Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

15 de out de 2005

INTRATERRA – 15 de outubro de 2005

DO SITE AUTRES DIMENSIONS.


Áudio da Mensagem em Português

Link para download: clique aqui




Bem, bem vindos a vocês, caros irmãos e irmãs de superfície.

Primeiramente, permitam-me apresentar-me: eu sou um dos Governadores de uma região situada em algum lugar sob seus pés.
Eu faço parte de uma região chamada Intraterra por alguns de seus médiuns e entidades que entraram em contato conosco, há extremamente muito tempo.

Eu represento um coletivo unificado de consciência pelo qual eu me exprimo, através dessa entidade de superfície que está aqui presente.
Nós somos, de algum modo, seus irmãos e irmãs, mesmo se não pertençamos à sua humanidade, nós somos os guardiões da evolução de nossa Terra comum.

Nós somos, também, os guardiões das portas interdimensionais.
Nós somos os guardiões do núcleo central deste planeta, que é constituído de cristal.

Como guardião, eu venho a vocês para permitir-lhes explorar, um pouco mais adiante, os mundos dimensionais que vocês têm muito pouca oportunidade de conviver ou de tocar, devido ao seu fenômeno de involução, de encarnação que, quanto a nós, povo do Intraterra, superamos, amplamente, há agora 320.000 anos de seus anos de superfície.

Assim, é-nos permitido, neste período de transição e de transformação de nosso planeta, transmitir-lhes certo número de elementos que lhes permitirá, eu espero, aceder um pouco mais livremente a essas dimensões novas que vêm para vocês, a fim de que vocês não estejam perdidos, no momento oportuno, e a fim de que vocês trabalhem para um pouco mais de consciência unificada, melhorada, recentrada, e a fim de permitir-lhes tornar-se o que vocês são, realmente (o que vocês não são, de momento).

Nisso, os cristais são, efetivamente, um dos meios que lhes é permitido conviver, a fim de elevar suas vibrações/consciência, ampliar seus campos de coerência, até níveis não experimentados até o presente sobre este planeta e que, entretanto, veem, hoje, pelos portais dimensionais abertos, a realização desses estados multidimensionais em sua encarnação.

Nisso, ser-me-á permitido, por intermédio do coletivo geodésico de vinte e três outras almas de consciência unitária pelo qual eu me exprimo, estar ao mais perto da chave que lhes permitirá aceder e transcender suas limitações atuais, a fim de penetrar (num primeiro tempo, durante suas noites, mas, em seguida, de maneira muito consciente) esses estados multidimensionais tão importantes, porque eles são sua evolução muito próxima.

De fato, os esquemas de funcionamento que vocês têm experimentado, progressivamente e à medida de suas encarnações sucessivas, vão, em breve, desaparecer, totalmente, para deixar lugar a um mundo de Luz autêntica, no qual não haverá mais lugar para a divisão, a separação, mas no qual tudo funcionará num modo, eu diria, muito mais rápido, mais desprendido de seu tempo linear de três eixos.

Lembrem-se das palavras chave que são, efetivamente, «um novo modo de funcionamento», que não deixa mais lugar para qualquer sombra, para qualquer apego, para qualquer limite.

Vocês vão, enfim, redescobrir que são muito mais que o que acreditavam há 50.000 anos, não seres limitados, confinados, mas, efetivamente, seres livres, totalmente livres.
E como se tornar livres se vocês não aceitam, em sua alma e consciência, essa eventualidade como potencialmente real?

De fato, a um dado momento na história deste planeta, em seu mundo de superfície, vocês serão levados a fazer, livremente, a escolha, a escolha da liberdade ou a escolha da prisão.
A escolha de um novo ciclo de 50.000 anos de reencarnações sucessivas ou a escolha da liberação, ou seja, o acesso a esses mundos multidimensionais que vêm para vocês.

A maior parte de vocês está se dizendo que é fácil escolher a liberdade ao invés da prisão.
Pense outra vez.
A liberdade dá mais medo do que a prisão.
A liberdade é uma responsabilidade.
A liberdade é uma diligência de autenticidade, que não suporta qualquer sombra e qualquer trapaça.
Nisso, inúmeros seres humanos escolheram a prisão, porque eles têm medo dessa liberdade nova que vem para eles.
Mas pouco importa.

Essa liberdade fundamental de escolha está inscrita por contrato, desde sua descida nesta terceira dimensão, há extremamente muito tempo.


Eu lhes agradeço por sua atenção.
Eu lhes aporto minha saudação fraternal.
E nos deixamos, agora.
__________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/.

2 comentários:

  1. Assim, é-nos permitido, neste período de transição e de transformação de nosso planeta, transmitir-lhes certo número de elementos que lhes permitirá, eu espero, aceder um pouco mais livremente a essas dimensões novas que vêm para vocês, a fim de que vocês não estejam perdidos, no momento oportuno, e a fim de que vocês trabalhem para um pouco mais de consciência unificada, melhorada, recentrada, e a fim de permitir-lhes tornar-se o que vocês são, realmente (o que vocês não são, de momento) <> De fato, os esquemas de funcionamento que vocês têm experimentado, progressivamente e à medida de suas encarnações sucessivas, vão, em breve, desaparecer, totalmente, para deixar lugar a um mundo de Luz autêntica, no qual não haverá mais lugar para a divisão, a separação, mas no qual tudo funcionará num modo, eu diria, muito mais rápido, mais desprendido de seu tempo linear de três eixos.

    ResponderExcluir
  2. Bem, sinto-me a "noiva,com reserva de óleo, aguardando o Amado'.

    Ressalto este trecho:
    "A maior parte de vocês está se dizendo que é fácil escolher a liberdade ao invés da prisão.
    Pense outra vez.
    A liberdade dá mais medo do que a prisão.
    A liberdade é uma responsabilidade.
    A liberdade é uma diligência de autenticidade, que não suporta qualquer sombra e qualquer trapaça."

    ResponderExcluir