Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

18 de abr de 2010

UM AMIGO - 18 de abril

Eu sou Um Amigo.
De meu Coração a seu Coração, recebam minha paz e minhas Bênçãos.

Hoje, eu lhes falarei da Consciência.

Alguns dentre vocês já o sabem, eu passei minha última encarnação explorando minha própria Consciência.

Eu falarei, se desejarem, pelas palavras e pelas Vibrações.

Como o sabem, e como o vivem, vocês estão em via de passar de uma Consciência separada e dividida, de uma Consciência identificada para uma Consciência Unificada, para uma Consciência Global.

A passagem de uma a outra assinala o acesso ao Estado de Ser e à sua própria translação dimensional.

Passar de uma consciência dividida e separada para uma Consciência Unificada é antes de tudo um processo relacionado à Luz e à Vibração.

Por analogia, eu diria que a Consciência dividida na qual vivem é a Consciência da água, porque esta Consciência é um amortizador para o corpo, um peso para o corpo e para a sua água.

A Unificação da Consciência passa pelo Fogo e pela Consciência do Fogo.

Vocês passam de uma Consciência pesada, densificada, para uma Consciência etérea sem personificação.

Esse movimento é mais fácil ou mais difícil segundo certo número de elementos.

A dificuldade resulta, sobretudo, de um processo denominado, na Vedanta, a ‘identificação da Consciência’.

Obviamente, vocês são todos identificados nesse corpo, nessa Vida.
A Consciência funciona deste modo.
Existe sua Vida e existe o resto.

O que não é o caso da Consciência Unificada.
Esta não faz mais a distinção entre o sujeito e o objeto.
E principalmente, a Consciência Unificada não é mais submetida à lei da ação / reação.

A Consciência Unificada é, por oposição à Consciência pesada, uma Consciência estável, sem flutuação.

O Fogo, paradoxalmente, induz uma estabilidade que a Consciência pesada não conhece.

Viver o processo da Consciência plena leva a experimentar e a viver certas modificações em meio às suas estruturas.

O som da alma é um dos primeiros marcadores.

Vem em seguida a Vibração percebida no que vocês denominam chakras, as Rodas de Energia.

Mas vocês não são, não mais, esta Consciência plena, esta Vibração, a das mais agradáveis.

Há, em meio à Consciência plena, perda de toda identificação (coisa que a Consciência pesada não pode pressentir, nem aceitar), contraindo então resistências, atritos, tensões.

Vocês todos experimentaram isso.

A evolução desse mundo em que estão encarnados passa pelo seu desaparecimento puro e simples, o que quero dizer também, em paralelo, que sua Consciência deve ser capaz de se estabilizar em um local que, de fato, não é um lugar, mas outro espaço, presente em toda Eternidade em meio ao seu corpo que, por negligência, por falta de interesse, toda a humanidade não pensou nunca em explorar ou em viver.

***

Hoje, não haverá acesso possível a outra coisa que não seja a esta Consciência.

A preparação que vocês têm vivenciado, iniciada pelo Conclave Arcangélico, se acompanha de importante modificação de um conjunto de Vibrações especiais chegando até vocês nesta densidade e tendo-lhes consentido, e permitindo-lhes ainda, aceder a esta Consciência não identificada.

Vocês fazem a apredizegem, cada um a seu ritmo.

Evidentemente, isso passa por períodos de resistências, de dúvidas, de questionamentos.

Mas, como eu disse e como disse o venerável Sri Aurobindo, quando vocês tocam uma vez esta Consciência plena, vocês sabem pertinentemente que a tocaram.

Não pode haver dúvida sobre a realidade e a Verdade do que vocês têm vivido.

Mas sua Consciência comum lhes faz duvidar e coloca em dúvida a experiência da Consciência plena, pois a Consciência comum, ligada ao ego e ao mental, antes de tudo, diz que ela deve morrer e ela não deseja morrer.

Vocês são auxiliados pelo conjunto de Vibrações que foram ativadas pelo seu trabalho e pelos Arcanjos.

Em meio à Consciência plena, não há espaço para questionamento.

É um espaço onde não há mais perguntas, onde tudo é resposta antes mesmo que a questão exista, criando, logo que acessada, algo que está muito além da plenitude, muito além da emoção, muito além das crenças.

Apenas a própria Consciência pode aceder a esta Consciência.

Certamente, as Vibrações Arcangélicas, o conjunto dos corpos da ‘Yoga da Verdade’, da ‘Yoga da Luz’ e da ‘Yoga Celeste’ permite e permitirá ainda mais facilmente colocar em ação as qualidades desta Consciência plena.

Lembrem que em meio a esta Consciência plena não há mais questionamento, nem interrogação.

Aparecem, é claro, algumas capacidades novas, como o fato de poder entrar em contato com os planos da Unidade, como o fato de poder viver e experimentar a Alegria Interior, o Samadhi.

Mas tudo isso só representam etapas intermediárias.

A etapa final que vocês ainda não vivenciaram corresponde à dissolução desta Consciência em meio ao Todo, aí onde não há mais espaço, nem para a Luz, nem para a Vibração, nem para o Samadhi, mas, muito mais, um sentimento profundo de destruição, de dissolução.

Este estado de dissolução corresponde aos últimos momentos a viver nesta densidade.
Na minha tradição, isso é denominado Mahasamadhi.

A capacidade de tal Estado de Ser e de tal Consciência é de manter um corpo em repouso, imputrescível e de aceder a outros Universos em toda Consciência.

Alguns místicos, alguns santos o relizaram, em todas as tradições.

Este processo irá se reproduzir e lhes será anunciado, e vocês estarão preparados pela Vibração e pela Luz.

Vocês devem já aceitar o princípio e os mecanismos mesmo sem vivê-los, desde já, compreender e aceitar que sua Consciência vai encontrar sua Dimensão ilimitada, aquela que tem prevalecido e existido antes que percorressem este mundo da Ilusão.

Na Vedanta nós falamos de Maya porque a Consciência em meio ao Maya não é a Consciência, mas um relicário de Consciência.

***

Agora, torna-se-á fácil a vocês, nas próximas semanas e meses, em meio ao Fogo, em meio ao Despertar da Kundalini, em meio à Coroa Radiante do Coração e da cabeça, viver a Consciência Unificada.

Desde já, resta a vocês se conduzirem.

Vocês são ajudados nisso pelo trabalho diário de recebimento que realizam.

Alguns dentre vocês vivem, nesses períodos, as primícias da dissolução.
Essa etapa é importante.

Ela corresponde ao que será fundamental para viver mantendo essa Consciência Unificada logo que passem à quinta Dimensão, quer seja com este corpo ou sem este corpo, porque a Consciência plena, a Consciência Unificada, sabe e vive o fato de não ser esse corpo, nem essa vida.

Então, é claro, se vocês estão atados a esse corpo, às suas funções, se essas ligações estão ainda muito presentes, vocês terão mais dificuldade, evidentemente, do que aquele que já deixou certas ligações, certo número de crenças.

Todas as ligações, sem exceção, quaisquer que sejam, em meio a suas vidas afetivas, em meio a suas lembranças, são obstáculos importantes para o acesso à Consciência Unificada.

Vocês não têm tanta necessidade de trabalhar, como dizem, nesses anexos, porque isso sobre o que vocês trabalham vai persistir e vai resistir.

Vocês terão, principalmente, que levar a Consciência para a Luz e para a Vibração, cada vez mais, porque em meio à Vibração, em meio à Luz Vibrante é que serão desligados de tudo que está anexado, de tudo que é acreditado.

Esses dados gerais sobre a Consciência são cruciais, pois muito em breve vocês receberão o chamado de uma impulsão para irem nesse sentido.

***

Isso que vocês têm agora será obstáculo cada vez mais intenso para o acesso à Consciência ilimitada.

Mesmo alguns conceitos utilizados pelo seu mental poderão ser freios ao estabelecimento da Consciência Unificada.

As definições, por exemplo, relacionadas à palavra Amor, seguem mais impregnadas em todas as Dimensões condicionais deste Amor.

Vem em seguida, é claro, as ligações afetivas, aquelas que vocês têm tido, aquelas que vocês têm mantido, aquelas que vocês construíram.

Algumas, não são questão de todo rompimento, mas de bem compreender que o respeito ao outro e a liberação do outro, favorecem sua própria liberação.

