Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

29 de mai de 2010

UM AMIGO – 29 de maio

Mensagem de 29 de maio (publicada em 8 de junho de 2010)
DO SITE AUTRES DIMENSIONS


Meu nome é Um Amigo.
De meu Coração a seu Coração, de minha Consciência a sua Consciência.

Eu sou a Consciência que, em meio aos 24 Anciões, é aquela, caros irmãos e caras irmãs, que está mesmo para ajudá-los, de maneira a mais íntima e a mais exata, no período que se abre a vocês, para ajudá-los a estabelecerem-se, se tal é sua aspiração, no aspecto ilimitado do que vocês são.

Eu lhes transmiti, há algumas semanas, o Yoga Celestial, assim como um processo que lhes permite, de maneira muito simples, dirigindo sua Consciência, aceder a espaços de cura que, até agora, não estavam abertos na humanidade.

Eu intervenho e intervirei cada vez mais frequentemente durante este período corrente até o Anúncio de Maria, permitindo-lhes, se tal é sua aspiração, viver e fusionar no que vocês são, no Ilimitado.

Pela minha vivência nesta humanidade, em minha última vida, observei, integrei, o conjunto de mecanismos corporais e sutis que permitem à consciência limitada humana penetrar o santuário do Coração e, nesse santuário, viver o Ilimitado.

Intervenho, neste período inicial de ação do Arcanjo Uriel, Anjo da Presença e Arcanjo da reversão, para permitir-lhes, se tal é, ainda uma vez, sua aspiração, penetrar as esferas para além da limitação, as esferas onde tudo é Alegria, onde tudo é Paz, onde tudo é Verdade absoluta e onde tudo é Unificado.

Foi-lhes dito e recomendado, durante este período de Unificação da Consciência, que se aproximem, caros irmãos e caras irmãs, do essencial.

Assim como o sabem, independentemente da qualidade e da realização de suas vidas, o essencial não é esse mundo.

Assim como lhes disse Cristo, em sua civilização, vocês estão sobre esse mundo, mas vocês não são desse mundo.

Hoje, quando, segundo seu próprio ritmo, é-lhes revelado e desvendado um certo número de Verdades absolutas quanto ao que vocês são, compete-lhes, hoje, viver este conhecimento de maneira interior e direta, para além das palavras, para além mesmo de seus atos nesse mundo.

É-lhes preciso tocar e viver esse basculamento de um aspecto limitado de vocês para o aspecto ilimitado, assim como o nomeou o bem amado Sri Aurobindo, o Switch de sua própria Consciência.

A qualidade e a quantidade de Vibrações e de informações que chegam até a densidade em que estão, deve permitir-lhes, com uma facilidade muito maior que anteriormente, viver esse processo.

Vocês ali são ajudados, convidados.
Somente vocês podem desencadear o que lhes propomos.
Assim como sua consciência limitada o percebe, o ouve, o vê, a ilusão desse mundo toca, de maneira irrevogável, a seu fim.

Assim como eu o dizia, há alguns dias, e nós repetiremos cada vez mais, este fim não é o fim, bem ao contrário.

Na hora da passagem do limitado para o Ilimitado, é-lhes preciso aquiescer com a morte do limitado, com a morte da ilusão para que nasça, desabroche e viva a Unidade e a Unificação da Consciência.

A hora do retorno da humanidade ao que ela é, para além da ilusão desse mundo, está próxima, muito próxima.
Isso, sua consciência limitada o sabe, sua Consciência Ilimitada o percebe cada vez mais e os pressiona, pelas Vibrações percebidas em diferentes pontos de seu corpo, para ir no abandono, na Fé para esta Vibração de sua Essência, não participar também, dos obstáculos e das relações que os mantêm na ilusão.

O ponto de vista muda, a Consciência muda, a forma também, a forma fixa na qual vocês estão, à qual estão identificados é chamada a transformar-se.

Assim como foi dito, a lagarta torna-se borboleta.
O que a lagarta chama a morte, a borboleta chama nascimento.

Tudo está em relação direta com o modo de viver a Vibração e o modo de ver o que acontece.

O Fogo da Terra desperta-se, a Terra vive, ela também, sua liberação, o que vocês chamam sua Ascensão.
Isso é agora, isso aconteceu em outros Planos, e apenas pede para manifestar-se em seu Plano.

Assim como o bem amado Sri Aurobindo o disse anteriormente, novos Céus, uma nova Terra nascerão.
Vocês, coletivamente, caros irmãos, caras irmãs e, individualmente, chegaram no momento deste nascimento.

A particularidade deste nascimento da Terra como o seu no Ilimitado far-se-á, se o desejam, em plena Consciência e em total lucidez.

Todos os obstáculos e as ressonâncias que, ainda hoje, os impedem de ver o Ilimitado, estão evacuando-se, sobre o Planeta como em vocês.

O despertar do Fogo da Terra, o desvendamento da Luz e sua manifestação em seu mundo, está a suas portas.
Durante esses momentos, sua capacidade Vibratória para estabelecerem-se em sua própria Presença, na Vibração do Coração, na reunificação das Três Lareiras, permitir-lhes-á viver este nascimento em ótimas condições.

Guardem presente no espírito que a Luz é Inteligência e que, se vocês se abandonam à Luz, a Inteligência da Luz trabalhará em vocês e ao seu redor, para permitir-lhes realizar sua Unidade e seu Ilimitado.

Como o Arcanjo Miguel tão bem o repetiu, ao longo dos Casamentos Celestiais, chamando-os Sementes de Estrelas, ele apenas fazia desvendar a estrita Verdade do que vocês são, para além dos constrangimentos e para além da ilusão dos papéis que vocês tiveram, nesta vida como em outras vidas, tendo-os literalmente aprisionado no aspecto limitado de sua Consciência até hoje.
Para a maior parte, a humanidade não pode mesmo ousar pensar que o Ilimitado é sua natureza.

