Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

8 de abr de 2011

UM AMIGO – 8 DE ABRIL

Mensagem publicada em 13 de abril, pelo site AUTRES DIMENSIONS.

Ndr:Segunda etapa (de quatro) do Yoga Integrativo.Os detalhes da prática, fundamental durante o mês de abril de 2011, estão resumidos e ilustrados na rubrica «protocolos / Yoga Interativo» de nosso site.

Eu sou Um Amigo.

De meu Coração ao seu Coração, Irmãos e Irmãs na humanidade, eu venho, num primeiro tempo, prosseguir o desvendamento da segunda parte do Yoga Integrativo e, num segundo tempo, eu abrirei um espaço de questionamento concernente exclusivamente às suas perguntas sobre as percepções Vibratórias existentes em seus corpos a fim de que, se isso for possível e se isso releva da Luz Vibral, dar a explicação.

Hoje vamos desenvolver sobre os eixos correspondentes às Cruzes Mutáveis.

O conjunto dessas Cruzes Mutáveis vai, portanto, especificar uma função espiritual ligada ao seu DNA espiritual.
Cada um desses eixos, tomado individualmente, vai dar-lhes o sentido e a orientação do que há a ativar em vocês.

Não é necessário fixar sua atenção nos trajetos, porque estes irão tornar-se extremamente complexos, progressivamente e à medida da ativação dos mesmos, a tal ponto que as ligações, de ponto a ponto, pelo exterior da circulação da Energia, ou de eixo a eixo, ou de proximidade a proximidade, vão dar uma tal complexidade, como foi representada, nas iconografias de tipo budista, como um chapéu com milhares de circuitos energéticos.

Não é, portanto, questão de ir além de todas as ressonâncias e de todos os circuitos existentes nessa Cruz.

A partir do instante em que vocês levarem sua Consciência e sua Atenção, ou a partir do momento em que fizerem o gesto correspondente à ativação para a utilização desse eixo, vocês ativarão, instantaneamente, a Cruz.

Não tentem perceber as Cruzes de maneira distinta, como aquela que vocês percebem ao nível da Cruz da Redenção, porque isso não será possível.

A partir da implementação dos eixos mutáveis, as Cruzes ativar-se-ão e as comunicações múltiplas de ponto a ponto serão efetivadas.

Existe, aliás, ao nível do ponto ER, que representa o centro de todas essas Rodas e de todas essas Cruzes, a implementação de uma zona central que ultrapassa, lateralmente, o ponto ER, fazendo uma espécie de Coroa, menor, centrada no ponto ER.

Nessa Coroa, para aqueles de vocês os mais sensíveis, vocês poderão também perceber pontos situados, um na frente, para AL, um atrás, para OD, um à esquerda, ou seja, sobre o ponto IM, e outro à direita, sobre o ponto IS.

Obviamente, essas estruturas aparentes e percebidas, têm um significado.
O importante não é apreender o significado, mas vivê-lo.

A um dado momento, extremamente próximo, o conjunto de pontos de Vibração de sua Cabeça vai misturar-se e alquimizar-se, dando uma percepção, presente e comum para muitos de vocês, agora e já, correspondente ao sentimento de se sentir como destampado [aberto] ao nível do cérebro ou, ainda, sentir um círculo pesado, concêntrico, apoiando-se sobre alguns pontos correspondentes aos pontos das Estrelas.

O mais importante é, portanto, ativar os eixos que acabo de dar-lhes, quanto à sua função.

A tomada de consciência da Vibração nesses eixos não é destinada a fazê-los rememorar a função do eixo que eu acabo de dar-lhes, porque esta se estabelecerá por si.

Em caso de afastamento do seu estado de Unidade, em caso, por exemplo, de comportamento que os puxe para a Dualidade, bastará, então, utilizar o eixo KI-RIS-TI / REPULSÃO para, instantaneamente, reencontrarem-se na Unidade.

Eu voltarei mais longamente para dar-lhes os gestos correspondentes a esses eixos e a essas Cruzes, permitindo-lhes associá-los dois a dois, a fim de gerar o que eu chamaria a Coroa da Ascensão.

Essa Coroa da Ascensão está diretamente religada à sua Merkabah Interdimensional pessoal e permite-lhes reintegrar a Unidade de sua Consciência ao nível do que foi chamado o Bindu.

