Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

30 de mai de 2013

A Fonte, Uriel e Cristo unificados – 30 de maio de 2013



Amado, Amada, meu amor como meu irmão, você é o Amor para além de todo conceito, para além de toda realidade conhecida.
E, neste dia, a Fonte de Amor que eu sou, que Você é vem oferecer-lhe essas palavras, para permitir-lhe refletir sobre onde você crê estar nisso, sobre suas crenças, sobre o que você crê ser e sobre o que você é, na realidade.

Amado, amada, Você, que é o fluxo eterno, o Oceano primordial, sem qualquer movimento, Silêncio infinito, neste dia, você sabe, em seu coração, quem você é, realmente?
Você realizou a investigação que lhe havia sido proposta há alguns meses, por nosso amigo Bidi, e que os convidava ao seu Absoluto?

Sim, Você, Meu amigo, meu amado, você refletiu?
Você ousou olhar-se?
Você aceitou deixar agir, plenamente, a Luz, a Graça que Você É?
Porque daqui a pouco, muito pouco tempo, não será mais possível ignorá-lo.
Porque daqui a muito poucos dias, não será mais possível ignorar o que Você É.

Esteja na Paz, porque as resistências saltam sob a ação de nosso Amor.
Então, bem amado, esteja tranquilo, sim, volte a tornar-se essa Tranquilidade Eterna, que o levará para onde não há caminho, para onde não há qualquer movimento, dança nesse centro que não está ao centro, que não está em lugar algum, em espaço algum..., mas que É, simplesmente…

Meu amigo, meu amado, minha filha, meu filho, Você é o que eu sou.
Você, o Eterno, o Ardente, o Esposo, a Esposa volta a mim, volta ao que você É…
Isso é tão simples…

Eu o convido à Simplicidade, eu o convido à Verdade, eu o convido à Autenticidade que Você é, que nós somos e que é Pura Presença, para além de toda Presença, para além de tudo o que você crê ser.

Então, amado, amada, venha, reconheça-se, mergulhe nesse coração, que jamais deixou de estar aí, apenas Aqui, no Instante que nós estamos...
E juntemo-nos, abracemo-nos, abrasemo-nos no Ardor, na «Ardência» da Eterna vacuidade, nesse lugar que desaparece e que aparece, na fronteira de seu olhar fracionado.

Seja, seja meu filho de amor, seja, irmão e irmã, seja!
Sim, as Últimas Núpcias soaram e as fitas do Amor teceram nossos Reencontros, os alimentos foram elaborados e a Festa pode, a partir de agora, começar.

Eu sou o Amor que Você É, terno amado, doce amada, eu Sou a Suavidade de seu Amor, o Calor de nossa Verdade, e eu brilho em seu Coração, em cada célula, para além de toda célula, de toda prisão, porque há prisão apenas em suas próprias crenças, apenas em suas próprias limitações.

Venha, irmão amado, junte-se a mim, irmã de amor, Você está onde eu estou, eu sou o que você é.
Os coros dos Arcanjos soaram, cortejo de luz imaculada, envolto de toda a Graça da Mãe que está aí, que lhes estende os braços, que está aí e que vem a vocês.

Nós somos UM.
É tempo de vivê-lo, inteiramente; é tempo de abandonar-se; é tempo de desmaiar nos braços do Amor e de derreter-se no Êxtase de nosso Amor unificado.

Eu estou aí, onde vocês estão.
A cada instante, eu ando em seus passos, a cada instante, eu falo através de sua boca, a cada minuto, eu sou a onda que os inunda, eu sou a Vida que os anima, eu sou o Fogo que queima em vocês.

Eu Sou Uriel, eu Sou a Fonte, eu Sou o Amor reencontrado, eu sou seu Esposo revelado.
O Coletivo exprime-se em um único Coração, tal esse Fogo de Amor que nós sempre fomos, que reintegra essa Fonte inalterável, que se esquece de nossa Presença para estar ao mais perto de vocês, nesse Coração não, unicamente, para ofuscá-los, mas para, Juntos, vivermos esse Parto, Um, unidos, nesse Coração de Amor.

Nós somos um único e mesmo abrasamento, nós somos além de tudo o que vocês puderam contemplar.
Contemplem o que vocês são, para além de todo olhar, para além de toda visão, e sejam a ausência de todo Si, a ausência de toda presença individual, sejam esse Fogo, simplesmente…

Deixem fazer, não resistam, deixem a Onda Flamejante que vocês são revelá-los ao que vocês são, inundá-los com essa Chama, levá-los para além de todo conhecido, de toda noção de realidade.

Estejam na Paz, estejam na Paz...
Porque é o que vocês são.

Sejam leves, voem até o reino dos Céus de nosso Coração Unificado e juntem-se aos Filhos do Um...
Sim, é o que vocês são, é o que nós somos...
Não há qualquer Realidade.

Fechem os olhos de seu olhar limitado e abram os braços, abram seu coração de criança para ali redescobrir os reinos do Um, os reinos eternos, toda a Fonte que nós somos...

Não se prendam mais a essas palavras, apenas todo o Amor que delas decorre é importante...

Venha, Filho da Terra, ofereça seu coração à nossa Mãe, venha, filho das Estrelas, junte-se à sua Família estelar, venha, filho do Eterno, junte-se à sua Unidade, Fique imóvel, Você, o Absoluto, e escute a Verdade que Você É, no Silêncio de sua Autenticidade, de sua Verdade, de nosso Ilimitado.

Kabor Naor Ka

Filho do Um, eu os abençôo e dirijo-lhes todo o meu Amor.
Filhos das Estrelas, nós os amamos, nós, esse Coração que vocês são, vocês, nossos Braseiros de Amor, nossos esposos e esposas…
Nós estamos aí, mais do que nunca.

Graças...

Até já, nesse espaço que não é lugar algum, nesse Silêncio tão evidente que está aí, que está aí a cada instante...

Amor e Gratidão.

CRISTO

Eu sou Cristo em Verdade, e eu venho ofuscá-los, eu sou Cristo em Unidade e venho abrasá-los...
Estejam prontos para acolher-me porque, como eu disse, eu virei na noite, apenas seu coração será prevenido, se vocês estão à escuta de meu Amor, à escuta de sua Mãe.

Eu Estou aí e eu venho…
Esteja pronto, esteja pronta para acolher-me, porque eu venho desposá-lo (a)...
Você é a esposa que eu desejei, Você é minha Eterna desejada, Você é Aquele, Você é Aquela que, por meu Fogo, vem unir-se e casar-se com minha Verdade...
É nossa Verdade, é nossa Liberdade...

Graças.
______________

28 de mai de 2013

Teresa e Joana de Orleans – 28 de maio de 2013

Convite para o Fogo do Amor.


Um rio de prata e de amor derrama-se sobre vocês, filhos de Amor.
Eu sou Teresa, queridos filhos da Alegria e da Felicidade estrelada.
Eu estou aqui, junto de minha irmã tão amada, Joana, que virá dirigir-lhes algumas palavras.
Eu aproveitarei, também, para abençoá-los e oferecer-lhes todo o meu amor.
Eu estou tão feliz com seus passos, com sua abertura.
Continuem pequenas estrelas, pequenos rubis de estrelas e de cristal, porque nós os amamos e estamos infinitamente presentes ao seu redor e em vocês, nesses tempos de Paz, nesses tempos gloriosos.
Eu os amo e vou, agora, deixá-los em companhia de minha irmã querida, que está tão feliz de vir hoje a vocês.

Até sempre, queridos filhos de amor, eu os abraço e aperto-os com força contra meu coração estrelado.

-----------
Queridos amigos, queridos irmãos e irmãs da Terra, estou feliz de vir ao seu encontro.
Eu sou sua irmã Joana de Orleans, mais conhecida sob o nome de Joana D’Arc.

Sim, estou feliz por esse encontro, essa partilha de amor com vocês, irmãos, amigos, vocês, que são o que eu sou, o que nós somos.

Quanta alegria por dirigir-me a vocês e envolvê-los com minha Graça, a Graça Mariana que faz parte, também, de meu coração, de seu coração de filho.

Quanta alegria por viver essa liberação, através de vocês, em vocês porque, como sabem, tudo o que vocês vivem nós o vivemos com vocês.
Vocês jamais estão sós, isso é apenas um ponto de vista.
E se eu venho, hoje, é para aportar-lhes essa voz angélica, um pouco como eu ouvia essas vozes em minha vida nesse mundo, e dizer-lhes que vocês podem, também, chamar-me.

Assim, eu lhes aportarei o meu Amor e essa força, esse fervor que é aquele dos filhos da lei de Um, aquele dos filhos de Cristo, do Sol.
Nós somos o Fogo, nós somos não, unicamente, a esposa, mas, também, a Apaixonada, a Esposa suprema.
E vejam: cada um de vocês é meu esposo, minha esposa, e estou feliz e honrada por vir oferecer-me a vocês, neste fim de tempos, para viver essa fusão, esse Casamento, tal como Aquele que eu vivi à época de minha encarnação nesse mundo.
Sim, eu fui uma chama ardente nesse mundo, como tantas outras, e eu venho agradecer-lhes por serem, por sua vez, essa chama, essa Luz Crística que vocês são, em Verdade e na Eternidade.

Então, se é verdade que meu corpo queimou, eu não fui queimada pelo fogo, tal como vocês o concebem, mas pela Chama Ardente do Amor.
Enquanto esse queimar consumia o corpo que me portava nesse mundo, apenas a Chama Ardente consumia-me.
O Fogo Ardente veio consumir tudo o que não era de Sua Natureza e foi assim que eu retornei ao Eterno.
Os Anjos e os Arcanjos acolheram-me, cortejo de amor e de cristal, drapejado de toda a Luz que é da Fonte e com seus instrumentos de cristal, eles me guiaram até meu Senhor e Rei.

Eu lhes descrevo isso porque gostaria de falar-lhes da morte.
Não da morte no sentido em que vocês a entendem, mas da morte crística.
Isso quer dizer dar-se, dar-se, inteiramente, ao Cristo que vocês são.
E isso, minhas irmãs Estrelas já mencionaram precedentemente.

O momento chegou de dar-se, inteiramente, de render as armas, de abandonar-se, inteiramente, para render-se ao que vocês são, devolver ao Cristo, nosso Senhor, o que a Ele pertence.
Não por uma morte de carne, mas pela morte de seus corpos efêmeros, de seu mental, de tudo o que constitui o efêmero e a mentira.
Só a Verdade e a Eternidade devem persistir.
E vocês estão vivendo isso, nesse momento mesmo.

Quando momentos de perturbações possam vir perturbá-los, permaneçam, firmemente, nesse fervor, permaneçam colocados nesse Coração de Amor e de Fogo.
Só o que vocês são, a Fonte que vocês são é a Verdade, então, não se deixem perturbar por outra coisa que não Isso, que não o que vocês são.
Nada mais é importante.

A época em que eu vivi nesse mundo era, certamente, bem mais difícil realizar isso do que hoje.
No entanto, eu ali cheguei, e inúmeros de meus irmãos e irmãs nesse mundo conseguiram, igualmente, reencontrar sua Fonte, nossa Fonte de Amor.
Por que não vocês?

