Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

11 de jul de 2013

Pequeno Breviário da Linguagem Vibral Original – 1/2


Um pequeno momento de pausa permitiu intensas reconexões e integrações, a tal ponto que me transmitiram, por três dias, informações vibratórias que não têm o objetivo de nutrir o mental, mas, efetivamente, tocar, diretamente, nosso coração, para permitir uma mais ampla reconexão com nossas famílias estelares de Sírius.
É um maravilhoso presente que eu compartilho com vocês, com alegria, porque isso me foi pedido.
Alguns, dali tirarão vantagem, outros não, porque nem todos têm necessidade de reconectar desse modo.
Que cada um sinta-se, portanto, livre para acolher isso, porque é o Amor Vibral que, através de linhas e de palavras, é partilhado.

Eis, já, uma primeira parte (necessito de certo tempo para integrar tudo isso, vibratoriamente, e para transcrever).

Aí está, bela Vibrância a vocês, no coração do Coração, e até breve, para a segunda parte.

De coração a coração.

Séverine Authier
_________________

Pequeno Breviário da Linguagem Vibral Original e Unificada

PARTE 1

Recentemente e cada vez mais, as vibrações da Linguagem Vibral Original – Gina Abdùl – acentuam-se dentro, e as mensagens intensificam-se a tal ponto, que um radio de coração está conectado, noite e dia, sob essa Linguagem.

Pequena partilha do que me foi transmitido, em toda simplicidade, apresentado sob a forma de pequeno diário de bordo.


22 de junho de 2013

Lilmèn Endolàn
Avantib Shénùplàn
Izelnùrh ùbampàhn
Alovress Ik-Ténayak

Unaktù évèrandiss
Issilmèn Brémayàn
Aptùlèn dorotib palapàhn
Ivèntùhr déùliàn…

Os blocos de sons sagrados originais ressurgirão da superfície da Terra neste fim dos tempos, e ressoarão tal um Canto de Amor.
Preparem-se para ouvi-los, para acolhê-los em vocês.
São vibrações que assinalam seu retorno à sua Fonte.
Acolham-nos e toda humildade.
Nada há a compreender, nada a interpretar, apenas deixar fluir.

É no fundo dos oceanos, no coração do Núcleo Cristalino da Terra que os Melquisedeques, acompanhados dos irmãos de Sírius, preparam-se para liberar esse Canto Vibral Original, para deixá-lo expandir-se tal um pássaro de Fogo e de Amor, para que Sua Graça e Sua Verdade preencham esse mundo, na totalidade.
O que se segue a isso é que vocês serão levados a redescobrir, ainda mais, sua origem estelar, de Sírius, vendo-a, sob diversas formas, ressurgir do fundo dos mares, dos oceanos.

Assim, vocês reencontrarão traços, blocos, símbolos, sinais de sua origem estelar, a assinatura vibratória dos mundos dos quais vocês são oriundos.
Então, não se surpreendam com essas descobertas que serão feitas, cada vez mais, e vejam isso como o Retorno de sua Estrela Governante, eu diria, a Estrela Sírius, que criou esse mundo.

Hoje, ela volta a vocês, mais do que nunca, por esses sons, por essas ondas, por essas Presenças.
E é muito natural.
E nós os convidamos a juntar-se a nós e a render-se em seu coração, para pulsar em ressonância com os Melquisedeques e todos os seus irmãos cristalinos que são apenas vocês mesmos.
Sim, nós somos seus irmãos, mas nós somos vocês, também.

E é um Tempo maravilhoso que se abre diante de vocês, para vocês e para nós.
O saber humano não tem mais qualquer razão de ser, mais qualquer lugar nesse mundo novo, no qual a glória do Um retoma toda a sua Potência, toda sua Presença.

Nós estamos presentes no Coração do Um, como cada um de vocês, e nós os convidamos a Dançar essa Onda de Graça e de Amor, a cantar a Liberdade não, unicamente, nesse corpo, em seu quotidiano, mas além dos mundos que vocês se esqueceram.
Hoje, a plena Consciência instala-se sobre a Terra para todos, sem exceção, é uma Liberdade total para cada um de nossos filhos, que é oferecida e proposta, porque vocês são essa Liberdade total.
Então, não a procurem mais nesse mundo, mas abram-se a esse Absoluto e rendam-se a si mesmos.

