Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

23 de out de 2013

O CORAÇÃO DOS ELOHIM – 23 de outubro de 2013


Nós somos o Coração dos Elohim.

Estamos animados de vir ao seu encontro esta noite, e estamos animados por seu acolhimento.

Nós desenvolvemos, há algum tempo, certo número de informações vibratórias, para permitir-lhes aproximar-se de nós, para que nós possamos, juntos, juntarmo-nos à fusão da Criação.

Nosso papel, na Criação de seu mundo, é de importância.
A cada nascimento, nós estamos aí.
Vocês são, portanto, marcados, desde seu nascimento, por nosso selo e, isso, quem quer que vocês sejam.
Nós não nos dirigimos, particularmente, aos Elohim em encarnação, mesmo se nossa vibração ressoe, particularmente, para aqueles de vocês que vibram, de toda a Eternidade, no Coração dos Elohim.

Viemos, esta noite, propor-lhes um espaço para permitir ao seu Corpo de Existência fundir-se com seu corpo de carne, o Divino que se junta ao humano, o humano Divino de toda a Eternidade.

Para isso, é preciso que você solte todo pertencimento à sua humanidade, todo pertencimento que faz de você um humano isolado do Divino.
Esse jamais foi o caso.
Só seu retiro deu-lhe a ilusão de fragilidade, a ilusão de dever entregar-se ao maior, mais poderoso do que você.

Observe esse posicionamento interior, se ele existe, ainda, em você, porque é isso que o mantém distante de sua Eternidade.
Isso pode manifestar-se por uma sensação de poder junto aos seus irmãos e irmãs, mas, se você se junta à sua Divindade, sua Eternidade, você não exerce mais qualquer poder.
Compreenda isso, para que você possa acolher sua Eternidade nesse mundo.
Não há qualquer incompatibilidade, não há qualquer façanha, essa é sua natureza, e sempre foi.
Só seu «trabalho», se se pode dizer, consiste e consistiu em sair desse papel de humano, pequeno ser perdido no meio do Universo, porque você é o Universo, se isso não vem inflar seu ego.

Nós, Coração dos Elohim, vamos, agora, iniciar a Fusão dos Corpos, no Silêncio.

[Silêncio / Fusão]

Ainda uma vez, nós insistimos no fato de que vocês são Seres Divinos, e que, em caso algum, não são os Arcanjos, Elohim, os Anciões ou a Fonte que liberam seu Corpo de Existência.
Esse Corpo é o seu, assim que vocês renunciam viver no medo e aceitam sua grandeza, em toda Humildade.
Não pode haver orgulho em ser o que nós somos, de toda Eternidade.
E é isso, simplesmente.

Nós instalamos, agora, um segundo espaço vibratório.

[Silêncio / Fusão]

O Despertar soou.
O esquecimento vem, deixando lugar para a Verdade.

A ativação de seus diferentes Corpos pode criar algumas sensações de perdas de equilíbrio ou de rodopios em um sentido ou no outro, ou mesmo em todos os sentidos ao mesmo tempo.
Não se alarmem com isso, porque tudo isso se reequilibrará muito rapidamente, com o hábito.

Nós lhes propomos um novo espaço vibratório.

[Silêncio / Fusão]

Nós somos o Coração dos Elohim, e nós os acompanhamos da maneira a mais próxima possível, tendo, mesmo, enviado nossos representantes à sua humanidade, nesses tempos específicos.
Poderíamos dizer que, nisso, nós contribuímos na famosa «equipe de solo» que, frequentemente, foi evocada.

É-lhe, portanto, possível fundir-se com nossas vibrações, qualquer que seja sua localização atual.

É possível que, nos próximos dias, vocês vejam aparecer novas circulações em seus corpos.
Talvez, vocês já tenham observado isso.

Para ajudar uma dessas circulações, que concerne à sua respiração, nós os convidamos a exercer pequenas massagens ou pressões, de cada lado da base de suas narinas, o que permite abrir dois novos canais em torno de seu canal central de circulação do ar.
Não há necessidade de dizer-lhes mais, isso será flagrante quando vocês o viverem.
Saibam, simplesmente, que essa respiração permite fazer circular os Elementos entre as diferentes dimensões nas quais vocês estão localizados.

Tomemos, uma última vez, se quiserem, o tempo de uma Comunhão, de uma fusão, no Silêncio.

[Silêncio / Fusão]

Ativemos, juntos, todos os marcadores que nós deixamos, nós, Elohim, em suas estruturas, o que nós chamamos os Crânios de Cristal, quando de nossas últimas intervenções.

Queridos irmãos e irmãs na Ronda Divina, nós lhes agradecemos pelo acolhimento que vocês nos reservaram.
Nós já vemos, de onde estamos, inúmeros movimentos iniciarem, o que significa que vocês nos acolheram, perfeitamente.

Nós lhes dizemos até muito em breve.

-----------------------
Transmitido por Ar.

4 comentários:

  1. Viemos, esta noite, propor-lhes um espaço para permitir ao seu Corpo de Existência fundir-se com seu corpo de carne, o Divino que se junta ao humano, o humano Divino de toda a Eternidade.

    Para isso, é preciso que você solte todo pertencimento à sua humanidade, todo pertencimento que faz de você um humano isolado do Divino.

    ResponderExcluir
  2. "Viemos, esta noite, propor-lhes um espaço para permitir ao seu Corpo de Existência fundir-se com seu corpo de carne, o Divino que se junta ao humano, o humano Divino de toda a Eternidade.

    "Essa é sua Natureza, e sempre foi.
    Só seu "trabalho", se se pode dizer, consiste e consistiu em sair desse papel de humano, pequeno ser perdido no meio de Universo,
    porque você É o Universo.

    "Ainda uma vez, nós insistimos no fato de que
    Vocês são Seres Divinos.

    "O Despertar Soou.
    O esquecimento vem, deixando lugar
    para a Verdade."

    ResponderExcluir
  3. Não há qualquer incompatibilidade, não há qualquer façanha, essa é sua natureza, e sempre foi.

    ResponderExcluir