Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

7 de mai de 2014

O.M. AÏVANHOV – 7 de maio de 2014

      

Meus caríssimos amigos, estou extremamente contente por reencontrá-los esta noite, e eu venho propor-lhes um momento de partilha, em palavras e no Silêncio.

Então, eu pude ver que alguns de vocês pensam que, hoje, são reencontros, o que quereria dizer que nós estivemos separados durante algum tempo.
Então, não sei vocês, mas, de nosso lado, nós estivemos sempre com vocês, durante todo esse tempo de Silêncio.
E numerosos entre vocês são aqueles que nos ouviram partilhar intensivamente com eles.

Esse tempo de Silêncio vocês sabem, por vivê-lo, era importante para entrar, da melhor maneira possível, nesse período que nós temos chamado o Face a Face.
Era importante que cada um de vocês pudesse colocar-se da maneira a mais precisa possível, para viver o Face a Face da maneira a mais adequada.

Então, eu não vou desenvolver, hoje, durante horas, em relação ao Face a Face.
Nós dissemos, sobre esse assunto, numerosas coisas já.
Então, hoje, o que é importante não é o que vocês têm a saber do Face a Face, uma vez que vocês o vivem.
O Face a Face é – vocês sabem, a maior parte de vocês – o momento em que a Alma, eu diria, vê imprimir-se a Escolha ao nível de seu Templo.
A Alma está de volta ao Espírito, a alma chega para sua Dissolução.
Então, naquele momento, é normal que vocês vivam e que vejam, sobretudo, o que a Alma porta e portava.
Nada há de especial a realizar, a não ser aquiescer, em toda a Humildade.
É por isso que nós temos insistido, durante longos anos, sobre os Pilares do Coração.

O Silêncio leva-os a viver no mais profundo de sua Verdade, na qual vocês podem colocar-se no Coração do Coração, na qual vocês não estão mais submissos aos movimentos, às turbulências que podem apresentar-se a vocês, nesse momento específico.

Então, mais do que nunca, permaneça humilde, permaneça tranquilo, não julgue, quer seja o outro ou você mesmo porque, como nós já pudemos dizê-lo, em várias reprises, o que você pode saber, com o mental, da Vontade da Luz?
Você sabe que é estritamente impossível colocar-se em uma estratégia.

Então, antes de continuar, eu lhes proponho viver uma primeira partilha no Silêncio...

[Silêncio]

Então, como eu dizia, mais do que nunca, permaneça na Humildade, permaneça na Simplicidade, na Transparência, na Infância.
Isso o levará a viver esse Face a Face da maneira a mais suave, a mais, eu diria, apropriada.
Você sabe muito bem que pode aquiescer a tudo o que vem, a tudo o que chega ao nível da Luz, ou você pode resistir.
Tudo isso você sabe, nós o temos dito e redito.
Essa é sua Escolha, essa é sua maneira, eu diria, de acolher.
Mas o que quer que aconteça, não se preocupe com nada, nada julgue.
Permaneça doce consigo mesmo, permaneça no Amor, porque é isso que está aí, é isso que vem, cada vez mais, eu diria, com cada vez mais força ao seu encontro.

Muitos de vocês puderam observar uma mudança importante ao nível da vibração, ao nível do Fogo do Coração, ao nível do Amor.
Tudo isso é, obviamente, normal.
Tudo isso, nós já havíamos informado há vários anos.
Não procure situar-se, não procure saber onde você está colocado, uma vez que, naquele momento, você procura avaliar, você procura discriminar, comparar.
Em definitivo, isso é um julgamento, é um funcionamento de seu mental, para tranquilizar-se.
A única coisa que pode tranquilizá-lo, hoje, é o Amor, é esse Amor que está em você, esse Amor sempre mais forte, que vem dizer-lhe: «Você quer juntar-se à sua Eternidade? Você quer viver na Paz?».

Então, principalmente, minha mensagem desta noite é uma mensagem de Amor.