Vocês não podem pretender a libertação aprisionando o outro.
Vocês não podem pretender a Consciência Unificada mantendo o outro sob forma de dependência, qualquer que seja.

Isso é válido também, é claro, para todas as suas atividades conduzidas nesta Dimensão.

Isso não significa dizer que não é para fazer nada, muito pelo contrário, mas isso significa dizer para fazer, sobretudo, estando-se desligado do fruto de suas ações.

Não esperar reação, nem satisfação, mas fazer por fazer e para ser, simplesmente.
Todas essas questões devem-lhes ser agora formuladas e resolvidas nos tempos que chegam, pois os tempos estão chegando para que vivam esta transição.

O paradoxo é que devem estar plenamente conscientes, neste mundo, manifestando toda sua Consciência Unificada.

Isso não é uma fuga, mas uma ampliação de pontos de vista e uma ampliação de Consciência.

Vocês devem experimentar sem cessar, elevar este nível Vibratório da Consciência Unificada para deixar que ele se estabeleça.

O obstáculo principal, de fato, em meio à Consciência Ilimitada, vocês conhecem, sendo o mental, pois é ele que é responsável pelos apegos e vínculos, e nenhum outro.

É o mental que os atrai para permanecerem nos processos de ação e de reação.

O mental não deve mais guiá-los, mas vocês devem guiar o mental, não mais pela força, não mais lutando contra, mas, muito mais, acolhendo a Luz e a Vibração, pois, assim como foi dito, a Inteligência da Luz irá operar em meio às suas estruturas e ao seu mental para fazer desaparecer tudo o que for obstáculo ao seu Estado de Ser.

Isso, obviamente, é muito mais fácil para aqueles que tiveram a oportunidade de sair desta Ilusão e de penetrar, com toda Consciência, seu corpo de Eternidade.

Mas, à medida que a efusão da Luz da Fonte, à medida que todas as Vibrações da Confederação Intergaláctica se aproximam de vocês, vocês poderão penetrar cada vez mais facilmente nos espaços Unificados.

Convem então, agora, formularem os fundamentos e as prioridades de sua ação para acessar esta liberação.

Eis, irmãos e irmãs humanos, algumas palavras que eu desejava lhes dar em relação à Consciência.

Se vocês têm dúvidas, eu tentarei responder o melhor possível.

***

Pergunta: Devemos ser observadores de nossa Consciência?

Logo nas primeiras etapas, sim.

Mas depois, mesmo o observador deve desaparecer, pois o observador de sua própria Consciência se coloca fora da Consciência.

Este é um ‘ponto de vista’ que pode ser, para alguns, uma etapa prévia do aprendizado (este, não é obrigatório, nem indispensável).

Tudo depende de sua capacidade em fazer vibrar o Coração, a cabeça e o sacro.

Aqueles de vocês que têm as três Lareiras acesas não têm necessidade de passar por esta etapa de observação, mas bem mais se basear em meio à tripla Vibração e Radiação.

Isto deverá ser suficiente para permitir a Consciência Unificada.

***

Pergunta: essa fusão das três Coroas pode se fazer exclusivamente nos estados meditativos?

Em um primeiro momento, isso faz parte de seu aprendizado.

Mas aí também, não é questão de diferenciar o que é estado meditativo e o movimento da Consciência em meio às meditações e o movimento existente em meio à Consciência comum, porque a Consciência Unificada não pode ser incompleta.

Aquilo que se estabelece em meio à meditação deve se estabelecer também em meio a momentos da vida comum.

Uma vez que a Vibração é estabelecida em meio a estados meditativos, convem viver isso, também, nos atos da vida cotidiana.

Isso irá permitir e favorecer o estabelecimento da Consciência Unificada onde não haverá mais diferença entre o que é obtido pela meditação e o que é obtido ao realizar.

***

Pergunta: focalizar a Consciência em um problema permite suprimi-lo?

Seguidamente, a Consciência incompleta consiste em crer que é necessário suprimir certas coisas para aceder à outra coisa.

Então, existe certo número de trabalhos que são realizados em meio à Consciência incompleta.

Mas jamais, jamais, a Consciência incompleta lhes permitirá aceder à Consciência Unificada.

É preferencialmente a Consciência Unificada que se estabelece pela Luz e pela Vibração, correspondendo à frase do Cristo: “procurem o Reino dos Céus e todo o resto lhes será dado de acréscimo”.

Isso participa também do que o Arcanjo Anael havia denominado o ‘abandono à Luz’, mas também da expressão do princípio fundamental ‘de atração e de ressonância’, do princípio também ‘de fluidez e da Unidade’ existindo em meio à Unidade, existindo em meio ao Fogo.

Somente o Fogo é libertador.

Somente a Vibração do coração lhes permite aceder, de uma maneira ou de outra, a este estado Unificado.

O conhecimento, assim como o definem, não permitirá jamais aceder a essas áreas de Consciência.

É a Ilusão que fará crer àquele que é adepto desses conhecimentos que ele teve acesso, pela cabeça e por sua área de conhecimentos, a qualquer liberação.

Mas isso não existe.
É um engano a mais, colocado no caminho da evolução.

A cabeça nunca conduziu a qualquer liberação.
Somente o Coração pode fazê-lo.

E o Coração não é conhecimento.
Ele é muito mais oniconhecimento.
Ele é, principalmente, simplicidade e evidência.

Se vocês forem capazes de manifestar a Vibração do Coração, a Vibração da Coroa Radiante, portanto, não exclusivamente em meio a seus espaços meditativos, mas em todo ato de sua vida cotidiana, então, vocês viverão já a Consciência Unificada.

***

Pergunta: a entrada na Consciência Unificada é progressiva ou sob forma de Switch?


As duas formas são possíveis.

Há certos seres aos quais não foi permitido, ainda, viver esta Consciência Unificada, porque tão simplesmente eles não existiriam mais nesta densidade, é de certa maneira uma medida de proteção.

Mas para outros, tudo é possível.

Isso diz que o que é importante de reparar é o Switch.

O momento da mudança de uma Consciência para a outra.
Mesmo que ela não se estabelece em duração e em permanência.

***

Pergunta: como fazer para fazer sem esperar satisfação?

Fazer esperando uma satisfação é próprio da Consciência separada e dividida.

É próprio do ego e do mental que reconduz tudo a si.

Devem estar desligados, também, do que vocês fazem.

O fazer em meio à simplicidade, sem buscar qualquer vantagem.

Nunca esqueçam que se vocês se estabelecem em meio à Coroa Radiante do Coração, toda sua vida tornar-se-á evidência e facilitação.

Em qualquer caso não haverá mais que formular questões sobre os eventos sobrevindo ou não, porque tudo o que acontecerá, sem exceção, se fará sob ação da Inteligência da Luz.

Em meio à Consciência Unificada, o pensamento é criativo, completamente.

Assim também, colocando-se sob a influência da Coroa Radiante do Coração, tudo o que se apresentará a vocês irá em direção à Coroa Radiante do Coração, ou seja, no sentido da liberação.

Ao se manifestar em vocês certo número de eventos que eu qualificaria de dissociados, isso irá se traduzir sempre em resistências.

Em meio à Consciência Unificada, não há resistência.
Há estabelecimento da evidência e toda a vida irá se desenvolver segundo este princípio.

Não há mais que reconsiderar.
Não há mais que guiar sua vida pela cabeça, porque toda sua vida se passa sob o sinal da evidência, sob o sinal da facilitação.

Obviamente, o mental lhe dirá que isso é impossível, que isso não existe.

E, portanto, isso é a estrita Verdade da Consciência Unificada e do desenrolar da vida em meio à Consciência Unificada.

Quando vocês estão na Vibração da Consciência Unificada, mesmo sem atingir o Mahasamadhi, ao se colocar simplesmente em meio à Alegria Interior, à Vibração do Coração, tudo o que chegará a sua Vida será facilitação, evidência e facilidade.

Enquanto permanecerem ao nível do mental, vocês irão descobrir, tanto ao nível do corpo como ao nível do desenrolar de sua Vida, somente resistências.

***

Pergunta: na Consciência Unificada, a personalidade não existe mais. Então é a Fonte que se expressa?


Completamente.

***

Pergunta: isso nos remete à Palavra do Cristo: “não sou mais eu que falo, mas o Pai que fala em mim”?


Plenamente. Na Consciência Unificada, as palavras, os atos que saem de vocês, são Luz.

Não pode ser de outra forma.

***

Pergunta: um Evangelho diz: “de 1 sai 2, mas ao que serviria o 2 se tu não encontrares o 1?” Há um paralelo com a Consciência Unificada e a Consciência que você denominou Pesada?

Se você deseja, caro amigo.

Mas eu o remeterei, de maneira muito mais evidente a esta frase: “felizes os simples de espírito, pois o Reino dos Céus lhes pertence”.

***

Pergunta: as experiências que nós vivemos enquanto ser humano são úteis à Fonte para melhor conhecer sua criação?

A resposta é difícil.

Quando vocês descobrem a Consciência Unificada, vocês descobrem a ilusão da Vida nesta densidade, a Ilusão da reencarnação, o karma.

Vocês se extraem dos véus da Ilusão e vocês penetram as esferas de Consciência fora da relação com o Estado de Ser, onde nada existe além da Vibração do Estado de Ser.

Então, certamente, as experiências de encarnação lhes venderam de forma particular, como se estando enriquecendo.

Então, como explicar, se isso for o caso, que vocês chegam hoje a esta época particular denominada Kali Yuga, época da escuridão e da destruição.

Para alguns de vocês, vocês estão aí desde dezenas de milhares de anos.

E se isso tivesse sido no sentido da evolução, vocês já estariam liberados e não iria viver o Kali Yuga, o que prova bem que a encarnação, quaisquer que sejam suas experiências pertencentes ao que vocês denominam ‘livre arbítrio’, é sua escolha, mesmo se, a um dado momento, vocês tenham sido aprisionados. Mas quando vocês descobrem a Consciência Unificada, vocês descobrem a pretensão do princípio de reencarnação com suas leis lhes fazendo dizer que é uma progressão.
Isso não é absolutamente o caso.

Vocês não podem, aliás, aceder à Consciência Unificada enquanto vocês não se desfizerem de todas as leis da ação / reação e principalmente de suas vidas passadas, porque vocês não são mais essas vidas passadas, porque vocês não são mais o que vocês vivem.

É a identificação e a projeção dessa identificação que criam e reforçam a Ilusão.

Hoje, o que lhes é proposto é muito maior, muito mais vasto do que a lei da ação/reação: é-lhes proposto a liberdade e a liberação.

Não é de todo a mesma coisa, mesmo se nós concebermos que a grande maioria do ser humano deseja prosseguir a experiência da encarnação.

***

Pergunta: nossas vidas passadas são transcendidas pelo abandono à Luz?

Completamente.

Alguns seres têm agora a memória do conjunto de seus caminhos nesta Ilusão.
Isso faz parte de um caminho específico ligado à sua capacidade de ação nesta Ilusão para trabalhar pela liberação da humanidade.

Mas, nesse caminho normal, não há qualquer necessidade de conhecer ou experimentar essas vidas passadas, porque elas nos conduzem ao passado e nos afastam do presente, do instante.

***

Pergunta: esses seres que têm o conhecimento total de sua vida passada são os Bodhisattvas?

Eles são muito mais que isso.

São seres pertencentes a Dimensões de longe superiores à quinta Dimensão, tendo percorrido esse mundo exclusivamente para a previsão dos momentos que vocês irão viver.

Isso representa um sacrifício enorme de terem sido literalmente errantes em meio à encarnação para unicamente favorecer a translação dimensional da humanidade, agora.

***

Pergunta: como caminhar, concretamente, no cotidiano, para esta Consciência Unificada?

O melhor meio é permanecer humilde e simples.

Por meio dessas duas palavras se encontra a quintessência do ensinamento da Vedanta.

A Consciência Unificada pode ser aproximada pela ‘Yoga Celeste’, mas se vocês não são humildes e simples, isso de nada serve.

Assim também, a humildade, a simplicidade, a benevolência são as ferramentas mais importantes para aceder a esta Consciência Unificada e nenhuma outra, porque os tempos são chegados.

Vocês poderiam me responder que alguns seres têm sido humildes e simples, mas não tiveram acesso à Consciência Unificada.

Hoje, as coisas são profundamente diferentes.

***

Pergunta: quando se sente a necessidade de agradecer …

A única coisa a agradecer é A Fonte.

Todo ‘obrigado’ a outro ser é um erro, pois vocês se acorrentam ao outro.
O único ‘obrigado’ é o impulso do coração para a Fonte.

***

Pergunta: e quando o ‘obrigado’ é uma expressão da Vibração do Coração?

Caro amigo, você já constatou que o fato de agradecer ativa sua vibração do Coração?

***

Pergunta: quando eu me sinto no reconhecimento frente a frente de outro, isso pode chegar.


Então, o reconhecimento não é o ‘obrigado’.
Reconhecer é nascer com.
E, aí, isso corresponde ao Coração.
Isso não é o caso de ‘obrigado’.
A única coisa a agradecer é A Fonte.

***

Pergunta: estar reconhecendo é também devolver Graça?

De uma certa maneira.

***

Pergunta: se nossa existência é um sonho, os outros planos dimensionais são também ilusão?



Absolutamente não, porque eles estão ligados e Unificados a A Fonte.
Eles são a verdadeira Vida.

Para nós que vivemos, de nossa Dimensão, este fim dos tempos, para extraí-los da matriz, nós os percebemos como mortos.

A verdadeira vida não é aqui.

Toda gente, todas as pessoas que tiveram, de uma maneira ou de outra, acesso a experiências místicas, vão dizer-lhes, todos sem exceção, que este mundo está morto e que este corpo, qualquer parte, está morto.

Não deveriam mais se identificar, ainda uma vez, nesse corpo, nesta vida, porque isso os distanciaria da Consciência Unificada.

Vocês não podem aderir a esse corpo, a esta vida e aderir à Consciência Unificada.

O que não quero dizer que devem rejeitar os fundamentos de sua vida, mas que devem transcendê-los.

Como o disse Cristo: “vocês estão neste mundo, mas vocês não são deste mundo”.

Em breve, Ele poderá dizer: “meu Reino não é deste mundo”.

Evidentemente, enquanto vocês não viverem este acesso à Consciência Unificada, eu concebo que seja difícil de aderir, de acreditar ou de pensar que o que vocês são é Ilusão.

E entretanto ...

***

Pergunta: nós seríamos de uma falsa Criação portanto as outras Dimensões seriam uma autêntica Criação da Fonte?

Plenamente.

Esta Criação, em um primeiro momento, foi iniciada e ela estava então ligada à Fonte.

As circunstâncias permitiram interromper esta relação com a Fonte, pelo menos de lhes fazer crer.

Toda criação está ligada à Fonte, mas sua Dimensão estava, em todo caso, nesta parte local do Universo, falsificada, induzido a erro.

***

Pergunta: a verdadeira Vida, é a vida do Espírito?

É a vida Unificada.
O Espírito, em meio às dimensões Unificadas, possue também uma corporeidade, uma matéria, se vocês preferem.

Vocês têm seguida tendência para considerar o Espírito como qualquer coisa, em meio a esta dimensão, de imaterial.

Isso não é o caso em meio a outras dimensões.

***

Pergunta: os cristais ainda são úteis?

O conjunto dos cristais é Inteligência.
Eles estão ligados à Fonte por sua Vibração e por sua composição, por sua forma.

Todos os cristais foram trazidos à Terra pelos Mestres geneticistas de Dimensões muito elevadas.

Os cristais são onipresentes em suas estruturas celulares.

Os cristais são efetivamente os meios que permitiram, entre outros, de manter uma ligação à Fonte, tanto em meio às suas células, como em meio aos cristais.

As forças da Luz Unificada têm encontrado, a cada final de ciclo, sem poder dissolver esta ilusão, os meios de manter uma conexão com a Verdade.

***

Nós não temos mais perguntas. Nós lhe agradecemos.

***

Então, Caros Irmãos e Irmãs, de meu Coração a seu Coração, recebam bênçãos e paz.

************
Mensagem do Amado ‘Um Amigo’ Melquizedeque no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=597
18 de Abril de 2010.
(Publicado em 11 de Maio de 2010)
***
Tradução para o Português: Zulma Peixinho
************

Nenhum comentário:

Postar um comentário