Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

28 de mar de 2010

ANAEL – 28 de março

Mensagem de 28 de março de 2010 (publicada em 7 de maio)
DO SITE AUTRES DIMENSIONS


Eu sou Anael, Arcanjo.
Bem amados filhos da Luz e bem amadas Sementes de Estrelas, queiram aceitar as saudações luminosas do conjunto do Conclave, e nossas respeitosas Vibrações.

Como alguns de vocês o percebem e o sabem, nosso plano Vibratório Arcangélico não está mais muito longe de vocês.

Alguns de vocês sentem já a conexão e a Vibração.

A separação dos planos, a separação das Dimensões, termina.

Assim, hoje, dentro do processo de obscurecimento (*) naquele a quem guardo, venho, acompanhado por aquele que não lhes falará, mas que os tocará, para muitos de vocês que estão presentes aqui, o Arcanjo Uriel, Anjo da Presença, permitindo-lhes estar em sua própria Presença e em seu Ser.

A Consciência da Existência aproxima-se de vocês.

Alguns de vocês ali já penetraram, dentro dos mundos da beleza e da Unidade, para além da Dualidade, lá, onde não existe qualquer penalidade, qualquer questionamento, mas onde tudo é evidência e tudo é resposta.

Bem amadas Sementes de Estrelas, venho confortar e anunciar a boa nova.

Jamais a Luz Vibral esteve tão próxima de vocês, no período que se abre agora.

Entre esta lua cheia e aquela que vocês chamam a lua cheia de Touro, ainda chamada junto a vocês Wesak, várias manifestações tornar-se-ão claras em sua Consciência, permitindo já uma certa forma de reunificação, para uma vivência da Alegria, da Unidade, da Presença a vocês mesmos, em sua Consciência ilimitada.

Vocês estão a caminho, hoje, para vocês mesmos, para o Ilimitado, para o fim total, para alguns de vocês, da ilusão.

A Radiação da Fonte penetra agora em seu Éter, em sua densidade e permite-lhes comunhar com a Fonte, comunhar com vocês mesmos, a fim de reencontrarem-se.

A hora é da Alegria.

Alguns de vocês, aqui e em outros lugares, pela Vibração do Coração, da Coroa Radiante do Coração, em meio ao Fogo do Amor, são batizados no Espírito Santo.

Não há, aí, qualquer ilusão, mas sim a Verdade final, aquela que os aproxima do que vocês são, na Essência e na Verdade.

Assim como o Arcanjo Miguel os chamou Mestres da Luz a vocês mesmos, a ressonância de sua Essência permitir-lhes-á viver e realizar a Consciência Crística.

Os espaços de Alegria, os espaços de Felicidade abrem-se a vocês.

Vocês aproximam-se em Verdade de espaços importantes, de momentos cruciais, em sua ilusão temporal, permitindo-lhes descobrir o inefável, coisa que vocês tanto e tanto esperaram e pela qual tanto e tanto sofreram nesta densidade.

Bem amados filhos da Luz, a Luz revela-se em vocês.
Ela é um Fogo vivificante.
Ela é uma água viva que vem em meio a uma nova cerimônia, reunificá-los ao que vocês são, para além das aparências, para além desta forma, para além das ilusões.

O Fogo sagrado nasce em vocês.
O Fogo sagrado eleva-se e permite-lhes, elevando-os, que se aliviem.

Ele lhes permite redescobrir espaços esquecidos mas que, reabrindo-se, descobrem-se para vocês como conhecidos e como o Essencial.

Neste espaço de comunhão, juntos, agora, vamos tentar comunhar juntos, pelas palavras e pela Vibração, sobretudo pela Vibração.

Sua elevação de Consciência aqui mesmo, permite-lhes já perceberem, em seu Templo Interior, no que vocês chamam suas auras e em sua Consciência, a Vibração do Arcanjo Uriel e minha Vibração.

Nesta comunhão, vamos tentar fazê-los avançar ainda mais para vocês mesmos, para a Verdade, para a Alegria inefável de suas redescobertas com vocês mesmos.

Muitos de vocês descobrem nesse momento que não são aquilo que acreditaram até o presente.

De fato, vocês não são apenas esse corpo, vocês não são apenas esses pensamentos, vocês não são apenas esta experiência de vida.

Vocês são ilimitados.
Vocês são a Luz.

O que enuncio não é uma hipótese remota, mas sim a Verdade do momento, se o desejam ardentemente,

Esse desejo ardente não é um desejo, mas uma evidência do Coração que lhes cabe manifestar.

Então, bem amados filhos da Luz, ouço agora, com atenção, suas Vibrações e suas questões.

Questão: como saber se as Coroas Radiantes da cabeça e do Coração estão acesas e fundidas?

Isso não é um saber, nem corresponde, bem amada, a um mecanismo intelectual mas, quando houve Vibração na Coroa da cabeça e quando houve Vibração na Coroa Radiante do Coração, então, elas se fundem, abrindo-lhe espaços de Paz em suas meditações, ou de modo espontâneo, espaços inéditos para a maior parte de vocês, de Paz, de Alegria, que permitem então, naquele momento, realizar o Despertar do Triângulo Sagrado, do Fogo da Kundalini.

Aí também é questão de Vibração e de Consciência, é questão de espaços inéditos para vocês, onde vocês se fundem com o Todo, vocês se aproximam de uma Paz indizível que vocês jamais conheceram e jamais experimentaram nesse mundo, mesmo se sua Vida foi a mais feliz e a mais preenchida possível.

O alinhamento da Coroa Radiante do Coração e da cabeça busca um sentimento que poderia chamar, sem jogo de palavras, como fazer Amor consigo mesmo.

Fazer Amor consigo mesmo, não ao nível da personalidade, não ao nível de uma busca amorosa exterior, mas bem mais como um gozo real da Reconexão a si mesmo.

Isso se vive, isso se vibra, e isso toca a Consciência e a Consciência, naquele momento, não é mais jamais a mesma.

Nenhuma dúvida pode existir quando esse processo ocorre.

Ele ocorre primeiramente de modo efêmero, porque implica numa majoração importante de seu estado Vibratório ao qual o conjunto de seu corpo físico e de suas estruturas sutis devem aclimatar-se.

No decurso do tempo que passa, vocês chegarão a instalar-se, de maneira duradoura, neste estado.

Questão: qual é a Luz amarela/revestida que gira por vezes em torno de si?

Bem amado filho da Luz, vários processos Vibratórios os acompanham nesta busca de vocês mesmos, percebidos por vezes como exteriores.

Alguns de vocês podem ver luzes girar, efetivamente, ou mesmo luzes projetadas sobre um muro à frente. Não tenham medo.

Isso é sua própria Luz elevando-se sobre os planos Vibratórios da Unidade, elevando-se sobre níveis de Consciência que lhes dão acesso à Existência, à Presença de seu Anjo Guardião, mas também à Presença de radiações que, agora, os cercam.

Questão: muito jovem, eu vivi tudo isso. Era já um contato com o corpo de Existência?

Bem amada Semente de Luz, cada ser humano viveu experiências que lhes são pessoais.

Nas experiências de vida, como nas experiências do outro lado, alguns de vocês tem origens, como o sabem, estrelares, profundamente diferentes.

Então, sim, os corpos de Existência puderam, e esse foi o caso para vários místicos que realizaram esta Existência mesmo nesta matriz, que foram capazes, por seu caminho pessoal, de quebrar esta separação.

Há entre vocês que intervêm, como o bem amado Sri Aurobindo, como Um Amigo, como Omraam Mikael Aivanhov e outros, ilustres desconhecidos, que foram capazes, mesmo no século passado, ou há vários séculos, de contatar esta Essência de Existência chamada, naquela época, a Divindade ou o corpo Divino.

Obviamente, essas experiências não puderam, geralmente, estabelecer-se de maneira duradoura, durante essas épocas passadas.
O que explica que alguns místicos tenham vivido processos, chamados para alguns deles, a noite negra da Alma, ocorrendo após um período privilegiado de contato com a Existência, com o Todo.

Eles voltaram a descer, depois, na personalidade, e isso representou, para eles, uma ruptura, uma noite negra.

Aí está, bem amada Semente de Estrela, o que posso lhe responder.

Questão: como você define o Amor?

Definir é já traí-lo.

O Amor é a Unidade.
O Amor é o Todo.
O Amor é uma atração desprovida de interesse, desprovida de qualquer vantagem.

O Amor é doação.
O Amor é abandono.
O Amor é sacrifício, mas não no sentido humano.

O Amor é liberdade.
O Amor é também o que permite à Vida existir.

Sem Amor, não poderia haver Vida, quaisquer que fossem os espaços Dimensionais onde isso se produz.

Certamente, em sua Dimensão, o Amor foi colorido de elementos específicos e que não são o Amor.

O Amor é, antes de tudo, Luz e Vibração.
O Amor é, antes de tudo, Consciência.
O Amor é, antes de tudo, Unidade, Alegria indizível e eterna.

O Amor não é uma manifestação afetiva, nem uma manifestação emocional porque, naquele momento, o Amor é desviado, porque não é doação, nem abandono, mas busca, antes, de interesse.

O Amor é o que sustenta as Dimensões, os Universos.
O Amor é o que permite a expressão da Vida.
O Amor é o centro.
O Amor é o cubo da roda que permite à roda girar.

Mas, definindo-o, nele colocando palavras, afasto-me quanto à sua Essência.

O Amor é Revelação da Presença.
O Amor é Ser, no Ser.
O Amor é Ser na Vibração a mais exata, expressando o canto do Universo e multiuniversos.
O Amor é, antes de tudo, Luz expansiva, Luz de doação, Luz onde não interfere qualquer elemento oposto à Luz.

Questão: é normal, por vezes sentir menos os formigamentos ao nível do Coração?

Bem amada Semente de Estrela, as diferentes percepções que você pôde ter e que tem ainda ao nível do Coração transformam-se.

Existe, atualmente, uma etapa de integração correspondente ao que o Arcanjo Miguel chamou a 6ª Etapa, que é a descida do Fogo do Amor ao Sacrum.

Quando o Triângulo Sagrado despertar, então, para você, o Fogo do Coração reaparecerá.

Não existe qualquer inquietação a ter porque, quando o Fogo do Coração manifestar-se uma vez na eternidade, não pode jamais desaparecer de sua vida.

Questão: na meditação, a 3, sentimos algo que nos tocou muito.

Bem amada, assim como anunciou-lhes o Arcanjo Miguel e ilustrando, por ele, as palavras de Cristo, «quando estiverem reunidos em meu nome, eu estarei entre vocês».

É a experiência a que serão levados a realizar, em vocês mesmos, mesmo sós.
O Mestre da Luz está agora presente no Éter e em sua capacidade Vibratória de Consciência para serem tocados, para comunicar a quintaessência.

Questão: deve-se comunicar as experiências que se vive?

Bem amada Semente de Estrela, você levanta, nesse nível, algo de fundamental.

Não se exqueça que aqueles de seus irmãos e irmãs, que negam ainda a Luz, por ignorância ou por medo, podem já ser muito empurrados pelo que você vive.

Falando então com palavras, apenas poderá colocá-los na resistência.

Em alguns casos, isso pode ser necessário, mas não se esqueça que dentro do que você vive, na Radiância de seu Coração, você deve também deixar o outro livre.

Então, a cada vez, coloque-se a questão se o fato de falar do que vive não obstrui a liberdade do outro.

Obviamente, a Alegria do Coração, a Vibração da Coroa Radiante do Coração e do Fogo do Amor dão vontade de compartilhar e expressar o que é vivido.

Mas não se esqueça que a maioria dos seres humanos não está ainda pronta para viver isso.

Cabe a você sentir, então, em cada uma de suas relações, o que é certo expressar, o que é certo dizer ou não dizer, mas, também, dado o númeero cada vez mais importante que vocês são sobre este planeta a viver esta Coroa Radiante do Coração, é evidente que existe um aspecto de contágio da Luz, de um para o outro.
É isso o mais importante.

Através de seu papel de ancorador da Luz e de semeador da Luz, você trabalha no estabelecimento da Luz.

Não se esqueça nunca que as palavras, mesmo as mais procuradas, serão apenas, infelizmente, muito fracas para expressar o que você vive no Interior.

Porque o que você vive no Interior, não pertence a esse mundo e não pode ser definido por palavras.

É nesse sentido que o vocabulário dos interventores nesse canal, como em outros canais, tentam encontrar palavras desprovidas de conotação religiosa ou ainda conotações com egrégoras que nada têm a ver com o que vocês vivem hoje.

Que isso não a impeça, no entanto, de manifestar em você, a ao seu redor, a Alegria do Coração, a Fluidez, a Unidade, e isso passa das palavras, porque esta experiência e o estado no qual você está, é visível.

Aqueles que estão na oposição podem desencadear fúrias que qualificaria de negras, porque eles sentem bem que vocês estão em algo que os incomoda.

E sim, a Luz incomoda ainda os seres humanos, não porque esses seres sejam desviados da Luz, mas porque dela eles foram tão privados.

Porque eles foram tão condicionados pelas Crenças, por seu próprio mental, por suas próprias convicções, e por sua educação, por um conjunto de sistemas que foi chamado o sistema de controle humano, que tudo fez para evitar-lhes de viver o que vocês estão vivendo e, no entanto, vocês o vivem.

Então, quando vocês descobrem os espaços de Radiação de seu Coração, quando vocês descobrem esta Unidade em vocês, esta Alegria, vocês se tornam um ser de soberania integral e, tornando-se soberano de sua Vida, obviamente, aqueles que estão ainda condicionados podem ficar com medo.

Sim, a Luz pode incomodar.
A Luz é um Fogo ardente que não queima.

É um Fogo que desconstrói, que dissolve as Sombras, mas as Sombras são por vezes ameias necessárias a algumas almas, ainda hoje, porque elas têm medo.

Lembrem-se que os medos criados pelo mental são certamente o obstáculo maior para o estabelecimento da Luz em seus irmãos e irmãs, ainda hoje.

Questão: um contato pessoal com o sol tem um sentido específico?

Sim.
O sol é o lugar onde foram retidos prisioneiros seus corpos de eternidade, seus corpos divinos, chamados, hoje, corpos de Existência.

Vários místicos sentiram-se em ressonância com o sol, chamados a meditar diante daquele que dá a Vida e que, no entanto, por um certo número de mecanismos sobre os quais não me estenderei, tiveram cativos seus corpos divinos.

Um primeiro contingente de corpos de Existência, liberados do sol, chega sobre a Terra. Ele chega.

Esses contingentes manifestar-se-ão a algumas almas, no momento das luas cheias, nos três dias anteriores. Vocês estão nesse momento.

E cada mês, cada ciclo lunar que passar, trará o contingente de corpos de Existência em seus corpos de personalidade.

Cada vez mais almas despertam-se ao Fogo do Coração, à reunificação das Três Lareiras no Coração e ao retorno à Unidade.

Assim, os momentos em que vocês vivem, qualquer que seja ainda o que vocês podem provar de difícil em suas vidas, em seus corpos, não é nada com relação à Graça da Luz e à Graça do Amor que redescobrirão.

Então, sim, o sol é importante, para além de ser o que é chamado o Logos Solar, ele é portador da Vibração Cristo Miguel, que é aquela que volta para vocês.

O sol é um dos agentes importantes para a dissolução total da matriz sobre a qual vocês estão.

Ele participa, a seu modo, da irradiação da Fonte, das radiações do Espírito Santo e das radiações do ultravioleta.

Ele é o retransmissor, como nós mesmos, Arcanjos, fomos os retransmissores da Fonte, para vocês.

Questão: as dores nos glúteos fazem parte do processo de abertura do sacrum?


Bem amada Semente de Estrela, isso participa inteiramente do processo.

Do mesmo modo que ao nível da Coroa Radiante do Coração, quando se ativa, alguns de vocês puderam sentir pressões e compressões antes da fase de liberação.

É do mesmo modo ao nível do Triângulo Sagrado.

O despertar do Kundalini, mesmo se alguns de vocês puderam ler sobre isso, não é nada com relação ao que vocês vivem.
É efetivamente isso que vocês vivem.

Questão: que representa cada uma das doze estrelas da Coroa de Maria?

Cada uma das estrelas de Maria representa uma virtude, uma função.

Algumas delas foram-lhes desvendadas e reveladas.

As doze estrelas de Maria são também as doze luzes que, ao nível do firmamento, vigiam, como uma Mãe, sobre vocês.

Existe, nas Dimensões, que vela sobre vocês, um nível Dimensional ligado a Maria, e diria a onze dessas irmãs que conheceram a experiência humana, portando nelas uma dessas doze virtudes.

Essas doze estrelas de Maria são também localizadas em seu corpo físico, como doze pontos de Vibração existentes na Coroa Radiante da cabeça e correspondentes a funções bem precisas nas diferentes zonas neocorticais.

Algumas das funções foram já reveladas, há quase um ano, oito meses exatamente, correspondentes a pontos precisos que tem nomes e funções.

Esses pontos ativam-se em vocês, quando vocês chamam as cinco sílabas, as cinco chaves metatrônicas OD ER IM IS AL.

Alguns de vocês identificaram-nos no plano Vibratório, sem para tanto conhecer as funções.

Mas, esses pontos têm funções precisas, extremamente precisas, do mesmo modo que existe, nesse corpo físico, músculos cujas funções são extremamente precisas, do mesmo modo ao nível desses pontos de Vibração, existem funções extremamente precisas no plano da Consciência e no plano da evolução da Consciência, nos multiuniversos e multidimensões.

Esses pontos são distribuídos ao redor da Coroa Radiante da cabeça e ativam-se nesse momento mesmo.

Do mesmo modo, existe na Coroa Radiante do Coração, um certo número de pontos de Vibração.

Alguns deles fazem parte de um certo número de meditações que lhes foram comunicadas pelos Melquisedeques e, em particular, pelo Mestre Ram, correspondendo, aí também, a funções Vibratórias e espirituais que lhes permitem reencontrar a Unidade e, portanto, superar a dualidade.

Do mesmo modo, ao nível do Triângulo Sagrado, ao nível de seu Sacrum, existem múltiplos pontos de Vibração distribuídos na periferia do Sacrum.

O importante, ainda uma vez, não é tanto ter explicações.

Se eu tomo a analogia com relação a seus músculos, nesta densidade na qual vocês estão, um músculo é comandado por um nervo.
Vocês não conhecem o nome desse nervo e, no entanto, isso funciona.

O importante é a Vibração e a função que exercem, sem para tanto conhecer necessariamente os nomes ou as denominações.

Mas lembrem-se de que nada do que foi escondido lhes será ainda escondido. Tudo será revelado.

A revelação não é, necessariamente, um fato intelectual, mas é bem mais uma vivência, justamente, desses pontos de Vibração de Luz em vocês.

Assim, é o mesmo para seu corpo reencontrando sua dimensionalidade, através do final do DNA prisioneiro na matriz e da descoberta de funções mais espirituais do DNA, ilustrando-se através da descoberta dos cinco novos corpos ou cinco novas Vibrações, distribuídas em seu corpo físico e encarnando, aí também, funções espirituais.

Questão: a reunião do corpo de Existência e do corpo de personalidade é um fenômeno único?

Bem amada, não é único, sem isso você não estaria mais aí para me colocar a questão.

É um processo progressivo que se estabelece como uma abordagem Vibratória lenta, por toques sucessivos, por ancoragens sucessivas de pontos e de novos circuitos energéticos desconhecidos de vocês, colocando-se a vibrar.

Assim, por exemplo, quando o corpo de Existência manifesta-se na Coroa Radiante da cabeça, vocês perceberão o que foi chamado o duodécimo corpo, situado bem acima da bola de seu nariz, manifestando-se por Vibrações que cercam o que vocês chamam seus olhos, e estabelecendo circuitos Vibratórios dentro de sua boca, no palato.

Esse é um dos primeiros contatos com a Existência, existem vários outros.

Assim, a abordagem da Existência se faz, hoje, na personalidade, a fim de permitir-lhes fundir os dois.

Alguns seres, desde um ano, tiveram a oportunidade de transferir a totalidade de sua Consciência para o corpo de Existência, como o anunciou o Arcanjo Miguel e permanecerem encarnados nesta personalidade.

Isso permite descobrir o aspecto multidimensional do que vocês são, nesse veículo de Luz, corpo de Existência, corpo de Cristal, corpo de Diamante, de acordo com sua origem Dimensional, cujo tamanho e funções são profundamente diferentes.

Cada corpo de Existência sendo diferente de um outro corpo de Existência, do mesmo modo que não existem dois corpos físicos idênticos sobre a Terra, exceto para os gêmeos verdadeiros.

Questão: o sonho pode ser um meio de contato com a Existência?

Cada vez mais seres humanos, bem amado, vivem em situações de sonhos, fenômenos novos.

O contato com o Anjo Guardião que foi anunciado, há mais de dois anos, pelo Arcanjo Jofiel, realizou-se nas primeiras vezes à noite, no que é chamado um sonho, mas a diferença com relação a um sonho normal, é que esse sonho é muito mais importante, muito mais existente na Consciência, que um sonho que se dissolve quando vocês abrem os olhos.

Então, sim, muitos desses pontos Vibratórios de contato estabelecem-se quando seu mental está no repouso, ou seja, durante seu sono.

Questão: visitando um Templo no Egito, vivi uma iniciação que precisei interromper. O que é desta iniciação e era certo interrompê-la?

Bem amada, apenas existe uma iniciação que é aquela de seus reencontros com vocês mesmos.

Todo o resto são apenas etapas, por vezes ilusórias, por vezes verdadeiras, que lhes dão a ilusão de aproximarem-se de vocês mesmos.

A iniciação foi concepção dos mundos dissociados.

Que isso se chame etapa sobre o Fogo, reencontro com o que quer, isso apenas continuará a ser modalidades falsificadas.

A única Verdade é viver o Fogo do Coração, não há outra.

A verdadeira iniciação é acender sua Coroa Radiante da cabeça, do Coração e seu Triângulo Sagrado.

Aí está a iniciação que lhes permite reencontrar o que vocês são.
Todo o resto são apenas etapas, por vezes importantes.

Agora, no que concerne à iniciação da Reconexão com Maria, hoje, pode tomar diferentes nomes, porque ela trouxe esta Vibração Marial, que vocês chamem IS IS, que vocês chamem Sekhmet, que vocês chamem ainda Inanna, isso não tem qualquer importância porque trata-se, definitivamente, da mesma entidade de Consciência.

Questão: desde um mês, tenho um bloqueio do sistema digestivo. O que é?

Bem amada Semente de Estrela, não é meu papel responder a esse gênero de questão.

Definitivamente, quaisquer que sejam os bloqueios que vocês possam sentir em seus corpos ou em suas cabeças, são apenas o reflexo de resistências ligadas ao Fogo da personalidade, ligadas, provavelmente, como para todos e cada um, a processos de medos inconscientes ou conscientes, obstruindo o acesso a sua Existência.

Agora, os jogos da Dualidade vão lhes fazer procurar, pelas diferentes técnicas colocadas à sua disposição, mesmo na personalidade e anomalias de funcionamento, cicatrizes chamadas cármicas.

Hoje, eu lhes digo: joguem tudo isso para longe de vocês, a Luz está aí.
Procurem a Luz que está aí, descubram-na em vocês e todo o resto desaparecerá, sem exceção.

Questão: os laços com as crianças, pequenas crianças, em particular com uma criança deficiente, podem ser um obstáculo com relação ao processo de acesso à Existência?

Bem amado, a própria palavra que você emprega é um obstáculo.

Todo laço é um obstáculo.

O Amor é liberdade e liberação, e jamais laço.

O laço é proveniente de sua história afetiva ou do que vocês chamam seu Carma ou suas experiências de vida.

Não é, agora, questão de se separar daqueles que lhe são próximos ou que você ama, mas de se liberar.

Liberar-se não quer dizer desaparecer, mas torná-los livres, porque o Amor é liberdade.

Enquanto você não é capaz de tornar livre uma relação, você mantém efetivamente o que você chama um laço.

O laço é privação de liberdade, para um como para o outro, enquanto que o Amor é liberdade.

Amar é tornar livre.

Do mesmo modo, a Existência que entra em contato com vocês, o fará a seu ritmo, que é o ritmo, de fato, das dissoluções de suas próprias Crenças, aquelas que permanecem ainda em vocês.

Enquanto vocês acreditarem em algo que não é vocês, a Existência não poderá penetrar inteiramente o corpo de personalidade e vocês não poderão transferir inteiramente sua Consciência no Si, na Unidade.

Assim são os mundos Unificados, onde não existe qualquer laço, onde tudo é liberdade e responsabilidade.

Questão: desde o início da canalização, sinto um peso sobre o esterno. Por que?

Bem amada, isso chama-se a porta estreita.

A passagem do ego ao Coração é por vezes sentida como uma pressão dolorosa na ponta do esterno.

Isso precede a ativação do 8º corpo que é, justamente, o nascimento, em você, do Embrião Crístico, ou seja, de sua própria Dimensão Crística em você.

Questão: como ir para a Unidade, como afastar-se da Dualidade, pela neutralidade?

Bem amada Semente de Estrela, a palavra neutralidade poderia ser aquela que poderia se aproximar.

A Dualidade está ligada à ação/reação inexorável que existe nesta Dualidade.

Que isso seja nas leis físicas, que isso seja nas leis humanas, que isso seja nos princípios gravitacionais, que isso seja nas leis cármicas.

Penetrar as esferas da Unidade os libera literalmente de tudo isso.

Existe, naquele momento, o estabelecimento numa Consciência Unificada, onde tudo se desenrola e tudo decorre da experiência da facilidade.

Tudo se torna evidência, tudo se torna simples, tudo se torna luminoso.

Mesmo as zonas de resistência não nos fazem mais participar, nem os fazem participar, desse jogo da Dualidade.

Vocês estão ao mesmo tempo distanciados, sem para tanto estarem em outro lugar.

Vocês estão totalmente aí e diria mesmo que é o único momento em que vocês estão totalmente aí porque, naquele momento, sua conduta não é ditada pela experiência do passado mas, unicamente, pela experiência de seu presente, pela experiência da Vibração presente que vocês experimentam naquele momento.

O aprendizado é um aprendizado, aí também, que se faz toque a toque, de maneira progressiva, em função de suas capacidades em deixar trabalhar a Luz em vocês, o que já expressei muito longamente no ano passado como o princípio do abandono à Luz.

Progressivamente e à medida em que vocês dão passos para vocês mesmos, e para a Luz, progressivamente as coisas tornam-se simples.

Progressivamente, as zonas de resistência, em vocês como ao seu redor, dissolvem-se e seu caminho torna-se evidência, torna-se luminoso, e, sobretudo, torna-se feliz.

O caminho da Unidade é uma via que, como seu nome o indica, está além da Dualidade.

Enquanto vocês estão na Dualidade, vocês estão no que chamam o livre arbítrio, que vocês reivindicam alto e forte.

Quanto vocês penetram as esferas da Unidade, vocês abandonam o livre arbítrio para a liberdade, o que não é verdadeiramente a mesma coisa.

Na liberdade, vocês não estão mais sujeitos à influência que vocês chamam Carma ou ação /reação.

Sua Vida é imprimida de Graça.
Ela se preenche de facilidade, de Fluidez e de Unidade.

Questão: em função de sua resposta, eu me pergundo se estou no bom caminho?

Bem amada, como você quer que algo do exterior a você lhe traga uma resposta, se isso não é recair na Dualidade?

Questão: trata-se de se voltar para Si para reencontrar sua Existência, o que é dos terapeutas?

Bem amada Semente de Estrela, muitos terapeutas, hoje e desde já vários anos, descobrem esse dilema porque, ser terapeuta é, necessariamente, estar na Dualidade.
Não pode ser de outro modo.

Agora, eu não quero dizer com isso que vocês devam abandonar, mas isso cabe a vocês.

A decisão deve vir de vocês porque, a um dado momento, o fato mesmo de levantar esta questão, sublinha a indisposição existente dentro do que vocês chamam terapêutica.

A terapêutica recorre àquele que sabe, àquele que conhece, pela oposição àquele que sofre e que não conhece.

Assim, manter caminhos de terapia, quaisquer que sejam, nesse mundo, participa, definitivamente, da Dualidade.

Eu não condeno, porque nada é condenável, obviamente.

Mas, de tomada de Consciência em tomada de Consciência, vocês chegarão, se vivem na Unidade, à mesma conclusão.

Questão: é o mesmo para os astrólogos?

Bem amada Semente de Estrela, não é proibido levar uma ajuda a alguém que lhes peça, qualquer que seja.

Agora, existe certamente tanto astrologias como astrólogos.
Tudo depende de qual é a astrologia.

É uma astrologia que vai fechá-los na personalidade descrevendo os encadeamentos ou é uma astrologia da Alma?
Ou uma astrologia Cármica que já está melhor?
Ou é uma astrologia sideral que lhes fala do Espírito e não mais da personalidade?

Aí também, tudo depende do caminho pessoal que você realizou, porque vocês deveriam ser capazes, através da terapia, como da astrologia, de liberar o outro.

Liberar o outro não é atrair sua atenção sobre as zonas de Sombra mas, bem mais, mostrar-lhe o caminho da Luz e o caminho da Unidade.

Então, naquele momento, a resposta dependerá, obviamente, do astrólogo e suas funções.

Mas não posso falar da astrologia de uma maneira geral, assim como não posso falar de tal ou tal técnica.

Elas lhes pertencem e pertencem a esse mundo, ao mundo dissociado, ao mundo da Dualidade.

Quando penetrarem as esferas da Unidade, vocês se aperceberão progressivamente que não pode existir anomalia.
Não podem existir todas as leis que conheceram e todos os sofrimentos que conheceram nesse mundo.

Vocês imaginam um Arcanjo com uma asa quebrada?
Isso é impossível.

Não temos mais perguntas. Agradecemos.

Bem amadas Sementes de Estrelas, eu os agradeço então pela atenção e a Vibração que me prestaram.
Em troca, eu lhes trago novamente minha Radiância e a Radiância do Arcanjo Uriel.
Recebam todo nosso Amor e todas nossas bênçãos, para além das palavras, pela Vibração emitida agora, de nossa Consciência a sua Consciência.
Sejam abençoados.

... Efusão de energia...

Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão do francês: Célia G. – http://leiturasdaluz.blogspot.com

______________________
(*) NOTA DA TRADUÇÃO:
No original, a palavra empregada por Anael é « adombrement », cuja tradução literal é obscurecimento, entretanto, a explicação no Wikipedia é:
“A oferta do corpo físico:
Na terminologia do esotérico, especialmente a magia branca, o obscurecimento, ou a ação de obscurecimento é um modo nobre e não forçado de possessão por uma entidade espiritual, necessariamente, muito avançada (por exemplo o obscurecimento de Cristo), com plena consciência, concordância plena (e futuro grande benefício espiritual), a entidade assim obscurecida (que exclui qualquer tipo de mediunidade de tipo inferior e, portanto, inconsciente).”

Nenhum comentário:

Postar um comentário