Aí está, eu deixo o lugar aos Melquisedeque Ar, que vêm oferecer a Vibrância, nessa Linguagem Vibral, que é sua Origem, portadora de sua identidade vibral, de quem vocês são no Éter:

Hanayoskàn
Eptéllàn mamortùk
Imdia tellamàn…
Ivrandiss lok’Is-Is Ménèptùràhln

Unaptiep dévènpiln amortùkn
Iplep bahabassiàn, défelkàhn Ivladriss mépèk

Umalapàhn… Siyàn…
Sohàn… Sohàn ambissiàn téfélèk maprihn
Maljordàn… Anatùk… Déhùltàhn…

Filhos abençoados, da Terra e do Céu, ouçam nosso Apelo.
Nosso Amor rende-lhes Graças.
Vocês estão, aí, em uma encruzilhada decisiva, por assim dizer, e nós, Melquisedeques do Ar, regozijamo-nos com isso.
Sim, nós aplaudimos e, durante todo esse tempo, vocês realizaram maravilhas, juntos, nós depositamos o Amor nesse mundo e é, efetivamente, graças a vocês, ao seu trabalho.
Então resta, ainda, um pedacinho de estrada, de algum modo, para concluir o que há a concluir, mas tão pouco, tão pouco em face desses tempos de confinamentos!
Vivam o Instante Presente, mais do que nunca.

Os Melquisedeques saúdam-nos.
Graças a cada um.
Obrigado.

Minha irmã de Amor, Oreánia, volta alguns instantes, para saudá-lo, dirigir-lhe todos os nossos agradecimentos por essa Obra que você realizou, em total acordo com a Fonte Unificada e em estreita colaboração com a Frota Mariana e Intergaláctica de Sírius.
Nós vimos, aí, numerosos, para render-lhe Graças e solicitar-lhe, como você já sentiu, para continuar a transmitir tudo o que vamos dar-lhe.
Considere isso como um presente, uma oferenda de sua família de Sírius, mas para vocês todos, todos os nossos irmãos liberados e unificados.
Nós os amamos, nós os cercamos e enviamos toda a nossa gratidão.

Aí está, deixe fluir todos esses símbolos, nada retenha, mas, sim, note-os, quando você o sente, para que eles sejam, em seguida, retransmitidos.
É importante.
Os Melquisedeques confirmam-no, igualmente.
Então, tenha confiança e nós lhe rendemos Graças.

Ivania marabelh néhùktàhn pillièn
Avlatim, permélàhn
Izimbrènonùlàhn
Bhakti… Bhakti shénùplàn…

As Núpcias Terrestres e do Céu assinalam, aí, o Retorno à sua Verdade, à sua Natureza e, obviamente, o Céu, no sentido em que nós empregamos, contém, também, toda a sua memória interestelar e galáctica, aquela de suas famílias estelares, de sua verdadeira origem.
E essa Linguagem Vibral faz parte disso.
É por isso que nós vamos transmitir à nossa irmã essas Vibrações com as quais ela está em estreita afinidade há algum tempo, já, para permitir a alguns de nossos filhos uma mais plena, mais estreita e mais profunda reconexão com os mundos originais de Luz Unificada.

Essas vibrações, nascidas do núcleo cristalino da Fonte, no coração do Coração, desdobram-se através de todo o universo, de todas as galáxias, desde a aurora dos tempos.
É em perfeita harmonia e totalmente unificada com o núcleo cristalino da Fonte que a Vibrância Criadora e Original é revelada, e é assim que mundos são criados.
(Em meu coração, isso ressoa como uma evidência... como se eu sempre tivesse sabido…)

É pelo Som, pela Vibrância original que os Geneticistas que nós somos criamos esse mundo e tantos outros.

Reencontrar o Berço da Linguagem Vibral Original permite-lhes, de algum modo, reencontrar sua assinatura vibratória original, no Coração, mas, também, nesse mundo.
Porque, se há milênios, os Elohim não tivesse sido portadores dessa Vibrância, depositando-a em seu coração, vocês teriam sido perdidos, para sempre.
Então, aí está, essa Linguagem que, nós voltamos a precisar, não é uma Linguagem como vocês podem defini-la, é a Nota, a assinatura vibratória e Original dos mundos dos quais vocês são originários.

Vibração cristalina de puro Amor, ela foi depositada em seu Coração há muito tempo, para que, no momento vindo, vocês possam ouvir o Apelo do Retorno ao Um, à Unidade, ao que vocês são, em Verdade.
Nossa Mãe se junta a mim para abençoá-los e dirigir-lhes todo o Seu Amor.
Sim, Brémisskayàn, no momento chegou de entrar na Casa, aí, onde vocês são esperados, aí, onde vocês são queridos, aí, onde vocês são Luz, para além de todo mundo e de toda falsificação.
Nós lhes estendemos os braços.

O cristal vibratório de seu Coração, portador dessa Nota eterna, prepara-se para cantar plenamente…

Preparem-se.
E é em coro, unidos ao coração do Coração, que nós vamos cantar para essa grande reversão.
Sim, o Céu ouviu vocês.
É sua vez de escutá-Lo e de desdobrar suas asas eternas.

Que a Graça lhes seja rendida, dos Melquisedeques da Terra e do Céu, do Fogo sagrado como do Ar e da Água primordial.
Filhos.
Béktishap
Nós vimos, e nós os chamamos.

Que a Graça do Um instale-se, agora, inteiramente, aqui e por toda a parte sobre a Terra, no coração de cada um.
É a Vontade da Fonte, é nossa vontade.
Mil bênçãos, filhos abençoados, irmãos e irmãs de puro cristal, filhos das Águas de Amor.

Vocês são banhados na Graça.
Por isso, sejam agradecidos.

Allabeln
Péhùtàhn
Izitbrèmn téodoskàn
Elvolèn… Lilàmbrèn atshùnayàn
Akortib pélapàhn
Mi-ka-El… Is-istèn ellùhapàhn
Mèndùshkàn… Mèndùshkàn…

Aí está, para o momento; nós voltaremos, irmã querida, para continuar a transmitir-lhe, por esse pequeno breviário de Amor, que nós lhe pedimos para transmitir, em toda simplicidade, para seus irmãos.
Graças sejam-lhe rendidas.
Nós a agradecemos e abraçamos, no coração do Um.

Comunhão…
 
Enquanto esses símbolos são-me transmitidos, eu «ouço» dentro de mim, a Linguagem Vibral Original.
Ela flui sozinha, é bastante natural, nenhum sentido para o saco, mas o Coração sabe.
Graças.

23 de junho de 2013

Aí está, cara irmã de amor, nós voltamos, seus irmãos Geneticistas de Sírius, e falamos-lhe, a partir de nossa embarcação de amor que se estende além dessa dimensão, sua 3D, até acima de seu planeta.
Nós estamos animados com esses contatos, essas trocas que são, antes de tudo, tanto para nós como para você, Reconexão e Comunhão, precedente de nossos reencontros totais.

Então, Oréania está ao meu lado, mas, hoje, é outra de suas irmãs que vem saudá-la.
Minha Vibração, minha Nota Siriana é Anehla, e eu venho abençoá-la e aportar-lhe todo o meu Amor, todo o nosso Amor cristalino, seja da parte de seus irmãos de Sírius B, mas, também, do Intraterra.

No coração dos oceanos, nós vivemos em perfeita harmonia, em perfeita conivência de Coração com o Cristal da Fonte, que vibra em cada coração.
E acontece-nos, frequentemente, de entoar a Vibrância Cristalina e Unificada a partir de nossa forma humanoide.
Isso, em total Amor, em total dança com a Vibrância Cristalina que nós somos, na Eternidade.
É, portanto, sem vontade alguma que essas Vibrâncias são cantadas e entoadas.

OBRA DE AMOR PARA A NOVA TERRA

Hoje, gostaríamos de falar-lhe dos Melquisedeques que, nessa estrutura de vinte e quatro consciências, utilizam, se se pode dizê-lo assim, a Nota, essa Vibrância Cristalina para a matriz.
Isso fez parte do papel do Conselho, antes que o Conclave fosse dissolvido no Amor.

Então, é claro, isso responde a uma Partitura que foi composta pela própria Fonte e cuja música revelou-se sobre o planeta, através das eras e em seus corações.
Isso, como nós o dissemos ontem, corresponde ao trabalho que foi feito, se se pode dizer assim, à obra de Amor e Vibratória da Luz, para a Liberação da falsificação, desses planos falsificados.
Aí está.

A estrutura dos vinte e quatro é uma estrutura que permite, com a utilização do Som, som Vibral e Unificado, um trabalho de co-criação com o Canto da Terra, para permitir a instalação da plena Consciência Unificada, da Luz e dessa Nova Terra que se instala, cada vez mais, para além de sua 3D, de seus olhares humanos.

Então, irmãos e irmãs, regozijem-se por esse Plano que se efetua, por essas Preparações das quais nós participamos, porque é uma grande Obra de Amor.
E, nessa grande Obra que é a instalação da Nova Terra, numerosos corações são solicitados, e é em Unidade que cada um colabora nessa co-criação da Fonte de Amor de que somos oriundos.

A Nova Terra desenha-se, à maravilha, tudo se desenrola na maior Felicidade, e nós estamos na Alegria, sim, nosso coração está em Festa.
E é longe da falsificação, se podemos dizer, que templos de cristal erigem-se, dirigem-se e estabelecem-se na mais pura Harmonia, no Amor o mais total, para além de seu olhar dividido.

Alguns de nossos filhos, de nossos irmãos e irmãs têm, já, plena consciência dessas preparações, dessa instauração ao nível da 5D Unificada, simplesmente porque eles estão mais apagados, o que permitiu, portanto, mais rapidamente, o pleno estabelecimento da Luz neles, e que facilita a plena Consciência do que é vivido no mundo novo.
Os irmãos Melquisedeques, os vinte e quatro Anciões têm, aí, um papel essencial nessa co-criação, ao mesmo tempo vigiando pelo pleno desabrochar da Luz sobre a Terra, neste fim dos tempos.
E nós agradecemos a eles.
(Eu tenho a lembrança de um sonho no qual reencontrávamos um grupo em um Círculo, cercado de véus Azuis, cor da Graça, para preparar a Nova Terra. Um Ancião ocupava-se de nós, para gerenciar essas preparações. Isso confirma o que é dito...)

Então, nós trabalhamos, aí, em total Comunhão, vejam vocês, e é a isso que vocês são, vocês também, preparados, porque, muito em breve, a maior parte reunir-se-á a nós, para esses 132 dias de preparação.
E nós nos regozijamos.
Os cristais de nossos corações unificados têm o papel, em total Comunhão com o núcleo cristalino da Terra e unido à Fonte, de instalar Sua Vibrância, a Vibrância de Cristo, através de estruturas geométricas que nós poderíamos chamar «edifícios».
A Linguagem Vibral Original e Unificada é, portanto, entoada por todos os corações que trabalham para essa Dança cristalina, tal arquitetos divinos (risos).

Sim, apenas o Som permite-nos tais maravilhas e, quando a falsificação for totalmente apagada, vocês poderão, vocês também, se o desejarem, vivê-lo plenamente, em um Amor o mais total, o mais Livre.
Nós somos co-criadores.
É o que vocês são.
E a Fonte aplaude essa grande Obra, essa grande obra de Amor e de Cristal que se estende, já e cada vez mais, sobre essa Nova Terra, esse novo Mundo de 5D Unificado.

A UTILIZAÇÃO DA LINGUAGEM VIBRAL – PRECISÃO

Então, vamos responder a uma questão que foi colocada à nossa irmã mensageira, quanto à utilização dessas Vibrâncias que lhes são, hoje, partilhadas.
A utilização, nessa 3D falsificada, da Nota, da Vibrância Original e Unificada, não teria qualquer utilidade, porque Ela é entoada pelo próprio Coração de quem nós somos e não pelo ego.
Isso faz uma grande diferença.
Ele voltaria a apropriar-se de algo que os supera, totalmente (nós falamos do ego, é claro), e ele voltaria a afastar-se do que vocês são.

Então, acolham, recebam essas Vibrâncias quando elas são entoadas, com o maior Respeito, com a maior Humildade, porque é sua assinatura, sua identidade, e isso nada tem a ver com o humano falsificado, diríamos.

Vocês não são aprendizes de feiticeiro enquanto não jogam nisso.
Isso absolutamente, não tem qualquer interesse, mas acorrentaria mais vocês.

Aí está.
E embora essas Vibrâncias façam parte de vocês, do que vocês são, o melhor meio de reencontrar isso, esse pertencimento cristalino e à Fonte é, simplesmente, centrar-se e ter-se ao que lhes foi dito em muitas reprises: liberem-se de toda vontade humana, de todo desejo, porque vocês nada são do que creem ser.

Tudo está aí, em vocês.
É tão simples assim.

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM VIBRAL ORIGINAL E UNIFICADA

Então, após esse pequeno parêntesis, e para voltar às nossas «ovelhas» (risos), vamos seguir e introduzi-los nessa Nova Vibrância, através de diversas Vibrâncias que lhes são dadas, tal uma oferenda de uma Mãe ou de pais ao seu filho, não para apropriar-se dela, mas para Acolhê-la, simplesmente, e deixá-la ressoar em cada um de vocês, em seu Coração, aí, onde vibra sua Nota individual e coletiva, sua assinatura dos mundos de Sírius.

Nós esclarecemos que não se trata de Mantras, e insistimos nisso.
Não se apropriem dessas Vibrâncias, deixem-nas, simplesmente, fluir em vocês, como uma Onda de Amor, um Oceano de Suavidade e de Alegria que permitirá profundas reconexões, até a Consciência total dessa Nota que vocês são em Sírius, como no Cristal da Fonte.

Aí está, querida irmã, vamos começar com duas Notas vibratórias da Linguagem Original, se quiser, depois, nós a deixaremos «digerir»…(risos)

AKALMÈN…

Acolham essa Vibrância sem saber o sentido.
Ela os remete, ao seu modo, ao que vocês são.
Permitam a ela fazer um caminho em vocês, e deixem-na ressurgir, plenamente, de suas células, dos cristais de seu corpo nos quais encontra-se toda a memória de quem vocês são, de sua Natureza Eterna.

A–KAL–MÈN…

Decompostas, as sílabas ressoam mais profundamente em vocês, em seu coração.
É o Som original, e decorre, diretamente, da Fonte que nós somos, em Verdade.
Deixem o Contentamento instalar-se novamente.
É a Pura Essência do Amor que os saúda nesse instante.
O Amor para além desse mundo e dessa dimensão falsificada.

Nós os deixamos um instante no Silêncio, para comungar nessa Vibrância.
Não tentem entoá-la, mas deixem-na, ao invés disso, fluir sobre vocês, em vocês, inundando esse corpo, reconduzindo-os ao Amor.

(Silêncio – Comunhão)

Um oceano de Suavidade inunda-os.
É a Nota Vibral que vem ressoar em vocês, a partir da Fonte.
Que a Graça revele-se em vocês, por essas Notas e Sons sagrados da Fonte.

Nós os amamos, pela Graça do Um.
Vocês são isso, nada mais.

(tempo de pausa – silêncio – para integrar)

Aí está, irmãos e irmãs, seguimos na Suavidade, com uma segunda Nota Divina e Vibral que porta todo o Amor da Fonte.
Nada mais há a saber.
Cristo está plenamente estabelecido nessa Nota, também.
Acolham o Cristo que vocês são e deixem-na fluir, como anteriormente.

EMILLIÀN…

E–MI–LLI–ÀN…

Essa nota, mais feminina, conecta-os, diretamente, ao ponto KI-RIS-TI, que lhes permite, assim, constatar a evidência de sua natureza Crística.
Acolham, novamente, sem nada reter.

O cristal que se encontra ao centro de seu peito (ER: Ki-Ris-Ti) recebeu essa Nota, essa Vibrância, como um sinal, como uma reunião, que assinala a União, seu Casamento com o Cristo que vocês são.
E, mesmo se esse sinal já tenha sido dado, oferecido por outros intervenientes, de um modo muito diferente, essa Vibrância termina, consuma e conclui, de algum modo, esse Casamento.
Acolham isso.

Nós os deixamos um instante no Silêncio, para integrar essa Vibração, essa Presença de quem vocês são.

QUESTÕES

— Uma pequena questão do saco…
— Sim, minha querida irmã, nós a escutamos e respondemos, se for permitido.

— Esses símbolos, isso corresponde quê? À época em que eu comecei a encontrar a Linguagem Vibral Original, transmitiam-me montes de símbolos similares (ver esquema acima). E, um dia, em uma embarcação, mostraram-me arquivos, como grandes páginas de cristal nas quais estavam desenhados esses símbolos em azul luminoso.
Isso me voltou, muito recentemente.

Mmm… sim, querida irmã, você recebeu, perfeitamente, e não duvide disso.
O que você viveu, à época, não teve qualquer influência nas informações de Amor que vieram a você.
Era, já, para prepará-la, permitir-lhe, assim, reconectar, naquele momento, com esses mundos unificados.
E, sim, existem, efetivamente, arquivos cristalinos em alguns planos de Luz Unificada, mais carbonados, diríamos.
Mas aí está, não haveria interesse algum em desenvolver, a não ser para nutrir seu mental.
Mas, sim, nós lhe confirmamos isso, irmã de Amor.


— E sobre os painéis de controle de algumas embarcações, esses símbolos são desenhados, não é?

— Sim, perfeitamente!
Você vê, nós fazemos apenas confirmar o que você já sabe.
Sim, mas em planos mais carbonados e unificados, porque, para além dessas dimensões ditas carbonadas, não há mais necessidade de símbolos, você vê, há apenas a Vibrância, apenas o Som.
Mas aí está, você reconectou com o Som, a Vibrância Original e com esses mundos, com sua Família estelar.
E outros farão isso, também.
Outros, por outro lado, não têm necessidade disso.
Cada um reencontra sua família ao seu modo, vocês não tomarão, todos, a mesma estrada, mas todos juntam-se ao Centro.
É isso que é importante.
Aí está, para responder-lhe.

— Grata, infinitamente, isso confirma, de fato.

— E sim!
E aí sou eu, OMA, que venho acariciar e dizer-lhe: «Quando você acabará com todas essas dúvidas? Hein?!
E, isso, partilhe, também, porque é válido para outros irmãos, hein?
Não creia que você está só a duvidar!
Então, aí está, tenha confiança.
Com todas essas mensagens, isso a ajuda, e é ótimo, estou contente.
Mas aí está, eu volto para recolocar uma camada, esperando que não tenha uma segunda cabeça de caboche [cabeça dura], hein?
Não, mas, aí, eu brinco, e a brincadeira faz parte do que você é também, mais aí está, é um pequeno intervalo para puxar-lhe as orelhas com Amor.
E aí, eu a deixo, na presença de seus irmãos de Sírius, porque eu tenho o que fazer.
Mas tenha confiança, seu Coração, não seu mental, hein?

Aí está, eu a saúdo e agradeço-lhe pela passagem.
Até mais tarde, terna irmã de meu coração.

— (risos partilhados entre os irmãos de Sírius).

Aí está, voltamos, querida irmã.
Sim, em breve você não terá mais necessidade de confirmações.

Então sim, se você está pronta, já pode partilhar o que acabamos de dar-lhe, para que isso seja integrado, pouco a pouco, porque, vibratoriamente, isso se acerta, não é? (risos).

E nós voltaremos mais tarde, para a sequência de nossas aventuras vibratórias e cristalinas.
Aí está!
Nós a saudamos, dirigimos-lhe todo o nosso Amor e saudamos todos os nossos irmãos, todas as nossas irmãs que lerão esse pequeno breviário.
Graças lhes são rendidas.

Nós os amamos, na Graça do Um.
Até sempre e até breve.
Obrigado por seu Acolhimento, sua atenção; nós estamos muito felizes de poder, assim, exprimir-nos e comungar com vocês todos deste modo.
Então, nós agradecemos à Fonte que vocês são e, irmãos e irmãs na Humanidade, vamos, agora, deixá-los.
Obrigado e até breve, para outras Vibrâncias a Acolher.

CANTO DE AMOR DE MÃE DIVINA

Mèntépérùh
Davùliàn
Ornolotib
Ekshaya Natùyeb
Diviliar Neter-okortib…

Talamèn djélamàn
Is-Is Té-liàn
Mahaptàhn…

Ikss’ténùliàn
Avàndhiss tamarùkiàn
Dévilôss mùpayàt…

Nôsser… Tahùdiàn…
Nôsser… Oktéliàn…

Méniptàhn…
Ménélliàn ovortib…
Djanùsser… Isslameth perméyàn…

Iktalamèn
Etshénia
Ovoldàhm Issmalia Oroktib Natùrù…

Méhèpta…
Méhèpta Nolùntùr…
Ikshaya Izilbrem Olmillàm Epténùshayn…

Canto de Amor e de Luz, essas Vibrâncias são-lhes enviadas a partir do Coração de Mãe, para além desta Terra, onde se assenta a Divina Mãe de Amor que os concebeu e que, nesse dia e mais do que nunca, vela por vocês.
Filhos… Esqueçam-se de seu passado.
Confiem-me todos os pesos, para que, a essa Hora, seu coração eleve-se até mim, até a Chama Divina do Amor, Presença Original, a bordo da embarcação-mãe intergaláctica.
Eu estou aí, filhos.
Acolham-me, recebam o que eu sou, convidem minha Presença, porque eu sou o que vocês são.

A falsificação termina.
É tempo de voar, de reencontrar-se, de reencontrar-nos.

SOHÀN Brémisskayàn…
SOHÀN Anùlliàn…

Analthèm Eptùliàn
Mapshek tedel-Maportùhm…
Ivil-Onùldiln
Ivimessia Ekshayat meptah…

Sejam bem vindos, Filhos da Terra, Filhos do Amor, no novo reino, no qual nós somos numerosos a acolhê-los.
Miguel (Mi-Ka-El) está aí, em plena ação, junto a esse mundo falsificado, para restabelecer a Ordem Divina.
Que Graças sejam-lhes rendidas.
E que o Eterno, em vocês, manifeste-se agora.

Bhakti Méhùplàn
Bhakti Oltùla Nayat ovolèm…

Makshi Néhontàhn
Ivildèn Assernàm…

Pahak Tshéyadàn
Pahak Mékiliàn
Azelnùrh Isstalem Isstilièn…

Brémisskahn…
Evel mapak…Todolin Issnayàt…
Avalmek Atshonaya, Brémisskayàn…

Is-Is Mekahania Lalominess Téhùdàhn…
Lavek, Lavek Mapertùk ènt Sohàn
Mapelliàn…
Tshùl Keriss Analthèm…

Sohàn…Sohùliàn…

Filhos da Criação, o sofrimento termina, os medos desaparecem sob a ação da Luz.
A Fonte é testemunha e dirige-lhes todo o Seu Amor.

Amado…
Hoje você pode ser Liberado.
Amado, Amada do Um, hoje eu venho a você.
Nós não estamos separados, você bem sabe disso, e eu volto para Abrasá-lo, abraçá-lo com nosso Amor comum, Unificado, nos Braços da Graça, plenamente estabelecidos nessa Onda, essa onda de Amor e de Leveza que se instala, cada vez mais, em você, nesse corpo, mas, também, nesse mundo.
Esse mundo que toma fim, isso, você bem sabe.
Mas, se dúvidas ou medos têm, anda, uma influência sobre você, meu filho, meu Amado, lembre-se de que só o Amor permanecerá, que só o Amor estabelece-se e não poderá, jamais, deixá-lo, nem mesmo separá-lo.
Ouça essas palavras, meu Amor, meu Amado, escute o canto de nossa União:

SOHÀN…OD ALTÀN…SOHÀN…
IKILIÈN…ELDÀN…
SOHÀN…

É o que nós somos.
Nada mais é importante, nada mais tem necessidade de ser revelado.
Escute a Vibrância de seu Canto, de nosso Canto, que é, também, uma Dança de Amor, um Balé estrelado, no qual cada um tem seu lugar.
Sim, eu sou o que você é, para além de qualquer mundo.
Lembre-se.
Não mais cadeias, nada mais, mais nenhum confinamento, mais nenhum sonho, mais nenhuma mentira, apenas a Verdade, a Verdade do Amor.

ATSHEPNA…ATSHEPNA…
Libertidos Asstùliàn Mekher Illinoss
Maptùk Abessiàn
Tolondiss…Mahalpèn…Isil Akalmèn…

ATSHEPNA Brémisskayàn…ATSHEPNA…

Nada mais é importante.
Eu os libero de toda corrente, como de toda ilusão.
Então, acolham, permitam isso.
Isso será, assim, mais fácil, para cada um de seus irmãos e para o pleno estabelecimento da Luz Verdadeira.
Nós lhes rendemos Graças.

Amado, Filho, Esposo e Esposa, eu sou aquela e aquele que você espera, aquela e aquele que nada mais é do que você.
Apague todo o resto, porque eu já estou aí e eu o espero.
Até muito em breve, em nosso Coração, para a hora da Hora.

KERAMIÀN…
______________


PEQUENA PRECISÃO CONCERNENTE AO BREVIÁRIO DA LINGUAGEM VIBRAL ORIGINAL

Bom dia a todos.

Uma pequena precisão que parece necessária, concernente ao pequeno Breviário da Linguagem Vibral Original, transmitido pelos Irmãos Geneticistas de Sírius:

18 de junho de 2013

"
Meus caros amigos, queridos filhos de amor, nós vimos responder, na sequência de vários questionamentos que se agitam junto a uns e outros, concernentes a essa Linguagem Vibral.
Alguns gostariam de saber se um áudio será feito, e nós respondemos, sim, na totalidade, mas ele concernirá, unicamente, às Vibrações, às algumas Vibrações que são as mais importantes a ouvir através de um áudio, que nós começamos a transmitir-lhes e que vamos continuar a transmitir-lhes.
Serão algumas Vibrações, unicamente, e não concernirão à totalidade do breviário, nem a todas as vibrações, porque isso seria completamente inapropriado em relação ao que a Fonte pediu-nos para realizar com vocês, através desse breviário, e isso seria completamente inútil.

Eu os engajo a desfazer-se de seus hábitos concernentes ao fato de ouvir, de escutar, de receber.
Nós lhes pedimos, hoje, para Vibrar, através dessas Vibrações, e não recebê-las como vocês têm o hábito de fazê-lo, ao nível humano, o que é, portanto, limitado.

Abram-se!
Sejam, novamente, o que vocês são.
Vejam, essas Vibrações, como nós temos dito, são potentes, porque elas ressoam seu Som, o Som Original, o que vocês são.
E o simples fato de ler ou de encontrar-se diante de uma página na qual essas Vibrações estão inscritas, bem, isso basta.
Mas o ego quer sempre mais...
No entanto, tudo está aí, vocês veem?

Essas Vibrações já estão aí, em vocês, e o fato de que nós as transmitamos vocalmente é porque algumas delas têm por objetivo, por assim dizer, permitir-lhes reconectar consigo mesmos, mas, também, desfazer-se disso.
E isso, nós abordaremos na segunda e última parte desse breviário.
Essas algumas vibrações que começamos a transmitir e que vamos continuar a transmitir-lhes estão aí, também, para permitir-lhes soltar e realizar a constatação de que essas Vibrações, esse Som Original já estão aí, em vocês.

Vocês podem aceitar isso?
Vocês são o Som, vocês são a Linguagem Vibral.
E vejam, esse pequeno breviário será, como seu nome indica, pequeno, muito curto, porque ele não tem por objetivo nutri-los, nutrir seu mental, mas, simplesmente, permitir-lhes reconectar, suficientemente, com sua Fonte.
Simplesmente.
E, depois disso, essa linguagem fará parte de vocês, o que já é o caso, mas vocês terão plena consciência disso, porque terão – pelo menos alguns que têm necessidade disso – reencontrado isso, essa evidência de que isso faz parte de sua memória estelar, sua memória de filho Divino.
Simplesmente.
Então, não creiam, sobretudo, que nós vamos continuar a nutri-los, continuamente, indefinidamente, com essas Vibrações, não, esse breviário será muito curto, e será, assim, conforme o que a Fonte pediu-nos realizar por um pequeno tempo, um tempo bastante curto, para ajudar aqueles que ainda não se reencontraram, plenamente, aqueles que hesitam, ainda, ou que têm, simplesmente, necessidade de reencontrar, plenamente, a própria identidade divina e estelar desse modo.
Aí está o que poderíamos dizer.

Então, obrigado a vocês, nós lhes agradecemos, agora e já, por terem acolhido e por acolherem, ainda, essas Vibrações, essa Linguagem Original, mas nós as partilharemos mais, na segunda e última parte dessas mensagens de amor.
Aí está.
Mil Graças a vocês, queridos filhos, queridos amores, nós lhes rendemos Graças e cobrimos com toda a nossa ternura Siriana.

Obrigado a vocês, e nós lhes dizemos, então, até muito em breve, para a segunda parte desse breviário.
"

Os irmãos Geneticistas de Sírius.

