Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

3 de dez de 2010

PHILIPPE DE LYON – 3 de dezembro de 2010

Mensagem publicada em 12 de dezembro, pelo site AUTRES DIMENSIONS.

Áudio da Mensagem em Francês

Link para download: clique aqui



Meus Irmãos e Irmãs na humanidade e em Cristo, eu os saúdo.

Eu sou um dos Melquisedeques da Terra, chamado, quando de minha última vida, Philippe de Lyon.
Eu venho a vocês, hoje, pela minha posição na ordem dos Melquisedeques, emitir-lhes certo número de elementos que eu chamaria evidências.

Evidências não para crer, mas para Vibrar em seu Coração, para ver se isso evoca uma Verdade para vocês.

Eu venho lhes falar, neste período que vocês vivem, do significado desta frase «Levar Cristo em Si, hoje».

Isso vai nos chamar a certo número de considerações que lhes caberá então verificar se elas fazem Vibrar seu Coração ou não.

O que eu venho lhes dar não é destinado a amplificar os mecanismos de crenças, mas, bem mais, para fazê-los provar, pela experimentação da Verdade ou do não-sentido do que eu vou lhes emitir.

Primeiramente, como lhes foi anunciado pelo Arcanjo Uriel, o Cristo está doravante Presente, em Consciência e em Verdade, no Éter da Terra.
Esta preparação desenrolou-se durante um ano, desde o momento em que o venerável Sri Aurobindo falou-lhes do primeiro portal interdimensional de Luz azul.

Desde o início deste ano, vocês prepararam seu Templo Interior para acolher a Luz Cristo, na Unidade e em Verdade.

Hoje, isso está realizado, traduzindo, pela simples Presença no Éter planetário, o início de Seu retorno, como Sri Aurobindo, quando foi São João, anunciou.

Convém, portanto, não definir as ações do Cristo, mas, bem mais, o que ele representa, o que ele é e o que ele não é.

Acolher o Cristo e levar o Cristo apenas se pode realizar se a personalidade se apaga diante da Luz Vibral e deixa todo o lugar para esta Consciência especial, que hoje nós chamaríamos de Logos Solar ou a Consciência Cristo Miguel.

A Consciência de Cristo ou Miguel (ou Cristo-Miguel) está, portanto, no Éter.
Ela está também em seu próprio Templo Interior, se lugar ali há para seu acolhimento.

Certo número de sentidos comuns para nós, mas que demandam, ainda uma vez, para vocês, serem provados e experimentados em seu Coração.

Em primeiro lugar, Cristo não pertence a ninguém, a nenhuma organização.
Cristo veio difundir o sacrifício de Seu sangue, a fim de preparar a própria liberação de vocês da antiga lei, aquela estabelecida pelos Arcontes.

Um ser portou esta Vibração, conduziu-a a seu termo em sua incorporação e na mensagem que foi emitida há milhares de anos.

Hoje, no acolhimento do Cristo, em Verdade e em Unidade, é-lhes solicitado, como Ele mesmo lhes disse, tornarem-se Seus imitadores.
Tornarem-se os portadores da Luz Vibral autêntica do Amor e do Coração.

Para isso, é preciso que o que vocês chamam as palavras ou a personalidade sejam apagadas e transcendidas pela Luz Vibral.

Cristo não está nas orações, Cristo não está na repetição, Cristo não está nas estátuas.

Cristo é um estado de Ser e uma pessoa, uma pessoa que viveu, como você e como nós todos, num corpo humano, a um dado momento da História deste planeta.

Ele lhes pediu, em sua vida, para imitá-lo.
Ele lhes pediu também para tomarem Consciência, através de certo número de frases, das quais algumas não foram deformadas, para tomarem Consciência do que vocês eram.

Certo número de frases, repetidas e pronunciadas à vontade, traduziram, durante Sua missão, o que vocês tinham a realizar para andarem com Seus passos e, além disso, tornarem-se Sua própria Vibração, a fim de acolhê-lo e, efetivamente, porta-lo.

A realização das Núpcias Celestes, a realização da ativação da Merkabah interdimensional, precipitou, portanto, o retorno do Cristo, tal como ele partiu.

Ele voltará e ele voltou no Éter da Terra, inscrevendo-se assim em seu Templo Interior, se este o acolhe e o porta.

