Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

30 de mai de 2010

ANAEL – 30 de maio

Mensagem de 30 de maio (publicada em 8 de junho de 2010)
DO SITE AUTRES DIMENSIONS



Eu sou Anael, Arcanjo.
Bem amados filhos da Luz e bem amadas Sementes de Estrelas, em nome do Um, em nome da Fonte, em nome da Verdade e do Amor, recebam minha bênção.

Em minha Presença e na sua Presença, vamos, juntos, percorrer, através de suas perguntas, através de minhas respostas e de nossas Vibrações, as suas como as minhas, tentar caminhar juntos neste espaço, a fim de ajudá-los a irem sempre para mais de Unidade, sempre mais de autenticidade e sempre mais de serenidade.

Assim como o percebem, assim como o leram, assim como o sentem, assim como foi anunciado, muitas coisas, durante esses tempos que vivem e que vivemos a seu lado, são destinadas a conduzir a seu termo, uma transformação da Consciência planetária e de sua Consciência essencial.

O retorno da Luz Vibral é também o retorno da Alegria e o final de tudo o que fez a dualidade, de suas experiências, de seus sofrimentos.

Bem amados filhos da lei do Um, congratulem-se porque os tempos chegaram de reviver na Unidade.
É uma grande Alegria para nós, Arcanjos, pela nossa Essência e nossa Vibração, participar desse despertar.

Eu sou, entre outros, o embaixador dos sete Arcanjos Criadores que participaram na elaboração desse mundo com a Divina Maria.
Meu domínio de eleição é a relação.
Meu domínio de eleição está ligado ao planeta Vênus, ao que vocês chamam Amor e à Radiação Rosa.

É-lhes possível, durante o tempo de nossa Presença comum neste espaço, colocarem todas as questões que existem em vocês, em relação com esta transformação e esta Consciência nova, que se manifestará mesmo em sua densidade e cujos efeitos planetários e também em suas estruturas são já perceptíveis e visíveis.

Eu lhes proporei, no final de minha intervenção, o que realizo habitualmente com o conjunto dos outros Arcanjos do Conclave, cada quinta-feira à noite, a fim de permitir-lhes viver, em minha Presença, a radiância Arcangélica.

Bem amados filhos da lei do Um, cabe-lhes agora instaurar, de sua Presença à minha Presença, um espaço de troca e de relação privilegiada.

Assim, eu os ouço.

Questão: o que é da relação mãe-filho, tanto no sentido descendente como ascendente?

Bem amada, a relação existente em sua densidade, em particular no que vocês chamam as famílilas, é proveniente e tecida por intermédio do que chamam dados généticos, dados cármicos e dados transgeracionais.

Esse tipo de relação é um laço, no sentido em que vocês o denominam.
Esse laço é um laço que não existe e não pode existir nos mundos Unificados.

O princípio de filiação que existe nos mundos Unificados os liga, de maneira livre, a suas linhagens espirituais, antes de qualquer coisa, os liga à sua história, no Espírito.

Uma vez que vocês deixam esse plano, de vida em vida ou agora, o que foi construído nesse mundo não existe simplesmente mais.

As relações que vocês vivem estão inscritas na duração de uma vida.
Elas são por vezes levadas a se religar e a se repetir em outras vidas, em outros papéis.

É-lhes possível, então, reencontrar almas e Consciências com as quais vocês estiveram em interação nesta densidade.

É preciso admitir que, quando vocês são liberados, de maneira transitória como em cada morte, de maneira definitiva, como o que está para advir, esses laços, assim como os descrevem, não existem simplesmente mais.

A maior parte dos laços, e eu diria mesmo o conjunto de laços que evoluem nesta densidade que vocês conhecem e praticam, são procedentes diretamente de ressonância de não Liberdade.

A partir do momento em que vocês acedem aos campos Unificados da Consciência, vocês não podem manter os laços na Dualidade.

Assim, a maior parte do que vocês têm no Coração (os companheiros e as companheiras que escolheram, os filhos que lhes couberam, e vocês mesmos, o meio em que estão presentes e encarnados) dissolvem-se totalmente, a partir do momento em que vocês penetram os campos Unitários da Consciência.

É preciso então, efetivamente, encarar, não no brilho do intelecto, mas na iluminação forte do Coração, o que é uma relação liberada.

Em nenhum caso ela pode ser uma relação tal como a que vocês a vivem nesta Dimensão.
A relação que vocês conhecem é proveniente de um certo número de ressonâncias fortes que evocam laços, freios, mesmo se, ao nível da personalidade, isso podia chamar-se Amor, responsabilidade, sentido do dever, sentido familiar, sentido cívico ou qualquer outro sentido que vocês possam dar à sua conveniência.

Assim, mesmo nesta vida, a maior parte dos humanos não tem qualquer memória de suas vidas passadas e qualquer memória Vibratória de laços que existem com almas e Consciências que reencontraram nesta matriz.

Efetivamente, algumas almas, hoje, começando a percorrer os caminhos da Unidade da Consciência, modificam, de modo espontâneo, sem qualquer intervenção do mental, do intelecto ou outras coisas, seus laços e suas relações.

Colocar-se a questão do que advirá desses laços, é como se vocês me colocassem a questão de saber o que adviria de um laço no momento da morte de uma das duas pessoas que estavam na relação e no laço.
Simplesmente: esse laço se dissolve.

Podem efetivamente existir e persistir memórias, ressonâncias, implicando, pelas noções chamadas Carma, reencontrar as ditas ressonâncias para solucionar.
Mas, a partir do momento em que as leis da matriz, em que as franjas de interferências foram dissolvidas, a partir do momento em que as peneiras de isolamento chamadas magnetosfera, heliosfera e ionosfera não existem mais (o que está em curso de realização), os laços tais como vocês os conhecem não existirão simplesmente mais.

Então, torna-se evidente, para alguns de vocês, que existe uma dificuldade de posicionamento nas relações existentes, com os ascendentes como os descendentes.

Vocês descobrem espaços de liberdade, em vocês.
É também possível descobrir espaços de liberdade numa relação, qualquer que seja.
Não mais submeter-se a qualquer chantagem, não mais se submeter a qualquer poder, seja de um ascendente ou de um descendente, permite-lhes reencontrar a liberdade.

A liberdade não quer dizer dissolver os laços, mas transformar esse laço, que era um laço alienante, em um laço liberador.

Cabe-lhes, a todos, viver esta transformação nesta vida e nesses instantes específicos que vivem, assinalando o final desta matriz.
Uma certa forma de dependência deve desaparecer.
Toda dependência, aliás, independentemente das ressonâncias das relações entre as pessoas, deve desaparecer, a fim de que vocês redescubram sua liberdade total.

Vocês não estavam livres nesse mundo.
Vocês não estavam livres para ir e vir a seu modo.

É isso que vão redescobrir: ir onde bem lhes pareça, a Consciência seguindo o pensamento (se pensamento há), o pensamento seguindo a atenção e a intenção, permitindo à integridade e à honestidade ir sobre os planos dimensionais correspondentes a suas escolhas, ali reencontrar as almas e as Consciências correspondentes a suas escolhas, a fim de provar a liberdade e o que é uma relação privada de qualquer noção de ação/reação ou de Carma.

Isso passa pela supressão absoluta de todo poder sobre o outro.

Então, obviamente, em suas estruturas existentes nesta densidade, onde tudo é baseado no poder, cabe-lhes redefinir as estratégias, os comportamentos, que lhes permitirão viver o melhor possível este período de desaparecimento de uma certa forma de laço, que deveria ser substituído por uma relação livre, uma relação de Amor e de respeito, e não mais de dependência de qualquer espécie.

Esse é seu trabalho, mais ou menos fácil, segundo os meios, segundo sua Consciência, segundo as famílias mesmo onde vocês tomaram corpo.
Cabe-lhes realizar isso porque todos esses laços eram tributários da matriz, a matriz dissolvendo-se, obviamente, esses laços não existirão mais.

Assim, portanto, aquilo a que vocês estão apegados, hoje, é o que vocês devem se desapegar.
Desapegar-se não quer dizer abandonar.
Desapegar-se não quer dizer romper.
Desapegar-se quer dizer transformar.

Transformar uma relação onde pode existir um elemento de dominação, um elemento de poder, um elemento de controle.
Vocês devem se controlar a vocês mesmos.
Vocês devem exercer seu poder sobre vocês mesmos e absolutamente não mais sobre qualquer ser humano, quem quer que ele seja.

Então, eu posso conceber, nas relações existentes, em particular com as almas não maduras, com crianças, que isso possa colocar problema.
Lembrem-se, naquele momento, uma coisa que é capital e essencial: tudo se resolve na Inteligência da Luz, tudo se resolve pela Vibração e não mais pelo mental e ainda menos pela chantagem ou pela ressonância que os aprisiona literalmente a outras almas.

Vocês devem aprender, através do que vem, a viver a liberdade e a liberação.

Questão: como gerir melhor uma dificuldade de relação com seu próprio corpo físico?

Bem amada, toda dificuldade é aplainada e desaparece pela Vibração, pela Consciência e pela subida Vibratória desta Consciência.

Cabe-lhe fazer a experiência.
As pressões Vibratórias que você vive e que sofre, para alguns de vocês, vão tornar-se simplesmente espantosas.
Nesta potência Vibratória, reside sua capacidade para se elevarem, sua capacidade para Ascencionarem e sobretudo sua capacidade para resolverem toda forma de relação, no interior de vocês como no exterior de vocês, que era impressa de violência, que era impressa de ligações, que era impressa de erro.

A Verdade os liberará, em Verdade.
A Verdade que é Vibração e intensidade Vibratória.
Não se esqueçam que vocês são prisioneiros dentro de uma forma, que vocês são prisioneiros dentro de uma Crença e de um conjunto de Crenças que os mantêm nesta ilusão.

Quando vocês descobrirem sua Dimensão ilimitada, obviamente, tudo o que é ilusão dissolver-se-á totalmente.
Vocês estão nas premissas desses momentos.
Vocês estão nas premissas da Translação dimensional e da abertura total da Consciência Unitária, mesmo em sua personalidade.

Alguns, obviamente, provarão ou sentirão fenômenos de atrito e de resistência no interior de sua estrutura, que provocarão, de maneira possível, sofrimentos em diferentes níveis.
Isso não é feito para puni-los de qualquer maneira ou para assombrá-los.
Mas, bem mais, para atrair sua Consciência sobre a capacidade de liberação da Luz que lhes cabe deixar trabalhar em vocês.

Assim, portanto, cada vez mais e cada vez mais facilmente, tornar-se-lhes-á fácil colocar fim a todo sofrimento que existe em suas estruturas e nesta forma limitada, por intermédio da Luz que vocês acolherão em seu Templo Interior.

O próprio princípio da Translação dimensional, o próprio princípio da passagem na Existência situa-se nesse nível e em nenhuma outra parte.

A ferramenta mental não lhes será de qualquer utilidade.
Ela será mesmo um freio essencial para o acesso a esta Existência e a esta Unidade.

Cabe a vocês saberam onde querem ir.
Vocês querem continuar a fazer viver a ilusão?
Ou vocês querem ir para a Verdade e para a Unidade?

Ninguém poderá manter as duas ao mesmo tempo.

Lembrem-se também que muitas frases foram pronunciadas por Ki-Ris-Ti quando de sua vinda sobre a Terra.
Suas frases tomam hoje uma ressonância toda particular e que decorre da Verdade Vibratória que foi pronunciada à época.

Assim, por exemplo, para a questão anterior, Cristo disse, sobre a cruz, no momento de sua Ascensão, dirigindo-se a Maria: «Mãe, aí está seu filho» e dirigindo-se a João, disse: «João, aí está sua Mãe».

Vocês devem compreender que a filiação espiritual, que a ressonância de liberdade e de liberação deve tomar o passo sobre o conjunto de laços que existiram nesta Dimensão, seja nesta vida como em outras vidas.

Vocês não podem manter a lei de ação /reação a partir do momento em que a lei de ação da Graça entre em ação em sua Dimensão.

Questão: Rafael fala de passagem, Uriel, de reversão. Qual é a diferença entre as duas?

Bem amado, trata-se de tempos que se sucedem e de Consciências que se sucedem.
A passagem precede a reversão.

Assim, isso é mesmo ilustrado, em seu mundo falsificado, pelo princípio do nascimento.
Vocês passam pela fileira genital antes de se voltarem.
Vocês nascem de cabeça para baixo, antes de se voltarem, de se endireitarem e andarem sobre seus pés.

Assim é no processo de reversão espiritual que acompanha a passagem da Consciência dissociada para a Consciência Unificada.

Há inicialmente um fenômeno de passagem que deve acontecer no plano simbólico para o que é chamada sua garganta: aí onde se situa o Mistério, aí onde se situa o Insondável e aí onde se situa essa passagem.

No final da garganta ocorre a reversão.
Isso é ilustrado tanto pelo conjunto do que lhes foi comunicado por Um Amigo, como por Sri Aurobindo, referente a esse famoso Switch, esse processo de reversão.

Assim como o sabem, o Arcanjo Miguel terminou sua desconstrução, deixando livre curso para a destruição da ilusão.
Agora, intervém (e até este verão – inverno no hemisfério sul) o Arcanjo Uriel, preparando a reversão.
O Arcanjo Rafael deveria logicamente inatervir permanentemente, durante este instante, devido mesmo à passagem que vocês estão vivendo.
Entretanto, essa passagem está inscrita em sua própria estrutura, assim como acabo de lhes dizer.
Essa passagem, que se efetua a cada vida e a cada morte, não tem que ser dirigida, dado que está inscrita em sua matéria e em sua Consciência desde sua Presença sobre esta Terra.
O que não é a mesma coisa do que realiza o Arcanjo Uriel, nesse momento mesmo, que permite e favorece a reversão.

Retenham bem que a passagem precede a reversão.
Que a reversão é o ato final que permite, ao nível de sua Consciência como da Consciência planetária, a passagem de um estado a um outro.
A passagem é a época em que vocês são comprimidos, é a época em que vocês devem resolver os laços, a época em que vocês devem resolver o que vocês chamam Carma, que apenas tem sentido em suas construções e no sistema de controle preparado pelos Arcontes.
O que está se realizando.

Para muitos de vocês, esta etapa teve lugar durante o ano passado.
Alguns vivem esses momentos desde tempos muito mais longos, desde que as primeiras fases de descida do Espírito Santo, em sua densidade, ocorreram, agora, há quase 30 anos.

Cabe-lhes, portanto, hoje, nesta compressão colocada em ressonância, no sofrimento, em aparência ou em atenção, os laços existentes, como os bloqueios no interior de vocês mesmos, para desfazê-los, para ir para mais Luz.

Lembrem-se que a passagem não pode se fazer senão graças à Luz e nenhum outro.
Vocês não encontrarão qualquer certeza no exterior da Luz.

Questão: Maria evocou a noção de primeira reversão. Isso quer dizer que há outras?

Bem amado, minha resposta refere-se a mim apenas.
Não me parece que Maria tenha pronunciado as palavras de reversão, se não fosse a reversão da Consciência, da Consciência limitada para a Consciência ilimitada.

Essa reversão, que existe como mecanismo sutil em suas estruturas limitadas, deve deixar lugar para a reversão final, aquela que corresponderá ao basculamento total de sua Consciência e do que vocês são no Ilimitado, traduzindo-se também pelo basculamento do planeta em sua nova Dimensão.

Questão: que se tornaram os Arcontes que não se redimiram?

Bem amado, os Arcontes não redimidos mantêm uma certa forma de ilusão.
Assim como já o disse, existe um certo número de universos que foram falsificados.
Um pouco menos de uma centena.

Nestes, esta liberação se faz de maneira progressiva, progressivamente e à medida em que esses sistemas, esses universos falsificados, entrem na influência da Luz Vibral da Fonte com o alinhamanto galáctico.

Vocês estão, vocês, sobre este planeta, vivendo esses momentos que precedem o alinhamento galáctico perfeito.
Cada sistema solar dissociado deve viver isso dentro mesmo de ciclos por vezes diferentes e isso está em curso.

Assim, portanto, existem o que vocês chamariam, em sua linguagem, posições de recesso, para os Arcontes que evoluem nas Dimensões intermediárias e que se opõem à Fonte.

É preciso admitir que aceitamos entre nós, assim que um elemento de redenção aparece, esses ditos Arcontes (e Arcanjos também), que cairam e que estão, para a maior parte deles, redimidos.

A Luz não pode permitir que esse jogo da ilusão dure mais tempo sobre o conjunto de universos dissociados.
A dose de sofrimento e a dose de perturbações de outros universos e Dimensões Unificadas empurrou o conjunto de Forças Intergalácticas da Luz e o conjunto de forças interdimensionais Unificadas a propor soluções, radicais e definitivas, para o estabelecimento e para o restabelecimento da Luz nessas ditas Dimensões.
Esse trabalho está em curso.
Ele toca a seu fim em seu universo e já começou em outros universos entre os mais próximos de vocês.

Questão: sinto por vezes meus olhos afundarem e voltarem, na meditação profunda.

Bem amado, o mais frequente, os processos Vibratórios que aparecem quando de suas meditações atuais, são diretamente ligados ao aparecimento, em suas estruturas, da Consciência ilimitada.

Vibrações novas, desconhecidas para a maior parte de vocês, começam a penetrar suas estruturas e sua Consciência.

Isso se traduz, ao nível do corpo físico como de suas estruturas energéticas, por recepções novas que existem em alguns lugares do corpo e algumas qualidades Vibratórias que lhes eram desconhecidas até então.

Não há lugar, pelo momento, de querer dar sentido e interpretação ao que vocês vivem, porque o importante é vivê-lo e não interpretá-lo.

A solução encontra-se ao nível da própria Vibração.
Quando vocês se tornarem capazes de fazer calar o mental, as emoções, e colocar a Consciência simplesmente sobre o que é vivido, no lugar do corpo que é vivido e sentido, vocês terão a explicação, direta, sobre o modo da Consciência Unificada do que é esse ponto de Vibração.

Um certo número de chaves foram-lhe entregues inicialmente pelo Arcanjo Metatron e, em seguida, por Um Amigo.
Um certo número de outras chaves, muito mais importantes, ser-lhes-ão emitidas durante este verão (inverno no hemisfério sul).
Elas lhes permitirão então viver Vibrações ainda mais intensas em pontos ainda diferentes, ao nível de sua Coroa Radiante da cabeça como na Coroa Radiante do Coração.

Naquele momento, bastar-lhes-á colocar sua Consciência sobre um desses pontos Vibrantes para saber exatamente e de maneira direta, sem intervenção mental ou interpretativa, o sentido e a função desta Vibração.

Lembrem-se que os universos Unificados são Vibração, que cada Vibração é portadora de uma forma, de uma cor, de uma radiância e de uma cifra, de um número, se preferem.

Na forma, na cor, na própria Vibração, existe o significado, por si mesmo, e não por qualquer lógica procedente de seu mental nesta dissociação.

Deixem-se então levar pela Vibração, não procurem a Essência ou o sentido, mas sim viver o máximo de acuidade, de intensidade.
A um dado momento, as coisas esclarecer-se-ão por si pela Inteligência da Luz, quanto à função dessas Vibrações em sua Ascensão.

Questão: Maria falou de seu Anúncio que teria lugar entre 17 de julho e 29 de setembro. Depois os 3 dias nos dois anos a vir. Pode nos esclarecer sobre esse ponto?

Bem amado, o esclarecimento que posso dar é talvez bom.
Talvez não.

O que posso simplesmente dizer é que o espaço de intervalo definido entre agora e menos de dois anos está necessariamente inscrito no espaço também descrito anteriormente.

Assim, portanto, dizer que uma coisa acontecerá entre tal data e tal data se inscreve, necessariamente, entre o agora e dois anos.

As proposições não são opostas, nem contraditórias.
Mas, simplesmente, denotam um nível de percepção diferente de fenômenos que serão sucessivos no tempo e não concomitantes.

O Anúncio feito por Maria corresponde, assim como foi dito, e posso confirmar de maneira formal, à ressonância que se abrirá em vocês, naquele momento, de compreender o que significa que Maria é sua Mãe.

É uma coisa aceitá-lo pela oração, aceitá-lo pelo mental, pela emoção, e vivê-lo de maneira direta pelo princípio de Vibração e de filiação espiritual.

Maria é sua Mãe, de todos, sem exceção.
Ela é sua Mãe, de todos, sem exceção, nessas estruturas que vocês têm e que habitam.
Para além disso, Maria é filiação com a Fonte e, assim, portanto, sua filiação corresponde também ao que dizia Ki-Ris-Ti, esse filho ardente do sol vindo sobre esta Terra e que disse: «o que faço, vocês o farão e bem maiores (nota: coisas) ainda».

Ele lhes disse também: «o que vocês fazem a um de vocês, vocês o fazem a mim».

Ele inscrevia, com isso, que estava presente, já naquela época, em suas estruturas Vibratórias e sua Consciência e que apenas restava revelar o que vocês chamariam, naquele momento, o Cristo Interior.

Do mesmo modo para Maria, do mesmo modo para Miguel.
Assim, portanto, o Anúncio de Maria corresponde, para além do que anunciou com relação aos três dias, à Revelação do Selo Marial presente em sua Consciência.

Do mesmo modo como o próprio Arcanjo Miguel definiu que vocês descobririam em breve que são portadores da Vibração Micaélia e da Consciência Micaélica, do mesmo modo, vocês são portadores da Vibração e da Consciência de Ki-Ris-Ti.

Vocês simplesmente não estão conscientes desta Verdade, diferentemente que seu mental, diferentemente que por suas adesões a Crenças, a religiões ou a orações.

Isso é outra coisa do que vivê-lo na Vibração, na Unidade e na Verdade.

O Anúncio de Maria corresponde a isso.
O que acontecerá 72 horas mais tarde, é apenas uma consequência, justamente, desde Anúncio e desse contato que se restabelece.

Retenham bem que trata-se de um contato que precederá a Presença real e efetiva de Maria sobre seu solo, tal como ela partiu, assim como o retorno de Ki-Ris-Ti, tal como ele partiu, acompanhando-os nos últimos momentos desta dissociação, para a instrução de novas regras de vida, correspondentes ao estabelecimento da nova Dimensão, para aqueles de vocês que irão, em todo caso, numa quinta Dimensão Unificada.

O conjunto de transformações que vocês têm a viver (e que começaram há muito tempo, desde quase uma geração) toca hoje um ponto crucial que é aquele do invisível (tanto o jogo da Sombra como o papel da Luz).

Cabe-lhes, dentro do que se desvenda a seus olhos e à sua Consciência, em toda lucidez e em toda honestidade, escolher o que lhes corresponde, não com a cabeça, mas unicamente pela Vibração de sua Essência na Unidade e no Coração.

Questão: em relação com a doença e a dualidade, qual é, hoje, o papel dos terapeutas?

Bem amada, obviamente que eles são solicitados por todos aqueles que, ainda, não podem crer, esperar numa Dimensão Unitária da Consciência.

Então, obviamente, alguns terapeutas são literalmente obrigados a parar sua atividade, tendo compreendido o que é o papel da doença e da dualidade na ilusão.

Assim, cada um vai a seu ritmo.
Não há regra absoluta.
Há, obviamente, necessidade de bombeiros sobre a Terra.
Há, do mesmo modo, necessidade de médicos e de terapeutas nas Dimensões nas quais vocês ainda participam.

Mas, alguns seres, algumas Consciências em avanço sobre as outras, começam já a ir para este caminho Unitário.
Assim, portanto, não pode ali haver resposta absoluta, Verdade absoluta à questão que você coloca.
Pode ali haver simplesmente apenas discernimento de seu próprio lugar.
Assim, um terapeuta que tenha consciência da Dimensão Unitária, que tenha vivido a Existência, não poderá mais, obviamente, ser terapeuta, ou então ele aceita o sentido do sacrifício, para vir na ajuda daqueles que permanecem na dualidade, permitindo-lhes assim, por esses atos de terapia, talvez esperar fazer-lhes tocar a Unidade.

Cada caso é profundamente diferente.

Questão: de qual modo pode-se dissolver uma emoção forte tal como a cólera?

Bem amado, procurando o Reino dos Céus.
Combater a emoção pela emoção não pode ser possível.

Esse é o caminho que percorreram durante milênios em suas diferentes encarnações, reencarnando-se para tentar reparar emoções passadas.

O que conduziu ao não-sentido que vivem hoje.
O que observam nesse mundo, e que muitos de vocês começam a viver, é que mesmo os caminhos os mais sólidos, ao nível espiritual, nesta Dimensão, são apenas uma ilusão.

O Carma existe apenas porque os Arcontes o criaram.

Os mundos Unificados são livres de qualquer reação.
Eles evoluem na Unidade de Consciência, na transparência, na liberdade.
Na liberdade, não pode existir o livre arbítrio.
O livre arbítrio é uma criação dos Arcontes que os provocou sobre os caminhos da densificação, chamados, de modo alegórico, a queda.

Mas vocês não cairam sozinhos.
Ajudaram-nos fortemente nisso.

Convém-lhes portanto, também, através do que acabo de enunciar, liberarem-se, inteiramente, de toda forma de culpabilidade.
Para além das emoções, que são muito facilmente transcendíveis pela Verdade da Luz, os freios os mais essenciais para o acesso à sua Unidade, hoje, são a culpabilidade e o medo.
Através dessas duas palavras, esconde-se o conjunto de estratégias mentais, elaboradas consciente ou inconscientemente, que os impedem de aceder a Unidade.

Questão: como se pode fazer a diferença entre uma possessão e uma canalização?

Bem amado, eu te darei duas respostas.
Uma resposta, na Verdade relativa, nesta Dimensão. E uma resposta na Verdade absoluta dos mundos Unificados.

Aí está a resposta relativa: a grande maioria do que é chamado processo de canalização, hoje, vem dos mundos astrais, Luciferianos.
Isso é uma certeza.

Agora, a Verdade absoluta é para ponderar com isso: o que quer que seja que é colocado em seu caminho, o princípio de atração e de ressonância é feito para permitir-lhes encontrar a Unidade.

Cabe-lhes portanto, não julgar em bem ou mal, mas na Vibração.
O que você encontra, em seu caminho espiritual, abre seu Coração ou o fecha?

A diferença essencial está também ao nível das consequências.
Quando vocês estão em relação com os mundos Unitários, por intermédio de um canal ou qualquer outra forma, vocês retiram um suplemento de Vibração e de Consciência.
Sua Coroa Radiante da cabeça e, o mais frequente, a Coroa Radiante do Coração, ativam-se.

No que concerne a um caso de possessão de forças astrais, estas apenas podem manifestar-se tirando-lhes a Energia.
Assim, portanto, após esse processo, permanece-lhes um mecanismo específico onde justamente a Vibração do Coração está ausente, onde justamente a Coroa Radiante da cabeça se apaga e onde, justamente, sua Consciência desce cada vez mais na densidade.

Assim, portanto, a Verdade absoluta é que, o que quer que vocês encontrem em seu caminho, isso está no exato lugar, em função de suas próprias ressonâncias.
Assim, portanto, aí também, convém retirar qualquer culpabilidade, a sua como daquele que se presta, consciente ou inconscientemente, a esse jogo, que não tem a Consciência de viver o que está para viver.

Não há condenação, não há julgamento.
Há somente experiências a conduzir em função do que vocês são, em Verdade e em Unidade.
Em função da lei de atração, em função da lei de ressonância, vocês serão levados a viver algumas coisas ou algumas outras coisas.

Entretanto, a diferença é, antes de tudo, assim como vocês a sentem, Vibratória e unicamente Vibratória.
A Sombra não poderá jamais trazer-lhes a Luz.
A Luz pode por vezes atrair, iluminando, zonas de Sombra que existem em vocês.
Isso pode traduzir-se por resistências, por doenças também, tomadas de Consciência mas, em definitivo, a Consciência Unitária ganha e ganhará sempre com relação à Luz, quando esta está presente.
O que não será jamais o caso se vocês deixam a Sombra conduzir e dirigir sua ressonância, sua atração.

Certamente, existem seres que têm capacidades, através de palavras lidas, de sentir a Vibração, mas todos não têm ainda esta capacidade e esta possibilidade.

«Reconhece-se a árvore por seus frutos» disse Ki-Ris-Ti.
Então, olhem o que são os frutos de uma entidade, qualquer que seja, ou os frutos daquele que serve de intermediário à Luz que se manifesta, seja ela astral ou seja ela Unitária.

Questão: um terapeuta pode acompanhar as aberturas e aumentos de nível Vibratório?

Bem amada, na condição, obviamente, que esse terapeuta não esteja num papel de salvador ou de libertador, o que não é completamente a mesma coisa.

Assim, portanto, ser terapeuta, hoje, é a ressonância e a consequência de um certo número de atrações que existiram ou de papéis ou de funções ou de missões.

Mas, através desses papéis, essas funções e essas missões, por vezes bem reais, existe uma ressonância com relação ao lado salvador que deve se superar.

Lembrem-se também que lhes é possível acompanhar as pessoas vivendo um processo de Despertar.
Mas lembrem-se, e guardem bem precisamente no fundo de sua Consciência, que jamais são vocês que fazem o trabalho, mas unicamente aquele que aceita fazê-lo, que o realiza.

Existe também, nesse nível, uma mudança de ponto de vista e uma mudança de paradigma em que os faz aceitar que o ser possui, em si, em sua Consciência Unificada, todas as possibilidades e as capacidades de levar a efeito sua restauração, que a finalidade não é unicamente restabelecer um equilíbrio mas, bem mais, nesses tempos reduzidos, aceder à Unidade.

Questão: vivo fenômenos de falas em línguas e de cantos espontâneos. Que fazer?

Bem amada, o falar em línguas, o falar em cantos, é um dos carismas dados pelo Espírito Santo.
Isso manifesta-se de modo espontâneo e participa da elaboração e da construção da Vibração Unitária e da Consciência Unificada.
Para si como para a Terra toda inteira.
Não há outros significados além disso.

O que acabo de dizer corresponde ao que fazer.
Querer fazer algo, a título pessoal ou a utilizá-lo é, aí também, recair na dualidade.

Vocês devem aprender a espontaneidade, a humildade e a simplicidade.
Isso lhes foi repetido por muito nomerosos interventores.

A Luz apenas pode estabelecer-se, em sua Dimensão como em sua Consciência (ou vocês não podem passar da Consciência dissociada para a Consciência Unitária) a partir do momento em que vocês aceitem esses princípios básicos.

Questão: como evoluirão as relações do humano com os diferentes reinos?

Bem amado, as respostas são profundamente diferentes segundo o lugar onde vocês irão.
As relações não podem evoluir senão no sentido da Unidade nos mundos Unificados.

A predação, a caça, dar a morte não existe simplesmente mais.
Dado que não pode haver morte de qualquer forma de Consciência, qualquer que ela seja, nos mundos Unificados.

Questão: que são os fenômenos visuais periféricos que desaparecem assim que se os fixa?

Bem amado, existem, atualmente, mecanismos de desvendamento da Luz.
A Luz infiltra-se, literalmente, em sua densidade.
Isso corresponde à nossa aproximação.
Isso pode traduzir-se por percepções visuais e será cada vez mais de coisas e de elementos de Luz totalmente incomuns para vocês.

Lembrem-se de que sua Consciência é interpenetrada por dois mundos Vibratórios profundamente diferentes.

Assim, o que se manifesta em suas estruturas, em suas vidas, mesmo desta Dimensão, toma por vezes andamentos e relevos profundamente novos, profundamente desconhecidos.

Quem quer interpretar e analisar é o mental, que tem necessidade de tranquilizar-se.
Do mesmo modo que, para as Vibrações que existem em seu corpo, lhes é solicitado, pelo momento, não procurar a explicação, porque o que procura uma explicação é sua cabeça e não seu Coração.

Vocês têm, simplesmente, que viver a experiência quando ela se apresenta a vocês, porque, a um dado momento, tudo isso tomará um sentido e será aclarado pelo próprio Coração, quanto ao significado, quanto ao sentido e quanto ao porquê.

Quando vocês estão frente a esse gênero de Vibrações, a esse gênero de percepções visuais, sonoras ou outras, tentem permanecer na neutralidade, na vivência da experiência e não na interpretação da experiência, o que os afasta.

Cada vez mais, vocês serão conduzidos a viver, assim como o disse o Arcanjo Miguel quando do fechamento das Etapas, fenômenos luminosos, em seu ambiente, do Céu como da Terra.
Isso corresponde à interpenetração da Luz Vibral em sua ilusão.

Obviamente, existe um sentido e um significado ao que vocês percebem, ao que vêem, mas o mental apreender-se-ia.
E, se vocês deixam o mental apreender-se, vocês se afastam da Unidade.

Contentem-se em viver a experiência como uma criança que vive a magia do momento.
Isso basta para estabelecer em vocês a conexão, sabendo que todas as respostas virão no momento oportuno.
Nada do que foi escondido permanecerá escondido.
Tudo o que era ilusão será esclarecido e será transcendido pela Luz e tudo tornar-se-á explicação.

Então, vivam o que têm a viver, em suas estruturas como em suas visões, suas percepções, sem se inquietarem pelo significado.
E o único modo de permanecer na Unidade.

Questão: fizemos a escolha de vir sobre a Terra ou é uma ação-reação, um acaso?

Bem amado, passar dos mundos ilimitados para mundos limitados necessariamente beneficiou-se de uma atração inicial.
Hoje, nesses sistemas solares dissociados que devem viver sua Reunificação, muitas Consciências buscam tomar corpo para viverem um fenômeno único na história das Criações e dos multiuniversos.

Cada alma presente sobre esta Terra tem um perfil diferente.
Algumas estão presentes desde o início do ciclo.
Algumas estão presentes muito recentemente.
Essas almas vieram apoiar o desvendamento da Luz por sua simples Presença.

Assim, cada alma é diferente e tem uma história diferente.
Não posso portanto responder de maneira absoluta.
Simplesmente, há almas que se aproximaram desta matriz e que literalmente foram presas pela atração da matriz.
As coisas foram diferentes para as almas que estavam presentes, em toda liberdade, quando da criação Marial e que encontraram-se presas pela instauração das forças gravitacionais Arcônticas.

Assim, não há regra geral, apenas há casos específicos.

Questão: se o Anjo é incapaz de julgamento e de falsidade, por que a rebelião de Lúcifer?

Bem amado, isso lhes foi apresentado como uma rebelião.
Digamos antes que a inocência de Lúcifer foi utilizada pelos Arcontes.

Assim, portanto, Lúcifer foi seduzido, literalmente, pelos Arcontes.
Ele portanto aderiu de toda boa fé e em total simplicidade, ao princípio Arcôntico que queria dissociar a Fonte de uma Criação, não para fechar o humano, mas para permitir-lhe desenvolver ainda mais Luz e facilitar-lhe sua evolução multidimensional.
Obviamente, esse não foi o caso.

Questão: poderia desenvolver sobre a noção de redenção?

Bem amado, o princípio de redenção é extremamente simples, tanto para um humano como para um Arcanjo.
Isso dito, um Arcanjo não é referido cada dia, por esse processo de sua Dimensão.
A passagem do ego ao Coração, a passagem do que é chamado o terceiro olho, para o Coração, corresponde ao princípio da redenção.

Passar do poder sobre o outro, passar do poder sobre os elementos, passar do poder exterior ao poder interior, é a redenção,.

Enquanto a Consciência está centrada no ego (o que vocês chamam a terceira lâmpada), enquanto a Consciência está centrada no poder espiritual (o que vocês chamam a sexta lâmpada ou o sexto chacra), vocês não podem estar no Coração.

O conjunto da balança bem-mal, o conjunto das forças que existem em sua dualidade, apenas existe porque houve predominância ou superioridade do que é chamado o terceiro chacra ou o sexto chacra.

Substituir o conjunto dessas duas funções ao nível do Coração se faz pelo abandono à Luz.
O princípio da redenção está nesse nível.

Ele está aberto a qualquer alma, mesmo a mais desviada da Luz, podendo existir hoje sobre a Terra.
Nós não recusamos ninguém.
E o Pai e a Mãe não podem recusar ninguém na Luz.

Crer que Consciências criadas livres, que se desviaram da Luz, não poderão voltar à Luz, é uma ilusão da dualidade.

Questão: após todas as perturbações, teremos a mesma aparência que atualmente?

Bem amada, você não poderá estar na aparência, uma vez que estará na Verdade.
Você não terá mais sombras projetadas.
Você não estará mais fixada dentro de uma forma.
A passagem, de uma estrutura biológica carbonada, para uma outra estrutura que tem por suporte seja o silício, sejam outros átomos que não existem ainda em sua Dimensão, conferir-lhe-á uma estrutura profundamente diferente.

Mas não se esqueça também que muitos seres humanos, atualmente encarnados nesse mundo, escolheram a estrutura carbonada.
Eles permanecerão portanto dentro de uma estrutura carbonada de terceira dimensão, aí também dentro de formas diferentes mas fixas, ainda que estando religados à Fonte.

Questão: pode desenvolver sobre a Fonte e sua natureza?

Bem amada, a Fonte é Fonte de tudo.
Ela é Fonte do menor átomo existente nos multiuniversos e multidimensões.
Eu sou a Fonte e você é a Fonte.

A Fonte tem, enfim, a capacidade de manifestar-se em toda forma de Consciência: dentro de um átomo, dentro de uma forma humana, dentro de uma forma Arcangélica.

A Fonte não pode ser limitada de qualquer maneira.
Ela pode ela mesma limitar-se à vontade para percorrer o conjunto de campos da Criação, o conjunto da manifestação, o conjunto dos multiuniversos, o conjunto das galáxias.

Não há qualquer limite à Fonte, porque se a Fonte fosse totalmente ausente, nenhuma Criação e nenhuma Consciência poderia existir.

A Fonte é a única Consciência que pôde ir e vir nesta ilusão, emprestando, de maneira temporária, criando todas as peças, um corpo.
Esse corpo não é viável numa duração de tempo correspondente à vida humana, mas num período de 7 ou 14 anos.
A Fonte não privou-se de fazê-lo porque isso faz parte de sua capacidade.
A Presença da Fonte, entre vocês, foi revelada pelo próprio Cristo, quando ele falava de seu Pai.

Questão: se a Fonte é tudo, isso significa que ela é igualmente a Consciência dos Arcontes?

Certamente, porque, como poder-se-ia reivindicar uma Criação, uma vez que toda Criação vem da Fonte?
Querer substituir-se, como o fizeram os Arcontes, é apenas uma paródia de Criação.
Mas, obviamente, os Arcontes não poderiam eles mesmos existir se a Fonte não existisse.
É isso o que eles não têm necessariamente Consciência, em todo caso, para aqueles que não estão redimidos.

Questão: poderia desenvolver sobre os Arcontes?

Bem amada, os Arcontes são aqueles que deram as leis.
Eles quiseram ser fonte no lugar da Fonte.
Mas, não tendo a capacidade Criativa que é atribuída a algumas entidades chamadas Elohim, dos quais Maria faz parte, esses Arcontes quiseram intervir sobre níveis de Criação preexistentes, transformando-as.

Tomaram-se então por Arcanjos, de algum modo.
Ora, eles não fazem parte dos Arcanjos.
Assim, portanto, nomearam-se Arcontes: aqueles que estabelecem as leis.
Mas as leis não tinham nada a ver, em seu mundo original, com a Criação, mas, bem mais, com a manutenção da Criação.
Eles portanto transgrediram sua função e seu papel querendo atribuir-se o papel de Criadores, coisa que não eram.

Questão: isso tem uma ligação com o ego?

Há uma ressonância com o ego.
Mas o ego não é o Arconte.
O ego é o princípio divisor e separador que lhes foi instalado em suas estruturas biológicas, que corresponde à falsificação.
Isso corresponde à introdução, em vocês, de algumas estruturas biológicas que não deveriam jamais ter existido nesse mundo.

Não temos mais perguntas. Agradecemos.

Bem amados filhos da lei do Um, eu me retiro agora daquele que eu guardo.
De meu Fogo a seu Fogo, do Amor ao Amor, recebam bênçãos, gratidão.

___________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão para o português : Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

O.M. AÏVANHOV – 30 de maio

Mensagem de 30 de maio (publicada em 8 de junho de 2010)
DO SITE AUTRES DIMENSIONS


Bem, caros amigos, estou extremamente contente por reencontrá-los neste espaço.

Vejo que havia casulos de Luz que estavam já muito assíduos ontem e que continuam aí.
Vejo também algumas cabeças e alguns casulos de Luz que jamais vi.

Então, eu lhes digo a todos: sejam bem vindos neste espaço de troca.

Então, meu modo de proceder é muito mais natural, eu diria.
Isso quer dizer simplesmente que procedo sempre por trocas: vocês me submetem algo, uma pergunta, e eu ali respondo, estando, certamente, intimamente convencido e persuadido de que a resposta que dou vai corresponder também ao mesmo gênero de questões que podem se colocar outros seres, por toda parte, que lêem tudo o que posso lhes dizer.

Questão: a prática de amaroli (urinoterapia) pode ser útil, nesse momento, para hidratar-se?

Nesse objetivo não, absolutamente não, cara amiga.
Vocês são obrigados a ter suportes exteriores.
E na medida em que as Vibrações que percebem e sentem vão se intensificar e a Temperatura Vibratória vai aumentar, vocês são obrigados a ter apoios exteriores ao nível hídrico.

Se minhas lembranças são boas, essas técnicas, recuperadas de antigas tradições, têm virtudes terapêuticas e não hidratantes.

Questão: o espaço / tempo foi totalmente descurvado?

Não, caro amigo, porque não posso ainda prendê-lo em meus braços.

Onde está o avanço da descurvatura do espaço/tempo?
Tudo vai muito, muito bem.
Tudo vai maravilhosamente bem.
Estamos extremamente felizes.

Questão: em tempo Terrestre, poderia ser mais preciso?

Minha fé, os fenômenos solares, os fenômenos climáticos, os fenômenos geofísicos estão dançando a Rumba.
Portanto, tudo vai muito bem.
E, ainda uma vez, como o disse na última vez, vocês nada viram.

Questão: segredos vão se revelar (sobre as pirâmides, por exemplo)? É ainda útil?

Mas, qual interesse?
O interesse pode ser, para alguns, em função de sua própria história, em função de suas próprias fontes de interesse.
Mas os interesses de cada um são diferentes, não é?
Mas o único interesse essencial é a Luz e nenhum outro.

Lembrem-se também que, na Luz e na Coroa Radiante de seu Coração, todas as respostas ali já estão.
Portanto, não percam tempo a buscar respostas pela cabeça, eis que a Luz lhes revelará tudo.

E o que lhes é revelado atualmente, tudo o que percebem através da economia, através de tudo o que lhes foi escondido e tudo o que se desvenda cada dia, está amplamente ligado à irrupção da Luz em sua Dimensão.

Mas, de graça, aceitem as revelações que se fazem, mas não vão buscar outras, pelo questionamento, em sua cabeça.

Revela-se a vocês o que deve lhes ser revelado.
Se, para atingir a Luz, vocês não têm necessidade de outra revelação que a Luz, vocês não terão qualquer revelação outra nesta Dimensão.

Mas tudo será revelado, uma vez que tudo será realizado.

Questão: isso significa que não se teria necessidade de revelações sobre os crânios de Cristal?

Absolutamente não.
Por que imaginar que vocês são tributários de outra coisa que vocês mesmos?

Obviamente, muitas coisas são reveladas.
Mas não há revelação mais importante que uma outra.
A melhor das revelações está frente a vocês mesmos.
Todo o resto, ainda, são apenas estratégias de seu mental para afastá-los da simplicidade.

Lembrem-se que não há qualquer resposta, em definitivo, no exterior.
Vocês são a resposta.

É o mental que quer fazê-los crer que vocês não são a resposta.

Então, vão buscar nas pirâmides, nos crânios de Cristal ou em outros lugares, não sei onde.
Mas isso não tem importância, definitivamente.

Não é porque saberão a quem pertencem os crânios de Cristal, não é porque vocês saberão quem são os Elohim – que eram esses crânios de Cristal, à época – que isso vai fazê-los avançar de um iota (letra grega).

Cada vez mais (e creio que isso foi dito, por mim mesmo e por alguns de meus confrades, se podemos chamá-los assim), progressivamente e à medida em que os dias vão passar, ser-lhes-á necessário ir cada vez mais para o essencial e para a Verdade.
Não numa explicação da revelação, tal como a entendem, eu falo da Revelação da Luz e nada do que foi ocultado será ainda ocultado.

Mas isso não quer dizer que seja necessário ir, com o mental, buscar explicações, não é?
Não é verdadeiramente a mesma coisa, sem isso, é ainda uma atividade mental.

A atividade mental, como o sabem, é sempre sem fim.

Questão: foi lembrada a importância da saudação de Orion em caso de contato com outros seres.

Sim, e poderia ir mais longe.
Obviamente, é importante. Mas há ainda mais importante: é fazer jogar a pleno, a lei de atração e de ressonância.

Quanto mais vocês subirem para sua Vibração de Existência e para a Luz Vibral, menos o que é oposto à Luz poderá manifestar-se a vocês.

A Vibração da Luz, do Supramental, como lhes disse antes Sri Aurobindo, é a proteção essencial.
Mas não é uma proteção.
Porque, quando vocês falam de proteção, como em minha vida, visualiza-se a dualidade, enquanto que, aí, vocês penetram algo que é a Unidade.

Na Unidade não há lugar para a dualidade.
Na Unidade, não há lugar para tudo o que fez a Vida, até agora, sobre esta Dimensão.

Portanto, obviamente, na primeira fase, como foi dito, a saudação de Orion, o Yoga Celeste e um certo número de coisas que lhes foram emitidas, podem ter sua utilidade.

Mas não é preciso, aí tampouco, permanecer fixado sobre um ensinamento, qualquer que seja.
É preciso transcendê-lo.
E diante da irrupção cada vez mais forte da Luz, do que observamos já, há cada vez mais facilidade para simplesmente estabelecer-se nesta Verdade.

E quanto mais estabelecerem-se em sua Verdade da Luz Vibral, mais estarão alinhados com a vontade do Universo e com a vontade da Fonte.

Como podem vocês imaginar que nesta Luz, possam manifestar-se a vocês forças que seriam opostas à Luz?
É totalmente impossível.

Lembrem-se que são, como o disse Sri Aurobindo e como eu também o disse, que são sempre as forças de resistência que permitem manifestar-se a vocês a Sombra.
Quer dizer que vocês apenas podem viver a Sombra se existe em vocês zonas de sombra.
É também assim simples.

Mais vocês sobem para a Vibração da Luz, mais vocês são libertados do que fazia o peso.
Há uma mudança de densidade.

O Arcanjo Miguel, intervindo num outro tempo, numa obra que, em minha vida, tive a oportunidade de ver e de percorrer em sua língua original – que não compreendia sempre mas não estava muito longe do que eu podia compreender – o Arcanjo Miguel sempre falou da densidade, do peso e da leveza.

Quanto mais vocês vão para a Luz, mais vão para a leveza, mas em todos os sentidos do termo.
Nessa leveza na qual vocês devem se estabelecer, nada do que é pesado poderá atigi-los. Absolutamente nada.

Então, obviamente, a saudação de Orion, o Yota Celeste, os protocolos que iniciamos desde o início do ano (de 19 a 19h30 – horário francês – com os Arcanjos ou as frações horárias de 10 minutos de cada hora), são extremamente importantes.

Mas, amanhã, não serão mais importantes.
Porque vocês terão cruzado uma nova etapa, um novo patamar, se preferem.
É para isso que é preciso ir.

Não é preciso cristalizar-se sobre as coisas importantes.
É necessário ir para o Essencial.

Então, eu não digo, hoje, que não é ainda importante, digo simplesmente que é preciso prepararem-se para ir para este Essencial.

Se vocês conseguirem estabelecer-se na Vibração do alinhamento entre as Três Lareiras ou mesmo a estabelecer sua Consciência de maneira suficientemente durável em seu peito, na Consciência do Coração, mais tudo tornar-se-á de uma simplicidade evidente.

Então, obviamente, enquanto vocês não experimentaram, vocês dizem: «contam-nos não importa o que».
Mas é no entanto a estrita Verdade.

A lei de atração e de ressonância não poderá mais ser bloqueada do todo.
Vocês tornar-se-ão cada vez mais transparentes nesta lei de atração e de ressonância.
Vocês manifestarão a vocês o que sua Consciência pensa.
Se vocês pensam e vibram Amor, o amor manifestar-se-á a vocês.
Se vocês pensam Sombra, a Sombra manifestar-se-á a vocês.

Portanto, obviamente, o tempo de fazer este aprendizado, há técnicas que lhes permite verificar, Vibratoriamente, o que se manifesta.

Mas lembrem-se também que, progressivamente e à medida em que forem para esta leveza de ser que reencontra sua Dimensão de Existência, mais vocês tornar-se-ão completamente invisíveis para as Vibrações pesadas, em vocês, como no exterior de vocês.
O próprio princípio de translação Dimensional é isso.

Questão: essas técnicas foram apresentadas recentemente. Isso significa que esses contatos com outras civilizações estão próximos?

Muito inteligente isso.
Estão muito próximos, efetivamente.
Muito, muito próximos.

Mas Miguel lhes disse igualmente outras frases. Ele lhes disse que os Anjos do Senhor tinham tocado a Terra.

Questão: quando se fala de Anjos do Senhor, trata-se dos Vegalianos?

Completamente.
Aqueles que devem fazer-lhes guili-guili (cócegas) em seu sono, vocês lembram?
Para alguns de vocês, não todos.

Questão: essas intervenções dos Vegalianos durante o sono terminaram?

Ah bem, não estou a par.
Elas apenas começaram, parece-me, dado que pousaram na Terra, há aproximadamente 13 dias, parece-me, se sei ainda contar em tempos Terrestres.

Questão: de onde provêm as manifestações de ícones ou de estátuas que choram?

Isso quer dizer o que, uma estátua que chora?
Isso quer dizer simplesmente que são lágrimas.

Então, obviamente, em algumas igrejas, vai chamar-se a isso lágrimas, porque é o grande sofrimento.
Mas são manipulações.
O que vem é a Alegria e unicamente a Alegria.

Cabe a vocês saberem se querem estabelecer-se na Alegria ou no sofrimento.

Agora, o significado é o mesmo que todas as manifestações que anunciei e que são produzidas, ao nível, inicialmente, do despertar de vulcões e erupções vulcânicas.
Tudo isso está ligado, certamente.

Questão: qual é a origem dessas manifestações?

São muito diversas e variadas.
Há muito de pequenos malignos que se divertiram para criar isso.
Mas há também fenômenos reais.

Não se esqueçam que a oração do homem pode por vezes ser muito potente.
Ela pode também gerar fenômenos de lacrimejamento ou fenômenos de estigmatização que não estão completamente ligados às Energias e Consciências espirituais.

Se tivessem a possibilidade de ver Maria, posso lhes dizer que ela não chora.
Ela tem um sorriso feliz.

Vocês imaginam já um golfinho que sorri todo o tempo.
Então, vocês imaginam um golfinho em pé, que sorri e vocês têm a imagem de Maria em sua Dimensão original.

Questão: em que consistem os trabalhos dos Vegalianos durante a noite?

Isso foi anunciado pelo próprio Velgan.
Mas posso repetir, é muito curto: para verificar que suas estruturas são as mais fluidas para viver o que vocês têm a viver.
Isso não se refere, obviamente, ao conjunto da humanidade, como foi dito.

Isso refere-se a alguns seres, em número restrito sobre este planeta, que estão ligados, de uma maneira ou de outra, aos Anjos do Senhor, seja por sua filiação espiritual – uma de suas quatro filiações espirituais – seja mesmo por sua origem estelar.

Questão: a nutrição prânica é a nutrição do futuro?

O que você chama o futuro?
Um futuro próximo, amanhã.

Isso é completamente possível.
Muitos seres continuam a comer por hábito.
Será necessário falar com a Cabeça de Caboche (maneira bem humorada de se referir ao canal Jean-Luc AYOUN), aliás.

Vocês têm completamente a possibilidade de manter sua forma, ao nível físico e amplificar sua Consciência, simplesmente fazendo a tentativa, não de jejuar, porque na palavra jejum há privação, mas simplesmente seguir realmente seu apetite e não colocar-se à mesa porque é a hora, como para a maior parte das pessoas.
E verão por vocês mesmos.

Tentem ingerir líquido, nem que seja apenas três ou quatro dias.
Vocês verão por vocês mesmos.
Eu não posso lhes dizer melhor.

Ingerir líquido, isso quer dizer simplesmente ingerir o que é de natureza líquida, e não sólida.
Até prova em contrário, um desjejum é sólido, não?

Se vocês tomam suco no desjejum, é um alimento líquido.
Um suco de legumes é líquido.
Um legume não é líquido.

A razão é muito simples: a partir do momento em que vocês absorvem líquido, o que quer que absorvam, não há esforço ao nível do plexo solar, ou seja, o Manipura chacra, correspondente à digestão.
A Energia é muito rapidamente dirigida para o chacra do Coração.
É também simples assim.

Questão: as sopas batidas (mixées) são consideradas como líquido?

Se é batida, ela é líquida, a sopa, não?
A menos que você tenha instrumentos um pouco específicos, mas me parece, de minha vida, que, quando se batia algo e me traziam uma sopa, ela era batida ou com pedaços.
Portanto, se ela está com pedaços, ela é meio sólida, meio líquida.
Mas se ela é batida com um aparelho que funcione, ela é líquida.

Questão: se o corpo físico tem ainda necessidade de proteínas, onde encontrá-las?

Mas há as leguminosas, há os ovos, há as aves, para aqueles que ainda querem comer proteínas animais.
Mas é uma Crença.

Eu os lembro que a necessidade de vitaminas, tal como foi descrita pela medicina moderna, é uma Crença. Nada de mais.

Seu corpo torna-se luminoso.
Suas células Vibram a algo que jamais existiu anteriormente.
Cada uma das células que os constituem é capaz de vibrar sem qualquer suporte, para a maior parte de vocês que seguem os caminhos da Transformação.

Isso cai bem, porque, dentro de pouco tempo, vocês não terão mais nada para comer.
A Luz faz sempre bem as coisas.
Lembrem-se, vocês não podem mesmo imaginar conceber em qual ponto é verdadeiro.

Questão: o fato de não mais sentir fome significa que se está nesse caminho?

Bravo.
Vejo que estamos tratando com uma elite muito inteligente, hoje.
E não era humorístico. Aprecio.

Questão: não mais sentir-se em fase com o trabalho ou o lugar de vida releva o mesmo processo de transformação?

Bravo.

Questão: como colocar as malas?

Soltando-as, caro amigo.
É apenas simples assim...

Isso é a cabeça que o faz crer assim, caro amigo.
A partir do momento em que você considera que há um objeto, que é uma mala, que, simbolicamente, corresponde a seus pesos, basta soltá-lo.

E se você é mais delicado, coloque-as.
Agora, lembre-se que a Inteligência da Luz é completamente capaz de depositar essas malas para você.
E ainda, naquele momento, as malas não existem mais.

Não se sabe mesmo mais onde elas estão.
Mas, para isso, há um problema de confiança.
Há um problema de fé.
Há um problema de esperança e há um problema de parar efetivamente de crer em tudo o que você tem crido até agora.

Passar na Luz, para vocês (todos, aliás, como nós que passamos pela encarnação) que são tão tributários de um certo número de leis, obviamente, ligadas a esta materialidade e, hoje, passar para outra coisa, onde as leis serão totalmente diferentes.
Mas, para acolher essas leis diferentes, é preciso bem aceitar não mais estar submisso às leis de antes e não mais dar corpo, não mais dar Consciência às leis de antes.

E hoje, é muito fácil.
Há dois anos de seu tempo, isso teria sido muito mais difícil.
Aliás, não falo assim há dois anos.

Mas hoje, como você diz, é fácil (fastoche).
Gosto muito de expressões como essa.

Apenas o mental quer fazê-los crer que não é fácil.
Uma vez que o mental, ele mesmo, é apenas uma Crença, ele não pode viver sem Crença.
Ora, o mental é chamado a ser substituído pelo Supramental.
E o Supramental, como o sabem, eu ao mesmos o espero, não funciona absolutamente como o mental.
Passar de um ao outro é passar de um modo de funcionamento para um modo totalmente diferente e totalmente inédito.
As leis, mesmo físicas, não serão mais as mesmas, certamente, antes mesmo de deixar esse plano.

Questão: as profecias sobre guerras a vir continuam válidas?

Certamente, porque os humanos, há ainda os que crêem que os Arcontes estão aí.
E nada se pode contra, como chamar isso, a tolice humana.

Não há nada de mais teimoso que um mental que não quer ver a Luz.
Eu diria mesmo, exagerando, que há ainda quem procurará se bater quando mesmo a matéria não existir mais.

É a história, vocês sabem, que era muito conhecida, que li em minha vida e adorei, que vou lhes contar, eis que vocês estão muito despertos: um dia, é uma senhora que sai do outro lado. E do outro lado, ela encontra pessoas que passeiam, que flutuam nos ares (e ainda era na matriz, isso, não era ainda a liberação total, eis que isso aconteceu no pós da guerra) e depois esta mulher, ela arrasta as malas.
E ela encontra um Anjo que está aí, que diz a esta pessoa que acaba de morrer: «mas, madame, coloque suas malas. Você não tem mais necessidade delas aqui».
E a senhora, a cada vez que encontra alguém, todas as pessoas lhe dizem para colocar as malas.
E ela não responde e, ao final de um momento, ela diz: «mas vocês não pensam; eu não vou depositar minhas malas, são todas minhas boas ações de minha vida».

Eu lhes asseguro, vocês não levarão nada, ao nível das Dimensões Unificadas, além de sua própria Consciência.
Mas estritamente nada.

Do mesmo modo que na vida linear, na vida da dualidade, tal como existiu desde milênios e quando vocês partiam desse mundo, vocês não levavam nada, não é?
Então, por que vocês querem levar algo em algo que é totalmente novo, ao nível vida?
É preciso estar na lógica a mais simples.

Questão: como alinhar a vontade pessoal e a vontade da Fonte?

Não é possível.
Ou é a vontade pessoal, ou é a vontade da Fonte.

Questão: como fazer quando se pede à Fonte?

Mas vocês podem pedir o que quiserem.
Mas, o problema do ser humano é sempre o mesmo: vocês pedem algo, mas para satisfazer a este pedido, é preciso, frequentemente, soltar outra coisa.
Ora, o ser humano pede sempre sem querer soltar o que deve ser solto.
Vocês pedem a saúde e vocês não querem soltar alguns hábitos.
Vocês pedem a Alegria e não querem soltar alguns outros hábitos.
O ser humano tem tendência, ao nível do mental e de sua vida dividida, a sempre querer algo sem soltar outra coisa.

Não temos mais perguntas. Agradecemos.

Então, caros amigos, eu lhes apresento todas minhas bênçãos e vou deixá-los aproveitar da Vibração específica que vai acompanhar o que virá agora, na hora habitual de 10 primeiros minutos, se bem o quiserem.

Durante esse tempo, vocês serão acompanhados pela Presença da Consciência magnífica de Um Amigo, que agradeço na passagem.

Eu lhes digo até muito breve, quanto a mim.

___________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão para o português : Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

SRI AUROBINDO - 30 de maio

Mensagem de 30 de maio (publicada em 8 de junho de 2010)
DO SITE AUTRESDIMENSIONS



Meu nome é Sri Aurobindo.

*

Eu os saúdo, queridos irmãos e irmãs aqui presentes.

Permitam-me, também, acolhê-los em meio à minha Luz azul.

Eu sou, para aqueles de vocês que não me conhecem, em meio ao que eu faço atualmente, um dos 24 Anciãos supervisionando, em meio à nossa Assembléia, a adequação progressiva da Luz Unitária em seu mundo.

Eu fui, desde muito tempo, João o Bem Amado [São João Evangelista], aquele que escreveu o Apocalipse.

Vocês não estão sem saber que todos os Selos do Apocalipse foram abertos.

Vocês não estão sem saber não mais, e sem vivenciar, que uma grande transmutação está atualmente em curso, em vocês, como sobre este mundo e também em todo este universo.

A Paz, em vocês, a calma, em vocês, é a melhor preparação para viver o que está em curso, para estar alinhado e para acolher a Luz.

Para aqueles dentre vocês que já leram o que eu disse, desde uma dezena de meses, sobre o papel Vibratório do Apocalipse (no qual nem uma palavra foi falsificada, se reflete na Vibração da leitura em voz alta, em sua língua, desse texto), esse livro contém, lembrem, tudo o que é ‘doce para a boca e amargo para o ventre’: doce para a boca pela Vibração de sua leitura, amargo para o ventre porque incompreendido por aqueles que desejam, antes de chegar a hora, apreender o significado linear e não mais Vibratório, neste espaço-tempo.

Todos os Selos tendo sido abertos, o que poderia lhes parecer, nesses escritos, para aqueles que o leram, obscuro, se esclarece hoje, naturalmente, de maneira evidente.

***

Além desses escritos, como alguns de vocês o sabem e o puderam ler, durante minha última existência, eu transmiti alguns textos, relacionados tanto com meu meio de origem como com minhas experiências na Luz ou com o Supramental.

Hoje, nos tempos em que vocês vivem, o que estava ainda longe de minha vida, chegou agora à sua vista, à sua Consciência.

Mais do que nunca, nos tempos que vão se passar, vocês irão constatar por si mesmos que alguns elementos de suas vidas vão se alterar e, face ao que parece bem denominar reajustes e ajustes, sua Consciência comum terá apenas duas alternativas: resistir e se opor ou aquiescer e aceitar.

Quaisquer que sejam os eventos que estarão diante de vocês, não procurem nunca lhes conferir um valor positivo ou negativo porque, em um primeiro momento, o que poderá parecer-lhes como negativo poderia não o ser.

Da mesma maneira que o que poderia lhes parecer, inicialmente, positivo, segundo sua visão limitada, poderia se mostrar oposto à Luz.

Vocês vivem a época da Revelação, a época dos sinais, tanto em vocês com em seu exterior, esses sinais que anunciei desde 2.000 anos.

O princípio da efusão do Supramental em meio à sua Dimensão e a si vocês, vai levar a manifestar, em vocês como em sua vida, sempre duas possibilidades.

De um lado a resistência e a oposição ao que vem.

Do outro lado, a aceitação e o acolhimento do que vem.

Portanto, não julguem jamais no calor do que lhes propõe a Vida, mas aguardem.

***

Sigam, sem julgamento, para o que será simples e fácil, porque a oposição e a resistência irão induzir resistências e dificuldades, em vocês, como no desenrolar de sua Vida porque, quer desejem ou não, o que estará operando e a operar, no seio de sua realidade, será a Inteligência da Luz.

Assim como foi dito, não se atrasem com o que resiste, não julguem, não mais, o que resite em vocês e em seu exterior.

Quanto melhor aceitar o princípio da Onda Galáctica, da Cruz Cósmica, melhor vocês viverão esse período e terão facilidade para se estabelecer em meio à sua Supraconsciência e para viver os efeitos, diante de toda Paz e, para alguns de vocês, além da Paz, a capacidade de viver e de experimentar, à vontade, a Consciência especial do Samadhi, podendo se aproximar, alguns de vocês, do grande Samadhi denominado Dissolução.

A resistência à Luz irá implicar, em suas estruturas físicas e sutis, os fenômenos de atrito, enquanto que a aquiescência, quaisquer que sejam as cargas de suas vidas em seus diferentes aspectos, lhes permitirão e lhes darão a faculdade de se estabelecer nesta Alegria, nesta Paz, neste Samadhi.

Tentem aceitar que isso não é pela intensidade de sua vontade em meditar, que isso não é pela intensidade de seu desejo, que vocês realizam este Samadhi, mas, muito mais, ao remeter sua própria vontade à Luz, ao aquiescer à sua Inteligência, à sua força e à sua bondade.

***

Não julguem nenhum evento de sua própria vida como da Vida sobre a Terra: mesmo se certos sentidos e certos significados lhes escaparem, eles irão proceder, todos, sem exceção, da Luz.

Algumas dessas manifestações estarão no acolhimento e então, na facilidade, para o mundo como para vocês.

Outros tentarão se estabelecer em meio à resistência à Luz, para o mundo e para vocês e, naquele momento, não desejarão colocar sobre a Luz certos aspectos podendo ser percebidos, pela sua parte limitada, como terríveis e assustadores.

Esses qualificativos mesmo não têm qualquer sentido porque, se vocês contribuem de algum modo para a resistência, vocês serão pegos pelas forças de resistência e não terão mais meios de viver e de estabelecer em vocês a Paz e harmonia necessárias para sua expansão.

Algumas forças operando em meio à resistência têm todo interesse para que a nova Consciência não possa se instalar.

A vocês saber, com toda lucidez, se vocês desejam seguir no seu sentido ou no sentido da Luz.

O sentido da Luz Vibrante sempre foi e será, algo, para sua Consciência limitada, de terrivelmente simples.

É este terrivelmente simples que convêm integrar.

Essa tarefa lhes é facilitada por percepções de Consciência que se manifestam e se manifestarão cada vez mais em meio à sua estrutura físico-etérea.

A natureza, as árvores, em especial, são vetores de alinhamento e de transcedência importantes porque, elas também, captam a nova Consciência.

A nova Consciência, esta Supraconsciência, diz respeito a toda Vida e a todo constituinte, desde o elétron, o átomo, até Consciências coletivas, sociais, familiares.

***

A Luz se revela e se excita em meio à sua própria densidade.

A Luz se estabelece na Paz.

Apenas a resistência pode levar à falta de Paz.

Muitos dentre vocês serão solicitados a aplicar as escolhas, as decisões que atrasaram ou adiaram até agora.

Muitas mudanças irão ocorrer, em vocês como nesta Terra, durante este período.

Acompanhar a mudança é a melhor maneira de encontrar a Paz.

Acompanhar não significa agir, mas Ser.

Aceder à reunificação de sua Tríplice Lareira (Coroa Radiante da cabeça, Coroa radiante do Coração e Triângulo Sagrado [sacro]), dar-se-á cada vez mais facilmente, a partir do instante e do momento em que todo desejo em vocês se esvanecer, devido à intensidade da Luz em vocês, de sua Presença, de sua Paz e de sua capacidade para expandir.

Para cada um de vocês, como para toda a Terra, cada coisa, cada elemento, desdobra-se, se manifesta, ao seu ritmo que lhes é próprio.

Um vento de liberdade, de liberação, vai começar a soprar muito em breve.

O Fogo da Terra, onipresente, vai mobilizar o ar.

Em meio a essas modificações, ocorrendo em vocês como neste mundo, a melhor maneira de aliviar o fardo e as resistências de seus irmãos, de suas irmãs, de nossos irmãos, de nossas irmãs, encontrar-se-á unicamente na sua capacidade de criar a Paz em vocês, para que a Paz se manifeste em seu torno e cada vez de forma mais ampliada, porque a Luz Vibrante é Paz, antes de tudo, e o Amor apenas pode eclodir em meio à Paz.

***

Sua capacidade de existir em meio ao Ser e à Paz, em meio à Coroa Radiante e ao alinhamento das Três Lareiras, irá outorgar, de certa maneira, a isso que vocês são, um tipo de imunidade em relação às ondas e às Vibrações de resistência.

Por estarem neste estado de alinhamento, de Paz, de Samadhi, que vocês fornecem a mais útil ajuda, para a Terra como a toda humanidade.

Aliás, somente poderá existir Paz alhures neste alinhamento.

Somente poderá existir satisfação alhures neste estado Vibratório.

Tornar-se-á a vocês, cada dia, mais e mais fácil permanecer e persistir em meio a este estado, sem mesmo passar pela meditação.

Este estado tornar-se-á, inicialmente, como uma segunda natureza que, pouco a pouco, irá dissipar e fará desaparecer tudo o que não seja isso.

Não há nada de complicado no retorno à Luz.

Há somente complicações relacionadas com as resistências, como o sabem, com o medo, com o mental, com as emoções.

Lembrem, nesses momentos que se aproximam que vocês não são nem seu mental, nem suas emoções, mesmo se a lógica desta Dualidade os levou a se identificarem com suas emoções e com seu mental.

Isso é apenas o visível e notório do que vocês são.

Em Verdade, o que vocês são é tudo exceto isso.

O Arcanjo Miguel lhes disse e nós, Anciãos, lhes dissemos também e todas as Consciências da Luz Unificada puderam dizê-lo a vocês, da mesma maneira.

Chamem por nós.

Este apelo deve ser feito da maneira mais simples possível.

Como o disse Um Amigo, de Coração a Coração, pois a Luz é simples.

***

O agenciamento da Luz e a ação da Luz em meio aos mundos Unificados é qualquer coisa que vocês aprendem a reconhecer, a viver, em meio a esta simplicidade.

É também necessário, para seguir para este estado, esta Graça, que vocês aceitem ir para o essencial.

É também indispensável viver cada minuto com intensidade, com essa Consciência que a Luz revela e desvenda.

Vocês aprenderão, nos próximos dias e semanas, a manter a Coroa Radiante do Coração e a Consciência unificadas, independentemente de suas meditações e dos horários dados por Maria e por Miguel referentes a esse período.

A Luz tornar-se-á palpável, visível, audível.

Alguns dentre vocês começarão a perceber a trama e sua Inteligência em meio ao seu estabelecimento nesta Dimensão.

Para os mais sensíveis de vocês, não dêem atenção aos ruídos, às imagens, às percepções mesmo do que é resistência, no mundo como em seu ambiente.

Cultivem a Paz, cultivem a harmonia.

Estejam lúcidos, ajudem-se, de novo, da natureza, das árvores, de sua respiração, de sua Vibração.

Se a Presença da Luz se tornar muito intensa, que seja sobre suas Coroas Radiantes, sobre seu Sacro ou sobre as suas novas lâmpadas, tomem o tempo necessário para fluírem a si mesmos.

Acolham esses momentos de intensa Vibração para o que eles são.

O desvendar da Luz é a instalação da Luz.

Todos vocês que estão encarnados em meio a esta Dimensão, todos os irmãos e irmãs, Terrenos como de outros lugares, que assumiram corpo e carne, têm uma oportunidade única de viver a passagem da Dualidade para a Unidade, que é certamente o aspecto mais importante existindo após longuíssimo tempo em meio aos mundos duais.

Lembrem também que apenas existem limites outros que os seus, em meio à sua Consciência limitada, que podem impedi-los de viver esta transformação.

Tenham presente, em sua Consciência, que vocês são os únicos Mestres de seu acesso à Luz e, cada vez mais, mesmo que às vezes não lhes pareça mais ser Mestre em tudo, de tudo o que se passa no exterior: isso é o retorno necessário.

***

Busquem também compreender, com o Coração, o processo de ‘Switch’ da Consciência.

Eu lhes dei, desde alguns meses, os gestos precisos [‘Yoga da Verdade’ – 17.02.2010].

Um Amigo lhes deu outro processo permitindo viver, mais de perto, a revelação da Luz [‘Yoga Celeste’ – 16.03.2010].

Vocês devem também deixar a Inteligência da Luz, do Supramental, atuar, não somente estabelecê-la em vocês, mas deixar também ela trabalhando para limpar o que o deve ser, em vocês como no exterior.

Seguramente, eu estou consciente que vivenciar em meio à Dualidade, a problemática do discernimento, da confiança, são essenciais, mas, hoje, a vinda da Luz lhes permite passar a outra etapa.

Além do discernimento, além da confiança, vocês aprendem facilmente a reparar o que é da Vibração e Luz e o que não o é.

Há, certamente, um aprendizado a ser feito, mas esse será muito fácil.

Basta, para isso, estar talvez um pouco mais atento e mais lúcido que o de costume, mas nada que não seja um esforço insuperável ou um esforço fora do alcance, qualquer que seja sua vida, quaisquer que sejam os eventos e os elementos de sua vida, quem quer que sejam.

Eis, meus queridos irmãos e minhas queridas irmãs, alguns elementos que desejava acrescentar.

Se existem dúvidas relacionadas à Consciência nova, ao Supramental e ao período de sua instalação, eu disponho de alguns minutos, eu acho, antes de passar a palavra ao que virá depois de mim.

***

Pergunta: saber de tudo isso nos dá a responsabilidade de falar à nossa comunidade?

Querida irmã, falar não serve estritamente a nada.

A melhor informação que podem dar será seu estado de ser.

Vocês não poderão jamais convencer ou informar qualquer um que se recusa de ver a verdade do que vem.

Alguns seres poderão persistir até o fim chamando isso destruição e catástrofe.

O melhor testemunho é estar nesse estado de Paz, de Samadhi, pois a Luz se irradiará então de vocês e essa Luz não precisa de palavras.

As palavras pertencem à Dualidade.

A Vibração Unitária pertence à Unidade.

Informar pode também levar à rejeição, à negação, a se colocarem em situação de resistência ou de oposição junto às pessoas próximas de vocês.

Todavia nós confiamos na capacidade do ser humano, à medida que os dias e as semanas passam, para entrar em sintonia e em harmonia com a Luz, porque, não esqueçam jamais que essa é a natureza original de todos vocês, sem exceção e que, de toda maneira, a um dado momento, o mental, as emoções, se entregam diante da Luz Vibrante.

É claro que, antes dessa capitulação da Sombra, podem existir tensões, resistências.

É nesse sentido que eu lhes digo para não se atrasarem com isso.

A Inteligência da Luz será sempre muito mais inteligente que seu mental.

É nesse sentido também que eu lhes falei de confiança, de fé, mas também do abandono à Luz, porque, de maneira autêntica e verídica, ao se abandonar à Luz vocês de tornam transparentes, vocês vão para a Unificação, para a Paz, quaisquer que sejam as circunstâncias iniciais que poderão ser, eu admito, talvez difíceis.

Mas o difícil é apenas um ponto de vista limitado que cederá diante do Ilimitado.

***

Pergunta: a mudança anunciada vai ocorrer rapidamente?

Vocês entraram, como disse o Arcanjo Miguel, na mudança final.

Sua Supraconsciência o diz, a Terra o diz e o vive e seu corpo o vive.

Isso não é amanhã, isso não é depois de amanhã.

Não há o que esperar.

Tudo se passa agora.

Cada coisa vai ao seu ritmo nesta transformação, mas esse ritmo vai se ampliar.

Ele já se elevou desde que Miguel lhes falou e lhes anunciou.

Mas vocês não poderão forçar ninguém, ao nível das Consciências humanas, a viver o que ele não pode viver.

Certamente, para alguns de seu ambiente próximo, afetivo, familiar, profissional, isso poderá representar, em um primeiro momento, um dilema, uma forma de resistência.

Convêm então não se alarmar e, aí também, ter confiança e se estabelecer cada vez mais no que vocês percebem legítimo, verídico e autêntico.

Devem também aceitar que algumas Consciências humanas não desejam e não podem aquiescer à Luz.

Mas, até a última respiração deste mundo, desta Dimensão, tudo se torna possível.

Lembrem que a melhor maneira de ir à direção e à Inteligência da Luz é deixá-la percorrê-los e deixá-la operar.

***

Não temos mais perguntas. Nós lhe agradecemos.

***

Meus queridos irmãos e minhas queridas irmãs, eu lhes transmito todas as bênçãos da Fonte e da Verdade.

Eu darei o lugar, agora, àquele que está conosco, àquele que, com sua qualidade, nos une e os une, em todo o caso eu o espero.

Sejam abençoados.

************

Mensagem do Bem Amado SRI AUROBINDO no site francês:

http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=630

30 de Maio de 2010

***

Tradução para o Português: Zulma Peixinho

http://portaldosanjos.ning.com/profiles/blogs/sri-aurobindo-30-de-maio-de

************

29 de mai de 2010

UM AMIGO – 29 de maio

Mensagem de 29 de maio (publicada em 8 de junho de 2010)
DO SITE AUTRES DIMENSIONS


Meu nome é Um Amigo.
De meu Coração a seu Coração, de minha Consciência a sua Consciência.

Eu sou a Consciência que, em meio aos 24 Anciões, é aquela, caros irmãos e caras irmãs, que está mesmo para ajudá-los, de maneira a mais íntima e a mais exata, no período que se abre a vocês, para ajudá-los a estabelecerem-se, se tal é sua aspiração, no aspecto ilimitado do que vocês são.

Eu lhes transmiti, há algumas semanas, o Yoga Celestial, assim como um processo que lhes permite, de maneira muito simples, dirigindo sua Consciência, aceder a espaços de cura que, até agora, não estavam abertos na humanidade.

Eu intervenho e intervirei cada vez mais frequentemente durante este período corrente até o Anúncio de Maria, permitindo-lhes, se tal é sua aspiração, viver e fusionar no que vocês são, no Ilimitado.

Pela minha vivência nesta humanidade, em minha última vida, observei, integrei, o conjunto de mecanismos corporais e sutis que permitem à consciência limitada humana penetrar o santuário do Coração e, nesse santuário, viver o Ilimitado.

Intervenho, neste período inicial de ação do Arcanjo Uriel, Anjo da Presença e Arcanjo da reversão, para permitir-lhes, se tal é, ainda uma vez, sua aspiração, penetrar as esferas para além da limitação, as esferas onde tudo é Alegria, onde tudo é Paz, onde tudo é Verdade absoluta e onde tudo é Unificado.

Foi-lhes dito e recomendado, durante este período de Unificação da Consciência, que se aproximem, caros irmãos e caras irmãs, do essencial.

Assim como o sabem, independentemente da qualidade e da realização de suas vidas, o essencial não é esse mundo.

Assim como lhes disse Cristo, em sua civilização, vocês estão sobre esse mundo, mas vocês não são desse mundo.

Hoje, quando, segundo seu próprio ritmo, é-lhes revelado e desvendado um certo número de Verdades absolutas quanto ao que vocês são, compete-lhes, hoje, viver este conhecimento de maneira interior e direta, para além das palavras, para além mesmo de seus atos nesse mundo.

É-lhes preciso tocar e viver esse basculamento de um aspecto limitado de vocês para o aspecto ilimitado, assim como o nomeou o bem amado Sri Aurobindo, o Switch de sua própria Consciência.

A qualidade e a quantidade de Vibrações e de informações que chegam até a densidade em que estão, deve permitir-lhes, com uma facilidade muito maior que anteriormente, viver esse processo.

Vocês ali são ajudados, convidados.
Somente vocês podem desencadear o que lhes propomos.
Assim como sua consciência limitada o percebe, o ouve, o vê, a ilusão desse mundo toca, de maneira irrevogável, a seu fim.

Assim como eu o dizia, há alguns dias, e nós repetiremos cada vez mais, este fim não é o fim, bem ao contrário.

Na hora da passagem do limitado para o Ilimitado, é-lhes preciso aquiescer com a morte do limitado, com a morte da ilusão para que nasça, desabroche e viva a Unidade e a Unificação da Consciência.

A hora do retorno da humanidade ao que ela é, para além da ilusão desse mundo, está próxima, muito próxima.
Isso, sua consciência limitada o sabe, sua Consciência Ilimitada o percebe cada vez mais e os pressiona, pelas Vibrações percebidas em diferentes pontos de seu corpo, para ir no abandono, na Fé para esta Vibração de sua Essência, não participar também, dos obstáculos e das relações que os mantêm na ilusão.

O ponto de vista muda, a Consciência muda, a forma também, a forma fixa na qual vocês estão, à qual estão identificados é chamada a transformar-se.

Assim como foi dito, a lagarta torna-se borboleta.
O que a lagarta chama a morte, a borboleta chama nascimento.

Tudo está em relação direta com o modo de viver a Vibração e o modo de ver o que acontece.

O Fogo da Terra desperta-se, a Terra vive, ela também, sua liberação, o que vocês chamam sua Ascensão.
Isso é agora, isso aconteceu em outros Planos, e apenas pede para manifestar-se em seu Plano.

Assim como o bem amado Sri Aurobindo o disse anteriormente, novos Céus, uma nova Terra nascerão.
Vocês, coletivamente, caros irmãos, caras irmãs e, individualmente, chegaram no momento deste nascimento.

A particularidade deste nascimento da Terra como o seu no Ilimitado far-se-á, se o desejam, em plena Consciência e em total lucidez.

Todos os obstáculos e as ressonâncias que, ainda hoje, os impedem de ver o Ilimitado, estão evacuando-se, sobre o Planeta como em vocês.

O despertar do Fogo da Terra, o desvendamento da Luz e sua manifestação em seu mundo, está a suas portas.
Durante esses momentos, sua capacidade Vibratória para estabelecerem-se em sua própria Presença, na Vibração do Coração, na reunificação das Três Lareiras, permitir-lhes-á viver este nascimento em ótimas condições.

Guardem presente no espírito que a Luz é Inteligência e que, se vocês se abandonam à Luz, a Inteligência da Luz trabalhará em vocês e ao seu redor, para permitir-lhes realizar sua Unidade e seu Ilimitado.

Como o Arcanjo Miguel tão bem o repetiu, ao longo dos Casamentos Celestiais, chamando-os Sementes de Estrelas, ele apenas fazia desvendar a estrita Verdade do que vocês são, para além dos constrangimentos e para além da ilusão dos papéis que vocês tiveram, nesta vida como em outras vidas, tendo-os literalmente aprisionado no aspecto limitado de sua Consciência até hoje.
Para a maior parte, a humanidade não pode mesmo ousar pensar que o Ilimitado é sua natureza.

Em meio aos 24 Anciões, sou aquele que, em relação com o Arcanjo Uriel, é o mais mesmo a prodigalizar Vibrações e conselhos para viver o que se produzirá durante seu verão (inverno no hemisfério sul),

Há muito poucos dias, a Divina Maria revelou-lhes sua vinda, acompanhada de suas doze Companheiras, de seus doze pilares, chamadas as doze Estrelas de Maria.
Essas doze Estrelas são doze Consciências que viveram, de uma maneira ou de outra, sobre esta Terra, o Ilimitado, cada uma a seu modo, em função de Crenças, de culturas nas quais a alma encarnou.

Uma dessas Consciências é uma Consciência útil, por sua devoção e seu Amor, que lhes permitirá melhor aproximarem-se de seu aspecto Criador e ilimitado dentro de seu aspecto feminino.

Eu estou, quanto a mim, em ressonância com esta Consciência, eu a deixarei ela mesma expressar e vibrar em seu Coração, a qualidade da pureza que ela vem emitir para vocês.

Eu repito, ainda hoje, que, durante o período, a melhor das preparações que prepara sua entrada no Reino da Unidade é ir para o essencial.

Guardem que o essencial será sempre simples e humilde, que esta humildade, esta simplicidade encontrar-se-á sempre numa qualidade de Consciência e de Vibração que nascerá em seu Templo Interior, em seu Coração, antes de difundir-se, via sangue, respiração, para o conjunto de seu veículo físico, permitindo-lhes literalmente, ao final, transcendê-lo, sair de algum modo desta casca, esta casca que, entretanto, é um Templo.

Mesmo falsificado, ele continua um Templo, não pode ser de outro modo.

Aproximar-se desta Consciência ilimitada é também participar, para além da Paz, para além mesmo da Alegria Interior.

Muitos irmãos e irmãs viverão estados de emoção que se oporão, mesmo de maneira inconsciente, ao estabelecimento do Ilimitado e da Luz.

Por sua capacidade para contrabalançar essas emoções, estabilizando-se na Alegria do Templo Interior, vocês favorecerão seu parto, como o da Terra.

A Luz Inteligente fornecerá ao conjunto de suas necessidades fisiológicas, como emocionais e mentais.

Hoje, realizam-se as palavras do Arcanjo Anael, há mais de um ano, relativas ao abandono à Luz, permitindo o retorno à Unidade e o retorno ao Ilimitado.

Não é pendurando-se em suas certezas ou em suas Crenças, a uma qualquer forma do que lhes permitiu, até hoje, encontrar um certo florescimento, que seja num meio afetivo favorável como num meio material favorável.

A única certeza apena poderá vir de sua Vibração interior própria.
Tudo a que vocês se retinham, mentalmente, afetivamente, emocionalmente, não poderá mais subsistir na nova Vibração e na nova Consciência.

A preparação Vibratória que vocês vivem hoje é essencial, é crucial.

Se vocês aceitam os fundamentos, se vocês vivem os fundamentos, vocês constatarão, muito rapidamente, que lhes será cada vez mais fácil estabelecerem-se nesta Consciência nova, lugar onde não pode existir qualquer resistência, qualquer sofrimento e qualquer doença.

É a isso que vocês são convidados, após os Casamentos Celestiais, após as Etapas: para viverem, mesmo nesta densidade, suas próprias Núpcias.
Não há outro meio, não há outra possibilidade de encontrar a Paz que estabelecer-se na Vibração da Consciência nova.

Continuem, certamente, a estarem sobre esse mundo, porque sua Vibração tornar-se-á cada vez mais necessária, para vocês como para aqueles de seus irmãos e de suas irmãs, de nossos irmãos e de nossas irmãs, que não estão ainda aptos a soltar o que deve ser solto.

De sua capacidade em vocês, para estar na Paz e na Luz, na Vibração da Coroa Radiante do Coração, decorrerá a maior facilidade e a maior ajuda que vocês podem aportar a seus parentes como àqueles de nossos irmãos e de nossas irmãs que ainda não aquiesceram à Luz.

Vão cada vez mais para a evidência e a simplicidade, vão cada vez mais para o que vaza de fonte, em vocês, na Vibração, como no exterior de vocês, em seu ambiente próximo ou distante.

Da forma com que acolherem o que vem, dentro mesmo da jornada da Unificação da Consciência decretada pelo Arcanjo Miguel e apoiando-se sobre influências cósmicas e planetárias essenciais de 17 de julho, decorrerá o modo com o qual vocês viverão este período de seu verão (inverno no hemisfério sul).

Recordem que a Luz, a sua, quando a deixam viver, quando atribuem-lhe todo o lugar, permitirá uma Alegria e um estado que muito poucos seres humanos conseguiram viver até agora.

Hoje, esta possibilidade é oferecida à grande maioria, eu diria mesmo à totalidade de nossos irmãos e de nossas irmãs.

Lembrem-se também que não há julgamento nem castigo em outra parte senão em sua própria cabeça e, eventualmente, na consciência daqueles que não querem que o novo se instale.

O que vem é liberação, o que vem é Alegria, o que vem é o advento completo da Luz e o retorno em sua Dimensão inicial, em seu veículo de Eternidade, que lhes foi tirado, retirado.

Vocês estão na aurora de algo de que não têm ainda ideia, exceto para alguns de vocês que vivem, no alinhamento de suas Três Lareiras, a revelação da Luz e a transformação quase mágica de sua vida.

Vocês são convidados, todos, para participarem desta Reunificação, em vocês, inicialmente, mas também nas Consciências liberadas desta matriz.

Somos todos convidados a grandes redescobertas, a grandes Vibrações, a um abrasamento do Coração.

Inúmeros ensinamentos ser-lhes-ão comunicados, por mim mesmo e por aquela que está em ressonância comigo, em sua polaridade feminina, como Estrela de Maria.

Nós lhes daremos o máximo de nós mesmos, nós lhes transmitiremos o máximo de informações, não sobre o que poderá acontecer no exterior que, quando vocês descobrirem sua Dimensão Interior, não terá mais qualquer sentido.

Mas nós os ajudaremos cada vez mais para irem para vocês, para irem cada vez mais para o estabelecimento do que vocês são, em Verdade e em Unidade, preparando o melhor possível, para vocês como para aqueles que os rodeiam como para a humanidade inteira, o Anúncio de Maria.

Se há em vocês questionamentos, caros irmãos, caras irmãs, sobre esses mecanismos da Consciência, intensos, se há em vocês questionamentos ou necessidades de esclarecimento, vamos, de meu Coração a seu Coração, trocar palavras mas também, e certamente, antes de tudo, na Vibração Unitária.

Eu lhes dou a palavra.

Questão: como saber a que correspondem as Vibrações que sinto e onde nos levam essas Vibrações?

Cara irmã, essas Vibrações a levam a você mesma.
Um certo número de lâmpadas novas são acesas, na humanidade, para aqueles que seguem esse processo Vibratório em curso e mesmo para aqueles que não queriam segui-lo.

O estabelecimento e a colocação em funcionamento de novas lâmpadas, de novos corpos, em suas estruturas, assinalam o retorno à sua Unidade.

A Consciência manifesta-se por Vibrações em novos pontos, mesmo desse Templo corporal.

A Consciência localiza-se onde a atenção se coloca, colocando em Vibração zonas até agora não percebidas em seu corpo.

Não há nem a interpretar, nem a rotular, mas viver, no silêncio do mental, a Vibração que se estabelece em vocês.

Ela os conduz, pela Inteligência da Luz, para vocês mesmos e para nenhum outro lugar.

Vocês devem aprender a confiar na Vibração da Luz e não mais em seu mental.

Vocês devem confiar-se na Vibração do Coração e não mais no que lhes diz sua cabeça, a razão, a sociedade, o afetivo.

Vocês devem passar, através da Vibração, de um modo de funcionamento limitado para um modo de funcionamento ilimitado.

É isso que realizam, em cada um de vocês, as Vibrações novas que muitos percebem sem, efetivamente, identificá-las.

Cada ponto de Vibração novo em seu Templo, nesse corpo, traduz uma função espiritual nova.

Não lhes é solicitado, pelo momento, colocar palavras ou funções mesmo sobre essas funções novas mas, simplesmente, viver a Essência, a quintaessência, deixar-se impregnar literalmente por essas Vibrações novas que muitos percebem, seja has horas dadas por Maria e Miguel, seja independentemente mesmo de qualquer espaço meditativo, hoje.

Isso assinala a irrupção, como o dissemos, da Consciência ilimitada dentro da consciência limitada, uma vez que não é mais necessário, hoje, colocar-se em um estado meditativo para viver as Vibrações, para perceber a intensidade.

Progressivamente e à medida em que vocês se abandonarem a esta Vibração que é Luz, progressivamente, vocês perceberão seu lugar na Alegria, na Unidade.
Isso pode passar, para alguns de vocês, pelo abandono de lugares ilusórios, quaisquer que sejam os domínios da vida.

Vocês não têm, não mais, que se preocupar com isso, vocês têm simplesmente, ainda uma vez, que viver a Essência, a quintaessência, porque é nessas Vibrações novas que se manifesta a Paz, o Samadhi, esta Alegria inextinguível, esta Alegria sem limite que existe no Ilimitado.

Então, certamente, a consciência limitada tem por vezes tendência a resistir, a querer tomar, a querer compreender, a querer interpretar, a querer manifestar.
Nada de tudo isso é necessário.
Há somente a acolher a Vibração da Luz nesses diferentes pontos de impacto porque, levando sua Consciência sobre esses pontos de impacto em vocês, vocês efetivamente realizarão o Ilimitado.

Vocês penetrarão, cada vez mais facilmente, no Ilimitado e transformarão literalmente sua vida inteiramente, até um momento crucial onde tudo o que não é ilimitado, justamente, desaparecerá.

Aqueles que estiverem firmemente estabelecidos nesta Luz não sofrerão de qualquer maneira possível o final da ilusão.

Vocês são convidados a penetrar o Ilimitado, mas o Ilimitado não é questão.
O Ilimitado é resposta.

No espaço Vibratório do Coração, há apenas Alegria, há apenas Felicidade.
As preocupações do que vocês chamam vida comum não existem simplesmente mais.

Vocês não são desconectados da realidade, mas são justamente reconectados à realidade, na Verdade absoluta e não mais na Verdade relativa desse Plano.

Vocês deixam os mundos da ação/reação, os mundos chamados Carma, os mundos do Carma, para os mundos da Felicidade, da Graça, da ação para a ação, privada de toda dualidade e de toda oposição e de toda resistência.

O período é propício ao aprendizado da confiança na Vibração e somente nela, sobretudo não mais ao que vem da cabeça ou jogos diversos e variados que existem na ilusão, a tomada de poder sobre o outro, a ascendência sobre o outro.

As regras sociais, as regras empresariais que lhes foram ditadas e às quais vocês aderiram, sem mesmo colocarem-se a lógica de uma tal Crença ou de uma tal adesão, desaparecem e desaparecerão cada vez mais.

Somente permanecerá a Verdade nua da Vibração nas novas lâmpadas, em seu Coração, nas Três Lareiras.

É nesta Vibração, em vocês ali imergindo, que vocês penetrarão a Verdade do que vocês são.

Questão: poderia nos repetir os lugares dos 5 novos corpos?

Caro irmão, isso foi revelado no Yoga Celestial.
O que revelei são os 5 pontos de Vibração que permitem a atualização desses 5 novos corpos.

Esses novos corpos são acessíveis a alguns de vocês que têm a capacidade Vibratória para viajar na Existência, no corpo incorruptível que era, até agora, prisioneiro no Sol e que alguns de vocês repenetram hoje.

Esses novos corpos não fazem parte de sua Dimensão, mas existem entretanto pontos de gancho que dei no Yoga Celestial.

Existem outros novos pontos em relação, desta vez, com as doze Estrelas de Maria e doze funções espirituais que vêm de sua Existência.

O importante, a localização, permite colocar a atenção e portanto a Consciência sobre esses pontos do corpo e colocar instantâneamente em ressonância e em Vibração, aspectos limitados de vocês e aspectos ilimitados de vocês nesta densidade, permitindo uma reconexão intensa a sua própria Existência.

Esses 5 pontos, situados sobre o eixo vertical anterior do corpo, estão situados na ponta do esterno, entre o que vocês chamam Manipura Chacra e Anahata Chacra.

O 9º corpo está situado sobre a corcova do esterno, o ângulo de Luís, situado entre Anahata Chacra e Vishuddha Chacra.

O 10º corpo está situado entre o pomo de Adão e o queixo, entre Vishuddha Chacra e a boca.

O 11º corpo, ou o 11º ponto de Vibração, para ser mais exato, está situado sobre o lábio superior, o 12º corpo está situado exatamente acima de seu nariz, na bola do nariz.

Esses 5 novos pontos de Vibração ativam-se atualmente.
(nota: vocês encontrarão esquemas de localização desses pontos na rubrica de nosso site «protocolos/reunificação dos 5 novos corpos», e aqui no blog http://leiturasdaluz.blogspot.com/2010/04/protocolo-praticar-autres-dimensions.html)

Muitos de vocês percebem Vibrações no rosto, no nariz, nas asas do nariz, em torno dos olhos, na boca.

Obviamente, ao nível da Coroa e também, para os mais avançados de vocês, um ponto central ao nível do chacra coronal.

Várias informações importantes ser-lhes-ão reveladas nas próximas semanas, referentes ao acesso à Existência.

Lembrem-se que o acesso à Existência é hoje simples, uma vez que necessita simplesmente colocar a atenção e a Consciência limitada nesses lugares do corpo, que se colocarão a vibrar e permitirão, então, a transferência de sua consciência do limitado ao Ilimitado e sua passagem no corpo de Existência.

Vocês são todos convidados a isso, sem exceção.
Não existe qualquer obstáculo cármico, de idade, de doença, somente seus próprios condicionamentos, somente suas próprias resistência os impedirão de aceder a isso.

Nada mais do exterior de vocês mesmos, dentro do instante, não pode vir perturbar seu estabelecimento na Luz.
Mas, para alguns de vocês, no entanto buscando Verdade e autenticidade, ser-lhes-á preciso soltar e soltar ainda tudo o que são Crenças, certezas, condicionamentos.

Ir para o novo apenas se pode fazer deixando morrer o antigo.
Vocês não podem manter o antigo e deixar viver o novo.

Questão: poderia desenvolver sobre o caminho do Coração, a Compaixão e o Perdão?

Caro irmão, existiram muito numerosos ensinamentos, em particular em certas formas de Yoga, como o Yoga da devoção, o sentido do Serviço.

Acontece que muitas almas são levadas neste caminho e são levadas no sentido do Serviço o mais absoluto e o mais total.

Estão no entanto essas almas abertas ao nível do Coração?

Quando falo de abertura do Coração, não falo de uma visão do mental, não falo unicamente do perdão que pode ser atribuído na cabeça, não falo unicamente do que existe na adesão ao Bhakti Yoga ou no Yoga do Serviço.
Eu falo, realmente, da Vibração concreta, perceptível e percebida, de maneira autêntica, ao nível do chacra do Coração.

Vocês podem permanecer o conjunto de vidas que existem na matriz, no Serviço, se seu Coração não vibra, esse Serviço faz de vocês um salvador e não um ser livre.

Há uma grande diferença entre amar e servir, na matriz, e amar e servir no Ilimitado.
A diferença essencial situa-se ao nível da Vibração.

Lembrem-se: ninguém poderá penetrar o Reino dos Céus se não voltar a tornar-se como uma criança.
Voltar a ser como uma criança necessita ser livre de toda Crença, de todo condicionamento.

O ser humano tem a capacidade de aderir a múltiplas Crenças.
A Crença no Amor não é o Amor, crer que o Serviço vai liberá-los da matriz, crer que fazer o bem vai liberá-los da matriz, os mantêm na matriz.

Aceder ao Ilimitado é outra coisa: aceder ao Ilimitado é sair dos papéis condicionantes, quaisquer que sejam, é sair mesmo da vontade de Serviço, porque a maior parte dos seres engajados nas noções de perdão e de Serviço são seres que apenas buscam uma coisa: é o reconhecimento, e nada mais.

Estabelecer-se em si mesmo na Verdade não é isso, é fazer vibrar o Coração e insistiremos cada vez mais pesadamente nisso.

Como saber se seu Coração está aberto?
Bem, é simples: ele vibra ou não vibra.
Vocês estão na Alegria ou vocês não estão na Alegria.

Todo o resto são apenas Crenças.

Olhem o que foi feito do conjunto de religiões sobre este planeta, olhem o que foi feito do conjunto de ensinamentos os mais místicos, os mais autênticos, pelos seres que realmente conseguiram tocar o Ilimitado.

Olhem os fechamantos que nasceram de todos os condicionamentos.

Assim, portanto, é certamente muito louvável passar sua vida no Serviço e na devoção, mas isso nutre a matriz, do mesmo modo que crer em nada ou fazer o mal.

Que vocês aceitem isso ou não, não mudará a Verdade do Ilimitado.
O Ilimitado é Vibração.
Esta Vibração manifesta-se ao nível das Coroas Radiantes do Coração, da cabeça e, em definitivo, no Triângulo Sagrado, permitindo-lhes o acesso ao Ilimitado e à Existência.

Todo o resto são apenas quimeras, todo o resto é apenas ilusão.

Enquanto vocês permanecerem fechados dentro de uma Crença, vocês não são livres.

A liberdade de que falo não é a liberdade de pensar, é a liberdade de vibrar, o que não é exatamente a mesma coisa.

Vocês devem liberar-se, vocês mesmos, de seus próprios condicionamentos.
Eu não falo mesmo de condicionamentos que existiram e que desmoronaram-se sob seus olhos e que desmoronar-se-ão dia a dia.
Eu falo daqueles que vocês criaram, que os colocaram em sua fortaleza interior e que os impedem de terem acesso à simplicidade.

A simplicidade é Vibratória, a simplicidade é humildade, antes de qualquer coisa.

Obviamente, quando vocês se colocam no Ilimitado, na Vibração da humildade e da simplicidade, sua vida torna-se Serviço, mas não o inverso.

Vocês podem passar a vida no Serviço e jamais vibrar no Coração.

Questão: pode-se atingir esses estados em caso de deficiência (psicomotora, motora...)?

Cara irmã, de meu Coração a seu Coração.

Efusão de energia junto à pessoa que colocou esta questão...

As balizas a colocar são, já, pensar e imaginar que a doença, o sofrimento, a deficiência que são, certamente, limitações, não estão em nenhum caso presentes no Ilimitado.

Devido à presença da Luz autêntica Vibral, extremamente próxima de sua densidade, o que podia ser um obstáculo essencial, anteriormente, não é mais um hoje.

Eu a remeterei, cara irmã, aí também, às palavras de Cristo, quando ele dizia ao cego: «não fui eu que te salvei, mas a tua Fé».

Eu entendo por Fé, como o entendia certamente Cristo, não a Fé cega em dogmas, em Crenças, mas, simplesmente, muito simplesmente, ter mais Fé no Ilimitado do que no limitado.

Questão: sinto menos abertura de Coração seguindo os ensinamentos propostos por intermédio de seu canal que com outros ensinamentos. Por que?

Caro irmão, há várias moradas na casa do Pai.

Se o que lhe digo não vibra em você, então, desvie-se daqui.
Vá onde o leva seu Coração, mas esteja bem atento para que o Coração não seja seus desejos ao nível da cabeça.

A Vibração do Coração é uma Vibração real.
Aquele que a vive, apenas uma vez, não a esquecerá jamais.

Enquanto ela não tiver sido vivida, obviamente, ela será colocada em dúvida.
Que seja neste ensinamento como em qualquer ensinamento.

Somente o olhar fragmentado, separado e dividido pode fazer escolher um ensinamento ao invés de um outro.
No Ilimitado, não há preferência para um ensinamento antes que para um outro porque, a partir do momento em que você vibra no Coração, você vibra no Coração e, ainda uma vez, o Coração é resposta e não pergunta.

Assim portanto, se lhe parece, se existe uma impressão da alma ou da personalidade de que alguns ensinamentos o fazem vibrar, então, o que o impede de vibrar com eles?

Mas eu persisto a dizer-lhe que, a partir do momento em que seu Coração não esteja mais colocado ao nível do plexo solar mas, realmente, no Coração, quando você vive a experiência, não pode mais ali haver qualquer dúvida.

Somente a cabeça discrimina, somente o julgamento leva uma escala de valor ao que se produz num ensinamento ou num outro.
Tudo depende do ponto de vista, também, que é levado ao ensinamento que é dado.
O ensinamento, enquanto permanece ensinamento, permanece letra morta.
Se o ensinamento torna-se vibração, aquiescendo à Vibração, há real abandono à Luz e portanto abertura de Coração.

O Coração é Luz.
A Luz que não está no Coração é uma luz mental.
Ela foi chamada, nesse mundo, ilusão Luciferiana.

Muitos ensinamentos justos, autênticos, verdadeiros, têm apenas uma finalidade, nesta humanidade: dominá-los sempre e ainda mais na cabeça, para evitar que vão no Coração.
Ir no Coração não é uma atitude mental.
Ir no Coração é Vibração.

Quando a Vibração do Coração se manifesta, apenas uma vez, vocês compreendem a Essência e a quintaessência.

É o mesmo para as pessoas que viveram, de maneira fortuita, acidental, uma experiência nas fronteiras da morte ou concebidas como tal, em todo caso.
O reencontro com a Luz mudou, naquele momento, o destino dessas pessoas.
A simples lembrança da experiência vivida é transformante.

O que nós lhes propomos, hoje, não é uma experiência, mas um estabelecimento na nova Vida.

Ainda uma vez, você tem, bem amado irmão, a liberdade de aceitar ou de recusar, mas compreenda bem que a aceitação ou a recusa o coloca irremediavelmente dentro do julgamento e dentro da cabeça e absolutamente não dentro do Coração.

A partir do momento em que há discriminação, a partir do momento em que se corta, a Unidade não pode mais existir, há necessariamente retorno à dualidade.

É esta experiência também que vários de vocês vão integrar nos tempos que vêm.
Em função de seus atos, em função de seus comportamentos, em função de suas escolhas, vocês constatarão que a Vibração do Coração afasta-se ou intensifica-se.

É isso, ser guiado pelo Coração e não mais pela cabeça e nada mais.
O que está, obviamente, além de todo ensinamento.

Vocês não estão mais na era dos ensinamentos, vocês estão na era da Vibração, porque a Vibração é o ensinamento autêntico.
Jamais a Vibração do Coração poderá enganá-los, jamais a Vibração de seu próprio Coração poderá levá-los para um impasse ou para a dualidade, coisa que fez, de maneira habitual, quotidiana, e diria mesmo milhares de vezes por dia, sua cabeça.

Colocar-se sob a influência do Coração e sob a Vibração do Coração necessita viver, obviamente, os fundamentos e a realidade e esta realidade não é uma adesão a um ensinamento nem a uma Crença, mas o estabelecimento, em si mesmo, da Vibração do Coração.

Muitos seres humanos assimilam o Coração ao prazer.
Muitos seres humanos assimilam a Vibração do Coração a uma relação de dependência, de dominação, de falsidade.
A Vibração do Coração é.
E, uma vez que ela é, ela é.

Questão: o Anúncio de Maria se faz em duas etapas, dois Anúncios?

Caro irmão, seria necessário precisar um pouco mais seu pensamento.
O Anúncio de Maria é algo muito preciso.
O Anúncio, para além das palavras que ela pronunciará, será sobretudo o meio de estabelecer o contato Vibratório com o que ela mesma disse: a Dimensão de nossa Criadora de todos, sem exceção, nesta dimensão, que foi, como o sabem, depois, transformada.

Este Anúncio é uno e indivisível.
Trata-se do anúncio que teria sido previsto para os 3 dias?
É o único e único.

Lembrem-se também que este Anúncio é destinado ao conjunto da humanidade, não dentro de um canal mas em seu próprio canal, ao conjunto da humanidade.

Mas muitos seres desviar-se-ão deste Anúncio, como uma vaga ilusão ou uma vaga alucinação, ainda que tenham captado a realidade do processo.

Falou-se de um Anúncio de Maria durante o período de 17 de julho a 29 de setembro.
É um Anúncio único que anuncia o retorno de Maria e que anuncia, do mesmo modo, os 3 dias.

Questão: quando as felizes borboletas tiverem nascido, onde irão alimentar-se?

Bem amada, para isso é preciso que responda a borboleta, ora, é a lagarta que coloca a questão.

Questão: eu me pergunto se vivo realmente a Vibração do Coração?

Não estou certo de apreender o alcance desta questão.
Como se pode duvidar de uma Vibração que é vivida, sentida na carne?

Ainda uma vez, quando a autenticidade da Vibração do Coração se instala, ou se vive uma vez, jamais se pode duvidar, porque ela se traduz, para além da Vibração, pela penetração da Consciência na Alegria, no Samadhi.

Vomo você quer que uma alma humana, mesmo limitada, esqueça o acesso a esta Alegria que transcende e supera todas as Alegrias possíveis na limitação?
É impossível.

Questão: em caso de intervenção física pesada, há necessidade de reconstituir os corpos sutis?

Os corpos sutis, cara irmã, assim como os nomeia, pertencem à ilusão.
O que foi chamado o corpo atral, o corpo mental, participa e procede e precede a Criação da matriz.

Os corpos de que falo (os 5 novos corpos ou corpos de Existência) não estão na matriz mas no Sol.

Não há portanto que querer reparar algo para aceder a outra coisa.
Há simplesmente que aceder a esta outra coisa, que permitirá, por seu aspecto ilimitado, remeter a Luz no que há necessidade de ser reparado.

O ponto de vista é profundamente diferente.
Num ponto de vista, vocês adotam uma visão limitada, ação/ reação, ferida/reparação.
No outro caso, vocês não se interessam mais completamente ao que é limitado mas vocês se interessam ao modo de contatar o Ilimitado.

Tendo contatado este Ilimitado, a Luz e sua Inteligência agirá, passando pelas portas do Coração, nas estruturas da ilusão, para fazer de modo que elas não sejam mais um obstáculo a seu acesso à sua Imanência.

O ponto de vista é profundamente diferente, é o que chamaria, um ponto de vista vindo da dualidade e, num outro caso, um ponto de vista Unitário.

Questão: o Ilimitado está igualmente no nosso Interior?

Caro irmão, foi conservada, pelos esforços importantes e estratégias importantes da Luz em sua estrutura limitada, a capacidade de acesso a seu Ilimitado, sem isso vocês não existiriam simplesmente mais, mesmo como forma limitada.

Existe em vocês, portanto, nesse Templo físico, orgânico, a capacidade, a memória, sob forma do que os Tibetanos chamaram a gota vermelha e a gota branca, a capacidade de religarem-se a sua Existência.

Existência que, como eu os lembro, estava prisioneira no Sol.
Hoje, reconectando os pontos de Vibração, vocês reconectam sua Existência, que não fazia parte de sua vida, mas que era apenas um fenômeno memorial.

A Dimensão do corpo de Existência nada tem a ver com a Alma que é, ela também, ligada à matriz.
Ela está em relação com o Espírito Supremo, ela está em relação com a Fonte, bem além das limitações desse mundo e mesmo dos aspectos sutis desse mundo, desta Dimensão.

Assim, as chaves de acesso do Ilimitado estão no interior desse Templo físico e de suas estruturas sutis, que pertencem, de maneira irremediável, à limitação e à matriz.

Entretanto, aceder a essas chaves transforma, completamente, sua Vibração, sua visão e sua vida.
Assim, portanto, existe, no limitado, o acesso ao Ilimitado, mas o Ilimitado não está presente inteiramente em sua consciência limitada.

Questão: como permanecer sem reagir frente a emoções negativas?

Cara irmã, todos os fatores ligados à superação desta negatividade estão obviamente no acesso ao Ilimitado.
Enquanto você não está no Ilimitado, você reagirá e reagirá e reagirá sem fim.

O bem chama o mal e o mal chama o bem: essa é uma visão e um ponto de vista em relação direta com a dualidade.

Quando você penetrar as esferas da Vibração do Coração, quando você penetrar a Existência, tudo muda inteiramente.
As emoções não chamam mais reação, as emoções são vividas como tais, como exteriores ao Ilimitado, o que é o caso.

Enquanto você está submissa a suas emoções, enquanto você está submissa à sua razão, você não está no Ilimitado.
Você não se colocou portanto a questão de superar isso, porque isso será superado espontaneamente por seu acesso ao Ilimitado e não por uma qualquer vontade e não por um qualquer desejo, mas sim por um estado Vibratório diferente de sua Consciência.

Questão: pode-se praticar ao mesmo tempo o protocolo sobre a ativação dos 5 novos corpos e aquele da superação da dualidade com os selos de Salomão e os Merkabah?

Caro irmão, pareceria ter, na consciência limitada que você é, uma necessidade premente de aceder ao Ilimitado.
Qual é a questão?
Esta prática é certa ou não?
Ela é certa, mas assim que você tiver tocado esta Dimensão da Alegria Interior, eu posso afirmar que não terá mais necessidade de qualquer técnica.
Posso afirmar também que não terá mais necessidade de qualquer meditação, porque terão se tornado, vocês mesmos, a meditação, terão se tornado, vocês mesmos, o Ilimitado, e não terão mais necessidade de repassar pelos meios limitados para aceder ao Ilimitado.

Restar-lhes-á irradiar, estar no Amor, mas no sentido autêntico.

Então, vocês podem praticar o conjunto do que lhes dei ou outras coisas, o importante sendo não perder de vista o acesso à Vibração.
Mas, dentro deste acesso, mais nada terá importância que viver este estado.

Eu passei minha vida a me retirar (de uma certa maneira, ainda que o mundo tenha vindo a mim), para viver, compreender e instalar a experiência inicial que havia vivido, coisa que consegui levar a termo.

Assim, posso afirmar mas, enquanto vocês não o tenham vivido, colocam-no na dúvida.

Quando vocês se estabelecem nesta Vibração e nesta Consciência, não há nada mais que esta Consciência.
Vocês se aproximam de espaços que chamei, na Vedanta, a dissolução, assim como foi também aproximado, por exemplo, por Patanjali e por outros Seres.

Quando vocês vivem este estado de dissolução, não são vocês que colocam à morte a personalidade ou as Crenças, é que vocês se deixam investir, inteiramente, pela Totalidade.

Então, obviamente, tudo o que é limitado, fragmentado, tudo o que existia na vida limitada, mesmo em seus condicionamentos, da consciência que vocês eram, dentro do jogo, não existe mais.

Viver isso é o objetivo, hoje, para aqueles que o desejam, ainda uma vez, senão vocês têm toda liberdade de continuar a evoluir no livre arbítrio, nos condicionamentos, mas seu futuro e sua evolução não será certamente o mesmo, de acordo com as escolhas que vocês fizerem.

E lembrem-se de que essas escolhas não são uma qualquer visão do espírito ou um qualquer desejo, mas serão unicamente ditadas por suas capacidades Vibratórias e nada mais.

Questão: quando se contatou a Existência, por que não se pode ali acessar tão facilmente ou tão frequentemente como se gostaria?

Caro irmão, a resposta é muito simples.
Temos necessidade de vocês nesta densidade.

Então, ter já vivido a experiência da Existência é uma certeza interior, mas você tem um papel e uma função, nesse mundo, que Miguel especificou: semear e ancorar a Luz.

Como você quer ancorar a Luz e semear a Luz passando seu tempo, permanentemente, no corpo de Existência?
Hoje, é-lhes solicitado integrar a Existência dentro da personalidade e não ir explorar, pelo momento, as estradas multidimensionais do Ser.

Um pouco de paciência.

Questão: sabendo que o sol está mudando, é perigoso expor-se a ele?

Caro irmão, aí tembém, tudo depende do ponto de vista.
Um certo número de Radiações e de Vibrações cósmicas chamadas Radiações ionizantes chegam sobre esta Terra, de modo cada vez mais intenso.
Essas radiações ionizantes, chamadas por seus cientistas de raios gama, ou raios X, têm efeitos profundamente deletéreos sobre os corpos físicos.

Isso é certo, tanto que vocês estão submetidos às influências desse corpo físico, mas, quando sua Consciência penetra o Ilimitado, as Radiações ionizantes, os raios gama, os raios X e outras características de irradiações que vocês ainda não conhecem, estão justamente aí para «destruir» a ilusão e permitir-lhes aceder a este Ilimitado.

Então, aí também, tudo depende do ponto de vista.
O ponto de vista da dualidade vai tudo fazer para evitar essas irradiações, enquanto que são elas que permitem a transformação.

Não se trata de um paradoxo, mas, bem mais, de uma diferença de ponto de vista e de visão.

O Sol, as irradiações estão profundamente diferentes, então, obviamente, o ponto de vista da dualidade vai tudo fazer para evitá-las e, aliás, aqueles que estão na Sombra, tudo têm feito para que essas irradiações lhes cheguem atenuadas, porque eles têm medo.

Ora, o que vem é Luz.
A Luz assinala o fim desse mundo.

Vários místicos, vários despertos, desde um século, viveram esta transformação final.
Então, obviamente, aqueles que estão na dualidade chamarão a isso horror, chamarão a isso cataclisma e aqueles que estiverem na Luz chamarão a isso Luz.

Será o mesmo processo, mas o modo de vivê-lo será profundamente diferente para cada um.
Dependerá apenas de sua capacidade para viver na Vibração ou não.

Lembrem-se, permanentemente, a diferença entre a lagarta e a borboleta.
Com uma diferença essencial, é que quando vocês se tornam borboleta, quando se tornam o que vocês são, vocês não estão mais limitados pela forma da borboleta, assim vocês podem viajar de Vibração em Vibração, de Dimensão em Dimensão, sem estarem limitados pela forma que possuem, nesta ilusão ou ainda na borboleta.

A borboleta, assim, pode se fazer estrela.
A borboleta, assim, pode se fazer andorinha.

Questão: o que chamamos a Vibração no Coração seria a ativação da parte divina do Coração?

Caro irmão, a Vibração do Coração é Vibração do Coração, por que querer ali ter outra coisa?
A Vibração do Coração é percepção da Coroa Radiante do Coração, de uma rotação e de uma modificação da Consciência que existe no Coração, nada mais.
Do mesmo modo que neste espaço, como na humanidade, tornou-se cada vez mais fácil perceber e sentir a Coroa Radiante da cabeça.

Lembrem-se o que dizia o bem amado Sri Aurobindo quando era São João: «haverá muitos chamados e poucos escolhidos».
Os chamados são aqueles que sentem a Coroa Radiante da cabeça, mas o tudo não é permanecer ao nível da Coroa Radiante da cabeça, mas fazer passar essas percepções Vibratórias percebidas na cabeça para o Coração.

Então, por que querer ali colocar outras palavras?

Então, obviamente, poder-se-ia chamar a isso Ilimitado, Samadhi, Paz, Alegria mas, antes de tudo, é uma Vibração e uma Consciência.

Questão: há outros caminhos além da meditação para trabalhar o Despertar do Coração?

Sim, caro irmão, existe um caminho, ainda mais simples, chamado por Anael, o abandono à Luz e, quanto a mim, chamaria acolhimento da Luz.

O acolhimento da Luz é um ato espontâneo.
Para muitos de vocês, é mais fácil viver esta aproximação quando da meditação porque, quando da meditação, teoricamente, o mental, as emoções, colocam-se em retirada.
Para outros, enfim, será muito mais simples, realizando um ato quotidiano da vida, qualquer que seja.
Alguns, enfim, terão a capacidade, nos próximos meses, simplesmente colocando a atenção e a Consciência sobre a zona do Coração, do centro do peito, verão ativar-se a Vibração, simplesmente, e a Consciência vai modificar-se a partir daí.

Isso tornar-se-á cada vez mais fácil.

Lembrem-se que existem reservas ou resistências, em vocês mesmos, no que chamei a fortaleza que construíram, sempre em reação a medos, quaisquer que sejam: medo de perder a vida, medo da falta, medo do abandono, todos esses medos que a humanidade conhece perfeitamente e que foram implantados em suas estruturas físicas perfeitas, por agentes opostos à Luz.

Hoje, vocês estão no período em que torna-se fácil superar os medos.
Mas, ainda uma vez, é preciso que sua Consciência, sua atenção, não se perca na vivência desses medos ou na análise desses medos.

Lembrem-se que o medo reforça o medo e que a Vibração reforça a Vibração.
Cabe a vocês escolherem.

Lembrem-se também que não existirá, nos tempos que estão agora aí, qualquer possibilidade de se apegar ao que fazia suas vidas até agora.
O único modo de se religar será unirem-se a sua Dimensão ilimitada.

Vocês não encontrarão qualquer certeza no mundo exterior, vocês não encontrarão nada mais além de emoções, como o olhar da lagarta.
A única força poderá apenas vir do interior, de seu Coração, da Vibração da Luz em vocês.

Questão: centrar-se na Consciência desta Vibração permitiria reduzir o período de tribulações e de ajustes emocionais?

Cara irmã, quanto melhor e mais tivermos Consciências humanas instaladas na Vibração do Coração, melhor e mais o período chamado tribulação será curto.

Questão: quando não se sente mais emoção na morte de pessoas próximas, isso corresponde a uma evolução com relação ao que vivemos ou o fato de ter-se tornado um coração de pedra?

Cara irmã, isso corresponde inegavelmente à abertura do Coração à Unidade.
A perda de um parente, vivida nesse mundo como uma ilusão, como um sofrimento, por vezes extremo, se vocês adotam o ponto de vista da borboleta, naquele momento, isso é liberação.

Não pode portanto ali haver sofrimento, sobretudo hoje, quando do retorno de um parente para a Luz.
Não pode ali haver sofrimento com relação à falta, com relação à emoção, justamente.

Ora, aquele que vive a Vibração da Unidade e as evoluções atuais não pode ser afetado, de nenhuma maneira, pela morte de um parente.
Porque, a partir do momento em que vocês aceitam que a morte é o acesso à Unidade (sobretudo agora, desde que a matriz está sendo dissolvida no mundo astral), por que quereria você sofrer quando alguem acede à Luz.

O Amor é também isso.
É aceitar que o outro seja livre e acolher o que acontece nesse mundo como o acesso a algo de profundamente diferente e de profundamente luminoso.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Então, caros irmãos e irmãs desta humanidade ainda em encarnação, eu lhes transmito, de meu Coração a seu Coração, a Paz, o Amor, a Luz e a Verdade.

Voltarei ao final desta intervenção, ao mesmo tempo que o Arcanjo Uriel, para tentar nos aproximarmos uns dos outros, na Presença.
___________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão para o português : Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com