Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

21 de nov de 2009

MARIA - 21 de novembro de 2009

DO SITE AUTRES DIMENSIONS



Eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra. Bem Amados humanos em encarnação, eu venho a vocês a fim de esclarecer um certo número de noções que, neste final de seu ano que se aproxima, me parecem capitais, para sua compreensão, para sua aceitação e para sua transformação, se a desejam.

Maria é meu nome, tal como foi conhecido sobre esta Terra quando percorri os caminhos da encarnação. Meu nome do Céu não é Maria. Meu nome do Céu está ligado ao que eu sou, e o que sou, Rainha do Céu, porque, ao nível desse Céu, como em outros Céus, fui eu quem criou e quem deu Vida a uma Dimensão, há muito tempo.

E, como todo Criador intervindo nas Dimensões do Pai ou da Fonte, esse Criador deve levar a bom termo um projeto e uma evolução, em acordo com o Amor e com a Fonte. Isso remonta a bem muito tempo.

Rainha dos Céus, Rainha da Terra, esta Terra, como tantas outras, onde tomei formas de Vida no que chamam a Dimensão onde vivem (3ª Dimensão), como Criadora, nos multiuniversos e desta dimensão específica.

Como outras entidades criadoras (que lhes são conhecidas sob o nome de Elohim, Nephilim, Gigantes) que manifestaram-se em momentos precisos da história da Humanidade, sobre esta Terra ou em outros lugares, foram Almas ou Consciências que acompanharam até o final sua Criação, ali permanecendo, a fim de ajudá-la.

Além do papel histórico que me foi atribuído, meu papel situa-se, sobretudo para vocês hoje, como Mãe do Céu.

Em breve eu venho a vocês e eu venho do Céu.

Além desse nome, outras manifestações de minha Presença tiveram lugar, mesmo nesta Terra, mesmo nesta civilização. Numerosas Consciências Humanas encarnaram sob minha ressonância e sob minha Vibração. Muito numerosos emissários sulcaram de seus passos seu país, suas regiões, desde tempos imemoráveis.

Eu sou a Criadora desta Dimensão e, como tal, vocês que emprestam os hábitos desta Dimensão, são também meus filhos. Mas, além de serem meus filhos, vocês são, antes de tudo, filhos da Fonte, filhos da Luz e Seres de Luz, total e inteiramente.

Vocês são também, assim como o disse o Arcanjo Miguel, Sementes de Estrelas, correspondendo, nisso, ao que disse meu Filho quando fui Maria: «vocês estão nesse mundo mas vocês não são desse mundo». E também, como ele disse: «há numerosas moradas na casa do Pai».

Hoje vocês se aproximam do instante final da Revelação. Revelação no que lhes concerne, no que vocês são.

Revelação também sobre dados importantes concernentes a um certo número de coisas que foram, pelo menos, deformadas, falsificadas, em relação justamente com o que vocês chamam religiões.

Sua Humanidade atribuiu-me coisas que jamais pronunciei. Meu coração de Mãe é aquele de uma Mãe que ama todos seus filhos, sem exceção e que jamais punirá o menor de seus filhos, por uma razão simples, que é a de que eu os concebi e criei livres, totalmente.

Entretanto, a liberdade que lhes concedi e criei nesta Dimensão foi, em tempos antigos, desviada da Fonte e transformada por entidades de Consciência muito elevada, que decidiram se liberar da Luz e levar a efeito um certo número de experiências específicas, fazendo com que Consciências livres, Consciências de Estrelas, penetrassem esta densidade onde vocês estão, perdendo toda ligação e toda lembrança da ligação à Fonte e à Eternidade.

Assim, vocês todos, aqui presentes sobre esta Terra, foram aprisionados e fechados dentro de uma prisão. Esta prisão, hoje, alguns de vocês começam a perceber os muros e as barras. Outros, enfim, e são os mais numerosos, em número e em frequência, são aqueles que não imaginam mesmo que existe uma prisão, que existem muros ou barras. Para eles, é a única Verdade, não existe outra realidade possível, outra possibilidade de Vida, em outro lugar.

Nesse sentido, essas Consciências superiores que voluntariamente se privaram da Fonte, intitularam-se elas mesmas Criadores e criaram leis (que vocês chamam carma, ação/reação, eletromagnetismo, o bem, o mal), em resumo, tudo o que vocês conhecem nesta densidade, para alguns de vocês desde centenas de milhares de anos.

Então, obviamente, hoje, quando os Arcanjos vêm anunciar que vocês são muito mais do que acreditam, que vocês não são esse corpo que habitam, que há em vocês uma Dimensão de Luz escondida e encoberta, vocês têm, obviamente, dificuldade a aceitar.

Enquanto vocês não tiverem acesso ao que o Arcanjo Miguel chamou o corpo de Existência, o corpo de Eternidade, isso pode lhes parecer uma bela história, e, no entanto, ela é a estrita Verdade.

E é esta Revelação, hoje, que se faz a vocês. O Arcanjo Miguel anunciou, desde numerosos meses, que ele vinha para desconstruir, fazer cair os véus de suas próprias ilusões, do que vocês chamam esta matriz, porque trata-se sim de uma matriz.

E uma matriz é o que permite iniciar uma gestação. Esta gestação foi uma experiência como uma outra, mas, hoje, esta experiência deve terminar; ela não tem mais razão de ser no que é a Vida não limitada, no que é a Vida, além do bem e do mal.

Então, para voltar ao que lhes dizia, como podem vocês crer que pude vir, a um dado momento ou outro, sob uma forma de aparição, dar mensagens de castigo ou de punição a meus filhos? Nada daquilo é verdade. Nada daquilo existiu mas, entretanto, vocês devem compreender que não têm que julgar ou condenar aqueles que se cortaram voluntariamente da Fonte.

Esses criadores, esses maus rapazes (como os chama o grande Melquisedeque) são também filhos da Fonte, mesmo se não o reconheçam no momento. Então, eles também não devem ser julgados.

Como vocês querem escapar da ação/reação se vocês mesmos mantêm a ação/reação? Meu Filho, inúmeras vezes, exprimiu esse conceito, explicando a diferença entre a Lei de Talião (que prevalecia em seu tempo) e a Lei da ação da Graça que tinha vindo instalar e instaurar.

Entretanto, hoje, mesmo as circunstâncias de sua Vida (através da sociedade que vocês construiram, através das regras sociais que vocês elaboraram, através dos laços familiares que se criaram, através dos múltiplos laços que os prendem) não os liberarão jamais, porque não há liberdade no mundo que vocês exploram, há apenas ilusões de liberdade. A verdadeira liberação, a verdadeira liberdade, está além de sua prisão e, no entanto, esta prisão permitiu, a alguns de vocês, crescer em Luz, apesar do véu e do esquecimento.

Hoje, a Fonte decretou (o Conclave Arcangélico seguiu e o conjunto dos 24 Anciões permitiu, por seu trabalho, e pelo trabalho de vocês, também, Bem amados Filhos) devolver-lhes sua liberdade.

Então, obviamente, inúmeras forças e inúmeras Consciências presentes em sua Terra não os querem livres; elas querem mantê-los fechados, dominados, escravos. Escravos de que? De seus condicionamentos, de seus medos, do conjunto de fatores que fazem com que, para vocês, a única realidade seja aquela que vivem e que nada do que existe além, nada do que existe para além do véu da morte e da encarnação, não seja real, nem sensato, nem tangível.

Hoje, isso deve parar. Hoje, vocês devem redescobrir sua dimensão de Amor e de Eternidade. Nisso, o Arcanjo Miguel (e no que vocês realizaram) permite, a um número cada vez mais importante, reconectar e reviver esta dimensão de Eternidade.

E o que vocês descobrem? Para aqueles de vocês que acedem a esse novo estado de Consciência, bem constatam que estão ainda na prisão, mas que, entretanto, sabem que estão na prisão e que, além desta prisão, existem mundos de beleza, de Unidade, onde o bem e o mal não têm mais lugar, onde a Vida é dança permanente e expansão permanente, na Luz e na Alegria, onde a Sombra não existe; aí está o paradoxo.

