Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

27 de nov de 2013

PHILIPPE DE LYON - 27/11/2013


TRECHO PARA TODOS

Convém cessar toda interpretação, todo julgamento que venha oscilar entre a noção de Bem e a noção de Mal.
É somente a partir do momento em que você tenha transcendido isso que você pode, verdadeiramente, acolher-nos de maneira Transparente, o que quer que nós venhamos propor-lhes, o que quer que nós venhamos dizer-lhes, qualquer que seja a potência de nossa Presença.

Quanto mais a Luz intensificar-se, mais lhe será difícil viver o afluxo de Luz, ao mesmo tempo conservando uma vontade de compreender e de avaliar as situações.
Isso lhes foi dito numerosas vezes.
Essa é uma advertência que será interessante divulgar de maneira mais ampla.

Você sabe o que é viver na dualidade.
Você não sabe o que é Viver a Luz e Ser Luz.
Em todo caso, você não o sabe com seu mental, você não o sabe no que pode julgar.
Portanto, compreenda, efetivamente, que se você procura compreender o que vem realizar a Luz, então, naquele momento, inevitavelmente, você virá desacelerar, frear, opor-se à revelação da Luz.

Nós o repetimos numerosas vezes, e é muito simples a compreender: como o que jamais viveu a Luz, ou seja, o ego, como pode avaliar o que é Luz ou não?

É preciso sair desses jogos infantis; é preciso aceitar mergulhar no Desconhecido, aí, onde você poderá, enfim, viver o que é a Luz.
Isso demanda coragem, a coragem de abandonar-se, a coragem de não mais procurar a mínima segurança, porque aquele que procura uma segurança, aquele que procura proteger-se de tal ou tal coisa faz apenas proteger-se da chegada da Luz.
Com a chegada massiva que se apresenta à sua porta, isso não será mais possível.

--------------------
Transmitido por Ar.

3 comentários:

  1. É preciso sair desses jogos infantis; é preciso aceitar mergulhar no Desconhecido, aí, onde você poderá, enfim, viver o que é a Luz. Isso demanda coragem, a coragem de abandonar-se, a coragem de não mais procurar a mínima segurança, porque aquele que procura uma segurança, aquele que procura proteger-se de tal ou tal coisa faz apenas proteger-se da chegada da Luz.

    ResponderExcluir
  2. Ressaltando:

    Liberação e destemor.

    A partir daí: "SÓ LUZ".

    Que coisa boa!

    ResponderExcluir
  3. "Convém cessar toda interpretação, todo julgamento que venha oscilar entre a noção de Bem e a noção de Mal."

    ResponderExcluir