Em meio aos 24 Anciões, sou aquele que, em relação com o Arcanjo Uriel, é o mais mesmo a prodigalizar Vibrações e conselhos para viver o que se produzirá durante seu verão (inverno no hemisfério sul),

Há muito poucos dias, a Divina Maria revelou-lhes sua vinda, acompanhada de suas doze Companheiras, de seus doze pilares, chamadas as doze Estrelas de Maria.
Essas doze Estrelas são doze Consciências que viveram, de uma maneira ou de outra, sobre esta Terra, o Ilimitado, cada uma a seu modo, em função de Crenças, de culturas nas quais a alma encarnou.

Uma dessas Consciências é uma Consciência útil, por sua devoção e seu Amor, que lhes permitirá melhor aproximarem-se de seu aspecto Criador e ilimitado dentro de seu aspecto feminino.

Eu estou, quanto a mim, em ressonância com esta Consciência, eu a deixarei ela mesma expressar e vibrar em seu Coração, a qualidade da pureza que ela vem emitir para vocês.

Eu repito, ainda hoje, que, durante o período, a melhor das preparações que prepara sua entrada no Reino da Unidade é ir para o essencial.

Guardem que o essencial será sempre simples e humilde, que esta humildade, esta simplicidade encontrar-se-á sempre numa qualidade de Consciência e de Vibração que nascerá em seu Templo Interior, em seu Coração, antes de difundir-se, via sangue, respiração, para o conjunto de seu veículo físico, permitindo-lhes literalmente, ao final, transcendê-lo, sair de algum modo desta casca, esta casca que, entretanto, é um Templo.

Mesmo falsificado, ele continua um Templo, não pode ser de outro modo.

Aproximar-se desta Consciência ilimitada é também participar, para além da Paz, para além mesmo da Alegria Interior.

Muitos irmãos e irmãs viverão estados de emoção que se oporão, mesmo de maneira inconsciente, ao estabelecimento do Ilimitado e da Luz.

Por sua capacidade para contrabalançar essas emoções, estabilizando-se na Alegria do Templo Interior, vocês favorecerão seu parto, como o da Terra.

A Luz Inteligente fornecerá ao conjunto de suas necessidades fisiológicas, como emocionais e mentais.

Hoje, realizam-se as palavras do Arcanjo Anael, há mais de um ano, relativas ao abandono à Luz, permitindo o retorno à Unidade e o retorno ao Ilimitado.

Não é pendurando-se em suas certezas ou em suas Crenças, a uma qualquer forma do que lhes permitiu, até hoje, encontrar um certo florescimento, que seja num meio afetivo favorável como num meio material favorável.

A única certeza apena poderá vir de sua Vibração interior própria.
Tudo a que vocês se retinham, mentalmente, afetivamente, emocionalmente, não poderá mais subsistir na nova Vibração e na nova Consciência.

A preparação Vibratória que vocês vivem hoje é essencial, é crucial.

Se vocês aceitam os fundamentos, se vocês vivem os fundamentos, vocês constatarão, muito rapidamente, que lhes será cada vez mais fácil estabelecerem-se nesta Consciência nova, lugar onde não pode existir qualquer resistência, qualquer sofrimento e qualquer doença.

É a isso que vocês são convidados, após os Casamentos Celestiais, após as Etapas: para viverem, mesmo nesta densidade, suas próprias Núpcias.
Não há outro meio, não há outra possibilidade de encontrar a Paz que estabelecer-se na Vibração da Consciência nova.

Continuem, certamente, a estarem sobre esse mundo, porque sua Vibração tornar-se-á cada vez mais necessária, para vocês como para aqueles de seus irmãos e de suas irmãs, de nossos irmãos e de nossas irmãs, que não estão ainda aptos a soltar o que deve ser solto.

De sua capacidade em vocês, para estar na Paz e na Luz, na Vibração da Coroa Radiante do Coração, decorrerá a maior facilidade e a maior ajuda que vocês podem aportar a seus parentes como àqueles de nossos irmãos e de nossas irmãs que ainda não aquiesceram à Luz.

Vão cada vez mais para a evidência e a simplicidade, vão cada vez mais para o que vaza de fonte, em vocês, na Vibração, como no exterior de vocês, em seu ambiente próximo ou distante.

Da forma com que acolherem o que vem, dentro mesmo da jornada da Unificação da Consciência decretada pelo Arcanjo Miguel e apoiando-se sobre influências cósmicas e planetárias essenciais de 17 de julho, decorrerá o modo com o qual vocês viverão este período de seu verão (inverno no hemisfério sul).

Recordem que a Luz, a sua, quando a deixam viver, quando atribuem-lhe todo o lugar, permitirá uma Alegria e um estado que muito poucos seres humanos conseguiram viver até agora.

Hoje, esta possibilidade é oferecida à grande maioria, eu diria mesmo à totalidade de nossos irmãos e de nossas irmãs.

Lembrem-se também que não há julgamento nem castigo em outra parte senão em sua própria cabeça e, eventualmente, na consciência daqueles que não querem que o novo se instale.

O que vem é liberação, o que vem é Alegria, o que vem é o advento completo da Luz e o retorno em sua Dimensão inicial, em seu veículo de Eternidade, que lhes foi tirado, retirado.

Vocês estão na aurora de algo de que não têm ainda ideia, exceto para alguns de vocês que vivem, no alinhamento de suas Três Lareiras, a revelação da Luz e a transformação quase mágica de sua vida.

Vocês são convidados, todos, para participarem desta Reunificação, em vocês, inicialmente, mas também nas Consciências liberadas desta matriz.

Somos todos convidados a grandes redescobertas, a grandes Vibrações, a um abrasamento do Coração.

Inúmeros ensinamentos ser-lhes-ão comunicados, por mim mesmo e por aquela que está em ressonância comigo, em sua polaridade feminina, como Estrela de Maria.

Nós lhes daremos o máximo de nós mesmos, nós lhes transmitiremos o máximo de informações, não sobre o que poderá acontecer no exterior que, quando vocês descobrirem sua Dimensão Interior, não terá mais qualquer sentido.

Mas nós os ajudaremos cada vez mais para irem para vocês, para irem cada vez mais para o estabelecimento do que vocês são, em Verdade e em Unidade, preparando o melhor possível, para vocês como para aqueles que os rodeiam como para a humanidade inteira, o Anúncio de Maria.

Se há em vocês questionamentos, caros irmãos, caras irmãs, sobre esses mecanismos da Consciência, intensos, se há em vocês questionamentos ou necessidades de esclarecimento, vamos, de meu Coração a seu Coração, trocar palavras mas também, e certamente, antes de tudo, na Vibração Unitária.

Eu lhes dou a palavra.

Questão: como saber a que correspondem as Vibrações que sinto e onde nos levam essas Vibrações?

Cara irmã, essas Vibrações a levam a você mesma.
Um certo número de lâmpadas novas são acesas, na humanidade, para aqueles que seguem esse processo Vibratório em curso e mesmo para aqueles que não queriam segui-lo.

O estabelecimento e a colocação em funcionamento de novas lâmpadas, de novos corpos, em suas estruturas, assinalam o retorno à sua Unidade.

A Consciência manifesta-se por Vibrações em novos pontos, mesmo desse Templo corporal.

A Consciência localiza-se onde a atenção se coloca, colocando em Vibração zonas até agora não percebidas em seu corpo.

Não há nem a interpretar, nem a rotular, mas viver, no silêncio do mental, a Vibração que se estabelece em vocês.

Ela os conduz, pela Inteligência da Luz, para vocês mesmos e para nenhum outro lugar.

Vocês devem aprender a confiar na Vibração da Luz e não mais em seu mental.

Vocês devem confiar-se na Vibração do Coração e não mais no que lhes diz sua cabeça, a razão, a sociedade, o afetivo.

Vocês devem passar, através da Vibração, de um modo de funcionamento limitado para um modo de funcionamento ilimitado.

É isso que realizam, em cada um de vocês, as Vibrações novas que muitos percebem sem, efetivamente, identificá-las.

Cada ponto de Vibração novo em seu Templo, nesse corpo, traduz uma função espiritual nova.

Não lhes é solicitado, pelo momento, colocar palavras ou funções mesmo sobre essas funções novas mas, simplesmente, viver a Essência, a quintaessência, deixar-se impregnar literalmente por essas Vibrações novas que muitos percebem, seja has horas dadas por Maria e Miguel, seja independentemente mesmo de qualquer espaço meditativo, hoje.

Isso assinala a irrupção, como o dissemos, da Consciência ilimitada dentro da consciência limitada, uma vez que não é mais necessário, hoje, colocar-se em um estado meditativo para viver as Vibrações, para perceber a intensidade.

Progressivamente e à medida em que vocês se abandonarem a esta Vibração que é Luz, progressivamente, vocês perceberão seu lugar na Alegria, na Unidade.
Isso pode passar, para alguns de vocês, pelo abandono de lugares ilusórios, quaisquer que sejam os domínios da vida.

Vocês não têm, não mais, que se preocupar com isso, vocês têm simplesmente, ainda uma vez, que viver a Essência, a quintaessência, porque é nessas Vibrações novas que se manifesta a Paz, o Samadhi, esta Alegria inextinguível, esta Alegria sem limite que existe no Ilimitado.

Então, certamente, a consciência limitada tem por vezes tendência a resistir, a querer tomar, a querer compreender, a querer interpretar, a querer manifestar.
Nada de tudo isso é necessário.
Há somente a acolher a Vibração da Luz nesses diferentes pontos de impacto porque, levando sua Consciência sobre esses pontos de impacto em vocês, vocês efetivamente realizarão o Ilimitado.

Vocês penetrarão, cada vez mais facilmente, no Ilimitado e transformarão literalmente sua vida inteiramente, até um momento crucial onde tudo o que não é ilimitado, justamente, desaparecerá.

Aqueles que estiverem firmemente estabelecidos nesta Luz não sofrerão de qualquer maneira possível o final da ilusão.

Vocês são convidados a penetrar o Ilimitado, mas o Ilimitado não é questão.
O Ilimitado é resposta.

No espaço Vibratório do Coração, há apenas Alegria, há apenas Felicidade.
As preocupações do que vocês chamam vida comum não existem simplesmente mais.

Vocês não são desconectados da realidade, mas são justamente reconectados à realidade, na Verdade absoluta e não mais na Verdade relativa desse Plano.

Vocês deixam os mundos da ação/reação, os mundos chamados Carma, os mundos do Carma, para os mundos da Felicidade, da Graça, da ação para a ação, privada de toda dualidade e de toda oposição e de toda resistência.

O período é propício ao aprendizado da confiança na Vibração e somente nela, sobretudo não mais ao que vem da cabeça ou jogos diversos e variados que existem na ilusão, a tomada de poder sobre o outro, a ascendência sobre o outro.

As regras sociais, as regras empresariais que lhes foram ditadas e às quais vocês aderiram, sem mesmo colocarem-se a lógica de uma tal Crença ou de uma tal adesão, desaparecem e desaparecerão cada vez mais.

Somente permanecerá a Verdade nua da Vibração nas novas lâmpadas, em seu Coração, nas Três Lareiras.

É nesta Vibração, em vocês ali imergindo, que vocês penetrarão a Verdade do que vocês são.

Questão: poderia nos repetir os lugares dos 5 novos corpos?

Caro irmão, isso foi revelado no Yoga Celestial.
O que revelei são os 5 pontos de Vibração que permitem a atualização desses 5 novos corpos.

Esses novos corpos são acessíveis a alguns de vocês que têm a capacidade Vibratória para viajar na Existência, no corpo incorruptível que era, até agora, prisioneiro no Sol e que alguns de vocês repenetram hoje.

Esses novos corpos não fazem parte de sua Dimensão, mas existem entretanto pontos de gancho que dei no Yoga Celestial.

Existem outros novos pontos em relação, desta vez, com as doze Estrelas de Maria e doze funções espirituais que vêm de sua Existência.

O importante, a localização, permite colocar a atenção e portanto a Consciência sobre esses pontos do corpo e colocar instantâneamente em ressonância e em Vibração, aspectos limitados de vocês e aspectos ilimitados de vocês nesta densidade, permitindo uma reconexão intensa a sua própria Existência.

Esses 5 pontos, situados sobre o eixo vertical anterior do corpo, estão situados na ponta do esterno, entre o que vocês chamam Manipura Chacra e Anahata Chacra.

O 9º corpo está situado sobre a corcova do esterno, o ângulo de Luís, situado entre Anahata Chacra e Vishuddha Chacra.

O 10º corpo está situado entre o pomo de Adão e o queixo, entre Vishuddha Chacra e a boca.

O 11º corpo, ou o 11º ponto de Vibração, para ser mais exato, está situado sobre o lábio superior, o 12º corpo está situado exatamente acima de seu nariz, na bola do nariz.

Esses 5 novos pontos de Vibração ativam-se atualmente.
(nota: vocês encontrarão esquemas de localização desses pontos na rubrica de nosso site «protocolos/reunificação dos 5 novos corpos», e aqui no blog http://leiturasdaluz.blogspot.com/2010/04/protocolo-praticar-autres-dimensions.html)

Muitos de vocês percebem Vibrações no rosto, no nariz, nas asas do nariz, em torno dos olhos, na boca.

Obviamente, ao nível da Coroa e também, para os mais avançados de vocês, um ponto central ao nível do chacra coronal.

Várias informações importantes ser-lhes-ão reveladas nas próximas semanas, referentes ao acesso à Existência.

Lembrem-se que o acesso à Existência é hoje simples, uma vez que necessita simplesmente colocar a atenção e a Consciência limitada nesses lugares do corpo, que se colocarão a vibrar e permitirão, então, a transferência de sua consciência do limitado ao Ilimitado e sua passagem no corpo de Existência.

Vocês são todos convidados a isso, sem exceção.
Não existe qualquer obstáculo cármico, de idade, de doença, somente seus próprios condicionamentos, somente suas próprias resistência os impedirão de aceder a isso.

Nada mais do exterior de vocês mesmos, dentro do instante, não pode vir perturbar seu estabelecimento na Luz.
Mas, para alguns de vocês, no entanto buscando Verdade e autenticidade, ser-lhes-á preciso soltar e soltar ainda tudo o que são Crenças, certezas, condicionamentos.

Ir para o novo apenas se pode fazer deixando morrer o antigo.
Vocês não podem manter o antigo e deixar viver o novo.

Questão: poderia desenvolver sobre o caminho do Coração, a Compaixão e o Perdão?

Caro irmão, existiram muito numerosos ensinamentos, em particular em certas formas de Yoga, como o Yoga da devoção, o sentido do Serviço.

Acontece que muitas almas são levadas neste caminho e são levadas no sentido do Serviço o mais absoluto e o mais total.

Estão no entanto essas almas abertas ao nível do Coração?

Quando falo de abertura do Coração, não falo de uma visão do mental, não falo unicamente do perdão que pode ser atribuído na cabeça, não falo unicamente do que existe na adesão ao Bhakti Yoga ou no Yoga do Serviço.
Eu falo, realmente, da Vibração concreta, perceptível e percebida, de maneira autêntica, ao nível do chacra do Coração.

Vocês podem permanecer o conjunto de vidas que existem na matriz, no Serviço, se seu Coração não vibra, esse Serviço faz de vocês um salvador e não um ser livre.

Há uma grande diferença entre amar e servir, na matriz, e amar e servir no Ilimitado.
A diferença essencial situa-se ao nível da Vibração.

Lembrem-se: ninguém poderá penetrar o Reino dos Céus se não voltar a tornar-se como uma criança.
Voltar a ser como uma criança necessita ser livre de toda Crença, de todo condicionamento.

O ser humano tem a capacidade de aderir a múltiplas Crenças.
A Crença no Amor não é o Amor, crer que o Serviço vai liberá-los da matriz, crer que fazer o bem vai liberá-los da matriz, os mantêm na matriz.

Aceder ao Ilimitado é outra coisa: aceder ao Ilimitado é sair dos papéis condicionantes, quaisquer que sejam, é sair mesmo da vontade de Serviço, porque a maior parte dos seres engajados nas noções de perdão e de Serviço são seres que apenas buscam uma coisa: é o reconhecimento, e nada mais.

Estabelecer-se em si mesmo na Verdade não é isso, é fazer vibrar o Coração e insistiremos cada vez mais pesadamente nisso.

Como saber se seu Coração está aberto?
Bem, é simples: ele vibra ou não vibra.
Vocês estão na Alegria ou vocês não estão na Alegria.

Todo o resto são apenas Crenças.

Olhem o que foi feito do conjunto de religiões sobre este planeta, olhem o que foi feito do conjunto de ensinamentos os mais místicos, os mais autênticos, pelos seres que realmente conseguiram tocar o Ilimitado.

Olhem os fechamantos que nasceram de todos os condicionamentos.

Assim, portanto, é certamente muito louvável passar sua vida no Serviço e na devoção, mas isso nutre a matriz, do mesmo modo que crer em nada ou fazer o mal.

Que vocês aceitem isso ou não, não mudará a Verdade do Ilimitado.
O Ilimitado é Vibração.
Esta Vibração manifesta-se ao nível das Coroas Radiantes do Coração, da cabeça e, em definitivo, no Triângulo Sagrado, permitindo-lhes o acesso ao Ilimitado e à Existência.

Todo o resto são apenas quimeras, todo o resto é apenas ilusão.

Enquanto vocês permanecerem fechados dentro de uma Crença, vocês não são livres.

A liberdade de que falo não é a liberdade de pensar, é a liberdade de vibrar, o que não é exatamente a mesma coisa.

Vocês devem liberar-se, vocês mesmos, de seus próprios condicionamentos.
Eu não falo mesmo de condicionamentos que existiram e que desmoronaram-se sob seus olhos e que desmoronar-se-ão dia a dia.
Eu falo daqueles que vocês criaram, que os colocaram em sua fortaleza interior e que os impedem de terem acesso à simplicidade.

A simplicidade é Vibratória, a simplicidade é humildade, antes de qualquer coisa.

Obviamente, quando vocês se colocam no Ilimitado, na Vibração da humildade e da simplicidade, sua vida torna-se Serviço, mas não o inverso.

Vocês podem passar a vida no Serviço e jamais vibrar no Coração.

Questão: pode-se atingir esses estados em caso de deficiência (psicomotora, motora...)?

Cara irmã, de meu Coração a seu Coração.

Efusão de energia junto à pessoa que colocou esta questão...

As balizas a colocar são, já, pensar e imaginar que a doença, o sofrimento, a deficiência que são, certamente, limitações, não estão em nenhum caso presentes no Ilimitado.

Devido à presença da Luz autêntica Vibral, extremamente próxima de sua densidade, o que podia ser um obstáculo essencial, anteriormente, não é mais um hoje.

Eu a remeterei, cara irmã, aí também, às palavras de Cristo, quando ele dizia ao cego: «não fui eu que te salvei, mas a tua Fé».

Eu entendo por Fé, como o entendia certamente Cristo, não a Fé cega em dogmas, em Crenças, mas, simplesmente, muito simplesmente, ter mais Fé no Ilimitado do que no limitado.

Questão: sinto menos abertura de Coração seguindo os ensinamentos propostos por intermédio de seu canal que com outros ensinamentos. Por que?

Caro irmão, há várias moradas na casa do Pai.

Se o que lhe digo não vibra em você, então, desvie-se daqui.
Vá onde o leva seu Coração, mas esteja bem atento para que o Coração não seja seus desejos ao nível da cabeça.

A Vibração do Coração é uma Vibração real.
Aquele que a vive, apenas uma vez, não a esquecerá jamais.

Enquanto ela não tiver sido vivida, obviamente, ela será colocada em dúvida.
Que seja neste ensinamento como em qualquer ensinamento.

Somente o olhar fragmentado, separado e dividido pode fazer escolher um ensinamento ao invés de um outro.
No Ilimitado, não há preferência para um ensinamento antes que para um outro porque, a partir do momento em que você vibra no Coração, você vibra no Coração e, ainda uma vez, o Coração é resposta e não pergunta.

Assim portanto, se lhe parece, se existe uma impressão da alma ou da personalidade de que alguns ensinamentos o fazem vibrar, então, o que o impede de vibrar com eles?

Mas eu persisto a dizer-lhe que, a partir do momento em que seu Coração não esteja mais colocado ao nível do plexo solar mas, realmente, no Coração, quando você vive a experiência, não pode mais ali haver qualquer dúvida.

Somente a cabeça discrimina, somente o julgamento leva uma escala de valor ao que se produz num ensinamento ou num outro.
Tudo depende do ponto de vista, também, que é levado ao ensinamento que é dado.
O ensinamento, enquanto permanece ensinamento, permanece letra morta.
Se o ensinamento torna-se vibração, aquiescendo à Vibração, há real abandono à Luz e portanto abertura de Coração.

O Coração é Luz.
A Luz que não está no Coração é uma luz mental.
Ela foi chamada, nesse mundo, ilusão Luciferiana.

Muitos ensinamentos justos, autênticos, verdadeiros, têm apenas uma finalidade, nesta humanidade: dominá-los sempre e ainda mais na cabeça, para evitar que vão no Coração.
Ir no Coração não é uma atitude mental.
Ir no Coração é Vibração.

Quando a Vibração do Coração se manifesta, apenas uma vez, vocês compreendem a Essência e a quintaessência.

É o mesmo para as pessoas que viveram, de maneira fortuita, acidental, uma experiência nas fronteiras da morte ou concebidas como tal, em todo caso.
O reencontro com a Luz mudou, naquele momento, o destino dessas pessoas.
A simples lembrança da experiência vivida é transformante.

O que nós lhes propomos, hoje, não é uma experiência, mas um estabelecimento na nova Vida.

Ainda uma vez, você tem, bem amado irmão, a liberdade de aceitar ou de recusar, mas compreenda bem que a aceitação ou a recusa o coloca irremediavelmente dentro do julgamento e dentro da cabeça e absolutamente não dentro do Coração.

A partir do momento em que há discriminação, a partir do momento em que se corta, a Unidade não pode mais existir, há necessariamente retorno à dualidade.

É esta experiência também que vários de vocês vão integrar nos tempos que vêm.
Em função de seus atos, em função de seus comportamentos, em função de suas escolhas, vocês constatarão que a Vibração do Coração afasta-se ou intensifica-se.

É isso, ser guiado pelo Coração e não mais pela cabeça e nada mais.
O que está, obviamente, além de todo ensinamento.

Vocês não estão mais na era dos ensinamentos, vocês estão na era da Vibração, porque a Vibração é o ensinamento autêntico.
Jamais a Vibração do Coração poderá enganá-los, jamais a Vibração de seu próprio Coração poderá levá-los para um impasse ou para a dualidade, coisa que fez, de maneira habitual, quotidiana, e diria mesmo milhares de vezes por dia, sua cabeça.

Colocar-se sob a influência do Coração e sob a Vibração do Coração necessita viver, obviamente, os fundamentos e a realidade e esta realidade não é uma adesão a um ensinamento nem a uma Crença, mas o estabelecimento, em si mesmo, da Vibração do Coração.

Muitos seres humanos assimilam o Coração ao prazer.
Muitos seres humanos assimilam a Vibração do Coração a uma relação de dependência, de dominação, de falsidade.
A Vibração do Coração é.
E, uma vez que ela é, ela é.

Questão: o Anúncio de Maria se faz em duas etapas, dois Anúncios?

Caro irmão, seria necessário precisar um pouco mais seu pensamento.
O Anúncio de Maria é algo muito preciso.
O Anúncio, para além das palavras que ela pronunciará, será sobretudo o meio de estabelecer o contato Vibratório com o que ela mesma disse: a Dimensão de nossa Criadora de todos, sem exceção, nesta dimensão, que foi, como o sabem, depois, transformada.

Este Anúncio é uno e indivisível.
Trata-se do anúncio que teria sido previsto para os 3 dias?
É o único e único.

Lembrem-se também que este Anúncio é destinado ao conjunto da humanidade, não dentro de um canal mas em seu próprio canal, ao conjunto da humanidade.

Mas muitos seres desviar-se-ão deste Anúncio, como uma vaga ilusão ou uma vaga alucinação, ainda que tenham captado a realidade do processo.

Falou-se de um Anúncio de Maria durante o período de 17 de julho a 29 de setembro.
É um Anúncio único que anuncia o retorno de Maria e que anuncia, do mesmo modo, os 3 dias.

Questão: quando as felizes borboletas tiverem nascido, onde irão alimentar-se?

Bem amada, para isso é preciso que responda a borboleta, ora, é a lagarta que coloca a questão.

Questão: eu me pergunto se vivo realmente a Vibração do Coração?

Não estou certo de apreender o alcance desta questão.
Como se pode duvidar de uma Vibração que é vivida, sentida na carne?

Ainda uma vez, quando a autenticidade da Vibração do Coração se instala, ou se vive uma vez, jamais se pode duvidar, porque ela se traduz, para além da Vibração, pela penetração da Consciência na Alegria, no Samadhi.

Vomo você quer que uma alma humana, mesmo limitada, esqueça o acesso a esta Alegria que transcende e supera todas as Alegrias possíveis na limitação?
É impossível.

Questão: em caso de intervenção física pesada, há necessidade de reconstituir os corpos sutis?

Os corpos sutis, cara irmã, assim como os nomeia, pertencem à ilusão.
O que foi chamado o corpo atral, o corpo mental, participa e procede e precede a Criação da matriz.

Os corpos de que falo (os 5 novos corpos ou corpos de Existência) não estão na matriz mas no Sol.

Não há portanto que querer reparar algo para aceder a outra coisa.
Há simplesmente que aceder a esta outra coisa, que permitirá, por seu aspecto ilimitado, remeter a Luz no que há necessidade de ser reparado.

O ponto de vista é profundamente diferente.
Num ponto de vista, vocês adotam uma visão limitada, ação/ reação, ferida/reparação.
No outro caso, vocês não se interessam mais completamente ao que é limitado mas vocês se interessam ao modo de contatar o Ilimitado.

Tendo contatado este Ilimitado, a Luz e sua Inteligência agirá, passando pelas portas do Coração, nas estruturas da ilusão, para fazer de modo que elas não sejam mais um obstáculo a seu acesso à sua Imanência.

O ponto de vista é profundamente diferente, é o que chamaria, um ponto de vista vindo da dualidade e, num outro caso, um ponto de vista Unitário.

Questão: o Ilimitado está igualmente no nosso Interior?

Caro irmão, foi conservada, pelos esforços importantes e estratégias importantes da Luz em sua estrutura limitada, a capacidade de acesso a seu Ilimitado, sem isso vocês não existiriam simplesmente mais, mesmo como forma limitada.

Existe em vocês, portanto, nesse Templo físico, orgânico, a capacidade, a memória, sob forma do que os Tibetanos chamaram a gota vermelha e a gota branca, a capacidade de religarem-se a sua Existência.

Existência que, como eu os lembro, estava prisioneira no Sol.
Hoje, reconectando os pontos de Vibração, vocês reconectam sua Existência, que não fazia parte de sua vida, mas que era apenas um fenômeno memorial.

A Dimensão do corpo de Existência nada tem a ver com a Alma que é, ela também, ligada à matriz.
Ela está em relação com o Espírito Supremo, ela está em relação com a Fonte, bem além das limitações desse mundo e mesmo dos aspectos sutis desse mundo, desta Dimensão.

Assim, as chaves de acesso do Ilimitado estão no interior desse Templo físico e de suas estruturas sutis, que pertencem, de maneira irremediável, à limitação e à matriz.

Entretanto, aceder a essas chaves transforma, completamente, sua Vibração, sua visão e sua vida.
Assim, portanto, existe, no limitado, o acesso ao Ilimitado, mas o Ilimitado não está presente inteiramente em sua consciência limitada.

Questão: como permanecer sem reagir frente a emoções negativas?

