Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

2 de ago de 2010

SRI AUROBINDO – 2 de agosto de 2010

Mensagem de 2 de agosto (publicada em 7 de agosto de 2010)
DO SITE AUTRES DIMENSIONS



Eu sou Sri Aurobindo.

Caras irmãs, caros irmãos neste espaço, sejam agradecidos de me acolherem esta noite.
Eu lhes transmito meu Amor.

Foi-me solicitado, pelo venerável Omraam (Omraam Mikaël Aïvanhov) para vir exprimir-me, entre vocês, no que concerne ao Fogo.

Como o sabem, eu sou um Melquisedeque do ar, em relação com a Constelação da Águia.
Mas devido a meus escritos e a minhas experiências, em minha última vida, me é possível tentar fazê-los chegar a uma compreensão direta do que é chamado o Fogo e, em particular, o Fogo do Coração.

Vocês o sabem, talvez, na tradição de onde venho, o Fogo não tem absolutamente a conotação negativa que existe no cristianismo, onde o Fogo representa as chamas do inferno, as chamas destrutivas.
Em minha tradição, o Fogo está ligado a Shiva.
É o Fogo que purifica, é o Fogo que regenera e ressuscita, está ligado a Fênix.

O Fogo é um dos quatro elementos, em relação com um dos quatro Vivos, chamados, na tradição primordial, Véhuyia, o Gênio do Fogo.

Quando tentei definir, em palavras, o que chamei de Supramental (que hoje chegou sobre a Terra, do qual vocês sentem as premissas em sua Coroa Radiante do Coração e da Cabeça), eu compreendi então certo número de características desse Supramental, que outros, antes de mim, chamaram de Fogo do Éter.

Esse Fogo do Éter, esse Supramental ou da Cità, corresponde a certo número de características precisas que nada têm a ver com a energia perceptível pelo magnetismo ou por diversas técnicas que visam fazer perceber a energia vital.

A energia Supramental tem características muito diferentes.
Poder-se-ia aliás chamá-la de Fogo elétrico, não pela oposição ao magnetismo, mas sim como uma complementaridade.

As características de Vibrações do Supramental fazem com que esta energia tenha uma Vibração mais rápida que aquela que é comumente percebida por aqueles que percebem.

O Supramental se traduz também pelo Fogo.

Compreendam bem que esse Fogo não é um Fogo que queima, como as chamas, mas, entretanto, é um Fogo: um Fogo que revela, um Fogo que desvenda, um Fogo que forja e que torna transparente.

É desse Fogo que se trata.
Esse Fogo que foi utilizado, mesmo em sua versão que queima, em alguns processos chamados iniciáticos, nas tradições primitivas.

O Fogo do Coração é, obviamente, a instalação desta Vibração rápida, do Supramental, no chacra do Coração, transformando este, além do chacra, em uma Coroa Radiante, perceptível, efetivamente, como uma coroa se expandindo até englobar, bem além do chacra do Coração, o conjunto do peito.

O Fogo é também Consciência.
O Fogo de que falo não é a combustão do oxigênio, mas, bem mais, constituído de partículas.
Essas partículas puderam ser chamadas de Adamantinas ou, em minha tradição, Agni Deva.
São essas partículas, qualificadas de exóticas em seu Mundo usual encarnado, que devem invadir seu Mundo, em quantidade cada vez mais importante, quando a Terra atravessar, inteiramente, a irradiação da Fonte, chamada, por alguns, de Onda Galáctica.

As propriedades dos Agni Deva são de revelar, purificar, elevar.

Poder-se-ia dizer que o Fogo é o agente que coloca em movimento o veículo intermediário, chamado Merkabah, situado, como o sabem, acima de sua cabeça e que se desperta quando o conjunto de suas novas Lâmpadas é ativado.

Esses Agni Deva tomam então forma, dentro de sua forma, arranjando-se segundo o que eu chamaria de plano matricial fora da matriz, ao nível dos Mundos Unificados, em relação com o que chamamos o corpo de Existência, ou corpo Divino, se preferem.

De fato, qualquer que seja sua Dimensão de origem, quaisquer que sejam suas Linhagens espirituais, seu corpo imortal é constituído, em grande parte, de uma montagem de diversas partículas.
Essas partículas se arranjam segundo uma ordem também rigorosa como suas proteínas ou suas células.
Elas são portadoras de uma energia considerável, de uma energia bem além do Fogo da matéria que vocês chamaram de fissão nuclear ou mesmo de fusão nuclear, cuja velocidade de propagação escapa a toda medida física, na Dimensão que vocês percorrem.
Escapa tanto que, até o presente, poucos de vocês perceberam e viram essas partículas Adamantinas.

Alguns de vocês, em contrapartida, as perceberam em suas estruturas, quer seja ao nível da Coroa Radiante do Coração como na escala do corpo inteiro, como radiações formigantes e penetrando o conjunto de seu corpo.

A Luz Metatrônica é inteiramente composta dessas partículas Adamantinas, aquelas que lhes foram derramadas, pela primeira vez, sobre esta Terra, quando da revelação das primeiras Chaves Metatrônicas, durante seu Verão passado (inverno no hemisfério sul).

O Fogo de que falo é esse Fogo.
Esse Fogo que constitui, obviamente, a Luz Vibral.
A Luz Vibral não é um fóton.
A Luz Vibral é uma disposição dos Agni Deva, sob forma hexagonal, explicando que o conjunto dos Mundos Unificados se estrutura por 6 e por 24.

Assim, portanto, nós somos 24 Anciões.
Assim, portanto, o que eu chamaria o Fogo original primordial é constituído da Fonte, que se mira nela mesma em Metatron e enquadrado pelos 4 pilares da Criação, os 4 Hayot Ha Kodesh ou, se preferem, os Agni Deva da Água, do Fogo, da Terra e do Ar.

O Fogo é o elemento constitutivo principal de toda Criação.
Esse Fogo está presente sob forma de um espaço/tempo diferente daquele que os constitui, mas está presente em cada uma de suas células.

O próprio funcionamento de seus organismos de carbono está sujeito, de maneira não perceptível, por sua Consciência, a reações que vocês chamam de químicas, existentes graças à possibilidade para que os Agni Deva intervenham, ao nível celular, mas em uma escala não perceptível e muito limitada.

A passagem que vocês viverão em breve, desta forma de carbono para uma forma muito mais rápida e livre, traduzir-se-á, para sua Consciência, por modificações fortes, muito fortes, de suas percepções sensoriais como de suas percepções espirituais, traduzindo-se por um crescimento Vibratório sem medida comum com o que vocês conheceram nesse corpo de carbono, mesmo quando de seu Despertar, mesmo quando de algumas experiências místicas que alguns de vocês puderam viver.

A revelação do Fogo se traduz por uma deslocação de tudo o que não é constituído de Fogo autêntico, de tudo o que foi, literal e propriamente, asfixiado na expressão da liberdade, tanto ao nível da célula como das consciências presentes nesse Mundo.

Há, portanto, uma transmutação que acompanhará a translação dimensional, uma transmutação de natureza atômica, tocando o conjunto de constituintes de toda vida, desde o átomo até o planeta, na totalidade.

Para além da percepção Vibratória corporal, a visão será, para vocês, para seus olhos, o aparecimento de uma Luz branca que cega, extremamente quente e escaldante.

Esta Luz, extremamente quente e escaldante, representa o Coração da onda Galáctica.
Ela será precedida, de alguns minutos, pelo aparecimento de pontos de Luz extremamente brilhantes, presentes em toda atmosfera.

Vocês começarão, naquele momento, a sentir formigamentos no conjunto de sua pele.
Um calor os invadirá, um Fogo, mesmo, que despertará, se vocês estiverem prontos, seu Kundalini, inteiramente, e fará fundir, de maneira quase instantânea, a Coroa Radiante da Cabeça e a Coroa Radiante do Coração.

Quanto mais vocês estiverem aptos, naquele momento, para penetrar em seu espaço Interior, na meditação, para fazer o silêncio no exterior, para se recolher, em todos os sentidos do termo, melhor vocês viverão sua transmutação.

Isso não se refere, obviamente, à totalidade da Humanidade, mas a alguns dos Seres despertos que permanecerão sobre a Terra, naquele momento.

Assim que vocês perceberem esses formigamentos na escala de seu corpo e que seus olhos virem esta Luz branca aparecer e invadir o céu, vocês perceberão então que o momento chegou.

Bastar-lhes-á, então, simplesmente, se alinharem no Interior de vocês mesmos, deixarem as Vibrações de seu corpo se elevar e sua Consciência se elevará ao mesmo tempo.

Vocês devem ser livres, naquele momento e naquele momento preciso, de todo apego, de todo condicionamento, com todo fenômeno exterior a vocês mesmos.

Vocês não poderão confundir isso com outra coisa.
A rapidez da Vibração e das partículas lhes penetrando será tal, que vocês não poderão ignorar o que acontece.

Nós começaremos, uns e outros, da Ordem dos Melquisedeques, a lhes desvendar, agora, a cada vez, um pouco mais do que é, em Verdade, esse processo de transmutação.

Trata-se realmente de uma transubstanciação em que sua matéria vai mudar e onde se apresentará a vocês o plano matricial Unificado do que vocês são, em Verdade, na Existência.

Vocês deverão então transferir sua consciência nesse novo veículo.
Não haverá interrupção da consciência, naquele momento, haverá, ao contrário, uma expansão intensa de sua consciência.
O sentimento e a vivência da Unidade e da Alegria se farão cada vez mais extremo, progressivamente e à medida que a Luz da Fonte penetrar, inteiramente, esta Terra.

O que vocês vivem é destinado a prepará-los para viver isso, para vivê-lo em todo conforto, em toda lucidez e sobretudo em plena consciência.

Esse processo, que se desenrolará dentro de pouco tempo, é absolutamente único na história desta Humanidade Terrestre.
Ele corresponde, realmente, ao batismo pelo Fogo.

Vocês não podem ser regenerados de outro modo, apenas pelo Fogo.
Vocês não podem ser despertados de outro modo, apenas pelo Fogo.

Como o sabem, a única porta de acesso a seu corpo de Existência é o Coração.
É nesse sentido que, cada vez mais, uns e outros, nós intervimos para atrair sua consciência sobre a diferença essencial que existe entre a consciência da personalidade e a Consciência Ilimitada.

É nesse sentido também que, desde que o Fogo do Céu tocou a Terra, tudo deve ser revelado.
É o período que vocês vivem, aquele que chamei, quando era São João: Apocalipse.

A revelação de todas as fraudes desse Mundo, de seus mecanismos, está em curso de desvendamento.
Mais nada do que estava oculto poderá ser escondido mais tempo.

Esse processo é indispensável, em vocês, como no exterior de vocês, na sociedade, como em todas as suas relações, mesmo se isso é por vezes difícil, mas esta etapa é indispensável para lhes permitir adquirir a lucidez.

Dentro de muito poucos dias agora, o Arcanjo Metatron revelar-lhes-á as últimas Chaves Metatrônicas, ao mesmo tempo em que se acenderão, na Coroa Radiante da Cabeça, as doze Estrelas, ao mesmo tempo em que o Arcanjo Uriel prepara, em vocês, essa reversão e esta transubstanciação.

A época na qual vocês inscrevem seu caminho, agora, é a época do tempo descontado, descontado até seu termo, o qual a cada dia e a cada sopro, se aproxima.

É durante este período que vocês devem se tornar claros, transparentes, lúcidos.
Claros e precisos, centrados no aqui e no agora.

O conjunto de funções ligadas às doze estrelas de Maria lhes permitirá compreender, no Coração, certo número de mecanismos existentes.

Vocês preparam, assim, pela construção do Antakarana, o caminho para retorno à sua Unidade.

Lembrem-se o que lhes disse Um Amigo: A Consciência é Vibração, a Supraconsciência (ou Consciência Ilimitada) é Vibração de Fogo.

O amor é o Fogo do Coração.
O Amor (chamado assim), sem Fogo do Coração, não é o Amor.
O Amor libera, a Luz Vibral, em sua tripla composição, preparou o caminho, em vocês, como na Terra, para viver esta etapa final.

A preparação que vocês vivem deve permitir-lhes se tornarem cada vez mais lúcidos e conscientes desta Dimensão Unificada.

Isso pode, certamente, se traduzir por dificuldades, em suas vidas, em suas relações, em suas ocupações, na sociedade, de uma maneira geral, mas vocês são encorajados a irem para sua Essência, pelas Vibrações que percebem.

O trabalho de reversão do Arcanjo Uriel não está terminado, mas quase.

A ativação da Coroa Radiante do Coração, mesmo na Coroa Radiante da Cabeça, é feita também para facilitar sua elevação à Merkabah.

Seguramente, várias revelações e vários acontecimentos devem se produzir ainda; não se deixem jamais engolir ou fechar por esses acontecimentos, quaisquer que sejam.

Esforcem-se para permanecerem lúcidos, serenos.
Cultivem, em vocês, esse Fogo do Coração, esta Coroa Radiante da Cabeça, como do Coração, porque nessas Vibrações, se encontra sua paz, sua serenidade e sua tranquilidade.

Continuem a viver, certamente, sua vida comum, mas tentem se aliviar e se retirar do que os torna pesados e lhes pesa.

Tornar-se-lhes-á cada vez mais fácil perceber e sentir algumas circunstâncias que, literalmente, asfixiarão seu Coração e sua Cabeça, ao nível das Coroas, enquanto que, ao contrário, algumas situações, alguns lugares, reavivarão sua Alegria e sua paz.

Assim, portanto, cultivem a Alegria, cultivem a paz, cultivem a meditação que eu qualificaria de ativa.

Não é questão de se retirarem, permanentemente, do Mundo, mas sim de ali estarem presentes e Conscientes.
Vocês têm à sua disposição vários meios de levar sua consciência na Vibração do Coração e da Cabeça, e de manter esta Vibração e esta consciência nas circunstâncias as mais usuais de suas vidas.

As escolhas foram realizadas, os futuros individuais estão quase todos traçados.
Resta, simplesmente, esperar e viver o que deve ser vivido, sobretudo para aqueles que não estão ainda lúcidos, aqueles que estão ainda adormecidos em sua personalidade, em seus hábitos, em suas ilusões.

Retenham também que o Fogo é o agente que permite esse despertar.
O Fogo do Céu tocou o Fogo da Terra.
O Fogo do Éter se desperta.
Os elementos da Terra estão prontos para assumir seus papéis e suas funções.

Como o sabem, nós permitimos (o conjunto de Forças da Luz Vibral) que a Luz se derramasse de maneira permanente sobre esta Terra, desde 17 de julho.

Somente a Terra, agora, detém a chave do instante final e também, certamente, o Céu.
Entendo por Céu, a Luz que vem de muito longe até vocês.

Tudo está sobre os trilhos, tudo está inscrito e tudo está pronto.
Vocês devem se ocupar, cada vez mais, para encontrar sua Unidade, ou seja, sua Vibração.
Assim, lhes será possível viver esse Fogo do Céu e da Terra e de seu corpo, em total lucidez e em total quietude.

A partir da entrega das últimas Chaves Metatrônicas, tudo se tornará possível.

O Fogo é criação, o Fogo é transformação, o Fogo é Amor, contrariamente à imagem que quiseram dar aqueles que falsificaram as religiões até falar de um Fogo do inferno que destrói tudo.

O Fogo não destrói nada, ele revela, ele transforma e ele eleva.

Mas o condicionamento é tal que muitos seres humanos acreditarão que esse Fogo é, efetivamente, o Fogo do inferno e eles viverão o que eles crêem.

Nós retornaremos, uns e outros, progressivamente e à medida do passar das semanas, sobre o que eu chamaria de técnicas espirituais.
Mas retenham que, qualquer que seja a técnica espiritual levada a efeito, a única chave não é o conhecimento desta técnica, a única Chave é, e continuará a ser, seu Coração, sua humildade, sua simplicidade e sua capacidade para permanecer nesse coração.

Aí está, caras irmãs e irmãos, o que me foi solicitado a lhes dizer, para que aqueles que seguem o que conduzimos e trazemos, possam começar a se colocar as boas reflexões, não para fazer trabalhar o mental, mas para integrar mais rapidamente o que é vivido e o que será vivido proximamente, sem se colocar questões.

Lembrem-se também que o som é um bom marcador do Fogo (o som da alma), sua capacidade, também, para experimentar a Alegria.

Caras irmãs, caros irmãos, se há em vocês questões concernentes a esses processos às quais eu possa responder, eu os escuto.

Questão: poderia aprofundar sobre o Fogo do Éter?

O Fogo do Éter é um Fogo que queima, no ar, com unicamente o combustível do ar, mas sem apoio, no sentido material.
É um abrasamento existente nas estruturas intermediárias chamadas de 2ª e 4ª Dimensões;

Não se trata, portanto, de um Fogo da matéria, mas de um Fogo do plano matricial dissociado, situado na 2ª Dimensão e na 4ª Dimensão.

O Fogo do Éter traduz, efetivamente, o Fogo, no sentido que vocês chamam o corpo etéreo ou o corpo energético.

O Fogo do Éter se manifesta já sobre a Terra.
Alguns de vocês o percebem em suas estruturas, é o que lhes dá esta sensação de calor.
Também, o Fogo que sobe sem, pelo momento, ser percorrido pelas Vibrações extremamente rápidas, as partículas Adamantinas.

O Fogo do Éter é o que permite iluminar, como disse Mestre Omraam, a poeira.
É o Fogo do Éter que fez desaparecer o tapete sob o qual vocês escondiam esta poeira.

É nesse Fogo do Éter que vocês são colocados a nu e que vocês devem aceitar se olhar tal como são.

O Fogo do Éter é uma prévia do Fogo cósmico ou galáctico.

Questão: é possível conhecer o nome de sua Existência? Isso pode ajudar Vibratoriamente?

Na condição de que esta revelação ocorra em Si.
Toda revelação exterior seria, de todo modo, assim como foi dito no ano passado por outros intervenientes, falsificada.
Do mesmo modo que, para suas Linhagens, seu nome na Existência não pode ser conhecido senão por você mesmo.

Questão: como estar sobre o que tem a fazer com uma Embarcação de Luz ou de sombra?

Pela Vibração, a Vibração que está em acordo com você.
Se você é da Sombra, você irá numa Embarcação da Sombra e tudo estará bem.

As Embarcações de Sombra são, essencialmente, eu diria, mesmo quase exclusivamente, Embarcações pertencentes a estruturas metálicas conhecidas em seu Mundo.

Existe apenas uma única forma de Embarcação de Luz pertencente à Luz Vibral, trata-se dos Seres chamados Anjos do Senhor ou Vegalianos de 3ª Dimensão Unificada.

A forma das Embarcações, também, poderia ser útil, mas, em definitivo, é a Vibração que decidirá.

Não pode haver erro, é impossível.

Um Ser de Sombra não pode subir numa Embarcação de Luz e um Ser de Luz, destinado a juntar-se à sua Existência, não pode subir numa Embarcação da Sombra.

Questão: é a diferença de «ignição» das 3 Lareiras que fará a diferença Vibratória?

Perfeitamente.
Do mesmo modo, no que concerne a esta franja limitada de indivíduos, do mesmo modo, uma Embarcação de Luz pode apenas localizar Seres de Luz.
Uma Embarcação da Sombra pode localizar apenas Seres da Sombra.

Questão: qual seria então a utilidade da Saudação de Orion, se não há confusão possível?

É uma proteção (guard-rail).
Lembrem-se que certo número de choques, ligados às revelações que vocês vivem, pode alterar, temporariamente, as capacidades Vibratórias.

Questão: as nuvens lenticulares representariam as Embarcações da Sombra?

Existem muitas tecnologias que vocês chamam de extraterrestres capazes de se esconder de sua visão dentro dessas nuvens, da Sombra como da Luz.

Mas lembrem-se de um fato essencial: as Embarcações, em especial as da Frota Mariana, não são absolutamente desta Dimensão e não podem de modo algum aparecer a seus olhos de carne.

Elas são de outras Dimensões, constituídas essencialmente de partículas Adamantinas e de constituintes que não existem nesta matriz.
Elas não podem, portanto, lhes aparecer nesse corpo de carne.

As únicas que podem aparecer nesta matriz são as Embarcações dos Anjos do Senhor, Embarcações individuais ou Embarcação-Mãe.

Mas, ainda uma vez, retenham que de nada serve se colocarem essas questões exteriores, absolutamente nada, porque não é sua cabeça que decidirá, nem seus sentidos, mas unicamente a Vibração que vocês terão naquele momento.

Vocês não poderão ir a nenhum outro lugar a não ser para onde os leva sua Vibração.
As leis lineares, tais como as conhecem na matriz não podem estritamente se aplicar nas condições particulares deste advento do Fogo.

Questão: sentir formigamentos, tais como você descreveu, corresponde à existência de “ondas” que já chegariam sobre a Terra?

Esse é o caso para algumas almas em relação direta com as Chaves Metatrônicas.
Algumas almas estão sob a influência (um mau termo), sob o impacto direto, do Fogo Metatrônico.
Essas almas perceberam e sentiram e viveram, durante um período que se estende por um ano, em diferentes momentos ou em um único momento, esse Fogo e esta Vibração.

Questão: a ignição do Fogo da cabeça passa obrigatoriamente por sangramento nasal?

Antes de falar, cara irmã, da ignição do Fogo da cabeça, há primeiro a ativação do 6º e do 7º chacra, pela recepção da Shakti ou do Espírito Santo.
É isso que desencadeia os filetes de sangue na narina esquerda, depois direita, e é isso que desencadeia o som da alma.

O Fogo do Éter ou o Fogo da Coroa Radiante da cabeça não ocorre senão num tempo posterior.
Certamente, o espaço de tempo entre os dois eventos tornou-se cada vez mais curto, em termos Terrestres.

Os filetes de sangue correspondem à perfuração do pavimento das fossas nasais, correspondendo à ativação do 6º e do 7º chacras.

Alguns Seres podem perceber Vibrações na cabeça, sem, no entanto, viver a constituição do corpo de Luz.
Isso resulta, numa certa medida, da intensidade das energias do Espírito Santo, acoplada à energia do Ultravioleta, que se derrama sobre a Terra desde mais de um ano.

Recordem-se também da frase que escrevi, sob ditado de Cristo: “haverá muitos chamados e poucos escolhidos, eles serão marcados na testa”.

A passagem do chamado ao escolhido se faz pelo Abandono à Luz e pela morte do ego.

Esta morte podendo se realizar até o extremo limite do tempo que é descontado.

Mas será mais provável, muito mais confortável, realizar isso antes do final.

Questão: como estar certo de ter podido ativar a Coroa Radiante da Cabeça?

A certeza é Vibratória.
O que coloca a questão é o mental.
A Vibração é, ou não é.

Questão: a Vibração pode se manifestar sob forma de pressão?

A pressão é um elemento da Vibração, mas ela não é a Vibração.
Eu qualificaria esta Vibração, de Fogo ou de calor.

Não temos mais questões, agradecemos.

Caras irmãs e caros irmãos, eu os agradeço por terem prestado atenção ao que tinha a emitir.
Eu lhes transmito minha Luz azul.
É com prazer que lhes digo até uma próxima vez.

______________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

2 comentários:

  1. Não acredito que seja mensagem de Sri Aurobindo. Estudo sua obra há mais de 20 anos.

    ResponderExcluir
  2. Cláudio, muito boa sua observação. Isto é fundamental que todos façamos. Sérá que é autêntica e válida esta mensagem? Sabendo também que, ao nível do mental somente temos acesso a verdades relativas. Algo que me chamou a atenção há um tempo atrás era o fato de ler mensagens, textos, canalizações e estudos de determinados mestres de canalizadores e origens diferentes. Também sou bastante seletivo. Há um tempo atrás, fiz esta pergunta e tive como resposta, que realmente temos de ser seletivos e separar o que é oportunismo, sombras, do que é autêntico. Também foi respondido que as mensagens dependem dos canalizadores e ao público que é dirigido, tendo conteúdos diferenciados, conforme o entendimento já adquirido. Particularmente, uso a técnica de Kardec: O conteúdo da mensagem também é comunicado por outros canalizadores? É coerente? Tem objetivo nobre? Neste caso, as mensagens de Sri Aurobindo no meu entendimento são coerentes, nobres e principalmente me fazem vibrar no coração. Assim como nós, os Mestres tiveram várias encarnações e se utilizam de alguma de suas roupagens anteriors para se manifestar (com o apoio de outro seres) mas sem ser o mesmo e com um conhecimento mais próximo da Fonte, o que fazem transmitir novos ensinamentos e por vezes não aderente ao de seu personagem mais ilustre. Por fim, você está certo, o Mestre que devemos seguir está dentro de nós e ele nos orienta para que sigamos o caminho que internamente já escolhemos. Importante mesmo é entender que agora existe uma nova forma de comunicação que é através da vibração e energias (calor, pressão, etc) que nosso corpo sente e que é o nosso Si se comunicando, junto com a Fonte e os Seres que nos ajudam. Esta vibração é a verdade, o resto são verdades relativas, necessário para cada um...

    ResponderExcluir