É preciso hoje que vocês escalem a montanha, acessem esse estado de Existência, a fim de aceitar a consistência e a Consciência. E, para isso, é preciso que dêm um passo.

O Arcanjo Anael exprimiu-se longamente desde o início da desconstrução do ano de Miguel. Dar um passo para a Luz é aceitar dar um passo além das crenças que os fecham, quer seja num modelo familiar, num modelo religioso ou num modelo educativo.

Vocês devem vencer. Vocês devem ir para a Luz e isso deve ser para vocês uma busca essencial. Essa busca não é uma vã palavra, não é uma Luz imaginada ou um fantasma atrás de seus olhos fechados.

Ela é, antes de tudo, Vibração e a Vibração é a Consciência. E se sua Consciência vibra além de sua prisão, vocês constatarão muito facilmente que acessarão a outros estados de vocês mesmos, bem mais livres, bem maiores e bem mais luminosos.

Esses estados de vocês mesmos (em outros Espaço/Tempos, chamados outras Dimensões) são desprovidos de medo, são desprovidos de Ilusão e sobretudo são desprovidos de toda ação e reação. Jamais pude falar de outro modo a meus filhos.

Eu venho trazer-lhes a liberdade e a liberação. Eu não venho castigá-los, não venho puní-los. Como o Mestre da Luz, meu Divino Filho, que vocês chamam Cristo, eu venho liberá-los. Ele os libera pela Luz. Ele os chama a si, muito em breve.

Entretanto, para responder ao chamado, é preciso ter, como ele o disse, sua própria casa. O que é uma própria casa? É uma casa onde o medo se esvaiu diante da Alegria. É uma casa onde vocês constataram que existem vários andares e que sua Consciência pode ir de um andar a outro e não permanecer no térreo.

É também abandonar-se à Inteligência da Luz e à Inteligência da Criação, além desta Ilusão, criada por aquele que se nomeou a si mesmo Deus ou Diabo.

A mesma entidade que, sob múltiplas caras, os domina cada vez mais à dualidade, à Lei da ação/reação, ao bem e ao mal, a algo que os fechará e que os fecha já e que, se fosse contínuo, os fecharia totalmente até apagar, em vocês, a menor veleidade de Luz, a menor veleidade de Alegria, de felicidade, cortando definitivamente as pontes.

Isso, a Fonte não aceitará jamais.

Eu, como Divina Maria, venho realizar o que a Fonte decretou. O Conclave Arcangélico entregou-me as chaves. Em breve me dirigirei ao conjunto da Humanidade, pela porta do Coração, porque não pode ser de outro modo.

Eu apenas posso tocá-los com o Coração. Eu não posso tocá-los através de aparições. Eu não posso tocá-los através de palavras mas unicamente através da Vibração do Coração. Isso é para breve.

Entretanto, existe um certo número de fenômenos específicos em relação com a desconstrução total da Ilusão. Esta desconstrução total da Ilusão começou no mês de abril de seu ano. Ela prosseguirá bem além do final deste ano.

Mas, entretanto, durante essas últimas semanas de seu ano Terrestre, muitas mudanças devem ocorrer em suas Vidas, em seu mundo. Não são punições nem castigos de qualquer entidade da Luz, mas apenas estão ligadas às resistências à Luz. O ponto de vista não é de forma alguma o mesmo.

Obviamente, entidades lhes dirão que é o castigo pela falta de Amor da Humanidade. Ainda uma vez, a culpabilidade. Ainda uma vez, a dualidade. Mas saibam e digam-lhes, vocês não estão aí estritamente para nada. Esse não é seu jogo.

Forçaram-lhes a jogar um jogo e vocês estiveram fechados nesse jogo. Acreditem sim que nós, Forças da Luz, nós, da Confederação Intergaláctica dos multiuniversos, procuramos o meio de romper esse sortilégio e extirpar-lhes de sua prisão, sempre respeitando o sacrossanto livre arbítrio, tal como foi definido pela própria Fonte, que permitiu a esta experiência manifestar-se no que vocês chamam encarnação. Isso foi realizado este verão (França).