Cara irmã, todos os fatores ligados à superação desta negatividade estão obviamente no acesso ao Ilimitado.
Enquanto você não está no Ilimitado, você reagirá e reagirá e reagirá sem fim.

O bem chama o mal e o mal chama o bem: essa é uma visão e um ponto de vista em relação direta com a dualidade.

Quando você penetrar as esferas da Vibração do Coração, quando você penetrar a Existência, tudo muda inteiramente.
As emoções não chamam mais reação, as emoções são vividas como tais, como exteriores ao Ilimitado, o que é o caso.

Enquanto você está submissa a suas emoções, enquanto você está submissa à sua razão, você não está no Ilimitado.
Você não se colocou portanto a questão de superar isso, porque isso será superado espontaneamente por seu acesso ao Ilimitado e não por uma qualquer vontade e não por um qualquer desejo, mas sim por um estado Vibratório diferente de sua Consciência.

Questão: pode-se praticar ao mesmo tempo o protocolo sobre a ativação dos 5 novos corpos e aquele da superação da dualidade com os selos de Salomão e os Merkabah?

Caro irmão, pareceria ter, na consciência limitada que você é, uma necessidade premente de aceder ao Ilimitado.
Qual é a questão?
Esta prática é certa ou não?
Ela é certa, mas assim que você tiver tocado esta Dimensão da Alegria Interior, eu posso afirmar que não terá mais necessidade de qualquer técnica.
Posso afirmar também que não terá mais necessidade de qualquer meditação, porque terão se tornado, vocês mesmos, a meditação, terão se tornado, vocês mesmos, o Ilimitado, e não terão mais necessidade de repassar pelos meios limitados para aceder ao Ilimitado.

Restar-lhes-á irradiar, estar no Amor, mas no sentido autêntico.

Então, vocês podem praticar o conjunto do que lhes dei ou outras coisas, o importante sendo não perder de vista o acesso à Vibração.
Mas, dentro deste acesso, mais nada terá importância que viver este estado.

Eu passei minha vida a me retirar (de uma certa maneira, ainda que o mundo tenha vindo a mim), para viver, compreender e instalar a experiência inicial que havia vivido, coisa que consegui levar a termo.

Assim, posso afirmar mas, enquanto vocês não o tenham vivido, colocam-no na dúvida.

Quando vocês se estabelecem nesta Vibração e nesta Consciência, não há nada mais que esta Consciência.
Vocês se aproximam de espaços que chamei, na Vedanta, a dissolução, assim como foi também aproximado, por exemplo, por Patanjali e por outros Seres.

Quando vocês vivem este estado de dissolução, não são vocês que colocam à morte a personalidade ou as Crenças, é que vocês se deixam investir, inteiramente, pela Totalidade.

Então, obviamente, tudo o que é limitado, fragmentado, tudo o que existia na vida limitada, mesmo em seus condicionamentos, da consciência que vocês eram, dentro do jogo, não existe mais.

Viver isso é o objetivo, hoje, para aqueles que o desejam, ainda uma vez, senão vocês têm toda liberdade de continuar a evoluir no livre arbítrio, nos condicionamentos, mas seu futuro e sua evolução não será certamente o mesmo, de acordo com as escolhas que vocês fizerem.

E lembrem-se de que essas escolhas não são uma qualquer visão do espírito ou um qualquer desejo, mas serão unicamente ditadas por suas capacidades Vibratórias e nada mais.

Questão: quando se contatou a Existência, por que não se pode ali acessar tão facilmente ou tão frequentemente como se gostaria?

Caro irmão, a resposta é muito simples.
Temos necessidade de vocês nesta densidade.

Então, ter já vivido a experiência da Existência é uma certeza interior, mas você tem um papel e uma função, nesse mundo, que Miguel especificou: semear e ancorar a Luz.

Como você quer ancorar a Luz e semear a Luz passando seu tempo, permanentemente, no corpo de Existência?
Hoje, é-lhes solicitado integrar a Existência dentro da personalidade e não ir explorar, pelo momento, as estradas multidimensionais do Ser.

Um pouco de paciência.

Questão: sabendo que o sol está mudando, é perigoso expor-se a ele?

Caro irmão, aí tembém, tudo depende do ponto de vista.
Um certo número de Radiações e de Vibrações cósmicas chamadas Radiações ionizantes chegam sobre esta Terra, de modo cada vez mais intenso.
Essas radiações ionizantes, chamadas por seus cientistas de raios gama, ou raios X, têm efeitos profundamente deletéreos sobre os corpos físicos.

Isso é certo, tanto que vocês estão submetidos às influências desse corpo físico, mas, quando sua Consciência penetra o Ilimitado, as Radiações ionizantes, os raios gama, os raios X e outras características de irradiações que vocês ainda não conhecem, estão justamente aí para «destruir» a ilusão e permitir-lhes aceder a este Ilimitado.

Então, aí também, tudo depende do ponto de vista.
O ponto de vista da dualidade vai tudo fazer para evitar essas irradiações, enquanto que são elas que permitem a transformação.

Não se trata de um paradoxo, mas, bem mais, de uma diferença de ponto de vista e de visão.

O Sol, as irradiações estão profundamente diferentes, então, obviamente, o ponto de vista da dualidade vai tudo fazer para evitá-las e, aliás, aqueles que estão na Sombra, tudo têm feito para que essas irradiações lhes cheguem atenuadas, porque eles têm medo.

Ora, o que vem é Luz.
A Luz assinala o fim desse mundo.

Vários místicos, vários despertos, desde um século, viveram esta transformação final.
Então, obviamente, aqueles que estão na dualidade chamarão a isso horror, chamarão a isso cataclisma e aqueles que estiverem na Luz chamarão a isso Luz.

Será o mesmo processo, mas o modo de vivê-lo será profundamente diferente para cada um.
Dependerá apenas de sua capacidade para viver na Vibração ou não.

