar, MAS a ligação com a Fonte UNA PAI/MÂE jamais será cortada, assim, qualquer que seja o lugar, haverá LIBERDADE!
    Isto não é maravilhoso???? Pessoalmente acho fantástico!!!! Não vejo a hora de mergulhar no Infinito(interior do peito), definitivamente.

    Ah! também tenho familia, filhos e netos, mas todos sabemos que na hora da passagem será cada um consigo mesmo.
    Aqui em casa quando alguém "morre" já dizemos: fulano já virou borboleta! Que sorte a dele!

    ResponderExcluir
  14. creio extremamente nesse site e suas msgs são verdadeiras e fortes....o véu irá cair e muitos verão a verdade....tudo será dado e revelado veja apocalipse de São João....abs marianos sempre

    ResponderExcluir
  15. compartilho das palavras de Luiz e digo o mesmo sinto as coroas....e vibro nelas sim é real...sem ser fantasia ou coisa de nossa cabeça...o único que leio e confio é aqui por seguir uma cronologia exata e agora os trabalhos acabaram resto o final dessa dimensão....tudo é real...abs vibratórios!

    ResponderExcluir
  16. Todos vós que falais acerca do medo da morte...
    a morte é como um sono profundo cheio de belos sonhos e um ETERNO DESPERTAR...não temais o que de mais belo tem esta existência...a porta de entrada para a tua verdadeira casa...
    Dessa casa te ausentaste...e muita dessa ansiedade que muitas vezes te surpreende tem a ver com essa mesma saudade de ti próprio...
    Lá nos encontraremos...e todos nos alegraremos...porque cumprimos na luz e com a LUZ...
    Bem hajam

    ResponderExcluir
  17. Olá amigos!
    Que bom ler o que voces sentem, pensam. Assim me sinto ainda no contexto. Eu tb tenho passado por períodos de "tristeza", mas percebo que é uma tristeza diferente, nao é uma daquelas que faz chorar. Nao sei explica-la exatamente. Nos ultimos anos, voltei mais e mais para mim mesma: quieta, calada, calma, tranquila. Acolho o que vem de fora com brandura.
    Ha anos venho seguindo esses cenários. Tb. passei pela Fraternidade branca. Livros, pesquisas, entre outros, decidi me confortar apenas com as leituras de Autres Dimensions, nelas sinto vibraçoes que passam pelo meu corpo. Essas mensagens transmiten tanto amor, sabedoria e dedicaçao como dificilmente vi em outras. Tb tive muitos momentos de dúvidas, mesmo sentindo vibraçoes e ouvindo os sons com quem convivo sem interrupçao ha uns dez anos. Considero dúvidas como algo de "normal" nessa 3D. De minha parte, nao vejo nenhuma outra saida, tentar estar no coraçao, abandonando-me à LUZ.
    Que a LUZ seja o nosso destino!
    Paz e Luz!!!
    Diana

    ResponderExcluir
  18. Célia G, ainda não tive a oportunidad de lhe agradecer pelo seu trabalho, então:

    muito obrigado e boa sorte !

    []s

    Roberto

    ResponderExcluir
  19. AMO TODOS VCS, com dúvidas como eu, com certezas como eu, alegres ou tristes como eu, com famílias lindas, e, receios por ela. Enfim, acho que agora tenho a certeza: SOMOS UM.

    ResponderExcluir
  20. Estive lendo os comentários acima, e tive de segurar o impulso inicial de me manifestar devido a problemas no micro.

    Enquanto contornava os 'problemas', percebi que eram afinal de contas, a Inteligência da Luz me amarrando prá não mergulhar na Dualidade de imediato... resolvido o 'empecilho', estou agora livre prá usar o discernimento, de maneira dual ou Unitária conforme deseje.

    Então, não vou tomar partido prum lado ou pro outro. Só relatar alguns fatos.

    Meses antes de ter qq conhecimento deste blog ou do autresdimensions.com, eu já tinha, obedecendo a impulsos interiores, tomado caminhos que chacoalharam bastante a minha vida profissional e a minha vida conjugal-familiar. Então, a convivência subsequente com o Leituras da Luz e o AD.com vieram de início confirmar o que eu já vinha praticando sem estar sabendo bem o porquê. Mas ao longo dos meses, pude melhorar meu entendimento interior e a minha vivência, tanto interior quanto exterior.

