Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

18 de mai de 2013

CRISTO – 18 de maio de 2013



Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida.
Paz e Graça a vocês todos sobre esta Terra.

Amigos e Irmãos de Eternidade, eu Venho, e eu cumpro, ao mais perto de vocês e em vocês, o que deve sê-lo, como Caminho da Vida, como Caminho da Verdade e Verdade da Vida, para que, hoje, ninguém possa mais ignorar as palavras que foram pronunciadas, há mais de dois mil anos.

Minha palavra é Amor, meu Caminho é seu Caminho, minha Verdade é sua Verdade e minha Vida é sua Vida.
Filhos de Um, reunidos e unidos na Liberdade verdadeira, aquela que não sofre nem jugo, nem sofrimento, nem questão, eu venho estabelecer a minha Morada em seu Coração, para que sua Morada de Eternidade seja livre, e isso, de maneira definitiva.

O que vocês vivem em sua carne ou o que viverão em sua carne, na superfície desse mundo, é apenas o reflexo de sua Liberdade e de sua Eternidade.
Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida, que vem liberá-los, se tal é sua Verdade, se tal é sua Vida e se tal é seu Caminho.

O Tempo do Acolhimento, em meu Retorno em sua densidade, é o Tempo da Alegria e da animação.
Seu corpo aqui embaixo, efêmero e mortal, nada é, comparado ao seu Corpo de Eternidade, seu Corpo de Existência, o que vocês São, em Verdade.
Tudo isso, inúmeros de vocês já sabem, e já vivem.
Mas minhas palavras dirigem-se ao conjunto da humanidade, não mais, unicamente, em uma aproximação entre sua consciência limitada e o que vocês São, na Eternidade, mas na superfície desta Terra, para o conjunto de seus habitantes, para o conjunto de seres, em acordo ou não em acordo com o Caminho, a Verdade e a Vida.

Eu virei bater à sua Porta, de maneira cada vez mais tangível, para revelar e desvendar a Eternidade, a Promessa e o Juramento.
O conjunto do que representam a Luz e a Liberdade está à sua porta, e vem bater à Porta de seu Templo, abrindo-lhes a Porta para a Eternidade reencontrada.

A cada dia, nos tempos necessários aqui, em breve, nós cumpriremos, juntos, as Núpcias Terrestres, Casamentos do Céu e da Terra, Casamentos do Fogo: Fogo do Espírito, que leva à extinção do fogo vital e do ego, Fogo da Verdade, Fogo do Amor, Fogo da Beleza.
A cada dia, eu me aproximarei, gradualmente, de seu Templo.

Felizes os simples de Espírito.
Felizes aqueles nos quais a Esperança jamais se apagou.
Felizes aqueles cujo Coração está aberto.
Felizes aqueles cujo Coração Vê, em cada um, ninguém mais que não ele mesmo, aquele que, nesses Tempos, não julga, mas mantém-se correto, na Verdade, na Vida e no Caminho da Unidade.

Esses Tempos consumados respondem, perfeitamente, ao que eu havia transmitido ao Bem amado, há tempos imemoriais, e tão longos, em vocês.
É-lhes solicitado acolher e recolher, na Gratidão e na Paz, na Humildade e na Simplicidade.
Eu os Chamarei, a cada minuto, a cada sopro dessa carne, para fazê-los descobrir, se já não foi feito, o Sopro Eterno do Coração, o Sopro Eterno da Liberdade, o Sopro Eterno da Verdade e da Vida.

Nesses Tempos de Graça, minha Espada vem cortar o que deve sê-lo, para que mais nenhum jugo e nenhuma corrente possam entravar sua Esperança, sua Fé e seu Amor.
Ser-lhes-á feito, e é-lhes feito, muito exatamente, segundo seu Coração.

Nenhum conhecimento, nenhuma certeza desse mundo podem substituir, e não substituirá, jamais, a Verdade do Coração.
A verdade da razão nada é em face da Verdade do Coração.
O caminho do humano, nesse mundo, nada é em relação ao Caminho de seu Coração, e a Eternidade ali está inscrita.

Nenhum obstáculo pode manter nem frear o que quer que seja que venha opor-se à Verdade estabelecida: vocês são a Verdade, o Caminho e a Vida.
Vocês são o Amor que tomou carne; vocês são o Amor cuja carne libera o Amor Eterno, que abre, totalmente, as Portas de sua Presença, que permite ao seu Ser Supremo reencontrar sua Supremacia, sua Autonomia e sua Multidimensionalidade.

As divisões do mundo serão opostas à Unidade do Amor.
Nenhuma divisão pode frear a minha Vinda, tal como eu o havia Anunciado e tal como o Anjo URIEL lhes enunciou, há poucos dias.
Eu os convido, portanto, uma última vez, não a julgar-se, não a um arrependimento qualquer, mas eu os convido, simplesmente, a abrir, ainda mais, as Portas de nossa Morada, para que o medo, nunca mais, possa escurecer o Amor, a Luz e a Verdade.

Cada dia, durante as doze etapas das Núpcias Terrestres, eu avançarei para vocês, tanto quanto vocês avançarão para mim, no mesmo Coração Um, da Unidade reencontrada, na mesma Fraternidade, aquela do Céu e aquela dos Homens, para reencontrar a Humanidade verdadeira, aquela de sua Eternidade.

Retenham que a minha palavra é um Sabre que corta, que vem retirar o que os impede, justamente, de aceder à sua Eternidade.
Apenas aquele cujo medo prevalece sobre o Amor poderá, ainda, ali ver outra coisa que não o Caminho, a Verdade e a Vida.
Vocês São isso, eu venho lembrá-los disso, eu estou com vocês para a Eternidade, nos séculos e séculos, tanto sobre esse mundo como em outros Mundos.

Abram o Coração, nada mais pode ser útil.
Porque, nesses Tempos em que eu venho cortar o que deve sê-lo, apenas poderá florescer o Amor que germinou em vocês, que os conduzirá às suas Moradas de Eternidade respectivas, em toda Liberdade, em toda Autonomia, em toda Paz.

Eu venho convidá-los à Paz, eu venho convidá-los à Verdade, eu venho convidá-los à Beleza, aquela que vocês São, para além de toda corrente, para além de toda vida limitada nesse mundo.
Assim, meu Coração é um Fogo ardente que vem, pelo Espírito, incendiar o que não merece permanecer, na iniquidade, para cortar o que deve sê-lo, de maneira definitiva.

Eu os convido ao Fervor, o Fervor do Espírito, o Fervor do Amor, para viverem, em si mesmos, seu Caminho, sua Verdade e sua Vida.

A cada dia, durante doze dias, eu estarei com vocês, a partir do instante em que vocês me chamem.
A partir do instante em que nós Comunguemos, juntos, eu me revelarei ao seu Coração, antes de tudo e, também, em minha Presença em seu Coração, ao seu lado, estendendo-lhes a mão, para fazer o que deve sê-lo, para Ser o que deve ser feito, ou seja, viver o Fogo do Espírito, o Batismo do Espírito, na Totalidade.

O Apelo é, é claro, diferente para cada um de vocês, meus estigmas são inumeráveis nisso.
Vocês se reencontrarão, uns e outros, em suas palavras dadas, em seus olhares portados, em seus atos realizados no Coração, e ninguém poderá enganar-se, nem enganar quem quer que seja e, ainda menos, enganar a si mesmo.
Os tempos da trapaça terminam, é tempo de ter-se em pé, na Humildade e na Retidão, na Humildade e no Amor.

Eu sou a garantia de sua Liberdade, eu sou a garantia de sua Eternidade, mas apenas vocês é que podem aquiescer ao teor e à Essencialidade.
Assim, eu pararei aí, esta noite, minhas palavras, porque a minha Presença substituirá todas as palavras, em cada um de vocês.
Pelo que lhes será dado a viver, nessa carne como nesse corpo e em todos os corpos que pertencem a esse mundo, será a ação de minha Presença e o Selo de minha Presença.

Assim, portanto, eu lhes repito, estejam na Paz, não tenham medo algum, porque os tempos da Esperança, os tempos da expectativa estão consumados.
Vocês estão à Porta de sua Morada de Eternidade.
Cabe apenas a vocês verificar isso, a cada dia um pouco mais, para cumprir o que a FONTE já lhes havia dado, para consumar o que está consumado, já, como vocês o constatarão, de toda a Eternidade.

O tempo da ilusão e do sonho termina, o Tempo da Liberdade e da Eternidade abre-se diante de seu Coração.
Graças à nossa União e à nossa reunião, vocês serão não, unicamente, os Filhos da Luz e da Eternidade, não, unicamente, os Filhos do Um, mas viverão a Unidade e viverão a Presença.
E vocês retornarão às suas Moradas de Eternidade, na Gratidão, na Alegria e no júbilo.

O Tempo chegou, não há, portanto, data a antecipar ou a prospectar.
Há, e vocês o constatarão a cada dia, simplesmente, que entrar nessa Felicidade, nesse Fogo de Amor devorador, que é sua Herança, sua Promessa, sua Origem e sua Finalidade.

Eu sou CRISTO, o Caminho, a Verdade e a Vida, que realiza a Nova Eucaristia em seu mundo, nomeada o Retorno.
Então, estejam na Paz, estejam na Graça, eu os abençôo e eu os Amo, porque nós somos Amor, de toda a Eternidade.
Que a minha Bênção e o Fogo da Verdade depositem-se, nesse instante, criando, em vocês, essa Chama eterna na qual nenhum medo possa subsistir.
Eu os abençôo e eu rendo Graças ao seu Acolhimento, e eu rendo Graças à nossa Dança celeste, mesmo nesta Terra, nessa Ascensão tão aguardada, tão esperada e tão temida, para alguns de vocês.

Tudo está em vocês.
Nada pode subsistir do que não está em vocês.
Nada pode subsistir do que foi chamado ilusão e efêmero.

Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida, aquela que flui em sua alma e em seu Espírito.
_____________
Transmitido por: O coletivo dos filhos da Lei UM


Um comentário:

  1. O que vocês vivem em sua carne ou o que viverão em sua carne, na superfície desse mundo, é apenas o reflexo de sua Liberdade e de sua Eternidade.

    Esses Tempos consumados respondem, perfeitamente, ao que eu havia transmitido ao Bem amado, há tempos imemoriais, e tão longos, em vocês.

    Os tempos da trapaça terminam, é tempo de ter-se em pé, na Humildade e na Retidão, na Humildade e no Amor.

    O tempo da ilusão e do sonho termina, o Tempo da Liberdade e da Eternidade abre-se diante de seu Coração.

    Nada pode subsistir do que foi chamado ilusão e efêmero.

    ResponderExcluir