Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

3 de mai de 2011

ANAEL – 3 de maio de 2011

Mensagem publicada em 5 de maio, pelo site AUTRES DIMENSIONS.


Áudio da Mensagem em Francês

Link para download: clique aqui


Eu sou ANAEL.
Bem amados Filhos da Luz e Bem Amadas Sementes de Estrelas, que a Graça esteja em vocês, a Paz e o Amor.

Vamos, essa noite, juntos, definir o que foi chamado os fundamentos da Nova Vida, a passagem do círculo ao Quadrado, ou da esfera ao Cubo, traduzindo, de algum modo, o retorno no Ilimitado.

Assim como sabem, cada Consciência tem um Destino que lhe é próprio e, portanto, profundamente diferente de outra Consciência.
Não é, portanto, questão de desenvolver os fundamentos dessa Nova Vida, em função de cada Nova Vida, mas, antes, definir e apreender esses Fundamentos da Nova Vida, tal como eles podem ser vividos, e aplicáveis, e aplicados, a partir de agora.

Muitos elementos foram-lhes dados pelas Estrelas, suas Funções, e também, através da instalação de diversas Vibrações existentes nos Novos Corpos e nos novos circuitos Vibratórios da Consciência.

Nós definimos, progressivamente, um quadro.
Vamos ver, pela hierarquização e valorização, o conjunto desses quadros, uns após outros, que lhes permitem, agora e já, construir os fundamentos, as fundações, e construir, de algum modo, os diferentes degraus que permitirão balizar, de algum modo, o melhor possível, sua Evolução Vibratória.

As palavras que vamos abordar, é claro, não são apenas palavras, não são apenas conceitos, mas, como sabem, são associadas a Vibrações localizadas, precisamente, ao nível de seu Templo, ou seja, nesse corpo.

Elas foram-lhes reveladas, progressivamente, gradativamente e à medida dos anos, para permitir-lhes aproximarem-se, ao mais perto, do Abandono à Luz e do estado chamado Êxtase, ou Samadhi, ou ainda Dissolução.

Cada Consciência tem uma Evolução, e um futuro diferente, que será condicionado, de algum modo, por sua própria Vibração.
Vibração da Consciência da Existência, estabelecendo-se, aqui mesmo, em sua Dimensão, permitindo, no momento vindo, transferir a totalidade de sua Consciência nesse novo Veículo.

Isso pode explicar que cada um de vocês vive percepções e estados Vibratórios profundamente diferentes, ao mesmo tempo ativando os diferentes circuitos, os diferentes Corpos, durante esse tempo que acaba de escoar-se.
Alguns Fundamentos são comuns, algumas construções, algumas etapas são diferentes, segundo seu futuro e sua Evolução.

Se partimos dos elementos mais importantes, alguns, é claro, são-lhes conhecidos, e vocês os aplicam, ainda que apenas em seus momentos de alinhamento, de meditação, ou mesmo ouvindo-nos.

O elemento essencial (e nós insistimos nisso, há extremamente muito tempo) é o que é chamado o AQUI e AGORA (HIC e NUNC, como me agrada chamá-lo, em latim), que corresponde à capacidade de extrair-se da linearidade de sua vida para penetrar na totalidade do instante onde se encontram, como sabem, o conjunto dos possíveis, o conjunto das Vibrações e o conjunto do que há a encontrar.

Fora de seus espaços de alinhamento, de meditação, é importante, hoje, em toda a sua vida (quaisquer que sejam seus aspectos), encontrar esse AQUI e AGORA, permitindo-lhes não ser dependente do que foi chamado o Corpo de Desejo, o Corpo Mental, a fim de estabelecerem-se na Paz e nos estados de plenitude, independentes de qualquer referência, condicionamento, ou projeção.

O AQUI e AGORA, vocês sabem, faz parte da Cruz Fixa situada entre AL-OD e IM-IS.
IM-IS representa, portanto, o Eixo, ou o pivô central, permitindo estabilizarem-se no AQUI e AGORA.

Nós lhes demos esses Pontos Vibratórios, ao mesmo tempo sabendo que eles são religados, diretamente, ao mesmo tempo, às suas estruturas fisiológicas, mas, também, a outras estruturas, que inúmeros de vocês começam a perceber, ao nível do estabelecimento de novos circuitos de Vibração.

Meu objetivo não é desvendar-lhes a totalidade desses circuitos, e ainda menos suas funções.
O importante não sendo compreender deles o significado, mas vivê-lo, viver deles a manifestação, para além de qualquer interpretação.