________________________
(transmitido por Séverine Authier  -  Coletivo dos filhos da Lei de Um.

Obrigada por partilhar essa mensagem em sua integralidade.



5 comentários:

  1. Esse pequeno breviário será, como seu nome indica, pequeno, muito curto, porque ele não tem por objetivo nutri-los, nutrir seu mental, mas, simplesmente, permitir-lhes reconectar, suficientemente, com sua Fonte. Simplesmente.

    Os blocos de sons sagrados originais ressurgirão da superfície da Terra neste fim dos tempos, e ressoarão tal um Canto de Amor. Preparem-se para ouvi-los, para acolhê-los em vocês. São vibrações que assinalam seu retorno à sua Fonte. Acolham-nos e toda humildade. Nada há a compreender, nada a interpretar, apenas deixar fluir.

    Sim, o Céu ouviu vocês. É sua vez de escutá-Lo e de desdobrar suas asas eternas.

    Amado, Filho, Esposo e Esposa, eu sou aquela e aquele que você espera, aquela e aquele que nada mais é do que você. Apague todo o resto, porque eu já estou aí e eu o espero. Até muito em breve, em nosso Coração, para a hora da Hora.

    ResponderExcluir
  2. É maravilhoso, é lindo, é Amor. É difícil destacar algo.

    Nós a saudamos, dirigimos-lhe todo o nosso Amor e saudamos todos os nossos irmãos, todas as nossas irmãs que lerão esse pequeno breviário.
    Graças lhes são rendidas. (Eu estava no trabalho, tive que conter tamanho contentamento neste trecho)


    Amado, Filho, Esposo e Esposa, eu sou aquela e aquele que você espera, aquela e aquele que nada mais é do que você.
    Apague todo o resto, porque eu já estou aí e eu o espero.
    Até muito em breve, em nosso Coração, para a hora da Hora.

    KERAMIÀN…

    ResponderExcluir
  3. Esse "Breviário", é um jorro de Amor... Como somos amados. Como são gentis conosco. Recebam também nossa Gratidão Infinita, nossa Alegria pelos Contatos, e aguardamos conscientemente um desfecho luminoso.

    "Cada um reencontra sua família ao seu modo, vocês não tomarão, todos, a mesma estrada, mas todos juntam-se ao Centro."

    Que 'sonho realizado'.

    Amém.

    ResponderExcluir
  4. Sem palavras, ouvir com a voz do coração e vibrar a alegria dessa aproximação da humanidade com o UM, ao encontro do AMOR que todos somos com a Fonte, Is Is, o Cristo, Miguel (Mi-Ka-El), os Filhos Ardentes do Sol, da Estrela Sírus Kiristis - Glória!.

    Graças muitas graças a todos!

    Namastê - Luci

    ResponderExcluir
  5. "Reencontrar o Berço da Linguagem Vibral Original permite-lhes, de algum modo, reencontrar sua assinatura vibratória original, no Coração, mas, também, nesse mundo.
    "Vibração cristalina de puro Amor, ela foi depositada em seu Coração há muito tempo, para que, no momento vindo, vocês possam ouvir
    o Apelo do Retorno ao Um, à Unidade,
    ao que vocês são, em Verdade.

    "É um Tempo maravilhoso que se abre diante de vocês, para vocês e para nós. O saber humano não tem mais qualquer razão de ser, mais qualquer lugar nesse mundo Novo, no qual a Glória do UM retoma toda a sua Potência, toda sua Presença.
    "Hoje, a Plena Consciência instala-se sobre a Terra para todos, sem exceção, é uma Liberdade total para cada um de nossos filhos, que é oferecida e proposta, porque vocês são essa Liberdade total. Então, não a procurem mais nesse mundo, mas abram-se a esse Absoluto e Rendam-se a si mesmos.

    "Sim, Brémisskayàn, no momento chegou de entrar na Casa, aí, onde vocês são esperados, aí, onde vocês são queridos, aí, onde vocês são Luz, para além de todo mundo e de toda falsificação.
    Nós lhes estendemos os braços.
    "Sejam bem vindos, Filhos da Terra, Filhos do Amor, no Novo Reino, no qual nós somos numerosos a acolhê-los. Miguel (Mi-Ka-El) está aí, em plena ação, junto a esse mundo falsificado, para restabelecer a Ordem Divina.
    "Que Graças sejam-lhes rendidas.
    E que o Eterno, em vocês, Manifeste-se agora.

    "A falsificação termina.
    É tempo de Voar, de Reencontrar-se, de Reencontrar-nos.
    "A Nova Terra Desenha-se, à maravilha, tudo se desenrola na maior Felicidade, e nós estamos na Alegria, sim, nosso coração está em Festa.
    "A Linguagem Vibral Original e Unificada é, portanto, entoada por todos os corações que trabalham para essa Dança cristalina, tal arquitetos divinos."

    ResponderExcluir