O princípio da lei de atração e ressonância (lei iniciada e instalada pelo Cristo, vindo, antecipadamente, por fim à lei de ação / reação para fazê-los penetrar diretamente na lei de ação de Graça ou lei de Unidade) foi preparado durante dois mil anos.

Hoje se realiza a promessa de seu retorno à Unidade e, como lhes foi dito e o foi (e é ainda hoje), Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida.
Isso não significa que ele tenha dado quitação a qualquer um em particular, seja a organização, de ser o depositário de suas palavras, porque toda a humanidade, em sua totalidade, indistintamente de qualquer religião, pode fazer suas essas palavras e se tornar o Cristo.

Não há obstáculos de qualquer crença numa ideologia, numa religião que possa se opor ao retorno da dimensão Cristo em sua vivência, em seu Coração e em sua vida.

Assim, hoje, a pressão da Ascensão é diretamente procedente da presença do Cristo no Éter, vai se traduzir, para vocês, por um apelo Interior, um apelo Interior para viver segundo a lei do Coração, a lei de Graça e a lei da Unidade.

Para isso, é preciso, efetivamente, realizar certo número de processos que vêm da personalidade e vêm bloquear ou congelar a instalação do cristo em vocês.

O Cristo não é uma crença, ele não é, tampouco, um elemento histórico, ele é bem mais do que isso.

Ele é a Consciência do Logos Solar, como nosso Comandante bem amado o exprimiu em sua vida.

Cristo é um estado, Cristo é um estado Vibratório Unificado, Cristo é um estado de Paz, um estado de serenidade e, sobretudo, um estado de completude Interior que não conhece qualquer falta.

É isso, a pressão da Ascensão que se realiza, hoje, pelo retorno do Cristo no Éter.

Guardem sua casa limpa, porque a hora chegou de acolhê-lo e de portá-lo.

Cristo é o Caminho, a Verdade e a Vida que os conduz à sua Dimensão de Eternidade, porque vocês não são desse mundo, mas sobre esse mundo, a fim de se elevarem para o que vocês são, bem além das armadilhas das quais vocês participaram.

O retorno do Cristo, assim nomeado por São João, com a espada de Verdade, não é uma espada que fere, mas uma espada que revela, que desvenda e que põe fim nas injustiças.

As injustiças de que falo não são as injustiças sociais ou políticas ou outras, mas a injustiça de seu confinamento na Ilusão, privando-os de sua Dimensão Eterna, ou seja, de sua multidimensionalidade.

Aceder ao Cristo é reencontrar sua multidimensionalidade, é penetrar o corpo de Existência, penetrar a Vibração de Existência, reencontrar o Sol, a conexão, reencontrar suas origens estelares, reencontrar sua Dimensão, reencontrar a Paz e, sobretudo, a Alegria Interior.


Porque Cristo é Paz e Alegria, e unicamente isso.

Jamais o Cristo quis, em nenhum momento de Sua jornada, criar o que quer que seja que fosse um novo confinamento ou um novo dogma no qual, no entanto, precipitaram-se os homens de poder a fim de fechá-lo num papel que Ele não tem.

Como os Arcanjos disseram e como nós dissemos, ninguém virá salvá-los do que quer que seja.
Apenas vocês é que podem se salvar a si mesmos para saírem da Ilusão.

Cristo é o Caminho, a Verdade e a Vida, que os conduz a experimentar a Vibração da Liberdade, para além de todo dogma, para além de toda religião e de toda crença.

Eu não voltarei nos princípios falsificados de algumas palavras e de algumas formas de confinamento que os priva de sua Liberdade.

Hoje, vários seres humanos estão ainda fechados nas crenças e nas ilusões, embalados pelas percepções que eu chamaria ainda astrais ou emocionais, privando-os do acesso ao Cristo verdadeiro.

O Cristo é Alegria, o Cristo não é sofrimento, o Cristo é Luz de Verdade.

Maria, co-redentora real no Céu e Criadora da Dimensão original, nada tem a ver com qualquer castigo ou qualquer punição.

Como Ele disse em sua vida, cada um viverá segundo sua fé, cada um viverá segundo sua Vibração.

Será que sua vibração é a Paz?
Será que sua vibração é Unificada?
Será que vocês estão no Coração?
Ou vocês estão em outro lugar?

O resto, todo o resto, sem exceção, são apenas projeções ligadas aos escritos, ligadas às falsificações, ligadas aos comprometimentos, estritamente nada tendo a ver com o espírito de humildade, de simplicidade e de Verdade do Cristo.

Cristo é, portanto, um princípio Vibratório inscrito em seu DNA desde a criação da humanidade, que jamais se revelou porque o momento não era chegado.

O princípio de Cristo-Miguel está operante em todos os universos falsificados quando há necessidade de restabelecer a Verdade.

Assim, portanto, a espada de Verdade é o restabelecimento da Verdade, da multidimensionalidade, da Unidade das criações e da não-separação dos planos.

O que foi separado, sobre esta Terra, não o foi pela ação das forças criadoras, nem pela ação do Cristo, mas, efetivamente, por uma vontade deliberada de se fecharem na Ilusão.

Guardem-se de qualquer personagem exterior, quem quer que seja, encarnado, que se chamaria Cristo ou que lhes pediria para vir, em seu nome e para o Cristo, a ele.
O Cristo está já no Interior de vocês.
A Fonte está já no Interior de vocês.
Vocês têm apenas que revelá-lo, que despertá-lo, que acordá-lo e manifestá-lo.

Todo o resto seria apenas uma Ilusão e uma projeção suplementar.

Assim, portanto, Cristo está em vocês.
Revelá-lo é, efetivamente, imitá-lo em Sua Vibração, em Seu Amor, em Sua Unidade e em Sua Manifestação.

Imitar o Cristo é Vibrar em uníssono de Sua frequência pela Coroa Radiante do Coração, pelo Fogo do Coração ou pelo Coração Sagrado, traduzindo-se pela Coroa Radiante do Coração e pela ignição, em vocês, da Tri-Unidade chamada nova Eucaristia.

Nova Eucaristia, não tendo mais necessidade de qualquer intermediário entre vocês e Ele, contrariamente ao que quiseram nos fazer crer os seres sedentos de poder sobre vocês e que, de fato, tinham apenas um objetivo, e um único: a escravidão da humanidade falsificando o que era o Cristo.

O Cristo sempre disse: «Jamais façam de minhas palavras uma religião».
Essas palavras realmente foram pronunciadas.

Assim, em minha vida, eu pude manifestar, exprimir e concretizar o Cristo nos milagres quotidianos que realizei em Seu nome, para Ele, sendo eu o menor.

Hoje, tornar-se pequeno quer dizer apagar-se diante da Majestade do Cristo, deixar a Ele todo o lugar na Vibração do Amor, na Vibração do Fogo do Coração.

O período que vocês vivem doravante, conduzindo-os, nas semanas que vêm, à mensagem do Arcanjo Miguel e de Maria, são momentos de intensa preparação e de vivência Vibratória de seu Cristo Interior, conectando-os à dimensão Cristo histórico.

Esta dimensão Cristo histórico deve ser perceptível em seu Ser Interior e não através de leituras, quaisquer que sejam.

Cristo é um estado, Cristo é uma Consciência.
Ele está hoje no Logos Solar, fusionado com o Arcanjo Miguel, revelado em vocês na nova Tri-Unidade.

Fazendo sua a Vibração Cristo, vocês portam Cristo, vocês se tornam como Ele, como Ele disse: «O que eu fiz, outros virão e o farão bem maiores ainda em meu nome e por minha Consciência».
É isso que vocês realizam hoje.

Cuidado, contudo, com as projeções de identificação que os fariam portar o que vocês não têm que portar (ou seja, um papel histórico), mas, bem mais, um papel de Luz, de Verdade e de Vibração.

Acolher o Cristo em Verdade e em Unidade é, efetivamente, e como ele disse, deixar o lugar para o Caminho, a Verdade e a Vida, a fim de fazer apenas Um, como Ele disse: «Eu e meu Pai somos Um, Eu e a Fonte somos Um.»

Ele havia, portanto, reunificado em Si a Tri-Unidade e Ele lhes pede hoje para realizar, devido à Sua Presença no Éter, a mesma ação e a mesma realização.

Esta realização é o que concorrerá para estabelecê-los, ainda mais, no que o Venerável Um Amigo chamou Shanti Nilaya, a Morada de Paz suprema.

Vocês estão bem além, nesse princípio, da noção de perdão inculcada por algumas religiões.
Vocês estão aqui num princípio de identificação Vibratória tornando-se pequenos.
Pequeno nesse mundo, vocês reencontram sua grandeza no Céu.

O retorno do Cristo, assim como Sri Aurobindo escreveu, assinala o retorno da Luz Vibral, em Majestade e em Glória.
Isso é agora.

Oh, é claro, vários seres humanos fixados e confinados nas escrituras, quaisquer que sejam, não reconhecerão jamais o princípio Crístico em vocês, como esse foi o caso de Sua primeira vinda.

Que importa, aquele que está em seu Coração, afirmado na Alegria e na Presença do Cristo, sabe ele vive a Verdade e não tem necessidade de qualquer confirmação exterior.

Viver a Unidade e encarnar, inteiramente, a Vibração e a dimensão Cristo-Miguel, liga a Is-Is ou Maria, Criadora deste Universo.

A revelação se acompanha de uma grande Alegria.
Ela se acompanha também de um estado de Paz que os coloca na Paz com vocês mesmos e o resto do mundo.

É claro, vários seres humanos, fechados nas ilusões e nas crenças, não quererão viver esta Paz.
Eles buscarão uma paz em outros lugares, nas escrituras e nos escritos mortos desde muito tempo, como esse foi o caso há dois mil anos, porque nada mudou sobre esta Terra.

Simplesmente, hoje, o retorno da Luz Vibral é total.



Nós os convidamos, portanto, a viverem, a partir de agora, pela Paz e pela Alegria, suas Núpcias Galácticas, o que eu chamaria suas Núpcias com o Cristo.


O casamento que vem é uma liberação.

Não haverá mais, jamais, confinamento para aqueles que desejam ser liberados e que vivem a Vibração da Liberação.

Vocês não poderão manter um e o outro.
Ou é o Cristo, ou o não-Cristo.

Cabe a vocês decidirem, não pelo mental, não pela análise, mas, bem mais, pela Vibração real de seu Coração.

O impulso da Ascensão e a pressão da Ascensão, em parte religados ao despertar da Merkabah interdimensional coletiva sobre a qual se apóia hoje o Cristo, vem despertar em vocês esta dimensão de Unidade.
É um estado Vibratório, é um estado de Consciência Unificada.

Cabe a vocês acolherem, cabe a vocês portá-la e cabe a vocês manifestá-la.

As palavras tornar-se-ão cada vez mais supérfluas, nesse mundo.
Aliás, as circunstâncias ligadas aos elementos farão com que, durante este período, certo número de coisas exteriores sejam limitadas, pela manifestação dos elementos, convidando-os a um acolhimento do Cristo, convidando-os a uma Interiorização e, portanto, a uma captação da dimensão do Cristo-Miguel, devolvendo-os à sua Liberdade e à Alegria de seu ser, liberados da influência desta Dimensão dissociada, da influência do sofrimento, ainda onipresente sobre esta Terra.

O sofrimento é unicamente o Fogo por atrito, procedente da personalidade, aquela que quer se apropriar e que não está na doação.

Vejam, sobre esta Terra, onde levaram os jogos das forças a que nós chamamos sombrias ou opostas ao Cristo, mesmo se estas se denominaram, de algum modo, religiões ou preceitos e princípios que queriam conduzi-los ao Cristo.

Ninguém pode conduzi-los ao Cristo além de você mesmo, na humildade, na simplicidade, no acolhimento e na Paz.
Porque o Cristo é Paz, definitivamente Paz.
Porque o Cristo é Alegria, definitivamente Alegria.

Seu verdadeiro nome não é Cristo, mas Ki-Ris-Ti, que significa Filho Ardente do Sol.
Aquele que reconectou Seu Sol Interior e o Sol exterior Vibra no Fogo do Amor, no Fogo do Céu, no Fogo da Verdade.

O Fogo da Verdade não pode se acomodar de modo algum com o Fogo Prometéico ou Fogo Luciferiano.

O Fogo do Céu vem queimar o que pertence ao Fogo Prometéico, ao Fogo da Ilusão, ou seja, à matriz falsificada, mental e emoções inclusas, propiciando um estado de estabilidade e de Alegria Interna, manifestada no exterior por sua irradiação, por seu abandono, por sua Existência.

