Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

15 de set de 2010

O.M. AÏVANHOV – 15 de setembro de 2010

DO SITE AUTRES DIMENSIONS

 E bem, caros amigos, estou extremamente contente por reencontrá-los.

Então, caros amigos, em primeiro lugar, permitam-me apresentar-lhes todas as minhas homenagens e todas as minhas bênçãos.

Então, como de hábito, vou primeiro ver se vocês têm questões a me colocar, de maneira mais geral, com relação ao que vocês têm vontade de me perguntar.
Se puder responder, será com um grande prazer que eu lhes responderei.

Questão: é correto não mais ingerir alimento físico, exceto a água?

Então, caro amigo, é preciso mesmo compreender que a privação – mesmo se não é uma privação, mas um chamado, como você disse, do Universo, para se nutrir de Prana, é bem isso, se bem compreendi – provoca, ao nível desta Dimensão, uma sensibilidade extremamente grande.

É preciso mesmo prestar atenção a uma coisa e, não ao nível do corpo, ao nível das percepções.
Porque há tanta elevação Vibratória para alguns seres, com esse tipo de vida, que isso pode provocar fragilidades, não ao nível do corpo, mas, justamente, ao nível Vibratório.

Eu o recordo que você está ainda num mundo que está ainda dissociado, onde há Energias, Consciências que não querem todas o seu bem.
Então, obviamente, se você vai em Unidade, essas Energias que não querem seu bem, elas não poderão causar-lhe qualquer mal.
O problema da ausência de nutrição orgânica vem daí, e não tanto das repercussões ao nível do corpo.

É sua sensibilidade extrema, ao mesmo tempo à Luz, mas também àqueles que existem em meio mesmo da Dimensão que você percorre, onde a Sombra vai, como dizer..., se desencadear, porque, como você o sabe, e como Maria o disse, a Onda Galáctica tocou seu Universo e tocou esse sistema solar.
O que quer dizer que os demônios vão urrar na noite e na Luz.

E ainda, naquele momento, é preciso estar suficientemente alinhado, desperto, ter a Coroa Radiante do Coração, mas não somente, ter o Despertar do Kundalini que seja realizado, porque, se não está realizado, suas estruturas sutis – eu insisto nisso – o físico, correm o risco de tomar um golpe.
Agora, cabe a você ver.

Compreenda bem que o fato de não comer não extirpa, para a maior parte dos seres despertos, mas permite difundir, ainda melhor, a Luz ao redor de si.
Não para si, mas para os outros, em torno de si, e para a Terra, em sua totalidade.

Mas a Sombra não se nutre da sombra.
Ela se nutre também, infelizmente, de Luz.
Portanto, é preciso estar extremamente vigilante.

Eu não quero dizer com isso que é preciso entrar na Dualidade, novamente, mas estar lúcido e consciente do que isso implica, quer dizer, uma vigilância da Consciência de cada instante.

Todos os corpos não estão prontos para viver a ausência de alimentação orgânica.
Não é porque se é mais ou menos isso ou aquilo, isso é ligado a fatores constitucionais.

Então, há seres que podem fazer jejuns, porque eles sentem esse apelo, durante longo tempo, sem sofrer, sem manifestar desequilíbrio.
Mas há seres que não o podem.

Aí, não é uma questão Vibratória ou de Consciência, é puramente uma questão constitucional.

O objetivo não é desenvolver a sensibilidade emocional, é claro.
O objetivo é desenvolver a sensibilidade espiritual.

Mas, se a sensibilidade emocional aparece ao mesmo tempo em que a sensibilidade espiritual, isso quer dizer, efetivamente, que, ao nível da constituição, há uma dificuldade de ancoragem.

Parece-me, e vocês tiveram as informações desde mais de um ano, que o melhor tipo de alimentação que lhes foi dado por Anael, e com as explicações complementares que lhes foram dadas, é a alimentação líquida.
Porque a alimentação líquida não faz trabalhar além da medida o plexo solar, e não faz descer as Energias.

Quando você ingere uma refeição, lembre-se de que você está entre uma Dimensão e outra Dimensão: uma Dimensão onde você tem necessidade de alimentar uma estrutura física para que ela evolua na Dimensão onde você está, e seu Espírito, que começa a passar numa outra dimensão.
Mas o corpo, ele está ainda aí, parece-me.

E o que é bom para um, não é bom para o outro.
Houve o exemplo precedente, com nosso amigo de quem esqueci o nome, e você mesmo.
Portanto, há um meio correto.
O meio correto é tudo o que é líquido.

Questão: como utilizar as percepções, colocá-las ao Serviço?

Cara amiga, a percepção está ligada ao aumento da Consciência.
A Consciência começa a passar na Existência.

Porque querer sempre ali encontrar um objetivo?

Lembre-se do que o Arcanjo Miguel disse e repetiu: «vocês estão aí para multiplicar, para semear a Luz».
Seu objetivo principal: ser no Ser, para permitir à Luz se difundir sobre Gaia e sobre a Terra.

Não se esqueça de que, a partir do momento em que você quer orientar sua ação, dizendo-se, por exemplo: «eu vou fazer isso, aquilo, para ajudar», geralmente é a personalidade que fala.

Você tem apenas que estar nesta Vibração.
Creia-me, o trabalho o mais importante se faz quando você está na Vibração, sem fazer intervir uma técnica ou uma vontade pessoal.

É isso o mais importante: estar ao serviço da Luz.
Porque, quando você acede a esses sons, a essas Vibrações, na Coroa Radiante – uma ou a outra ou as duas – quando o Triângulo Sagrado se acende, você é um catalisador da Luz.
Ora, qual é a característica do catalisador?
É a de não querer agir.
É simplesmente a Presença que desencadeia a transformação no ambiente.
É isso, o mais importante.

Questão: sinto cada vez mais meu corpo como uma pilha elétrica...

Cara amiga, é normal.
É diretamente ligada à Luz que você capta e que você metaboliza.

Lembre-se de que, desde 15 de agosto – e já, para alguns, desde um ano – você entrou sob a influência das irradiações Gama, das irradiações Gama que são ionizantes, que desencadeiam uma transmutação total de sua estrutura física.

Então, para alguns, será não mais dormir.
Para outros, será não mais comer.
E, para outros, será uma pilha elétrica.
São as alfinetadas das Energias e do Fogo do Amor que você percebe.

Questão: se o mais importante é ser, irradiar, o lugar onde se vive tem importância?

Cara amiga, é mesmo preferível irradiar a Luz num conforto agradável, ao invés de no alto de uma montanha, com -10º, não, não é?
A partir do momento em que você multiplica e você semeia a Luz, quando você está na Vibração, tudo em sua vida vai se desenrolar sob a influência – porque é uma influência – da fluidez da Unidade, na sincronia, na atração.

E tudo será extremamente fácil.
Muito mais fácil do que se é você mesma que decide.

As coisas virão a você, colocando em ação o princípio de atração e de ressonância.
Portanto, a atração e a ressonância do Amor é a plenitude, o calor, as coisas que são belas, as coisas que são agradáveis.

Por conseguinte, não, não importa onde.
É preciso fazer atuar a sincronia para se encontrar onde se deve estar, de maneira a estar no bom lugar.

Questão: qual Energia penetra meu corpo desde o trabalho sobre as Estrelas de Maria? 

A partir do momento em que a Coroa Radiante do Coração é despertada, você passa a respiração no Coração.
O Coração, que é a chave e a porta.

Naquele momento, você tomará Consciência, mesmo nesse corpo de personalidade, da existência de outro corpo.
Este outro corpo nada tem a ver com as estruturas ditas sutis, como o corpo astral, o corpo etéreo, o corpo mental.
É o corpo de Existência que vem a seu reencontro e que você percebe em sua Consciência, a meio caminho entre a consciência limitada e a Consciência da Existência, como um corpo sobreposto.

São as primeiras aproximações do corpo de Existência, mesmo nesta Dimensão.

Até o presente, lembre-se, os seres os mais avançados eram obrigados a deixar esse corpo para se juntar ao corpo de Existência no Sol.
A comunicação entre o Sol e a Terra foi criada pelo Arcanjo Miguel, pouco tempo antes do início dos Casamentos Celestes.
É isso que foi realizado pelo Arcanjo Miguel.

