Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

23 de jun de 2010

SNOW - 23 de junho de 2010

Mensagem de 23 de junho (publicada em 22 de julho de 2010)
DO SITE AUTRES DIMENSIOS



Meu nome é Snow.

Meus queridos irmãos, minhas queridas irmãs, que o Sopro do Espírito os acompanhe.

Eu venho para conversar livremente com vocês, todos sabendo que meu domínio de predileção é a natureza e seus constituintes.

A natureza é, ao lado das técnicas que lhes foram comunicadas de diferentes modos ou das ferramentas que vocês já utilizam, um meio, um utensílio, para ir para o grande Espírito.

Comunicar-se com a natureza é uma etapa em direção à comunicação com a natureza e com o grande Todo.

Assim, se eu posso ajudá-los em sua busca, nós vamos, dentro de instantes, juntos, dialogar.

Se há perguntas sobre a natureza e seus constituintes, que eu possa auxiliá-los em sua busca, então eu estou aqui para isso.

Lembrem que em meio à natureza, segundo o olhar que vocês portam e segundo a Vibração que vocês captam, vocês poderão ali discernir o Sopro e a Unidade.

Lembrem também que as árvores, que são a ligação entre esta Dimensão de vida e o mundo do Espírito, são de grande ajuda, mas não unicamente.

Tudo o que existe na natureza possui um Espírito, uma Vibração do Espírito peculiar, reconduzindo-os às suas próprias ressonâncias.

Muitos seres humanos, vivendo em cidades, estão privados desse apoio na natureza que é um impulso em direção ao céu.

Encontrar sua posição entre o Céu e a Terra, por causa da emergência do grande Espírito em meio a esta Dimensão, é um auxílio importante para permitir que se alinhem e acolham o Sopro do Espírito.

A natureza é conciliadora.

A natureza é Paz.

Quaisquer que sejam suas explosões, vocês têm a possibilidade de ali encontrar esta Paz.

Comunicar-se, e comungar com a natureza, irá apaziguá-los.

Ela contém em si todos os remédios, todos os bálsamos, todos os nutrientes.

Meus queridos irmãos, minhas queridas irmãs, eu me abro então a vocês, como vocês se abrem a mim.

***

Pergunta: foi dito que os pinheiros seriam árvores que poderiam abrigar certas entidades...

Eles acolhem principalmente os desencarnados, os Espíritos dos defuntos e dos ancestrais.

Mas isso não apenas os pinheiros, mas bem mais certas variedades de coníferas como os pinheiros propriamente ditos.

Trata-se, antes de tudo, de árvores por vezes gigantescas que existiam na minha terra, vocês as chamam de cedro, cipreste, independente de sua variedade, mais que os pinheiros ou os abetos que, ao contrário, estes têm a particularidade de abri-los ao Sopro, à Vibração e à vitalidade.

***

Pergunta: que há sobre os cedros do Líbanos?

Os cedros do Líbano, que eu não conheço e que eu não conheci, mas existe em minha terra, árvores até semelhantes que vocês denominam, eu creio, as sequóias, são as mesmas variedades de árvores que, pela sua antiguidade, pela sua existência durante várias vidas humanas, são capazes de conduzir o Sopro e sua vitalidade, de distribuir sua Energia, seu Sopro [respiração] desde sua cabeça até seus pés.

Lembrem que as árvores cujas folhas não morrem, são antes de tudo as árvores (exceto as que são ligadas a Espíritos de almas errantes), os meios de amplificar a respiração e o Sopro.

Da mesma maneira que, conosco, os Anciãos eram venerados, como em todos os povos primitivos, porque eles são portadores, além de uma memória, bem mais de uma Vibração em relação direta com a ancianidade, evocando, aqui e ali, a noção de algo de imortal ou de perene.

É o mesmo para essas plantas por vezes muito antigas.

Elas são portadoras de uma Vibração muito mais assentada que lhes permitirá se assentarem vocês mesmos.

***

Pergunta: quais são as melhores formas de se comunicar com a natureza?

Primeiramente a intenção deve estar definida.

Qual é seu objetivo?

Qual é sua intenção?

Uma vez definida a intenção, sua atenção deve se portar, por exemplo, sobre a árvore que vocês escolheram.

O contato com a árvore se dará no início de forma sutil, não física.

Não adianta nada penetrar na árvore muito violentamente.

É preciso primeiro perguntar à árvore se ela está disposta a entrar em comunicação com você e, em seguida, entrar no que eu denominaria a irradiação da árvore, geralmente impressa nos galhos os mais periféricos, os mais extremos.

A esta borda dos galhos mais externos, você emanará sua intenção e sua atenção.

E então você poderá avançar na direção do tronco.

Em seguida, conforme o que você deseja, a maneira de proceder poderá ser diferente.

Ou se trata de uma árvore onde você tem necessidade de recolher seu fluxo energético, neste caso, você poderá ser levado a encostar suas costas ou sua frente anterior, para receber e colher os benefícios.

Ou se trata de uma comunicação Vibratória, caso em que você poderá se aproximar da árvore, dentro da coroa externa dos galhos, sem, entretanto, tocar o tronco e simplesmente dirigindo suas mãos em direção à árvore, suas palmas das mãos e, depois, centrar-se em meio ao seu Coração.

Se possível, os olhos ficam fechados, você não precisa dos olhos, mas você precisa sentir o contato Vibratório.

Nesse momento, a árvore lhe responderá por uma Vibração.

Essa Vibração, essa percepção é a que lhe dirá que o contato está estabelecido.

Em meio a essa comunicação, depois, tudo é possível.

Alguns de vocês poderão tocar o Espírito da árvore, especialmente para as árvores denominadas Mestres, que poderão então falar telepaticamente em sua cabeça e em seu Coração ou então, fazê-los viver estados Vibratórios próximos, muito próximos da Unidade, de Vibrações existentes em meio ao Sopro do grande Espírito.

O importante sendo, mais uma vez, a intenção, a atenção e o respeito e o pedido.

Se você respeita isso, então, a árvore irá se comunicar.

Do mesmo modo que no meu povo, foi possível comunicar com a Alma de uma manada, a Alma de um animal, foi possível para os mais talentosos dentre nós transferir literalmente sua Consciência ao animal em questão, ver pelos seus olhos, sentir por suas penas ou seus pelos.

Mas vários xamãs, em todos os povos, ilustraram e falaram sobre essas comunicações.
Elas são bem reais.
Porque a natureza fala.

Ela não fala a mesma linguagem de vocês, ela fala a linguagem da Vibração e ela fala ao seu Coração.

***

Pergunta: em uma folha de Acer [acerácea], eu vejo uma mão aberta e um Coração aberto.

Meu querido irmão, em que deseja que eu lhe explique o que você vê?

O que você vê é o que você vê.

O que você percebe é o que você percebe.

Por que ir além do que você percebe, para ter minha própria percepção, que não será a mesma que a sua?

Em que a minha seria superior à sua?

Ela é simplesmente diferente.

Ela lhe pertence no momento em que você a vê, assim como as minhas percepções me pertencem quando eu as vejo.

Assim, no que você denomina a folha de Acer, outros até perceberão outras coisas.

Nenhum errou, nenhum acertou.

É o princípio mesmo do símbolo existente em meio à natureza.

Como diriam certos arcanjos, não há Verdade absoluta naquele nível, há apenas a Verdade do momento e de sua própria vivência.

***

Pergunta: entrar em comunicação com a natureza implica em poder entrar em comunicação com os Espíritos da natureza?

Não, absolutamente não.

Não se trata em absoluto, mesmo se certos Espíritos e certos povos habitam nas árvores ou na floresta ou no curso da água, do mesmo modo de comunicação.

Não se trata, tampouco, do mesmo papel e da mesma função.

Então, obviamente, alguns xamãs desenvolveram, em todos os tempos, as ligações que podem existir entre tal tipo de elemento da natureza e tal tipo de elemento ali habitando.

Mas isso não é a mesma coisa.

Eu diria que é extraordinariamente mais fácil entrar em contato com uma árvore do que com um silfo, por exemplo, ou com um elfo.

***

Pergunta: a faia tem ligação com o Estado de Ser [Existência]?

Toda árvore tem uma ligação com o Estado de Ser, por seu alinhamento permanente e por sua tensão direcionada ao Céu.

Todas as árvores são meios de comunicação entre o Céu e a Terra.

Não mais a faia do que o carvalho do que o Acer.

Certamente, algumas características de cada árvore orientam bastante essa árvore nas ressonâncias em relação com a terapia, por exemplo, em seu mundo.

Mas, além disso, as diferenças as mais importantes não estão neste nível, no que diz respeito à comunicação e à comunhão.

***

Pergunta: quais elementos podem nos permitir reconhecer uma árvore mestre?

Antes de tudo, o respeito das outras árvores para com essa árvore.

Ou essa árvore será solitária, ou sua presença impõe o respeito das outras árvores, que respeitam sua irradiação, sua coroa a mais extrema dos galhos.

***

Pergunta: qual é a função de uma árvore Mestre?

A mesma que de uma árvore que ainda não é Mestre, mas num grau de maestria mais importante.

Um grau de retidão que nada pode vir alterar, em todo caso, ao nível da natureza.

***

Pergunta: por que a casca de certas árvores representam rostos?

Do mesmo modo que na forma do Acer, cada um ali vê o que quer, na concepção das árvores alguns têm prazer de ver rostos.

São reais, são imaginários?

Do mesmo modo que em uma cachoeira pode-se ver mil demônios.

São reais, são imaginários?

Do mesmo modo que nas nuvens, alguns ali vão ler presságios.

São reais, são verdadeiros?

Tudo depende da capacidade para ver daquele que olha.

Mas, frequentemente, trata-se de criações e de montagens existentes em seu cérebro e absolutamente não em meio a uma Verdade significante.

Isso poderia ser verdade, sobretudo para as nuvens, onde as formas são Vibração e movimento.

Nas árvores, a diferença é que esses rostos estão inscritos de maneira permanente ou duram longos períodos de tempo.

Agora, o olho humano pode ali discernir muitas coisas.

Mas é justamente esta visão que deve evitar para entrar em contato com a natureza.

Porque esta visão não é comunicação, nem comunhão, mas projeção.

***

Pergunta: é verdade que é melhor se estar sempre em comunicação com a mesma árvore?

Isso é verdade para alguns e falso para outros.

***

Pergunta: poderia nos falar sobre o arco-íris?

O arco-íris se denomina arco-íris.

É, no meu povo, como para muitos povos, com frequência, uma resposta a uma pergunta lançada no céu.

Este arco-íris apenas ocorre através de certas ressonâncias e de refração da luz.

E no entanto, para alguns, há um significado importante.

Existe, de fato, vários arco-íris.

O arco-íris depois da chuva não é o arco-íris aneliforme significando a presença de grandes Espíritos viajando no grande Espírito.

Assim, há arco-íris duplos, mesmo triplos, cujo significado, é claro, não pode ser sobreposto para os arco-íris da chuva.

***

Pergunta: o que é o arco-íris anular que se vê às vezes em volta do sol?

Trata-se de um fenômeno de refração ligado à luz solar se refletindo nas nuvens.

O significado é muito mais claro no que concerne aos arco-íris aneliformes, quer estejam localizados em outros locais do que ao redor do sol ou não.

Muitas vezes eles sinalizam a presença de viajantes de estrelas.

***

Pergunta: é simplesmente uma sinalização de presença ou um chamado para contato?

A partir do momento em que há uma manifestação, há uma forma de comunicação.

Mas a comunicação pode se limitar a essa presença.

***

Pergunta: em sua vida, de que maneira você se comunicava com a Vibração Mariana?

Como todas as Irmãs de Maria, estando em Sua Vibração, qualquer que seja o nome que nós lhe déssemos em nossa vida.

Quanto a mim, eu jamais a chamei de Maria.

Eu a chamava simplesmente de a Terra Mãe ou a Mãe Terra.

***

Pergunta: parece que em função de nossa data de nascimento, se tem uma afinidade particular com um tipo de árvore. É melhor ir para essas árvores?

Não.

Do mesmo modo que vocês carregam uma assinatura astrológica colocando-os em ressonância, de maneira muito próxima, com tal ou tal astro, é isso para tanto que devam passar sua vida a estudar ou a viver tal Vibração de tal astro?

Isso seria ainda um quadro limitante e condicionante.

***

Pergunta: em seu povo qual seria o papel das penas que vocês utilizam?

As penas têm várias funções de acordo com quem as carrega.

Elas são significativas para quem as vê em meu povo.

Mas, de modo geral, as penas representam a vontade de elevação do Espírito, a comunicação com o grande Espírito ou, tão somente, seu desejo e sua intenção.

Agora, a coloração vai dar uma especificidade.

***

Pergunta: banhar-se no mar ou observar uma fogueira ajuda a elevar as Vibrações?

Minha querida irmã, não há resposta definitiva a isso.

O mar, para aqueles que estão em ressonância com ele, lembra o meio nutritivo no qual você esteve no seio de sua própria mãe.

Para alguns, isso pode ser um elemento apaziguante, enquanto que para outros, o mar evoca a imensidão e o medo de se afogar.

Assim, cada um tem uma resposta apropriada em função de sua vivência, de seus atrativos, de suas atrações.

Alguns serão atraídos por outros fatores.

O importante não é se sentir bem ali, mas sentir o que isso oferece.

Ou seja, perceber além mesmo da Vibração produzida em vocês por essa imersão ou por esse olhar, no que se refere às chamas da fogueira, sendo conveniente perceber a essência, não unicamente pelos sentidos, mas diretamente pela Vibração e pela percepção Vibratória existente.

Isso pode ser reconfortante, sem, no entanto, ser Vibrante.

Isso pode ser assustador, enquanto é Vibrante.

***

Pergunta: quais são as diferentes maneiras da natureza para nos responder?

Bem amada, querida irmã, eu lhe responderei que o problema não é para a natureza se comunicar com você, mas, muito mais, para você se comunicar com a natureza.

A natureza comunica em permanência, ela não coloca nenhuma barreira e nenhum freio e nenhum limite.

É o ser humano que os colocam.

Assim, ela lhe responde permanentemente pela sua Presença, pelo seu papel.

Há apenas o isolamento do ser humano que impede, de maneira espontânea e natural, de entender o alcance.

Mas aquele que escuta a natureza, qualquer que seja o elemento considerado, perceberá sempre a mensagem, sob uma forma ou outra.

Assim, a água pode falar, assim, a rocha pode falar.

Pode falar em palavras, mas mais comumente de maneira telepática.

Tudo é sinal.

Portanto, partir em busca, como eu os havia enviado a buscar seu sinal, já é significativo em si mesmo.

Mas, antes de tudo, a natureza se comunica por ondas Vibratórias percebidas em meio à sua capacidade de sentir as Vibrações e, para alguns de vocês, os mais preparados, sob forma telepática.

Agora, é livre a cada um projetar, ver isso ou aquilo, em tal elemento.

Isso pode ser verdadeiro como falso.

Apenas a Vibração não pode enganar, assim como a telepatia.

***

Nós não temos mais perguntas, agradecemos.

***

Meus queridos irmãos e minhas queridas irmãs, que o Sopro do Espírito os guie e os acompanhe.

Que a natureza também guie, acompanhe e ajude vocês.

Se vocês forem com o Coração de uma criança, sem colocar sua cabeça na frente, então tudo lhes será possível em meio à natureza.

Mesmo se ela vier a se descontrolar, vocês não correm risco algum.

Eu lhes digo até logo mais.

Até breve para colocá-los em ressonância com a busca que lhes indiquei.

************

Mensagem da Amada SNOW no site francês:

http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=650

23 de Junho de 2010

(Publicado em 22 de Julho de 2010)

***

Tradução para o Português: Zulma Peixinho
http://portaldosanjos.ning.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário