Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

10 de dez de 2011

URIEL – 10 de dezembro de 2011

Mensagem publicada em 11 de dezembro, pelo site AUTRES DIMENSIONS.

Eu sou URIEL, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão.

Bem amados Filhos do UM, eu venho, em vocês, por minhas palavras e por minha Presença, em sua Presença e na majestade de nossa Comunhão, a fim de reproduzir o tempo do UM e o tempo de cada UM.
Porque, Amados do UM, vocês são.
Porque vocês são a Verdade.
Porque vocês são o Caminho e a Vida.
Vocês são a Vida e a Vida vem nesse mundo.
Esse mundo que não conhece a Vida, porque inscrito no duplo, porque inscrito na dúvida.

Hoje, a Luz vem restabelecer – pela Reversão e Transparência dela, por sua Reversão e sua Transparência – a Clareza e a Transparência.
Viver o UM é viver na Alegria.
É viver a Vida para além do mundo.
Porque esse mundo que vive não é a Vida Eterna, porque privado do Éter, ela é efêmera.

Hoje, pela Fusão e a Graça de seu Éter, no Éter, vem exprimir-se e viver-se a Vida Una, que não é outra que a Verdade, que não é outra que a Alegria que vem pôr fim ao sofrimento, à separação.

Unifiquemos a Unidade, porque vocês são Unidade e nós estamos presentes, Arcanjos e humanos, na mesma ronda, no mesmo tempo, na mesma Unidade, para além de todo tempo, para além de toda ilusão.

Então, juntos, cantemos o Canto, aquele da Verdade e da Vida Una, que põe fim, enfim, um termo, ao que está separado, ao que está isolado.
Vocês estão sobre esse mundo, mas esse mundo vai viver a Vida, aquela que é verdadeira, para além de qualquer dogma, para além de qualquer limite.

Filhos do UM, nós estamos em vocês.
Nós estamos com vocês e somos UM, porque o que eu sou, Arcanjo URIEL, é o que vocês são, de toda a Eternidade, porque o tempo do Eterno chega.
Ele põe fim à Ilusão.
Ele põe fim a todo sofrimento.
Então, resta escutar, resta ouvir e resta Vibrar o tempo do UM, o tempo de Alegria que não tem fim, o tempo de Alegria, saturado de Alegria, que vive a Vida Una, pela vibração e pela Presença.

Tempo de Presença para além do limite, para além do confinamento.
Isso está aí.
Isso está inscrito no Tempo de sua Presença, pelo Tempo de sua Transparência, na Unidade e na Simplicidade.

Voltar a tornar-se a Criança, aquela que não é separada e aquela que não é fechada, porque não ainda confinada pelas leis desse mundo, leis iníquas que o confinou e privou da Liberdade da Consciência Unificada, aquela que Vibra, em todos os tempos e em todos os espaços, para além de toda ilusão, na qual nada vem constranger, nada vem limitar, na qual nenhuma lei pode resistir à Liberdade e ao brilho da Unidade e da Simplicidade.

Amados do UM, Amados da Verdade, a Vida é Verdade, em uníssono ao Coração e em uníssono ao Sopro, aquele do Éter, que vem liberar e abrir o tempo da Graça, que é tempo de Eternidade e que é tempo, para além de todo tempo.

Amado do UM, porque UM, você mesmo e nós mesmos, na mesma ronda, na mesma dança e no mesmo Silêncio, aquele de nossa Presença.

Amados do UM, para além de toda Ilusão, o tempo do Renascimento na Eternidade o faz passar da  Sombra – do jogo estéril do mental e das emoções, apanágio desse mundo, erigido em verdade – à Luz.
Mas a lei desse mundo não é a Lei da Vida, porque a Vida é Una e ela é Ilimitada.
Então, junte-se, conosco, ao Canto da Liberdade e torne-se o Ilimitado de sua Presença e de minha Presença.

Filhos do UM, no mesmo Coração, na mesma posição, na mesma estrofe, no mesmo verso, no mesmo Silêncio e no mesmo espaço, para além de todo espaço, que contém, em si, absolutamente, o UM.

Verdade é Verdade.
Verdade é Vibração.
Vibração de Verdade que lhe abre as portas da Alegria, aquela de seu Coração Eterno, para além dos limites desse coração, desse mundo, que lhe dá a viver o Coração do Um, como o coração do outro, porque não há distância de Coração a Coração.
Porque há Comunhão.
E, da Comunhão de nossos Corações, nesse espaço e em todo espaço, vive-se o mecanismo no qual os Éteres liberam-se, no qual os Éteres fundem-se, levando o Coração a um novo Canto, no qual não há mais batimento, no qual há Presença e respiração Eternas da Verdade.

Amado do UM, você é Um, porque nós somos, todos, religados, pela mesma ressonância dos Éteres liberados, religados pela mesma Liberdade e pela mesma Alegria.

A Consciência que se exprime, para além de minhas palavras é, também, seu Coração que Vibra ao Apelo da FONTE UNA, que Vibra ao Apelo da Luz, que vem bater à porta de seu Templo Interior.

Abramos, juntos, e estendamos as asas da Eternidade que não são outras que suas asas, que vêm liberar o que estava confinado, que vêm liberar a Verdade Única: aquela de seu Coração.

Filhos do Um e amados do Um, nós somos Um, no mesmo Silêncio, na mesma Comunhão, na mesma Presença, na mesma Fusão, a fim de viver a Verdade Una, de viver a Vida e não a ausência de Vida nesse mundo.

Você é a Verdade e a Luz desse mundo, a partir do instante em que você se volta para si e escala a montanha de incertezas, a montanha de Ilusões, na qual não há mais alto, na qual não há mais embaixo, na qual não há mais dentro, na qual não há mais fora, porque a Consciência está em todos os tempos, em todos os espaços e em todo Coração.

Espaço de reunião.
Espaço de Liberdade.
Fusão dos Éteres, de Coração a Coração, que lhe dá a viver o espaço de nossa Eternidade.

Então, juntos, abramos as asas, aquelas da Liberdade e aquelas da Verdade, na qual nenhum espaço para a perturbação pode subsistir (ou, mesmo, existir), na qual nenhum espaço para a Sombra pode manchar o brilho da Luz que é sua Presença e nossa Verdade comum.

Então, juntos, Comunguemos.
Então, juntos, fusionemos.
Então, juntos, vivamos o UM.
Fusão dos Éteres, em seu Coração e em meu Coração, tanto nessa Dimensão como em minha Dimensão.

Não há mais separação.
Não há mais divisão.
Não há mais Ilusão, a partir do instante em que seu Coração escuta a Vibração e o Canto do UM, a Vibração e o Canto da FONTE, que é seu Canto, que é sua propriedade, porque ela não é, simplesmente, sua, mas ela é de todos, a mesma propriedade.

Doação de Liberdade, para além da esperança, para além do sofrimento.
Abra sua Essência à Verdade essencial de nossa Comunhão, no tempo de nossa Fusão e no tempo de nossa dissolução (pela Graça do UM, pela Graça da Vida, pela Graça da Criação), presente em todo espaço.

Nunca mais poderá ser separado o que está reunido na Liberdade, em seu Coração e em meu Coração, no Templo de nossa Presença e no Templo de nossa reunião, de nossa Fusão.

Que digo eu?
Amado do Amor – porque você é o Amor – e amado, você que ouve e Vibra o tempo de minha Presença, porque Vibra, em você, sua própria Presença.
Você é o que você é, de toda a Eternidade.

Há, em você, o princípio de vida, o embrião de Vida e a Vida, em sua totalidade, sem limite, sem resistência, sem sofrimento e sem Ilusão.

Então, eu o convido ao banquete do Céu.
Então, eu o convido a viver sua Passagem no Eterno.
Esteja na Alegria, porque você é Alegria.
Esteja na Paz, porque você é Paz.
Seja Unidade, porque você é Um.
Seja Verdade, porque você é Verdadeiro, para além de todo jogo, para além de toda forma, porque você é o conjunto de formas, porque você é o amorfo e o formal, porque você é infinito nos espaços tanto finitos como indefinidos.

Você é a Verdade, porque eu sou Um e você é Um.
Então, juntos, abramos a porta àqu’Ele que vem dizer: «siga-me».
Porque você é você.
Porque Ele vem dizer-lhe a Verdade de seu Ser.
Porque ele vem dizer-lhe a Verdade de seu Espírito.
Porque Ele vem dizer-lhe que você é a Vida.
Que você é a Vida para além desse mundo e você vem trazer a Semente de Vida nesse mundo que nós, juntos – tanto Arcanjos como humanos – liberamos.
Liberamos dos horrores do sofrimento.
Liberamos dos horrores do fim, para que nunca mais haja fome, para que nunca mais a alma e o Espírito conheçam a fome, a fim de que seja saciado o Espírito de Verdade, o Espírito de Vida.
Você é isso.

Em Verdade, eu lhe digo, você é a vida e você é o Éter, que percorre os mundos, que percorre as Dimensões nas quais nenhuma forma pode limitar sua Presença, nas quais nenhum estado pode liberar seu Ser, porque você está, já, liberado, porque você é Portador da Vibração do Amor, que é sua natureza e sua Essência e que é a Verdade e, sobretudo, que é a Liberdade.

Então, escutemos, juntos, o Canto do Coração.
Luz UNA.
Amor indizível e Amor Eterno, que nenhum constrangimento, que nenhum limite pode confinar.

O Canto do Coração é o Canto de Vida.
Ele é o Canto da Unidade, o Canto do Único, que vem ecoar, no Céu, como sobre a Terra, em você, como em cada um (cada Um), que anuncia a Trombeta da Liberdade, que vem reunificar a Liberdade e revelar a Transparência do Ser Essencial.
Que vem Unificar o que estava fragmentado, que lhe dá a viver a Alegria dos Reencontros e dos Casamentos, aqueles que tornam Livres, que tornam Eternos e que tornam Verdadeiros, porque esse é seu direito, porque essa é nossa Essência.
Sua, de você, que ressoa na frequência de minhas palavras, que ressoa nas posições de minha Presença, que ressoa no sentido do Um, no qual o Coração não pode mais ser alterado, porque ele é, inteiro, elevado e Verdade.

Então, Filhos do Um, cantemos o tempo da Fusão, o tempo do Amor, o tempo da Verdade, porque sua Verdade é nosso Bem comum, porque nossa Verdade é aquela da Luz, que torna Livre.
Porque você é Livre, e porque eu sou Livre.
Saiamos, juntos, dos tempos de seu sofrimento.
Saiamos, juntos, do tempo de seus limites, porque você é o Ser ilimitado, de bondade e de Beleza, que revela a Vida, que revela a Alegria, que é aquela da Consciência.

Então, juntos, abramos o tempo da Presença, o tempo da Comunhão e o tempo da Graça, no mesmo espaço, de Presença a Presença.
De você a mim, a Liberdade.
E de mim a você, a Luz, que é Liberdade.

Ressoemos e Vibremos no tempo de nossa Comunhão, nesse espaço e em todo espaço, porque você é a vida e você é o Caminho e esse caminho não é, unicamente, aquele desse corpo que você habita, porque você é além dessa veste.

Você não é uma veste, mas você é a Eternidade.
Você é a FONTE e é a Vida, porque é o que eu sou.
E o Arcanjo URIEL, que eu sou, é o Mensageiro que lhe dá a viver, no Branco da Presença, a Fusão de seus Éteres e que lhe dá a viver o impulso do Coração, que o leva ao cume que não é um cume.
Que o leva às profundezas que não estão na profundeza, mas que é a totalidade dos espaços, para além de qualquer imagem.

