Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

4 de nov de 2009

SRI AUROBINDO - 4 de novembro de 2009

DO SITE AUTRES DIMENSIONS


Meus caros irmãos e irmãs em encarnação, meu nome era e permanece, onde estou: Sri Aurobindo.
Esse nome era o de minha última encarnação.
Eu sou aquele que descreveu a chegada da Luz.
Descrevi, em minha vida, um certo número de meios que permitem, por uma forma de yoga particular, aproximar-se desta Verdade.

Eu fui João, o Profeta. Hoje, volto entre vocês, não para falar do livro «doce à boca mas amargo ao ventre», mas para dar-lhes um certo número de informações.

De início, tenho a revelar, assim como o fez Mestre Ram, que faço parte do que vocês chamam os 24 Lipikas cármicos. Eu sento à porta do Norte.

Estou ligado à Água, à água do batismo, à água purificadora.

Volto a fim de me expressar entre vocês e completar o que disse o venerável Mestre Ram quanto à irrupção do supramental em sua Dimensão e cujos efeitos se fazem já sentir nesta Vibração que os fecharam nessa dualidade e os privaram de sua liberdade essencial.

O supramental está doravante próximo da Terra e de sua Consciência.
A ação de Miguel e a ação do Conclave permitiu dissolver, quase totalmente, a franja de interferências que mantinham a ilusão na qual vocês estão.

A Assembléia dos 24 Sábios contam com o conjunto da Humanidade para elevar ainda mais o nível Vibratório da Terra.

A única maneira de realizá-lo é entrar em Unidade, assim como lhes disse o Mestre Ram.
O mais duro para vocês, Seres Humanos nesta encarnação, será não reagir às convulsões do que resta da Sombra, nesta Humanidade. Entretanto, isto é capital.

Isto não é uma recusa. Isto não é uma fuga, mas, bem ao contrário, uma afirmação e um desenvolvimento de sua Unidade, que lhes é solicitado.

É-lhes solicitado urgentemente para não jogar o jogo da Sombra, não entrar na reação primária, ou mesmo reflexiva, com relação a essas etapas que vão desenrolar diante de vocês alguns cenários de convulsão final de forças chamadas da Sombra.

Vocês têm que reafirmar cada vez mais a Luz.

Vocês têm que manifestá-la e irradiá-la em sua personalidade, tocando o que Mestre Ram chamou Existência.

Em minha vida, obviamente, e assim como a maior parte daqueles que vocês chamam místicos nas diferentes tradições manifestaram, vocês não podem participar desse mundo de ilusão e participar da Verdade.

Hoje, mais que nunca, compete-lhes desenvolver a certeza interior, a fé interior e sobretudo a Vibração interior de seu ser.

A chave da ascensão do sistema planetário e do sistema solar, em sua totalidade, a chave da dissolução definitiva da ilusão, não se encontra senão aí.

Obviamente, será delicado, para alguns de vocês, não entrar em reação ao que lhes parece, à primeira vista, um confisco de forças de dependência sobre a Humanidade.

É-lhes preciso, aí, demonstrar uma confiança nesta Luz.
Se vocês se voltam para seu ser interior, vocês a perceberão e a viverão.

Entretanto, e como isso foi repetido inúmeras vezes, compete-lhes realizar esse primeiro passo e esse primeiro movimento. O resto aparecerá em seguida como muito mais fácil.

Compreendam bem também que vocês não podem provocar ninguém a segui-los, sobretudo não por palavras, sobretudo não por constrangimentos.
Somente seu estado interior de Vibração poderá eventualmente provocar.
Mas não se esqueçam jamais que a Luz autêntica não pode forçar ninguém.

Nesta dimensão, vocês estão presos pelo que chamam livre arbítrio.
O livre arbítrio faz com que vocês interfiram sobre o livre arbítrio de uma outra pessoa, vocês se entregam à ação/reação e se afastam da Unidade e da ação de Graça, assim como lhes foi dito.