E, portanto, há uma comunicação elétrica, etérea, magnética, com o Sol e a Terra.
E, por esse canal, o corpo de Existência pode também, para alguns, vir até você, no corpo de personalidade, que não tem, para muitos de vocês, a possibilidade de se juntar ainda ao corpo de Existência.
Porque, se nós os deixamos se juntar, bem, vocês não voltariam mais.
Simplesmente.
É por isso também que alguns de vocês, sobretudo durante o trabalho de efusão das Estrelas de Maria, têm algumas percepções que os impedem de se evadir.

Questão: por que senti mais ao nível do Coração nas situações de perigo?

Então, cara amiga, a lógica, efetivamente, seria que, a partir do momento em que você está serena e alinhada, você percebesse as Vibrações, o Fogo do Coração.

Alguns seres as percebem menos no descanso e vão senti-las, como você disse, numa situação de perigo.
É uma proteção (um guard-rail).

Em contrapartida, se você faz o protocolo que foi dado por Mestre Ram sobre a ativação do Coração, você poderá colocar as questões e ter as respostas pela Vibração do Coração.

Alguns seres vão sentir essas Vibrações ao nível do Coração e esse Fogo, em alguns momentos, ao encontrar algumas pessoas, ao olhar o sol, ao olhar a natureza.

Cada ser humano é diferente com relação a isso.
As circunstâncias que vão desencadear ou ativar – é a palavra preferível – o Fogo do Coração são diferentes para cada um.

Para um, será unicamente ouvindo a música.
Para o outro, será passeando em meio à natureza.
E o outro, será unicamente quando ele está em seu leito.
Não há explicação.
É diferente para cada um.

Questão: a que corresponde a forma de estrangulamento que sinto ao nível da garganta quando as Energias descem no Coração?

Corresponde a zonas não ainda inteiramente evacuadas em seu chacra da garganta, que não foram ainda limpas pela Luz.
Portanto, há esta espécie de medo que se localiza nesse lugar.
Mas isso vai passar.
A Luz limpa tudo.

Questão: encontro muitas pessoas que se questionam sobre a evolução do casal.

Então, cara amiga, vocês foram habituados, nesta Dimensão falsificada, a se considerarem, com razão, como incompletos.
E, por conseguinte, a buscar, no outro, uma satisfação para sua incompletude.

O que acontece desde anos e, sobretudo, desde quase dois anos agora?
Vocês descobrem que são inteiros, sozinhos.

Então, onde está o lugar do outro, dado que não há mais carência em vocês?
Obviamente, as pessoas que não vivem, inteiramente, a Consciência dessas Energias, são também afetadas por esse processo.
Quer dizer que você baseava as relações no casal, na sociedade, no princípio da falta e no princípio da Dualidade.
É a mesma coisa para o seguro de vida.
É a mesma coisa para os seguros sociais.

Vocês se protegem contra a falta.
E 99% dos humanos se casaram para se protegerem contra a falta.

E o que vocês descobrem hoje?
Que vocês são inteiros em vocês, sozinhos.
Que vocês não têm mais necessidade de muitas coisas.
Não somente do outro.

Isso não quer dizer que não é necessário mais amar, mas que, sendo inteiros em vocês, sozinhos, vocês se perguntam o que fazem com tal outra pessoa.
A menos que funcionem ambos no mesmo nível Vibratório, quer dizer, na completude de vocês mesmos.

Obviamente, como a maior parte dos casais não funciona nesse princípio, isso desencadeia muito, muito numerosas separações e isso irá num crescendo.
Porque, quando vocês são completos, vocês não se importam com ninguém, dado que vocês são completos em vocês, sozinhos.

Isso não quer dizer que é preciso permanecer só.
Mas as relações devem ser encaradas de maneira diferente, e profundamente diferente.

Não é o outro que vem completá-lo, mesmo se você tem prazer com o outro, você é completo em você, sozinho.

E você encontrará o outro apenas quando ele mesmo estiver completo nele mesmo, sozinho, em todas as relações – isso foi dito numerosas vezes – é similar no casal.

Geralmente, no casal humano, há um dominador e um dominado.
Há um que tem o poder e o outro que não o tem.

Ora, hoje, você descobre seu próprio poder sobre você mesmo.
E um ser que quiser exercer o poder sobre você será rejeitado.

Igualmente se você mesmo exercesse, de algum modo, um poder sobre o outro, você ficaria muito mal.
Porque as relações de poder de ser a ser terminaram.

É, nesse momento mesmo, o que vocês vivem ao nível da sociedade, que Miguel preparou, a desconstrução e a destruição.

É o olhar lúcido sobre todos os jogos de poder que existem nesse mundo, porque esse mundo se tem apenas pelo poder.
E o poder exercido no exterior.

Ora, hoje, vocês descobrem o controle, que é o verdadeiro poder sobre si mesmo.
E não sobre os outros.

Portanto, efetivamente, isso provoca mudanças, vou dizer, radicais, nos funcionamentos dos casais.

Se você está, você mesmo, em sua Unidade e em sua Vibração do Coração, e se o outro continua a trabalhar segundo os esquemas antigos na relação com você, você ficará mal, muito mal.
É normal.

É o que acontece atualmente.

Mas isso toca o casal, isso toca a sociedade em sua totalidade, isso toca as revelações, isso toca o final da Ilusão.

Tudo o que é desvendado, atualmente, tudo o que lhes aparece, que estava dissimulado anteriormente, lhes aparece claramente.

Nos funcionamentos do outro, em seu casal, em seu trabalho, na sociedade.

Vocês vêem, com um olhar claro e lúcido, os jogos de poder sobre os quais foi construída a Ilusão.
É isso o que se desvenda e se revela a vocês.

Questão: é correto ajudar a parceira a subir sua taxa Vibratória, se ela o recusa?

Certamente não.
Porque isso entra no âmbito da violação do livre arbítrio.

Querer ajudar é já sair da Existência.
É desempenhar o papel do salvador e querer levar o outro para onde se está.

Então, há um dos dois que quer levar para a Luz e o outro que resiste, na Dualidade e na relação de dependência.

Todos os casais e todo o sistema social são construídos sobre a dependência.
Dependência ao dinheiro.
Dependência ao outro.
Dependência a uma ordem, qualquer que seja.
A uma religião.
Etc. etc.

Hoje, vocês descobrem a liberdade e o controle.
E, descobrindo o controle e a liberdade, vocês não vão, sob pretexto de descobrir sua liberdade, exigir que o outro seja livre, seja seu companheiro, seu filho ou seu pai.
Vocês não podem.
Pode-se apenas ser.
O outro toma ou não toma a Vibração da Luz.

Questão: qual é o sentido, hoje, no casal, a chama gêmea?

É preciso prestar muita atenção nesse conceito e isso já respondi.
Eu repito.

Vocês frequentaram, no plano Vibratório, em função de suas linhagens, em função de sua Dimensão de origem, em função de seu sistema estelar de origem, certo número de seres.

Esses seres são mais ou menos próximos Vibratoriamente e, «por coincidência», nos momentos que vocês vivem nesta vida, atualmente, vocês estarão em ressonância com parcelas de Luz que lhes foram comuns nas origens estelares, nas linhagens espirituais ou nos planos Dimensionais.

O erro seria crer que você tem necessidade de fazer sua vida com esta pessoa, porque isso vai ser o inferno.
Mesmo se você tem a impressão de se reconhecer.
Mesmo se você tem a impressão que vocês vibram nas mesmas coisas.
É somente uma reconexão.

Do mesmo modo que, quando você se reconecta a Maria, você sabe que é Maria.
Por isso, você vai pedi-la em casamento?

Do mesmo modo, fusionar com Cristo ou com Miguel.
Você tem vontade de fazê-los seus?
Não.

Ao nível Vibratório, com as Entidades que vocês vão reencontrar, cada vez mais, é exatamente o mesmo processo.

Atenção para não entrar na armadilha do ego ou da personalidade, que quereria viver isso todo o tempo.
É o Amor, mas não é mais o Amor dos sentidos físicos, é o Amor dos sentidos espirituais, que é ainda mais perigoso que o Amor dos sentidos físicos.

Questão: isso significa que a união do que se chama de «casal sagrado» é uma Ilusão?

Em parte, sim.
Está ligada à matriz.

Eu os lembro que, quando vocês voltam a subir em sua Dimensão de origem, vocês retornam à androginia.

O andrógino é completo, a ele, sozinho.
Quando vocês penetram as esferas da Existência, o que acontece?
A Coroa Radiante do Coração os coloca na Alegria e depois ela os faz entrar diretamente no Samadhi.

O Samadhi é uma Alegria extrema, na qual mesmo o gozo o mais maravilhoso, no plano humano, não é absolutamente nada com relação a isso.

Então, atenção ao que acontece ao nível Vibratório entre dois seres.
Porque esse mecanismo – eu compreendo completamente quando acontece entre um homem e uma mulher – mas imagine que você tenha 20 anos e que isso aconteça com uma bisavó de 90 anos.
O que você fará?
Você vai continuar a viver a Vibração.

Mas a Vibração, ela está fora do corpo, portanto, não envolve o corpo.
Seria um erro desastroso.

Lembre-se de que a Existência é a transcendência dos sentidos.

Há quem me falou de alimentação.
É também a transcendência das coisas muito mais importantes ainda.
Não é unicamente o alimento.
É também a sexualidade que transcende.
Ela se transcende, não por um esforço de vontade, mas ela se transcende porque suas Energias se elevam.
E, ao se elevarem, elas se manifestam no Amor e no gozo ao nível do Coração.

Então, obviamente, existiu o tantrismo.
Obviamente, existio o que se chama de casais sagrados.
Mas vocês não estão mais lá.
Vocês estão bem além.

Questão: vivi uma experiência que, na natureza, senti um efeito Vibratório muito potente que vinha de toa parte e que não era localizado numa Lareira.

Mas a experiência Vibratória, na matriz, ela é o que é.
Se você entra em contato com uma árvore, talvez isso vá se passar no Coração, mas talvez isso vá se passar ao nível dos casulos de Luz.

Simplesmente, passando-se nos casulos de Luz e não no chacra do Coração, não há possibilidade de acesso à Existência, dado que o Coração é a porta e a chave.

Portanto, há uma experiência Vibratória, por vezes arrebatadora, por vezes muito forte, mas que se passa na matriz.

Se nós insistimos tão longamente sobre a Coroa Radiante do Coração e a Coroa na Coroa, ao nível da cabeça, é porque são as garantias de seu acesso à Existência.

Há muitos seres que vivem experiências Vibratórias na escala do corpo inteiro, ou mesmo Despertares espontâneos do Kundalini.
Está muito bem.
Mas será que isso desperta o Coração?
Será que essas experiências são transmutatórias?
Será que elas abrem a porta do Coração?
São sempre questões que vocês podem se colocar.

Vocês podem ir fazer seminários de xamanismo, de tantrismo, por que não? De talassoterapia, se querem, de andar sobre o Fogo e viver experiências inacreditáveis.
Mas em qual estado vocês ficam depois?
Será que o Coração está aberto ou não?
É a única questão importante.

Questão: Por que este estado me assustou?

Porque a Luz assusta.
A partir do momento em que alguns de vocês viajam na Existência, há quem queira não voltar, mas há quem fique tão assustado pelo desconhecido, que voltam imediatamente.

O homem é construído, ao nível de seu cérebro reptiliano, para ter medo do desconhecido.

O controle, ele se fez até o presente pela força.
Ele se fez, unicamente, pela adesão voluntária do homem a Crenças.

A Crença em um salvador exterior.

Vocês passam da Crença para a experiência.
Porque absolutamente nada poderá substituir a experiência.

Apesar de acreditarem na Luz, se não fazem a experiência, isso a nada serve.

Crer não é viver.
E viver uma experiência não é viver a realidade.
Isso se torna realidade absoluta – ou a Verdade absoluta, como disse Anael – apenas a partir do momento em que um estado estável se incorpora no corpo.
E esse estado estável corresponde ao Despertar de uma das Três Lareiras.

Não temos mais perguntas. Agradecemos.

Então, caros amigos, vou deixá-los agora em companhia de coisas mais agradáveis do que eu, do que um velho “croûton”, quer dizer, com as Estrelas de Maria.

Eu lhes digo, quanto a mim, até muito em breve.
Até logo.

__________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário