Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

1 de mai de 2010

ANAEL – 1º de maio

Mensagem de 1º de maio de 2010 (publicada em 16 de maio)
DO SITE AUTRES DIMENSIONS



Bem amadas Sementes de Estrelas, sou Anael, Arcanjo.

Venho a vocês como Embaixador do Conclave Arcangélico.
Serei seu laço e sua ligação com os outros Arcanjos.

Meu nome é Anael ou Haniel, de acordo com as pronúncias e segundo as escrituras.

Sou o Arcanjo que rege um certo número de Vibrações, assim como cada Arcanjo está em relação direta com um certo número de Vibrações.

A melhor maneira que vocês têm de nos apreender não é numa forma.
Assim, por exemplo, junto daquele que guardo e pelo qual me expresso, desde o início insisti no fato de que não seria necessário fixar-nos numa furma.

De fato, somos Consciências Multidimensionais que evoluimos nas Dimensões Unificadas desde a 5ª Dimensão até nosso Domínio de eleição que se situa bem além de suas esferas antropomórficas.

Assim, portanto, nossa forma, contrariamente à sua, não é fixa.

Este ano, gostaria de expressar um certo número de coisas importantes relacionadas a seu futuro.

Durante o ano passado expressei-me longamente sobre o princípio do Abandono à Luz, permitindo receber a Luz Vibral.

Hoje, gostaria de ir para além desta noção de Abandono.
Hoje, vocês devem tomar por hábito e por experiência o fato de não querer nos fixar, nós, como todos os interventores existentes nos Mundos Unificados Multidimentionais, dentro de uma forma.

A forma, em seu mundo, é bloqueada e fixada pelas forças de contração e de compressão em relação direta com a matriz.

Este aspecto bloqueado não existe nos Mundos Livres.

Assim, portanto, a forma de um Arcanjo, qualquer que seja, não é bloqueada nem fixada.

Assim, portanto, podemos nos apresentar a vocês de diferentes modos.

Guardem que a melhor Apresentação que podemos lhes fazer de nós mesmos é o aspecto Vibratório e em relação direta com a Luz Vibral.

Ora, toda Vibração corresponde, certamente, a uma forma, mas, antes de tudo, a uma cor, a uma onda e, antes de tudo, a um estado de Consciência.

Assim, portanto, minha cor de Radiação, em relação com o planeta Vênus, está diretamente ligada ao rosa.
Esse rosa manifesta-se em minha Emanação e minha Radiação pela cor azul.

O princípio do Abandono à Luz, se querem, tem um aspecto essencial da Ressonância Vibratória.

Fui chamado o Arcanjo do Amor mas, se bem o quiserem, eu preferiria, para que as coisas sejam mais evidentes e mais concretas para vocês, ser chamado o Arcanjo da Atração e da Ressonância.

De fato, o ser humano tem tendência, nesta Dimensão limitada e falsificada, a assimilar o Amor a algo que entra em ressonância com ele.

Ora, a maior parte do que entra em ressonância e em atração com vocês não está necessariamente ligado ao Amor no sentido original.

Nos mundos Unificados, o princípio de atração e de ressonância é o regime absoluto, e tudo acontece de acordo com esse princípio de atração e de ressonância.

Ora, nos Mundos Unificados, não existe Sombra, tal como a concebem.
Não existe tampouco bem e mal nos Mundos Unificados.

Toda a lógica da perversão de seu mundo consistiu em manter esse princípio de atração e de ressonância sempre ali associando o princípio de dualidade, o que explica que um ser humano, pela atração e ressonância, vai atrair para si um certo número de manifestações.

Isso joga tanto no que lhes acontece em sua Vida como em suas relações interpessoais e vocês têm tendência de chamar a isso Amor.

Ora, isso não é o Amor, isso é apenas um princípio de atração e de ressonância ligado à dualidade e não ligado à Unidade, e isso muda tudo.

Porque existe no ser humano um certo número de falhas ligadas a suas próprias Sombras, existentes devido a suas reencarnações.

Nessas Sombras, jogam-se princípio de atração e de ressonância que vão atrair a vocês as Sombras que estão, aí também, em ressonância com suas próprias Sombras.

E assim instala-se, de maneira definitiva, a espiral involutiva na qual vocês foram presos desde, para alguns de vocês, mais de 300.000 anos.

Hoje, como o sabem, o Conclave Arcangélico, e o Arcanjo Miguel mais especialmente, trabalharam, desde quase um ano e meio de seu tempo Terrestre, para aliviar a pressão da matriz e para dissolver esta.

Assim, portanto, o princípio de atração e de ressonância, hoje, está muito menos submisso à dualidade que conheceram.

Assim, portanto, abandonando-se à Luz Vibral, abandonando-se ao Espírito Santo, se preferem assim nomeá-lo, a Divina Graça manifesta-se a vocês.

O princípio da Graça suprime o princípio de ação/reação ligado à dualidade e os remete no princípio Unitário da Ação da Graça.

Tendo purificado suas vestes ou suas auras, tendo purificado suas estruturas sutis mesmo nesta dualidade, sob a influência e a ação da Luz liberadora da Fonte, do Espítito Santo e do Ultravioleta, vocês estão prontos mesmo, hoje, para realizar com pleno rendimento esse princípio de atração e de ressonância, não mais ligado à dualidade, mas em relação com as Dimensões Unitárias.

A grande mudança de paradigma situa-se nesse nível.

A segunda grande mudança de paradigma é um aspecto Vibratório.

Lembrem-se que, hoje, e nos tempos que vêm, em sua Humanidade, o princípio de atração e de ressonância, se está ligado diretamente ao Mundo Unitário, os atrairá diretamente na Luz e nos Mundos da Luz.

Se vocês deixam jogar em vocês o princípio de atração e de ressonância em relação com a dualidade, tudo o que está ligado a suas feridas, a seus sofrimentos do passado, adere-se a esse princípio de dualidade de qualquer maneira, o princípio de atração e de ressonância na dualidade, atrair-los-á nos mundos da Ilusão, ou seja, da reencarnação, mesmo se os mundos dissociados não existirem mais para uma Vida futura.

Assim, portanto, vocês são os Mestres de Obra de seu próprio caminho.
Assim, portanto, vocês são os próprios artesãos de seu futuro.

Trata-se, nesse nível, de uma compreensão não intelectual, mas Vibratória.

Desde o momento em que vocês levarem a efeito as palavras de Cristo, ser-lhe-á feito segundo sua Fé e vocês encontrarão em seu caminho o princípio de atração e de ressonância chamado Amor, diretamente oriundo dos Mundos Unitários e não mais dos mundos da dualidade.

A melhor maneira de liquidar, no sentido próprio, as últimas Sombras existentes em sua dualidade, seja dentro da matriz como dentro de seu esquemas de funcionamento nesta Ilusão, é e será cada vez mais imprimida da Unidade, se este é seu abandono à Luz.

Progressivamente e à medida de seu Abandono à Luz, à Inteligência da Luz, manifesta-se a vocês a Vibração da Luz, e impedirá toda ação relacionada com uma ação/reação ligada ao plano cármico, e vocês submeter-se-ão, e estarão submetidos, cada vez mais, à Lei de Vibração da Ação da Graça nos Mundos Unitários e não mais às Leis que prevaleceram em sua Humanidade e em sua Evolução.

Vocês saem, portanto, de uma corrente evolutiva de natureza dualitária para entrar numa corrente evolutiva transdimensional.

Alguns de vocês tem já acesso a esses Mundos Unitários e a esses Mundos chamados Corpos de Existência (*).

Nesses Mundos da Existência, as Leis da física, tais como a conhecem aí embaixo, não tem mais qualquer sentido.

As Leis físicas analisadas por seus cientistas e que prevalecem ainda em sua Ilusão não têm mais muito tempo, isso vocês o sabem.

Convém então que se preparem para o melhor.

Eu desenvolvi e volto a desenvolver, ainda hoje, esta noção de Abandono à Luz.

Confiar-se e submeter-se à Liberdade da Luz, lhes confere e lhes dá a Liberdade.

Esta submissão não é uma dependência.

Esta submissão à Luz assinala sua adesão ao Pacto ligado às Forças Unitárias, às Forças da Luz Unitária e à adesão na Confederação Intergaláctica, assinalando seu retorno indestrutível aos Mundos Unitários.

Em meio aos seres humanos que, hoje, não vivem este aspecto Vibratório ligado ao Conclave, ligado à Irradiação da Fonte e ligado à Presença dos Melquisedeques e do conjunto de Forças da Confederação Intergaláctica, alguns poderão, até um limite extremo que não definiria hoje, aceder a esses Mundos Unitários.

Mas é evidente que a ascensão, agora tardia, a esses Mundos Unitários, traduzir-se-á por fenômenos de resistências ligados à vontade de persistência do ego ou do mental, nos mundos ilusórios, que provocá-los-á em uma certa forma de dúvida, que provocá-los-á em uma certa forma de medo, em relação com os medos da falta, com os medos do vazio, com os medos de faltar, de uma maneira geral.

Ora, na Luz e nos Mundos Unitários, não pode existir a menor falta, porque a Divina Providência, a Divina Graça, a Ação de Graça agirá sempre para proporcionar-lhes o que é necessário e útil na manutenção de sua Consciência Unificada.

Assim, associando por aí mesmo as parábolas de Cristo relativas ao alimento e ao pássaro em sua árvore, na Graça não há lugar para a escassez.

Na Graça, não há lugar para o sofrimento.

O sofrimento é proveniente de seu mundo contrariado, falsificado pelos Arcontes.

O sofrimento não existe nos Mundos Unificados.

Vocês querem pertencer ao Mundo Unificado ou ao mundo da dualidade?

Hoje, não é mais questão de escolha que dirige a ação, é uma questão de aceitação da Vibração e de Confiança ou de Abandono e de Fé no Mundo da Liberdade, no Mundo da Existência e no mundo da Unidade.

Vocês estão aqui, hoje, neste espaço, a caminho e em preparação para um acesso total nesses Mundos da Existência.

Nós estamos aí para isso e serei o intermediário entre sua Dimensão e a Dimensão Unificada Arcangélica, mas também o conjunto de outras Dimensões.

Suas percepções refinam-se, ao nível Vibratório, antes de tudo.

Vocês apenas devem atribuir Fé e Confiança no aspecto Vibratório.

De fato, nos mundos falsificados, existe ainda, em sua dualidade, uma possibilidade de ilusão.

A possibilidade de ilusão está diretamente ligada aos resquícios do que é chamado o mundo astral.

Como o sabem, desde o último verão (no hemisfério norte – inverno no sul), a dissolução das franjas de interferências astrais ocorreram no nível dos planos os mais sutis de seu universo.
O que nos permitiu nos manifestar, não ainda em sua Dimensão, mas ao mais próximo de sua Dimensão dissociada, ou seja, na atmosfera que existe ao redor de seu Sol.

Nesta atmosfera Vibratória na qual estamos hoje, nós, Conclave Arcangélico e o conjunto de Forças da Confederação Intergaláctica, estamos prontos a intervir, no momento vindo, a fim de liberá-los, de maneira definitiva, da Ilusão.

Ainda é preciso que, daqui até lá, vocês aceitem e concordem com sua própria liberação.

Ora, eu falo, aí, para aqueles de vocês, aqui como em outros lugares, que teriam resistências ou travas.

As resistências e os freios não podem vir senão do medo, o medo é induzido por seu próprio mental.

Não se esqueçam também que seu mundo em desconstrução chega a seu fim, que o conjunto de fenômenos que lhes foram anunciados pelos maiores profetas encontram, hoje, um espaço de Verdade.

Este espaço de Verdade pode, entretanto, ao nível do ego, ao nível do mental inferior, provocá-los a viver medos.

Os medos não podem ser oriundos da Luz, os medos podem apenas ser oriundos do ego.

Nos Mundos Unificados, na Vibração da Existência, não há qualquer lugar para o medo.

Apenas há lugar para a Luz, o Amor, o princípio de atração e de ressonância e a experiência do Ser nos Mundos Multidimensionais.

Entretanto, e como o sabem, precisamos dos Ancoradores da Luz, que vocês chamam Trabalhadores da Luz nesta Ilusão, pelo momento.

Não é questão para vocês de deixar esta Dimensão, pelo momento, mas de aí permanecerem estáveis o mais longo tempo possível, para permitir assentar e irradiar a Luz em seu mundo.

Vocês são os Retransmissores da Luz nesta Dimensão.

Contamos com um número de Retransmissores cada vez mais importante, a fim de que um máximo de almas em sofrimento se juntem aos Planos Unificados.

Assim, nós o desejamos para o conjunto de Sementes de Estrelas que estão atualmente encarnadas sobre esta Terra.

Assim nós o desejamos também para todos aqueles que foram chamados os maus rapazes ou ainda as sombras, a fim de que eles também voltem a ganhar o Plano da Luz, isso lhes é oferecido por Decreto Divino e pela Divina Graça.

Assim, portanto, até o último momento, ser-lhes-á possível abrirem-se Vibratoriamente e não mentalmente, não é mais uma questão de escolha, mas uma questão de consentimento ou de Abandono, se preferem, à Luz Vibral.

Rendendo-se à Luz Vibral, vocês saem do livre arbítrio e entram na Liberdade.

Na Liberdade, nos Mundos Unificados, vocês não estão mais sujeitos à Lei do livre arbítrio e reencontram sua Liberdade de Ser.

Aí está, bem amados filhos e Sementes de Estrelas, o que desejava lhes dar como informações.

Agora, eu lhes proponho submeter-me a um certo número de questões e perguntas concernentes, justamente, a esta noção de Unidade e de Existência.

Questão: esta proteção do astral planetário continua atualidade, continua útil?

Sim, o astral planetário dissolveu-se no mundo astral, quer dizer, o que vocês chamam o mundo astral ou a esfera astral.

Não está ainda inteiramente dissolvido em sua manifestação, em seu mundo material denso, sem isso, vocês não existiriam simplesmente mais nesta dualidade.

Existe, portanto, um certo número de manifestações que vão ocorrer, de maneira inegável, vindo alimentar uma egrégora emocional e mental ligada ao medo e à falta de que lhes falei.

Convirá, se vocês mesmos não forem estivados aos Mundos Unificados, que se protejam deste impacto que representará um choque real na Humanidade.

Questão: em qual frequêncie e como convém utilizá-lo?

Mas não há regra, cabe a vocês definirem-na, em função de suas necessidades.

Questão: por que sinto tantas afinidades em seu contato?

Bem amada, porque represento, através de minha Radiância, uma qualidade específica do relacionamento.
Eu evoco, assim como disse, e governo também, o planeta Vênus e, portanto, tudo o que está na relação interpessoal e na relação com o Amor e não com o que é oposto ao Amor.

Assim, portanto, há em você uma sede de ressonância ligada ao Amor que libera e não ao Amor que oprime. Aí está a razão.

Questão: como permanecer na Unidade e não recair na dualidade, na vida corrente?

Obviamente, isso perdurará na condição que, em você, o trabalho de pacificação necessário tenha sido realizado.

Como realiza-se esse trabalho de pacificação?
Ele se realiza de dois modos que são conjuntos, eu diria.

O primeiro é abandonar-se à Vibração dos Arcanjos.

O segundo também é viver os espaços de meditação que nós lhes oferecemos, a fim de permitirem-se banhar nos princípios de atração e de ressonância unitárias.

Mas cabe-lhes também, uma vez que se voltarem a sua Vida, colocarem fim, de maneira definitiva, no que os impede de aceder sua Existência e aí, não podemos dar o passo em seu lugar, nem tomar as decisões em seu lugar.

Que isso refira-se a lugares, que isso refira-se a pessoas, que isso refira-se a comportamentos, que isso refira-se a atividades sociais ou profissionais, cabe a vocês o que lhes pertence para ter, como dizia Cristo, sua casa limpa, porque o momento está muito próximo.

Questão: poderia nos esclarecer sobre onde estamos da Unidade e da Existência?

Bem amada, o acesso total à Unidade e à Existência traduzirá o fim definitivo de sua matriz.

O fim definitivo da matriz terá lugar pelo que chamaria uma Aliança de Fogo.

Esta Aliança de Fogo não é uma destruição, é uma destruição ao nível da personalidade e dos esquemas de Vida provenientes da dualidade, mas esta Aliança de Fogo é destinada a fazer-lhes reintegrar o Corpo da Ressurreição que é seu corpo de Existência.

Vocês estão no último momento.

Questão: haveria, de seu ponto de vista, uma questão sobre a Unidade ou a Existência que tivéssemos omitido e que lhe pareceria importante comunicar?

Bem amada, os Mundos da Unidade e Existência se vivem.

Obviamente, pode-se discorrer, como o faço, sobre as condições preliminates ao acesso à Existência, coisa que faço desde um ano.

Poderíamos discorrer ainda mais longamente mas, hoje, é preciso colocarem-se no quadro deste final dos tempos anunciado e que vocês vivem.

Este final dos tempos corresponde a períodos de tensões, vocês não estão mais no período de escolha, como o Arcanjo Jofiel teria dito, há dois anos de seu tempo Terrestre.

Vocês verdadeiramente entratam na Vibração.

Esta Vibração os conduzirá para onde deve conduzí-los, ela os levará, literalmente e em todos os sentidos do termo, para onde devem ir.

Assim, portanto, hoje, com a ferramenta mental que lhes resta, vocês devem se colocar as boas questões e não as questões supérfluas.

As boas questões devem referir-se unicamente a seu futuro.

Onde querem ir?
Mas, atenção, vocês não serão guiados para onde querem, mas pela capacidade Vibratória que tiverem obtido e vivido no momento vindo.

Cabe-lhes, durante este período, desenvolver ao mais intenso a Vibração que é capaz de viver sua Consciência e seu Corpo.

Quando falo de Vibração, falo do estado de Vibração.

Alguns de vocês, nos espaços meditativos realizados às 19h (hora francesa – 14 horas em Brasília), puderam experimentar acessos mesmo desse corpo ao Mundo da Unidade e à Consciência Unificada.

É isso o que é preciso reforçar.
Mesmo se isso se traduz por uma perda de eficácia em seu mundo que vocês chamam ainda real e que é no entanto totalmente irreal.

Questão: o que é das pessoas que deixam esse Plano hoje?

O futuro de cada uma dessas almas é profundamente diferente.

A maioria delas entretanto é colocada em processo de repouso e de espera, aguardando o nascimento da nova Dimensão e da nova Terra.

Agora, ao nível dessas almas, algumas serão livres de se reencarnarem nos Mundos da 3ª Dimensão, mas Unificada.

Algumas já partiram para sua Morada de origem em função de sua Origem Estelar e Solar.

Não há portanto caminho uniforme nessas almas.

Algumas, efetivamente, escolheram reencarnar extremamente rápido, para estarem presentes no momento da transição em um corpo de carne.

Mas esse número é limitado.

Questão: a que corresponde uma dor entre o 9º e o 10º corpos?

Bem amada, existem, em suas novas estruturas, relações de ponto a ponto.

O que é percebido, nesse nível, corresponde à ligação existente, de maneira muito real, por uma linha contínua que vai de baixo a alto e de alto a baixo, ligando esses diferentes novos corpos e esses diferentes novos chacras.

Do mesmo modo que existe a mesma ligação ao nível do que é chamado as Doze Estrelas de Maria, na cabeça, de ponto a ponto, do mesmo modo, nesses novos corpos, há uma ligação que se efetua de ponto a ponto, simplesmente.

Minha Assinatura e meu Selo tem a particularidade de despertar os novos corpos, como a assinatura e o Selo de cada um dos sete Arcanjos e de maneira indistinta.

Do mesmo modo que, quando de todo trabalho que utiliza, de uma maneira ou de outra, a Consciência Arcangélica, é sempre perfeitamente possível sentir a Coroa Radiante da cabeça, como a Coroa Radiante do Coração ou ainda o Triângulo Sagrado.

Assim, o trabalho Arcangélico é o que lhes permite, pelo aspecto Vibratório Luz e Vibração Consciência, aproximarem-se dos Mundos Unificados.

Questão: quais são as Presenças que sinto?

Bem amada, o que chama Presenças, começa a se manifestar a você ou a vocês desde o momento em que começam, pelo aspecto Vibratório e pelo aspecto Consciência, a tocar os Níveis Unificados.

Assim, portanto, progressivamente e à medida em que o tempo vai se escoar doravante sobre sua Terra, vocês observarão uma maior facilidade para entrar em contato com os Mundos Unificados.

Que isso seja ao nível de Dimensões Arcangélicas como nas Dimensões outras que pertencem à Confederação Intergaláctica.

Assim como o sabem e assim como foi dito e anunciado, vocês passarão cada vez mais tempo a cavalo, literalmente, sobre duas Dimensões.

Assim, não se surpreendam, o que quer que seja que pratiquem como aspecto vibratório, como meditação ou como trabalho Interior, se sentirem esses contatos com os outros Planos.

Estes tornar-se-ão, eu diria, uma constante para alguns de vocês, dentro de muito pouco tempo.

Questão: tenho por vezes a impressão de viver formas de dualidade, e outras vezes, sinto-me mais próxima da Unidade, sem poder manter uma constante.

Bem amada, esse é o caso atualmente de todo Trabalhador de Luz ou Ancorador da Luz.

Se você permanecesse ancorado na Existência ou na Unidade, você não teria mais qualquer razão para estar aí.

Questão: por que, por vezes, sinto-me mau?

Bem amada, o que você chama o ego, no mental inferior, nem sempre está na vaidade e na valorização.

Existe outro tanto, e sobretudo junto aos Trabalhadores da Luz, um ego ligado à desvalorização de si e ao sentimento de ser mau.

Isso é uma injunção que vem do mental inferior e em caso algum de sua Existência.

Questão: como superar isso?

Aproximando-se ainda e sempre da Unidade e da Existência.

Como o constatam, mas alguns de vocês não podem constatar porque estão imersos no Interior desse processo, se vocês olham agora atrás, não muito longe, mas apenas seria algumas semanas ou alguns meses atrás, vocês iriam muito rápido compreender que esta progressão se faz de maneira acelerada e que, quanto mais as semanas passam, mais lhes acontecem momentos, instantes, em que vocês penetram as esferas da Existência.

O que era extraordinário antes, há ainda um ano, torna-se e vai se tornar, para vocês, de maneira habitual, algo habitual.

Mas, ainda uma vez, é preciso aceitar e compreender que vocês vão permanecer a cavalo sobre duas Dimensões durante ainda um certo tempo.

Exceto, obviamente, se sua alma decidiu, de uma maneira ou de outra, deixar de maneira definitiva a dualidade.

Mas vocês não podem estar encarnados na dualidade e suprimir totalmente a dualidade que faz parte de seu modo de manifestação.

É necessário contudo compreender que a melhor maneira de nutrirem-se é aproveitarem desses instantes de Existência para absorver a quintessência Vibratória e Luminosa.

Lembrem-se que é sempre apenas seu ego que julga a passagem de um estado a outro. A Existência jamais.

Quanto vocês vivem os momentos de Existência, não existe qualquer julgamento nos momentos fora da Existência na dualidade, enquanto que no inverso, quando vocês estão na dualidade, o ego se expressa.

Questão: Como se faz se, quando da prática de prococolos, não se chega a estabilizar a sensação da Vibração? Um dia pode-se sentir muito, no dia seguinte, nada mais?

Obviamente, isso depende de um certo número de fatores que são exteriores a vocês.

Há, certamente, seu aspecto pessoal e seu estado vibratório do instante em que vocês realizam este alinhamento e esta meditação.

Mas, de um outro lado, somos nós também dependentes do que é revelado até vocês de um certo número de fatores que vocês chamariam astrológicos, planetários ou galácticos, que vão modular as energias que vocês recebem cada dia.

Assim, portanto, assim como o constatou, cada dia e a cada meditação, a qualidade Vibratória e a quantidade Vibratória são profundamente diferentes.

Questão: que atividade permitiria desenvolver ainda mais a evolução espiritual?

Bem amada, não existe atividade mais favorável que uma outra, se não é aquela de sua própria Consciência.

Tudo depende da Consciência que você ali coloca.

Você pode muito bem encontrar este espaço vibratório e estabilizá-lo e favocecê-lo ainda melhor, cultivando a Terra.
Pode também realizá-lo, por exemplo, realizando trabalhos manuais ou exercendo uma criatividade qualquer que seja.

Não há melhor modo, senão o de brincar com a própria Consciência.

As outras atividades, quaisquer que sejam, yoga, atividade Criadora, manual ou terrestre, apenas estão aí para orientar sua Consciência para mais lucidez, mas a ferramenta principal permanece e reside em sua própria Consciência na Luz Vibral.

Guardem que o pior inimigo, assim como lhes disse esta manhã, nas semanas que vêm e nos instantes que vêm, será unicamente o medo da falta e nenhum outro.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Bem amadas Sementes de Estrelas e Filhos da Luz, eu lhes trago minhas Bênçãos.
Queiram, se o desejam, acolher minha Presença e minha Radiância.

... Efusão de Energia...

______________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão do francês: Célia G. – http://leiturasdaluz.blogspot.com

(*) Alguns tradutores preferem utilizar a expressão “Estado de Ser” ou “Corpo de Ser”, para a expressão “Corps d'Êtreté» do texto original. Como os próprios mensageiros explicaram algumas vezes, algumas palavras foram por eles « inventadas », para que não imputássemos conceitos já estabelecidos em nossa dimensão, sendo esta uma delas, que, por isso, não possui uma tradução exata e utilizada por todos da mesma forma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário