Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

3 de ago de 2010

UM AMIGO – 3 de agosto de 2010

Mensagem de 1º de agosto (publicada em 11 de agosto de 2010, por equívoco, como sendo de 3 de agosto)
DO SITE AUTRES DIMENSIONS


LEIAM EM COMENTÁRIOS PORQUE EU NÃO RETIREI ESTA MENSAGEM DAQUI - Célia G.


Eu sou Um Amigo.

De meu Coração para seu Coração, neste espaço, caros Irmãos e Caras Irmãs, recebam minha gratidão por sua Presença e sua escuta.

Vou desenvolver, por palavras, certo número de elementos que julgo importantes quanto à consciência, à sua evolução e à sua transformação.

De minha Presença à sua Presença, e de sua Presença à minha Presença, vibraremos juntos, em alguns momentos, para além das palavras.

Permitam-me, Irmãos e Irmãs, inicialmente, desenvolver certo número de elementos em relação e em ressonância com a Existência, com a personalidade, a consciência limitada, a Consciência Ilimitada, seu corpo fisiológico, assim como o corpo de Existência, a fim de lhes permitir se aproximarem e se apreenderem dos mecanismos para além da compreensão intelectual, mas, bem mais, dentro de uma compreensão Vibratória e de Consciência, do que é a Consciência da Existência mesmo em seu corpo de personalidade.

Como o sabem, vocês não ignoram que, durante o período que vivem, vocês devem passar de uma consciência limitada para uma Supra Consciência ou Consciência Ilimitada.

O marcador indelével, testemunha de sua passagem, corresponde ao estabelecimento de uma Vibração específica de sua consciência, que lhes permite se estabelecerem num dos diversos Samadhi, ou Alegria da Presença a vocês mesmos, em sua Unidade.

O marcador específico de sua passagem da limitação ao Ilimitado traduz-se, em seu próprio corpo biológico, pela percepção de um estado que eu qualificaria de Alegria Interior, sem objeto, chamado, em minha tradição de origem, de Samadhi.

Esse Samadhi não é único, ele é constituído de certo número de estados bem identificados que lhes permitem, a cada vez, penetrar mais adiante no estado do grande Samadhi e se aproximar de certo número de esferas bem além do mundo da encarnação.

Assim, portanto, existe certo número de marcadores.

O bem amado Sri Aurobindo já lhes falou, sobre o Switch da Consciência: o momento preciso em que vocês basculam da consciência limitada para a Consciência Ilimitada.

Obviamente, a Consciência Ilimitada não utiliza ferramentas.
As ferramentas que lhes foram comunicadas (seja por técnicas de meditação, por certo número de gestos que eu mesmo comuniquei, num corpo de ensinamentos chamado de Yoga Celeste), que permitem simplesmente aproximar a consciência limitada desta Consciência Ilimitada (nota: vocês encontrarão esses elementos na rubrica “protocolos”, de nosso site (*)).

Então, de início, caros Irmãos e caras Irmãs, tenho que insistir sobre esta noção de período preparatório que vocês vivem.
Ele é intenso, já desde certo tempo porque, como o bem amado Sri Aurobindo disse, a influência e a emergência do Supramental, nesse Mundo, foi preparada há muito tempo.
Eu diria mesmo, não na vida de Sri Aurobindo, mas bem antes; quando eu digo “bem antes”, isso corresponde ao estabelecimento da Luz num ciclo tal como o vivem e, isso, desde mais de 50.000 anos.

Trata-se, de fato, do final de uma respiração cósmica.
Este final de respiração cósmica que existe e que se inscreve nos ciclos da humanidade, se reproduz regularmente, mas, hoje, a característica deste final de ciclo é que se trata, na matriz, do último ciclo.

Esse ciclo não será mais reproduzido.
Existe portanto uma passagem se realizando sob seus olhos, e da qual vocês são parte interessada, que lhes permitirá, se tal é sua Vibração e tal é seu Coração, penetrar e retornar na Verdade, na Unidade e na Vibração Essencial que vocês são.

Eu insisti longamente, desde alguns meses, sobre a noção de Verdade, sobre a noção de Vibração e de Consciência.
De fato, a Consciência é Vibração, assim como a Vida é Vibração, é movimento, a Consciência não pode se conceber sem expansão, sem movimento, sem dilatação e sem, sobretudo, mudança e permuta de forma.

Na Ilusão à qual vocês participam, vocês estão fixados numa forma, enquanto que a Consciência Ilimitada não conhece fixação nem o aspecto fixo, mas é sim parte interessada das formas e da multiplicação das formas existentes nos Multiuniversos e Multidimensões.

Assim, cabe-lhes descobrir, pela Vibração e pelo acesso ao que é chamado de Existência (também chamada Ser no Ser), o que é esta Dimensão Ilimitada.

O paradoxo é que vocês não podem apreender, por uma ferramenta que não existe, o que é esta Dimensão Ilimitada.

A cada vez que vocês tentam definir o Ilimitado, vocês recaem na limitação.

Apenas a Consciência pura, liberada, Sat-chit Ananda, que pode penetrar, e ela somente pode penetrar as esferas do Ilimitado.

Enquanto vocês procurarem definir, através de certo número de palavras ou de conceitos pertencentes ao mental, o Ilimitado, vocês fracassarão.

O Ilimitado é Vibração e expansão.
O Ilimitado é percepção de alguns espaços em que vocês poderão penetrar, pela própria Consciência, privada de todo o mental e de toda a capacidade de análise.

Trata-se, portanto, de uma experiência que é para viver, de um estado que é para viver, mas que não é para compreender.
Este é todo o paradoxo.

É que este estado de Existência escapa ao que se chama, na encarnação, de cinco sentidos.

Com efeito, a Existência não se situa na esfera limitada.
A Existência se situa em outro espaço-tempo que não existe nesta Terra e, portanto, ao qual vocês não tiveram acesso até o presente.

Esse corpo, que foi apreendido pelas palavras e descrito pelas palavras adaptadas no Apocalipse de São João (chamado corpo sem costura, corpo imortal, corpo de glória ou corpo da ressurreição) é apenas uma pálida cópia, apenas uma pálida representação do que é realmente o corpo de Existência.

Vocês não podem penetrar o corpo de Existência pelos sentidos.
Vocês não podem penetrar o corpo de Existência pela compreensão intelectual e, obviamente, vocês não podem penetrar o corpo de Existência pelo que é chamado o mundo das emoções.

O mundo das emoções não existe nos Universos Unificados.
Isso é uma criação da matriz que induziu a lei de ação/reação, que vocês chamam também de carma, e que os mantêm na Ilusão enquanto ali aportem pesos e crenças.

Toda a problemática existente no indivíduo, como na coletividade humana, em seu conjunto, é o reflexo da adesão a certo número de crenças.

Vocês não podem penetrar as esferas do Ilimitado enquanto crerem em algo.

Assim, o fato mesmo de crer na Existência é um obstáculo para seu acesso à Existência.

Assim é porque o mental, e o mundo das emoções, procurarão sempre correlacionar e se prender a certo número de fatos do que existe e é percebido pelos cinco sentidos, pelo intelecto e pelas emoções.

Ora, de maneira definitiva, o corpo de Existência não pertence a qualquer dessas funções ou estruturas.
O corpo de Existência não existe no mundo das emoções.
O corpo de Existência não existe no mundo das crenças e do mental.
O corpo de Existência não existe no que vocês chamam de cinco sentidos.

Assim, quando falamos de percepção do corpo de Existência e da compreensão, vivida pelas vibrações, em seu corpo fisiológico, do corpo de Existência, trata-se, antes de tudo, de uma percepção Vibratória.

Ora, a percepção Vibratória não pertence aos cinco sentidos, mas pertence ao que é chamado de sentido elétrico e de sentido magnético, assim como à conjunção desses dois sentidos chamada, se querem, de percepção extra-sensorial, que estritamente nada tem a ver com o que existe ao nível dos cinco sentidos.

Assim, portanto, penetrar a Existência apenas pode se fazer pela Vibração.
Não pela emoção, não por uma sensação tátil, não pela visão, não por qualquer um dos cinco sentidos, porque o corpo de Existência escapa a todo condicionamento, a toda forma fixa tal como vocês a vivem nesse mundo.

Existe, portanto, necessidade absoluta de superar as crenças, de superar o mundo e as esferas das emoções, o mundo dos apegos e o mundo de tudo o que os limita na matriz.

Trata-se, portanto, aqui, realmente de um trabalho extremamente especial que vocês não têm que realizar por vocês mesmos, mas tendo sido perfeitamente definido pelo Arcanjo Anael, correspondente ao que foi chamado de Abandono à Luz.

O problema é que o mental, assim como sua constituição física, fisiológica, assim como mental, nesse mundo ilusório, vai tudo fazer para impedi-los de aceder à Existência.

O mental o sabe, pertinentemente e, assim como perfeitamente o viveu Sri Aurobindo e explicitou, ele não quer morrer, porque ele sabe que, na Existência, ele não tem mais qualquer lugar.

Assim como disse, e assim como vários intervenientes assinalaram, cada um com suas palavras, cada um com sua Consciência e cada um com suas próprias Vibrações, na Existência, uma vez que a Consciência é estabelecida no Ilimitado, há um mecanismo preciso que acontece no corpo biológico, que corresponde a uma modificação importante do próprio funcionamento de seu cérebro e de seu Coração, mas também do conjunto de suas células, que lhes permite experimentar o que chamei de Samadhi ou de Alegria Interior.

Isso representa um espaço onde não há mais visão.
Isso representa um espaço onde não há mais emoção.
Isso representa um espaço onde não pode existir qualquer questão, porque as questões se dissolvem instantaneamente na Presença a vocês mesmos.

Quando você está Presente a você mesmo, no Ilimitado, não há qualquer espaço para questionamento.
Não há mais qualquer espaço possível para tudo o que vem do que você viveu, para tudo o que vem de seu passado, desta vida como de suas outras vidas passadas.

Estando estabelecido em sua Presença a si mesmo, no instante, não há mais qualquer necessidade outra do que viver isso.

É a passagem da translação Dimensional, realizada pela reversão.
A reversão, realizada neste Universo pelo Arcanjo Uriel, corresponde à reversão que você tem a realizar no Interior de si mesmo, a fim de fazer passar a consciência, da esfera limitada (ligada aos cinco sentidos, às emoções, ao mental), para o nível onde não existem mais nem os sentidos, nem a emoção, nem o mental, mas existe unicamente a Consciência liberada.

Esta é uma reversão, e acontece no Interior e num lugar preciso no interior de vocês, que é o Coração.
Não o Coração chacra, mas o Coração/Coroa Radiante: Fogo do Amor, Fogo da Liberdade, Fogo da Liberação.

É nesta Consciência que se manifesta, pela ignição total do chacra do Coração, acoplado ao que é chamado de 9ª Lâmpada ou corpo de irradiação do Divino, o que lhes permite se estabelecerem na Verdade, na Unidade e num espaço em que poderão se extrair, inteiramente, desse Mundo.

Extraindo-se desse mundo, e permanecendo entretanto nesse corpo, vocês espiritualizam a matéria, vocês levam a matéria a tornar-se Luminosa e a restabelecer sua conexão à Dimensão chamada de Crística, Ki-Ris-Ti Interior, à sua Dimensão solar.

Nesse Mundo, nós podemos dizer que vocês estão num mundo de Ilusões e de projeções, astrais e mentais.
Vocês estão, portanto, num mundo manifestado de maneira lunar, onde a Dimensão solar foi excluída.

O retorno à Unidade, o retorno à sua Existência, assinala sua reconexão ao Espírito do Solar, ao Logos solar, chamado também de Cristo.
É apenas por esta revelação que vocês podem esperar retornar à Unidade.
Não existe outra alternativa para esta possibilidade.

Vocês não podem nascer para a Verdade sem morrer para a Ilusão.
Isso caracteriza também a passagem do limitado para o Ilimitado.

Em palavras mais poéticas, o grande Omraam Mikaël lhes significou que as poeiras deviam ser iluminadas, porque vocês não podem mais se mascarar atrás da personalidade que é realmente uma máscara que lhes tapa, literalmente, a concepção e a percepção Vibratórias do que é sua Unidade e sua Existência.

Vocês devem portanto morrer, de algum modo, para vocês mesmos, fazer morrer em vocês, não por um ato de vontade, mas por um ato de abandono, tudo o que não é a Verdade e a Vibração.

Assim, portanto, nós esperamos, uns e outros, ajudá-lo a dar esse último passo para você mesmo, porque, como foi dito numerosas vezes, apenas você pode realizar esse último passo, pessoa alguma o dará em seu lugar.

Eu insisto também, apesar de não haver correspondência entre o tempo espiritual e o tempo nesta Ilusão, em dizer que o período que você vive, mesmo na Ilusão, é extremamente especial.

É a época da revelação, é a época da transformação e é, antes de tudo, a época do final da Ilusão.
O final da matriz ou o final de Maya foi anunciado por muito numerosos profetas, mas é preciso encarar isso com um olhar Interior, antes de tudo.
Quer dizer que, se você se contenta com o olhar exterior e com o observar dos eventos tais como eles se produzem, e se produzirão cada vez mais em seu Mundo, você participará de uma visão exterior e, portanto, de uma energia ou uma consciência dita exterior.

O importante é o que acontece em seu Ser Interior.

A melhor maneira de servir e ajudar o Plano, assim como os humanos em sua globalidade, é fazer nascer, em você, a dimensão da Vibração do Coração e permitir o alinhamento de sua tripla Lareira, permitindo-lhe, literalmente, irradiar a Luz nesse Mundo, redescobrir sua Dimensão Ki-Rís-Tica, ou Dimensão Crística, a fim de fazê-lo viver na Unidade.

Enquanto existe um questionamento, enquanto você não está estabilizado na Alegria, enquanto você não manifesta a capacidade para irradiar a Alegria, você não está instalado na Consciência Unificada.

O paradoxo é que você deve, até o que eu chamaria de final derradeiro da Ilusão, manter um corpo biológico e uma estrutura biológica coerente, que lhe permite trabalhar nesse Mundo, mas guarnecido da Vibração da Unidade.
Até o último momento.

Entretanto, assim que as últimas Chaves Metatrônicas da Luz lhes sejam reveladas, vocês constatarão que têm a possibilidade, alguns de vocês, de maneira consciente (ou inconsciente, para alguns povos) de deixar esta Dimensão e transladar de maneira dimensional.
Essa é uma realidade.

Esse Mundo lhes aparece ainda sólido enquanto vocês ali participam, mas, quando adotam o ponto de vista da Consciência Interior Ilimitada, vocês percebem, de maneira brutal, a inutilidade desse Mundo e a inutilidade do que lhes foi inculcado, que são apenas crenças baseadas não sobre fatos reais, mesmo na matriz, mas sobre projeções.

O Arcanjo Miguel lhes disse, durante os meses precedentes, que o Fogo do Céu fecundou o Fogo da Terra.
Assim, portanto, o Fogo da Terra pode se despertar.

Há a possibilidade, real, de sua consciência e de sua Vibração penetrarem na Unidade.
Penetrar na Unidade necessita fazer calar, inteiramente, tudo o que não é a Unidade.

E aí está a dificuldade para aqueles que estão ainda no que eu chamaria de ego, ou seja, na vontade de realização, na vontade de perceber, de sentir, de ver, ou de aceder.
Esse não é o bom caminho.

Vocês não podem dominar o que quer que seja pela vontade.
Essa é uma crença que os faz crer que iriam poder evoluir na matriz dominando ou controlando, de maneira lúcida, certo número de fatos, certo número de comportamentos que não estavam em acordo com a Luz.

O importante, hoje, é se beneficiar do afluxo de Luz Unitária que penetra em seu mundo e que se derrama, doravante, de maneira lúcida e de maneira consciente, permanentemente, desde a data de 17 de julho.

Vocês têm, portanto, a necessidade de se religarem a esta Unidade, de fazer calar tudo o que não é esta Unidade e não é mais tempo, eu diria, de querer corrigir certo número de defeitos.
Isso os faz participar da matriz pelo próprio princípio da lei da ação e da reação e os afasta da ação de Graça.

A esfera da Existência, a esfera da Consciência Ilimitada é, de fato, governada por leis, físicas e ultrafísicas, totalmente diferentes daquelas existentes na matriz.

Vocês devem portanto descobrir algo e viver algo onde não têm mais apoio possível, ao nível de suas emoções, ao nível de seu mental, ao nível de suas crenças, permitindo-lhes aceder a isso.

O único ressonador biológico existente é seu corpo físico, mas privado de todos os apêndices que lhe foram enxertados, porque a transformação se vive dentro mesmo desse corpo físico, ela não é ligada a qualquer visão astral.

Há muitos seres humanos que percebem cores ou que percebem imagens.
Essas imagens não são a Verdade.
Todas as imagens, sem exceção, pertencem à matriz.
É preciso superar isso.

Aceder à Sat-Chit-Ananda é aceder à Vibração da Luz Unitária, lá onde não existe mais forma.

Obviamente, uma vez que vocês acedam à Unidade, ou seja, a partir do momento em que vocês percebem o alinhamento de sua Tripla Lareira, a ativação de sua Tripla Lareira, a ativação da Coroa Radiante do Coração, assim como da Coroa Radiante da cabeça e a sobreposição dessas duas Coroas, vocês podem pretender estar na Unidade.

Naquele momento, efetivamente, podem voltar a se manifestar imagens, mas essas imagens não pertencem mais a esse mundo.
Elas pertencem aos Mundos Unitários, aos mundos do sem forma e não mais ao mundo do que existe em sua forma.

A ilusão, chamada de Luciferiana, situa-se nesse nível, já exprimido por São João.
Sri Aurobindo, quando era São João, perfeitamente descreveu a ilusão da matriz, que corresponde à abertura do 3º olho permitindo captar certo número de visões, certa clarividência, mas que não é a Verdade, porque existente na matriz.

Vocês devem, não aceitar, mas viver por vocês mesmos, que a experiência, dita astral, de saída do corpo, de penetração em espaços chamados de luz, não é a Luz.

Assim, portanto, várias forças manipularam a humanidade, desde esse plano astral, pretendendo dirigir a humanidade para o Bem, em oposição ao Mal.
Lembrem-se que a Luz Unitária não é nem Bem, nem Mal, porque ela está além do Bem e do Mal.
Se vocês participam do Bem e do Mal, querendo Fazer o Bem, isso dá no mesmo do que fazer o Mal, porque vocês estão submissos à matriz.

Existe apenas uma possibilidade para se extraírem da matriz, é o Fogo do Coração e a dissolução do Bem e do Mal, ou seja, penetrar na Unidade, onde o Bem e o Mal são apenas virtudes existentes dentro de certo número de outras virtudes.
Essas virtudes foram chamadas de Estrelas de Maria, ou 12 Estrelas.
Vocês conhecem algumas.

São pontos de Vibração presentes na Coroa Radiante da cabeça e presentes também na Coroa Radiante do Coração.
Cada um desses pontos é um ponto de Consciência.

O Bem e o Mal são situados ao nível da ilusão Luciferiana, ou seja, ao nível do 3º olho.

A Coroa Radiante da cabeça não é limitada ao Bem e ao Mal.
Ela recorre a certo número de funções cuja mais importante é o Alfa e o Ômega, o Aqui e Agora.

Vocês não podem encontrar a Unidade se não estão centrados, inteira e totalmente, em sua Presença a vocês mesmos, no Presente.
Quer dizer, isso necessita fazer abstração de tudo o que não é o instante presente, seja ao nível de suas concepções, seja ao nível mesmo de suas próprias feridas, vividas nesta vida como em outras vidas.

Penetrar as esferas da Unidade se faz sem bagagens, ou seja, sem pesos.
Trata-se de esferas da Leveza, onde nada do que pertence a esse mundo pode penetrar.

É uma transformação total da consciência.
É esse caminho que nós vamos, eu espero, realizar juntos, uns com os outros, seja em seu plano como em nosso plano.

Vamos trabalhar juntos para tentar fazê-los se estabelecer nesta Unidade.
Mas, lembrem-se que apenas vocês, e vocês sozinhos, que podem cruzar esta última etapa.

É um momento importante que, eu espero, vários de vocês viverão, porque, uma vez que tenham penetrado, seria apenas o espaço de um instante, as esferas da Existência, vocês não podem mais duvidar, e vocês estão absolutamente seguros que vocês estão na Verdade.

Penetrando as esferas da Unidade, não há mais questionamentos, há simplesmente o estabelecimento na esfera da Unidade, da Alegria interior, do Samadhi, do acesso à Verdade, para além dos questionamentos desse mundo.

Esta é a Consciência Ilimitada, e é esta que lhes permitirá, no momento vindo, transferir a totalidade de sua consciência e do que vocês são, se extraírem da matriz, e penetrarem, finalmente, em seu corpo de Verdade.

Aí está o caminho que lhes está aberto.
Aí está o caminho que, coletivamente, corresponde provavelmente às coisas bem mais difíceis para viver, no mundo exterior, mas o mundo Interior não pode existir enquanto o mundo exterior exista.
O princípio da reversão é este.

Vocês devem passar da ilusão para a Verdade.
A passagem da ilusão para a Verdade apenas se pode fazer eliminando tudo o que pertence ao mundo da ilusão.
E, quando eu falo de eliminação, não se trata de um ato consciente, voluntário, trata-se, simplesmente, de um abandono à Luz, que representa o verdadeiro Controle e o verdadeiro Poder.

Vocês não podem exercer esse Poder enquanto exista em vocês um poder exterior, qualquer que seja.

Obviamente, muitas consciências limitadas, muitos seres humanos, vão colocar na frente o princípio de medo, seja, obviamente, com relação às funções vitais ou fisiológicas, como o fato de ter um teto, como o fato de se alimentar, como o fato de ter o que vocês chamam de dinheiro.

Mas vocês não estão mais nesses tempos.
Vocês estão no que foi chamado de Tempos reduzidos.s
Vocês estão nos Tempos em que devem passar, prioritariamente, para sua Unidade, lembrando-se, assim, das frases de Ki-Ris-Ti, significando que, se vocês buscam o Reino dos Céus, e que se encontra no Interior de Vocês, naquele momento, o exterior conformar-se-á ao que vocês se tornaram ao nível Interior.

Vocês não podem perceber, aceder a esse mundo Interior, enquanto sua consciência é orientada para o mundo exterior, é tão simples assim.

Então, aí está o caminho que nós esperamos fazê-los descobrir, e aí está, para onde esperamos que inúmeros de vocês irão.

Caros Irmãos e caras Irmãs, se existem ainda questões no Interior de vocês, que traduzem sua desordem, ou seu questionamento do exterior, gostaria de tentar ali levar uma resposta.

Mas, retenham que, cada vez mais, nós insistiremos e colocaremos o dedo (sejam os Arcanjos, seja Omraam, sejam outros intervenientes) onde há necessidade de colocar o dedo, a fim de fazê-los levar a consciência sobre o que é necessário transcender, cada vez mais, porque os momentos são duros.

São momentos de intensa Luz que se derrama sobre a Terra, mas cuja resultante deve se traduzir no Interior e não no exterior.

Se vocês querem penetrar a esfera da Graça, penetrar na ação de Graça, vocês não devem mais participar do mundo da ação e da reação, ou mundo da matriz.
É o único modo que vocês têm de aceder à autenticidade, à Verdade, e isso acontece aqui e agora.

Questão: poderia desenvolver sobre a noção de Respiração para atingir a varuidade?

Cara Irmã, isso foi amplamente desenvolvido por Sri Aurobindo que é o Mestre do Ar, eu a lembro.

Há, na respiração, a capacidade para penetrar espaços em que a respiração se transforma em éter.
Isso é particularmente verdadeiro na Coroa Radiante do Coração.

A Vibração do Coração, que sucede à pressão sentida, embaixo, ao nível do peito, quando a Coroa Radiante do Coração começa a se despertar, vai passar por certo número de estados sucessivos de consciências, conduzindo, ao final, a viver a respiração ao nível do Coração.

Quer dizer que o que existe no Coração/órgão, como batimento, torna-se Vibração, e torna-se, em seguida, respiração.
Quer dizer que há passagem e alquimia se realizando entre o batimento cardíaco e a respiração do Coração, ao nível da Coroa Radiante do Coração.

Quando há percepção dessa respiração acendendo, literalmente, a região cardíaca, há Samadhi.
Há silêncio Interior, há abolição de toda percepção sensorial exterior e passagem na Unidade.

A passagem na Unidade apenas se pode fazer na porta do Coração, pela ativação e fusão do que é chamado de chacra do Coração e a 9ª lâmpada, em relação com o Samadhi, o Corpo de Irradiação do Divino, e a unificação do que é chamado de gota vermelha e gota branca, ou chacra de enraizamento da alma e chacra de enraizamento do Espírito.

É dentro desse Triângulo Sagrado (realizado pelo ponto central do chacra do Coração, assim como o ponto central dos chacras de enraizamento da alma e do Espírito) que se realiza a Unificação e a vivência do Samadhi.

Isso passa, obviamente, também, além da Vibração, pelo estabelecimento da Respiração nesta Vibração, momento específico que é observável de forma extremamente fácil quando vocês a viveram uma vez, porque vocês têm, naquele momento, a possibilidade de realizá-lo à vontade e de se estabelecer à vontade no Samadhi e na Alegria interior.

Assim, portanto, a respiração vai contribuir para se estabelecerem na Verdade e na Unidade.

Mas apenas há Unidade no Coração.

As percepções Vibratórias e o alinhamento da percepção Vibratória entre a Coroa Radiante da cabeça, o Triângulo Sagrado e a Coroa Radiante do Coração é uma etapa preliminar.

O momento em que se produz o switch da consciência é aquele que foi inicializado por Sri Aurobindo e mostrado, nesse início mesmo de seu ano, pelos movimentos da cabeça liberando zonas precisas, chamadas de carótida e vascularização do cérebro, permitindo-lhes passar na Respiração.
Não mais a Respiração, tal como a conhecem (ao nível respiratório, ao nível do ar), mas misturar o ar ao éter e ao Fogo.

É esse processo alquímico que está verdadeiramente em causa quando do acesso à Unidade.

Questão: esse basculamento, ligado a um abandono total, se vive sem que haja mesmo vontade de abandono?

Caro Irmão, você não tem que colocar a questão, eis que o vive.
A confirmação é Interior, ela não será jamais exterior.

O estabelecimento na Vibração do Coração, este abandono à Luz que você descreve, dá a certeza.

Assim como já disse, a única confirmação é Interior, ela não pode vir do exterior.

Enquanto há questionamento, no exterior, de um fenômeno vivido na Unidade, é a personalidade que se expressa.
E é portanto a personalidade que tem necessidade de ser tranqüilizada.

Questão: levar a consciência para o Coração, quando se sente calores muito intensos na cabeça, é um processo correto?

Cara Irmã, é o procedimento que é preciso adotar.

Eu afirmo que, entretanto, certo número de seres humanos, vivendo a Coroa Radiante da cabeça e certo número de pontos de Vibração existentes na Coroa Radiante da cabeça, percebe, mesmo, desde pouco tempo, o ponto central (aquele que corresponde ao Vimana, ou ao Vajra, que os reúne ao nível do 13º corpo), não percebem ainda a Coroa Radiante da cabeça.

Existe, nesse nível, não um paradoxo, mas um mecanismo energético que não foi ainda superado, que é chamado de ilusão Luciferiana.
Há, portanto, nessas almas que vivem nesta densidade, a percepção e a Vibração da Coroa Radiante da cabeça, sem ainda chegar a viver a Vibração do Coração, simplesmente a dificuldade para superar a noção de Bem e de Mal.

Passar do que é chamado de Coroa Radiante da cabeça para a Coroa Radiante do Coração necessita a superação do Bem e do Mal.

São frequentemente almas, por suas tomadas de encarnações extensivas na ilusão (que são impregnadas da ilusão Luciferiana), que não chegam a superar, no plano Vibratório, a integração do Bem e do Mal.
É o que será tornado muito mais fácil, para essas almas, assim que as Chaves Metatrônicas, que virão substituir as Chaves Luciferianas, estejam efetivas na Coroa Radiante da cabeça.

Assim, isso explica que vários seres humanos não chegam, ainda hoje, apesar de suas percepções da Coroa Radiante da cabeça ou do Triângulo sagrado, a estabelecerem a Consciência na Existência.

Caros Irmãos e Irmãs, de meu Coração a seu Coração, recebam Amor, bênçãos.

______________

(*) Reunificação dos 5 novos corpos
http://leiturasdaluz.blogspot.com/2010/04/protocolo-praticar-autres-dimensions.html

______________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

7 comentários:

  1. Célia querida... esta mensagem de Um Amigo é a mesma da do dia 1 de agosto e postada em 7 de agosto, não é?
    http://leiturasdaluz.blogspot.com/2010/08/um-amigo-1-de-agosto-de-2010.html
    beijos de luz!
    Beth

    ResponderExcluir
  2. Pois é Beth, infelizmente só percebi qdo terminei... Tempo e trabalho que poderiam ser aplicados nas outras mensagens, mas, enfim...

    Eu escrevi para o Autres Dimensions sobre isso, estou esperando pra ver o que eles respondem, OK?

    ResponderExcluir
  3. Beth,
    A Veronique, do Autres Dimensions, gentil e prontamente respondeu meu e-mail, dizendo que, por erro, foi publicada em duplicidade a mensagem de Um Amigo de 1º de agosto, ao invés da de 3 de agosto.
    Ela prometeu que fará o possível para publicar efetivamente a de 3 de agosto no início da tarde.

    ResponderExcluir
  4. Célia, também acabo de perceber esta duplicidade e quando procurei fazer o comentário pertinente, eis que encontro este esclarecimento tão completo. Assim, resta-me apenas confirmar a minha admiração por este trabalho tão dedicado e eficiente... Mas sobretudo luminoso. Gratidão, mais do que nunca!

    ResponderExcluir
  5. Olá Manoel Egídio! Que bom que voltou!
    .
    Pessoal, tive hoje à tarde um insight, uma vez que sabemos que nada acontece por acaso, certamente há utilidade, ou mesmo necessidade, de se ler novamente esta mensagem. Né não?

    ResponderExcluir
  6. Concordo, Célia!!!!!

    Foi realmente MUITO BOM reler essa mensagem...!! :))

    ResponderExcluir
  7. Oi Célia! Seu insight fez muito sentido, pois esta mensagem merecia mesmo ser repetida para dá oportunidade a uma segunda leitura. De minha parte, gostei tanto que senti necessidade de elaborar um pps destacando parcialmente o maravilhoso conteúdo. Aliás, gostaria de ter seu e-mail para lhe encaminhar esta apresentação, até porque já foi enviada para todos os endereços da minha lista. Obrigado!

    ResponderExcluir