Vocês devem desenvolver, de diferentes modos, e o fazem aqui, diferentes modos de subida Vibratória.
Progressivamente e à medida em que vocês perceberem esta subida Vibratória, vocês se tornarão capazes de tocar e penetrar as esferas supramentais antes que elas não se derramem inteiramente sobre a Terra.

Foi-lhes anunciado que, dentro de muito poucos dias, vocês serão submetidos, de maneira importante, a radiações novas para vocês e que se tornarão permanentes. Tornar-se-á então muito fácil debruçarem-se, literalmente, a esses fluxos energéticos vindos da Consciência da Fonte e outras.

Ao se conectarem a essas novas vibrações, a essas novas partículas que penetram nosso sistema Solar, vamos realizar, vocês, individualmente, e nós todos, juntos, a reconexão total do Sol com a Terra e da Terra com a verdadeira Luz.

A franja de interferências, assimilada, em sua linguagem, ao que chamam a magnetosfera, está se desmoronando.

Obviamente, inúmeros cientistas dirão que é dramático. Nós respondemos que, de onde estamos, é uma oportunidade de escapar finalmente desta ilusão e de reencontrar totalmente sua re-aliança ao que vocês são, sua dimensão de Existência, mesmo nesta dimensão.

Vamos realizar isso juntos.
Utilizem as ferramentas que lhe pareçam boas.
Vocês têm as Chaves Metatrônicas.
Vocês têm suas meditações habituais, aquelas que lhes são úteis mas devo dar um certo número de elementos importantes sobre a maneira de conduzir suas Vibrações a fim de acolher e de abandonarem-se totalmente a essas novas partículas que os penetram agora.

O importante (e espero que tenham vivido e que inúmeros seres humanos comecem a viver) é perceber o que chamaria a Presença.

A Presença os coloca na Alegria.
Então, se querem, vamos tentar dar-lhes alguns elementos importantes para permitir-lhes alinharem-se, ao mais exato e próximo possível, dessas partículas e desta Luz que vem para vocês, de ir encontrá-la além dos buracos da franja de interferências, a fim de religá-los e reunificá-los.

Inúmeras técnicas foram dadas, nas diferentes yogas e nas diferentes técnicas, mesmo, meditativas, contemplativas e outras, existentes nas diferentes tradições. Entretanto, existem regras importantes hoje.

Vocês devem ir para o que é simples.
O que é simples é o que para vocês não coloca dificuldade para realizar, primeiro elemento.

Segunda regra: é preciso, a partir do momento em que você tenha escolhido seu modo de se alinhar, realizar o silêncio.

Esse silêncio é, antes de tudo, um silêncio mental e, ao mesmo tempo, um silêncio visual.
Vocês devem penetrar na Vibração sem manifestar qualquer visão colorida ou associando formas agradáveis a olhar.

Vocês devem, portanto, sair da forma, porque a forma que vocês percebem com seu cérebro é uma forma limitada, que é construída por seu cérebro e que está em relação com esse mundo de ilusão.

Cruzar a franja de interferências e reencontrar a Unidade consiste portanto em suprimir toda informação vinda de uma forma ou de uma cor, porque as cores que aparecem, num primeiro tempo, são cores existentes nesta Dimensão e vão então travá-los na expansão de sua Consciência.

Então, uma vez que vocês tenham determinado sua técnica, é preciso caçar as imagens ou as percepções visuais que chegam por trás de seus olhos fechados.

A terceira coisa é brincar, obviamente, sobre a qualidade de sua respiração.
Eu não voltarei nas técnicas dadas nas yogas (como a respiração alternada, no pranayama, por exemplo) mas insistiria particularmente na noção da calma respiratória. Isso é realizado colocando sua Consciência, nos primeiros instantes de alinhamento, sobre a regularidade de sua respiração.
Sua respiração não deve ultrapassar sobre a expiração ou a inspiração.
Ela deve ser estável.
Deve se fazer, de início, de maneira ventral e, em seguida, de maneira superficial.
As imagens serão caçadas.

