Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

8 de out de 2013

URIEL – 8 de outubro de 2013

Meditação Vibral.

Eu sou Uriel, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão.
Eu lhes agradeço por acolher-me nesse espaço novo, que são seus espaços de meditação vibral.
Se escolhemos esse nome é, efetivamente, para significar-lhes que as palavras seriam pouco presentes, colocando em prioridade o Silêncio e sua própria vivência.

Eu lhes proponho, em um primeiro tempo, reunir-nos em comunhão.

[Silêncio - Comunhão]

Nós lhes dissemos que tudo havia sido dito, e isso é verdade.
Nós lhes dissemos que não lhes restava mais do que posicionar-se entre a Alegria e a resistência.
Isso é, também, a estrita verdade,
Vamos, juntos, se desejarem, abrir espaços que favoreçam a instalação em sua Eternidade.

Nós lhes dissemos, igualmente, para instalarem-se no Silêncio.
Mas vocês encontraram o Silêncio?

O Silêncio é densidade.
O Silêncio é a base da qual emerge o Verbo Criador.

Eu também proponho, entre cada uma de minhas palavras, explorar a densidade presente no Silêncio.

O Silêncio encontra-se além do tempo, além de todo espaço.
Cada silêncio porta, em si, a Alegria, como cada silêncio porta, em si, o conjunto do Criado e do Incriado.

Quando o Verbo emerge do Silêncio, a resposta no Silêncio alcança-os, rapidamente.
Aprendam, então, a ouvir o Silêncio.

No Silêncio encontra-se sua Eternidade.
O Silêncio propulsiona a Onda de Vida.
O Silêncio inicia a Dança da Criação.

O Silêncio guia-os, diretamente, a Shantinilaya, a Morada de Paz Suprema.
Quando o Silêncio reencontra o lugar dele no que vocês são, então, o Absoluto está aí.
No Silêncio eu sou você, como você é eu.

Eu o convido a juntar-se a mim, no Silêncio.
Cabe apenas a você preferir escutar o Silêncio, ao invés dos barulhos de seu mundo, quer eles sejam exteriores como interiores.
Porque nenhum barulho emerge sem apoiar-se no Silêncio.
A própria Fonte emerge do Silêncio.

[longo silêncio vibrante]

Além do Aqui e Agora, estou feliz por acolhê-los tão numerosos no Silêncio.
É no Silêncio que a Dança dos Elementos instaura-se.
É no Silêncio que cada um de vocês vem morrer para a ilusão, e é no Silêncio que cada um renasce para sua Eternidade.

A Água do Alto, que vem percorrer o que vocês são, emerge do Silêncio.
O Fogo inicia sua Dança, no Silêncio.
O Elemento Terra reencontra sua leveza, sua magnificência, quando ele emerge do Silêncio.

E é a partir do Silêncio que o Ar alquimiza o que vocês são.
O Éter reencontrado está no Silêncio.
Então, venham depositar, no Silêncio, tudo a que vocês se têm, ainda, tudo em que vocês creem, ainda.
E partam leves.

[longo silêncio vibrante]

Quando vocês tiverem esvaziado tudo, no Silêncio, então, Aquele que vem – do Silêncio – poderá vir em Paz, instalar-se em sua morada.

[longo silêncio vibrante]

Encerrada, assim, a questão, não nos restará mais do que festejarmos juntos.
E nós o faremos onde a Paz está instalada, onde há a Alegria, onde o Amor tem sua morada.
No Silêncio.

[longo silêncio vibrante]

Filhos do Silêncio, eu lhes digo até breve, e eu lhes envio todo o meu Amor.
-------------------

3 comentários:

  1. Nós lhes dissemos que tudo havia sido dito, e isso é verdade.

    É no Silêncio que cada um de vocês vem morrer para a ilusão, e é no Silêncio que cada um renasce para sua Eternidade.

    Então, venham depositar, no Silêncio, tudo a que vocês se têm, ainda, tudo em que vocês creem, ainda.

    Quando vocês tiverem esvaziado tudo, no Silêncio, então, Aquele que vem – do Silêncio – poderá vir em Paz, instalar-se em sua morada.

    ResponderExcluir
  2. "O Silêncio encontra-se além do tempo, além de todo espaço. ... O Silêncio é a base da qual emerge o Verbo Criador.
    "Cada Silêncio porta, em si, a Alegria, como cada Silêncio porta, em si, o conjunto do Criado e do Incriado.

    "No Silêncio encontra-se sua Eternidade.
    O Silêncio propulsiona a Onda de Vida.
    O Silêncio inicia a Dança da Criação.

    "O Silêncio guia-os, diretamente, a Shantinilaya, a Morada de Paz Suprema.
    "Quando o Silêncio reencontra o lugar dele no que vocês São, então, o Absoluto está aí.
    No Silêncio Eu sou você, como você é Eu.

    "Eu o convido a juntar-se a mim, no Silêncio.
    "É no Silêncio que cada um Renasce para sua Eternidade.
    "Vamos, juntos, se desejarem, abrir espaços que favoreçam a Instalação em sua Eternidade.

    "Não nos restará mais do que Festejarmos Juntos. E nós o faremos
    Onde a Paz está Instalada, onde há a Alegria, onde o Amor tem sua morada.
    No SIêncio."

    ResponderExcluir
  3. "É no Silêncio que cada um de vocês vem morrer para a ilusão, e é no Silêncio que cada um renasce para sua Eternidade."

    "Quando vocês tiverem esvaziado tudo, no Silêncio, então, Aquele que vem – do Silêncio – poderá vir em Paz, instalar-se em sua morada."

    Precisamos realmente dar um 'basta', até porque ...

    ResponderExcluir