Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

16 de mar de 2010

PROTOCOLO A PRATICAR – REUNIFICAÇÃO DOS 5 NOVOS CORPOS

Mensagem de 16 de março (publicação de 9 de abril de 2010)
DO SITE AUTRES DIMENSIONS


(importante até 17 de maio de 2010)

Esse protocolo foi transmitido por UM AMIGO, em 16 de março de 2010
Para desenvolver a ativação e a reunificação dos 5 novos corpos e facilitar, assim, os contatos com o Corpo de Existência.

PRELIMINAR

Para os protocolos que seguem, as mãos são posicionadas, tanto quanto possível, em « boca de tigre », gesto que, além da potência energética, simboliza a chamada da Unidade.






1ª etapa: passagem do 8º ao 9º Corpo

As mãos são posicionadas em « boca de tigre ». Os indicadores juntos postos sobre o 8º Corpo e os polegares juntos sobre o 9º Corpo.



• 8º Corpo: apoio de reconexão com a Essência Crística
"Raiz" situada sobre a ponta do externo
• 9º Corpo: radiação da Fonte
"Raiz" situada sobre a corcova esternal (pequena protuberância no alinhamento do 2º espaço intercostal – também chamado « ângulo de Luís")

IMPORTANTE: a respiração feita em 4 tempos idênticos, a boca aberta, num movimento o mais natural possível, não forçado:
• 1. a cabeça se abaixa para expirar
• 2. a respiração permanece « bloqueada », a cabeça em posição baixa
• 3. a cabeça se ergue para inspirar
• 4. a respiração permacece « bloqueada », a cabeça na posição elevada


2ª etapa: passagem do 9º ao 10º Corpo

As mãos são posicionadas em « boca de Tigre ». Os indicadores juntos postos sobre o 9º Corpo e os polegares juntos sobre o 10º Corpo.



• 10º Corpo: apoio da Comunicação Interdimensional
"Raiz" situada a meia distância entre o pomo de Adão e a ponta do queixo

IMPORTANTE: a respiração feita em 4 tempos idênticos, a boca aberta, num movimento o mais natural possível, não forçado:
• 1. a cabeça se abaixa para expirar
• 2. a respiração permanece « bloqueada », a cabeça em posição baixa
• 3. a cabeça se ergue para inspirar
• 4. a respiração permacece « bloqueada », a cabeça na posição elevada


3ª etapa: passagem do 10º para o 11º Corpo

As mãos são posicionadas em « boca de tigre »". Os polegares juntos permanecen sobre o 10º corpo, num movimento de « reversão » das mãos, os indicadores juntos colocam-se sobre o 11º Corpo.




• 11º Corpo: apoio do Verbo Criador
"Raiz" situada no sulco naso-labial (cavidade acima do lábio superior)

IMPORTANTE: a respiração é natural, sem movimentos específicos da cabeça, boca aberta ou fechada.


4ª etapa: passagem do 11º ao 12º Corpo

As mãos são posicionadas em « boca de tigre ». Os polegares juntos colocados sobre o 11º Corpo e os indicadores juntos sobre o 12º Corpo.



• 12º Corpo: apoio da Reunificação na Unidade
"Raiz" situada na cavidade, na parte trezeira da ponta do nariz

IMPORTANTE: a respiração é natural, sem movimentos específicos da cabeça, boca aberta ou fechada.


Encadeamento dessas 4 etapas

• A primeira vez que se pratica esse protocolo, convém permanecer meia hora mantendo a posição da 1ª passagem.
Permanece-se a seguir deitado, durante a meia hora imediatamente posterior, braços e pernas ao longo do corpo(*), olhos fechados, na penumbra, em silêncio.
Ao menos 24 horas depois, procede-se da mesma forma para a posição da 2ª passagem.
E assim por diante.
A 4ª passagem é portanto realizada no 4º dia.

• Somente depois que essas 4 passagens estiverem assim integradas, independentemente umas das outras, pode-se continuar a praticá-las, seja integralmente na ordem indicada acima, seja uma ou outra, em função do sentir. Pode-se fazer então variar a duração: de alguns minutos a meia hora. É importante contudo sempre prever meia hora de integração na sequência.

o Essas 4 etapas podem também se praticar durante o período de 19 às 19:30h (hora francesa – 14 às 14 :30h – hora de Brasílila). O efeito é então particularmente multiplicado.

o Qualquer que seja a opção escolhida (o encadeamento completo ou uma só etapa), o ideal é práticá-la tão frequentemente quanto possível.


Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.

---------
Versão para o português : Célia G. - http://leiturasdaluz.blogspot.com


(*)NOTA DA TRADUÇÃO: Uma amiga que já experimentou esse protocolo, teve um « insight » para permanecer esse período posterior deitada sobre o lado direito, na posição fetal, e percebeu maior força na integração, em suas palavras, sentiu como se estivesse mesmo renascendo.

3 comentários:

  1. Querida Célia tenho uma dúvida em relação ao que ele nos ensina sobre prever meia hora de integração na sequência. E sobre a passagem do 10ª e do 11° corpo o que seria respirar normal: inspirar e expirar em 4 tempos idênticos. Os protocolos podem ser feitos por quem ainda não fez as Efusões do Arcanjo Miguel??? Isto é são independentes de qualquer outro procedimento??? Obrigada minha querida, Irene Ibeli

    ResponderExcluir
  2. Então, Irene, o que entendo é que não se pode fazer o exercício e voltar às atividades imediatamente, precisa dessa meia hora, pelo menos, após o encerramento.

    A respiração na passagem do 10º para o 11º corpo é natural, ou seja, sem nenhuma técnica e sem nenhuma atenção sobre ela.

    Quanto aos protocolos serem feitos por quem não fez as efusões eu já respondi lá no mural. No que entendo pode sim, até porque diversas vezes nossos Amigos da Luz dizem que não precisa ir lá para os casamentos celestiais, que é para confiar na Inteligência da Luz.

    O importante, como também eles sempre dizem, é o abandono à Luz.

    Espero ter ajudado.

    ResponderExcluir
  3. Célia... eu fico mesmo muito grata por vc ter compilado todos estes estudos aqui, facilitando assim o acesso ás pessoas que, como eu, dependem apenas da net para contatar estas idéias.

    Eu copio, edito (para diminuir o numero de págianas a imprimir), imprimo e depois estudo, apcientemente, cada informação.

    Sei que não é o intelecto quem devemos privilegiar neste momento, mas para mim é assim que fubciona: o conhecimento entra "pela cabeça", desce com o tempo ao coração e depois retorna á mete transformado em sabedoria...

    Tudo o que encontro aqui tem sido profundamente útil e, por isso, agradeço a você.

    Grande abraço.

    ....

    ResponderExcluir