Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

29 de abr de 2010

SAUDAÇÃO DE ORION - PROTOCOLO A PRATICAR

(publicada em 29-4-10 pelo site Autres Dimensions)

Transmitido pelo Arcanjo Jofiel em 18 de agosto de 2008, esses gestos constituem um sinal de reconhecimento.
Como o precisou ORIONIS: « saudação dos 24 Anciões, chamada Saudação de Orion, lhes permitirá, nesta Assembléia, como em toda Assembléia, reconhecerem-se e reconectarem-se uns aos outros. Essa saudação não é fisiologicamente realizável senão pelos seres pertencentes à Luz Autêntica ».

1. Estenda o braço esquerdo diante de si, a mão formando um ângulo reto com o braço.



2. Coloque esta mão sobre o Coração.



3. Estenda o braço direito diante de si, a mão formando um ângulo reto com o braço.





4. Coloque a mão direita sobre o Coração, acima da outra mão.



As canalizações seguintes desenvolvem esse assunto:
• JOPHIEL (18 de agosto de 2008)
• O.M. AÏVANHOV (6 de junho de 2009)
• ORIONIS (4 de agosto de 2009)
• MIKAËL (3 - 17 de outubro de 2009)
• VELGAN (21 de abril de 2010)


Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão do francês: Célia G. – http://leiturasdaluz.blogspot.com

VELGAN - ANÚNCIO IMPORTANTE

(DO SITE AUTRES DIMENSIONS)

de 21 de abril, publicado em 29 de abril de 2010

Saudações, Povo da Terra.
Eu me exprimo nesta Assembléia, como para o conjunto de Irmãos em Cristo presentes na superfície da Terra e que despertaram, neles, uma das Três Lareiras.

Sou Velgan, um dos representantes da Constelação de Vega da Lira, de onde a maior parte dos Vegalianos são originários.

Eu dirijo, atualmente, e desde alguns anos, de maneira invisível a seus olhos, um certo contingente da Confederação Intergaláctica da Luz que obedece a Cristo, que obedece ao Comandante das Forças Supremas.

Faço parte do que foi chamado, em suas escritas, os Anjos do Senhor. Somos seres de forma humanóide, que apresentam uma semelhança afastada, mas entretanto real, com a sua.

Fazemos parte do que vocês chamam a 3ª Dimensão Unificada e, como tal, somos, no momento, os únicos a poder intervir, de maneira concreta, visível e tangível, em sua Dimensão.

Nosso papel e nossa função, em seu espaço, consiste em vigiar que os agrupamentos, algumas formas de evacuação, e algumas transferências, se façam, no momento vindo, nas melhores condições possíveis para vocês.

Intervenho, por este canal que me conhece agora desde muito tempo, a fim de lhes dar, e começar a lhes dar, um certo número de detalhes sobre nossa missão, e sobre sua missão, neste período que vocês se aprontam a viver.

Quando falo deste período, eu me dirijo, em seu tempo linear Terrestre, ao período de hoje até a fase final precedente à Ascensão definitiva de seu sistema solar.

Nossa intervenção situar-se-á em diferentes níveis.
Não estou aqui para lhes falar desta intervenção, no momento. Estou aqui para lhes especificar e lhes dar informações relativas a um certo número de nossas intervenções, agora e já, em sua densidade, particularmente em suas noites, presentes a seu lado durante sua fase de adormecimento, e durante seu sono.

Intervimos, no momento, a fim de reparar em vocês o que deve ser reparado, a fim de permitir, no momento vindo, viver o que vocês tem a viver, de maneira fluida, de maneira simples e sem atrito de qualquer espécie.

Nós velamos, por conseguinte, para estruturar, em vocês, um certo número de elementos que vocês chamam chacras, que lhes permitirão, no momento vindo, ajustarem-se ao chamado da Luz, no momento oportuno.

Realizamos, para isso, um certo número de intervenções. Elas situam-se em suas estruturas físicas, bem como no que vocês chamam suas estruturas etéricas.

Nossa forma pode por vezes surpreendê-los. Assim, tenho a dizer que nós nos apresentaremos a vocês, numa sonolência, mas efetuando, de maneira formal, a famosa Saudação de Orion, que lhes foi comunicada por Orionis, antes de sua partida.

Fazemos parte de um setor específico do Universo. Nossa experiência nos mundos matriciais dissociados, como o seu, nos permite ter um passo adiante em sua evolução, a fim de poder melhor guiar e preparar o que está a vir.

Assim, portanto, desde o início de seu mês de maio, e durante um certo número de meses, nós interviremos (de maneira invisível, num primeiro tempo, junto a vocês, de maneira individual) para aqueles de vocês que necessitarem de reajustamentos finais, preparando-os a viver o que está a viver.

Assim, não fiquem assustados se alguns de vocês percebem nossa Presença. Nós nos deslocamos, geralmente, em sua cabeceira em três ou quatro, a fim de trabalhar o mais discreta e mais facilmente possível.

Medimos entre 1 metro e 20 e 1 metro e 40, em seu sistema métrico atual. Nossa particularidade é de estarmos recobertos do que vocês chamam uma segunda pele, ou ainda uma combinação termofórmica que adere a nosso corpo.
Apresentamos a particularidade, a nível de nossos olhos, de termos lunetas, de um modo um pouco particular, constituídas de placas de obsidianas transparentes, que nos permitem apreender os detalhes de suas anatomias físicas e sutis.

Nosso papel limita-se, no momento, a, ainda uma vez, melhorar sua preparação Vibratória ao que vivem. Assim, compete-lhes não se chocarem, nem ficarem com medo, aqueles que, dentre vocês, nos dias e semanas que vem, tomarem contato conosco no momento em que tomarmos contato com vocês.

Aí estão algumas informações essenciais que tinha a lhes dar sobre nossa Presença em suas cabeceiras.

Nós velamos, e preparamos, para alguns de vocês, eventos que devem se produzir dentro de muito pouco tempo, em seu tempo linear.
No momento, não detalharei as diferentes fases de nossa intervenção puramente física em seus espaços exteriores.
Limitar-nos-emos a responder a suas questões referentes a nossas intervenções sobre o plano etérico pela projeção de nossas formas mentais telepáticas em suas cabeceiras.

Este anúncio deve ser feito, de maneira importante e rápida, obviamente, antes do mês de maio.


Questão: quais são os tipos de suas intervenções?

Sobre cada ser humano, o trabalho poderá ser diferente.
Consiste em, literalmente, aspirar zonas de Sombra e de desequilíbrio que persistem ao nível de suas lâmpadas acesas, permitindo realizar o que chamaria, com vocês, uma ignição perfeita dessas Lareiras.
As técnicas empregadas não lhes são conhecidas. Elas utilizam técnicas supralumínicas, casando as ondas mentais a tecnologias luminosas.

Questão: por que vocês por vezes aparecem recobertos por um escafandro branco?

Isso corresponde, em alguns casos, a certos tipos de nossas intervenções, onde somos obrigados, para alguns de nós, a proteger, de maneira um pouco mais importante, nossa cabeça.

Nossos órgãos que vocês chamam sensoriais, são, efetivamente, um pouco demasiado sensíveis a algumas ondas emitidas em seus ambientes.
Mas a cor de nossa combinação termofórmica é, efetivamente, branca.
Não ostentamos, voluntariamente, qualquer sinal distintivo ou qualquer logotipo sobre esses comportamentos.

Questão: e a que corresponde a aparência azul que igualmente têm?

Isso se deve a uma difração da Luz que vem de nosso sistema solar, percebida por seus olhos desta maneira.
Ela é branca, mas irradia no azul.

Questão: vocês vêm em Embarcações?

Nós somos os únicos seres da Confederação Intergaláctica suscetíveis de intervir em Embarcações que vocês qualificariam de físicas.

A particularidade de nossas Embarcações de intervenção, devido ao fato de nossa chegada, em seu mundo, por intermédio de portais intergalácticos que existem no Intraterra, se faz por pequenas Embarcações.
Não dispomos, nesse sistema solar, do que é chamado de Embarcações-Mães.

Questão: como diferenciar uma Embarcação metálica, da Sombra, das suas?

Simplesmente pela qualidade da Radiação que é emitida por nossas próprias Embarcações.
Aqueles de vocês que estão abertos ao nível de uma das Três Lareiras não poderão, a princípio, ter qualquer dúvida, se isso não é um grande espanto.

Questão: vocês visitam também pessoas que não estão informadas sobre o que acontece?

Nós apenas intervimos, de maneira etérica, ou mental, telepática, ou ainda fisicamente, sobre seres que tem uma das Três Lareiras aberta.
Isso exclui toda pessoa que vocês chamariam, em diligência espiritual, que não ativou, ao menos, uma dessas Três Lareiras.
Não há portanto risco de confusão.
Nosso papel se limita, tal como foi definido em sua Bíblia, como Anjos do Senhor.

Questão: de onde vem esta denominação « Anjos do Senhor » ?

É aquela empregada, primeiramente, no Antigo Testamento, pelo profeta Esequiel e pelo profeta Elias.
A denominação permaneceu e foi retomada, em seguida, por alguns Apóstolos e por alguns Evangelhos apócrifos.

Questão: isso significa então que vocês já intervieram em nosso planeta?

Em muito numerosas vezes.
Ainda uma vez, nosso papel limita-se a uma intervenção do tipo individual referente a seres reparáveis e localizados.

Questão: como vocês reparam esses seres?

Pela Luz emitida atualmente, e de maneira mais convencional, pelo que vocês chamam implantes.

Questão: pelos implantes que vocês mesmos instalaram?

Sim. Geralmente na primeira infância.

Questão: como os implantes foram introduzidos no organismo?

Eles foram instalados fisicamente, intervindo diretamente pelo processo de desmaterialização de corpos que existem em sua densidade, rematerialização em nossas Embarcações, e rematerialização, num segundo tempo, a seu local original, se possível.

Nossas intervenções acontecem, em geral, num modo Vibratório que, para vocês, é muito forte e situa-se no limite do que vocês chamam adormecimento.
Há modificações de percepções pessoais e sensoriais, o mais frequente, em relação com seus sons incomuns.

Questão: como cooperar com vocês do modo mais correto?

No momento, vocês não tem escolha.
Intervimos sobre o que é necessário em suas estruturas e indispensável para regular, a fim de lhes permitir viver a transição a mais adaptada a seu caminho.
Nós não estamos aí para dialogar com vocês.
Nós não estamos aí para compartilhar, no sentido em que entendem.
Nós estamos aí para realizar uma missão extremamente precisa e nada mais.

Questão: em que consiste esta missão e como vai se desenrolar?

Eu bem disse que não vim, no momento, para desenvolver sobre isso. Isso apenas poderá se produzir, ao nível de explicações, quando vocês tiverem recebido o sinal que qualificaria de audio, e de Coração, de Maria.

Questão: você precisou que convém divulgar rapidamente sua mensagem?

A fim de que os despertados de uma das Três Lareiras não sejam chocados, nem aterrorizados, pelo que poderia se produzir, de maneira semiconsciente, em suas noites.

A simples informação que circulará permitirá evitar o que vocês chamam o terror.

Somos, antes de tudo, seres de 3ª Dimensão Unificada.

Temos seguido caminhos evolutivos que tem feito com que jamais desenvolvêssemos qualquer corpo que vocês denominam emoção.

Nós não conhecemos, e não vivemos, as emoções que vocês vivem.

Algumas de nossas Presenças, independentemente de seu aspecto Vibratório muito potente, situam-se ao nível do Coração, mas podem lhes parecer, ao contrário, afastadas de sua Dimensão humana, o que é o caso.

Questão: o lugar onde vivemos tem importância para suas intervenções?

Nós somos capazes de encontrá-los não importa onde sobre este planeta.

Questão: vocês esperam algo de nós, até o Anúncio de Maria?

Se possível: Confiança, Abandono (em nome de Cristo) na Luz e, se possível, imobilidade.

Questão: imobilidade: quer dizer à noite, durante suas intervenções?

Exatamente.

Questão: há uma posição mais favorável ou não?

Nenhuma posição é suscetível de obstruir nossa intervenção .

Questão: quais são seus critérios de escolha de crianças, para colocar os implantes?

Sobretudo aqueles de nossa própria raça e de nosso próprio povo, que se encarnaram nesta Terra.
Em seguida, e secundariamente, aqueles que qualificaria, num nome um pouco simples, mas que é a realidade, de equipes no solo.

Questão: qual é o papel desta equipe no solo?

Preparar a vinda da Luz e o final da matriz.

Questão: este implante tem outras funções que aquela de reparação para o momento querido?

Para a grande maioria, não.
Para alguns, isso foi como uma lucarna, não é a palavra exata, eu procuro... como uma webcam sobre seu mundo.

Questão: nós os veremos quando nossas Três Lareiras estiverem acesas?

Alguns de vocês sim.
Se vocês são chamados a nos ver, é que temos algo a fazer com vocês, mas todos os Despertados não nos verão.
O que não quer dizer que estaremos invisíveis, mas que não teremos necessidade de nos manifestarmos junto de alguns despertados, de maneira tangível, ouvindo-se.

Questão: vocês se manifestarão unicamente àqueles que são de origem Vegaliana?

