Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

24 de mar de 2007

O.M. AÏVANHOV – 24 de março de 2007



DO SITE AUTRES DIMENSIONS.


Bem, caros amigos, estou extremamente contente por reencontrá-los, e eu me alegro por estar com vocês, para poder responder, eu espero, aos seus questionamentos e poder, talvez, fazê-los avançar no caminho da Luz.

Então, eu lhes aporto meu bom dia, minha bênção e, obviamente, e como de hábito, eu os escuto.

Questão: por que há tantos problemas de saúde, nesse momento?

E é um período de grande transformação, para muita gente, atualmente, então, as energias de quinta dimensão vêm, eu diria, despertar, ou mesmo fragilizar, em alguns casos, os esquemas de funcionamento que são oriundos da terceira dimensão.

Então, isso pode provocar uma reativação de sintomas, reativação de alguns esquemas que nada têm a fazer na quinta dimensão.
Então, por vezes, a alma decidiu experimentar certo caminho, no qual algumas perturbações poderão aparecer, mas essas perturbações não têm mais lugar de ser, a partir do momento em que há uma busca da autenticidade da quinta dimensão.
Mas, como a energia da quinta dimensão, infelizmente, ainda não está, totalmente, aí, obviamente, vocês vão, alguns de vocês, reativar esquemas que são perturbados, antigos, que não têm mais razão de ser.
Então, as coisas, por vezes, muito desagradáveis, podem voltar a manifestar-se.
É, infelizmente, algo que não é ligado a um erro ou a uma falta, mas que é, puramente, conjuntural, eu diria.
É ligado a uma transformação, uma forma de purificação na qual o fato de repassar por esquemas de maneira mais forte permite resolver, eu diria, as últimas escórias que poderiam impedir o acesso à quinta dimensão.

A ação definitiva, ou seja, o desaparecimento de sintomas apenas poderá ocorrer quando a quinta dimensão estiver, totalmente, aí e, portanto, a purificação tiver ocorrido, totalmente.
As concepções da doença devem ser vistas à Luz de sua evolução pessoal.
Isso corresponde a uma realidade vibratória.
Os seres que estão preparando a própria ascensão à quinta dimensão, que vivem as transformações da energia da Luz autêntica e que se transformam ou que se aproximam da própria Fonte real de quem eles são, da Unidade, não podem aproximar-se, indefinidamente e sem perigo algum, dos outros que recusam essa vibração da quinta dimensão e que estão nas lutas da terceira dimensão, porque há risco de desgastes dos dois lados.

Então, os esquemas da Luz vêm ajudar aqueles que estão doentes e transformando-se, profundamente.
É extremamente importante compreender que não se pode, hoje, fazer como era o caso há dez, vinte anos, porque a energia da Luz de quinta dimensão não pode ser confrontada, permanentemente, às energias de terceira dimensão, que são energias de doença, porque a energia de terceira arrisca ser, ainda, mais perturbada pela energia da quinta, da qual vocês são portadores.
Mas, também, vocês mesmos, sua energia de quinta, que vocês tentam desenvolver, arrisca, eu diria, ser afetada pela doença de terceira.
Não há mais concordância e transmutação pelas forças crísticas de terceira dimensão sobre a doença, porque vocês passam às forças crísticas de quinta dimensão.
Não há mais lugar para a doença.

Vocês não podem tomar a Luz que vem de vibrações as mais altas para transmutar o que se recusa à Luz, porque a doença, geralmente, é um período de experiência, de purificação, mas a doença é um conflito que é ligado à terceira dimensão.
A quinta dimensão não conhece a doença.
Então, a partir do momento em que alguém que é portador da energia da quinta, mesmo se é, eu diria, ainda, portador de uma doença, e ele vai reencontrar e quer intervir sobre alguém que está na terceira, com uma doença, ele vai ali ter desagrados extremamente importantes que podem produzir-se.
Mas, quanto mais esse terapeuta subir à quinta dimensão, mais ele deverá desfazer-se da ação terapêutica, porque a ação terapêutica é a Luz, é Cristo que cura, mas não é querer curar.

Questão: como saber se poderemos suportar as energias da quinta dimensão?

E isso quer dizer?
Nenhum ser humano pode saber se vai suportar ou não as energias que aumentam, a oitava vibratória é diferente.
Agora, para o acesso à quinta dimensão, a outra vida, a outro corpo, a outra Terra, apenas será possível saber no momento em que isso se apresentar, realmente, a vocês.
Na fase preparatória, vocês fazem apenas integrar, submeter-se, preparar.

Questão: qual é a importância da aceitação?

A aceitação e o soltar, como queiram, mas o que eu prefiro como palavra é, mais, soltar, ou seja, deixar fazer.
Deixar fazer a energia de quinta, que é uma energia que vem a vocês.
Ela demanda apenas uma coisa: é um acolhimento sem resistência.

Então, as resistências são numerosas, elas são ligadas, qualquer que seja seu grau de evolução, de cada um, aos apegos que vocês tomaram nesse mundo, quaisquer que sejam.
Há alguns apegos que são mais luminosos do que outros, mas eles são, entretanto, apegos, por exemplo, apegos a figuras espirituais, apegos que eu não critico, porque são da sombra, obviamente, mas que devem ser, eles também, superados, ou seja, a adoração, o amor portado, mesmo ao Senhor desse mundo, ou seja, a Cristo, portado, mesmo, ao Senhor dos Universos, ou seja, a Orionis não deve cair no apego.

Ora, o problema do ser humano na terceira dimensão é que tudo o que ele ama, tudo o que ele venera transforma-se em apego.
Então, a energia de quinta demanda uma coisa: é não desviar a face, é compreender que se é apegado e viver, enfim, o desapego.
O que não quer dizer que vocês perderão seus apegos.
Vocês perderão uma forma de apego e encontrarão uma fusão, que é completamente diferente, com Cristo, com Maria, com Orionis, com outros.
Não é, de modo algum. O apego ligado à terceira dimensão.

Então, as experiências que foram vividas por alguns, por outros, por mais luminosas que sejam, é preciso, também, deixá-las pelo que elas são.
O que fez uma abertura para a quinta dimensão ou para a Luz. Se preferem, mas que foi puxado de volta à terceira, isso, também. É uma forma de apego.
Então, é preciso ser totalmente livre, como dizia Krishnamurti, para passar ao outro lado.
Não é preciso mais ter qualquer modelo, qualquer marcador, qualquer referencial, se não é estar, si mesmo, desembaraçado de tudo o que fez o que se é: as crenças, a educação, os pais, os filhos, tudo.
Vocês devem estar totalmente nus, sem isso, não poderão aceder à quinta dimensão.

Jesus disse, no entanto, ele mesmo: «ninguém pode penetrar o Reino dos Céus se não volta a tornar-se como uma criança», ou seja, desembaraçado de todos os condicionamentos, desembaraçado de todos os apegos, quaisquer que sejam, por mais luminosos quanto sejam.

E obrigado a vocês e boa evolução para essa quinta, para essa Luz autêntica que se aproxima a grandes passos, e estejam certos de que vocês não estão, jamais, sós, e que não são, jamais, abandonados, e que, sobretudo, nada arriscam.

O que é que arrisca acontecer-lhes?
Na pior das hipóteses, morrer, e se vocês morrem, estão na Luz.
Na pior das hipóteses, continuar e, se continuam, abandonando tudo o que faz seus apegos, bem, vocês estarão, também, na Luz.
Apenas que, se vocês resistem, se estão apegados ao seu passado, às suas experiências, às suas casas, aos seus bens, quaisquer que sejam, vocês não poderão aceder à quinta dimensão.
Então, isso necessita de soltar, isso é extremamente importante.

Então, eu lhes digo até breve, eu lhes aporto a minha bênção e até a próxima vez.
__________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/.

2 comentários:

  1. Os seres que estão preparando a própria ascensão à quinta dimensão, que vivem as transformações da energia da Luz autêntica e que se transformam ou que se aproximam da própria Fonte real de quem eles são, da Unidade, não podem aproximar-se, indefinidamente e sem perigo algum, dos outros que recusam essa vibração da quinta dimensão e que estão nas lutas da terceira dimensão, porque há risco de desgastes dos dois lados.

    É extremamente importante compreender que não se pode, hoje, fazer como era o caso há dez, vinte anos, porque a energia da Luz de quinta dimensão não pode ser confrontada, permanentemente, às energias de terceira dimensão, que são energias de doença, porque a energia de terceira arrisca ser, ainda, mais perturbada pela energia da quinta, da qual vocês são portadores.

    Não é preciso mais ter qualquer modelo, qualquer marcador, qualquer referencial, se não é estar, si mesmo, desembaraçado de tudo o que fez o que se é: as crenças, a educação, os pais, os filhos, tudo. Vocês devem estar totalmente nus, sem isso, não poderão aceder à quinta dimensão.

    ResponderExcluir
  2. Tocante... Profundo... Como nos conduz amoravelmente...Cita doenças, apegos, necessidade de desembaraçar-se, do que quer que seja.

    Sinto que estou despindo-me...
    Que bom!

    ResponderExcluir