As partículas Adamantinas, aglomerando-se cada vez mais sobre esta Terra, como em suas estruturas, permitem, pela ressonância, a manifestação do Cristo no Éter e, portanto, em seu Coração.

As partículas Adamantinas revelam, em vocês, seu pleno potencial de Unidade.
Isso pode apenas se realizar, inteiramente, na Paz e na Alegria.

Vocês devem, para isso, se tal é seu destino, abandonarem-se inteiramente à Luz e a Cristo.

Assim, Cristo-Miguel derramará, por sua cabeça e, sobretudo, por seu Coração, o Fogo do Céu ou a espada de Miguel, transfixando então seu Coração para conduzi-lo a viver a Unidade.

Alguns místicos (e eu mesmo, mesmo se eu não tenha tido frequentemente a oportunidade de falar disso em minha vida) foram transfixados pela espada de Miguel, a espada que abre o Coração.
É isso que vem a vocês, doravante.

É por isso que o Cristo disse que ele voltaria com a espada da Verdade.
A espada da Verdade é destinada a cortar o que é ilusório, efêmero.
Ela vem tocar seu Coração, abrasá-lo e acendê-lo, ativando em vocês, de maneira sincrônica e total, o Coração, a Coroa Radiante de seu Coração e a Tri-Unidade.

A espada de Miguel se derramará sobre a Terra pouco após sua intervenção de 17 de dezembro.

Se você mesmo, naquele momento, está na recepção e na Paz, o Fogo de Miguel, por sua espada, abrirá as portas do Cristo em vocês, inteiramente.

Aí está a mensagem que, como Melquisedeque da Terra, Ele me incumbiu hoje de emitir-lhes.

Estejam na Paz, estejam com Ele, nEle, a fim de que Ele esteja em vocês.

Cristo, Ki-Ris-Ti, é sua Dimensão.

Nesse sentido, vocês foram chamados Sementes de Estrelas, Ancoradores da Luz Vibral, manifestando a Graça, permitindo o retorno do Cristo.

Bem amados Irmãos e Irmãs em Cristo, se existe, com relação ao quadro de minha intervenção precisa de hoje e somente com relação a isso, questionamentos, então eu me tenho ainda à sua disposição.


Questão: o ponto Ki-Ris-Ti das doze Estrelas pode nos ajudar a viver esse processo?


Irmão, isso foi chamado o Caminho do Cristo.

Quando Uriel lhes disse que o Caminho do Cristo era a ativação das doze estrelas em uma sequência lógica, esse é o caminho do Cristo.

Obviamente, o coroamento, falsificado, como um coroamento de espinhos sanguinolentos sobre a fronte do Cristo, corresponde a esta Verdade inefável de seu próprio coroamento.

Esse coroamento não é um coroamento de espinhos, mas um coroamento de Luz.

Cabe a vocês vivê-lo.
Agora, o Espírito do Sol tendo sido liberado, é-lhes possível, eu os lembro, acolher a Luz Vibral Cristo em Unidade e em Verdade, cada manhã, voltando seu peito para o Sol.

A conexão à Merkabah interdimensional lhes é também possível a fim de religá-los ao Éter do Cristo, presente, ele também, nesta Merkabah interdimensional.

Lembrem-se também de que o mais importante é a humildade, a simplicidade, permitindo-lhes encontrar o Caminho, a Verdade e a Vida.

Questão: por que Cristo faz parte das Estrelas de Maria, entidades de energia feminina?

Irmã, porque Cristo, em Sua Vibração Cristo-Miguel, é portador da Vibração do Pai e da Mãe.

Ele é, portanto, como tal, Estrela, ao mesmo tempo polaridade que vocês chamariam masculina e feminina.
Ele é o Andrógino Primordial, reencontrando Sua Essência.

Ele é, portanto, parte integrante das doze Estrelas.

Questão: ser investido da energia Crística a partir de 17 de dezembro vai mudar o que?

O que há no sentido desta questão com relação à mudança?
A mudança que vocês vivem lhes foi anunciada por vários profetas.
Eu mesmo, eu disse e anunciei o que iria chegar.

Vocês estão nos tempos da realização da profecia, em sua totalidade.

Assim, portanto, somente o Coração, doravante, deve guiá-los.

Cristo os guiará também nas mudanças que ocorrem, agora e já, sobre este planeta.

No Cristo não há questionamentos.
Há presença, como lhes disse o Arcanjo Uriel.

Naquele momento, a reversão, ou seja, a passagem do efêmero para a Eternidade, pode se realizar.

Somente a personalidade pode ter medo do que quer que seja que se desenrole no plano visível para vocês.

O Cristo e o Coração Ardente não se importa com o que se desenrola no exterior porque, naquele momento, a porta da Eternidade está aberta e ela está no Coração e em nenhum outro lugar.

É nesse sentido que todos aqueles, entre os Irmãos e as Irmãs que recusarem abrir o Coração viverão coisas difíceis.

Essa não é a escolha da Luz, essa não é uma punição da Luz, mas uma incapacidade ou a não-vontade dos seres de juntar-se à Luz.

Questão: o que é daqueles que estão completamente na ignorância atualmente?

Irmã, de qual ignorância você fala?

A Consciência, a Vibração, a abertura da Consciência, por intermédio das Lareiras, vive-se, onde quer que vocês estejam sobre esse mundo.

Mesmo se você não estivesse, no sentido da personalidade, a par, a Vibração da Luz está aí, para todos.

Estar a par não quer dizer nada.

Há Vibração, ou não há Vibração.

A uma certa data, que resta a precisar, ninguém poderá dizer, sobre esta Terra, que não sabia.

E aí, eu não falo mais de Vibração, eu falo do que cai sob os sentidos.

Esse momento está doravante muito próximo.
Ele será apresentado após o que cai sob os sentidos, porque visível por todos, um tempo.

Esse tempo será o tempo final da Redenção.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Irmãos e Irmãs na humanidade e em Cristo, o que eu posso lhes desejar de melhor que a Paz do Cristo, em Unidade e em Verdade, pela Vibração do Fogo do Coração e do Amor.

Amem.
Sirvam.
Irradiem.
Portem a Luz Cristo, em Unidade e em Verdade.
O Conselho dos Melquisedeques lhes rende Graça.

Nós lhes dizemos até muito em breve.
Vão na Paz.

____________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

2 comentários:

  1. "A espada de Miguel se derramará sobre a Terra pouco após sua intervenção de 17 de dezembro.
    Se você mesmo, naquele momento, está na recepção e na Paz, o Fogo de Miguel, por sua espada, abrirá as portas do Cristo em vocês, inteiramente.
    Aí está a mensagem que, como Melquisedeque da Terra, Ele me incumbiu hoje de emitir-lhes."


    Querida célia, destaquei esta parte por achá-la muito importante... Estejamos em aquietamento e em oração no dia 17 de dezembro. Lembrando as palavras do Cristo: "Orai e vigiai..."

    ResponderExcluir
  2. As injustiças de que falo não são as injustiças sociais ou políticas ou outras, mas a injustiça de seu confinamento na Ilusão, privando-os de sua Dimensão Eterna, ou seja, de sua multidimensionalidade.

    Jamais o Cristo quis, em nenhum momento de Sua jornada, criar o que quer que seja que fosse um novo confinamento ou um novo dogma no qual, no entanto, precipitaram-se os homens de poder a fim de fechá-lo num papel que Ele não tem.

    Hoje, vários seres humanos estão ainda fechados nas crenças e nas ilusões, embalados pelas percepções que eu chamaria ainda astrais ou emocionais, privando-os do acesso ao Cristo verdadeiro.

    Acolher o Cristo em Verdade e em Unidade é, efetivamente, e como ele disse, deixar o lugar para o Caminho, a Verdade e a Vida, a fim de fazer apenas Um, como Ele disse: «Eu e meu Pai somos Um, Eu e a Fonte somos Um.»

    A revelação se acompanha de uma grande Alegria. Ela se acompanha também de um estado de Paz que os coloca na Paz com vocês mesmos e o resto do mundo. É claro, vários seres humanos, fechados nas ilusões e nas crenças, não quererão viver esta Paz. Eles buscarão uma paz em outros lugares, nas escrituras e nos escritos mortos desde muito tempo, como esse foi o caso há dois mil anos, porque nada mudou sobre esta Terra.

    ResponderExcluir