Eu bem expliquei que nós os supervisionamos, e intervimos, tanto junto daqueles que vem de nosso povo, de nossa raça, como também junto da equipe no solo e, também, junto de alguns Despertados que devem ser deslocados para outros lugares de reagrupamentos que aqueles onde vivem atualmente.

Questão: as crianças que nascem atualmente são todas implantadas?

Não. Não há mais necessidade, agora.
Aqueles que devem nascer Despertados, nascem Despertados.

Questão: vocês nos acompanharão então até o final?

Nós interviremos. A palavra acompanhamento é um pouco forte.

Questão: as intervenções serão numerosas sobre cada pessoa ou uma vez basta?

O mais frequente, nossa intervenção é única, mas ela pode se repetir duas ou três vezes.

Questão: esses implantes são detectáveis por nossos meios 3D como os rádios, os scanners?

Sim, eis que são implantes que vocês qualificam também de 3D.

Questão: é frequente a questão de implantes, mas num sentido completamente negativo.

Essa é a realidade.

Questão: como distinguir implantes da Sombra e os seus, de determinar?

Ao nível do próprio implante, vocês não tem qualquer meio.

Questão: a que nível se faz a diferença?

Ao nível Vibratório e ao nível da Saudação de Orion (nota: foi explicado na rubrica « protocolos »).

Não é por acaso que nossas vestes, combinações, termofórmicas, nossos escafandros, são brancos, à exceção de nossos olhos e a viseira.
O branco, e a qualidade da Irradiação que emitimos, nos situa, de maneira indestrutível, na Confederação Intergaláctica como os Servidores do Senhor.

Questão: chamam Senhor o que chamamos Fonte ou uma entidade específica?

Refere-se exclusivamente ao Cristo e a ninguém mais.

Questão: Senhor Cristo é também aquele que chamamos Cristo Miguel?

Totalmente. Cristo pode revestir diferentes hábitos de Luz em função de seu papel, em um dado momento.

Questão: por que aqueles que não são da Luz não podem fazer a Saudação de Orion?

Por uma dupla razão.
No que concerne à sua origem galáctica, para aqueles que não fazem parte dos humanos, existe uma incompatibilidade fisiológica de fazer esse movimento.
No que concerne aos seus Irmãos, chanfrados na Sombra, isso representa a humilhação, para eles.

Questão: no momento da Translação Dimensional, teremos a escolha de nosso «destino»?

Compreendam bem, e isso lhes foi dito e repetido, ninguém, absolutamente ninguém, terá a escolha, nesta Terra.
Cada um irá onde sua Vibração o levar, e certamente não sua vontade ou seu desejo.
A hora da escolha passou. Isso correspondeu a uma janela de tempo prévia à reunião do Conclave que foi realizada pelo Arcanjo Jofiel, há agora mais de dois anos.

Questão: são vocês que nos indicarão o lugar onde seremos esperados?

Mas nós não lhes indicaremos o lugar, nós os conduziremos para lá.
Não há portanto qualquer interesse, se isso está ao nível de sua cabeça, saber para onde irão.
A partir do momento em que o plano final se desencadear, as coisas devem ir muito rápido. Não teremos o tempo de filosofar. Estaremos no tempo da ação. Estamos aí para isso.

Questão: em que prazo de tempo Terrestre, vocês estimam, precisamente, sua intervenção?

O quanto antes será o melhor, mas temos o hábito de esperar e sermos pacientes. Não somos nós que decidimos, nem vocês.

Questão: é Cristo que decide?

É a única entidade que está apta a decidir o momento.

Questão: estar no momento presente, com relação a todo esse processo, é um elemento essencial?

Para a Vibração, sim.

Não temos mais perguntas. Agradecemos.
Povo humano nesta Assembléia, como no planeta, eu os agradeço.
Nós os agradecemos, em nome de meu povo presente na missão junto de vocês, de terem acolhido essas palavras e essas informações.
Sobre isso, eu apenas posso lhes desejar a melhor e maior das Luzes, para vocês e para seu futuro.
Certamente, até breve.

Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês: Célia G. – http://leiturasdaluz.logspot.com

28 de abr de 2010

ILUMINANDO O SEU EU SOMBRA

Mestre Kuthumi lhes dá uma compreensão e um exercício para superar e transmutar as suas energias mais escuras e as dos outros.

Enquanto eu venho a sua presença mais uma vez, acalmem-se em seu corpo e mente. Fiquem tranqüilos, abertos para receber, ponderem as minhas palavras e ouçam a orientação do seu Eu Superior.

Em primeiro lugar eu preciso que vocês compreendam o seu eu sombra. É uma faceta sua, uma faceta do seu pensamento, do seu comportamento. O que eu quero dizer com a palavra faceta?

É uma face sua, é parte de vocês. Seu eu sombra lhes proporciona a experiência da dualidade, em seus pensamentos, em seu discurso e comportamento. Aqui eu menciono o seu eu sombra com o propósito de facilitar, de compreender e também porque o seu eu sombra contém pouca Luz, portanto ele é mais obscuro do que o seu Eu Superior que é Luz.

Grande parte da transição que vocês estão vivenciando são os efeitos destas duas facetas do eu – a sombra e o Eu Superior. Simplesmente colocado – a dualidade.

Estes dois Eus lhes permitem experienciar, comparar, compreender todos os lados, todas as facetas. Permitam-me lhes dar um exemplo. Vocês podem desejar criar um novo início, talvez vender a sua casa. Vocês visualizaram, planejaram e aguardaram ansiosamente na antecipação de uma venda. Subitamente chega uma tempestade com fortes ventos. A casa sofre danos e necessita de reparos. Seu plano é agora afastado. Descrença, raiva e desapontamento se seguem.

Apenas há algumas semanas vocês estavam entusiasmados, cheios de antecipação de como seria a sua próxima casa. Vocês pensaram ansiosamente no espaço, nos quartos, nos móveis. Agora isto está afastado. Eu digo colocado de lado, não terminado, pois o seu desejo não se foi. Este é somente um impedimento temporário em seu caminho. Entretanto, o seu eu sombra aparece e se afasta muito da Luz que vocês mantinham anteriormente. A raiva rapidamente se forma. Vocês procuram ver a quem podem responsabilizar e descarregar a sua raiva. Neste ponto qualquer pessoa será responsabilizada. Aqueles mais próximos sentirão a dureza de suas palavras iradas. Amigos e associados simplesmente ouvirão a sua raiva através de uma longa sessão de reclamações verbais, mesclada com um desejo por simpatia. Entretanto, o eu sombra não será liberado facilmente. A raiva se encontra abaixo da superfície, esperando ressurgir a qualquer oportunidade – até usando problemas alheios para vir à tona. A raiva tem uma influência mais forte de sua personalidade. Vocês residem em seu próprio eu sombra, na escuridão durante este tempo.

Aqueles que são sensíveis à energia da aura podem ver a sua raiva e senti-la. A primeira reação é se afastar da energia da raiva porque eles não querem que a raiva os “exaspere”. Isto pode acontecer facilmente. Sim, vocês precisam compreender isto também. Quando alguém que está no fluxo da vida, tranqüilo, calmo, entra em contato com uma pessoa que está mantendo uma forte energia negativa, tal como uma forte raiva, a negatividade pode ser absorvida em seu campo áurico.

A pessoa começará a se sentir descontente, inquieta e eles também começam a se dirigir para o seu próprio eu sombra. Vocês mesmos podem ter notado este efeito após um dia de compras em um shopping Center. Algumas vezes vocês serão deixados com um sentimento de opressão após a sua experiência no shopping.

Eu chamo a isto de um acúmulo de várias energias das dimensões menos elevadas. Por ser uma energia de uma dimensão menos elevada, que é “pesada”.

Eu uso uma experiência no shopping meramente como um exemplo.

Aqueles que operam a partir de um nível mais elevado sentirão como que um peso ao seu redor, em seu campo de energia. Isto não se adapta bem com os seus níveis energéticos mais elevados. Se não for afastada, esta energia menos elevada continuará a se formar em seu campo de energia. Logo vocês começarão a operar a partir do seu eu sombra. Este efeito pode acontecer rapidamente com duas pessoas que se amam. Algumas vezes elas interagem muito intimamente uma com a outra. Quando uma experiencia frustrações ou raiva, palavras e ações negativas se seguem geralmente. A outra pessoa é rápida ao absorver a emoção negativa de outros e a raiva se espalha como um vírus. Isto acontece muito rapidamente porque elas estão muito abertas à outra pessoa, muito próximas e elas se tornam como uma esponja absorvendo as emoções da outra pessoa. Há muitos exemplos disto ocorrendo.

Quando vocês entram em um estado de consciência nova, como podem mudar isto? O que podem fazer? Em primeiro lugar, vocês precisam ouvir à voz interior do seu corpo. Reconheçam o que vocês sentem. Compreendam o que estão sentindo. Reconheçam-no. Isto é importante fazer. Uma vez que reconheçam por que estão sentindo o seu eu sombra, por que entraram neste espaço, então poderão evitar que a negatividade se forme em seus corpos mentais e emocionais.

Com o reconhecimento vocês começam a se encarregar do seu eu sombra. Vocês podem então lidar com ele, superá-lo e suprimi-lo.

Como vocês o suprimem? Uma vez que tudo surge da intenção, eu lhes pergunto: Qual é a sua intenção neste momento do reconhecimento? Freqüentemente a ação está fora do seu controle. Pode ser uma tempestade, ou a ação de outro, ambos estão fora do controle. Compreendam que vocês não podem mudar o evento. Nem podem mudar a raiva ou a crítica do outro. Eles devem assumir a responsabilidade por isto. É sua intenção permanecer na escuridão de seu eu sombra ou permanecer no fluxo da Luz de sua vida? Sua intenção faz a escolha. Vocês percebem que não é tão difícil.

Agora, em 2010, vocês devem assumir a responsabilidade pela sua totalidade. Sua intenção, palavras, ações, através do Templo do seu corpo. Sua saúde, sua alimentação. É tudo responsabilidade sua, mais, do que nunca. Reconheçam as suas escolhas. Este é o único meio de criar o seu futuro. Quando um evento acontece em seu mundo externo que vocês não podem controlar ou alterar, o que afeta o seu corpo emocional, recuem. Observem bem a situação e os seus sentimentos em relação a ele. O que vocês estão notando? O que vocês estão sentindo a partir do seu Eu Superior? Às vezes vocês verão algo bom, não óbvio à primeira vista. Outras vezes vocês simplesmente esperarão que a situação se disperse. Pode ser um tempo para observar apenas. Gostaria que se lembrasse de levar os seus sentimentos à Luz Autêntica, ao seu Eu Superior, à Fonte Divina. Aqui eles são facilmente transmutados, e as soluções encontradas.

Entristece-me quando ouço as palavras: “Mas eu não posso fazer isto, eu não sei como”. Meu amigo, é somente a sua mente consciente que se esqueceu. A sua intenção é que é importante. Simplesmente peçam, verbalizem que isto lhes seja tirado e transmutado na Luz. Eu lhes digo que assim será. Sua intenção é tudo, é tudo.

Durante os seus tempos de transição e de mudanças da Terra que vocês estão experienciando, tomem cuidado para que o seu eu sombra não os dirija, particularmente os seus pensamentos.

É quando vocês param e reconhecem que verão a situação claramente, sem uma névoa de raiva. Vocês são então capazes de transcender o seu eu sombra e manter um fluxo de Luz ao seu redor, e ao redor de sua vida diária.

FLUXO DE LUZ

Vocês estão despertando para o seu fluxo de Luz autêntica que sempre esteve dentro de vocês. O tempo de atenção, de reconhecer os seus sentimentos e o seu amor, está aqui na Terra – AGORA! Esta é a sua transformação. Isto é como vocês, todos vocês, começarão a criar uma nova Terra. Vocês a criarão pela intenção correta, com amor. A Paz seguirá. Vocês ouviram estas palavras muitas vezes, não ouviram? É porque elas são a verdade. Estas palavras contêm o futuro do homem. Não as deixe de lado, eu os incito. Agarrem-nas com as duas mãos e mantenha estas palavras, o significado, a responsabilidade; mantenham isto próximo a vocês. Na próxima vez que reconhecerem a opressão e a raiva surgindo dentro de vocês, lembrem-se. Parem e transmutem. Libere-as. Não tomem posse da negatividade. Movam-na. Como? Vocês perguntam. Com o trabalho de respiração. Expirem-na a partir do seu campo áurico, com força e rapidamente. Deixem-me lhes dizer:

Vocês podem se sentar ou permanecer com os seus pés levemente separados para o apoio do seu corpo.

Inspirem muito profundamente. Sintam o poder e a intenção enquanto vocês enchem os seus pulmões com ar.

Agora rapidamente e com força, soprem o ar para fora de sua boca, como uma grande rajada de vento, liberando a energia velha e negativa de dentro de vocês.

Imaginem um balão que vocês encheram e então o liberam. O ar se precipita muito rapidamente e com força, não é?

É uma força assim que vocês necessitam quando expiram rapidamente.

Não é difícil fazer e isto transmutará as energias da negatividade e da raiva se feito corretamente. Façam isto pelo menos três vezes.

