Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

30 de abr de 2011

HILDEGARDE DE BINGEN – 30 de abril de 2011

Mensagem publicada em 2 de maio, pelo site AUTRES DIMENSIONS.
Áudio da Mensagem em Francês

Link para download: clique aqui



Eu sou Hildegarde de Bingen.
Irmãos e Irmãs encarnados humanos, meu Amor rende graças ao seu Amor.

Eu venho, hoje, completar coisas que já abordei quando de minhas intervenções concernentes à tensão para o Abandono, que estava já em ressonância com meu lugar de Estrela chamada Repulsão.

Eu volto hoje para avançar um pouco mais na compreensão que, eu espero, contribuirá para fazê-los ir para essa tensão do Abandono, para o CRISTO.

Eu venho falar-lhes do eixo específico,chamado KI-RIS-TI / REPULSÃO, situando-se de um lado e de outro do eixo AL-OD e simétrico ao eixo de que falaram minhas Irmãs, chamado ATRAÇÃO / VISÃO.

Esse eixo ATRAÇÃO / VISÃO representou o eixo que substituiu-se ao eixo AL-OD, à Luz original, para dele fazer um eixo de Luz obliquo e desviado de sua função.

A potência do eixo KI-RIS-TI / REPULSÃO é que permitiu, desde bem antes da encarnação do CRISTO, manter um aparente equilíbrio e evitar que se perdesse, inteiramente, o Espírito, o que, obviamente, era impossível, mas que poderia conduzir a encarar períodos de subidas para a Luz muito mais longas, muito mais difíceis do que era previsto pelos ciclos da humanidade.

A alma humana, hoje, nesse mundo, entrou diretamente, desde já numerosos anos, no final de um ciclo que foi chamado, junto a nossos amigos orientais, o Kali Yuga, o fim da Idade sombria, e, mais próximo de nós, o Apocalipse ou a Revelação.

Como inúmeros Arcanjos e como o Grande Comandante (ndr: O.M. AÏVANHOV) disseram, vocês entraram agora no Fim dos Tempos, ou seja, em seu periodo Ascensional.

Eu venho, portanto, apresentar-lhes, além do que eu disse pessoalmente concernente à Repulsão, insistir particularmente sobre o eixo KI-RIS-TI / REPULSÃO, que é capaz de tirá-los da ilusão da Luz oblíqua, chamada ATRAÇÂO / VISÃO.

Inúmeros elementos foram-lhes dados por minhas Irmãs,  concernentes a essa atração, essa sedução, de algum modo, e tudo o que estava ligado à visão e suas diferentes características, o que permite diferenciar a visão do olho, a Visão do Coração, da Visão interior.

A palavra repulsão, na linguagem humana ou mesmo a palavra  mal, pode parecer, efetivamente, contrária a uma lógica espiritual.
Não é assim, se considera-se, justamente, a potência do eixo KI-RIS-TI / REPULSÃO.

CRISTO veio, há 2.000 anos, dar o impulso inicial, de algum modo, permitindo o trabalho que realizou-se, doravante, desde alguns anos, e que é, portanto, sua liberação total, se tal é sua possibilidade Vibratória, da Ilusão desse mundo, penetrar, novamente, na verdadeira Vida, a Vida Eterna, aquela em que não existe qualquer separação, qualquer divisão, qualquer predação e onde toda sede será saciada, como dizia o CRISTO em sua vida.

Ele é a Fonte de Água Viva, Ele é a Espada, a Espada de Verdade.
Ele é a Espada que vem cortar o que é supérfluo.
Ele é a Luz que desvenda e revela.
Ele é a Luz que queima o que deve sê-lo.
Ele é a Luz que os restitui a vocês mesmos, bem além do papel histórico atribuído por uma encarnação, que foi, aliás, transformada e travestida pelos detentores do poder e da ortodoxia.

Lembrem-se de que, sempre, a Luz apenas serve-se do que é existente.
A Luz pode apenas manifestar-se, enquanto a Sombra nada pode criar, mas pode apenas inverter o que é da ordem da Luz, para desviá-la, de algum modo, de sua função de Amor e de Liberdade.

O conjunto de regras, quaisquer que sejam, o conjunto de leis, quaisquer que sejam, em qualquer país que seja, tiveram apenas um objetivo: é o de evitar que a alma humana reencontre a Luz.

Mesmo as coisas as mais insignificantes, que possam corresponder a um conforto chamado exterior, facilitando a vida, trazendo uma segurança, trazendo uma facilitação de alguns elementos difíceis da vida a mais próxima da natureza, definitivamente serviram apenas a um único objetivo: é sempre mais levá-los a viver especificamente a  sedução, a atração, a visão, o desejo, a não satisfação.
Toda a vida é construída assim, desde o nascimento até a morte.

As próprias religiões, sem exceção, não derrogam essa regra, porque elas todas travestiram a Verdade, por vezes conscientemente, por vezes, inconscientemente, mas, cuja finalidade sempre foi a mesma, sem querer ou querendo, afastá-los da Verdade, afastá-los de sua Verdade Final.

O eixo KI-RIS-TI/REPULSÃO vai permitir-lhes, para além de toda crença, para além de toda suposição, engajá-los para viver o que muitos de vocês viveram aqui, a Cruz da Redenção, retificar a luz falsificada e penetrar os arcanos da Verdade.

Felizmente, a História da humanidade sempre foi portadora de testemunhos, em todos os povos, que tiveram êxito, de uma maneira ou de outra, em viver, exprimindo-o segundo a cultura deles, o princípio da Unidade.

A diligência de CRISTO e do eixo KI-RIS-TI / REPULSÃO é, antes de tudo, ligada a uma doutrina muito específica, chamada o monismo ou a Unidade, também chamada, na Índia, o Advaita Vedanta, mas onde, em algumas tradições, mesmo ocidentais, vocês reencontrarão vestígios, através de alguns místicos, ainda que eles não fossem capazes, em sua vida (ou como eu, em minha vida) de chamar isso a Unidade, mas de vivê-la, em todo caso, a fim de transmitir, de algum modo, um testemunho de possibilidades inerentes ao estado de Unidade.

Foi assim, como eu disse, que eu pude percorrer os arcanos dos segredos da Criação, levando a dar-lhes e a apresentar-lhes remédios em todos os reinos de campos, um conjunto de conhecimentos do universo e do cosmos, bem além do que é possível pela simples ciência ou pela simples observação da natureza.

Vocês devem, já, aplicar uma lei essencial.
As leis da matéria são conhecidas, hoje.
Vocês as aprendem na escola.
Essas leis são chamadas de diferentes modos, mesmo ao nível espiritual, mas elas tentaram, todas, apreender a realidade desse mundo.

A grande falsificação consistiu em fazê-los crer que as leis do Espírito eram, de algum modo, estritamente as mesmas que as leis da matéria.

Inúmeras frases bem conhecidas foram extremamente enganosas nesse propósito, como, por exemplo, a frase de Hermès Trismégiste: «O que está no alto é como o que está embaixo, para fazer o milagre de uma única coisa».

O que está no alto é como o que está embaixo, em toda a escala das Dimensões, sim, mas na condição de que sejam Unificadas.

O próprio princípio da falsificação, através do eixo ATRAÇÃO / VISÃO, foi desviar essa Lei de Unidade para criar o que vocês têm hoje, sob os olhos, em suas vidas, nos seus mundos, a saber: a predação, a insuficiência, a inveja, o desejo, a esperança ou a esperança do amor, a esperança de um mundo melhor, a esperança de um futuro melhor, obviamente, não se realiza jamais, salvo para aquele que encontrou, justamente, o caminho e a porta de saída.
Neste caso, o ser vai continuar seu caminho, ao mesmo tempo estando consciente de que esse caminho é um caminho de Ilusão e de que a Verdade não é desse mundo.

O eixo KI-RIS-TI / REPULSÃO é o eixo que vem contrabalançar o eixo da luz oblíqua.

A encarnação do CRISTO, que prepara esses momentos que vocês vivem agora, teve esse único objetivo de fecundar a Terra, de despertá-la, de algum modo, à sua Dimensão de Unidade e prepará-la para sua Ascensão.

As circunstâncias, bem reais, produziram-se na crucificação de CRISTO. A ocultação do céu e os tremores de terra foram uma realidade, traduzindo a reconexão estabelecida pelo CRISTO, a possibilidade da Redenção, a possibilidade da Ressurreição, que vocês vivem atualmente.

Assim como disse minha irmã Yvonne Amada, o eixo KI-RIS-TI vai bem além da adesão a uma religião ou a uma vida ou a uma experiência de um ser, fosse a própria Fonte.

Ele veio apresentar-lhes um modelo, um caminho, que, hoje, deve fazer parte integrante de seu caminho. O que foi chamado por Amada, eu creio, a Fusão, a Simbiose, com o CRISTO.

A ATRAÇÃO é contrabalançada pela REPULSÃO.
É o equilíbrio, nesse mundo, que vocês chamam do bem e do mal, leis do eletromagnetismo, da gravidade, da lei de Carma.

A REPULSÃO é também ligada, pelo eixo, a CRISTO.
É o eixo que vai permitir-lhes, justamente, sair da ilusão da lei de Carma, veiculada por algumas crenças e algumas religiões, também tão nefastas como as religiões que negaram a reencarnação.