Eu repito, vocês não têm que memorizar, mesmo o nome das Estrelas porque, obviamente, vocês as sentirão.
O simples fato de focalizar sua Atenção nelas vai permitir ativá-las.

Para aqueles de vocês os menos sensíveis, a colocação dos dedos tal como que eu a darei, permitirá então, de maneira mais física, prática, se preferem, implementar a Luz Vibral naquele nível, por aglutinação.
Isso será reservado ao que eu ensinarei amanhã.

Assim que tiverem ativado esses eixos, assim que eles estiverem ativados, porque, para muitos de vocês, isso se ativou antes mesmo que eu tenha falado, devido à aceleração do processo de descida e de subida da Luz em vocês.

Assim, portanto, basta simplesmente levar sua Consciência ou efetuar os gestos que eu darei, para implementar isso.
A implementação será, naquele momento, definitiva.
Esta não requererá nova focalização de Consciência ao nível dessa Cruz da Redenção.

O mais importante é que vocês constatarão, bastante facilmente, aqueles de vocês que não sentem o trajeto ER / ER e AL / AL, que a Cruz da Redenção, acoplada às Cruzes Ascensionais, permitirá estabelecer a conexão final de ER a ER e de AL a AL.


       


Outros circuitos, paralelamente a esses, vão se pôr em movimento entre a Cabeça e o Coração.

Um exemplo, dois exemplos mais.

Existe uma ressonância e uma relação Vibratória entre o ponto IM e o chacra de Enraizamento do Espírito, situado acima do seio esquerdo.

Existe uma relação de ressonância e de conexão entre o ponto IS da Cabeça e o ponto chamado chacra de Enraizamento da Alma, acima do seio direito, passando por circuitos extremamente precisos.

A implementação desses circuitos não necessita uma compreensão de sua função porque, aí também, nós estamos num processo de ativação e de implementação permanente ligado, aí também, a outras fitas de DNA.


      


Eu repito, o mais importante não é conhecer nem saber o significado, mas vivê-lo.
Assim, progressivamente e à medida do tempo que se escoa sobre esta Terra, a alquimia da Cruz da Redenção com as Cruzes da Ascensão, ligadas às Cruzes Mutáveis, permitirá implementar os mecanismos de retorno à sua Unidade.

Isso se traduzirá (de maneira mais tangível para sua Consciência, e para além da percepção) por sua capacidade para estabelecer-se no Samadhi (como lhes disse Ma Ananda Moyi), de modo cada vez mais fácil, de modo cada vez mais lúdico e de modo cada vez mais profundo.

A ressonância vai, aliás, muito rapidamente (assim que vocês tenham instalado esses circuitos, se eles não estão instalados), colocar em movimento tudo o que eu disse ao nível da Cabeça.

Uma sucessão de pontos vai, naquele momento, aparecer ao nível de sua Cabeça e vai permitir viver a Consciência correspondente àquilo.

Do mesmo modo que vocês movem os braços sem saber quais são os nervos que permitem mover esse braço, do mesmo modo vocês moverão suas Cruzes sem saber precisamente a quê correspondem os circuitos que implementam o movimento de sua Merkabah e o retorno à sua Unidade.

O importante, eu repito, é perceber esses circuitos, porque eles são a tradução de sua reunião à sua Unidade.

Assim, portanto, existem circuitos extremamente precisos que correspondem a cada um dos Novos Corpos.
Estes, inúmeros de vocês percebem.
Estes, aliás, sentem efetivamente que esses circuitos estão se instalando, amplificando-se e tomando uma importância nova conferindo, aí também, funções espirituais novas, desconhecidas de vocês até o presente.

Uma dessas funções essenciais é a capacidade, assim como o disse o Arcanjo Anael, para perceber o Éter, para perceber as Partículas Adamantinas e, para alguns de vocês, para perceber, mesmo nesse corpo, as outras Dimensões, ao nível de seus habitantes, por exemplo.
Eu repito, tudo isso é natural.

Se existem, em relação a isso, mais esclarecimentos suplementares para dar-lhes, que lhes pareceriam úteis, gostaria de dá-los, antes de ir mais adiante sobre o que eu tenho a lhes dizer.

Questão: quando não se sente o ponto ER, ativar uma dessas Cruzes permite senti-lo?

Inteiramente.

Se o eixo dos Quatro Pilares da Cruz da Redenção não permitiu ainda perceber o ponto ER, passar por um dos eixos ou por uma das Cruzes Mutáveis permitirá, inegavelmente, ativar o ponto ER e, portanto, colocar em ressonância o circuito ER / ER que, eu o lembro, é o mais importante.

Questão: perceber os pontos de maneira mais global, como a sensação de ter um capacete na cabeça, AL da raiz dos cabelos, AL da ponta do nariz, corresponde a tudo isso?

Inteiramente.

Do mesmo modo que existe, como foi dito, uma ressonância, por exemplo, entre o ponto IM da Cabeça e o ponto IM do 10º Corpo, passando por outro ponto chamado Ponto de Comunicação com o Divino.
Este ponto de Comunicação com o Divino é ligado ao que vocês chamam chacra ou Ampola da Clariaudiência, diretamente religado ao Antakarana.

Existe um circuito específico que une o ponto IM ao ponto IM, que não é uma linha reta, mas que toma um circuito preciso vindo reforçar o que se chama o Antakarana.

Do mesmo modo, ao nível do ponto IS situado à direita na Cabeça, corresponde uma junção com o ponto IS do 11º Corpo situado ao nível do lábio superior (ndr: esquema abaixo).
Essa junção e essa conexão não se fazem em linha reta, mas, aí também, passa pelo ponto situado à frente da orelha, correspondendo ao Antakarana do outro lado, ou seja, a Comunicação, daquele lado, com o Espírito, enquanto que, à esquerda, era com a Alma.

Vejam vocês, portanto, uma relação de ressonância que pode parecer complexa, à primeira vista.

Assim, portanto, essas conexões são múltiplas, do mesmo modo que ao nível do que foi chamado os meridianos de acupuntura ou os nadis, existem conexões em número incalculável.

Obviamente, não é questão de reter, de aprender ou de compreender mesmo para quê servem esses pontos.
Somente a ativação é importante.

Entretanto, nessas ativações, ao nível, por exemplo, da Coroa Radiante da Cabeça ou da impressão de ter ou de perceber de maneira mais geral, toda a cabeça, vocês observarão, todos, que existem, para cada um de vocês, pontos cuja Vibração ou pressão ou calor é muito mais intenso.

O Triângulo OD, por exemplo, foi extremamente ativo durante esse período que acaba de escoar-se.
Esse Triângulo OD, ou Triângulo da Terra, é constituído entre o ponto OD, o ponto KI-RIS-TI e o ponto chamado VISÃO ou PROFUNDIDADE.

Há, portanto, naquele nível, uma ressonância que se manifestou a um dado momento.

Atualmente, para alguns, o Triângulo o mais vibrante ou o mais presente na Consciência é o Triângulo chamado Luciferiano, doravante revertido entre o ponto AL, ATRAÇÃO e REPULSÃO.

Assim, vocês perceberão, através da ativação desses Triângulos, assim como foi dado pelo Arcanjo Metatron, eu, aliás, dei certo número de gestos que permitem perceber, colocando seus dedos, os três pontos do Triângulo do Ar, do Triângulo do Fogo, do Triângulo da Água e do Triângulo da Terra.

Vocês não têm mais necessidade, é claro, de ocuparem-se com isso, porque esses Triângulos estão, doravante, ativados.
É do mesmo modo para os três eixos das Cruzes Mutáveis.

Vocês poderão, literalmente, simplesmente levando sua Consciência sobre os eixos sucessivamente, ativar em vocês, como ao nível da Merkabah Interdimensional Coletiva da Terra, mas, também, de seus Irmãos e de suas Irmãs engajados no mesmo caminho, por ressonância de campo, a capacidade para implementar as Cruzes Mutáveis.

Assim como eu disse, os três eixos das duas novas Cruzes Mutáveis vão permitir o mecanismo da Ascensão que está, doravante, encadeado.


      


Questão: quando se sente exclusivamente o ponto ER, mas não nitidamente os outros pontos, focalizar a atenção sobre os braços desses eixos, vai ativar a sensação desses pontos?

Caro irmão, é indispensável apreender que cada ser humano vive uma ativação específica.