Sua consciência colocar-se-á sobre a Vibração percebida em primeiro lugar, e, de maneira geral, para quase a totalidade de seres humanos, atualmente, ao nível da cabeça. Mas o objetivo não é a cabeça, o objetivo é o Coração.

Uma vez que a vibração esteja instalada na Coroa da cabeça, para alguns, isso poderá ser o que vocês chamam ajna chacra, para outros sahasrarah chacra, mas pouco importa, a vibração deve ser percebida ao nível da cabeça.

As imagens ou as cores que aparecem de maneira simultânea, mesmo as mais belas, correspondentes a seu próprio terceiro olho, devem ser caçadas por sua própria Consciência.
Somente deve permanecer e persistir em sua respiração, em seus olhos fechados: a Vibração.
Colocando toda sua atenção e sua Consciência sobre a Vibração, e não mais sobre a respiração, acontecerá um fenômeno de ampliação da Vibração mas também aceleração da Vibração.

Isso tomará alguns instantes e somente uma vez que a Vibração seja instalada, na frente de sua cabeça ou no conjunto de sua cabeça, vocês colocarão atenção ao que acontece ao nível dos sons.

Frequentemente seus ouvidos perceberão sons chamados nada ou canto da alma e, mesmo esse som, qualquer que seja a tonalidade, deve ser apagado.
Ele fica cada vez mais agudo, sendo como um som eletrônico extremamente agudo, ouvido em uma ou nas duas orelhas.
Esse som, quando vocês colocam ali sua Consciência, vai se reforçar.
É necessário passar além.
Ao final de um certo tempo, a Vibração de sua cabeça vai começar a descer.
O som modificar-se-á ou parará e, nesse momento, vocês poderão colocar sua Consciência no Coração.

Se o Coração não percebeu, naquele momento, ou se a Vibração não invade o Coração, vocês poderão se ajudar da meditação sobre o Coração do Mestre Ram.

A partir do momento em que a Vibração se aproximar de seu Coração, vocês começarão a vibrar sobre a Unidade e sobre a Vibração da Alegria e da Presença.

Realizando esse trabalho, vocês realizarão o trabalho mais importante que é possível realizar nesta Terra, para vocês e para o conjunto da Humanidade. Assim, nós os engajamos a aproveitarem horários específicos comunicados pelo Conclave e, em particular, por Miguel.

Dentro de pouco tempo uma Vibração nova será associada.
Ela corresponde a uma outra gama Vibratória de irradiação da Fonte.
Esta Vibração os ajudará a se estabilizarem no Coração e a vibrar no Coração.

Vocês constatarão muito rapidamente (se realizam este exercício duas vezes por dia e não necessariamente nos horários indicados pelo Arcanjo Miguel, que dará outras regras a partir de 17 de novembro.
Entretanto, compete-lhes realizar isso no momento em que têm a calma pela manhã, em seu despertar, à noite, ao deitar), que esse trabalho procurará, mesmo fora do espaço da Radiação, da Presença e de Uriel, um sentimento novo em vocês: sentimento de Unidade e de Alegria onde as coisas se desenrolam, mesmo da vida exterior, de maneira muito mais simples, muito mais fluida mas também com muito mais lucidez.

Realizando isso, vocês tornar-se-ão realmente o que Miguel chamou os Transmissores da Luz.
Vocês não têm nada mais a fazer, nada a sonhar, nada a desejar, apenas instalarem-se na Vibração do Coração.
O resto produzir-se-á, assim como foi dito e repetido, pela Inteligência da Luz, ela mesma.

Obviamente, durante o período que vocês viverão, um certo número de eventos exteriores vão tentar provocá-los numa espiral de reações, de oposições, de confrontações, de guerra.
Vocês não ajudarão a ninguém retornando nesta espiral.

A melhor maneira de ajudar o conjunto da Humanidade, a melhor maneira de servir, é estar nesse estado de Vibração Unitária.
Façam a experiência e vocês compreenderão muito rápido o sentido de minhas palavras e o sentido de minha intervenção de hoje e o sentido do que eu sou e do que fui e do que lhes transmiti, no serviço da Fonte e sobretudo no Servido do Mestre da Luz.

Servir a Luz consiste em agir assim, interiormente na Vibração da Unidade.
As coisas lhes são grandemente facilitadas.
Vocês têm a possibilidade de se conectarem diretamente a seu corpo de Existência. Isso vai se tornar cada vez mais fácil, mas na condição de querer desenvolver em vocês esta Vida interior e esta Verdade, o que não quer dizer, ainda uma vez, retirar-se do mundo mas, bem ao contrário, estar nesse mundo e agir sobre esse mundo pela potência de sua Vibração Unitária e não pela vontade de seu mental e não sob o princípio e a égide da ação/reação.

A ação interior dar-lhes-á a ação exterior certa.
Quanto mais numerosos vocês forem a seguir isso, mais fáceis serão a aceitação e a vivência dessas convulsões que vêm para vocês. Vocês estarão protegidos.

A divina Maria repetirá que: a partir do momento em que vocês entram em Unidade, a partir do momento em que vocês se voltam para seu Coração, vocês ajudam o conjunto da Humanidade, real e concretamente e, sobretudo, vocês não terão o que se incomodarem do que quer que seja senão de sua Vibração interior.

O exterior conformar-se-á à Vibração do Ser, à Alegria da Presença.
As coisas desenrolar-se-ão de maneira límpida e fácil, na condição de que vocês respeitem essas instruções que lhes dei.

Desejamos, nós, os 24 Anciões, que verdadeiramente vocês realizem esta etapa na Alegria a mais pura.
Uma vez que vocês estejam na Unidade, chamem seu Anjo Guardião.
Vocês não têm necessidade de chamar a Luz, eis que ela estará aí, em vocês.
Vocês não terão necessidade de dirigí-la porque ela saberá onde ir.

Maria estará aí, também, para muitos de vocês.
Não se deixem provocar e nós lhes pedimos que ouçam essas palavras.
Para aqueles que quiserem provocá-los a reagir, de uma maneira ou de outra, ao que vem, as forças que não estão ligadas à Luz apenas esperam uma coisa: é a reação da Humanidade a fim de perpetuar a ação/reação e as leis do Carma.

Hoje nós lhes trazemos, todos juntos (a Fonte, o Conclave e o conjunto de hierarquias de Luz autêntica que estão aí), a possibilidade de sua liberação, a possibilidade de serem livres, de quebrar as cadeias de seu fechamento.
Isso apenas deverá realizar-se na condição expressa de que vocês vivam a interioridade porque a solução é interior, ela não será jamais no exterior de seu mundo, assim como lhes disse a maior parte de místicos, quaisquer que sejam as correntes tradicionais ou espirituais.

Vocês têm em vocês todas as chaves, agora, para chegar a isso, de maneira simples e de maneira franca.
Agora, sua conduta no mundo exterior mudará progressivamente e à medida em que contatarem a Alegria da Presença.
O mundo exterior, em torno de vocês, em seu ambiente, tornar-se-á evidência e simplicidade, mas vocês devem aceitar também que algumas coisas não vão como o desejam, no mundo exterior, é que elas participam de sua Unidade.

Vocês não têm portanto que se opor ou lutar. Vocês devem ir no sentido da fluidez, vocês devem ir no sentido da facilidade, o que seja o que vocês tenham ainda a realizar na ação exterior.
O importante é que recorram interiormente, pela manhã e à noite, ou nos horários de Miguel, conectem a Fonte, conectem essas Vibrações e essas partículas que vêm para vocês.

Não há outra alternativa se vocês desejam ser livres e liberados.
Então, contamos com vocês.

O período que começa agora é fundamental.
Muitos ruídos exteriores vão chegar até vocês.
Eu especifico que também, vibrando na Vibração interior da Unidade, nenhum infração física, militar ou de doença pode atingí-los.
Na verdade, vocês ficarão, de uma certa maneira, invisíveis para as forças de ação/ reação, eis que sua ação será Unitária, tanto no interior como no exterior de vocês.

Vocês devem também fazer o esforço de ir no sentido da evidência e da simplicidade.
Obviamente, um certo número de fixações (quer sejam de modos de funcionamento, pessoas, lugares ou situações) podem por vezes obstruir, por uma necessidade humana muito lógica de compaixão e de assistência.

Mas a melhor assistência e a melhor compaixão que vocês podem trazer situa-se na elevação Vibratória, não nas palavras, não nos gestos que irão necessariamente ao encontro daqueles que não querem efetuá-los.

Vocês devem guardar presente no espírito que não podem forçar ninguém, mesmo que seja o mais próximo de vocês, a seguí-los na Unidade.

Entretanto, vocês podem propor essas técnicas simples que dei para chegar à Alegria da Presença e à Vibração da Presença, à Vibração Unitária, porque, hoje, isso será extremamente fácil e vocês terão a possibilidade de constatar que, mesmo seres que não tinham nenhum caminho específico, nenhuma busca específica, encontrarão a Luz de maneira simples.

Ainda é preciso saber o que fazer, como se voltar para este ser interior.
Isso vocês podem sugerir, mas não podem dar o passo no lugar de ninguém.
Retenham que vocês todos aqui, de uma maneira ou de outra, participam da Revelação da Luz, de maneira ultraConsciente ou de maneira semiConsciente, pela realização da Unidade em vocês, vocês servem a Unidade desse mundo e sua transformação Unitária.

Então, vocês devem se afirmar nesta Verdade interior.
Vocês devem tomar o hábito, frente a uma prova, frente a um desagrado, nos primeiros tempos, de se voltarem ao interior, antes de agir exteriormente.
Vocês devem portanto mudar seu modo de proceder na Vida.

Vocês devem, portanto, mudar seu modo de apreender sua ação no mundo exterior.
O mais importante sendo colocarem-se na Vibração, na Alegria da Presença e da Unidade, antes de agir exteriormente, para estarem certos de agir segundo a Inteligência da Luz e de acordo com a vontade da Unidade.

É a esse preço e a esta condição que vocês afirmam sua Confiança na Existência e que, pouco a pouco, apesar da desordem do mundo, sua Existência revelar-se-á a vocês, de maneira inegável.

Doravante, vocês deverão fazer prova de sinceridade em sua diligência.
Haverá cada vez menos lugar para os falsos semblantes, para as mentiras.
Constatarão, de resto, muito facilmente, que se vocês vão para o caminho da mentira ou do comprometimento, a Vibração se apaga em vocês, enquanto que se vocês vão no sentido da Unidade, da sinceridade em suas ações exteriores, a Vibração da Existência reforçar-se-á em vocês.

Aí está, caros irmãos e irmãs nesta densidade, o que vocês têm a realizar.
Estamos extremamente próximos de vocês mas, ainda uma vez, nós não podemos fazer o trabalho em seu lugar, porque vocês devem reencontrar vocês mesmos sua maestria e, assim como o disse Mestre Ram, sua soberania integral.

Isso apenas é realizável por vocês.
Isso apenas é realizável no Interior de vocês e de nenhum outro modo no exterior ou por uma pessoa de fora.
Vocês estão sós face a vocês mesmos para realizarem isso, a fim de reencontrarem sua multidimensionalidade e sobretudo sua Alegria, quaisquer que sejam as circunstâncias externas que vocês observem.

Assim como lhes disse, vocês estarão protegidos, guiados, acompanhados enquanto permanecerem na Vibração da Unidade.
Vocês estão na aprendizagem da Vibração da Unidade.
Isso deve ocupar-lhes, não a maior parte de seu tempo, mas deve estar em primeiro lugar em suas ocupações, não em tempo, mas em intensidade.

A emergência do supramental está verdadeiramente muito próxima, agora.
O desenrolar das operações, no Interior e no exterior de vocês, depende de sua capacidade de estar nesta Existência.
Vocês não têm necessidade, pelo momento, de experimentar fora do corpo de personalidade, como alguns o fazem já.
O trabalho o mais importante está a realizar nesta matéria, em sua matéria, a fim de que ela seja transferível no momento da translação Dimensional.

Vocês devem colocar na Luz o conjunto de suas células, de seu DNA, de seus corpos sutis.
Isso é possível pela conexão, hoje, cada vez mais forte, à Existência.

Aí estão alguns elementos que tinha a dar.
Eles são simples, ao menos espero, e são importantes senão essenciais mesmo.

Com relação a esse processo, com relação a esse trabalho de Luz, se vocês têm a me perguntar, gostaria de tentar desenvolver alguns desses aspectos, de desenvolvê-los de outro modo, se for necessário.

Questão: de seu ponto de vista, ao nível espiritual, o que chama um compromisso?

O compromisso, o comprometimento, não consiste necessariamente estar em acordo com o que imaginamos.
O compromisso é algo que os afasta da Vibração que vocês percebem na Coroa da cabeça e da Coroa do Coração.

A partir do momento em que esta Vibração se afasta (quer seja a do Coração ou a da cabeça), face a uma situação ou uma ação externa, naquele momento, você está comprometido.

Isso não é uma decisão emocional ou mental mas, sim, é aí também, ainda, um aspecto Vibratório.

Questão: podemos registrar, para ouvir novamente, o que acaba de preconizar?

Por que não, se isso os ajuda a penetrar na Existência de seu Coração mas, lembrem-se que devem fazer, a um dado momento, o silêncio.
O silêncio de imagens e o silêncio de palavras mas, entretanto, isso pode ser uma prévia.

Questão: a Vibração pode se instalar diretamente no Coração sem passar pela cabeça?

Sim. Se isso se realiza, prova que você está já avançado para a Unidade e não tem mais necessidade de dirigir sua Consciência mas que ela sabe se dirigir e como entrar na Existência.

Questão: a lei de ação/reação corresponde ao que chamamos lei de causa e efeito?

É exatamente a mesma coisa.
Vocês estão num mundo fenomenal onde, efetivamente, existe o bem e o mal, onde existe a ação/reação, a causa e efeito.

Hoje, vocês penetram no mundo nominal que é o mundo que está além da causa e efeito.

Questão: qual é o modo de funcionamento induzido por esse mundo nominal?

Não é um modo de funcionamento.
É Unidade Vibratória e Alegria da Presença.
Não há outro qualificativo. Qualificá-lo os faz sair instantaneamente.

Questão: esse processo é acessível não importa a quem ou depois de algumas preliminares?

Não há qualquer preliminar.
Isso será aberto ao conjunto da Humanidade, dentro de poucos dias.

Questão: que significa a palavra nominal?

O mundo fenomenal é o mundo de causas e efeitos.
O mundo nominal é o mundo de emanações, de arquétipos e da causa primeira, onde não há efeito.

Questão: poderia aprofundar?

Não, isso os faria entrar no mental.
Minha presença não está ligada a isso. Ela está ligada a essas palavras simples que pronunciei.

Se suas questões me levam a respostas que nos afastam do objeto e os fazem passar na dualidade, isso não tem qualquer interesse.

Tentamos, o mais possível fazê-los viver a Existência (quando digo «nós», isso me concerne e concernirá cada vez mais aos interventores, nesse canal, mas também em outros canais).

Vocês não têm que se afastar da Vibração, vocês têm que ali permanecer.
Assim como o constatarão, seu mental os afasta sistematicamente da Vibração.

Questão: sentir os pontos na cabeça corresponde ao que você chama Vibração?

Sim. Isso é a ignição, em vocês, do Fogo do Amor.

Questão: é a mesma coisa quando sentimos pressões na cabeça?

Sim. Esse é um estado preparatório.

Questão: é por termos conhecido esse estado antes de vir aqui que sua presença nos falta tanto?

Quando do processo de densificação Vibratória, foi mantida uma parcela da Existência.
Não poderia haver consciência sem Existência.
Entretanto, isso vocês viveram há muito tempo.

Hoje, o que se manifesta a vocês, nesta densidade, é totalmente desconhecido, de todos vocês, sem exceção.

Questão: se não compreendemos suas palavras, é necessário fazer um esforço de compreensão?

Não.
A manifestação de minha Presença, nesse canal, é, hoje, Vibratória, também.
As palavras são registradas. Vocês terão a possibilidade de lê-las.
O importante é, antes de tudo, a Vibração que emana e não a compreensão.

Questão: as pessoas mais intelectuais têm menor facilidade de acesso a esses estados que qualquer um que esteja menos no mental?

Não.
Com relação à qualidade e intensidade da Vibração e partículas que vêm, só a distância entre a cabeça e o Coração é maior ou menor.

Você pode ser um grande intelectual e estar próximo do Coração.
Você pode ser um grande artista inspirado e estar muito longe do Coração.

O importante é voltar a ser criança, próximo do Coração.
Esta faculdade está ligada à Essência da alma e não a uma profissão ou uma ocupação que é uma atividade da cabeça.

Tudo depende do Coração que é posto nesta atividade e seria extremamente deplorável conceber que um físico pudesse estar longe do Coração e que um poeta estivesse mais próximo.

Questão: a expressão "estar no Coração" é frequentemente empregada.

Ela nada tem a ver com a Vibração de Estar no Coração.
O ser humano emprega todo o tempo essa palavra de coração mas, frequentemente, atrás da palavra, se esconde o poder, o desejo de posse.

Obviamente, o homem guarda em si o traço do Coração.

Qualquer um que fale as palavras do Coração, qualquer um que pareça manifestar externamente o Coração pela sedução, pela empatia, pela compaixão, não é a vibração do Coração.
Tudo depende da pureza do Coração interior no qual isso é realizado.

Questão: o abandono a esta Luz corresponde ao despertar de nossa centelha Divina?

Isso é muito mais.
É a reconexão à Existência e não somente à centelha Divina.

A centelha Divina está presente em sua densidade encarnada.
A Existência não está presente em sua densidade encarnada.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Então, vamos, efetivamente, juntos, realizar uma aproximação da Existência.
Tenho a especificar que minha Presença sozinho nesse canal não é suficiente, mesmo se vocês vibram e agradeço particularmente a Vibração do Arcanjo Uriel, que permite viver isso.

Então, juntos, acolhamos e recebamos esta graça.
Eu lhes digo, quanto a mim: Vão na Paz, vão na Unidade e na Alegria.
Eu lhes digo até breve.

____________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão do francês : Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

Um comentário:

  1. O livre arbítrio faz com que vocês interfiram sobre o livre arbítrio de uma outra pessoa, vocês se entregam à ação/reação e se afastam da Unidade e da ação de Graça.

    O mundo fenomenal é o mundo de causas e efeitos. O mundo nominal é o mundo de emanações, de arquétipos e da causa primeira, onde não há efeito.

    Questão: qual é o modo de funcionamento induzido por esse mundo nominal? Não é um modo de funcionamento. É Unidade Vibratória e Alegria da Presença. Não há outro qualificativo. Qualificá-lo os faz sair instantaneamente.

    ResponderExcluir