Vocês devem estar alertas, conscientes. “Conhece a Ti mesmo”. Sintam o seu próprio fluxo de vida. Vivam-na, protejam-na e a alimentem com amor.

Mestre Kuthumi

_______________
Direitos Autorais 2003 Ver, Lynette Leckie-Clark. Todos os Direitos Reservados.

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

27 de abr de 2010

A TRANSIÇÃO VIBRATORIA E SUAS REPERCUSSÕES

Sanat Kumari Canalizado por Ramatis Mam
15 de Janeiro de 2009


(antigo, mas ainda atual)

Começo esta mensagem dirigindo-me com amor e empatia espiritual a todos àqueles que estão colaborando desde o seu trabalho pessoal com a abertura e instalação dos arquétipos aquarianos no terceiro milênio.

A partir de agora a Terra e seus habitantes começarão a sentir gradualmente a pressão dos efeitos vibratórios em seus corpos. O relógio cósmico evolutivo da sua galáxia está expandindo sua influência aos sistemas solares periféricos, como o seu, para gerar um realinhamento vibratório em suas estruturas eletromagnéticas. Estão em processo de transição e isto implica que os efeitos irão se aguçar a nível geofísico, eletromagnético, psicológico, emocional e fisiológico. Seus corpos inferiores irão sentir cada vez mais a pressão da freqüência vibratória pentadimensional que se está instalando na Terra. Os conflitos políticos, sociais e econômicos que agora estão sofrendo se aguçarão, com a finalidade de produzir uma catarse coletiva de transformação.

As mudanças, ainda que possam parecer dramáticas, têm uma finalidade terapêutica evolutiva que os ajudará a refletir e tomar decisões importantes na sua vida. Existe um fator de base de extrema relevância, é aqui que os conflitos atuais que acontecem no seu planeta têm uma dupla implicação: uma percentagem tem sido gerada por vocês e a outra parte faz parte do ciclo evolutivo que foi programado para impulsionar a sua evolução.

Também a atual situação internacional que tem um aspecto desanimador e desagradável não deve aterrorizar nem contribuir para gerar dinâmicas apocalípticas.

A evolução por si implica transformação para abrir novos caminhos e produzir uma abertura de consciência do ser humano aprisionado em paradigmas absoletos e nocivos.

Devem ser conscientes que esses processos sempre são produzidos em seu planeta, por ser uma escola de reciclagem evolutiva, e os formatos educativos utilizados são os mais adequados para ajudá-los a sensibilizarem-se e sintonizarem-se com a faceta espiritual da vida e da evolução. Se analisar a história da evolução da humanidade em seu planeta, descobrirá que a opinião dominante tem sido a decadência dos princípios espirituais que geraram dinâmicas destrutivas. Quando o ser humano esquece-se da sua identidade espiritual e se desconecta do fluxo cósmico da evolução, de forma natural vai se gerando a desintegração ao não cumprir com o propósito da mesma. Esta é uma dinâmica que o universo utiliza para regenerar-se e harmonizar-se.

Todo o cenário evolutivo tem um objetivo de fundo e finalidade de crescimento espiritual, quando as pessoas desconhecem-no, desenvolvem resistência e transgridem as suas leis, aí o universo tem que utilizar mecanismos de balanço. A base e intuito do processo evolutivo é que descubram a sua identidade espiritual e que atuem no ponto desta compreensão, gerando um vínculo de colaboração com a Fonte Divina. Vocês estão na Terra para descobrirem o que realmente são e esqueceram. Sua viagem no tempo é um recurso que o seu Ser Essencial utiliza para liberar os lastros evolutivos que lentificam e bloqueiam seu crescimento espiritual.

Como sabem seu sistema solar está cruzando os segmentos do cinturão antimagnético da galáxia, e os efeitos radioativos e vibratórios irão intensificar-se nos próximos anos. Isto implica uma aceleração dos processos, que como repulsão, contribuirá para depurar os aspectos discordantes da sua vida. Ainda que as circunstâncias possam alcançar matizes trágicas, tem como finalidade gerar uma nova visão da vida. Lamentam da situação atual, mas poucos estão dispostos a admitirem que são responsáveis por isso.

A metamorfose evolutiva é a chave da evolução e é um sinônimo de perseverança, autodisciplina e alerta constante para integrar os paradigmas aquarianos que geram comunicação fraternal e solidária, respeito mútuo e colaboração desinteressada para construir novas bases sociais fundamentadas nos valores espirituais.

Com a transição vibratória serão produzidos determinados eventos em seu planeta, que enfrentará as polaridades dos progressistas e involucionistas. A evolução por si implica depuração e seleção, permitindo que em determinados ciclos uma das polaridades predomine. Na atualidade existe uma rivalidade incessante entre as duas polaridades, produto da aceleração vibratória que está sendo produzida no planeta, aguçando os conflitos sociais. Existe um setor da população que não é consciente do que está acontecendo e que, devido ao temor e circunstância, estão paralisadas. É aqui que se requer uma intervenção e colaboração daqueles que estão comprometidos com a ascensão do planeta e da humanidade. Vocês são os portadores de luz que devem intensificar seu crescimento espiritual para que, através das esferas divinas, possamos injetar mais luz. São vocês os catalisadores e harmonizadores da ascensão planetária como portadores e divulgadores dos novos paradigmas.

As repercussões da transição vibratória afetarão todas as áreas do domínio social, e a nível geofísico serão produzidas grandes alterações como parte do programa da transformação. É importante que sejam conscientes, ainda que aconteçam catástrofes com perdas humanas, e se focalizem na visão e compreensão espiritual de que tudo faz parte de um programa perfeito e que não existem vítimas. A destruição das estruturas físicas e corpos não afetam em absoluto a essência divina, e estes processos acontecem com a finalidade de harmonizar as cargas negativas e acelerar os processos evolutivos.

A transição vibratória que está acontecendo na Terra requer de vocês um apoio e compromisso de trabalho pessoal. Cada vez que transmutam aqueles aspectos discordantes da sua vida estão contribuindo com uma carga energética positiva e harmonizadora do planeta. Todos são importantes e estão sendo chamados para que descubram e transformem aquilo que não gera harmonia, paz, fraternidade, solidariedade, respeito e colaboração. O trabalho pessoal influi nas suas relações interpessoais, diluindo a negatividade acumulada nos campos causais terrestres.

São tempos de grandes mudanças, se não estão preparados, serão inundados pela própria dinâmica geradora de cargas negativas dolorosas nos seus corpos inferiores. Devem prestar atenção especial aos hábitos, atitudes, condutas, conceitos e valores que são discordantes e geram conflito pessoal e coletivo. Se supostamente está vibrando na luz, deve ser um exemplo transparente disso, e isto é algo que se demonstra a cada instante e não em determinadas circunstâncias. A integridade espiritual não se consegue facilmente, mas se desenvolve, e é a base do crescimento e transformação interior. Uma só pessoa vibrando plenamente em sintonia com o universo e suas leis tem o poder de transformar todos aqueles que se coloquem em contato com ela. A sinceridade do propósito deve estar presente em suas vidas se realmente deseja formar parte dos monitores aquarianos do futuro.

O convite é geral e sem exclusões de nenhum tipo, mas devem estar dispostos a experimentar a “Alquimia da Metamorfose Espiritual”. Isto implica liberar a resistência à mudança, que tanto conflito e sofrimento produzem. O universo sempre colabora com os processos de mutação e alinhamento, e quando não o está vibram em oposição, gerando cargas negativas dolorosas que posteriormente terá que harmonizar.

Para o momento presente você tem sido guiado, animado e preparado para quando terá que entrar em ação, e chegou momento. Não nos referimos que vá realizar uma missão especifica, mas sim que agora terá que enfrentar o que não é, e que gera amarras evolutivas em sua vida. Agora dispõe da oportunidade para esculpir a imagem divina que deseja sentir e transmitir aos demais. Isto requer uma grande sinceridade, introspecção e recapitulação espiritual. O desafio espiritual está em suas mãos, e dispõem dos meios necessários para isso. Cada um de vocês tem o poder de escolher, atuar, pensar e ser o que deseja, mas devem ser conscientes dos efeitos que geram no futuro.

Não devem partir da inconsciência, da hipocrisia e auto-engano, porque já são expertos nisso, e agora o que o seu Ser Essencial e a hierarquia espiritual necessitam é que sejam transparentes, honestos e sinceros. Somos conscientes das suas limitações e condicionamentos, e por isso estamos dispostos a ajudar e facilitar as pautas necessárias para que superem com êxito os obstáculos. A auto-empatia é necessária para prosperar espiritualmente, mas sem cair na condescendência. A autovalorização constante e diária deve estar presente para potenciar o desejo de transformação e compaixão para vocês e os demais. A única coisa que devem fazer é desejar intensamente recuperar sua luz interior para que a divindade manifeste através de vocês: seja amor, sabedoria e compaixão.

Tudo está disposto para que enfrente com êxito, sabedoria, força sua evolução, descobrindo o poder da transformação e luz que há dentro de si. Só tem que invocar e solicitar assistência às esferas divinas para que guiem os seus processos e tenha o valor, a força para que nasça a luz infinita e imortal do amor divino que Deus depositou no seu coração. Desta forma, as sombras que têm estado ensombrando o seu Ser Essencial se diluam, e os raios do conhecimento e do amor disseminem-se por todas as partes criando uma ponte de luz fraternal na Terra.

_______
Fonte: http://www.atlantisangelis.org/es/canal.php?idy=114
http://www.atlantisangelis.org/es/home.php
Tradução: Sheila Morbeck - contact@atlantisangelis.org
Biólogo Profissional que estuda e defende a vida no planeta.
Biólogo Marcos Gaia

26 de abr de 2010

PERDÃO - METATRON

Mensagem de Metatron
Canalizada por Sandra M. Luz
25/04/2010


Queridos Seres de Luz.

EU SOU Metatron e venho mais uma vez cumprir meu propósito de trazer conhecimento e despertar.

Tenho procurado através desse canal, trazer orientações de forma simples, para que vocês absorvam mais facilmente.

Uso outros canais para informações mais complexas para despertar um outro tipo de almas.

É com imensa alegria que vejo que nosso trabalho tem seguido o desejo de DEUS e também o meu e desse canal.

Sabendo que cada um de vocês tem seus registros únicos, entendemos que a orientação que damos a cada um será absorvida de uma forma.

Tenho procurado orientá-los sem criar grandes conflitos em seus corações e mentes e acredito que estamos no caminho certo. Grandes conflitos sempre trazem emoções fortes, descontroladas e não é esse o meu papel.

Em minha última mensagem falei sobre o “Amor Incondicional”, um sentimento forte e divino.

Hoje gostaria de falar sobre o “Perdão”, também um sentimento forte e divino.

Por já viverem outras vidas, vocês passaram por inúmeras experiências e a cada reencarnação trazem mais registros.

A vida na Terra é uma grande escola com muitas lições a aprender, mas quando essa lição não é aprendida, precisa ser ensinada novamente.

E como isso ocorre?

Através do imenso amor que DEUS tem por todos, ELE permite que vocês mesmos escolham como corrigirão seus “erros”.

Não é DEUS que obriga vocês a voltarem como um castigo.

Não, meus amados, DEUS jamais pune. DEUS é amor, perdão, luz. E como Pai sempre nos ajudará.

Então, através de seu livre-arbítrio você pede para retornar e reparar algumas arestas em suas vidas.

Mediante sua solicitação, o Plano Divino organiza seu regresso a Terra colocando em sua vida aqueles aos quais você deve exercer o amor, o perdão, a misericórdia, a paciência, a tolerância.

Mas se vocês tivessem claro em suas mentes o que aconteceu em seu passado, provavelmente seria mais difícil exercitar o amor e o perdão.

Esse canal aprendeu lições valiosas e uma delas, foi a de não se colocar como “vítima”. Hoje ela diz: o que preciso aprender com essa situação.

Mas voltando a falar sobre o perdão, meus queridos e amados, gostaria que vocês perguntassem a seu coração: O que preciso aprender? Ensine-me a perdoar e ser perdoada. Vocês guardam sentimentos de mágoa, tristeza de muitas vidas e só irão desfazer-se deles quando decidirem se perdoar e perdoar outros.

E como perdoar alguém que lhe fez algum mal?

Entendendo que ele está em seu processo de evolução e que, portanto, ainda comete erros como você. Entendendo que se hoje ele reagiu dessa forma, em algum momento você também o magoou.

E como se perdoar?

Entendendo que você está no seu processo de evolução e que também comete erros. Aceitando seus erros, aliviando seu coração e procurando seguir atento a não mais magoar as pessoas, não criando karmas negativos.

O sentimento é algo poderoso que pode ajudar ou não as pessoas.

Vocês sabem exatamente quando fazem alguém feliz ou infeliz. Portanto, se sentirem que magoaram alguém, use a humildade e peça perdão. Não deixe que esse sentimento se alastre, cresça dentro de você e dentro do outro.

Não há mais tempo para vocês continuarem com essa energia que causa tanto sofrimento a vocês.

Diga à pessoa que você magoou que gostaria que ela lhe perdoasse. Abra seu coração, deixe sair todo o sentimento que oprime e deixe entrar a luz do amor, do perdão.

Ao perdoar, seu coração se enche de luz, amor, felicidade.

Ao ser perdoado você sentirá sereno, leve, em paz.

Remova o ego e deixem entrar a luz.

Essa é mais uma etapa para que vocês passem para uma nova faixa vibracional.

Quanto mais vocês limparem seus corações e mentes, mais rápido encontrarão suas estradas, seus portais de luz.

Vocês precisam ser faróis e para ser faróis precisam irradiar luz, amor e paz. E para que isso ocorra seus corações precisam estar em paz.

Desejo que todos se tornem faróis.

EU SOU Metatron, o Senhor da Luz.

_________

FONTE: http://sandramluz2010.blogspot.com/2010/04/perdao-metatron.html

25 de abr de 2010

A EXPERIÊNCIA NA ENCARNAÇÃO

Meus caros filhos da Terra, nessa manhã venho lhes falar de vocês mesmos.

Quem são vocês, realmente, eu lhes pergunto e vocês igualmente.
Quanto eu ouço vocês que dizem: “mas o que vim fazer nesta terra?”...! Ou: “O que fiz ao bom deus para sofrer assim?”.


Oportunidade de crescimento

Na realidade, meus caros filhos, vocês vieram simplesmente viver uma experiência que escolheram conscientemente e com a ajuda de seus guias, antes de reencarnar.

Esta experiência é destinada apenas a fazê-los avançar no caminho de sua própria evolução.

E alguns dos obstáculos que encontram ao longo de sua própria viagem parecem muito difíceis de superar, dizem vocês, embora eles lhes tragam muito. Vocês estão como o esportista que ao longo de seu caminho, de sua evolução, coloca a “barra cada vez mais alto".

Também, agradecem a Providência ou, antes, ao Pai, por colocar em seu caminho essas oportunidades de crescimento, de evolução.

Lembram-se, quando estavam na escola, aqueles que não estão mais, somente os exercícios, os deveres, os exames, eram mesmo para fazê-los progredir, forçando seu intelecto para se superar e validando este limite superado, esta experiência, esse saber adquirido.
E, bem, em sua vida de todos os dias, e ao longo de sua vida, isto é o mesmo.

A cada instante vocês progridem no caminho de sua evolução e validam essa aquisição de conhecimento da vida.


Os “trabalhos práticos” da experiência

Não se esqueçam, meus caros filhos, vocês vieram para aprender.
Atualmente vocês estão numa verdadeira sala de “trabalhos práticos”, onde experimentam, avaliam, analisam, a fim de progredir.

Esta experiência prática que, para alguns, julgam muito longa, ou demasiado longa, vai durar apenas durante esta vida, até que, a experiência terminada, vocês entrem novamente “na casa”.
E sim, assim como o célebre herói do filme não menos célebre: E.T., sem o saber, vocês apenas aspiram uma única coisa: voltar à casa!

Mas cada coisa no seu tempo.
Atualmente vocês estão na “sala de trabalhos práticos” a fim de efetuar aquilo que escolheram.

Fico muito feliz, quando vejo quão rápido aprendem, a maior parte de vocês.
Para outros, isso será um pouco mais longo, porque ainda muito apegados à matéria.
Mas o que importa!
Todos vocês progridem, cada um em sua velocidade, certamente.
Mas o que é importante é que vocês realizam todos, esse porquê vocês vieram.

Quando voltarem “à casa” e constatarem o caminho percorrido, a aquisição de conhecimento realizada, naquele momento conhecerão a plenitude e serão recompensados por seus esforços.
Mas para a maior parte de vocês, nesse momento, a hora não chegou.


Jamais abreviar a experiência…

Alguns de vocês estão no ponto de renunciar diante do esforço para realizar e tentam abreviar a experiência desta vida.

Que erro, meus pobres filhos. Vocês não podem saber a que ponto lamentariam esse gesto, se o colocassem em prática... Vocês se desesperariam de não terem realizado o que decidiram realizar, viver, experimentar... durante a experiência desta vida.

Que acontecerá depois? Oh! ninguém os julgará...
Somente vocês, lamentarão e deverão esperar pacientemente uma outra oportunidade de experiência, quando de uma próxima “vida” na Terra lhes permita retomar a obra onde a deixaram, e completá-la.

Vejam como é particularmente inútil abreviar uma experiência... porque vocês deverão, apesar de tudo, ali voltar.
Também, agora que vocês têm a oportunidade tanto aguardada que lhes permite progredir, viver plenamente a experiência e, ao se deixar levar por ela, compreendem bem tudo o que ela lhes traz na compreensão de vocês mesmos, frente à experiência e aos outros que nela, são o contexto.


O contexto da experiência…

Sim, vou abordar um outro aspecto da experiência: os outros…

Os outros não são inimigos, mas fazem parte do contexto que lhes permite realizar a experiência escolhida.
Também vocês devem amá-los e agradecê-los, ao invés de alguma vez odiá-los.

Esses outros estão entre seus filhos, sua família que os acolheram quando de sua encarnação, sua família expandida que faz parte do contexto de sua família de acolhimento, seus vizinhos, seus companheiros de trabalho, de lazeres

Todos aqueles que vocês encontram eu seu caminho fazem parte do contexto, que lhes permitem realizar sua experiência.
Vocês não encontram jamais, nunca, uma pessoa por “sorte” (coincidência)...

Todos fazem parte do contexto e quando seus caminhos vêm a se cruzar, é por uma razão bem precisa.
Desde o olhar do transeunte que vocês cruzarão apenas uma vez durante esta vida, até muito longos momentos que vocês compartilham com outros: cônjuges, filhos, amigos…

Nada é devido à sorte, mas todos esses encontros apenas tem um único objetivo: ajudá-los a progredir vivendo plenamente sua experiência.

Também, ame-os. Todos, porque todos estão aí para ajudá-los, para trazer-lhes oportunidades de crescimento, sob diversas formas.
E, sim, do mesmo modo como o sorriso, a incompreensão, o insulto, são oportunidades de crescimento.
Agradeçam a todos e continuem alegremente sua experiência.


A chave está no Amor e na Alegria de ser

Ah sim, uma pequena coisa para ajudá-los em seu grande projeto de evolução: "uma dificuldade vivida com o sorriso nos lábios, é tão mais agradável para viver que no medo e na cólera".

O sorriso, a alegria, lhes permitem, elevando suas vibrações, dar mais leveza às dificuldades, que são geralmente marcadas de pesadas vibrações.

Digo-lhes bem meus caros Filhos da Terra, que a vida, aquela que experimentam atualmente, será sempre mais bela e mais agradável diante de vocês que atrás de vocês.
Assim, vivam-na plenamente, na Alegria de ser e no Amor ao outro.

A chave para o êxito de sua experiência tem duas palavras: Alegria e Amor.

Nessas duas palavras, carregadas de vibrações muito leves, muito etéreas, encontra-se a SOLUÇÃO de suas dificuldades, de todas suas dificuldades.

Lembrem-se, é no Amor e na Alegria que vocês progredirão mais facilmente e viverão plenamente sua experiência, até sua conclusão, sem estarem obrigados a voltar para terminá-la.

Aí está o que queria lhes dizer hoje, meus caros Filhos da Terra.

Eu os amo.


Mensagem de Hilarion, recebida em 6 de março de 2010 por
Jean-Paul Thouny

____
Vocês podem reproduzir livremente este artigo e divulgá-lo, se não o modificarem e se citarem a fonte: www.energie-sante.net

Traduzido do francês por: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

23 de abr de 2010

VAMOS PARAR UM POUCO?

Eu sou Alpha, e venho conversar um pouco.

Você já quer viver no mundo das dimensões superiores?
Você não vê a hora de toda a transição ser completada?
Você já se vê desvencilhado de tudo o que pertence à dualidade?

Acha que sim? Então vamos ver:

O que você sente quando recebe uma crítica a algum trabalho que realizou? Agradece ou se revolta?

O que você sente quando alguém lhe oferece a mão para superar algum bloqueio, alguma dificuldade? Agradece ou se sente inferiorizado?

O que você sente quando percebe o amor que alguém está lhe dedicando? Agradece ou se sente intimidado?

Quantas vezes durante o dia de hoje você utilizou manobras de controle, de manipulação?

Quantas vezes durante o dia de hoje você deixou de dedicar ou retribuir um sorriso?

Quantas vezes durante o dia de hoje você se sentiu crescer diante de alguém que veio lhe pedir uma explicação, um conselho, uma orientação?

Quantas vezes você parou hoje para sentir e ouvir seu coração?

São muitas as perguntas, mas todas muito, muito simples. As respostas, entretanto, podem custar a ser pronunciadas, diria mais, difíceis de serem conscientemente aceitas. Mas seu corpo indicará a resposta, pelo subir da energia, como quando sentimos ao levar um susto, ou ao sermos surpreendidos em algo que preferiríamos esconder.

Não quero que você pronuncie a resposta, não é preciso, apenas sinta o que seu próprio corpo lhe diz. Sim, porque até mesmo seu consciente, seu mental, pode estar querendo te enganar. Seu corpo jamais faria isso. Porque seu corpo segue seu coração, embora você nem sequer imagine isso.

Então, minha vinda hoje foi apenas para ter essa pequena conversa. Eu e seu coração, eu e seu corpo. Porque essa conversa busca a verdade. A única verdade.

De nada vale para a evolução espiritual a ininterrupta leitura de quantas linhas conseguir durante todos os minutos de seu dia. O único e verdadeiro valor é o sentir, é o incorporar e manifestar as verdades de sua alma, de seu coração.

De nada vale para a evolução espiritual você conhecer os fatos, os mensageiros, as mensagens, se, no contato com aqueles que lhe são próximos, o que sai de você é arrogância, superioridade, controle, manipulação.

De nada vale você querer ou saber estar no Serviço da Luz, se assume essa posição como se estivesse assumindo o mais alto cargo de uma empresa, e o exerce sob a forma de domínio, de controle, de chefia.

Não, o verdadeiro trabalhador da luz não é isso. O verdadeiro Serviço não é isso.

Pare um pouco, observe o que você está sinceramente almejando quando diz que está no Serviço. Seja sincero, verdadeiramente sincero consigo mesmo. Será que não existe nesse seu serviço uma velada intenção de aparecer dentre seus irmãos, no sentido de ser visto como superior, como aquele que sabe, como aquele que diz: venham, sigam-me!?

É difícil assumir, eu sei, mas, infelizmente, a vaidade ainda está presente na maioria dos que se dizem trabalhadores da luz.

E não só a vaidade, mas muitos outros atributos característicos dessa dualidade dissociada, como a necessidade do poder, a necessidade de valorização, a necessidade de julgar e de apontar os erros e defeitos que se vê no outro, e isso tudo porque, até então, o que se diz trabalhador da luz ainda não está, efetivamente, na Luz, na Verdade, pois, quando isso ocorre, ele vê a todos como irmãos, como semelhantes, e o único sentimento que lhe invade é o AMOR INCONDICIONAL.

Não há mais revolta, não há mais medo, não há mais vergonha, não há mais comparações, não há mais julgamentos, não há mais um que se sobreponha ao outro, não há mais competição, nada mais há a esconder, a ocultar.

Há sim a bondade, a fraternidade, o ajudar no espírito colaborativo, há o Serviço em nome da Luz, com alegria e amor, e não como responsabilidade, como obrigação, como uma corrida para ver quem chega primeiro ou quem consegue alcançar o prêmio.

O prêmio, esse existe sim, mas é para todos: é um mundo maravilhoso onde não existem mais sombras, onde não existem mais mentiras, onde não existem mais provocações, onde não existe mais a competição que apenas faz aumentar os perdedores.

Então, essa é minha mensagem de hoje: parem, parem e fiquem com vocês, o maior tempo possível. Entendam-se, encaixem-se, aceitem-se, amem-se, sejam apenas AMOR e tenham apenas isso nas mãos no convívio com seus semelhantes.

Assim, tudo fluirá.

Eu, de minha parte, deixo com vocês também meu AMOR.

Nada do que os espera do outro lado do véu pode ser nem mesmo imaginado, por qualquer um de vocês.

Ainda que em muitas ocasiões lhes tenham sido mostradas ou informadas algumas das características dos mundos evoluídos, suas mentes não possuem, eu diria, a capacidade de visualizar a realidade do que é.

Vocês já pararam para imaginar, por exemplo, que os pensamentos são ouvidos por todos? Você já imaginou isso?

Como um ser dessa dualidade, você não pode se ver nessa situação não é mesmo? Como seria se seu interlocutor ouvisse seus pensamentos? Sim, porque frequentemente o ser humano diz algo e pensa o oposto – mantém um sorriso na cara enquanto está extremamente entediado com aquela conversa ou com aquele encontro.

Com esse simples exemplo dá para ter uma pálida idéia do quão diferente é a realidade nas dimensões evoluídas.

Então, meus queridos amigos, não queiram viajar no mundo das idéias limitadas que o ser humano possui.

Sigam as orientações de seu coração, mantenham a conexão com seus guardiões, conservem a vibração na Luz e na Verdade tanto quanto possível, e desempenhem sua realidade ainda nessa dimensão de modo a conservar sempre o amor, a compreensão, a colaboração, a fraternidade.

Não é preciso saber os detalhes de tudo o que acontece, basta apenas saber que todos estão sendo amparados e protegidos e que, quanto mais estiverem no amor, na compreensão, na colaboração, na fraternidade, mais sentirão em sua vida o amor, a compreensão, a colaboração, a fraternidade e nosso apoio incondicional.

Unam-se a seus irmãos, tenham sempre um abraço caloroso e cheio de amor, compartilhem sentimentos e experiências, pois é dando que se recebe. Mas o dar incondicional, não o dar esperando a retribuição.

Pois o dar esperando a retribuição volta à dualidade, ao controle, à manipulação.

Abram-se para o AMOR.

Abram-se para a intuição também. Não façam como esse canal, que precisa ficar com a cabeça quase estourando para perceber que queremos transmitir alguma mensagem.

Por isso, é indispensável parar sempre o mínimo de tempo que seja, para que possam ouvir seu coração, sua intuição, nosso chamado também.

______
canalizado por Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

Você quer ser boazinha ou quer ser feliz?

por Andrea Pavlovitsch
Psicoterapeuta Holística

Lembro-me como se fosse ontem: eu sentada no carro, com meus pais, aos sete anos. Ao meu lado, no banco traseiro, estava a minha irmã mais nova. O meu pai fumava na época e, todas as vezes que ele acendia o cigarro enquanto dirigia, inevitavelmente um pouco das cinzas voavam na gente no banco de trás. Neste dia, era a minha irmã que estava sentada atrás dele.

Ela sentiu as cinzas voando nela e reclamou para ele. Com apenas cinco anos ela já sabia o que queria, e ela não queria cinzas de cigarro em suas roupas. O meu pai ficou bem bravo e disse uma frase que possivelmente norteou a minha vida por anos. Ele disse “Quando as cinzas caem nela, ela só sabe reclamar, que droga. A Andrea já não, nunca reclama de nada”.

Lembro que na época senti muito, muito orgulho de mim. Eu, uma boa menina, que não reclamava de nada, nem de cinzas de cigarros na roupas, nem de não ter o que queria, nem de ser maltratava vez ou outra. Que moça bozinha eu era! E desde aquele dia, naquele carro, eu mantive a minha promessa de ser boazinha, não reclamar de nada, de sempre agradar ao meu pai e ao resto do mundo.

Hoje eu vejo o quanto esta escolha, ainda que com sete anos, me custou a vida toda. Custou relacionamentos amorosos, de amizade e até profissionais. Custou um tanto de autoestima, um naco bem grande na verdade e uma porção de sapos engolidos. Custou noites de sonos pensando em como eu era e como eu gostaria de ser. Custou sonhos, muitos deles.

Ser boazinha é como uma profissão em tempo integral (tipo 24 horas mesmo). Exige que você repense sempre tudo o que você está fazendo ou pretende fazer. Você quer comer massa, mas o seu namorado quer uma carne sangrando e tudo bem, lá vamos nós. Mesmo que você passe dois dias depois disso passando mal e isso lhe traga pelo menos 2 quilos na balança. Ou então você quer ser enfermeira na África, mas sua mãe sonhou um casamento dos sonhos, com direito a violinos e muitos netos. E lá vamos nós, munidas da nossa mais rica versão da boazinha, fazer tudo como o mestre mandou.

A boazinha não dá espaço para a nossa verdadeira personalidade.
Não se pode ser boazinha e autêntica ao mesmo tempo.
A boazinha simplesmente segue as regras e é recompensada por isso como um pequeno cão que ganha um petisco.
E é só isso mesmo, um petisco, que se ganha.
Você sonha e saliva com o prato principal, mas parece que todo o mundo consegue e você não.
Você vê as pessoas realizando sonhos malucos que você jura para você mesma que não estava nem sonhando.
Vê sua amiga se separar, perder sete quilos e pular de pára-quedas e pensa “ela é doida, como assim largar um homem tão bom?”. Vira uma invejosa de plantão.
Repara na roupa de todo mundo, principalmente aquelas que ousam usar a saia mais curta e o decote mais profundo, com indignação.

Vê as pessoas como inimigas que estão o tempo todo tentando te desafiar.
E estão mesmo, meu amor! Porque o Universo está tentando jogar na sua cara que você está cercada por um amor irreal, uma máscara de amorosa e mãe de todos, que não serve para você.


Lá dentro pode se esconder uma vadia, uma prostituta, uma nojenta daquelas bem metidas, uma perua que torra o dinheiro do marido em Nova York, uma mafiosa, uma escrava do sexo ou qualquer coisa que seja suficientemente subversivo.

Ser subversiva. Ai que delícia, não é?
Não é maravilhoso para uma boazinha pensar em ser uma boazuda?
Não é fantástico pensar em morar em Paris por seis meses, mesmo que você vá com a roupa do corpo e 29 euros emprestados?
Não é legal poder ser aquela que reclama mesmo quando algo a incomoda e que nunca mais vai comer o prato errado no restaurante só pra não reclamar com o “coitado” do garçom?

Eu nunca gostei das cinzas na minha roupa. Na verdade, nem do cheiro fedido de fumaça que empesteava a casa. Mas eu não falava nada porque precisava ser perfeita. E esta perfeição me custou muito mais coisas do que eu poderia pagar.

Agora, depois de alguns anos nessa vida, decidi que serei ruim, bem má! Daquelas que faz só o quer e o que pensa e que não quer agradar absolutamente ninguém que não seja a si mesma.
Nem o pai, nem a mãe, nem o estado, nem o imposto de renda, nem as lojas de departamento, nem sistema nenhum que eu não tenha inventado.
Aliás, estou inventando o sistema “eu” de ser feliz, e os outros que se virem com suas frustrações e medos em bons consultórios de terapeutas. E que nem apareçam no meu, porque eu não tenho paciência com boazinhas demais!

Sejamos mais autênticas sem medo. Porque a felicidade está em pequenos sonhos realizados, em pequenos pudins comidos no meio da dieta, em pequenas farras no shopping mesmo com o limite estourando, em romper com o que o mundo acha ideal e perfeito.
Até o dia em que você percebe que quer ser boazinha para você mesma e possa fazer suas escolhas com um verdadeiro e autêntico amor por você.

Amar a si mesma, mesmo fora de todas as regras. A subversão, muitas vezes, é o tal prato principal.



Andrea Pavlovitsch
Psicoterapeuta Holística
(11) 3447 8051
www.stum.com.br/andreateixeira




__________________

Esse texto pode, aparentemente, nada ter a ver com o tema principal do blog, que é a Luz, entretanto, no meu entendimento, tem tuuuudo a ver, eis que fala essencialmente do olhar para si, do amar a si, do satisfazer a si, do ignorar a apreciação e/ou aprovação ou não de quem está por perto.

É o sentir-se, é o ouvir o próprio coração.

Célia G. - http://leiturasdaluz.blogspot.com

22 de abr de 2010

MÃE MARIA – TRABALHEM NESSA ENGRENAGEM DE AMOR

20 de Abril de 2010

Canalizado por Gloria Brito P.
http://escritores-canalizadores.blogspot.com/


Filha de Luz, falta pouco para que as grandes Mudanças façam incursões definitivas em seu mundo.
Ainda que tu vejas tantas mensagens na internet, é de grande importância que também estejas disposta a ser o canal que és e abra seu SER, já que é muita informação que necessitamos dar, além de ser importante que a tua própria alma treine nesse tipo de comunicação que irá ganhar uma cor diferente. E é em beneficio dos dois lados, que os canalizadores treinem os novos tipos de comunicação que vão chegando.

******
Filhos Amados, estamos do outro lado do véu, soprando em seus ouvidos, para dizer-lhes que já estamos entrando plenamente na Nova Energia.

Isso significa que todos vocês estão respirando a Energia Fotônica.
Com ela em suas células as portas que mantinham muita informação guardada, para o momento em que tudo estivesse preparado e quando vocês pudessem compreender, estão se abrindo e esse momento é “Hoje”.
Essas células contêm muita informação sobre o processo de vocês e da mudança pela qual estão passando.

É verdade que com o sistema da canalização, vocês percorreram um caminho que em outros tempos seria impensável, sem embargo, nos referimos a informação ainda adormecida em suas células, esta é uma informação que está sendo despejada e a qual vocês poderão ter acesso através de seu EU Superior.

A Terra, como vocês tem visto em suas notícias, está em pleno processo de purificação, e uma vez mais lhes dizemos que sua tarefa é ser Luz, e enviar essa mesma Luz canalizada em Equilíbrio e Amor, como reconhecimento a sua Mãe Terra, dada a compreensão que vocês já alcançaram nesta etapa de seu processo.

A frequente repetição nas mensagens que recebem, se deve a que alguns passos não foram apreendidos por vocês, ou dizendo de outra forma, não os incluíram em seu cotidiano e eles são necessários para que possam avançar nos últimos passos da Ascensão.

Por isso insistimos na pratica de seu Eu Sou, em enviar Luz a todo o seu mundo, a seus companheiros de viagem, a sua Mãe Terra que se encontra realizando um processo extremamente complexo. Precisamente porque é a primeira vez que se realizam as mudanças com vocês aí, presentes, é assim que nossas mensagens repetidamente lhes explicam a importância de centrar seu Ser e ser parte ativa nessas mudanças.

Vocês meus filhos são realizadores e muitas vezes se mantêm no papel de espectadores.

É como quando repetem a seus filhos os mesmos ensinamentos dia após dia, assim nós repetiremos até que vocês decidam dar os passos que ainda precisam para alcançar o Grande Salto até um estado Superior.

Muitos estão preparando sua partida da 3D, pois, seu ciclo já terminou e isso implica em um esforço maior, já que seu Ser sabe que é necessário deixar todas as suas relações saldadas, pois o ciclo ou roda da vida chegou ao seu final, passando a uma etapa intermediaria onde não haverá carma.

Se vocês desejam saber se esse é seu caso, consultem o seu Eu Sou, e terão a resposta de imediato. Seu Eu Sou não vacila nem tem que pensar no adequado, seu Eu Sou É e em Ser, não existe dúvida.

Vão pois com seu Eu Sou, em cada ato diário e verão como todas suas ações irão tomar uma tonalidade diferente, o que provocará em vocês uma profunda satisfação.

Filhos amados, muito tempo estamos trabalhando juntos e pouco falta para esse grande “Abraço” tão sonhado por este lado, como pelo lado de vocês.
Na verdade nós os abraçamos sempre, a diferença será quando esse abraço seja percebido abertamente por seu Ser...esse momento por si só será uma festa e celebração.

Trabalhem então nessa engrenagem de Amor e Plenitude, para que logo estejamos compartilhando a existência de Liberdade e Harmonia, tão desejada por vocês e pela qual tem passado por essas sucessivas encarnações.

São Amados queridos filhos, Eu Sou sua Mãe Maria, quem os embala e abraça a cada instante.
------
Traduzido por: Lucia Gualdi http://nossajornadadeamor.blogspot.com

SAINT GERMAIN -VAIDADE ESPIRITUAL

O que é vaidade espiritual?

Vamos falar sobre um determinado tipo de vaidade agora. Vamos falar sobre a vaidade espiritual. Você já conheceu alguém que está espiritualmente vaidoso? Eu estou disposto a apostar que vocês conhecem alguns deles.

Uma pessoa é espiritualmente vaidosa, quando ela tem orgulho excessivo em suas realizações espirituais, e geralmente usa isto para impressionar ou manipular os outros à sua volta. Estes vaidosos têm "manchado" a glória de muitos anjos humanos que trabalham com amor e humildade na Terra.

A vaidade espiritual também tem consequências. Basta considerar o quão difícil é para a pessoa espiritualmente vaidosa separar-se desta loucura. É uma tarefa monumental. É uma pedra de tropeço para muitos que estão no caminho espiritual como a viagem de volta para re-lembrar sua divindade.


A Loucura da Vaidade Espiritual

A vaidade é uma armadilha, de fato, e aqui está a razão:
Pessoas num caminho espiritual, muitas vezes estão movimentando-se em estados superiores de consciência, à medida que progridem ao longo do caminho. O problema da vaidade espiritual surge, no entanto, sempre que há uma fascinação ou fixação sobre essas experiências.

É tentador para algumas pessoas, a acreditar que só porque eles tiveram essa experiência maravilhosa, que estão de alguma forma melhor ou mais iluminada do que outras. Isto, naturalmente, é um absurdo.

O que está realmente acontecendo aqui é que os seus egos, que ainda não estão totalmente reintegrados na experiência da Recordação Divina, estão promovendo armadilhas sobre eles.

Deixe-me dar um exemplo bobo para ilustrar este ponto:

Vamos fingir que o ego é o seu professor da escola local, e que você é um ingênuo estudante que está disposto a acreditar em qualquer coisa que você disse. Seu professor incentiva você a escrever a seguinte frase incompleta na lousa: "Minha experiência espiritual é ...,"E depois completá-lo com a seguinte afirmação:"... Melhor do que a sua experiência, em qualquer dia da semana, então por que não me deixe dizer sobre ela?”

Em seguida, o professor o envia para casa para repetir essa declaração ridícula para a sua família, os amigos e vizinhos, até que sejam convencidos de que você sabe exatamente o que você está falando e deve levá-los para a Terra Santa, ou que você é certificadamente insano. E assim, o falso profeta nasce.

Saibam disto, meus amigos: O ego vai tomar posse de tudo o que é seu, e distorcê-lo para seus próprios fins. Ele adora ter certeza de que você e aqueles ao seu redor fiquem na ignorância de sua Divindade.

Por quê o ego acredita que merece ser reconhecido por todos ao seu redor? Porque é segredo a sua incerteza de importância no mundo. Isso faz com que o ego particularmente fique vulnerável à experiência do orgulho inflado.

E isto nos traz de volta à Vaidade.

A vaidade espiritual nada mais é do que um ego sancionando o "reconhecimento" de sua Divindade. Mas é um falso reconhecimento. É apenas uma “outra maneira” de mantê-lo sonhando com a sua divindade, dizendo a você e àqueles ao seu redor, que você já tenha feito isso, quando você realmente nunca fez. O ego convida-o a aceitar essa ficção, dizendo que você pode apenas convencer as pessoas o suficiente para acreditar que realmente é verdade. E essa é a armadilha da vaidade espiritual. É um problema tanto para aqueles que levam os outros em um caminho espiritual, como para aqueles que se deixam levar.

Então, para deixar as coisas bem claras, vou repetir:

"Com a liberdade vem a escolha, e é na escolha que você vai encontrar a sua liberdade."

Saber isto, caros amigos, que quando vocês estão verdadeiramente livres, vocês escolherão sabiamente as suas experiências, assim como suas almas fazem, e que a vaidade espiritual não vai entrar em cena novamente.

Em vez disso, suas decisões sobre o que fazer com sua vida, seus relacionamentos e tudo o mais que tem muita importância para vocês, estarão em harmonia com suas escolhas de alma sobre a melhor forma de incorporar a sua divindade como um ser encarnado na Terra.

E nesta aproximação harmoniosa entre o que é humano, e o que é divino, vocês vão perceber o verdadeiro significado da liberdade. O verdadeiro significado da liberdade para vocês como um ser humano, é se libertar do esquecimento sobre “quem realmente vocês são..." liberando-se de atos de auto-sabotagem que os mantinham na escuridão sobre as suas Divindades.

Saibam que, quando vocês re-integram as percepções distorcidas do ego sobre quem vocês são, em uma apreciação consciente de suas Divindades, vocês encontrarão a liberdade e finalidade em tudo que vocês fazem.

E, mais importante, vocês vão entender que as suas crescentes consciências espirituais não têm nada a ver com ser melhor do que outros, ou mais altamente evoluído. Em vez disso, ele coloca você em pé de igualdade com todos os seres humanos, e pede-lhe para praticar a humildade diária.

Esse tipo de humildade lhes pede para levar e ensinar pelo exemplo, e não por ostentação ou exibicionismo, demonstrando aos outros que vivem uma vida humana, e agir com a Divina Consciência, que também é possível para eles.

Lembrem-se que a humildade não é pedir-lhes para negar a grandeza de suas Divindades, ou a viver timidamente. Sua divindade é grande, e assim é você, quando se sente inspirado por ela. A humildade simplesmente pede para você viver sua vida sem falso orgulho. Sem ego.


A Necessidade de Discernimento

A conclusão de se livrarem da vaidade do ego, é quando vocês sentem que não estão espiritualmente superiores aos outros, ou mais esclarecidos, ou, que vocês precisam focar as suas perspectivas sobre eles, visando o bem.
Vocês não serão mais seduzidos pelas mensagens concorrentes daqueles que tentam dizer, ou vendê-los este tipo de vaidade disfarçada.
Há muita necessidade de discernimento sobre isso hoje.

Em vez disso vocês estarão cientes da necessidade de todos para encontrar os seus caminhos de volta para lembrar suas divindades, e vocês estarão ansiosos para ajudá-los de forma respeitosa e adequada, sempre lhes peço.

Obrigado, meu amigo, por fazer esta pergunta em nome de todos aqueles que estão presentes hoje, e quem pode estar lendo isso mais tarde.


EU SOU O QUE SOU – Adamus Saint Germain
--------------

Canalizado por Alexandra Mahlimay e Bennack Dan
Publicado em 21 de abril de 2010 - http://spiritlibrary.com
Tradução: Anthonio Magalhães – http://minhamstria.blogspot.com

21 de abr de 2010

ANAËL – 21 de abril

Mensagem de 21 de abril de 2010 (publicada em 11 de maio)
DO SITE AUTRES DIMENSIONS


Questão: a noção de harpa celestial existe para cada um de nós?

Bem amado, nos campos de esferas e de espaços da criação, nos ateliês da Criação, como dizemos, tudo é som, tudo é forma, tudo é Luz e tudo é cor, assim como já longamente o enunciei.

Nos espaços da Criação existem múltiplos sons dos quais aqui encontra-se uma cópia, mesmo em seu mundo.

Assim, entre os sons os mais sutis que trabalham nas engrenagens íntimas e invisíveis da criação da Vida encontra-se, antes de tudo, o violino e exatamente no mesmo lugar, ou exatamente abaixo, a harpa.

A harpa celestial e o violino celestial são as notas de fundamentos da Criação e as notas do desenvolvimento da Criação nos multiuniversos e multidimensões.

Questão: eu vou para a Coroa Radiante do Coração, para a Vibração do Coração?

Bem amada, vocês são todos esperados na Coroa Radiante do Coração.

Não se esqueçam que é sua Essência, sua Dimensão de origem, antes que fossem presos nas armadilhas desta ilusão.

Assim, portanto, não há que colocar esta questão, mas há a afirmá-lo, não como uma interrogação, mas, bem mais, como uma evidência.

Mesmo não como um desejo para amanhã, não como uma possibilidade mas, bem mais, como uma evidência.

O que nós lhes transmitimos do Conclave é o que nós mesmos recebemos do Sol central da Galáxia, do centro da Galáxia e que humildemente lhes retransmitimos.

Então, isso está aí, isso apenas pede para ser instalado.

Não há portanto que questionar com relação a isso, mas há exatamente que deixar fazer, há exatamente que se abandonar a esta evidência que está aí.

Questão: como superar as antigas feridas?

Bem amada, ainda mesmo que isso fosse verdadeiro, no que esta ferida vivida num passado antigo, é responsável hoje?

O que é responsável é o mental, que adere e que acredita nesse gênero de coisa, ainda que fosse real no passado e verídico.

O peso que você aí outorga determina o peso ao nível de seu sofrimento de hoje, nada mais.

Então, cabe a você decidir ir para a leveza, cabe a você decidir aliviar-se, a correção não iria no sentido da leveza, mas iria no sentido do peso, porque a lembrança é peso.

Então, libere-se dessa lembrança.

Não é necessário recordá-la ou colocar a atenção acima, mas, bem mais, elevar a Vibração que lhe permitirá superar e transcender essas feridas que não são mais feridas, elas são mais apenas lembranças.

Lembranças mantidas em algum lugar, mantidas por quem ou por que?
Certamente não por você, certamente não por sua Essência mas, bem mais, pelos jogos da personalidade que se fixa em viver e reviver os mesmos sofrimentos.

Então, dar-lhe correções apenas a fará se sobrecarregar (tornar pesada).

Meu objetivo não é sobrecarregá-la, mas aliviá-la e seu objetivo deve ser este.

Enquanto você refletir com relação ao que vive seu corpo em seu presente, dentro do que ele viveu no passado em outros planos (seja esta vida ou outras vidas), você se afastará da leveza.

A leveza não está no domínio da reflexão, não está nos domínios da correção da origem dos sofrimentos mas, bem mais, na Alegria do instante.

Não pode haver Alegria se há o peso do passado.
Não pode haver Alegria no instante se o passado está presente.

Somente o presente deve estar presente.

Questão: na translação a vir, quantas dimensões haverá e quais?

Bem amado, conhecer as dimensões de nada serve se você não as vive.

Descrever-lhe uma paisagem não é viver a paisagem.

Isso apenas faz nutrir os fantasmas e nutrir aspectos bem irreais e isso faz peso, aí também.

Cada vez mais, e você o constatará, seja através dos Arcanjos, seja através dos Anciões, ou de qualquer outra entidade de Luz que intervenha em sua Dimensão, o discurso e as Vibrações serão cada vez mais leves, simples e curtos.

Em meio ao que vem para você, vá para a simplicidade.
Vá para a evidência, afaste tudo o que faz peso e que obstrui.
Afaste o que lhe dá a impressão de avançar mas que, de fato, o faz recuar.

De nada lhe serve, portanto, em sua própria ascensão dimensional, saber quantas dimensões há acima ou abaixo, isso associa peso e isso impede de elevar-se.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Então, bem amados, pouco importa, ainda uma vez, o que efetuamos, os diversos interventores e eu mesmo sobre vocês.

O mais importante não são as palavras, porque as palavras vocês as terão.
O mais importante, lembrem-se, é sempre a Vibração.

As palavras são apenas suportes destinados por vezes a levar a Vibração, mas as palavras sem a Vibração nada são.

O conjunto de nossas intervenções, que ela tenha tido lugar sobre um chacra, que ela tenha tido lugar pela Radiação, tem sempre uma função que é aquela de concorrer ao seu apaziguamento e à sua liberação.

Guardem essa palavra essa noite, na qual os deixarei.

Tanto lhes falei, durante minhas inúmeras intervenções no ano passado, do abandono à Luz, tanto, hoje eu lhes falarei cada vez mais da simplicidade da Luz.

Vocês querem a Luz?
Então, sejam simples, porque a Luz é simples e na simplicidade se encontra a Inteligência, porque a Inteligência é simples, aquela do Coração, porque a Inteligência do Coração conhece tudo.

Nada existe que seja desconhecido, na Inteligência do Coração.

Jamais seu cérebro, jamais seu intelecto chegará a imitar ou mesmo aproximar-se.

Penetrar para os véus da simplicidade, para os véus do Coração, pela Coroa Radiante, é sua única preocupação.
É isso que lhes é solicitado porque, nesta Coroa Radiante (mesmo se, hoje, alguns de vocês vivem mais o Triângulo Sagrado), o conjunto das três Lareiras se re-alquimisa e se reunificará no Coração.

E o caminho para chegar a isso tem por nome simplicidade e leveza.

Cultivem portanto isso e verão que sua Vida, mesmo nesta dimensão, tornar-se-á evidência, que os obstáculos existentes para a humanidade não poderão atingi-los.

Lembrem-se do princípio de atração e de ressonância.

Lembrem-se que a lei de amortização do carma não existe mais: a matriz dissolve-se e assim, portanto, a lei de evidência, a lei da graça, a lei da simplicidade e de inteligência desta simplicidade, será levada a efeito instantaneamente.

Vocês saberão que estão neste caminho quando sua Vida tornar-se simples, feliz e leve.

O abandono à Luz era a etapa crucial, uma outra, e também crucial, abre-se hoje: ela tem por nome simplicidade, humildade, facilidade.

Olhem, mesmo as palavras empregadas pelo venerável Um Amigo, vão nesse sentido e irão cada vez mais nesse sentido, porque todo outro sentido seria um sentido de peso e de erro.

Então, boa estrada para vocês mesmos, bom caminho para vocês mesmos, sempre compreendendo que esse caminho e esta estrada não se estendem no espaço e no tempo, mas estenden-se aí mesmo, onde sempre estiveram.

Boa estrada para vocês, que o abandono à Luz e a simplicidade lhes revele a vocês mesmos, inteiramente.

É a melhor coisa que pode acontecer, agora, nesse mundo que vive agora sua última tribulação.

A única certeza será interior, a fonte de paz será interior, o único acesso à verdade será interior.

Apliquem-se nisso, todo o resto se desenrolará segundo esse princípio de atração e de ressonância, sem mesmo colocar-se questão.

Até breve.

Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão do francês: Célia G. – http://leiturasdaluz.blogspot.com

20 de abr de 2010

ARCANJO MIGUEL – DESAFIOS DO NOVO HUMANO

Canalizado por Meredith Murphy
Quinta-feira, 15 de Abril de 2010 (publicada em 20 de Abril de 2010)

A mudança na sua própria abertura à sua conexão de alma e à confiança na sua própria divindade, modificou muitos aspectos da sua experiência, e isso foi profunda e ultimamente afetado por seu humor e a sua experiência do conflito - você encontra-se cada vez mais provocado pelos outros à sua volta, e muitos de vocês estão despertando com um incrível sentido de tristeza ou depressão que parece inexplicável.

Simultaneamente, as energias deste mês estão apresentando um convite enorme para lançar e deixar ir o que não mais se ajusta - e você, muitos de vocês, está saindo para encontrar este convite com uma vontade que é assombrosa! Tão forte e corajoso você é! Essas sensações difíceis ainda estão persistindo tanto quanto tem sido suas experiências, e isto é cada vez mais um desafio.

Hoje desejo falar um pouco sobre como a Consciência de Unidade está trabalhando na sua experiência para criar essas sensações, e qual perspectiva será liberada para colocá-lo não atrás - mas para a frente - em um estado mais continuado de alegria, amor e animação!

Primeiro vamos celebrar!! {Sorriso!}

Os trabalhos interiores de sua conexão 'ao tudo que é', estão cada vez mais desenfreados, e você é capaz de notar o sentido da entrada de impulsos de alinhamento dos Universos, com o qual você é UM, e com o qual cada vez mais você está se harmonizando e se misturando! Esta é uma enorme mudança na sua experiência da unificação!

Muita liberdade vem disto quando você é capaz de continuar a alinhar-se com seu próprio sentido interior das coisas; constantemente tirando o seu foco do holograma existente (que você está criando constantemente) para, ao contrário, estar no AGORA, o ponto de poder e criatividade. Oriente-se à sua visão interior emergente: ótimas sensações surgirão.

Está cada vez mais fácil perceber que a experiência atual é só a manifestação - como você sabe - de uma idéia anterior, livremente criada e lançada - o ponto de vista.

A liberdade com a qual você lançou e confiou nesta idéia nova, ENCANTADORA, é o que certamente cria a experiência sem problemas! A mudança na experiência de aprendizado mais diretamente e mais rapidamente da sua própria experiência, como o que você sente torna-se a forma logo a receber! Experimente a forma que você cria e então escolha mais! Decida, a partir desta nova visão: que sensações surgirão?

Uau! Que feliz experiência! {E alguns dizem que 'a Felicidade' não deve estar na agenda!! Que incrível é ISTO!!!}

Como eu dizia, meus queridos, incríveis seres de amor e luz – é difícil estarem sozinhos. Mais difícil é estarem na órbita de sua própria energia como as energias além da sua percepção que estão fluindo na sua experiência. Aparentemente sem explicação há peso, ou um mal-humor inexplicável no seu dia. Por que é isto?

Se você cria a sua própria realidade, então por que você está experimentando essas coisas que você sente não estão em alinhamento com a sua vibração?

A resposta é dupla:

1- é que você está cada vez mais sensível à dinâmica energética na sua experiência, e como tal, você agora sabe mais claramente o que a energia é, da sua própria perspectiva específica do foco que na terra geralmente parece.

2- você não está mais conectado só à sua própria vibração. Você se permitiu mergulhar cada vez mais 'com tudo que é', e a realidade consiste em que a vibração da sua própria perspectiva específica pelo foco da terra, não é a única vibração que você está experimentando.

Você é o criador da sua própria experiência. Ainda e sempre.

Semântica e ironicamente, contudo, o ‘VOCÊ’ em questão está modificando-se.
O ‘VOCÊ’ que cria a sua vida é, como você cada vez mais ascende energicamente e mais conscientemente inclui um coletivo 'VOCÊ' 'na mistura' ou 'mix', da sua experiência.

Você é cada vez mais um ser que funciona não só do seu próprio ponto informado do foco como um ser humano que vive no planeta Terra.
Você também experimenta diretamente (significando que você é consciente disso) a entrada das energias do grupo de almas com as quais você está re-informando você mesmo com - tanto no sono como acordado, e você também está CONSCIENTEMENTE conectado, cada vez mais, ao campo unificado planetário - que inclui a totalidade das energias Terrestres.

E até as mudanças completas da Terra para seu novo espaço desejado, isto inclui as energias que ainda são amplamente informadas pela Dualidade, e ainda não transcenderam isto amalgamando polaridade e abraçando o contraste numa Consciência de Unidade.

Deixe-me explicar de uma maneira simples.

Há muitas plataformas, muitas 'visões' da consciência.
Uso a palavra VISÃO porque de cada ponto da vibração, há uma perspectiva –um caminho - a que as coisas são 'vistas' e de onde as escolhas são feitas sobre o que dentro da visão ou além da visão, é onde você decide enfocar a sua 'vista' e a move ao redor.

Naturalmente, é típico e tem sido bastante desafiador na sua experiência na Terra, focar a sua visão além do que você pode 'ver' atualmente.
Acreditar que você pode chegar lá torna-se questão de foco e alinhamento.
Tem sido tipicamente muito mais fácil escolher um destino que está na sua visão!
Dê muitos passos menores – escolham mais, como eu disse antes.

Agora você se moveu através de muita interação na sua consciência de desenvolvimento e está experimentando e orientando cada vez mais em torno de um espaço feliz, onde você permite que o amor flua por você.
Você permite que o amor irradie de você.
Você simplesmente é o amor.
Você reconhece que tudo é UM, e que a separação de cada um é de fato um aspecto do todo, mas você vê e sabe ao mesmo tempo, que este aspecto único que existe é simplesmente um ponto dentro do total inteiro e tudo é UM, tudo é conectado, tudo está se movendo como um campo de energia inteiro, apesar de todas as aparências.

Você está se movendo para além das ilusões da terceira dimensão, nas quais muitos de vocês experimentaram tudo como separado e fora de você, para a maior parte da sua experiência.
Você estendeu a sensação feliz do UM, que você conheceu em algumas áreas, alguns momentos da experiência, em um modo mais abrangente de conhecimento.

Vamos fazer uma pausa durante um momento belo e profundo na confirmação da ordem deste incrível aspecto da sua ascensão, que é para muitos de vocês, a sua atual realidade! {Sorriso!!}

Nós os aplaudimos por fazerem esta mudança!
É tanto o desafio da forma física na sua experiência planetária para mudar para esse sentido de sensação do UM de um modo mais seguro!

Vocês se permitiram abrir às energias disponíveis, e assim as perspectivas correspondentes que estão entrando agora bem ancoradas em seu planeta... {Por favor, agora imaginem uma melodia incrível que soa junto com fogos de artifício!!! Algo grandioso e explosivo! Já que ISTO é a perspectiva que temos em tudo, desejo que vocês O SINTAM PLENAMENTE! Sorriam!}

Nós os apoiamos na amplificação desta experiência a qualquer hora que nos peçam e deleitamo-nos por sermos invocados, como outro aspecto de você - de tudo que é - para participar nas suas diligências! Obrigado por nos incluir.

O “Tudo Que É” é generoso e gosta da sua viagem!
{Sim! É verdadeiro - somos reverenciados e inspirados por VOCÊ!}

Como você continua desenvolvendo a sua compreensão da experiência. Como você se move em direção 'a um modo' mais inteiro e conectado de ser, como ISTO fica mais frequentemente a seu modo de orientar e perceber a experiência, há então, abertura 'a tudo que é'!

Há ainda, entretanto, uma mistura de energias e você se move para cima e para baixo entre dimensões, enquanto você continua integrando as mais altas e vibrantes energias e expande a sua consciência.
Como tal, você existe na terceira, quarta e a quinta energias dimensionais ou numa mistura disso dependendo do seu foco e permissão.
Na quarta dimensão as coisas podem ser separadas e examinadas, mas ainda misturadas.
Nela está a consciência da Consciência de Unidade.
Ainda é uma escolha, se você deseja misturar as suas energias ou não - a escolha é sua.
A mistura é uma experiência poderosa, eis que a mistura cria o amor.
Você aprende a apreciar 'o outro' e há um sentido tanto de amor como de compaixão com isso.

Tudo isso é para esclarecer que, embora você tenha começado a expandir a sua experiência de Consciência de Unidade, sua mudança entre essas dimensões e o ponto da vista e que, neste tempo a maior parte de vocês não está basicamente, inteiramente, em nenhuma dimensão.

Este conhecimento de diferentes dimensões, junto com o experimento da descoberta da mistura do total unificado, e sentir isso com outros como um modo de experimentar e ser amor - isto produziu a consciência mais consciente das energias dentro do todo do que havia quando você pensou que tudo era separado.

Quando você foi inicialmente orientado em uma perspectiva de dualidade, até naqueles tempos, você ainda era consciente dessas energias, mas você pensava que elas eram sobre você quando as sentia.
Você procurou problemas e desculpas para explicá-las.
Você as amplificou desenterrando na sua própria experiência, algo que você sentiu que não fosse certo e 'associou' essas sensações àquela experiência de um caminho que muitas vezes é chamado de 'a culpa', logo, você teve a compreensão, e houve um sentido e um conhecimento que a sua experiência resultante dessas sensações 'desagradáveis' foi de fato, da sua própria criação.

Agora, normalmente não é assim que isso funciona para você.

Como mencionei no começo, ultimamente houve muitos desafios nesta experiência emergente do novo ser humano.

Em alguns momentos você teve uma sensação de um sentido inexplicável de infelicidade, mau-humor, peso, irritação.
Nesses momentos você se encontra tomando as coisas como pessoais, o que você não faria normalmente.
Você se encontra notando, ou pelo menos tornando-se consciente de mais conflitos do que você normalmente estava experimentando.

A razão é isto: você está sentindo a mistura, a mistura da separação e da consciência unificada.
E até que a terra conclua a sua própria ascensão, há muitos na mistura que ainda personificam a perspectiva de dualidade, e alguns até que vivem em vibrações que são muito distantes das energias mais perfeitas de graça e amor, no qual muitos de vocês Trabalhadores da Luz estão explorando e se integrando.

Você está sentindo e se alinhando para essas energias dentro do todo.
Lembre-se de que até que cada um reconheça o amor dentro de si, ele terá dificuldade de reconhecê-lo em outros.
Você personificando mais o amor, haverá mais diferenças na frequência entre você e alguns outros membros do campo de energia coletivo.

Isto será sentido como peso, um puxão como há uma fenda significante entre você e este outro aspecto do campo unificado - lançando uma ponte sobre isto e será difícil para vocês dois.
Se você reconhecer isto, você saberá orientar-se em outro lugar; não sendo incomodado por esta 'perturbação' enérgica dentro do campo.

O desafio é intensificado quando esta aproximação não é entendida ou tomada. Sua guarda baixa e você está cada vez mais aberto, enquanto você confia e vive nessas energias mais perfeitas.
Então os encontros - em particular se eles forem diretos - são bastante intensos quando há uma fenda significante entre a sua frequência e a do outro.

Há uma tendência natural para defender a sua frequência.
Tente ficar na sua frequência e tente trazer o outro pra ela.
Isto pode estar acontecendo diretamente - como em uma conversação - ou indiretamente na questão sentir-energias.
O que você pode fazer sobre isto? Você pode se admirar...

Primeiro deve simplesmente compreender que isto é a parte dos variados e misturados espaços enérgicos nos quais você está atualmente, e experimentando o jogo.

Em segundo lugar, para soltar todos apegos para alterar esta energia. Permita-o.
Misture e use isto como uma oportunidade de cultivar compaixão, e a sua própria compreensão de ser amor dentro de tudo o que você gosta.

Ou simplesmente escolha o que pode ser o modo mais fácil de sentir, que o alívio por seguir a sábia mensagem que é a canção de tema dentro das mensagens de Abraham-Hicks: PIVO.
Simplesmente vire o seu foco a algo que o faz sentir-se bem e não pense demasiado nas sensações desagradáveis que você notava.

Perceba que as sensações podem de alguns modos, tornarem-se hábitos - isto é uma experiência comum na terceira dimensão ... para ter uma resposta de sensação habitual a vida, e experiências em vez da escolha e livremente reagir ao que ocorre.
Agora você se moveu em um cenário diferente: a sua conexão ao todo está dentro de uma Consciência Unificada agora cada vez mais, e enquanto você encontrar esses desafios, essas variações na frequência como a saída do processo da ascensão continua.
Haverá re-agrupamentos, separações, reuniões e muita mistura enquanto cada ser escolhe o seu lugar no plano e as relações correspondentes se realinham, às vezes repetidamente para corresponder.

Confio que tudo isso lhe deu um sentimento de alívio. Uma sensação de paz. E acima de tudo, o reconhecimento de quantas escolhas incríveis que são feitas em tão desafiadores tempos!

SOU o Arcanjo Michael e permaneço, para sempre disponível e ao seu lado. Saiba que você é profundamente amado e os seus contínuos esforços para despertar, são vistos com grande alegria por aqueles seres do não-físico que, através de você, estão tendo a experiência de uma vida. {Sorriso!}

O grande amor existe em tudo aqui.

© 2009-2010, Meredith Murphy, Expect Wonderful | Publicações de Paraíso Modernas http: // www.expectwonderful.com

Tradução para o português:
Antonio Magalhães - http://minhamestria.blogspot.com e
Célia G. - http://leiturasdaluz.blogspot.com

ANAEL – 20 de abril

Mensagem de 20 de abril de 2010 (publicada em 11 de maio)
DO SITE AUTRES DIMENSIONS



Eu sou Anael, Arcanjo.
Bem amados, recebam Amor e bênçãos Arcangélicas.

Eu venho a vocês, num primeiro tempo, antes de deixar o lugar, para um segundo tempo, ao Arcanjo Uriel, Anjo da Presença.

Venho então para trocar com vocês, pelas palavras e pela Vibração.

Então, bem amados, a palavra é de vocês.

Questão: como se articula a Consciência com os 5 novos corpos e o corpo de Existência?

Bem amado, o que é chamado novos corpos faz parte integrante da constituição do corpo de Existência.