Dentre os Despertos, vocês não vivem, todos, o mesmo processo, no mesmo momento.

Alguns começaram por sentir o ponto ER, outros o eixo AL / OD, outros ainda o eixo IM / IS, outros enfim, perceberam circuitos muito mais sutis como, por exemplo, aqueles de que acabo de falar, que unem o ponto IM ao chacra de Enraizamento do Espírito.

Não há lógica, eu diria, comum.
Há uma lógica que é inerente a cada um.

O desenvolvimento desses potenciais se faz, aí também, segundo uma ordem que depende de um número importante de fatores correspondentes tanto às suas linhagens como aos seus comportamentos, como às suas capacidades.

Assim, se durante um período, é mais fácil, para você, perceber apenas tal zona, tal Triângulo, então, deixe-se levar.

Em contrapartida, a implementação dos eixos permitirá, efetivamente, completar, como eu o disse, o conjunto da percepção das Estrelas, das Coroas Radiantes, existentes naquele nível e colocará, aí também, em movimento, a finalidade que, eu os lembro, é a constituição do eixo ER / ER ou AL / AL que ali está diretamente religado.
Alguns de vocês, por exemplo, podem sentir uma ativação extremamente potente do ponto UNIDADE.

Obviamente, é sempre possível compreender que, se esse ponto se manifesta de maneira preferencial, pode ser uma indicação, nesse momento, de um trabalho importante no acesso à sua Unidade ou para a manutenção de sua Unidade.

Mas a compreensão, eu repito, é apenas uma satisfação do mental e não substitui a vivência Vibratória naquele nível.

Eu esclareço que, aí, em contrapartida, o que é diferente é que, implementar as Cruzes Mutáveis permite realizar a ativação total e real, permitindo-lhes elevarem-se.
Aí está o importante.

Eu poderia desenvolver outras Cruzes que se cruzam ao nível da cabeça com ângulos também diferentes e vocês teriam, naquele momento, deixando um eixo da Cruz fixa acoplado a um eixo de uma Cruz Mutável, com ângulos também profundamente diferentes, correspondência a outras funções espirituais.
Não é importante, porque isso se implementa espontaneamente.

Existe, lembrem-se, uma Inteligência da Luz, formal, que sabe pertinentemente e que conhece pertinentemente esses circuitos, ao nível da Existência.

A ativação dessas Cruzes Mutáveis e dos eixos vai se traduzir, se já não é o caso, numa majoração extremamente importante do que é chamado o Nada ou Canto da Alma, ou Canto do Espírito, ou Canto do Antakarana, traduzindo-se pela percepção de um Som amplificado e magnificado, Som que cada vez mais seres humanos percebem, mesmo independentemente de qualquer Abertura, como lhes foi dito, chamado Canto da Terra ou Canto do Céu.

Questão: sentir uma das Cruzes Mutáveis de maneira muito potente pode bastar para ativar as outras sem forçosamente levar atenção às outras?

Isso corresponde a uma implementação, uma ativação que se faz espontaneamente para você, em função de sua própria história e de sua própria filiação.

Obviamente, a maior parte de vocês, assim como eu disse, já percebeu essas Cruzes sem perceber necessariamente o sentido, porque isso se mistura ao nível da cabeça, efetivamente, assim que é ativado.

Agora, alguns eixos estão mais ativos em alguns momentos e não são os mesmos para todo o mundo.

Questão: se o corpo físico é levado a desaparecer, qual é a utilidade dessa arquitetura energética específica?

Caro irmão, essa arquitetura corresponde ao Corpo de Existência.
Ela é percebida no corpo físico, mas é a estrutura do Corpo de Existência, que isso concirna a um Corpo de Luz de 5ª Dimensão, a um Corpo de Cristal de 11ª Dimensão ou mais elevado.

Vocês viverão no interior dessa Vibração e dessa estrutura.

Questão: então, viver isso nesse momento, num apoio que é o corpo físico é, de algum modo, uma etapa de ignição do Corpo de Existência?

Inteiramente.
Nós dissemos que as Partículas Adamantinas aglutinam-se ao redor de seu corpo físico e no interior de seu corpo físico, reconstituindo, identicamente, o Corpo de Existência existente no Sol.

A colocação face a face que ocorre quando da Ressurreição produzir-se-á se o «dublê» de seu Corpo de Luz está constituído.
Sua Consciência estando não mais no corpo físico, mas nesse dublê, vocês se juntarão ao Corpo de Existência por ressonância.

Imaginem, agora, que não exista constituição desse Corpo de Existência, mas que as Partículas Adamantinas tenham se depositado ao nível do fogo do ego, ou seja, essencialmente ao nível do plexo solar ou ao nível do Triângulo Luciferiano e não na Coroa Radiante da Cabeça. O que vai acontecer quando do face a face, da colocação no face a face entre seu Corpo de Existência e seu corpo físico que constituíram um corpo limitado ligado ao ego?
Vocês vão, naquele momento, juntar-se ao que é chamada uma 3ª Dimensão Unificada, não sendo capazes de ressoar em relação ao seu próprio Corpo de Existência.

O conjunto de Corpos de Existência, desde um Arcanjo até um Corpo de Luz (que eu chamaria de simples, mas que não tem qualquer noção pejorativa) de 5ª Dimensão é construído sobre exatamente o mesmo modelo.
Do mesmo modo que um corpo humano, seja chinês, seja de pele branca, de pele negra ou outra, possuirá sempre um coração, sempre duas mãos, sempre dois pés, é exatamente a mesma coisa.

Assim, aqueles que trabalharam no que é chamada a Ilusão Luciferiana, que aglomeraram as Partículas Adamantinas ao nível do 3º chacra, Manipura chacra e ao nível do 3º olho, fechado e não mais na Coroa em sua totalidade, não poderão, obviamente, por ressonância, penetrar, em Consciência, o Corpo de Existência, mas estarão limitados numa forma chamada a 3ª Dimensão Unificada.
Toda a diferença está nesse nível.

Questão: é nesse contexto que o corpo é chamado o Templo?

Perfeitamente, porque é nesse Templo que vocês constituem o Corpo de Luz.

Questão: a quê corresponde a visão de cruz e de traços?

A visão chamada Luciferiana, do 3º olho, é constituída de cores concêntricas, em círculo.
A Visão chamada Unitária não é mais uma visão de forma concêntrica, mas vai desembocar numa visão que eu qualificaria de geométrica, podendo reproduzir figuras geométricas indo do triângulo a formas extremamente complexas, associando linhas e não um círculo.

Questão: a quê corresponde a visão de círculos cortados por linhas?

Ao entrelaçamento do Triângulo Luciferiano e da Visão Unitária.

Do mesmo modo que alguns seres são capazes de perceber, e isso desde muito tempo, ao nível da Ilusão Luciferiana, rostos que podem desfilar, nada mais sendo do que os próprios rostos que vocês tiveram em suas vidas passadas.
Isso pertence à matriz e, portanto, à Ilusão chamada Luciferiana.

A superação das cores arredondadas (não vou descrevê-las), correspondentes às diferentes fases da abertura do 3º olho ao nível Luciferiano, pode desembocar, a um dado momento, no sub-plano causal da abertura do 3º olho, no que é chamada a visão de suas vidas passadas.
Essas visões podem ser extremamente ricas, por vezes mais pobres, limitando-se a rostos que desfilam.

Quando vocês cruzam a etapa causal e chegam ao plano chamado budista ou átmico, vocês saem da Ilusão Luciferiana e, naquele momento, revelam-se formas geométricas.

Existe, por vezes, uma abertura concomitante e simultânea, sempre presente ao nível da Ilusão Luciferiana, sobrepondo-se, de algum modo, à Coroa Radiante da Cabeça.
Naquele momento podem apresentar-se rostos e formas geométricas.

Questão: a quê corresponde o trajeto entre as diferentes Estrelas, como uma lemniscata?

A percepção Vibratória vai de um calor a uma pressão, até a pressão precisa, efetivamente, de um circuito girando em si mesmo como uma lemniscata.

Agora, está fora de questão dar-lhes o significado de todos os circuitos porque, eu os lembro, eles são em número quase tão importante como o número de músculos que constituem seu corpo físico.
Poder-se-ia quase dizer que há tantos circuitos como pontos que os unem bem além dos eixos.

Questão: projetar minha Consciência nas projeções atrás dos pontos ER e OD parece facilitar-me alguns acessos na Unidade.

No que concerne à projeção traseira do ponto ER, isso faz parte do que foi comunicado, parece-me, há mais de um ano, quase um ano, por Sri Aurobindo, evocando, efetivamente, um ponto situado atrás, nas costas.

Vocês não têm que ser preocupar com o que acontece atrás, exceto em alguns protocolos que lhes foram comunicados há alguns anos, por exemplo, por Mestre Ram.
Obviamente, se sua Consciência percebe um ponto nas costas, é que um trabalho ali se efetua nesse momento.

Agora, não há absolutamente necessidade de querer, a todo custo, durante uma meditação, ir a tal ou tal ponto.
Os circuitos, eu repito, constituem-se pela Inteligência da Luz.

Os novos circuitos de que lhes falei, que fazem parte do yoga integrativo, nessa parte abordada hoje, correspondem exclusivamente aos primeiros passos e à ativação da Merkabah Interdimensional, permitindo-lhes juntar-se ao Bindu.

Então, é claro, existem circuitos ainda mais complexos, indo do ponto ER existente ao nível do peito com outro ponto ER situado nas costas, tal um holograma.
Mas isso nos levaria, eu repito, muito demasiado longe numa mentalização que não seria de qualquer interesse em relação à utilidade.

Agora, assim você disse, meditando você percebe por si mesmo que, levando sua Consciência sobre tal ponto, você acedia mais facilmente a tal estado e é efetivamente isso que é o mais importante.

Questão: por quê a ativação da Coroa da Cabeça leva-me num movimento espiral do corpo, ao redor do corpo como um eixo?

É um processo de acompanhamento da Luz Vibral, que vivem algumas pessoas na meditação.

Alguns de vocês observaram que balançam para a frente e para trás, da esquerda para a direita.
Estando deitados, os movimentos podem também produzir-se.

Agora, cada um traduz a penetração ou a ativação a Luz Vibral ao seu modo.
Esse modo nada mais significa do que a manifestação, e nada mais significa do que a tradução real do que vocês vivem.

Do mesmo modo, alguns dentre os Anciões falaram a vocês dos laços que seguravam suas extremidades dos membros.
Aí também existem pontos.

Vou tomar uma analogia que vai lhes permitir apreender, ao menos eu o espero.
Vocês estão num corpo físico.
Quando a consciência penetra e habitua-se a esse corpo físico, vocês utilizarão funções que vão tornar-se, de algum modo, automáticas, como a respiração, um batimento cardíaco, a digestão, o andar.
Será exatamente o mesmo quando sua consciência desembaraçar-se desse corpo físico e penetrar, inteiramente, em seu Corpo Dimensional de destino.
Vocês se servirão espontaneamente desse corpo.
Vocês não terão necessidade de descascar, de analisar como avançar.

Na analogia, vocês não terão necessidade de saber como voam, mas vocês voarão.
Vocês não terão necessidade de saber como funciona a passagem de uma Dimensão à outra e, no entanto, vocês passarão espontaneamente de uma Dimensão à outra.

A dificuldade, de algum modo, é a sobreposição desse corpo físico com o Corpo de Existência, dando percepções de Vibração que vão tornar-se, efetivamente, cada vez mais intensas.
Alguns desses circuitos são essenciais, justamente, para estabelecê-los em sua Existência.
Outros são apenas a tradução da realização dessa construção.

Questão: convém então deixar fazer, o que quer que se sinta no corpo?

Caro irmão, a partir do instante em que uma de suas Coroas Radiantes esteja totalmente ativa, seja pela pressão, Vibração, Fogo, percepção, diríamos, naquele momento, efetivamente você constatará por si mesmo, e você já constatou, que inúmeros pontos chegam assim, inesperadamente.

Obviamente, é preciso deixar fazer e deixar constituir-se o que deve constituir-se, pela Inteligência da Luz.

Então, é claro, como outro irmão o exprimiu, ele apercebeu-se de que, levando o ponto a tal lugar, ele facilitará tal coisa.
Então, sirvam-se do que vocês perceberam.
Isso se faz de modo natural, sem passar pela ferramenta mental, sem passar pela análise, simplesmente pela experiência.

Em contrapartida, no que concerne aos circuitos AL / AL e ER / ER, eles são, eu diria, capitais e essenciais, do mesmo modo que os eixos das Cruzes Mutáveis que acabo de dar são, do mesmo modo, extremamente importantes.

Agora, eu poderia ir mais adiante, eu repito, fazendo-os perceber, ainda que apenas através de suas interações, os pontos existentes ao nível da Pequena Coroa do ponto ER.
Eles têm uma função precisa.

Existe, e alguns de vocês podem perceber, ao nível do segmento chamado OD / ER, certo número de pontos de Vibração correspondente, aí também, a funções precisas, mas isso seria nos levar muito demasiado distante no tempo que nos é atribuído agora e no tempo que lhes é atribuído sobre esta Terra.

Isso não é destinado a ser utilizado, verdadeiramente, nesta Dimensão, mas para ser construído para ser utilizado numa outra Dimensão.
E a utilização em sua Dimensão de destino não tem necessidade de ser explicada.

Vocês não têm necessidade de abrir um corpo para saber como ele funciona.
É exatamente o que vocês viverão em seu corpo de Existência.

Não temos mais perguntas. Agradecemos.

Eu terminarei essa parte dizendo, como vocês observaram por si mesmos, de maneira instintiva ou intuitiva: quando levam sua atenção sobre um ponto que vocês sentem, a Vibração desse ponto vai amplificar-se.
O importante está nesse nível.

A Inteligência da Luz trabalha em vocês, em alguns lugares, diferentes conforme os períodos.

O que vocês percebem, naquele momento e naquele lugar, corresponde à ativação de alguns potenciais.

Alguns de vocês puderam mesmo estabelecer relações entre potenciais que aparecem e circuitos Vibratórios da Luz.

É assim, por exemplo, Vibrações ligadas ao desenvolvimento recente do circuito AL / AL, ao nível da parte superior do canal do Éter, traduzindo-se pelo aparecimento de Vibrações no nariz, nas asas do nariz, no palato e também ao redor dos olhos e agora ao nível da fronte.
Isso confere a Visão Supramental.
Aí está um exemplo.

Vocês constatam a adequação entre circuitos, pontos e funções, mas vocês não podem listar, de modo consciente pelo momento, o conjunto de circuitos, porque isso retornaria sempre ao raciocínio analógico, a analisar o conjunto de contrações dos músculos que permitem mover uma perna ou um braço, o que estritamente para nada serviria, o importante sendo o movimento desse braço.

Ao nível do Corpo de Luz, o importante é que ele seja constituído.

Muitos de vocês constataram, como o disse o Arcanjo Anael, que o hemisfério Coroa Anterior da Coroa Radiante da Cabeça é mais ativo, enquanto que outros seres têm o hemisfério Coroa posterior da Cabeça mais ativo nesse momento.

Existe, assim como alguns o percebem, uma conexão entre a Coroa Radiante do Coração e o Sacrum, e os pés, e as mãos.

De fato, é toda uma anatomia Vibratória que se reconstitui agora, a toda velocidade, o que explica a majoração de suas percepções, seja nas Coroas ou nos pontos do corpo que, até o presente, não se manifestavam.
Isso explica a impressão de respiração celular, ou também agulhadas percorrendo o conjunto de seu corpo.

Em definitivo, é simplesmente sua Consciência que começa a passar nesse Corpo de Existência.
É assim que se realiza a Ascensão.

Lembrem-se de que o mais simples é seguir o que a Luz lhes diz por sua Vibração e sua Presença.
A ativação das diferentes Cruzes é destinada, em definitivo, apenas para fazê-los perceber o Canal Central, a Lemniscata Sagrada em sua parte ER / ER e AL / AL, porque é por esse eixo central que se produzirá o que é chamada a Ascensão.

___________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo, se deseja divulgá-lo, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

Um comentário:

  1. "...as Partículas Adamantinas aglutinam-se ao redor de seu corpo físico e no interior de seu corpo físico, reconstituindo, identicamente, o Corpo de Existência existente no Sol.

    A colocação face a face que ocorre quando da Ressurreição produzir-se-á se o «dublê» de seu Corpo de Luz está constituído.

    Sua Consciência estando não mais no corpo físico, mas nesse dublê, vocês se juntarão ao Corpo de Existência por ressonância."

    Clareza e Precisão.

    O mental entendeu agora (não que venha a fazer qualquer diferença).

    Gratidão.

    ResponderExcluir