A Humildade é reconhecer que você nada pode reconhecer com as ferramentas da personalidade; é reconhecer que, apagando-se, você deixa o lugar para algo de maior, para algo repleto de Amor.
E, isso, você o sente em si, não se trata de uma crença, não se trata de uma esperança: é agora!

Então, o Silêncio ao qual nós os convidamos durante o mês de abril, nós os convidamos a ali permanecerem tanto quanto possível e, sobretudo, se vocês vivem períodos de turbulência.
Cabe a você colocar-se, cabe a você saber permanecer no Coração do Coração ou juntar-se a ele.
Nada há contra o que lutar.
Há apenas que aquiescer, apenas a ver, amar e deixar a Alquimia realizar-se.

A Humildade é reconhecer que a obra é realizada pela Luz, e que você tem apenas que apagar-se.

Eu lhes proponho continuar por um segundo espaço no Silêncio...

[Silêncio]

Gostaria, igualmente, de insistir em um ponto que já desenvolvemos, mas que toma, eu diria, uma amplitude especial, na época que vivemos.
Trata-se do fato de apoiar-se em muletas, eu diria, para avançar para a Luz.
Isso não é mais possível.

O Face a Face coloca-o na Verdade consigo mesmo.
Então, é tempo, para aqueles que ainda mantêm muletas, de aprender a andar, eu diria, por si mesmos.
De fato, você não tem que aprender a andar por si mesmo, você apenas tem que aprender que sabe andar por si mesmo, aprender a colocar-se na Luz em toda confiança, e deixar a Luz trabalhar.
Você nada tem de especial a desenvolver, apenas deixar a Luz trabalhar.

Então, evidentemente, nós não podemos continuar a deixá-los levar-se por nossas intervenções, eu diria, por um sim ou por um nome, para saber o que vocês devem fazer ou não.
Hoje, numerosos irmãos e irmãs vivem isso.
A Liberdade está aí.
Eu diria que eles não têm mais necessidade de nossas intervenções, mesmo se, para muitos deles, nós estamos, eu diria, permanentemente com eles, neles.

Então, isso, pode ser que vocês o vivam.
Muitos de vocês ouvem-nos, mas, sobretudo, muitos de vocês vivem, eu diria, com a consciência de que nós estamos em cada Um, portanto, neles.
Mas isso não é utilizado, obviamente, como uma bengala.

Então, nós continuaremos a vir encontrá-los, de vez em quando, mas sem, jamais, deixar-lhes a possibilidade, eu diria, de desenvolver uma forma de dependência, porque a Liberdade é, também, liberar-se disso.
É tempo de juntar-se à sua Eternidade.

Então, eu não detalharei, necessariamente, muito mais esses aspectos esta noite, porque me parece que a prioridade é a de permanecer centrado no Coração, nos Pilares do Coração, e viver isso no Amor...

Então, para terminar, eu lhes proponho um novo espaço no Silêncio, e eu concluirei a minha intervenção.

[Silêncio]

Eu lhes agradeço por sua Presença.
Eu prosseguirei minha intervenção, esta noite, por uma proposição de troca com as pessoas presentes.
Isso não será, como vocês dizem, transmitido, ou isso não será ao vivo.
Porque nós veremos se o que é partilhado é levado a ser divulgado amplamente ou não.
Isso igualmente, eu diria, fará parte de mudanças para os tempos a vir.
Algumas de nossas mensagens serão dirigidas, unicamente, a algumas pessoas, diretamente, eu diria, entre elas e nós, ou em grupos, eu diria, privados.

Então, esperando rever-nos, todos juntos, eu lhes digo até muito em breve, no Silêncio, no Amor.
E eu creio que a próxima intervenção ao vivo será da Estrela Yvonne Amada de Malestroit, que corresponde a Ki-Ris-Ti.
Então, eu lhes digo até breve.
--------------------------

Transmitido por Air


3 comentários:

  1. A Alma está de volta ao Espírito, a alma chega para sua Dissolução.

    O Silêncio leva-os a viver no mais profundo de sua Verdade, na qual vocês podem colocar-se no Coração do Coração, na qual vocês não estão mais submissos aos movimentos, às turbulências que podem apresentar-se a vocês, nesse momento específico.

    Então, mais do que nunca, permaneça humilde, permaneça tranquilo, não julgue, quer seja o outro ou você mesmo porque, como nós já pudemos dizê-lo, em várias reprises, o que você pode saber, com o mental, da Vontade da Luz? Você sabe que é estritamente impossível colocar-se em uma estratégia.

    Não procure situar-se, não procure saber onde você está colocado, uma vez que, naquele momento, você procura avaliar, você procura discriminar, comparar. Em definitivo, isso é um julgamento, é um funcionamento de seu mental, para tranquilizar-se.

    A Humildade é reconhecer que a obra é realizada pela Luz, e que você tem apenas que apagar-se.

    ResponderExcluir
  2. "A Humildade é reconhecer que você nada pode reconhecer com as ferramentas da personalidade; é reconhecer que, apagando-se, você deixa o lugar para algo de maior, para algo repleto de Amor.

    "A Humildade é reconhecer que a obra é realizada pela Luz, e que você tem apenas que apagar-se. ... Aprender a colocar-se na Luz em toda confiança, e deixar a Luz trabalhar. Você nada tem de esperar a desenvolver, apenas deixar a Luz trabalhar.

    "A prioridade é a de permanecer Centrado no Coração, nos Pilares do Coração, e viver isso no Amor.
    "Cabe a você colocar-se, cabe a você saber permanecer no Coração do Coração ou juntar-se a ele.

    "O Silêncio leva-os a viver no mais profundo de sua Verdade, na qual vocês podem colocar-se no Coração do Coração.
    "É tempo de juntar-se à sua Eternidade."

    ResponderExcluir
  3. "Permaneça doce consigo mesmo, permaneça no Amor, porque é isso que está aí, é isso que vem, cada vez mais, eu diria, com cada vez mais força ao seu encontro."

    Então, não que os toques, não foram dados... E muitos... Até dava para desconfiar, o porque... Mas como desistir, de uma 'postura', que convencionou-se ser correta, forte, comprometida. Então coisas foram acontecendo, para quebrar as resistências hipócritas, diante da Luz.... O corpo foi apenas despencando, sofrendo, partindo-se, travando-se, e eu dando 'um falso tempo', e resistindo. Hoje, isso teve um fim. Não obrigo-me, a ter que fazer, preciso fazer ...

    "A única coisa que pode tranquilizá-lo, hoje, é o Amor, é esse Amor que está em você, esse Amor sempre mais forte, que vem dizer-lhe: «Você quer juntar-se à sua Eternidade? Você quer viver na Paz?»."

    Verdade... É há esta Clareza.... Talvez, ainda faltassem, essas perguntas rsrs

    "A Humildade é reconhecer que você nada pode reconhecer com as ferramentas da personalidade; é reconhecer que, apagando-se, você deixa o lugar para algo de maior, para algo repleto de Amor."

    Mais do que nunca translúcido... Aïvanhov, você realmente, É um Mensageiro do Amor...

    "Então, o Silêncio ao qual nós os convidamos durante o mês de abril, nós os convidamos a ali permanecerem tanto quanto possível e, sobretudo, se vocês vivem períodos de turbulência."

    Chega de turbulência, nem a ilusão, não aguenta mais, rendida ... Medicação: 'Silêncio'.


    ​"​E, isso, você o sente em si, não se trata de uma crença, não se trata de uma esperança: é agora! ​"​

    "Nada há contra o que lutar. ​"​

    ​"​Há apenas que aquiescer, apenas a ver, amar e deixar a Alquimia realizar-se. ​"​

    Amém....

    "A Humildade é reconhecer que a obra é realizada pela Luz, e que você tem apenas que apagar-se."

    ​​ Claríssimo, que de mim: 'nada', da Luz, ...

    "...Aprender a colocar-se na Luz em toda confiança, e deixar a Luz trabalhar.​"​

    Não tem como expressar, agora É viver... Beleza Aïva, por tudo ... Eterna Comunhão, Alegria, com todos, que nos atraíram, para alterar a caminhada ...

    Até Breve!!!

    ResponderExcluir