Hoje, o ser humano, se o deseja, se abandona o medo para entrar no Amor, se abandona as limitações para entrar no ilimitado, se aceita que isso é possível, então, lhe é realmente possível viajar nesses espaços, desde pouco tempo mesmo.

A Radiância do Arcanjo Uriel, que teria de se manifestar somente a partir do ano de 2011, manifesta-se a vocês, de modo antecipado, a fim de fazer-lhes viver, mesmo nesta densidade, a experiência da Luz, sem mesmo deixar esse corpo, e ir em Existência em seu corpo de Eternidade, mas mesmo nesse corpo fragmentado, dividido, que vocês habitam (que foi falsificado, eu os lembro, e que não é meu feito).

Vocês têm a possibilidade, agora, de recuperar totalmente sua Unidade. Nesse sentido, as Radiâncias Arcangélicas, assim como a Radiância do Arcanjo Uriel, permitem-lhes viver isso. Isso ser-lhes-á proposto, acompanhado de minha Presença, no final desta intervenção.

Bem Amados filhos da Luz, Bem Amadas Sementes de Estrelas, assim como lhes disse Miguel, vocês são livres, de toda Eternidade. A escravidão terminou. Vocês podem, se quiserem, se liberar.
Como se liberar? Bem, isso é muito simples: não há que resistir, não há que entrar em oposição ao que quer que seja. Há simplesmente que ser, manifestar a Presença, manifestar a Vibração da Luz, em seus corpos, aqui mesmo.

Nisso, vocês elevarão suas Vibrações e penetrarão progressivamente, passo a passo, ou de maneira fulgurante, segundo seu caminho de alma, os domínios do ilimitado, os domínios da Eternidade.

Isso está aberto a cada um de vocês. Não existe qualquer limitação de outra ordem (quer seja a idade, quer sejam as doenças). Os únicos limites são aqueles que vocês colocam, vocês mesmos, ao nível de suas próprias crenças e suas próprias dúvidas.

O que acontece neste final de tempos e final de ano é verdadeiramente uma Revelação. Vocês nada têm a temer, nada a duvidar, mas, bem ao contrário, tudo a esperar e a acolher, porque é a Luz que se derrama para vocês.

Então, algumas entidades lhes dirão que isso é castigo. Não creiam jamais. O único castigo que haveria seria para aqueles que teriam mantido esta dualidade e que recusariam ir para a Unidade.

Ir para a Unidade não quer dizer perder a materialidade, mas transformar esta materialidade em algo mais leve, onde a Sombra não tem mais o mesmo peso, onde a ação/reação não tem mais esse peso que eu qualificaria de demônio, que os domina cada vez mais e cada vez mais profundamente, nesta Dimensão, privando-os de toda Luz e de todo acesso à Fonte.

A Fonte é Una. A Fonte é bondade. A Fonte é Vibração. A Fonte é amor. Ela não é nenhum outro. Não existe qualquer Deus vingador se não aquele que se intitulou assim e que é ele mesmo o Diabo, jogando assim o duplo jogo daquele que pune e daquele que recompensa à volta de papel, provocando-os ainda mais na Ilusão.

A palavra certa para a Luz é a fonte, a Unidade.

Vocês são os filhos da Lei do Um porque, todos, foram criados e criaram, vocês mesmos, por mediação da Unidade.

Vocês não podem pertencer à multiplicidade e ainda menos àquele que queria fechá-los totalmente. Vocês foram criados livres e devem reencontrar sua liberdade. Sua liberdade está além das contingências, além de todas as crenças que lhes foram acrescentadas, camada por camada, em suas encarnações.

Se vocês tomarem o espaço de um instante para parar a agitação de seu mental, a agitação de suas emoções, a agitação de sua Vida social, não seria mais que um instante, e se alinhassem com vocês mesmos, sentiriam a Presença da Unidade em vocês.

Isso se faz, ainda uma vez, por pequenos toques ou por fulgurância, de acordo com as camadas que foram juntadas desde sua chegada nesta Dimensão.

Hoje, e dentro de muito pouco tempo, a Terra viverá momentos únicos em sua história. O mundo de Luz poderá enfim fazer irrupção nesta densidade. A Luz que vocês vêem com seus olhos não é a Luz.