A reencarnação é ligada ao confinamento e unicamente ao confinamento.
O confinamento consiste em cortar a Fonte e, sobretudo, em criar a obrigação de gerar um novo corpo.
Essa obrigação de gerar um novo corpo cria relações chamadas os laços do sangue, que o CRISTO veio, quando de sua encarnação, resolver, ilustrando, com isso, a frase na cruz, quando ele disse a Maria e a João: «João, eis sua mãe. Mulher, eis seu filho».

O sacrifício do CRISTO, além da crucificação, consistiu, sobretudo, em tirar as correntes da carne.
Essas cadeias da carne são ligadas ao próprio princípio da reencarnação, à necessidade de retomar corpo e fazer crer ao humano que, progressivamente e à medida de suas encarnações, ele ia poder purificar-se e escapar à referida reencarnação.

Todo um sistema foi construído sobre isso, bem além de suas crenças na reencarnação ou não, chamado o sistema de controle mental humano, indo mesmo até a criação de entidades ditas de luz, vindo acolhê-los em sua morte, mostrando-lhe os atos de suas vidas, mostrando-lhes uma luz ao longe e dizendo-lhes que era necessário voltar, que não era o momento.

Os testemunhos de pessoas que realmente morreram vão no mesmo sentido e descrevem perfeitamente a vida no que é chamado o astral, com suas diferentes camadas, seus diferentes estágios, até seus estágios ilusórios os mais elevados, como os Mestres orientais chamaram Shamballah, onde a vida era paradisíaca, onde o corpo tornava-se luz, onde jardins maravilhosos eram criados, onde a vida parecia funcionar de maneira muito mais leve do que existe na superfície desse mundo, desse lado aqui do véu.

Essa Ilusão perfeita foi mantida durante milênios por aqueles que, em algum lugar, puxam os cordões desse mundo, sem que vocês se deem conta, de maneira totalmente invisível e que criam mesmo as condições de sua perpetuação na Ilusão, através, justamente, dessa trama astral, dessa matriz astral chamada o sistema de controle do mental humano.

As condições foram criadas pela associação, a esta Terra, de um satélite, chamado a Lua, totalmente artificial, cujo único objetivo é recriar, num ciclo de 28 dias, as menstruações da mulher, como as marés, e, portanto, manter uma ilusão de refletir a luz do Sol e de manter o que vocês chamam o eletromagnetismo.

Esse confinamento, vivido neste planeta, é o mesmo vivido pelos outros planetas e pelo próprio Sol, dando a ilusão de que o funcionamento do Universo faz-se segundo as mesmas regras que aquelas que vocês aplicam nesse Mundo.
Nada é menos verdadeiro.
Isso, algumas de minhas Irmãs já disseram.

A origem, mesmo Vibratória, das palavras que vocês pronunciam, sem delas conhecer o significado e o alcance real, ilustra, à perfeição, essa maravilhosa falsificação que, hoje, cai e que nós, minhas Irmãs, assim como os Anciões ou os Arcanjos, pouco a pouco, por toques sucessivos, desvendamos desde alguns anos, a fim de permitir-lhes ousar ir para sua Verdade.

Simplesmente, o que vocês veem com seus olhos, com suas tecnologias, vocês que estão no solo, nesta Dimensão, e que vocês chamam o cosmos, é apenas a tradução e a paródia do cosmos do verdadeiro Universo, que aqueles que provocaram essas leis de predações criaram, mantendo, como lhes disse o Grande Comandante, camadas de ilusão que alteram sua própria visão e dando uma visão falsa, uma vez que o cosmos, as estrelas que vocês veem no céu, fazem parte de uma cena de teatro.

Mesmo seus cientistas consideram que o espaço é vazio, que entre os planetas, os sóis, as galáxias, os universos, o espaço é repleto de vazio.
O que é totalmente falso.

O que vocês chamam o vazio é, de fato, a Luz, porque vocês estão invertidos.

O cosmos, na linguagem suméria original, chamado Gina Abdul, é o kusmus, quer dizer, a pele de serpente.

Muitas, muitas palavras foram transformadas desse modo, de forma a reforçar, justamente, esse sistema de controle do mental humano.
Esse sistema de controle do mental humano é-lhes invisível, em sua parte mental, onde evoluem esse seres que os confinaram, mas manifesta-se ao nível do que é chamada a trama astral: o emocional, o desejo, o eixo ATRAÇÃO / VISÃO.

O eixo KI-RIS-TI / REPULSÃO é aquele que veio contrabalançar esse sistema de controle do mental humano pela associação de uma qualidade que havia sido retirada, uma vez que, como vocês sabem, num plano bem real, a Consciência do ser humano foi fechada no triângulo Bem, Mal e AL, que foi chamado, eu creio, o Fogo Prometeico ou o Fogo Luciferiano, dando-lhes a ilusão de que toda a vida desenrola-se nessas leis, aqui sobre esse mundo, como em outros lugares, entre o Bem e o Mal, que era preciso resolver, de algum modo, uma equação e que, se vocês fizessem suficientemente o bem, vocês não teriam que suportar os desagrados do mal.
E que aqueles que fizessem o mal, colheriam o mal, e que aqueles que fizessem o bem, colheriam o bem.

A maior tragédia da humanidade é essa.
É esse confinamento.

O impulso do CRISTO foi, justamente, há 2.000 anos, começar a quebrar esse confinamento através de um trabalho extremamente lento de maturação, que chegou ao seu termo há dois anos, tendo-os feito entrar diretamente e em plena consciência no período de desconstrução, de destruição e de dissolução, que vocês vivem agora: os Casamentos Celestes e o Apocalipse.

É claro, nós fomos conscientes, desde muito tempo, de um paradoxo tal desse confinamento, que a própria Consciência, humana, fechada, não podia crer em outra coisa que nesse corpo que se reencarna e quem um dia, esse Espírito que se liberaria fazendo o bem e esperando escapar das rodas das reencarnações e, portanto, da Ilusão chamada Samsara.

Mas jamais o ser humano pôde sair dessa ilusão, mantendo a perpetuação de uma espécie pelos laços do sangue, vindo reforçar essa lei de Carma e impedir o ser humano de encontrar sua liberação e sua liberdade.
Até um ponto tal que, mesmo hoje, é muito difícil aceitar, para aqueles que não o viveram, que exista outra coisa que essas leis estabelecidas, no resto dos universos e das Dimensões, vindo mesmo a negar a existência das outra Dimensões, vindo mesmo a negar a possibilidade de uma forma ilimitada, de um espaço ilimitado e infinito, que não tem nem início nem fim, uma vez que mesmo seus cientistas consideram que existiu um momento de início, do mesmo modo que existirá um momento de fim.

Existiu, portanto, uma armadilha perfeitamente bem construída, uma vez que, mesmo do outro lado do véu, a armadilha se mantinha.
Vocês deviam, então, reencarnar-se após terem visto a luz ao longe, terem falado com os guias e voltar.

Anjos mesmo foram especialmente criados, nessa esfera astral ilusória, para fazê-los crer que, quando vocês morressem, reencontrariam a Luz e a Verdade.
Isso não é verdade.

A Luz não é desse mundo, CRISTO disse-lhes.
Seu Reino não é desse mundo.
Vocês estão nesse mundo, mas a Verdade está em outro lugar.

Então, como encontrar a Verdade, quando ela não faz parte de sua experiência?
Como encontrar a Verdade, quando o conjunto de tudo o que foi construído pelo sistema de controle do mental humano cai, como é o caso hoje?

E bem, evidentemente, muitos seres humanos não podem aceitar que, para além das regras desse mundo, a Liberdade é total.
Que vocês são ao mesmo tempo uma parcela da Fonte e a totalidade da Fonte.
Que não existe qualquer constrangimento, qualquer limite, qualquer confinamento, enquanto, desde tanto tempo, as únicas expériências que vocês puderam efetuar são aquelas do confinamento, com suas próprias regras.

O sacrifício do CRISTO permitiu isso.
Ele criou o que vocês chamariam, hoje, em sua linguagem, um campo de forma ou um campo de ressonância que permite àquele que se conecta a Ele, entrar num processo de redenção que puderam viver alguns místicos, alguns seres, progressivamente e à medida dos séculos.

Então, é claro, a falsificação da Luz foi muito mais longe.
Quando essas sombras se aperceberam de que o sacrifício do CRISTO era real, elas, então, num primeiro tempo, criaram religiões para poder fechá-los novamente num salvador exterior, numa intercessão exterior a vocês mesmos, os padres, e aqueles, em todas as religiões, que eram intermediários entre vocês e o Criador e que, de fato, é aquele que tomou posse de uma Criação e que não é absolutamente o Criador.
Tudo isso vocês sabem.

Restava, obviamente, durante esses anos, digerir, talvez compreender e, sobretudo, viver a Essência.
Então, CRISTO, pelo sacrifício de seu sangue, permitiu criar essa ressonância de forma nova que se apoiava, justamente, sobre esse eixo KI-RIS-TI / REPULSÃO, que veio contrabalançar, portanto, o eixo ATRAÇÃO/ VISÃO.

É claro, aqueles que têm, nos bastidores do que é chamada a quarta Dimensão, o sistema de controle do mental humano, fazem apenas adaptar, progressivamente e à medida dos séculos, para bloquear qualquer tentativa de liberação ou de liberdade do ser humano.

Para isso, foi necessário manter o desejo, sob todas as suas formas.
Para isso, foi necessário manter o medo, sob todas as suas formas.
Para isso, foi necessário disfarçar certo número de verdades e, em particular, disfarçar a Verdade do CRISTO.

Nada melhor, então, do que substituir o nome do CRISTO por outro nome.
Vocês conhecem esses nomes: Sananda, Maitreya, Sanat Kumara e tantos outros que se dizem ser o CRISTO, no lugar do CRISTO, afastando-os da Verdade e fazendo-os aderir, segundo esse princípio de ressonância e de forma, a ensinamentos baseados na reencarnação, conduzindo, pela Vontade de Bem, a uma liberação da Ilusão, o que é, é claro, totalmente falso.

A Verdade é completamente outra.
Ela não é desse mundo, Ele lhes disse, e é a Verdade.

Apenas na identificação ao princípio CRISTO, KI-RIS-TI, como o disse a Irmã Yvonne Amada, é que vocês poderão esperar desvendar-se a si mesmos, abrir sua porta e juntar-se aos mundos da Unidade, ou seja, não mais estarem condicionados, em momento algum, pelo sistema de controle do mental humano.

O sistema de controle do mental humano está inscrito no ser humano, em todas as suas atividades, em todas as suas crenças.
Que elas sejam espirituais ou sociais, elas são todas construídas na lei de Dualidade, elas são todas, sem exceção, construídas no medo, na falta e na predação.

Tudo nesse mundo evolui segundo essas regras da Dualidade, enchendo suas cabeças com a ideia de que um dia vocês sairão da Dualidade, aplicando as leis da Dualidade.

As leis de ação/reação não são as leis da Graça.
Jamais.
E elas não o serão jamais.

A lei de causalidade, tal como vocês a definem, ainda que apenas, por exemplo, em relação à gravidade, não pode existir nos mundos Unificados.

Se eu tomo o exemplo da lei de Newton: a maçã que cai da árvore, cai.
Imaginem que vocês tenham uma árvore numa Dimensão Unificada: a maçã não poderia jamais cair, porque são vocês que criam a maçã.

Como compreender isso, quando vocês estão no exterior da verdadeira Vida?
Isso não pode ser compreendido, nem mesmo aceito, tanto mais que tudo foi feito para impedi-los de aceitar que o que vocês viviam era uma Ilusão.

É muito fácil dizer que esse mundo é uma Ilusão.
Inúmeros mestres, em particular no Oriente, disseram-no, mas não é por isso que vocês dele saíram.

É preciso, portanto, superar, aí também, essa crença na Ilusão desse mundo, porque há um paradoxo e isso vocês compreenderam: esse corpo é uma ilusão, mas é no Interior dele que se deve viver a Redenção.
Não é possível dele sair de outro modo.

Então, o sacrifício do CRISTO, pela criação da ressonância da Graça, permitiu a alguns humanos aproximar-se dessa lei de Ação de Graça, sair do confinamento do triângulo Luciferiano.
Isso vocês perfeitamente realizaram, primeiro em alguns milhares e, em seguida, e um número cada vez maior de pessoas, permitindo-lhes então sincronizar-se com a lei de Graça e chegar ao que é chamada, hoje, a Luz do Supramental, a Onda Galáctica, a Luz Adamantina, a Ressurreição, pouco importa, é exatamente a mesma coisa.

O eixo KI-RIS-TI / REPULSÃO, portanto, conduz, pouco a pouco, a desconstruir o sistema de controle do mental humano, a desarmar os mecanismos, a superar e a transcender o medo, todos os medos, exceto o medo da morte, a ousar ir para além de suas próprias crenças, quaisquer que sejam, budistas ou outras, a superar as crenças para entrar no campo da experiência da Graça.

Isso permitiu, para muitos de vocês, sair da Ilusão Luciferiana, ativar a Coroa Radiante da cabeça, portanto, liberar a Ilusão Luciferiana do Bem e do Mal, a fim de viver o desenvolvimento de suas Estrelas, ativar a Cruz da Redenção, mais recentemente, as Cruzes Mutáveis e, agora, estabilizar a Cruz da Redenção pela ativação do ponto ER da cabeça, que é a imagem do Coração em sua cabeça (ndr: ver a rubrica «protocolos / Yoga Integrativo» de nosso site).

Vocês tiveram êxito, portanto, coletiva e individualmente, em superar as leis da Matriz.
Resta agora sair da totalidade do sistema, de seu sistema de controle do mental humano.

As entidades que controlavam esse sistema de controle do mental humano, vocês sabem, não poderão reproduzir uma nova Matriz falsificada.
Vocês vão, portanto, juntar-se a Matrizes Unificadas, todos, sem exceção.

De acordo com sua Vibração, essa Matriz poderá ser de uma gama de variação Vibratória profundamente diferente, mas elas não serão mais, jamais, cortadas da Fonte, cortadas de seus próprios estados multidimensionais.
Isso acontece agora e terminará dentro de muito pouco tempo.

A potência que permitiu isso é a potência do eixo KI-RIS-TI / REPULSÃO.

Pelos mecanismos da Ação de Graça, pelos mecanismos do Abandono à Luz, vocês quase todos passaram a etapa que eu qualificaria de probatória, que é ter despertado a Coroa Radiante da cabeça.
Alguns de vocês foram mais longe, pela Fusão das Três Lareiras, foram capazes de juntar-se ao Corpo de Existência, sair inteiramente desta Matriz e conceber esta Matriz como o que ela é, ou seja, uma construção quimérica, imaginária, total.
Outros não tiveram ainda essa chance.

Se não tiveram essa chance, é que sua estrutura Vibratória, ou não o permitia, porque, como lhes disseram os Arcanjos, nós tínhamos necessidade de vocês aqui, e não na Unidade, pelo momento, ou porque um medo, bem real, permanece neles.

E esse medo, vocês compreenderam, é o medo final que está ligado ao Choque da humanidade, que é o medo da morte desse veículo.
Há apenas isso, hoje, que, no indivíduo, opõe-se ao seu acesso à Existência.

O Corpo de Existência foi reconstruído por intermédio da Coroa Radiante da cabeça, ele foi reconstruído ao idêntico, através do Tubo de Cristal, permitindo, agora, viver a Fusão de suas Três Lareiras e acender, enfim, a Coroa Radiante do Coração, na condição de superar o medo da morte, o medo do esquecimento.

Aí está onde vocês estão, aí está onde conduziram suas próprias ativações: a desconstruir, vocês mesmos, o sistema de controle do mental humano, para não mais crer ingenuamente no que era dito, mas viver a experiência da Vibração, viver a experiência da Vida, ao mesmo tempo mantendo esse corpo na Ilusão.

Alguns de vocês têm, agora, Vibrações e percepções suficientemente claras e precisas para compreender e aceitar que nós dissemos a Verdade e que nós aplicamos a Verdade.
E que todo o resto, que não é vivido na Vibração, todos os sistemas de ensinamentos baseados nos conhecimentos abstratos, mesmo os mais coerentes e os mais construtivos, são apenas ilusões instauradas para perpetuar o sistema de controle do mental humano.

Vocês são, realmente, as Sementes de Estrelas.
Resta-lhes, agora, despertarem-se, inteiramente, à sua Dimensão de Existência, à sua origem estelar.
Isso lhes aparece, para alguns, em seus sonhos, em suas visões, que elas sejam Interiores ou do Coração, mas, sobretudo, pela Graça das Vibrações que os percorrem, vocês conseguiram sair, ao menos em parte, do sistema de controle do mental humano.

Resta-lhes, agora, reencontrar sua dimensão de Eternidade, sua não limitação, seu não confinamento.
Isso se desenrola sob seus olhos e vai desenrolar-se, agora, no algum tempo que resta antes do fim definitivo desta Dimensão.

Vocês estão aí, também, para amar e para servir, para irradiar o que vocês são e para conduzir um número sempre maior de seus Irmãos e Irmãs para além da Ilusão, por sua Presença, por seu comportamento, pela Luz que emana de vocês, mesmo se alguns de seus Irmãos e de suas Irmãs possam ser tomados de um medo terrível quando a Luz chega ou quando um ser portador da Luz encontre-se frente a eles.

Não é preciso julgar, é preciso continuar a Ser, é preciso continuar a desenvolver a potência de KI-RIS-TI e de REPULSÃO, até, como o dizia minha Irmã Yvonne Amada, tornar-se o CRISTO.
É esta etapa que, agora, para aqueles que ainda não a viveram, vai se traduzir pela ativação da Coroa Radiante do Coração, pela Fusão de seus Éteres e pela capacidade, cada vez maior, para perceber o que está além do véu, chamado sistema de controle do mental humano.

O conjunto de camadas isolantes que foram enumeradas (a ionosfera, a magnetosfera e a heliosfera) estão agora, doravante, permeáveis, inteiramente, permitindo um contato, cada vez maior e gradual, com a Verdade, para além dos mundos da Ilusão.

Muitos de vocês desenvolvem, nesse momento mesmo, a visão etérea, permitindo-lhes ver as partículas Adamantinas, a Luz Azul e a Luz Branca, que se infiltram por todo esse mundo, vindo desconstruir e dissolver, se vocês o querem (como um desenho animado, como vocês os chamam hoje, ou como uma borracha que viria apagar um desenho), e restitui-os à sua Verdade.
É exatamente o que vocês estão vivendo, mesmo em sua Consciência, mesmo em seus corpos.

Isso também, inúmeras Irmãs o disseram, porque vocês vão para sua Liberação total.
Somente o medo, ainda presente, de perder essa personalidade, pode ainda travá-los no acesso à sua Verdade.

Os testemunhos Vibratórios que vocês portam, a ativação de Sementes de Estrelas, a ativação de algumas funções espirituais, ligadas a essas Estrelas, permite-lhes, pouco a pouco, aderir à Verdade e sair da Ilusão das crenças do sistema de controle do mental humano.
Vocês estão nesta etapa e é a maior, a mais grandiosa.
Isso começa a partir de amanhã.

Recorram ao CRISTO.
Não pensem no CRISTO histórico, mas pensem em KI-RIS-TI, se aquilo os incomoda.
Pensem no Sol, porque vocês são um Sol, vocês são uma Semente de Estrela e vocês são a Fonte.
Mesmo se isso, pelo momento, pareça-lhes separado de vocês, vocês não estão separados disso.

Aí estão as algumas palavras que eu tinha a dar-lhes, em complemento, concernente a esse eixo.

Um dos Arcanjos comunicará a esse canal o modo de trabalhar também, além das Cruzes Mutáveis e da Cruz fixa, na fortificação, de algum modo ou na diminuição, depende, do eixo ATRAÇÃO / VISÃO, permitindo-lhes penetrar, ainda mais, sua Verdade e a Verdade Última e final, para além da Ilusão, para além desse corpo e para além do sistema de controle do mental humano.

Se existem, em vocês, questões em relação a essas algumas palavras, muito breves, e se eu posso responder, então, eu responderei.

Questão: meditar ao sol pode levar-nos a fusionar com o Sol?

Isso foi desenvolvido amplamente por Sri Aurobindo, há alguns meses.
Sim, inteiramente.
Mas lembre-se de que tudo isso são apenas etapas que permitem crescer na experiência, mas que, em definitivo, você deve passar por esse medo da morte e transcendê-lo.

Questão: é possível, no curso de tal meditação, morrer para esse corpo físico?

Sim, isso pode ser
.

Questão: como pode perdurar um medo da morte, sabendo que repetidamente foi vivida quando de reencarnações passadas?

O medo da morte está inscrito na reencarnação.
Somente aquele que encontrou a Unidade não tem mais medo da morte, porque ele existe para além da morte, enquanto a consciência limitada não sabe que ela existe para além da morte.

É todo o princípio da identificação a esse corpo, a essa personalidade, a esse mecanismo de funcionamento, no qual você está hoje.

O medo da morte está inscrito mesmo no que é chamado o instinto de sobrevivência, que faz parte das falsificações aportadas em seu cérebro e que reprimiu, de algum modo, a expressão do DNA.

Questão: é por isso que não se lembra de nossas mortes anteriores?

Em parte.
A memória, mesmo quando ela volta, do conjunto de suas encarnações passadas, do conjunto de suas mortes passadas, não os libera do medo da morte.

Questão: a luz descrita nas EQM faz parte de uma falsificação que leva ao mundo astral?

Inteiramente.
Raros são os seres, quando dessa experiência, de sair do astral, atravessar a luz e autorizados a ver o que há do outro lado da luz falsificada.

Aqueles conseguiram, de algum modo, escapar dos guias que os vigiavam quando eles saíam de seus corpos.
Esses guias, que nada mais são do que guias astrais, que podem tomar qualquer aparência, a fim de melhor seduzi-los.

Questão: o que é dos seres que se fizeram prender por essa falsa luz? Há uma Redenção, qualquer que seja o caminho de uns e de outros?

Vocês foram todos, sem exceção, e nós fomos todos, sem exceção alguma, presos por essa luz.
Somente aqueles que tiveram êxito em fundir-se nessa luz, que viveram a experiência de morte iminente, em sua totalidade, puderam descrever uma Luz de Amor inacreditável, que não existe sobre a Terra.

Mas a maior parte parou antes dessa luz, porque eles foram parados, como eles mesmos o dizem, pelos guias, apresentando-se com os traços de pais desencarnados ou de seres de Luz, bloqueando-os, para que eles não acedessem a essa Luz.
Somente aquele que penetrou essa luz ou que passou do outro lado dessa luz, para ver a verdadeira Luz e viver a verdadeira Luz, transcendeu o medo da morte, não os outros.

Isso basta, contudo, para mudar a vida dessas pessoas, porque elas aproximaram-se do Amor e sabem que há outra coisa depois da morte.
Mas essa outra coisa, após a morte, não é a liberação.

Questão: por duas a três noites, tenho pressões ao nível do coração, que geram estados de medos, que diminuem progressivamente e à medida que esses episódios se repetem. É uma forma de aprendizado de soltar em relação ao medo da morte?

Sim.
Quando o medo da morte for transcendido e superado, então, o Coração Vibrará para a Eternidade.

Questão: como fizeram os Anciões e as Estrelas para atravessar esse véu e não mais voltar?

Nós não o atravessamos.
Nós fomos colocados à parte, nessa matriz, ao mesmo tempo reencontrando nossa Multidimensionalidade.

Para os Arcanjos, isso é diferente.
Foi necessário esperar a primeira descida do Espírito Santo, em 1984 de seu ano Terrestre, para que os Arcanjos pudessem aproximar-se do Sol e aproximar-se até a 5ª Dimensão.

No que concerne às Estrelas, no que concerne aos Anciões, é uma missão que nós aceitamos, que permitiu manter o que nós chamamos uma identidade que foi a nossa quando de nossa última vida, ao mesmo tempo estando em outras Dimensões, mas ainda dependentes desta Dimensão, uma vez que nós aí estamos.
É uma missão que nós aceitamos.

Questão: é importante conhecer a linhagem para trabalhar nas Cruzes Mutáveis?

Isso não tem relação alguma, nem qualquer espécie de importância.
A linhagem revela-se a você mesmo, quando o momento chegar.
Ela não pode ser trazida como conhecimento exterior.

Questão: se o coração que para nesta encarnação, Vibra eternamente com a Fonte, a Fonte é então um movimento semelhante à expansão/contração de um coração?

A Fonte é um coração em expansão permanente e infinita.
Nada é finito na Unidade.
Tudo é infinito e indefinido.
É a Liberdade e a Autonomia.

Questão: a Essência do vivo corresponde à Vibração do Amor, à sua pulsação?

Mas a vida é pulsação e Vibração, falsificada ou não.

Questão: isso é criado pelo Amor da Fonte?

Não pode existir criação, mesmo falsificada, da qual a Fonte estaria ausente.
É apenas uma limitação, um confinamento e o fim da Multidimensionalidade que está em causa.

Questão: então, tudo é Amor?

Inteiramente.
Mesmo para aqueles que nós poderíamos chamar as sombras.
Nada pode opor-se ao Amor.

Questão: a Vida, o Amor e a Luz são a mesma expressão da Fonte?

Pode-se dizer assim.
Lembre-se, contudo, que o dizer assim, ou o dizer de milhões de modos, nada mudará em seu confinamento.

Você não sairá do confinamento pelas palavras.
Você não sairá do confinamento pelos conceitos, porque você substituirá, naquele momento, crenças por outras crenças.

Questão: como melhor compreender a vivência da Eternidade?

É impossível compreender, uma vez que vocês são efêmeros e que a consciência é limitada.
Nenhuma descrição pode fazê-los aproximar-se da Eternidade.

Assim que há uma palavra, uma expressão ou uma definição, já não é mais a Eternidade.
Vocês não podem, mesmo, representar-se o que é a Eternidade, justamente devido ao seu confinamento.

Questão: aqueles que estão no Maha Samadhi tocam, justamente, essa Eternidade?

Todo ser que acendeu a Coroa Radiante do Coração, de maneira definitiva, está em Samadhi e, portanto, vive a Unidade e a Eternidade.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Irmãos e Irmãs humanos encarnados, Graças e Bênçãos, em vocês e em nós, e no Um.
Amor, Luz e Fogo.
Amor, Luz e Verdade.
Amor, Luz e Unidade.

__________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo, se deseja divulgá-lo, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

Um comentário:

  1. Muito tem se falado de grandes verdades, mas adredimente mantendo certos hiatos, capazes de gerar autênticos elos perdidos. Esta MSG ilustra tal velha estratégia, sobretudo neste trecho: "O que está no alto é como o que está embaixo, em toda a escala das Dimensões, sim, mas na condição de que sejam Unificadas". Bem, são as ditas meio verdades de boa fachada, mas sempre com o cuidado de se subtrair a parte essencial, a única capaz de dotar tais verdades com algum sentido de proveito.

    ResponderExcluir