Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

23 de jan de 2008

O.M. AÏVANHOV (1/2) – 23 de janeiro de 2008



DO SITE AUTRES DIMENSIONS.


Bem amigos, estou extremamente contente por reencontrá-los nesse início de novo ano, nesse lugar.
Então, primeiro, para aqueles que eu já conheço e que já assistiram às nossas trocas e trocaram comigo, eu lhes apresento todos os meus votos de Luz para esse ano que começa e que é um ano – como, talvez, vocês já saibam ou como, talvez, já sintam – extremamente importante ao nível do conhecimento e das revelações que serão feitas ao conjunto da humanidade.

É um ano em que vocês irão de surpresa em surpresa, seja ao nível individual e ao nível da humanidade toda, inteira.
É um ano em que as coisas que estavam escondidas serão reveladas, em suas vidas, mas, também, de uma maneira muito mais geral, para o conjunto do planeta e o conjunto, eu diria, de manipulações e conspirações de forças da Sombra, mas, também, da Luz.
Inúmeras coisas que estavam sob o manto vão manifestar-se à luz do dia, como vocês dizem, e vão aparecer, progressivamente e à medida das semanas, dos meses e de todo este ano, no qual nada mais será mais, jamais, similar, depois.

Este ano vocês verão desvendar-se muitas coisas no que concerne ao seu destino pessoal – quem você é, de onde vem, aonde vai –, mas, também, ao nível da humanidade.
O que quer dizer que as separações que existiam entre os planos vão desaparecer, progressivamente, como se o véu fosse, eu diria, completamente rasgado, para permitir-lhes perceber realidades anteriormente chamadas de ultrassensíveis.
Essas realidades vão fazer irrupção em sua realidade de terceira dimensão.
E, obviamente, isso vai provocar mudanças de opinião, mudanças de consciência, também, para muitos seres humanos.

Então, é um ano pleno de revelações, de descobertas, de surpresas que vocês se preparam para viver.
Então, para tudo isso, bem, que a Luz seja.

Então, caros irmãos e irmãs, se quiserem, vou, primeiro, como de hábito, escutar suas questões e tentar responder, se isso estiver em meu poder.

Questão: quais serão as datas chave de 2008?

Para nada serve dizer «vai acontecer tal coisa em tal dia».
Vocês têm, a cada minuto da vida, já há várias semanas, o impacto de energias que chegam ao nível de sua consciência e que agita muitas coisas.
É o ano da desordem, é o ano no qual muitas coisas que estavam amarradas, que se chamam certezas, deverão modificar-se para adaptar-se ao novo real e às novas realidades.
Então, não há datas.
As datas, vocês as conhecem, são as mudanças de lua, são algumas festas ditas religiosas e, também, alguns aspectos planetários que vão impactar, eu diria, algumas camadas de indivíduos da sociedade em sua integralidade.
Então, não retenham uma data, porque vocês ligam o rádio e ouvem, ao longo do dia, o que acontece, não é?
Vocês estão dentro.

Questão: o fenômeno de aceleração do tempo é ligado, diretamente, a uma aceleração de tomadas de consciência?

O que se pode dizer é que, em parte, é ligado a isso, ou seja, a aceleração do tempo é algo que vocês constatam em todos os níveis.
É claro, isso faz parte de sua era moderna de informação, não é?, na qual tudo é acessível de maneira direta e instantânea.
Então, vocês são levados em um turbilhão, no qual o tempo escoa-se de maneira muito mais turbilhonante e não mais de modo linear.

Então, é ligado, em parte, a isso, e é ligado à abertura da consciência da humanidade, mas é, sobretudo, ligado às vibrações magnéticas que são emitidas pelo Sol Central.
É aí que se encontra a origem primeira, eu diria, dessa aceleração do tempo.

Questão: como viver essas evoluções rápidas com mais confiança?

Tudo isso é ligado ao paradoxo, porque a aceleração do tempo provoca, de maneira cada vez mais rápida, a desagregação das ilusões da terceira dimensão, ou seja, as certezas não existem mais.
As certezas não existem mais nos planos afetivos, as certezas não existem mais em todos os setores de vida de sua humanidade, a título individual e coletivo.
Onde vocês pensavam poder pendurar-se, vocês não podem mais pendurar-se, porque há muitas mudanças desejadas, de maneira a que vocês não entrem em fenômenos de resistência e não soltar, que provocariam dificuldades para religá-los, completamente, à Luz que desce e que acelera tudo.

Então, eu não vou dar-lhes receitas para dar-lhes a confiança em coisas que estão desaparecendo, é claro.
Vocês devem, progressivamente e à medida da aceleração e da abertura, recentrar-se, cada vez mais, em si mesmos, porque a solução para esses problemas de confiança vocês não encontrarão, absolutamente, no exterior.
Vocês não encontrarão qualquer alívio no exterior, e cada vez menos, porque o exterior está, simplesmente, desaparecendo.

É difícil explicar com palavras, mas é o mesmo princípio que a passagem, eu diria, da morte.
No momento em que vocês morrem, vocês desaparecem a essa realidade, para nascer para uma nova realidade.
O problema é que esse fenômeno está acontecendo de maneira consciente, sem passar pelas portas da morte.
É, mais, as portas da iniciação, nesse caso.

Então, é preciso lidar com duas realidades que não são, de modo algum, do mesmo nível vibratório e que não têm, de modo algum, a mesma finalidade.
A finalidade de seu mundo de terceira dimensão, vocês sabem, é o ego, a divisão.
Enquanto a finalidade da nova dimensão é o amor, a empatia e a unidade, sobretudo, é isso o mais importante.

Então, essas duas confrontações, em um sentido e no outro, porque isso se produz na 3D, mas produz-se, também, no novo, dá-lhes, efetivamente, o sentimento de coisas que lhes escapam, um sentimento de coisas que vão muito rapidamente ou, ao contrário, que estão fixas, em alguns casos.
Vocês têm a impressão de que as situações não podem desbloquear-se ou, ao contrário, vão muito, muito rapidamente, para levá-los para onde vocês não sabem.

Então há, sempre, no ser humano, esse medo do desconhecido, que é preciso aprender a gerir.
Então, não é questão de misturar as duas realidades, vocês devem ter-se entre as duas como observador que observa um mundo que desaparece e um novo mundo, uma nova realidade que aparece.
Isso necessita de estar perfeitamente alinhado e olhar em si.

Questão: quais diferenças há entre as linhagens e as correntes?

As correntes são ligadas a correntes energéticas.
As linhagens são ligadas a processos de encarnação.
A linhagem é, tipicamente, específica de um acoplamento da vibração na matéria, ou seja, através do DNA.
As correntes não são, necessariamente, portadas por entidades biológicas ou extrabiológicas.
São correntes de vibrações, de afinidades, se preferem, enquanto, no primeiro caso, a linhagem é como uma corrente, mas muito mais do que uma corrente, porque ela necessita da marca ou marcação na matéria dessa corrente para tornar-se uma linhagem.

Questão: o que é das manifestações extraterrestres?

As manifestações são cada vez mais importantes.
Seu céu é, literalmente, invadido de manifestações extraterrestres.
Mas isso vocês não verão na França porque, na França, se vocês as veem, vocês põem a cabeça no buraco.
Portanto, há países que estão muito mais aptos para acolher, vibratoriamente, essas presenças, e é o caso, já há numerosos meses – e isso se reforça de semana a semana – em alguns continentes e algumas regiões do mundo para os quais vocês não arriscam fazer parte, na França, em todo caso.

Questão: o fato de não ver essas manifestações na França é ligado à potência do intelecto?

Pode-se dizer que os pensamentos que vocês emitem criam uma lei de afinidade.
À força de dizer que vocês não creem nisso ou naquilo – mesmo se vocês não o digam – vocês são banhados em uma egrégora, na França, nesse momento, que nega o espiritual.
A linha de conduta social é dizer que o esoterismo, a espiritualidade não existem ou que são quimeras.
Então, como vocês querem, nessa convicção, criar afinidades vibratórias com os seres do espaço?
É impossível.

Questão: como adaptar o corpo às novas vibrações?

A coisa a mais importante – talvez vocês já tenham constatado – é, se possível, cercar-se de boas vibrações.
Isso quer dizer tentar, se possível, já, você mesmo, não emitir más vibrações, pensamentos negativos, emoções, julgamentos de pessoas, de situações, tudo o que os afasta de sua interioridade.
A segunda coisa é, se possível (mas isso é dificilmente possível para todo mundo), encontrar períodos de pausa na natureza, na mata, na terra, de maneira a sincronizar-se, sintonizar-se com as novas correntes energéticas.
É muito mais fácil sintonizar-se em plena natureza do que entre quatro paredes em concreto.
Isso é do bom sentido.
Vocês se aperceberam de que as necessidades alimentares são muito menores.
Vocês têm necessidade de muito menos alimento, muito menos sono, também.
Em contrapartida, é preciso beber mais líquidos do que vocês têm o hábito de beber.

Questão: como estar mais aberto às presenças extraterrestres?

Vocês sabem, é um problema de egrégora.
Vocês sabem, se abordam o fenômeno extraterrestre com o coração aberto, colocando-se a questão, sem denegrir, dizendo-se «isso não pode existir», nesse caso, as aparições ocorrerão.
Mas não é o caso da França.
Não se esqueçam de que vocês estão em um país extremamente entrado na resistência em relação a essa nova dimensão e essa nova energia.
Vocês são banhados em uma egrégora de medo que tenta fazer durar, fazer perdurar as energias de terceira dimensão.
Há, efetivamente, uma defasagem importante entre aqueles que puxam para o alto e aqueles que puxam para baixo.
No interior de vocês e, também, ao nível do conjunto da sociedade francesa na qual vocês se banham, quer vocês queiram ou não.

A título individual, vocês devem, já, mudar no interior de si, seu modo de ver.
Agora, ao nível coletivo, vocês não podem fazer, como se diz, porta a porta, não é?
Eu não creio que, se vocês dissessem às pessoas que existe outra coisa, isso mudasse algo na vida delas.
Houve um condicionamento extremamente importante da população francesa e mundial.
Esse condicionamento visou, por todos os meios possíveis, evitar essa abertura de consciência.
Isso passou tanto por alimentos que foram traficados como por leis sociais ou seguranças ditas sociais que foram instauradas para evitar-lhes serem livres e independentes.
Tudo foi feito para prendê-los a um sistema social, construído no medo: o medo da falta, o medo disso, o medo daquilo, e todo seu sistema é construído sobre isso.

Então, a menos que se desconstrua o sistema, o que está sendo feito pelas novas energias, em todo caso, ao nível econômico, já, vocês estão em situações labirínticas.
A única solução, eu repito, não é lutar contra isso, porque vocês não têm a força, a título individual, de lutar contra.
Se vocês lutam contra, reforçarão isso, vocês têm apenas que centrar-se, cada vez mais, e prestar atenção para permanecerem alinhados em seu eixo e sua fonte e não emitir julgamentos, não portar energia de consciência, de interesse nesses processos mórbidos e que fazem parte do passado.
Para nada serve apontar o dedo a eles, eles estão aí e vocês devem desprender-se deles.

Questão: centrando-se na presença Eu Sou é possível chamar os mestres de Luz, os irmãos do espaço para que eles ajam em nosso espaço, nossa Terra?

Isso é uma intenção muito louvável, evidentemente: estar alinhado no Eu Sou e dirigir-se a esses seres.
Mas, obviamente, eles não esperaram seu pedido para interagir, mas é ótimo fazê-lo.
É o princípio de qualquer oração, de toda a eternidade.

Questão: o que é a tradição dita «primordial»?

A tradição primordial faz referência à tradição das origens, suposta de ser a primeira a ter aparecido de maneira consciente e cognitiva ao nível da humanidade.
Aí está.
Mas inúmeros movimentos reivindicaram-se a tradição primordial porque, segundo os povos, não há a mesma tradição primordial.
Segundo, também, as origens, as correntes e as linhagens de que falamos há pouco, não há, mesmo, movimento primordial de energia.
Portanto, é um termo genérico que não tem muito interesse a ser definido mais do que isso.

Questão: isso está em relação com o Sol Central?

Para alguns, isso pode ter uma relação, mas não obrigatoriamente.

Questão: o que é, hoje, o impacto de Agartha sobre o governo mundial?

Primeiro, o que é que você chama o governo mundial?

Questão: o governo oculto, que domina o mundo.

Mas não há um único governo oculto mundial, há vários deles.
Há um governo financeiro, há um governo de forças da Sombra que é, também, mundial.
Há Agartha, há o conselho dos vinte e quatro anciões.
Há diferentes convicções de poder que estão em atividade sobre essa Terra e que derramam a energias delas ou que as representam.

Então, não há um governo sinárquico em Agartha, que decidiria tudo.
Há, também, o conselho dos Lipikas cármicos.
Há, também, do outro lado, a loja negra, com aqueles que dirigem a nova ordem mundial, e cada um tem seus planos.
Portanto, as convicções são múltiplas.

Então, se querem, há corporações da Luz e corporações da Sombra e cada uma estabeleceu códigos, modos de funcionamento.
Cada uma, obviamente, tem uma finalidade diferente, e os piões que elas utilizam, tanto umas como as outras, são os seres humanos encarnados.
Todas as manipulações que foram traçadas contra a humanidade serão reveladas, mas, também, todo o trabalho das forças de Luz, das forças galácticas que trabalham para o advento da nova dimensão será revelado.
Não há coisas que lhes estavam escondidas que não sejam reveladas.
Isso está escrito, também, no apocalipse de São João.

Questão: como os dirigentes de nosso planeta aprenderam sobre a existência dos povos de outras dimensões.

Eles não aprenderam pelo rádio ou por fotos.
Eles se reúnem, eles têm contatos físicos, reais e concretos.
Não é a mesma coisa.

De onde vem sua tecnologia?
Como vocês explicam que, no espaço de trinta a quarenta anos, vocês tenham feito essas descobertas prodigiosas que transformaram, totalmente, sua humanidade?
Mas, certamente, não no bom sentido, porque vocês são ligados a egrégoras ditas eletrônicas que não são egrégoras de Luz.
Não se esqueçam de que a Luz é o fóton, não é o elétron.
É uma nuance extremamente importante.

Vocês são cercados de ondas elétricas e eletromagnéticas desejadas pela nova ordem mundial, desde o telefone celular, passando por todas as ondas que são emitidas ao redor de vocês.
Vocês sabem que as próximas guerras que lhes são inventadas pelas forças da Sombra é a guerra de ondas.
Não se mata mais com balas, mata-se com frequências, e já foi experimentado, é claro.

Então, tudo isso, se querem, são coisas que vão revelar-se, porque nada mais poderá ser escondido.
A Luz e a acentuação, a aceleração de vibrações não pode mais permitir que as coisas sejam deixadas na Sombra.

Questão: as portas estelares continuam em atividade?

O que é que é isso?

Questão: o que permite as comunicações entre os diferentes mundos.

Não são portas estelares, são vórtices que permitem a comunicação por intermédio dos polos com o centro da Terra e todos os outros planetas.
Eles sempre estiveram abertos e jamais foram fechados.

Questão: o livre arbítrio é um belo presente que nos foi dado?

Não estou certo de ter compreendido o sentido dessa questão.
A partir do momento em que vocês vão de um ponto a outro, a partir do momento em que são irradiados da Fonte, vocês vêm da Fonte e retornam à Fonte.
Onde está o livre arbítrio aí?
O livre arbítrio está, certamente, no modo de ali ir, mas se você recua e vê isso de muito longe ou de muito alto ou de modo completamente exterior, eu diria, você verá um ponto de origem e um ponto de retorno e, entre esses dois pontos, a alma experimenta certo número de vidas, de encarnações e de dimensões.
Então, vocês são completamente predestinados de um ponto ao outro.
Portanto, há um livre arbítrio de saber quanto tempo você vai levar para fazer o caminho.
É a única liberdade que vocês têm.

Então, há o livre arbítrio de escolher suas ações, escolher a Sombra, escolher a Luz, escolher a experiência, escolher a transformação.
Então, a liberdade, talvez, esteja aí, mas é uma liberdade de escolha, não é o livre arbítrio, é uma coisa diferente.
O livre arbítrio é algo que é válido até certo grau.
Quando você chega à maturação, quando reencontra o caminho de sua essência e de sua origem, quando reencontra sua iluminação do coração, não pode mais haver livre arbítrio.
Vocês são, completamente, predestinados.

Questão: é no universo dessas escolhas que podem intervir as influências exteriores?

As influências exteriores fazem-se por afinidades vibratórias.
Se você pensa negativo, você atrai as forças do universo que fazem parte do lado sombra.
Se você pensa luminoso, atrai as forças do universo que vêm do lado luminoso.
É, unicamente, uma questão de afinidade vibratória e de sintonia.
Não há alternativa.
Portanto, se as forças puderam elaborar planos da Sombra sobre este planeta, é que a humanidade deixou o lugar para essa afinidade.

Então, obviamente, há combates, há a Luz que cresce de um lado e a Sombra que puxa de outro lado.
Nesse equilíbrio dinâmico de forças em presença, quanto mais a Luz reforça-se, mais a Sombra resiste, é claro.
E o que vocês veem desenrolar-se sob o tapete de seus dias, de suas telas de televisão, de suas estações de rádio, o que vocês ouvem é, unicamente, a ilustração desse combate que se torna cada vez mais intenso.
Quando a Luz não estava muito efusionada sobre a Terra, antes dos anos 1987 / 1990, antes das primeiras ondas de influências de energias luminosas da Shakti, não havia qualquer razão para que houvesse tensões entre a Sombra e a Luz.
Havia um compromisso, um caminho linear para cultivar seu jardim, cultivar sua Luz.
Mas, hoje, a Sombra sabe que ela é ameaçada pela Luz, portanto, ela resiste com todas as forças.
O que vocês têm sob os olhos é o resultado dessas lutas que vocês observam ao nível dos elementos, dos climas, ao nível econômico, ao nível financeiro.

Questão: a destruição do balão sonda, encarregado de explorar o polo, foi um meio de proteger o vórtice?

Nada do que concerne aos vórtices situados ao nível dos polos norte e sul pode ser transposto por qualquer força humana ou não humana, se não há acordo de guardiões do vórtice para deixar penetrar as embarcações de Luz.
Apenas as forças de Luz é que podem passar por esses vórtices dimensionais para aceder ao Intraterra.
As forças da Sombra não podem, em caso algum, tomar esses vórtices comuns.
Elas são obrigadas a criar falsos vórtices para modificar a curvatura do espaço/tempo, para chegar a esse Sistema Solar.
É uma destruição que se faz muito naturalmente, assim que um objeto aproxima-se dessa densidade importante de vórtice dimensional, sem intervenção exterior.

As embarcações passam pelos polos, pelo Intraterra primeiro, e elas emergem em sua realidade terrestre pelos polos.
Compreendam, efetivamente, que a viagem não se faz de polo a polo, a viagem faz-se de núcleo central em núcleo central.
Naquele momento, as embarcações emergem pelos polos, é um lugar de emergência em sua realidade dimensional, não um lugar de penetração.

Questão: as forças obscuras podem aceder à quinta dimensão?

Não todas.
Algumas têm a possibilidade de fazer escolhas, mas as escolhas são feitas há muito tempo, na maioria dos eventos.
Então, nada é condenado de maneira inexorável, inevitável à Sombra, uma vez que tudo vai para a Luz.
Mas há defasagens evolutivas importantes.

Questão: há, da parte dos dirigentes de nosso planeta, uma conspiração do silêncio?

É uma conspiração não, unicamente, do silêncio, é uma conspiração contra a humanidade toda, inteira.
Seria preciso ser irracional para crer que vocês têm um único homem político escolhido que quer seu bem.

Questão: as revelações previstas em 2008 serão feitas em grupos restritos ou em uma escala muito maior?

Oh, é para uma escala planetária, eu diria.
Há meios de informação, agora, que não podem mais ser trancados.
A informação circula de maneira instantânea, tanto no que concerne às histórias de espancamentos como às histórias espirituais.
______________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/

2 comentários:

  1. Então, a menos que se desconstrua o sistema, o que está sendo feito pelas novas energias, em todo caso, ao nível econômico, já, vocês estão em situações labirínticas.

    A única solução, eu repito, não é lutar contra isso, porque vocês não têm a força, a título individual, de lutar contra.

    Para nada serve apontar o dedo a esses processos mórbidos e que fazem parte do passado. Eles estão aí e vocês devem desprender-se deles.

    ResponderExcluir
  2. "As separações que existiam entre os planos vão desaparecer, progressivamente, como se o véu fosse, eu diria, completamente rasgado, para permitir-lhes perceber realidades anteriormente chamadas de ultrassensíveis.
    "Essas realidades vão fazer irrupção em sua realidade de terceira dimensão. E, obviamente, isso vai provocar mudanças de opnião, mudanças de consciência, também, para muitos seres humanos.

    "Um mundo que desaparece e um Novo Mundo, uma Nova Realidade que aparece.
    "Vocês desaparecem a essa realidade, para Nascer para uma Nova Realidade.

    ResponderExcluir