Amados do UM, nós estamos, juntos, reunidos neste espaço, como em todo espaço, a fim de curar.
Curar de quê?
Curar da Ilusão.
Curar de todo sofrimento, não lutando, não se opondo, não resistindo, mas deixando a Graça da Luz trabalhar em sua Presença e em nossa Comunhão, dando-lhe, então, a nota exata, aquela que vem Liberar a totalidade do que você é.

Enfim, a hora chegou de viver a Verdade, no Coração do Um, no Coração de cada um (cada Um), no Coração de todos, no Coração do mundo, no Coração da Vida para além desse mundo.

Você é a Alegria Eterna da Luz, porque ela é sua natureza.
Porque ela é sua composição, para além de todo arranjo, para além de toda vontade.
Você é a confiança e você é a Alegria, a partir do instante em que sai das sombras da falta, criadas aqui, para além de toda criação.
Essa criação que descriou e que impede sua Liberdade.

Juntos, hoje, neste espaço e neste tempo, em todo espaço e em todo tempo, nós revelamos a Graça, nós revelamos o UM e nós Comungamos, no espaço de nossa fusão.
Tempo de cura, no qual não há mais questão, porque tudo é evidência.
Porque tudo é resposta.
Porque a Luz não deixa outro lugar que não aquele da Luz.
Porque a Luz não deixa outro tempo e outro espaço que não a Luz.

Amado do UM, como Ele disse, juntos, elevemos o tempo de nossa Presença.
Elevemos  o tempo da Graça, pela Vibração e pelo Silêncio, no Templo de nosso espaço, no qual nós Comungamos.

Vivamos.
Vivamos UM, porque nós somos UM, e aí encontra-se a fonte e a centelha que vem acender o Templo de seu Coração, a fim de que, nunca mais, a lâmpada apague-se.
A fim de que, nunca mais, você conheça a separação e tenha mais necessidade de qualquer conhecimento, a não ser aquele de Ser na Vibração de sua Presença, na qual Vibra a FONTE, Vibra minha Consciência, que é sua.

Eu me dou a você, como a Vida se dá a cada um (cada Um), como a Vida é Doação, a fim de viver a Doação, para além de qualquer troca, porque a troca reforçou-se e transformou-se por nossa Fusão.

Abrasamento de Alegria do Amor Unitário, vivido na Vibração, e no tempo do Silêncio, que vem saciar e estancar qualquer sede em você.
Que lhe dá a viver a Água Viva da Fonte de Cristal do Templo de Eternidade, de Yerushalaïm revelada em seu Coração, que contém tudo, além do UM, e que contém o conjunto dos possíveis, o conjunto das Criações e o conjunto das Alegrias.

Então, de minha Presença à sua Presença, e de sua Presença à minha Presença, juntos, o Canto da Liberdade, ouvido em suas células como em seus ouvidos, como no Templo de seu Centro, no Templo de seu Coração, no qual palpita a vida, no qual não há mais necessidade de contrair, porque tudo é expansão, porque tudo é Verdade, porque tudo é Beleza.

Juntos, no tempo do Aqui e do instante, abramos, na Unidade e na Simplicidade.
Recolhamos a Criança que nasce, para jamais morrer, que é recém-nascida a ela mesma, no tempo de nossa Presença, no tempo de nossa fusão.

Juntos, nós elevamos o Canto de nossa Presença no mesmo Coração, na mesma Liberdade.
Nós somos a Verdade, porque somos a Vida.
Porque a Vida é infinita e não conhece qualquer limite.
Porque cada instante é Eternidade.
Porque cada sopro é portador de seu sentido e de sua Vida, que é sua, porque ela é minha.

Nenhum pertencimento mais que não à Liberdade.
Nenhum pertencimento outro que não ao Amor, à Luz.
Então, juntos, na Fusão de nossos Éteres e de nossos Corações, vivamos a Vida e a Verdade.
Vivamos o Sopro.

Amado do UM, eu sou o Mensageiro, porque você mesmo é a Mensagem: aquela da vida que, para além de todo confinamento, subsistiu, perseverou.

Agora, exulte, em você, a Alegria de sua Paz, aquela que o faz reencontrar a Eternidade do que você É, a Eternidade do Ser.

Então, nós, Arcanjos, presentes ao meu lado, e nós quatro, somos o reforço e a elevação de seus Quatro Pilares, que vêm consumi-lo na Alegria do Coração e de sua Presença, que lhe dá a viver o Éter da Liberdade, que lhe dá a viver, para além de toda Terra.

Então, cantemos o Canto do Coração, aquele do Amor infinito no qual nenhuma condição pode frear a expansão, no qual nenhuma condição pode criar uma mínima Ilusão.

Filho Ardente do Sol, Filho Ardente da Luz, Filho Ardente do UM, nós somos, nós todos – Anjos, humanos e além – o sentido e a Essência da Vida.
O Fogo do Amor vem abrir o Coração à sua verdadeira Vida, à sua Verdade e à sua Beleza.

Juntos, nesse espaço e nesse instante, escutemos o Canto.
Nesse espaço e nesse instante ressoa a palavra «Presença», que é sinal do Amor, que é sinal e sentido da Liberdade, da Luz.

Amados do UM, então, nós perfuramos, juntos, os últimos véus da ilusão, a fim de ir para além do parecer, na Transparência de nossa alquimia, de nossa Fusão.
Juntos, nós curamos o mundo de sua ausência de Vida, porque a vida é Una, mesmo sobre esse mundo.

Amado do Um, eu venho dizer-lhe que você é a Criação, presente em todo o mundo.
Amado do UM, eu venho restabelecê-lo na Luz Branca e no Azul dos Éteres liberados.

Então, você pode renunciar a toda vaidade desse corpo e dessa pessoa, porque você é mais do que esse corpo e essa pessoa.
Você ouve o Canto de seu Ser, a Vibração de seu Coração?
Você ouve o Fogo que o consome na Alegria do Eterno?

Escute o Mensageiro.

Juntos, nesse espaço, nesse instante, em todo espaço e em todo instante, nós somos Um.
Nós somos Amor e somos a Vida, e somos o Caminho que não é mais um Caminho.
Nós somos o Som da Criação.
Nós somos o Som da Essência e o Som de nossa Presença.
Nós somos o Som de nossa Comunhão.
Nós somos o Som de nossa Fusão.

De meu Éter ao seu Éter, de seu ponto ER ao meu ponto ER, de sua Coroa à minha Coroa, Comunguemos.
Juntos, nós somos a Vida.
Juntos, nós somos a Verdade.
Juntos, nós somos o Canto.

Bênçãos e Graça.
Majestade.

Sementes de Estrelas, em nome do Amor e em nome da Liberdade, sejamos a Verdade de nossa Eternidade.

Presença e Comunhão.
Tempo de Majestade e de Fusão.
O Coração é a resposta, a única.
Não há outra, porque o Coração é Único.
Porque o Coração é Um.
Fusão.

Então, agora, no Silêncio de minhas palavras e na plenitude de nossa Presença e de nossas Vibrações, instalemos a Alegria e a Paz, o Amor Luz, o Amor Vibral.
E acolhemo-nos, uns aos outros, no tempo da Graça de nossa Fusão.

... Efusão Vibratória / Comunhão...

Você é a Alegria.
Você é minha Alegria, como eu sou sua Alegria.
Não há mais distância, no espaço de nossa Fusão.

Então, eu lhe digo: «até sempre», no tempo de nossa Fusão, que deve ser vivida a cada tempo.
Se, em sua vida desse mundo, os elementos pesados parecem freá-lo e resistir à sua Transparência, saiba que você é a Alegria e a Vida.
Então, sele, em você, o Beijo de meu Coração, aquele de nossa Fusão, porque, naquele momento, você poderá dizer-se: «eu sou o Amado, eu sou a Verdade».

Eu faço Silêncio, a fim de magnificar nossa Presença e nossa Graça.

... Efusão Vibratória / Comunhão...

Eu sou o Anjo URIEL, Anjo de sua Presença e Anjo de sua Alegria.

... Efusão Vibratória / Comunhão...

Até logo, no Coração.

... Efusão Vibratória / Comunhão...
__________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/.

3 comentários:

  1. Vibrando de Alegria com o Amado Uriel, rendo-lhe Graças por Todo Amor...Se, em sua vida desse mundo, os elementos pesados parecem freá-lo e resistir à sua Transparência, saiba que você é a Alegria e a Vida.Então, sele, em você, o Beijo de meu Coração, aquele de nossa Fusão, porque, naquele momento, você poderá dizer-se: «eu sou o Amado, eu sou a Verdade».

    ResponderExcluir
  2. Vocês são a Vida e a Vida vem nesse mundo <> Esse mundo que não conhece a Vida, porque inscrito no duplo, porque inscrito na dúvida <> Viver o UM é viver na Alegria. É viver a Vida para além do mundo <> Você é a Verdade e a Luz desse mundo, a partir do instante em que você se volta para si e escala a montanha de incertezas, a montanha de Ilusões, na qual não há mais alto, na qual não há mais embaixo, na qual não há mais dentro, na qual não há mais fora, porque a Consciência está em todos os tempos, em todos os espaços e em todo Coração <> Amados do UM, nós estamos, juntos, reunidos neste espaço, como em todo espaço, a fim de curar. Curar de quê? Curar da Ilusão. Curar de todo sofrimento, não lutando, não se opondo, não resistindo, mas deixando a Graça da Luz trabalhar em sua Presença e em nossa Comunhão, dando-lhe, então, a nota exata, aquela que vem Liberar a totalidade do que você é <> Vivamos UM, porque nós somos UM, e aí encontra-se a fonte e a centelha que vem acender o Templo de seu Coração, a fim de que, nunca mais, a lâmpada apague-se. A fim de que, nunca mais, você conheça a separação e tenha mais necessidade de qualquer conhecimento, a não ser aquele de Ser na Vibração de sua Presença, na qual Vibra a FONTE, Vibra minha Consciência, que é sua.

    ResponderExcluir
  3. "Hoje, a Luz vem restabelecer -pela Reversão e Transparência dela, pela sua Reversão e sua Transparência- a Clareza e a Transparência."
    "O Fogo do Amor vem abrir o Coração à sua verdadeira Vida, à sua Verdade e a sua Beleza."
    "Juntos, nesse espaço e nesse instante, escutemos o Canto. Nesse espaço e nesse instante ressoa a palavra PRESENÇA, que e sinal do Amor, que é sinal e sentido da Liberdade, da Luz."
    "Amados do UM, então, nós perfuramos, juntos, os últimos véus da ilusão, a fim de ir para além do parecer, na Transparência de nossa Alquimia, de nossa Fusão."
    "Amados do UM, eu venho restabelecê-lo na Luz Branca e no Azul dos Éteres Liberados."
    "Nós, Arcanjos, presentes ao meu lado, e nós quatro, somos o reforço e a elevação de seus Quatro Pilares, que vem consumi-lo na Alegria do Coração e de sua Presença, que lhe dá a viver o Éter da Liberdade."
    "Agora exulte, em vocês, a Alegria de sua Paz, aquela que o faz reencontrar a Eternidade do que você É, a Eternidade do Ser."
    "Filhos do Um, cantemos o tempo da Fusão, o tempo do Amor, o tempo da Verdade."
    "Então juntos, abramos o tempo da Presença, o tempo da Comunhão e o tempo da Graça, no mesmo espaço, de Presença a Presença."
    "Bençãos e Graça. Presença e Comunhão. Tempo de Majestade e de Fusão."
    "Então, agora, no Silêncio de minhas palavras e na plenitude de nossa Presença e de nossas Vibrações, Instalemos a Alegria e a Paz, o Amor Luz, o Amor Vibral."

    Amor Vibral! Luz Vibral!
    Irmãos, Alegria! Não há mais distância, porque há Comunhão.

    ResponderExcluir