Lembrem-se, permanentemente, a diferença entre a lagarta e a borboleta.
Com uma diferença essencial, é que quando vocês se tornam borboleta, quando se tornam o que vocês são, vocês não estão mais limitados pela forma da borboleta, assim vocês podem viajar de Vibração em Vibração, de Dimensão em Dimensão, sem estarem limitados pela forma que possuem, nesta ilusão ou ainda na borboleta.

A borboleta, assim, pode se fazer estrela.
A borboleta, assim, pode se fazer andorinha.

Questão: o que chamamos a Vibração no Coração seria a ativação da parte divina do Coração?

Caro irmão, a Vibração do Coração é Vibração do Coração, por que querer ali ter outra coisa?
A Vibração do Coração é percepção da Coroa Radiante do Coração, de uma rotação e de uma modificação da Consciência que existe no Coração, nada mais.
Do mesmo modo que neste espaço, como na humanidade, tornou-se cada vez mais fácil perceber e sentir a Coroa Radiante da cabeça.

Lembrem-se o que dizia o bem amado Sri Aurobindo quando era São João: «haverá muitos chamados e poucos escolhidos».
Os chamados são aqueles que sentem a Coroa Radiante da cabeça, mas o tudo não é permanecer ao nível da Coroa Radiante da cabeça, mas fazer passar essas percepções Vibratórias percebidas na cabeça para o Coração.

Então, por que querer ali colocar outras palavras?

Então, obviamente, poder-se-ia chamar a isso Ilimitado, Samadhi, Paz, Alegria mas, antes de tudo, é uma Vibração e uma Consciência.

Questão: há outros caminhos além da meditação para trabalhar o Despertar do Coração?

Sim, caro irmão, existe um caminho, ainda mais simples, chamado por Anael, o abandono à Luz e, quanto a mim, chamaria acolhimento da Luz.

O acolhimento da Luz é um ato espontâneo.
Para muitos de vocês, é mais fácil viver esta aproximação quando da meditação porque, quando da meditação, teoricamente, o mental, as emoções, colocam-se em retirada.
Para outros, enfim, será muito mais simples, realizando um ato quotidiano da vida, qualquer que seja.
Alguns, enfim, terão a capacidade, nos próximos meses, simplesmente colocando a atenção e a Consciência sobre a zona do Coração, do centro do peito, verão ativar-se a Vibração, simplesmente, e a Consciência vai modificar-se a partir daí.

Isso tornar-se-á cada vez mais fácil.

Lembrem-se que existem reservas ou resistências, em vocês mesmos, no que chamei a fortaleza que construíram, sempre em reação a medos, quaisquer que sejam: medo de perder a vida, medo da falta, medo do abandono, todos esses medos que a humanidade conhece perfeitamente e que foram implantados em suas estruturas físicas perfeitas, por agentes opostos à Luz.

Hoje, vocês estão no período em que torna-se fácil superar os medos.
Mas, ainda uma vez, é preciso que sua Consciência, sua atenção, não se perca na vivência desses medos ou na análise desses medos.

Lembrem-se que o medo reforça o medo e que a Vibração reforça a Vibração.
Cabe a vocês escolherem.

Lembrem-se também que não existirá, nos tempos que estão agora aí, qualquer possibilidade de se apegar ao que fazia suas vidas até agora.
O único modo de se religar será unirem-se a sua Dimensão ilimitada.

Vocês não encontrarão qualquer certeza no mundo exterior, vocês não encontrarão nada mais além de emoções, como o olhar da lagarta.
A única força poderá apenas vir do interior, de seu Coração, da Vibração da Luz em vocês.

Questão: centrar-se na Consciência desta Vibração permitiria reduzir o período de tribulações e de ajustes emocionais?

Cara irmã, quanto melhor e mais tivermos Consciências humanas instaladas na Vibração do Coração, melhor e mais o período chamado tribulação será curto.

Questão: quando não se sente mais emoção na morte de pessoas próximas, isso corresponde a uma evolução com relação ao que vivemos ou o fato de ter-se tornado um coração de pedra?

Cara irmã, isso corresponde inegavelmente à abertura do Coração à Unidade.
A perda de um parente, vivida nesse mundo como uma ilusão, como um sofrimento, por vezes extremo, se vocês adotam o ponto de vista da borboleta, naquele momento, isso é liberação.

Não pode portanto ali haver sofrimento, sobretudo hoje, quando do retorno de um parente para a Luz.
Não pode ali haver sofrimento com relação à falta, com relação à emoção, justamente.

Ora, aquele que vive a Vibração da Unidade e as evoluções atuais não pode ser afetado, de nenhuma maneira, pela morte de um parente.
Porque, a partir do momento em que vocês aceitam que a morte é o acesso à Unidade (sobretudo agora, desde que a matriz está sendo dissolvida no mundo astral), por que quereria você sofrer quando alguem acede à Luz.

O Amor é também isso.
É aceitar que o outro seja livre e acolher o que acontece nesse mundo como o acesso a algo de profundamente diferente e de profundamente luminoso.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Então, caros irmãos e irmãs desta humanidade ainda em encarnação, eu lhes transmito, de meu Coração a seu Coração, a Paz, o Amor, a Luz e a Verdade.

Voltarei ao final desta intervenção, ao mesmo tempo que o Arcanjo Uriel, para tentar nos aproximarmos uns dos outros, na Presença.
___________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão para o português : Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

Um comentário:

  1. Celia querida grata por mais esta traduçao, sempre aguardamos suas postagens com nosso coração feliz por mais noticias boas de nossos queridos Irmãos que vem nos auxiliar a entender o processo do qual todos estamos participando no momento...Saudações na Luz....JO

    ResponderExcluir