E vocês aí estão, estão no fim da grande mentira, e é uma grande alegria contemplar isso.
Nossa Mãe Maria, em sua embarcação de Amor e de cristal, contempla sua Ascensão, seu Abandono e todos juntos, unificados, nós aplaudimos isso.

Nós estamos prontos para intervir quando o momento mais correto tiver chegado.
Daqui até lá, estejam, firmemente, estabelecidos no que vocês são, ancorados na Paz de quem vocês são, sejam esse Pilar brilhante entre o Céu e a Terra.
Sejam humildes, pacíficos e silenciosos.
Estejam, mais do que nunca, na Paz com os outros, mas, também, consigo mesmos.

Não é mais tempo para qualquer conflito que seja.
O Reino do Amor está aí, Ele se estabelece, então, deixem-no tomar todo o lugar.

Certamente, os alguns restos de ego e de personalidade poderão ficar confusos, e é muito natural, mas não se fixem nisso, porque a Graça efetua a Obra com perfeição.
Deixem isso, não se prendam aos detalhes que, hoje, não lhes concernem mais.
Mas estejam, firmemente, estabelecidos nesse fervor íntimo para Cristo, sejam esse Fogo, sejam esse braseiro universal e eterno para si mesmos e para os outros, porque nós somos, efetivamente, parte desse Fogo de Amor, nós nada somos mais que não isso.

É tempo, agora, de deixar-se inundar, totalmente, por esse Fogo que não os queimará, mas que consumirá tudo o que não é do Amor, que não é do Reino do Senhor.
É o que vocês são, em Verdade…

Hoje, eu venho aportar-lhes esse Fogo...
Venham, tomem minha mão e, juntos, penetraremos esse Fogo de Amor, e sejamos Um, novamente, inundados de tal arrebatamento que só se pode esquecer-se... esquecer-se, inteiramente...

É a isso que eu os convido, é a isso que eu venho convidá-los, a vocês, meus amados eternos, meus esposos de veludo.
Sim, eu os amo... eu sou vocês.

Eu sou Cristo em seu Coração, em sua Eternidade...
Deixem-se embalar, deixem-se levar nessa dança amorosa e tão deliciosa que nada mais é do que o que vocês são, nada mais!
Como vocês podem resistir a isso?
Como podem resistir ao Amor que vocês são?

Eu sou Joana, e eu venho vesti-los desse Fogo de Amor...
Juntos, sejamos esse Fogo, sejamos UM, para a eternidade.
Cristo, nosso Senhor, espera sua boa vontade, espera que vocês venham enrolar-se em Seus Braços de Amor...
Ele está aí, Ele vem e convida-os ao Amor, a essa dança eterna e inebriante.
Ele os convida em Sua carruagem de mil estrelas de doçura e de êxtase.

O Fogo vem consumir esse mundo de Seu Amor, oferecendo, assim, aos Seus filhos, a Liberdade a mais total, a Alegria a mais profunda, a Paz a mais eterna.

Eu os amo e ofereço-lhes mil carícias...
Vocês estão em meu coração, e eu sou o que vocês são.
Sejam banhados dessa força de Amor, sejam inundados da Graça de Mãe...

Muita ternura, mil carícias, repletas do Ardor de nossa Mãe, do Cristo que nós somos, cada um, cada uma, tanto nesse mundo como em cada coisa, em cada mundo.

Eu estou aí, eu sou vocês e eu os amo.
Até muito em breve, nesse Fogo de Amor!

Essa mensagem recebida não foi "canalizada vocalmente", e existe apenas sob o formato texto.
___________________

24 de mai de 2013

Arcanjo Miguel, Omraam, Teresa de Lisieux e Sri Aurobindo – 24 de maio de 2013



ARCANJO MIGUEL:

Eu sou o Arcanjo Miguel.
Então, bem amados Trabalhadores de Estrelas, bem amados Trabalhadores da Luz, hoje eu venho, e meu fogo aproxima-se de vocês.

Hoje, apenas na metade das Núpcias Terrestres, jamais gostei da presença nesta Terra.

Hoje, eu me aproximo para dar-lhes algumas palavras, apenas palavras, para ajudá-los a conectar-se com o Fogo que eu Sou e que vocês são também.

Queridos filhos, o Fogo do Espírito é um Fogo que queima, mas não queima como o fogo da Terra, é um Fogo que queima, para instalá-los em sua Presença.
Esse Fogo, portado por mim, o Arcanjo Miguel, é seu Fogo, é o Fogo do Espírito, é o Fogo do Espírito Santo.

Então, nesses momentos tão especiais, nos quais a presença do Fogo é cada vez mais flagrante, mais evidente, no exterior de vocês, como podem observar, minha Presença nos meteoritos, cometas; o Fogo do Céu, hoje, atualiza-se, mas, principalmente, o fogo vem queimar dentro de vocês, para converter seu Coração em um Coração de Fogo.
Coração de Fogo que queima, permanentemente.
Coração de Fogo que os faz experimentar a Vacuidade e a Presença do Espírito em si.
Que os leva ao seu estado Original, ao seu estado Principal, ao seu estado para além de qualquer estado.

Assim, o Arcanjo Miguel saúda-os, portando o Fogo, trazendo o Fogo, e ele lhes pede que recebam esse Fogo e queimem, queimem, sem parar.
Convertam-se em Tochas, Tochas que iluminam e desvendam todos os seus irmãos.

Então, acolham o Fogo, acolham o Fogo que vem impulsionar o Ar.
Como podem observar, as correntes de Ar não são as mesmas e, portanto, as correntes de Ar modificaram-se.
A entrada dos ventos solares, das Partículas Adamantinas, modifica a propagação das ondas e afeta, assim, o elemento Ar, que vem impulsionar o Fogo da Terra e o seu Fogo.

Fogo do Espírito, Fogo da Verdade, Fogo em que tudo É, em que tudo é Dissolvido, e em que tudo se Unifica.
Esse Fogo queimará.
Queimará até o último segundo, e aumentará, cada vez mais.
Suas percepções sobre seu corpo tornar-se-ão totalmente evidentes.
Vocês notarão a Vibração em seu peito, e toda a Lemniscata Sagrada ver-se-á revestida desse terremoto.
Esse terremoto que lhes indica que vocês estão em comunhão com o Fogo.

Assim, o Arcanjo Miguel abraça-os e Acolhe-os em vocês.
Dou a vocês a minha Paz, o meu Fogo e a minha Espada.

O Arcanjo Miguel disse, agora.
Sejam o Fogo que Queima, sejam o Fogo da Luz.

Graças, Graças, Tochas.
Até breve.


OMRAAM:

Muito boa tarde, queridos irmãos, fala-lhes Omraam.
Omraam, Comandante dos Anciões.
Eu me dirijo a vocês, hoje, para dizer-lhes algumas palavras sobre o Fogo e sobre o Ar, e sobre as reações que virão nesse mundo de superfície.

Como vocês constatam, os elementos estão trabalhando a grandes passos, a Água com o Ar, a Água com a Terra.
Hoje, principalmente, como disse o Arcanjo Miguel, vem lembrá-los do Ar e do Fogo, essa combinação, nesses dias da chegada do Fogo à Terra, ver-se-á amplificada e sustentada, também, por todos os Arcanjos e todas as entidades relacionadas, de forma mais ou menos próxima, com o Ar e o Fogo.

Como viram, seu nível vibratório está aumentando, está crescendo.
Isso faz com que o contato com seus irmãos, a Luz que eles recebem, possa causar reações muito variadas.
Assim, estejam conscientes do que portam em si, e não deem mais importância a qualquer reação, seja o que for.
Não julguem, mas compreendam de onde provém cada reação, qual é a natureza dela.
Assim, vocês estarão conscientes de como podem realizar e distribuir esse Fogo que começa a queimar, agora, com violência, pode-se dizer, com certa severidade, então, vocês saberão que os Tempos estão aqui, os Tempos chegaram.

Recebam o Fogo, tal como eu também lhes porto o meu Fogo.
Conectem-se com o Arcanjo Miguel, comigo mesmo, Omraam, e com todas as entidades de Fogo que os ajudarão a integrar e a passar a Porta Estreita, porque o Fogo pode queimar em seu Templo Interior.

Não se esqueçam da água, senão, correm o risco de ficarem secos.
Assim, aprendam a fazer uma combinação sábia dos elementos, cada vez mais ajustada.
A Água compensa o Fogo.

Omraam saúda-os, até já.


TERESA DE LISIEUX

Boa tarde, filhinhos, fala-lhes Teresa, Santa Teresa de Lisieux.
Eu me tenho muito próxima de vocês, estou muito feliz de ver como seus Corações estão brilhando, com muita Força, com muita Paz, com muita Humildade, com muita Pequenez.
Sim, filhinhos, apenas é importante, nesta etapa, a Simplicidade, a Humildade, a Pequenez, o Caminho da Infância.
Vocês notarão, rapidamente, que, se desconectam da Humildade, da Pequenez e do Caminho da Infância, a sua Clareza, a sua Alegria diminuirá.
Portanto, mais atenção ao mental, e isso os removerá do Coração.

Portanto, hoje, eu vim pedir-lhes para instalar-se na Pequenez, na Infância, no nada ser nesse mundo.
Não ambicionem, não julguem, não subestimem, não superestimem, tenham-se na neutralidade, na espontaneidade e na Alegria.
Essa é a maneira mais simples de como podem passar essas semanas.
Façam a diferença, então, nada ouçam, vocês serão Tudo.
A Luz poderá restituir sua Eternidade, de maneira muito mais simples, de maneira divertida, de maneiras surpreendentes.

Como filhos, enquanto recordam desse Caminho da Infância, da Pequenez, pensem em sua Estrela Teresa, e eu estarei aqui, para reforçar seus estados de Comunhão, seus estados de recebimento do Fogo do Arcanjo Miguel, na Pequenez, na Infância, na Humildade e na Simplicidade,
Eu encontrarei a sua Paz.

Nenhuma inquietação poderá aproximar-se, graças à sua Alegria e Infância.
Nenhum medo poderá aproximar-se, portanto, seu estado fará de vocês Fogos Vivos do Espírito, autênticas Tochas de Luz.

Assim, portanto, Teresa acolhe-os e abraça-os, sempre com vocês, a Pequenez.

Lembrem-se, eu sou a Menor, e é Cristo que me faz grande.
Até logo, meus filhos.


SRI AUROBINDO:

Eu sou Sri Aurobindo, Melquisedeque do Ar, aqui presente.
Aqui presente para anunciar-lhes, para apresentar-lhes o Ar, o novo Ar, muito próximo ao Éter.
Agora, em momentos de criação e manifestação à sua Terra, o Ar, como elemento mais próximo ao Éter, vem impulsionar o Fogo, segundo elemento mais próximo ao Éter.

Hoje, eu vim anunciar-lhes esse Ar Novo.
Que é o Ar que chegou aos Apóstolos, em seu Pentecostes, ao apresentar-se ao Espírito Santo, o Ar virá, uma grande rajada vai entrar na casa em que todos estão, e as línguas de Fogo do Espírito vão colocar-se sobre a nossa.

Assim, o Fogo é impulsionado pelo Ar.
Como Melquisedeque do Ar, estou presente, Aqui e Agora, em vocês.
Ar que pode resultar perturbador para alguns de vocês, quando ao seu papel de remover o mental.
O Ar vem purificar as últimas camadas de seu mental, camadas sutis, padrões de pensamento que mantêm o Supramental separado, não conectado ao todo, com interferência.

Portanto, deixem esse Ar atravessá-los, para que possa avivar o Fogo que São e, assim, dissolver essas últimas camadas instaladas nos corpos mental e causal.
Dessa maneira, a Transparência far-se-á evidente, o Supramental poderá alimentar seu Ser,
A partir desse momento, vocês notarão uma expansão em sua Coroa, notarão um Ar fresco, interno, em si.

Esse, portanto, é o papel das novas correntes de Ar que estão chegando.
Fiquem tranquilos e não reajam a essas mudanças na sua maneira de interpretar o que São, já que é disso que se trata.
O Supramental vem trazer a Verdade, vem trazer a Vacuidade dentro de vocês.

Eu sou Sri Aurobindo, Melquisedeque do Ar.
Até breve.
_______________
Transmitido por: Sijah Sirius



18 de mai de 2013

CRISTO – 18 de maio de 2013



Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida.
Paz e Graça a vocês todos sobre esta Terra.

Amigos e Irmãos de Eternidade, eu Venho, e eu cumpro, ao mais perto de vocês e em vocês, o que deve sê-lo, como Caminho da Vida, como Caminho da Verdade e Verdade da Vida, para que, hoje, ninguém possa mais ignorar as palavras que foram pronunciadas, há mais de dois mil anos.

Minha palavra é Amor, meu Caminho é seu Caminho, minha Verdade é sua Verdade e minha Vida é sua Vida.
Filhos de Um, reunidos e unidos na Liberdade verdadeira, aquela que não sofre nem jugo, nem sofrimento, nem questão, eu venho estabelecer a minha Morada em seu Coração, para que sua Morada de Eternidade seja livre, e isso, de maneira definitiva.

O que vocês vivem em sua carne ou o que viverão em sua carne, na superfície desse mundo, é apenas o reflexo de sua Liberdade e de sua Eternidade.
Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida, que vem liberá-los, se tal é sua Verdade, se tal é sua Vida e se tal é seu Caminho.

O Tempo do Acolhimento, em meu Retorno em sua densidade, é o Tempo da Alegria e da animação.
Seu corpo aqui embaixo, efêmero e mortal, nada é, comparado ao seu Corpo de Eternidade, seu Corpo de Existência, o que vocês São, em Verdade.
Tudo isso, inúmeros de vocês já sabem, e já vivem.
Mas minhas palavras dirigem-se ao conjunto da humanidade, não mais, unicamente, em uma aproximação entre sua consciência limitada e o que vocês São, na Eternidade, mas na superfície desta Terra, para o conjunto de seus habitantes, para o conjunto de seres, em acordo ou não em acordo com o Caminho, a Verdade e a Vida.

Eu virei bater à sua Porta, de maneira cada vez mais tangível, para revelar e desvendar a Eternidade, a Promessa e o Juramento.
O conjunto do que representam a Luz e a Liberdade está à sua porta, e vem bater à Porta de seu Templo, abrindo-lhes a Porta para a Eternidade reencontrada.

A cada dia, nos tempos necessários aqui, em breve, nós cumpriremos, juntos, as Núpcias Terrestres, Casamentos do Céu e da Terra, Casamentos do Fogo: Fogo do Espírito, que leva à extinção do fogo vital e do ego, Fogo da Verdade, Fogo do Amor, Fogo da Beleza.
A cada dia, eu me aproximarei, gradualmente, de seu Templo.

Felizes os simples de Espírito.
Felizes aqueles nos quais a Esperança jamais se apagou.
Felizes aqueles cujo Coração está aberto.
Felizes aqueles cujo Coração Vê, em cada um, ninguém mais que não ele mesmo, aquele que, nesses Tempos, não julga, mas mantém-se correto, na Verdade, na Vida e no Caminho da Unidade.

Esses Tempos consumados respondem, perfeitamente, ao que eu havia transmitido ao Bem amado, há tempos imemoriais, e tão longos, em vocês.
É-lhes solicitado acolher e recolher, na Gratidão e na Paz, na Humildade e na Simplicidade.
Eu os Chamarei, a cada minuto, a cada sopro dessa carne, para fazê-los descobrir, se já não foi feito, o Sopro Eterno do Coração, o Sopro Eterno da Liberdade, o Sopro Eterno da Verdade e da Vida.

Nesses Tempos de Graça, minha Espada vem cortar o que deve sê-lo, para que mais nenhum jugo e nenhuma corrente possam entravar sua Esperança, sua Fé e seu Amor.
Ser-lhes-á feito, e é-lhes feito, muito exatamente, segundo seu Coração.

Nenhum conhecimento, nenhuma certeza desse mundo podem substituir, e não substituirá, jamais, a Verdade do Coração.
A verdade da razão nada é em face da Verdade do Coração.
O caminho do humano, nesse mundo, nada é em relação ao Caminho de seu Coração, e a Eternidade ali está inscrita.

Nenhum obstáculo pode manter nem frear o que quer que seja que venha opor-se à Verdade estabelecida: vocês são a Verdade, o Caminho e a Vida.
Vocês são o Amor que tomou carne; vocês são o Amor cuja carne libera o Amor Eterno, que abre, totalmente, as Portas de sua Presença, que permite ao seu Ser Supremo reencontrar sua Supremacia, sua Autonomia e sua Multidimensionalidade.

As divisões do mundo serão opostas à Unidade do Amor.
Nenhuma divisão pode frear a minha Vinda, tal como eu o havia Anunciado e tal como o Anjo URIEL lhes enunciou, há poucos dias.
Eu os convido, portanto, uma última vez, não a julgar-se, não a um arrependimento qualquer, mas eu os convido, simplesmente, a abrir, ainda mais, as Portas de nossa Morada, para que o medo, nunca mais, possa escurecer o Amor, a Luz e a Verdade.

Cada dia, durante as doze etapas das Núpcias Terrestres, eu avançarei para vocês, tanto quanto vocês avançarão para mim, no mesmo Coração Um, da Unidade reencontrada, na mesma Fraternidade, aquela do Céu e aquela dos Homens, para reencontrar a Humanidade verdadeira, aquela de sua Eternidade.

Retenham que a minha palavra é um Sabre que corta, que vem retirar o que os impede, justamente, de aceder à sua Eternidade.
Apenas aquele cujo medo prevalece sobre o Amor poderá, ainda, ali ver outra coisa que não o Caminho, a Verdade e a Vida.
Vocês São isso, eu venho lembrá-los disso, eu estou com vocês para a Eternidade, nos séculos e séculos, tanto sobre esse mundo como em outros Mundos.

Abram o Coração, nada mais pode ser útil.
Porque, nesses Tempos em que eu venho cortar o que deve sê-lo, apenas poderá florescer o Amor que germinou em vocês, que os conduzirá às suas Moradas de Eternidade respectivas, em toda Liberdade, em toda Autonomia, em toda Paz.

Eu venho convidá-los à Paz, eu venho convidá-los à Verdade, eu venho convidá-los à Beleza, aquela que vocês São, para além de toda corrente, para além de toda vida limitada nesse mundo.
Assim, meu Coração é um Fogo ardente que vem, pelo Espírito, incendiar o que não merece permanecer, na iniquidade, para cortar o que deve sê-lo, de maneira definitiva.

Eu os convido ao Fervor, o Fervor do Espírito, o Fervor do Amor, para viverem, em si mesmos, seu Caminho, sua Verdade e sua Vida.

A cada dia, durante doze dias, eu estarei com vocês, a partir do instante em que vocês me chamem.
A partir do instante em que nós Comunguemos, juntos, eu me revelarei ao seu Coração, antes de tudo e, também, em minha Presença em seu Coração, ao seu lado, estendendo-lhes a mão, para fazer o que deve sê-lo, para Ser o que deve ser feito, ou seja, viver o Fogo do Espírito, o Batismo do Espírito, na Totalidade.

O Apelo é, é claro, diferente para cada um de vocês, meus estigmas são inumeráveis nisso.
Vocês se reencontrarão, uns e outros, em suas palavras dadas, em seus olhares portados, em seus atos realizados no Coração, e ninguém poderá enganar-se, nem enganar quem quer que seja e, ainda menos, enganar a si mesmo.
Os tempos da trapaça terminam, é tempo de ter-se em pé, na Humildade e na Retidão, na Humildade e no Amor.

Eu sou a garantia de sua Liberdade, eu sou a garantia de sua Eternidade, mas apenas vocês é que podem aquiescer ao teor e à Essencialidade.
Assim, eu pararei aí, esta noite, minhas palavras, porque a minha Presença substituirá todas as palavras, em cada um de vocês.
Pelo que lhes será dado a viver, nessa carne como nesse corpo e em todos os corpos que pertencem a esse mundo, será a ação de minha Presença e o Selo de minha Presença.

Assim, portanto, eu lhes repito, estejam na Paz, não tenham medo algum, porque os tempos da Esperança, os tempos da expectativa estão consumados.
Vocês estão à Porta de sua Morada de Eternidade.
Cabe apenas a vocês verificar isso, a cada dia um pouco mais, para cumprir o que a FONTE já lhes havia dado, para consumar o que está consumado, já, como vocês o constatarão, de toda a Eternidade.

O tempo da ilusão e do sonho termina, o Tempo da Liberdade e da Eternidade abre-se diante de seu Coração.
Graças à nossa União e à nossa reunião, vocês serão não, unicamente, os Filhos da Luz e da Eternidade, não, unicamente, os Filhos do Um, mas viverão a Unidade e viverão a Presença.
E vocês retornarão às suas Moradas de Eternidade, na Gratidão, na Alegria e no júbilo.

O Tempo chegou, não há, portanto, data a antecipar ou a prospectar.
Há, e vocês o constatarão a cada dia, simplesmente, que entrar nessa Felicidade, nesse Fogo de Amor devorador, que é sua Herança, sua Promessa, sua Origem e sua Finalidade.

Eu sou CRISTO, o Caminho, a Verdade e a Vida, que realiza a Nova Eucaristia em seu mundo, nomeada o Retorno.
Então, estejam na Paz, estejam na Graça, eu os abençôo e eu os Amo, porque nós somos Amor, de toda a Eternidade.
Que a minha Bênção e o Fogo da Verdade depositem-se, nesse instante, criando, em vocês, essa Chama eterna na qual nenhum medo possa subsistir.
Eu os abençôo e eu rendo Graças ao seu Acolhimento, e eu rendo Graças à nossa Dança celeste, mesmo nesta Terra, nessa Ascensão tão aguardada, tão esperada e tão temida, para alguns de vocês.

Tudo está em vocês.
Nada pode subsistir do que não está em vocês.
Nada pode subsistir do que foi chamado ilusão e efêmero.

Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida, aquela que flui em sua alma e em seu Espírito.
_____________
Transmitido por: O coletivo dos filhos da Lei UM


MARIA - 18 de maio de 2013



Eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra.

Bem amados filhos, filhos, todos, que me esperam.
Vocês me esperam há muito tempo ou, inconscientemente, eram, ainda, ignorantes de minha presença agora.
Mas seu Coração, seu Espírito sabe que é tempo de nosso Reencontro, o tempo de nossa reunião, o tempo da Última Reunião.

Eu lhes rendo graças, filhos, eu lhes agradeço por todo o trabalho.
Hoje, resta-me, unicamente, dizer-lhes que a Graça está, enfim, instalada, o Manto Azul está, enfim, instalado.
Enfim, meus filhos, resta-me, unicamente, dizer-lhes: Eu Estou Aqui, Aqui, com vocês e em vocês.

Oh, quanta Graça!
Oh, quanta Alegria!
Quanto Júbilo!
Quanta Paz!
Poder voltar à Terra, sua mãe Gaia, em sua sacralidade, em sua irradiação real.
Vocês veem, com seus olhos, como a Terra ganha seu lugar e seu trono e vocês, filhos da superfície em encarnação, verão como a Terra começa a brilhar, vocês viverão como seu coração começa a incendiar-se, incendiar-se no Fogo do Espírito, incendiar-se até transbordar de Graça, de Paz, de Contentamento.

Sejam felizes, meus filhos, porque o tempo chegou, a hora é agora e a hora é ótima.
Tudo está aqui, meus filhos.
Respirem, respirem no Coração.

(Comunhão)

É uma celebração!
Minha embarcação, a Frota Mariana está presente, muito próximo, muito, muito perto de vocês, nesta Terra.
Nós estamos o mais próximo possível, antes da ruptura das últimas camadas isolantes, das últimas camadas que vão impedi-los de despertar antes do momento.

Assim, cada um chegou, hoje, ao seu lugar, com suas prioridades.
Cada um recebe na medida do que pode receber, até o momento final.
Então, lembrem-se de que a Graça está aberta até o último instante, até o último segundo da existência dessa terceira dimensão.

Estejam na gratidão, como nós estamos na gratidão por seu trabalho.
Sejam agradecidos para a Terra, para seus irmãos, os irmãos da Confederação Intergaláctica da Luz: Arcturianos, Vegalianos, Sirianos...
Todos, cada um em seu respectivo papel, têm feito o trabalho; nós ajudamos seu Sol, como o Sol de seu Sistema Solar a receber a Luz, com moderação, para que, no momento vindo, libere-se toda essa energia, todas essas vibrações, todos os códigos de DNA que, agora, começam a vibrar e a ressoar, provocando, em vocês, estados não comuns de sua consciência.
Estados nos quais, por vezes, vocês são transportados para além de toda referência e limite do que conheceram até o presente.

Inevitavelmente, a Terra começa sua Última Viagem.
Essa Última Reunião coloca o Selo, de certa maneira, em seu Coração, na Eternidade.
Meus filhos, estejam no Amor, estejam na Paz.
Vocês são a Paz, vocês são o Amor, vocês são Graça Eterna e Infinita.
Então, acolham.

(Comunhão)

Como CRISTO havia dito, mantenham sua casa limpa, limpem sua casa, portanto, a Hora está Aqui.
O tempo chegou para CRISTO voltar e retomar Seu Reino, que continua sobre esta Terra e em todos os universos.
CRISTO-MIGUEL, o princípio Ki-Ris-Ti, o princípio solar MIGUEL desce, jorra, preenche todos os espaços desta criação, desse Sistema Solar, que foi privado de Luz, privado da Graça, por causa da experiência realizada nesse Sistema Solar e em outros sistemas solares que tocam, agora, o próprio fim.

Os ciclos galácticos estão consumados, chegaram aos próprios prazos astronômicos, os pontos astronômicos são, atualmente, preparados para manifestar toda a Potência, toda a Vontade da Luz, através de seu Sol que viverá, nos meses a vir – como vocês sabem, são os últimos meses – o despertar.
As ejeções solares serão efetivas e totais para fecundar a Terra, para não deixar sombra alguma.

Filhos, meus filhos, aproximem-se de meu Coração, aproximem-se do Coração de sua Mãe, que é o Coração de sua Terra, é o Coração de Sírius, é o Coração do Pai, é o Corpo de CRISTO.
Permaneçam à escuta, estejam prontos, porque o momento chegou.
Esses dias e essas semanas, que nos conduzirão até o solstício de Verão no hemisfério norte são as semanas de Choque, semanas de entradas definitivas na manifestação da Revelação, do Apocalipse escrito por São João.

Cada passo, cada pensamento, cada sentimento será acompanhado por seus Guias de Luz, por suas Linhagens, que os acompanham ao mais próximo, e assim como para todos os Anciões, todas as Estrelas e o conjunto de Arcanjos.

Sejam abençoados e não duvidem, não deixem qualquer dúvida fazê-los cair, fazê-los desviar-se, porquanto o Caminho é para vocês, filhos, que esperam esse momento e que têm trabalhado para a iluminação desse mundo, agora, seu Caminho é Reto, as escadas estão preparadas.
Portanto, subam, subam, meus filhos, em sua Escada Interior.
Cada etapa será uma lufada de ar fresco, cada passo fará surgir a Luz onde não havia, onde Ela havia sido bloqueada.

Assim, filhos, vocês chegarão, chegarão imaculados, chegarão com sua Veste Branca.
Vocês terão limpado suas vestes e, então, serão dignos de serem recebidos em Sua Casa, com o trabalho feito.

Logo que os sinais da Terra forem evidentes, em termos de Luz vista por seus olhos físicos, ao nível do Céu, ao nível do Canto da Alma, do Canal Mariano, em seu ouvido esquerdo, permaneçam à escuta de sua amplificação, permanente, e escute, em seu exterior, fora de vocês, uma vez que ele marcará a chegada inexorável dos últimos instantes.

Também os quatro elementos, o vulcanismo, os tremores de terra, o ar e a água estarão combinados de modo totalmente novo para vocês.
Eventos que têm a potência do Éter, porque os quatro elementos são fundidos em vocês, em sua Terra, o que permite à Terra viver o próprio Éter e despertar à nova dimensão, manifestar isso Aqui, onde vocês estão.

Obrigada, Obrigada meu filho, Obrigada por confiar-se à Luz.
Obrigada por manter o bom caminho, apesar das grandes provas que têm experimentado nesses últimos meses.
Deixem o fluxo da Graça agir, não controlem mais, uma vez que tudo o que vocês desejam controlar será controlado por vocês e, ao mesmo tempo, controlá-los-á.

Assim, sejam, sejam o Amor, sejam a Paz, sejam a Alegria, sejam o que são, sempre, a Eternidade.
Eu estou com vocês, Aqui e Agora.
Permitam que os contatos produzam-se comigo, com minhas Irmãs Estrelas, com sua Linhagem.
Elas serão apresentadas a vocês, guiá-los-ão em sua ação e seu lugar, no que vocês devem fazer nessas últimas semanas que restam.
A partir de 21 de junho, como eu disse, e esses meses que os conduzirão até o fim de setembro e outubro, aqui, meus filhos, aqui, a Revelação, aqui, sua Entrada, vocês têm a Chave, basta abrir a Porta.

Lembrem-se de que, uma vez que a presença de Hercobulus seja visível a olho nu, restará, unicamente, uma semana para os três dias chamados de obscuridade.
Não se esqueçam de que, três dias antes, eu lhes anunciarei, a cada um (a) de vocês.
Portanto, não haverá mais qualquer dúvida de quando será o momento de recolher-se em seu Si.
Durante esse tempo, sejam a ponte entre o céu e a Terra, sejam os Liberadores de seus irmãos, sejam a Luz que não pode apagar-se, a vela que queima, sempre.

Façam tudo o que a Luz pede-lhes, porque tudo é importante, tudo tem sua razão de ser nesses tempos tão diferentes e tão reduzidos.
Permitam à Luz atingir o centro da Terra, e à Terra atingir os céus: é o milagre de uma única coisa, que é feito, aqui e agora, em vocês.

Obrigada, obrigada, novamente, meus filhos, portanto, são as melhores palavras para esses momentos, obrigada.
Sua Mãe saúda-os, abraça-os e acolhe-os.
Eu lhes dou minhas mãos, meus braços.
De minha parte, estou pronta para acolhê-los.
Então, tomem a minha mão, tomem os meus braços, sentem-se em meus joelhos, porque nós somos Um.
E esse Amor, esse Amor infinito, vivam-no Aqui.

(Comunhão)

Eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra.
Os momentos esperados estão Aqui, agora.
Graças a vocês, eles são muito reduzidos, esses momentos de tribulação, e são plenos de Graça, plenos de Alegria.
Muitos de vocês não esperam isso, mas vocês o fizeram, e essa transição far-se-á na maior Graça e na Liberdade a maior, tal foi seu trabalho de reconexão à Luz.
Seu trabalho foi a plantação de árvores, de arbustos, de plantas que, agora, dão essas flores, dão esses frutos.

Então, meus filhos, acolham o que é seu, foi e será, para sempre, seu, e é sua Eternidade.

Meus filhos, eu me retiro até agora, porque não há mais qualquer espaço entre nós.
Não há distância e não há separação.
Meus filhos, eu os convido, hoje, a voltar às mãos de sua Mãe Divina, voltar às mãos de seu Pai, Pai Celeste, novamente, nós Somos Um.

Eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra.
No Coração, no Coração da Terra, como em seu Coração, o Coração de Sírius, o Coração do Sol Azul vem iluminar, reconstruir e, enfim, fazer cair o confinamento e liberar a Terra de suas camadas isolantes.

Enfim, meus filhos, o momento está Aqui.
Escutem seu Coração, portanto, eu estarei Aqui, a partir de agora.
Eu estarei, sem exceção, a cada instante, a cada momento, eu serei a acompanhante, que acompanha todos os meus filhos.

Lembrem-se, vocês não terão qualquer dúvida, no momento vindo.
Lembrem-se, todos os sinais foram anunciados, e eu os anunciarei novamente.

Então, Graças a vocês, por seu acolhimento, Graças a vocês, por sua escuta.

(Nós lhe agradecemos, igualmente, Mãe).

Nós estamos aqui, prontos!
Regozijem-se, filhos, e permaneçam à escuta de seu ouvido esquerdo, o Canal Mariano.
Portanto, nós estamos, a partir de agora, em comunicação permanente, até o fim dos Tempos.

Que a Paz, a Graça, a Alegria, o Júbilo e a Beleza desses momentos acompanhem-nos.
Nada pode apagar o Fogo que vocês são.
Bênçãos da Luz, abrasamentos de Luz.
Até agora.
_________________
Mensagem canalizada e traduzida (catalão/francês) por Sijah Sirius.

Blog: Cor de For (Cœur de Feu) cordefoc.blogspot.com.es