    Dúvidas sobre ser esse um caminho adequado ou não? Sim, muitas. Por outro lado, a ampliação das minhas percepções sobre os acontecimentos externos, tanto os óbvios quanto os dissimulados, na superfície da Terra, não me deixa qualquer dúvida sobre a desconstrução irreversível e exponencial das obras humanas em toda parte.

    Poderá talvez o mental encontrar argumentos para defender q a civilização humana poderá se sustentar por mais 'algum' tempo. Mas se estamos contemplando os humanos gradativamente sufocando a 'galinha dos ovos de ouro', ou seja o planeta Terra, a discussão acerca dos possíveis 6, 18, 30 ou 60 meses em que se possa prolongar a civilização humana se torna irrelevante.

    Então, se as alternativas apresentadas por Maria, Miguel, A Fonte e tantos outros intervenientes encontram ressonâncias intensas e perceptíveis em meu Ser Interior, apoiando-se principalmente no Abandono à Luz que eu já conhecia e buscava praticar há décadas, o caminho Interior a buscar me parece claro, enquanto que os passos a serem efetivamente dados no mundo exterior serão ao mesmo tempo bastante incertos.

    E, ocorreu-me agora: independente de qual seja a postura interior que tomemos, pode existir algo mais intensamente INCERTO do que a vida cotidiana e a perseguição interminável à sobrevivência econômica, à saúde, ao cultivo dos afetos, à tutela dos governos e governantes e à felicidade apregoada nos shoppings ?

    Enquanto escrevo, percebo aqui uma delicada Vibração, como que me convidando a parar de discorrer sobre a dualidade e a recentrar-me no foco Interior.

    Alegria, Paz e Luz para todos.

    ResponderExcluir
  21. Depois de ler tantos comentários e tantos argumentos, a conclusão que chego é agradecer as palavras sinceras do Dr. João Menezes, de Franca.

    Não existe certo ou errado. Todos estão no lugar certo, fazendo o que é necessário fazer. Não somos a mente questionadora ou aquela que julga ou que quer defender um "ponto de vista", somos a Consciência interior que apenas "Sente"...

    Lembro-me de uma historinha que li a pouco sobre a travevessia de um rio, onde cada um de nós pegou uma canoa (ou várias que foi trocando ao longo do percurso)para poder atravessá-lo. Quando chegamos do outro lado do rio, colocamos a canoa nas costas e queremos atravessar a floresta com ela nas costas. Não dá, é muito pesada.

    Precisamos nos livrar deste fardo, que foi útil mas já passou... Agora é viver cada dia, como um novo aprendizado, focado no momento presente, com atenção e intensão, aceitando que "o Pai é a causa primária de todas as coisas" e assim, tudo o que nos acontece é o que necessitamos para nos sentirmos novamente Unos com Ele.

    Por mim, posso falar que após conhecer alguns amigos espirituais, em particular o amigo Joaquim, as Mensagens do AD (a querida irmã de luz Célia) e de outras boas fontes que tem conteúdos semelhantes, não sei mais o que é questionar os acontecimentos do dia a dia e embora vivia numa cidade dida insegura, tenha uma vida extressante, mas de 100 colaboradores sendo liderados no dia a dia, vivo em paz e harmonia, com todos a minha volta... Da onde vem esta alegria e paz, não sei... Apenas acreditei e "vivo" que "o Pai é a causa primária de todas as coisas" e eu e o Pai Somos Um!

    Do irmão de Luz,

    Romulo

    Não precisa de Religião, Dogmas, Mestres, Santos, Marias, Jesus... Pois são apenas personagens da nossa História... A Verdade está dentro de mim!

    ResponderExcluir
  22. Ninguem eh obrigado a ler este blog. Parem de se preocupar com as opinioes alheias. Emanem Luz e se recolham aos vossos Coraçoes. Vcs nao percebem que eh exatamente sobre isso que Maria pontuou? Os medos irao aflorar, nao se deixem influenciar pelos julgamentos alheios e acima de tudo, jamais julguem...

    ResponderExcluir
  23. Depois de tudo o que li vou dormir com o coracao tranquilo. Somos todos um,vibrando para o despertar.

    ResponderExcluir
  24. Que a Fluidez da Unidade nos Acompanhe!

    ResponderExcluir