O Sol que vocês vêem com seus olhos não é o Sol. Tudo o que vocês acreditaram não existe. O que existe é a Alegria interior, é a Luz em vocês, a criança interior que pede para nascer, para se manifestar e se recriar por si na Alegria.

O resto são apenas constrangimentos introduzidos pelos sistemas de controle, quaisquer que sejam (sistemas de controle social, político, religioso, sistemas de controle de todos os níveis), tendo-os feito correr através de valores que eram apenas valores ilusórios, valores temporais e não Eternos.

O verdadeiro valor é a Unidade da Luz. O verdadeiro valor é a persistência da Consciência e não a extinção da Consciência quando da passagem das portas da morte.

Vocês redescobrirão, alguns de vocês, a Eternidade de sua Consciência na dimensão da Existência.

Inúmeros de vocês, assim como disse o Arcanjo Jofiel, reencontram, pouco a pouco, cada um a seu modo, a ligação com seu Anjo guardião, que é a porta de acesso às outras Dimensões. As outras Dimensões não são uma Ilusão, eu diria mesmo que são muito mais reais que a Ilusão que vocês vivem.

Entretanto, vocês estiveram tão habituados a esta Ilusão, tão habituados a viver algumas coisas específicas.

Hoje, a Humanidade tem dificuldade a aceitar isso. E, no entanto, a Revelação da Luz se faz para cada um, cada um a seu ritmo.

Ninguém poderá ignorar, no momento vindo, o que é a Luz e o que não é, o que é Unidade e o que não é.

Então, aqueles que escolheram perpetuar a dualidade ou perpetuar a ausência da Luz, deverão passar por um certo número de etapas e de transformações.

Assim como os seres que aceitam a Unidade e a Existência penetrarão cada vez mais nos domínios da Alegria interior, onde nenhuma emoção, onde nenhum pensamento pode vir perturbar este estado.

Isto não é para daqui a dez anos, isso não é para daqui a cinco anos de seus anos Terrestres, isso está engrenado, agora, já, desde vários meses.

Esta transformação vocês a vivem a seu ritmo. Ela tem um objetivo e um só: tornar-lhes à Alegria e tornar-lhes à Liberdade, porque é o que vocês são.

Nos mundos além desta Dimensão dissociada, todas as noções do que vocês chamam sofrimento, sacrifício, Sombra, dualidade, não existem. Isso foi uma Criação de Deus e do Diabo, mesma entidade que manipulou, desde muito tempo, as forças eletromagnéticas, que provocaram a coesão de um certo número de forças nesta parte da galáxia, que fecharam seu sistema Solar numa tripla prisão que seus cientistas conhecem.

Esta tripla prisão se desagrega, atualmente; vocês não devem se assustar.

A magnetosfera está desaparecendo, a ionosfera está se modificando e isso lhes é ocultado, obviamente, voluntariamente.

A heliosfera mesmo, que é a última túnica que fecha seu sistema Solar, se desagrega.

Isso não vai conduzir a qualquer morte, mas, bem ao contrário, a seu despertar final nos domínios da Alegria, onde a Fonte poderá novamente aliviá-los, porque vocês terão se tornado, vocês mesmos, a Fonte, e viverão em harmonia com a Vibração da Fonte. Isso é para agora.

A única coisa que vocês têm a fazer, e que quero lhes dizer, é não crer nesse novo cenário, porque a crença não lhes trará qualquer Vibração mas, simplesmente, viver, tentar fazer a experiência, acolher a Vibração da Fonte Una e sobretudo a Vibração do Mestre da Luz que volta este ano, entre vocês, de maneira Vibratória, vindo despertar as Consciências ainda adormecidas.

Um grande movimento de liberação existe, entretanto, sobre a superfície desta Terra. Obviamente, as forças de resistência são numerosas e são elas que vão sofrer, em vocês, e no exterior de vocês, porque elas recusam a Alegria, porque elas recusam a Liberdade e a ausência de Liberdade faz sofrer.

Então, nas semanas que vêm, vocês serão conduzidos a colocar seus atos. Colocar seus atos quer dizer aceitar e acolher as Vibrações que vão se derramar sobre vocês.

