Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

4 de jul de 2007

CRISTO – 4 de julho de 2007



DO SITE AUTRES DIMENSIONS.


Caros irmãos de minha humanidade terrestre, eis vinda a hora da verdade, mas o que é a verdade?
Um conceito?
Uma intuição?
Um sentir?
A verdade é o que é.
O que é, é o amor infinito de toda a vida.
Sem verdade não há mundo possível, não há criação possível, não há evolução possível.

Em cada um de vocês flui a verdade, o amor.
Só os hábitos endossados no curso de suas múltiplas peregrinações são um freio ao aparecimento de seu Ser de verdade que, quando aparece, torna-se sua veste de Luz, sua veste de transcendência.
Em momento algum lhes é possível vesti-lo, enquanto o mínimo grama de julgamento, tanto para consigo mesmos como para com a criação habite-os.
E, no entanto, eu lhes confirmo que tudo já está presente em vocês, de toda a eternidade, tudo já está pronto para iluminar sua vida e todas as vidas que os cercam.
Só o jogo de sua dimensão impede-os de revelar e desvendar sua luminescência.

Seu sentir, mesmo o mais exato, não é a verdade, mas permanece sua verdade, e cada um apresenta sua verdade, que ele defende ou justifica.
O amor da verdade é a verdade do amor.
Essa verdade é a pulsação dos universos, o laço e a relação de toda a vida e, no entanto, ela é liberdade, ela não conhece qualquer laço.

Vocês compreendem isso?
A ligação de toda vida está na ausência de laço outro que não sua divindade única.
Paradoxo, vocês dirão?
Não.
Sua mestria é soltar, sua mestria é abandono à lei de amor, abandono à vontade de luz e de verdade em vocês.

Oh, quão difícil é voltar a tornar-se como uma criança, sem prejulgamento, sem apego outro que não o amor de toda a vida!
Isso era difícil porque eis que eu venho, agora, com meus anjos e minha espada de verdade liberá-los se, contudo, vocês me deixam todo o lugar em seu coração para mim.
Eis a hora do fogo e a hora da luz azul, aquela que vem do centro de seus universos, onde queima o coração ardente dos Serafins.

A fonte de cristal está a caminho para seu coração, para nossa Terra.
A hora dos reencontros, a hora de minha graça, enfim, chegou.

Vocês, que tanto suplicaram e oraram ao meu divino coração para voltar, vocês que aumentaram tanto e tanto sua vibrância, eu respondo ao apelo, eu respondo, também e sobretudo, àqueles que não me conhecem ainda, àqueles que estão perdidos e, no entanto, esperam-me tanto.
Eu venho revelar seu Cristo, eu venho consolá-los, regá-los à sua Fonte que é, também, a minha, aquela a quem, quando de minha passagem, eu nomeei Abba, que vocês nomearão, também, Abba.

A hora de nossos reencontros está aí, não tenham medo, eu venho como amigo, eu venho cortar os últimos laços que os retinham prisioneiros de seus medos e de limitações da encarnação.
Minha liberação é um ato de amor infinito, eu lhes dou minha paz, eu lhes dou minha graça, porque vocês são isso.

Vocês são maiores do que o maior de seus sonhos; vocês são mais luminosos do que o mais brilhante dos sóis, vocês são amor além de suas verdades limitadas.
Sua unidade está aí.
Ela se revela nessa subida vibratória sem precedente que vocês vivem atualmente e que não poderá mais, jamais, voltar a descer ou tornar-se pesada, porque Abba decidiu assim.

A hora da verdade é anunciada por meus anjos de luz e pelo manto azul de luz, que vai recobrir sua Terra e seus ombros.
Vocês aceitam minha graça?
Vocês aceitam a verdade de sua luz?
Vocês aceitam entrar na verdade?
Sim, eu sei, as horas que vêm são majestosas e solenes.

Vocês aceitam confiar-me seus medos, seus limites, para que eu os queime em meu coração?
Vocês aceitam crescer?
Vocês aceitam tornar-se meus sóis?

A hora de sua abertura soa, as trombetas preparam-se para soar, uma revolução está em curso, ela apressa-se para dar às suas vidas seu sentido o mais nobre, o mais elevado.

Sejam abençoados, caros irmãos, para responder ao meu apelo, sejam abençoados para abrir seu templo à minha presença, que é sua presença.
Eu os amo e eu os abençôo.
Cristo.
____________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/.

3 comentários:

  1. "A hora dos reencontros, a hora de minha graça, enfim, chegou. ...Vocês, que tanto suplicaram e oraram ao meu divino coração para voltar, vocês que aumentaram tanto e tanto sua vibrância, eu respondo ao apelo.

    "Eu venho revelar seu Cristo, eu venho consolá-los, regá-los à sua Fonte que é também, a minha, aquela a quem, quando de minha passagem, eu nomeei Abba, que vocês nomearão, também, Abba.

    "A hora de nossos reencontros está aí.
    "Sua Unidade está aí.
    Ela se revela nessa subida vibratória sem precedente que vocês vivem atualmente e que não poderá mais, jamais, voltar a descer ou tornar-se pesada, porque Abba decidiu assim.

    "Sua mestria é soltar.
    Sua mestria é abandono à Lei do Amor.
    Abandono à Vontade de Luz e de Verdade em vocês.

    ResponderExcluir
  2. A verdade é o que é. O que é, é o amor infinito de toda a vida. Sem verdade não há mundo possível, não há criação possível, não há evolução possível.

    Só o jogo de sua dimensão impede-os de revelar e desvendar sua luminescência.

    A ligação de toda vida está na ausência de laço outro que não sua divindade única.

    Minha liberação é um ato de amor infinito, eu lhes dou minha paz, eu lhes dou minha graça, porque vocês são isso.

    A hora de sua abertura soa, as trombetas preparam-se para soar, uma revolução está em curso, ela apressa-se para dar às suas vidas seu sentido o mais nobre, o mais elevado.

    ResponderExcluir
  3. Amado! Fica cada vez, mais impossível, viver nossa humanidade, distante de tudo o que Você cita, nesta Mensagem.

    De Coração Aberto, para acolher, tudo o que nos for dado, pelo Filho, Mãe e Abba.

    Luz Azul!

    ResponderExcluir