AQUI e AGORA, IM e IS, HIC e NUNC são religados, primeiramente, ao que é chamado a Gota Vermelha e a Gota Branca, chacra de Enraizamento da Alma, chacra de Enraizamento do Espírito.
É a possibilidade de aproximarem-se da Dimensão do Coração e do Triângulo do Coração, inscrita na nova Tri-Unidade, situada entre o chacra do Coração, chacra de Enraizamento da Alma, chacra de enraizamento do Espírito.
Essa nova Tri-Unidade está em ressonância e em filiação direta com CRISTO, MARIA e MIGUEL.

Em seguida, foi-lhes pedido para centrarem-se no Eixo mais importante, que é AL-OD, ou seja, a Atenção e a Intenção, Ética e Integridade, permitindo-lhes preparar-se para viver seu pleno potencial Criador e para tornarem-se seus próprios Criadores.

De fato, a Atenção e a Intenção não são a vontade.
Não é uma Intenção que estaria religada a uma Atração, de tipo visual ou conceitual, mas, efetivamente, a capacidade de mobilizar sua Consciência em sua Evolução, em sua capacidade para estabelecer-se na nova Dimensão e na nova Vibração (a Ética e a Integridade sendo passíveis de sobreposição, assim como AQUI e AGORA, na translação de Eixos, como Ética, Integridade, Atenção e Intenção).

A Intenção e a Atenção é o que vocês desenvolveram, cada um de vocês, ainda que apenas desde os Casamentos Celestes, por seus períodos de alinhamento coletivo, permitindo-lhes desenvolver, de maneira prioritária, esse Eixo, que é aquele, como sabem, que deve volta a tornar-se o Eixo prioritário da humanidade, em sua Liberação e em sua Liberdade.

Isso foi realizado, e permitiu, portanto, realizar o que lhes foi anunciado, pelo Arcanjo MIGUEL, como a realização da Merkabah Interdimensional Coletiva.
Isso permitiu instalar a Cruz da Redenção, os quatro Cavaleiros do Apocalipse, os quatro Elementos, e permitir, pelas estruturas das Doze Estrelas, localizadas em Triângulos ao nível dos quatro Elementos, preparar, de algum modo, o que acontece, doravante, ao nível do ponto ER da cabeça e do Quadrado traçado entre outras Estrelas.

Essa Cruz Fixa, ou Cruz da Redenção, permitiu aproximá-los, ao mais próximo, da Vibração do Coração, mas, também, criar (recriar, de algum modo) a junção ao centro da Cruz, chamado ponto ER, permitindo colocar em ressonância o que é chamado o Bindu, o Corpo de Cristal.
E estabelecer uma conexão entre o ponto ER do Coração e o ponto ER da cabeça, permitindo-lhes, então, constituir a parte superior do que é chamado o Canal do Éter (ou Tubo de Cristal), permitindo reunificar, de algum modo, o que havia sido separado, ou seja, a cabeça e o Coração.
Assim, ela é chamada a Cruz da Redenção.

A instalação, em vocês, progressiva, do AQUI e AGORA, da Atenção e da Intenção, realizou esse alinhamento, tendo permitido o alinhamento de suas três Lareiras e, para alguns, a Fusão das três Lareiras.

Paralelamente a isso, e desde os Casamentos Celestes, eu desenvolvi, em palavras novas para muitos de vocês, a noção de Abandono à Luz, que ia bem além do simples soltar, e ainda bem mais além da Vontade do Bem preconizada por inúmeros ensinamentos.

Em seguida manifestaram-se em vocês outras fundações, das quais UM AMIGO havia já falado, correspondentes às Cruzes Anterior e Posterior, chamadas Cruz Crística Anterior, Cruz Crística Posterior, correspondendo, inteiramente, ao que lhes foi comunicado durante esta semana.

Os Triângulos Elementares da Água, do Fogo, do Ar e da Terra foram iniciados, eles também, do mesmo modo, a partir da passagem de 15 de agosto de seu ano precedente, pelo Arcanjo METATRON.

Apreendam, efetivamente, que a ativação da Cruz da Redenção, assim como a Cruz Anterior e Cruz Posterior, assim como o que foi desenvolvido recentemente, as Cruzes Mutáveis, vai permitir, de algum modo, uma alquimia total do conjunto desses circuitos, trajetos (que alguns de vocês percebem) que são muito numerosos, existindo tanto ao nível da cabeça como do Coração como das costas, ou mesmo em outras partes do corpo.

Seria, portanto, extremamente fastidioso detalhar e desenvolver o conjunto desses circuitos, porque isso corresponderia, de algum modo, a um curso de anatomia da fisiologia da Existência, tendo apenas pouco interesse, porque isso vocês viverão.
O importante é apreender que a maior parte dessas manifestações Vibratórias está ligada à aglutinação das Partículas Adamantinas, reproduzindo, ao idêntico, seu corpo de Existência.

Resta, contudo, uma etapa, sobre a qual se apóiam as Cruzes Anteriores, as Cruzes Posteriores e as Cruzes Mutáveis, que consiste em instalar a Consciência ao nível do chacra do Coração.

Até o presente, e assim como foi nomeadamente citado e escrito por São João: «Haverá muitos chamados e poucos escolhidos», os chamados serão aqueles que tiverem ouvido e percebido o apelo da Luz.
Os chamados tornando-se eleitos a partir do instante em que a Coroa Radiante do Coração, Fogo do Coração desperta e acende-se de modo intermitente, e progressivamente instala-se, de modo cada vez mais longo, na Consciência.

No que concerne ao Triângulo Sagrado, ligado ao Triângulo da Terra, situado entre Ki-Ris-Ti, OD e VISÃO, este não se ativará, ou não se ativou, em função, eu diria, da constituição e da susceptibilidade de cada um e, portanto, independente do futuro e da Evolução Vibratória da Consciência.
O mais importante sendo: as Cruzes, os Eixos, o Quadrado, o ponto ER da cabeça, e, é claro, o ponto ER do Coração.

Certo número de elementos, chamados Yoga, ou também técnicos, permitiu-lhes, sempre mais, aproximarem-se de seu Coração.

Nós abordamos, nós, Arcanjos, e alguns Anciões, as características importantes que convinha viver, para passar da Vibração do chamado à Vibração do escolhido.

A primeira das coisas era sair da Ilusão Luciferiana.
Isso foi desenvolvido, em seu tempo, e completado progressivamente.

Certo número de elementos, dados pelas Estrelas, são, aí também, chaves, permitindo-lhes compreender como se pode viver o Abandono à Luz, não tanto como exercício (porque vocês sozinhos e unicamente vocês sozinhos podem realizar isso), mas como tantas ferramentas que lhes permitem aproximar-se desse Abandono à Luz.
O Abandono à Luz será, de todo modo, vivido pelo conjunto da humanidade.
O modo de vivê-lo será determinante para seu futuro e sua Evolução.

O Abandono à Luz consiste, já, em não mais manifestar resistência para o estabelecimento da Luz.
Esse Abandono à Luz, quando se realiza, agora, com a ativação das Cruzes e dos Eixos, permite, muito rapidamente, apreender e compreender, para além mesmo da percepção Vibratória, se há instalação no Coração ou não.

A capacidade para manifestar a Alegria, a capacidade para viver a Paz, fora mesmo dos espaços de alinhamento, é o marcador mais fiel da ativação da Coroa Radiante do Coração.
Vocês não podem pretender estar na Paz se vocês não estão na Paz.
Vocês não podem pretender estar na Alegria se vocês não manifestam a Alegria.

O ego manifestar-se-á sempre de modo oposto à Paz e de modo oposto à Alegria (qualquer que seja a denominação que isso possa tomar: preocupações, prazeres, desejos etc.).

A Vibração do chacra do Coração, da Coroa Radiante do Coração, a ativação da nova Tri-Unidade é possível apenas a partir do momento em que o Ser abandona-se à Luz, entra na Transparência.
Transparência de si mesmo.
Transparência no que diz respeito ao outro.

Isso necessita, de fato, a Humildade, a Simplicidade, um conjunto de características que lhes foi dado e comunicado de diferentes modos.

Durante o período que acaba de abrir-se, que consiste, de algum modo, na alquimia e na transformação da lagarta em borboleta (ou, se preferem, da esfera em Cubo), há, efetivamente, ângulos que lhes foram definidos esta tarde que são, de algum modo, a pedra de cume e a pedra de ângulo que permitem criar o Cubo, através de dois Eixos que não fazem mais parte das Cruzes ou dos Eixos Mutáveis, mas que são, realmente, os novos Quadros de Vida, ligados à ausência de limite e à ausência de confinamento.

O ego é confinamento.
No ego, há sempre uma distância existente entre o que o ego considera ser ele mesmo, e o outro, que não é outro em si mesmo, mas que é uma personalidade com a qual não há sempre acordo ou entendimento.
O que absolutamente não pode viver o Coração, assim que ele se instala realmente.

O mês da Graça, esse mês de maio, é o instante privilegiado em que aqueles que ainda não se juntaram à Coroa Radiante do Coração (apesar, eu diria, da Redenção e da Reversão do Triângulo do Fogo Prometeico) devem agora integrar e demonstrar sua integração do Fogo do Coração, em detrimento do fogo do ego.

O Comandante dos Anciões (ndr: O.M. AÏVANHOV) foi muito claro: Os dois Fogos comunicam-se em vocês.
Um, porque vocês ali estão desde muito tempo: o Fogo Luciferiano ou Fogo Prometeico, ligado ao desejo, ligado ao renascimento, à reencarnação, ao Carma.
E o Fogo do Coração, que, para muitos de vocês, é uma novidade, um estado novo, manifestando-se por sinais exteriores, mas também por estados de Consciência Interiores que nada mais têm a ver com a personalidade.

As palavras mais fortes que foram empregadas, naquele nível, são: a Dissolução, o acesso à Unidade, o Maha Samadhi.
Alcançando a mesma realidade, Vibratória e vivida: o Instante (mesmo se isso não é vivido de modo permanente), onde nada mais existe, onde vocês estão em total identificação à Luz.
Essa total identificação à Luz, ao instante onde ela é vivida e nos instantes seguintes, propicia a Alegria, a plenitude, a completude e a Paz.

Não pode haver, nesses momentos vividos, qualquer interferência do ego, qualquer interferência do desejo ou do mental, mesmo se alguns percebem a distância que existe entre o estado de Luz e o estado do mental.

Pouco a pouco, vocês farão o aprendizado, pela ação da própria Luz e desse estado do Fogo do Coração, da Dissolução do ego, da personalidade e do mental.
Não são vocês que o decidem, mas é a Luz que o realiza, em vocês.
Isso participa do estabelecimento permanente do Abandono à Luz.

A passagem do redondo ao Quadrado é a passagem do limitado ao Ilimitado.
É a passagem da não-autonomia à Autonomia.

O ego tem sempre necessidade de justificar-se, de comparar, porque ele está confinado.
Enquanto o estado de Existência é um estado de não-confinamento, um estado onde não existe qualquer barreira, nem qualquer limite.
Isso vocês experimentam, agora e já, alguns de vocês, em seus espaços de alinhamento e em seus estados Interiores.

Uma muito frágil porcentagem de Consciências é capaz de viajar na Existência, permitindo-lhes, então, sair inteiramente da Matriz e assinalando o acesso, obviamente, aos estados Multidimensionais do Ser, nada mais tendo a ver com os mundos carbonados.

Assim como nós o dissemos, é completamente imaginável, e é, que inúmeros Seres humanos tenham vivido o apelo da Luz e não poderão, pelo momento, penetrar o estágio do Coração.
Contudo, lembrem-se de que o conjunto da humanidade viverá sua Liberação.
Simplesmente, os estados Vibratórios da Consciência vivida necessitarão uma reaclimatação, nessa Liberdade e nessa Autonomia, que apenas pode ser vivida desse lado aqui, e, portanto, não será aplicável, até que a Liberação da Terra seja realizada inteiramente.

Assim, portanto, durante esse mês de maio, segundo suas próprias Vibrações, seus próprios estados Interiores, vocês serão capazes, daqui até o final desse mês, de determinar seu futuro e sua Evolução.

Não há Evolução melhor do que outra.
Não há futuro melhor do que outro.
Há, simplesmente, um destino, que lhes é próprio, sabendo, contudo, que, qualquer que seja seu Veículo (que este seja conservado ou transmutado, que este seja transcendido pela Graça, pelo Fogo, que este pereça), vocês reencontrarão, de qualquer modo, uma Liberdade.

Essa Liberdade pode ser condicionante, durante certo tempo.
O tempo que vocês concluam o conjunto de seus desejos, o conjunto de suas projeções, sem, contudo, serem cortados do Espírito, o que é o mais importante.

Os mecanismos, agora, da Ascensão, desenrolam-se sob seus olhos, e em vocês.
Alguns passam pela intervenção específica dos Anjos do Senhor, ou de outros povos vindos de Dimensões carbonadas Unificadas (das quais algumas são representadas pelos Arcturianos, pelos Lyrianos, pelos Pleiadianos, entre os mais importantes).
Outros, enfim, serão capazes de viver a própria Ascensão, independentemente de qualquer ajuda exterior ou de qualquer acompanhamento exterior, e liberarão, em toda Consciência, esse corpo, e acederão, de maneira muito natural, à Existência, sem terem necessidade de qualquer assistência.

Alguns passarão por mecanismos chamados a morte, mas que são, de fato (vocês compreenderam agora), não uma morte, mas um acesso, aí também, à própria Liberdade.

Existe, portanto, uma multidão de modos de viver a Ascensão.
Existe uma multidão de Evoluções e de futuros.
Estes são exclusivamente função do que vocês são capazes de Vibrar, atualmente, e no mês em curso.

Retenham, efetivamente, que não há qualquer sanção, de espécie alguma.
CRISTO disse, e isso permanece válido para hoje: «Na medida com a qual vocês julgam vocês se julgarão a si mesmos, vocês serão julgados».
Quem os julga não é um deus vingador, mas, simplesmente, o estado de sua Vibração, ao qual vocês serão conduzidos.

A passagem do confinamento à Autonomia, da prisão à Liberdade, do limitado ao Ilimitado tornar-se-á efetiva na intervenção do Arcanjo METATRON.

O conjunto de laços que impedia alguns de vocês de penetrarem o corpo de Existência, no Sol, foi retirado.
Alguns percebiam, efetivamente, laços nos tornozelos e nos pulsos.
Alguns podem percebê-los, ainda por momentos, mas essa ligação ao solo, de algum modo, tende a desaparecer, e desaparecerá durante esse mesmo mês.

Lembrem-se de que a Graça é onipresente, tanto como está aberta.
Que não existe limitação alguma, de idade, de Carma ou do que quer que seja.

Somente sua capacidade para estar nessa Transparência, sua capacidade para viver a Dissolução em seus espaços de alinhamento (na condição de que, fora desses espaços de alinhamento, vocês não voltem a atravessar o fogo do ego, traduzindo-se por uma falta de Transparência ou por um julgamento).
Naquele momento, vocês penetrarão cada vez mais estados de Ilimitado, de Dissolução e de Samadhi, traduzindo sua capacidade para extraírem-se, sem choque algum e sem dificuldade alguma, da condição atual, para voltarem a ganhar sua condição de Eternidade, qualquer que seja a via: Embarcação, sozinho, em grupo, ou então, esperar, até o último momento, como Semente de Estrela, para auxiliar, no Plano Vibratório, de sua Presença, a Ascensão da Terra, ou seja, a própria Liberação dela.

A Vibração AL-AL, existente na linha de seu nariz, é o sinal indiscutível do acesso às Dimensões Unificadas e não carbonadas.

A ativação completa da Coroa Radiante do Coração dá a vocês a prerrogativa de viver, em Verdade, a dissolução total na Fonte, o Maha Samadhi, ao mesmo tempo que uma Liberdade total de localização no Espaço e no Tempo Unificados, permitindo-lhes tomar o conjunto da gama de Veículos Dimensionais.

O circuito ER-ER, entre a cabeça e o Coração, traduz exatamente a mesma capacidade.

Atualmente, inúmeras Sementes de Estrelas percebem a ativação das Estrelas da cabeça, de maneira mais forte, mas não vivem ainda o trajeto AL-AL, ou uma das Vibrações do Coração: Coroa Radiante, Triângulo da Tri-Unidade ou chacra do Coração.

Resta todo esse mês para beneficiarem-se da Graça.
Isso os convida, uns e outros, a olhar-se em toda Transparência, sem julgamento, mesmo em relação a si mesmos, sem condenação alguma e sem culpa alguma, a fim de ver o que deve ser visto.

Período propício, que não é mais a passagem, como no mês de dezembro, mas o momento em que vocês se tornam capazes de se ver, em Verdade e inteiramente.
O simples fato de ver-se, estando alinhados, permite à Luz, naquele momento, purificar o que deve sê-lo, traduzindo-se, então, para muitos, por manifestações em ressonância direta com o que é chamado seu terceiro chacra, sede do ego, Manipura chacra, traduzindo-se por uma sintomatologia, essencialmente digestiva, ou febril, qualquer que seja a manifestação.

Isso acontece, e começou a acontecer, mesmo antes do início do mês de maio, para alguns.

Não há aí, tampouco, que buscar uma doença qualquer, mas, efetivamente, ver ali uma forma de descristalização e de eliminação dos últimos engramas de resistências, vindos da personalidade, dos condicionamentos e dos desejos.
A única coisa a manifestar, em relação a isso, é aceitar olhar-se.

A Transparência, quanto a ela, em relação a si mesmo, eu acabo de defini-la.
A Transparência em relação ao outro é apenas viver o conceito de que Tudo é Um, não para nele pensar, mas, realmente, manifestá-lo, em cada ato da vida quotidiana.
Isso necessita de vocês certa forma de paciência, certa forma de Desapego, que permitirá então à Luz, no conjunto de suas relações, quaisquer que sejam, estabelecer uma forma de Paz, de Transparência, por vezes de distância e de afastamento, mas em toda Paz e em toda Liberdade, e, sobretudo, Liberação.

Isso lhes permitirá então instalar a Roda na Roda.
O Cubo ou o Quadrado, após a intervenção de METATRON, colocar-se-á a girar ao centro de sua cabeça, propiciando, então, sua capacidade para viver estados de pré-Dissolução cada vez mais intensos, vindo mesmo alterar seu modo de funcionamento na consciência comum.
Não se alarmem, de modo algum.

Quaisquer que sejam os sinais que se manifestem a vocês, eles participam, inegavelmente, de sua própria Ascensão.

Alguns viverão Vibrações intensas no conjunto do corpo.
Alguns não poderão mais comer.
Outros comerão mais.

Sigam o que se manifesta ao nível desse corpo, que é o Templo onde se realiza sua própria Ascensão.
É assim que vocês podem assentar, de algum modo, suas novas fundações, erigir seu novo Veículo (por intermédio das Vibrações) e ajustar assim seus comportamentos comuns à sua própria Vibração, em função de sua própria Evolução.

Assim como foi dito durante os Casamentos Celestes e depois, mesmo durante as Etapas, não é jamais, jamais demasiado tarde para a Graça, na condição, realmente, de ser sincera e Transparente nessa Graça.

Vocês não podem enganar a Vibração, porque a Vibração é a própria Consciência.
Assim, nada, absolutamente nada há no exterior de vocês mesmos que possa impedi-los de estabelecerem-se no Coração.
Não existe outro responsável que você mesmo.
Essa responsabilidade não é uma culpa, eu repito.

Eu os lembro que o conjunto da humanidade, mesmo estando nos antípodas do que vocês vivem, viverá sua Liberação, a ausência de confinamento, mesmo se se encontra num ciclo limitado, nos mundos carbonados.

O destino, independentemente do aspecto Dimensional ou dos Corpos que vocês tomarão é, aí também, extremamente diferente: desde a Dissolução na Fonte até sua penetração na Nova Intraterra, ou ainda o retorno ao seu sistema solar de origem.

Alguns de vocês, chamados Sementes de Estrelas, participarão, à sua maneira, da Liberação dos últimos mundos que restam a liberar, porque vocês fizeram a experiência dessa Liberação.

Eu repito: nada projetem em relação a isso.
O que eu lhes digo não é destinado a criar uma espera ou uma projeção.
Mas iluminar, um pouco mais, o que vocês vivem como Vibração e o que vocês podem daí tirar para seu futuro Vibratório, sua Evolução e sua passagem.

Aí estão os elementos que tinha a comunicar-lhes.
Se, com relação a isso, e unicamente em relação a isso, vocês têm questões, eu os escuto.

Não temos perguntas, agradecemos.

Bem amados Filhos da Luz e Bem amadas Sementes de Estrelas, como o inaugurou GEMMA GALGANI, eu me permito, em Comunhão com vocês, acolher, juntos, e essa será minha Bênção, doravante, a Luz Branca, prefigurando CRISTO.

Eu lhes digo até muito em breve.

Comunguemos.

... Efusão Vibratória...

ANAEL os saúda.

__________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo, se deseja divulgá-lo, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

Um comentário:

  1. Mas que sinopse completa ... Quantas proposições luminosas ... E que abençoada afirmação: "Vocês farão o aprendizado, pela ação da própria Luz e desse estado do Fogo do Coração, da Dissolução do ego, da personalidade e do mental. Não são vocês que o decidem, mas é a Luz que o realiza, em vocês. Isso participa do estabelecimento permanente do Abandono à Luz".

    ResponderExcluir