Essas Vibrações vêm de muito longe, no sentido cosmológico. Elas vêm de diferentes lugares de seu Céu. Elas representam a Luz Metatrônica. Elas representam a Luz da Fonte. Elas representam a Luz, o que Miguel chamou o Ultravioleta, que está ligada à destruição da heliosfera e portanto à sua permeabilidade, mesmo em sua Ilusão, à Luz.

A Vibração da Luz é uma Vibração de Verdade. Um certo número de meios lhes foram dados para despertar em vocês o que foi chamada a Coroa Radiante do Coração e a Coroa Radiante da cabeça. Essas duas Coroas Radiantes representam o Fogo sagrado, representam o Fogo do Coração. Representam, também, o que foi chamado «os Corações unidos de Jesus e Maria».

Vocês têm, em vocês, todas as possibilidades Vibratórias de acessar este estado. Para isso, é preciso, literalmente, conectarem-se, debruçarem-se na Luz Vibral, acolhê-la em vocês, senti-la Vibrar em vocês, ajudando-se de diferentes técnicas que lhes foram dadas.

Mas, em todo caso, uma coisa é certa, bem Amados, vocês devem se congratular, porque a hora é de congratulação. Assim como foi dito e repetido inúmeras vezes, pelo Arcanjo Miguel, não se deixem regar pelas imagens desse mundo, elas são apenas destruição, doença, sofrimento. Elas existem apenas porque vocês lhes deram fé e crença e não existem em nenhum outro lugar senão em sua fé e em suas crenças.

A resultante desse mundo é apenas o aval que vocês consentiram, a um dado momento, e, no entanto, vocês não são nem culpados, nem responsáveis.

Compete-lhes simplesmente decretar, em sua Vibração e em seu Coração, que a experiência do sofrimento não tem mais que ser, que a Luz é seu objetivo, que nesta Luz há a Inteligência e há a Unidade.

Nesta Luz, nada, absolutamente nada, poderá vir perturbar ou ofender a Unidade que vocês são. Todo o jogo da dualidade do Diabo/Deus é fazer-lhes crer nesta dualidade, porque, enquanto vocês estiverem sob sua influência, ele ganha, quer vocês façam o bem ou o mal.

O que lhes é pedido, obviamente, é se elevarem além do bem e do mal, penetrarem na Vibração da Unidade que é Luz e ligação à Fonte e nada mais.

Naquele momento, sua vida se iluminará, as sincronicidades, a Fluidez, a Unidade, arranjar-se-ão e vocês não terão nada a temer.

Bastar-lhes-á avançar sobre a Vibração da Luz, sobre a Vibração da Inteligência e nada mais.

Aí está, meus bem Amados filhos, o que tinha a lhes dizer antes deste final de ano que vem para vocês.

Muitas coisas estão ainda para mudar, ao seu redor, nesse mundo. Isto está em curso, isto vai muito rápido e irá cada vez mais rápido. Mas vocês devem permanecer em sua Unidade e em sua Divindade, porque a Alegria se encontrará aqui e em nenhum outro lugar.

Nenhuma circunstância externa poderá lhes alcançar a Alegria da Luz. Quando tiverem feito a experiência disso, uma primeira vez, não poderão jamais duvidar, não poderão jamais considerar esse mundo como outra coisa que o que ele é, e não como o Deus/Diabo quis lhes fazer crer.

Recordem-se de sua dimensão de Eternidade, chamem-na em sua alma, em sua Consciência, em seu Coração.

A solução para seu florescimento, a solução para o sofrimento está apenas aqui e não pode estar em nenhum outro lugar.

Se têm algumas perguntas, bem Amados filhos, com relação a isso, quero responder, sabendo que o Arcanjo Anael, que me seguirá, entrará mais em detalhes mais técnicos sobre o que acabo de dizer.

Desejo, quanto a mim, com essas palavras, tocar, em vocês, esta Centelha de Eternidade e de Unidade.

Questão: a Criação do corpo humano seria então falsificada?

A Criação desse corpo é minha. A falsificação, que consistiu em cortar esta Criação da Fonte, é dos chamados os Arcontes, ou, se preferem, Deus e Diabo.

Questão: o que é da Criação do Coração?

O Coração não é criado. O Coração é a Essência que era suposta de lhes religarem à Fonte. O Coração é Fonte. Toda Criação, nos multiuniversos e multidimensões, desenvolve-se em torno desse Coração. Portanto, o Coração está presente em toda Criação, em todos os universos e em toda multidimensão.

Questão: que significa estar religado a seu ser Interior? É estar ligado a seu corpo etérico, à sua alma, a seu Espírito, a sua criança Interior?

A criança Interior é a Dimensão de ser que não tem mais medo do passado e que não tem mais medo do futuro, porque vive totalmente o instante presente.

Ela acolhe o que vem como uma manifestação da Graça, o que é a situação do que chamamos a criança Interior.

Agora, viver nesse estado não é ligado a um contato com a Alma nem a um contato com o Espírito. O que foi chamado alma e Espírito, mesmo em sua manifestação, são apenas o remanescente do que é chamado corpo de Existência ou corpo de Eternidade.

O corpo de Eternidade é um veículo multidimensional, capaz de viajar no conjunto de Dimensões e de mudar de forma à vontade.

A Dimensão, nesta encarnação, do que vocês chamam alma, é uma coloração de seu caminho de Vida. O que vocês chamam Espírito é apenas uma partícula divina que permaneceu ativa dentro desse corpo, a fim de permitir-lhes reencontrar a Existência.

Esse foi o trabalho magistral dos Melquisedeques da época que, há 50.000 anos, permitiu evitar que a Divindade não se apagasse em vocês, criando a individualidade, senão, hoje, esta Criação não poderia mais retornar à Fonte.

Assim, o corpo de Existência é uma Vibração da Luz Vibral que lhes permite escapar desta prisão, mas também manifestar, dentro desta prisão, essas Dimensões outras além daquelas que vocês conhecem.

Isso os faz penetrar diretamente, eu diria, e em plena Consciência, seu corpo de Existência, que pode ser um corpo de Luz, um corpo de Cristal ou outro, mas, em todo caso, um corpo que não está limitado, de nenhuma maneira, pelas leis da ação/reação deste universo.

Questão: o ser que você chama Arconte, quem é e onde está?

Está por toda parte. Infiltrou o conjunto desta Criação. Eu poderia dizer que, agora, vocês são meus filhos, mas seu corpo lhe pertence.

É ele que se nutre de todas as formas-pensamento de dualidade que vocês emitem, de todas suas guerras, de todos os sofrimentos, de todas as emoções e de todas as religiões que foram criadas por ele mesmo.

Esta entidade evolui no que vocês chamam mundos intermediários, ou de outro modo chamado 4ª dimensão e 2ª dimensão. São um coletivo de entidades que conseguiram isolar esse sistema Solar da Fonte, como de outros sistemas solares, em outros lugares.

Nomeá-lo a nada serve. Ele é onipresente.

O que vocês vêem em sua densidade, no que se joga hoje, é efetivamente o último combate nesta densidade.

Assim como o sabem, o Arcanjo Miguel foi representado como um combatente, não combate no sentido que vocês entendem. Ele vem estabelecer o reino da Luz, o que não é de modo algum a mesma coisa, porque a Sombra pode apenas se apagar diante da Luz.

O problema é que a Luz não podia penetrar nesta Sombra, até o presente. Toda entidade que se manifestava em sua densidade era presa pela matriz e portanto obrigada a se reencarnar e então perdia o sentido de sua origem estelar.

Somente os imortais, somente o Cristo, e somente alguns seres puderam escapar a esse condicionamento.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Meus bem Amados filhos da Luz, bem Amadas Sementes de Estrelas e Seres de Luz, em Unidade e em Verdade, eu lhes transmito meu Amor de Mãe. E, como Mãe do Céu, eu lhes digo até muito breve.

Posso apenas encorajá-los a se abrirem à realidade da Unidade e à Verdade da Unidade. Sejam abençoados e até breve.

____________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogsopt.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário