Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

9 de dez de 2014

MARIA (por Sijah) – 9 de dezembro de 2014

Eu sou MARIA, Rainha dos Céus e da Terra.
Eu sou o Átomo de Amor Divino que reside em cada um de meus filhos.
Hoje, eu venho abençoá-los, com a minha presença, com a sua presença, reconhecendo-os como Filhos Divinos, reconhecendo-os uns aos outros, na Filiação Divina, na Esteira do Espírito.

Hoje, portanto, acompanhando a chegada do Fogo Micaélico, a polaridade do feminino, da Mãe, vem confortar, vem dar forma e calor nesse Templo, fazendo-o permeável e aceitável pelas vibrações do Novo Fogo, das novas frequências da quinta dimensão que, agora, despertam aqui, na superfície da Terra.

Venho chamá-los para a Redenção da alma, venho pedir-lhes a sinceridade e a honestidade total de seu Amor para o Pai, para os irmãos, para toda a Criação.
Venho chamá-los para esse Abandono total de qualquer astúcia, estratégia que poderia significar ou representar uma oportunidade para vocês.

Venho chamá-los, portanto, para a pequenez e para a grandeza.
A pequenez do eu, da personalidade, para o desaparecimento da ilusão de controlar a sua vida, de colocar limites em sua experiência.
A grandeza de seu Espírito, a grandeza de seu Amor e a expansão sem limites da Doação de Graça, que é cada Coração aberto para a sua e a minha presença, que não fazem mais do que uma única presença.
De mãe a filho, de filho a mãe, esquecendo-se de todos os conceitos familiares que tenham, portanto, essa é uma filiação Divina do Espírito que inclui, também, o planeta Terra, no qual vocês estão, agora, encarnados.

A sua Terra, que é seu corpo, e a Terra, o planeta Terra, estão, agora, recuperando, inteiramente, a sua filiação, o seu vínculo com os seres e criadores originais, com os Elohim, que colocaram as bases Unitárias para essa experiência na Terra, Gaia.

Assim, portanto, em sua Terra e na Terra, há todos os sinais do que, agora, está Ressuscitando, do que, agora, está se liberando, do que está retornando à Fonte Pai e do que está retornando à Mãe Divina.
Tudo o que vocês se apropriaram é, agora, o momento de restituí-lo às Fontes Infinitas, às Fontes Criadoras.
Porque essas Fontes são a Origem, e é para elas que se dá a Graça que se deposita em cada parcela, em cada centelha de Luz.

Portanto, retornem à Fonte Pai-Mãe, à Mãe Divina Criadora, tudo o que se apropriaram, tudo o que acreditaram com direito de distribuir ou de controlar.
Devolvam-no à Fonte, para tornar-se, com toda naturalidade, os canais e a encarnação, mesmo, dessas Doações Liberadas, liberadas de novo, como um presente que se dá a criação a ela mesma.

Aceitem o chamado que lhes faço no mais íntimo de seu ser.
Esse chamado é, agora, um Grito, um grito que os leva a olhar, a observar e a recuperar o que é seu estado natural, o seu Feminino Sagrado, a sua Terra de Amor que permite acolher o Fogo do Espírito, o Fogo de CRISTO-MIGUEL.

O meu chamado ressoará, então, com mais e mais força, nesses tempos, nessas semanas.
Eu sou e serei, na medida em que me permitem, do que aceitam dar e retornar à FONTE, abrindo o seu Coração, derramando, em vocês, o Manto Azul da Graça, permitindo a companhia das Estrelas e outros irmãos que participam nesse processo aqui, em Gaia.

Sejam livres, filhos, sempre o foram, apenas a aparência dos intercâmbios, aqui nessa dimensão, em que vocês experimentaram a separação, os fez crer outra coisa; os fez crer serem vítimas, os fez crer serem os dominadores, porém, nada disso é real em seu Espírito.

Eu os chamo ao Amor Divino que, agora e aqui, transcende toda história efêmera.
Toda situação por dolorosa que lhes possa parecer, corresponde, exatamente, à sua projeção de separação, à validade que vocês dão às suas crenças de separação.

Assim, portanto, os Frutos que, agora, se recolhem, são, exatamente, o que vocês semearam.
Sem qualquer culpa, sem qualquer reserva , colham os Frutos, pois eu estou em vocês, colocando a doçura, a doçura do Espírito, nessas colheitas que lhes podem chegar um pouco amargas.
Saibam que vocês, igualmente, nada são de tudo isso.

Colham e integrem tudo o que, agora, apresenta-se a vocês, cada irmão e irmã à sua volta não é mais do que uma faceta do Um, uma faceta de vocês mesmos.
Nós lhes pedimos que Unifiquem, que integrem a cada um no Um que vocês são, no Um que é cada um de vocês.

Nós os convidamos, com as Estrelas, a fazer alguns instantes de comunhão no Manto Azul da Graça, no Canto Cristalino de Sírius, que ativa e ressuscita cada célula na Luz do Pai.

... Acolhimento do Manto Azul da Graça e o Canto Cristalino de Sírius...

Queridos Filhos e Filhas, vocês são abençoados por toda a Eternidade.
A grandeza do Espírito, essa Alegria silenciosa toma o seu Coração, toma o seu Templo, à medida que vocês deixem o espaço, à medida que o Espírito tome todo o local, convertendo o Templo em um incêndio de Fogo, em uma paixão serena e reta no Amor de CRISTO.

Abram-se, Filhos, portanto, mais do que nunca, ao chamado da Redenção que ressoa por toda a Humanidade.
Os braços estão abertos, os nossos braços estão totalmente abertos para acolher onde cada um de vocês se permitirá situar-se em toda Liberdade.

Eu sou MARIA, Rainha dos Céus e da Terra.

---------------------------------------
Transmitido por Sijah Sirius, do Coletivo dos Filhos da Lei do Um.

(versão eletrônica do catalão, adaptada).

3 comentários:

  1. Venho chamá-los, portanto, para a pequenez e para a grandeza. A pequenez do eu, da personalidade, para o desaparecimento da ilusão de controlar a sua vida, de colocar limites em sua experiência. A grandeza de seu Espírito, a grandeza de seu Amor e a expansão sem limites da Doação de Graça, que é cada Coração aberto para a sua e a minha presença, que não fazem mais do que uma única presença.

    Assim, portanto, em sua Terra e na Terra, há todos os sinais do que, agora, está Ressuscitando, do que, agora, está se liberando, do que está retornando à Fonte Pai e do que está retornando à Mãe Divina. Tudo o que vocês se apropriaram é, agora, o momento de restituí-lo às Fontes Infinitas, às Fontes Criadoras.

    Eu os chamo ao Amor Divino que, agora e aqui, transcende toda história efêmera. Toda situação por dolorosa que lhes possa parecer, corresponde, exatamente, à sua projeção de separação, à validade que vocês dão às suas crenças de separação.

    ResponderExcluir
  2. "Hoje, eu venho abençoa-los, com a minha Presença, com a sua Presença, reconhecendo-os como Filhos Divinos, reconhecendo-os uns aos outros, na Filiação Divina, na Esteira do Espírito.
    "De mãe a filho, de filho a mãe, esquecendo-se de todos os conceitos familiares que tenham, portanto, essa é uma Filiação Divina do Espírito que inclui,também, o planeta Terra, no qual vocês estão, agora, encarnados.

    "Assim, portanto, em sua Terra e na Terra, há todos os sinais do que, agora, está Ressuscitando, do que, agora, está se Liberando, do que está Retornando à Fonte Pai e do que está Retornando à Mãe Divina.
    "Venho chamá-los para esse Abandono Total ...
    Venho chamá-los para a Redenção da alma,
    Venho pedir-lhes a sinceridade e a honestidade total de seu Amor para o Pai, para os irmãos, para toda a Criação

    "Aceitem o chamado que lhes faço no mais íntimo de seu ser. Esse chamado é, agora, um Grito, um grito que os leva a olhar, a observar e a recuperar o que é seu estado natural, o seu Feminino Sagrado, a sua Terra de Amor que permite acolher o Fogo do Espírito, o Fogo de CRISTO-MIGUEL.
    "O meu chamado ressoará, então, com mais e mais força, nesses tempos, nessas semanas.

    "Eu os chamo ao Amor Divino que, agora e aqui, Transcende toda história efêmera.
    "Colham e integrem tudo o que, agora, apresenta-se a vocês, cada irmão e irmã à sua volta não é mais do que uma faceta do Um, uma faceta de vocês mesmos.
    "Nós lhes pedimos que Unifiquem, que Integrem a cada um no Um que vocês São, no Um que é cada um de vocês.

    "Queridos Filhos e Filhas, vocês são abençoados por toda a Eternidade. A grandeza do Espírito, essa Alegria silenciosa toma o seu Coração, toma o seu Templo, à medida que vocês deixem o espaço, à medida que o Espírito tome todo o local, convertendo o Templo em um incêndio de Fogo, em uma paixão serena e reta no Amor de CRISTO."

    ResponderExcluir
  3. 'Esse chamado é, agora, um Grito, um grito que os leva a olhar, a observar e a recuperar o que é seu estado natural, o seu Feminino Sagrado, a sua Terra de Amor que permite acolher o Fogo do Espírito, o Fogo de CRISTO-MIGUEL. Sejam livres, filhos, sempre o foram, apenas a aparência dos intercâmbios, aqui nessa dimensão, em que vocês experimentaram a separação, os fez crer outra coisa; os fez crer serem vítimas, os fez crer serem os dominadores, porém, nada disso é real em seu Espírito. Assim, portanto, os Frutos que, agora, se recolhem, são, exatamente, o que vocês semearam. Sem qualquer culpa, sem qualquer reserva , colham os Frutos, pois eu estou em vocês, colocando a doçura, a doçura do Espírito, nessas colheitas que lhes podem chegar um pouco amargas. ​ Saibam que vocês, igualmente, nada são de tudo isso. Colham e integrem tudo o que, agora, apresenta-se a vocês, cada irmão e irmã à sua volta não é mais do que uma faceta do Um, uma faceta de vocês mesmos.​ Nós lhes pedimos que Unifiquem, que integrem a cada um no Um que vocês são, no Um que é cada um de vocês.​"
    UNIFICAR .... UNIFICAR ....​

    ResponderExcluir