Esses cinco novos corpos formam, com os sete antigos, um princípio Vibratório baseado sobre o número doze, expressando a Unidade ou a Triunidade.

Nos corpos não dissociados, de fato, a Vibração e as funções ligadas ao deslocamento da Consciência são em número de doze.

Há a Translação de um sistema de sete pontos de Vibrações da Consciência para um sistema de Vibração constituído de doze pontos Vibratórios correspondentes à Consciência Unificada.

A integração, em sua estrutura física, dos cinco novos pontos Vibratórios permite, então, pelo fenômeno de sincronicidade e de sintonicidade, entrar em ressonância e transladar a consciência na Consciência mesmo do corpo de Existência.

O corpo de Existência não se apoia sobre esses dados tão materiais, no sentido em que vocês o entendem, mas sobre dados muito mais ondulatórios que corpusculares.

Essas propriedades ondulatórias são diretamente ligadas a esses cinco novos corpos.

O ajuste desses cinco pontos novos realiza, no corpo de Existência, uma Translação que se efetua no plano perpendicular.

Com efeito, o que estava disposto de acordo com um processo linear torna-se circular.

Há portanto, nessas doze potencialidades Vibratórias novas (as cinco mais as 7 antigas), a realização do que o Arcanjo Miguel chamou as doze estrelas de Maria.

Essas doze estrelas são cada uma um potencial espiritual de deslocamento nos espaços Unificados e multidimensionais da Consciência.

Questão: qual é o suporte da Consciência que leva nossas memórias?

No corpo de personalidade que vocês habitam hoje, a consciência é então aquela da personalidade.

Ela está limitada a uma forma que é a sua, aquela que vocês habitam.

Nos mundos Unificados, a Consciência pode revestir diversas formas em função de espaços dimensionais que ela percorre.

A partir do momento em que há ressonância da consciência, na personalidade, com a Consciência existente no corpo de Existência, há então ressonância da Consciência e adequação e interpenetração de uma consciência dissociada com a Consciência Unificada.

Isso corresponde ao que vocês vivem, atualmente, para aqueles de vocês que viveram a ativação das diferentes Coroas ou do Triângulo Sagrado.

A Consciência é portanto a percepção de vocês mesmos, ela é, no sentido em que entendem, a palavra « ser ».

Quando vocês são isso, aqui, vocês não são aquilo, em outro lugar.

Há portanto um distanciamento e uma separação existente em sua consciência, fazendo-os encarar como sendo um ser separado do conjunto do que não é você.

Na Consciência Unificada, vocês são vocês, mas também todo o resto.

É esta Consciência que está emergindo na consciência humana, para aqueles de vocês que se preparam para transladar.

A Consciência portanto não deverá apagar-se no momento da Translação.

Obviamente, se a Consciência se apaga, não há mais Translação, mas morte do corpo físico e portanto da consciência que transita, naquele momento, por um outro estado, mas continua separada.

Há portanto, pouco a pouco, um alargamento do campo de percepção da Consciência e do campo de percepção do ser, colocando fim à divisão e à separação.

No momento, vocês estão ainda numa forma limitada, alguns de vocês acessaram sua forma ilimitada e aperceberam-se que esta forma ilimitada é também variável em função das Dimensões e das Vibrações que percorre.

Vocês não estão portanto limitados no interior de uma forma, o que é o caso hoje.

O que é descrito nos textos orientais ou nos textos místicos é uma dissolução da Consciência onde há perda da autonomia, no sentido separado, para a descoberta de uma autonomia, no sentido Unificado.

Obviamente, a consciência separada, dividida, compartimentada, não pode encarar que exista outra coisa além desta mesma consciência.

Ora, a Consciência não é o que vocês vivem.

Vocês são, eu diria, um fragmento de Consciência, eis que vocês não têm a consciência, mesmo, do conjunto do que vocês são nos universos.

Muito frequentemente, em seu mundo, vocês empregam as palavras como « alma » e « espírito ».

Quem conhece o Espírito? Quem conhece a alma?
Isso é apenas um reflexo, ao nível da personalidade, de um certo número de injunções ou de impulsos que chegam dos mundos etéreos.

A personalidade os capta e deles se apropria, mas a personalidade não é a Consciência.

Existe uma consciência da personalidade, mas ela é atrofiada e limitada a esta forma, a este envelope, a seus pensamentos.
Seus pensamentos não são os pensamentos do outro; isso é válido nesta dimensão dissociada.

Não existe mais separação do pensamento nos mundos Unificados.
Todo pensamento que vocês emitem é captado, de maneira instantânea, no conjunto do plano dimensional onde vocês emitem este pensamento, o que não é o caso, certamente, em seu mundo.

Questão: como, na Dimensão Unificada, os pensamentos emitidos são « captados » pelas outras Consciências?

Bem amado, você não pode compreender, em sua consciência limitada, o ilimitado, enquanto não aceder o Ilimitado.

Não existe resposta adequada porque seu mundo de funcionamento limitado não poderá jamais conceber o Ilimitado.

Pode aceirar em conceito, pode aceitar em idéia, mas não o viverá jamais na Verdade.

Questão: essa passagem na Consciência Unificada é para quando, em tempo Terrestre?

Na escala de seu tempo Terrestre, bem amada, existem efetivamente datas.
Essas datas não correspondem a um calendário humano, mas a um calendário galáctico.

Alguns nós do calendário galáctico correspondem a nós desta Dimensão.
Assim o é do período correspondente a 52.000 anos.
Vocês chegaram no final deste período.

Quando digo ao final, isso é agora.
E isso não depende nem de vocês, nem de nós, Arcanjos, mas sim da influência de alguns tipos de irradiações galácticas que vocês começam a atravessar.

Nosso papel, assim como o seu, através do que começamos com o Conclave Arcangélico e os Casamentos Celestiais, foi apenas para permitir-lhes estarem alinhados ao mais exato possível com relação a essa irradiação galáctica e permitir-lhes voltar, para irem para os mundos Unificados.

Aí também há um paradoxo correspondente ao que sua consciência limitada poderia perceber e analisar.

Se lhes digo, por exemplo, que a Consciência unificada apenas pode se encontrar no Interior de vocês, isto é Verdade no plano espaço-temporal.

Com efeito, todas as dimensões estão escondidas no Interior de vocês.

Para isso, é preciso que o pensamento ou a consciência, dirigida até agora para os mundos exteriores, volte-se para os mundos Interiores, porque esses mundos Interiores são efetivamente Interiores.

Há portanto, logicamente, processo de reversão: passar do ilimitado ao limitado e, inversamente, passar do limitado ao ilimitado, implica necessariamente nesta noção de reversão.

O Arcanjo da reversão é o Arcanjo Uriel, é aquele que intervirá a todo final desse sistema solar a fim de provocar, para aqueles que o desejam, o processo da reversão.

Questão: entrar no pensamento do supramental é entrar no pensamento da Fonte?

A palavra « pensamento » não é adequada.
A palavra « ser » corresponde à Verdade.

O pensamento é dinâmico.
O ser é, de algum modo, estático.

E, na estática permite mover-se na infinidade dos mundos.

Há, portanto, através do que foi nomeado, denominado e chamado o silêncio Interior, o som si, também um processo dinâmico que conduz a um processo estático (o que vocês chamam também, no sentido físico, o ponto zero) que deve ser encontrado.

É no fato de encontrar e viver esse tempo zero que se situa o acesso ao ilimitado.

Há portanto reversão do pensamento do exterior para o Interior.
Mas o pensamento Interior não basta porque, ele mesmo deve parar no momento em que toca o centro.

Questão: uma expansão de Consciência permite ir para nossa dimensão ilimitada?

A palavra expansão, em si, traduz o que percebe a consciência limitada quando se expande, mas eu poderia responder também que esta expansão é, de fato, uma reversão para o Interior.

A expansão conduzirá, necessariamente, a um momento de regresso ao centro e, portanto, a uma certa forma de estática que permite descobrir o ilimitado.

A expansão de Consciência pode se traduzir, em sua própria dimensão, sem no entanto dela sair.

Assim, por exemplo, o fato de se comunicar com uma árvore, o fato de se comunicar com outros reinos evolutivos da natureza não é uma prova de acesso aos mundos dimensionais.

A única prova do acesso aos mundos multidimensionais é a passagem para sua forma de Existência mas também nos momentos em que se manifestam a vocês os mundos multidimensionais.

Questão: esses mundos manifestam-se a nós unicamente quando estamos alinhados?
Completamente.

Questão: entrar na Unidade é entrar na coerência do universo, impulsionado pela Fonte?

Bem amado, isso são apenas conceitos mentais.

Você pode se agarrar a todas as palavras que convêm a sua consciência limitada, mas isso não é o Ilimitado.

A experiência de Ser está além das palavras.

Eu expresso, através de palavras, o que é, para vocês, o mais adaptado a uma certa forma de compreensão.
Entretanto, são palavras que podem por vezes afastar desta compreensão.

Questão: existir em vários planos ao mesmo tempo é um obstáculo à Ascensão?

Bem amada, é desejável bem definir o que chama viver em vários planos ao mesmo tempo, porque você pode viver no mundo astral, como nesse plano, sem no entanto aceder ao multidimensional.

Questão: pode-se ao mesmo tempo estar encarnado aqui sobre a Terra, encarnado em Orion, encarnado em outro lugar, etc.?

Se esse fosse o caso, e se isso não está consciente na Consciência da Terra, isso corresponde, uma vez mais, a uma consciência fragmentária.

Lembre-se que, a partir do momento em que você toca o corpo de Existência e sua Vibração, não há mais, para você, qualquer questão.

As questões são colocadas pela consciência limitada que não tem ainda a Consciência da Consciência ilimitada.

Quando a Consciência ilimitada se manifesta a você, sob forma Vibratória, como esse é o caso atualmente, quando você começa a penetrar os espaços multidimensionais, não pode ali haver questionamento desse gênero, porque não é algo que se compreenda, é algo que se vive.

O compreender não permite absolutamente o viver.

É justamente no momento em que existe o processo, que já defini longamente, de abandono à Luz e extinção temporária da consciência dissociada, que se pode viver a Consciência Unificada, e não antes.

Enquanto você não soltar, não encontrará.

Questão: é necessário ter paciência para aceder à Existência?

Não estou seguro de saber o que a paciência tem a ver nisso.

A palavra Mestre é abandono.

Pode haver paciência sem abandono.
Pode haver impaciência e abandono.

Não há portanto correlação possível com a noção de paciência.

Questão: o acesso à Existência se faz de maneira progressiva?

Eu diria que é, antes, um processo irruptivo, que pode se fazer em várias etapas.

Os momentos em que a irrupção da Consciência ilimitada na consciência limitada (ou transferência da consciência de um ponto de vista limitado a um ponto de vista ilimitado, o que leva estritamente ao mesmo), esse processo é, em geral, extremamente brutal na noção temporal.

Apenas há progressividade através da progressividade como, por exemplo, nos Casamentos Celestiais ou ainda nas Etapas.

Mas o switch da Consciência, assim como o definiu o bem amado Sri Aurobindo, é perfeitamente observado pela própria consciência.

Ele corresponde ao que foi chamado, em diversas tradições de vocês, como « a pequena morte », esse processo que é vivido quando a consciência limitada, na personalidade, abandona toda luta, assim como isso é vivido pelos místicos e pelos seres que vivem experiências nas fronteiras da morte.

Isto corresponde inteiramente às palavras de Cristo, que foram retransmitidas, por uma vez, fielmente: «que Tua Vontade se faça e não a minha» e também o último grito de Cristo na cruz: «por que me abandonastes?».

Nesta noção de abandono, que é como um grito de desespero real, que se manifesta a Consciência ilimitada.

O processo dinâmico Vibratório que os acompanha desde agora mais de um ano (e para alguns de vocês desde dezenas de anos) deve conduzir a esse processo, a esse switch.

Questão: como manter ou desenvolver isso, apesar dos constrangimentos externos?

Bem amada, uma vez que o switch da Conciência ocorrer, não pode voltar para trás.

Do mesmo modo, uma vez que o que chamam a bainha de um chacra é perfurada e que esse chacra é aberto, ele não pode mais, jamais, se fechar novamente.

Obviamente, pode ser feito o que chamaria de desvios de funções espirituais de alguns chacras mas, de uma maneira geral, o que é adquirido está adquirido, ao nível da Consciência.

Bem amada, a frase a mais simples é continuar a fazer, mas fazer estando destacada, fazer estando no ser, levar cada vez mais sua Consciência sobre esta noção de ilimitado, continuar a agir em sua Vida quotidiana, o que quer que faça, sempre estando conectada a esta ressonância.

Você pode jardinar, você pode fazer trabalhos penosos, você pode escrever poemas e você pode, quaisquer que sejam essas atividades, manter a Vibração de ser.

Não há qualquer discrepância.
Enquanto há discrepância, há consciência fragmentada.

Questão: manter a consciência na respiração do coração é um meio de se centrar?

Bem amada, esse não é o meio, mas o objetivo.

Se isso se realiza a partir do momento em que você vaga em suas ocupações quotidianas, isso prova que ali chegou.

A partir do momento em que a Consciência se estabelece na coroa radiante do Coração, quaisquer que sejam suas atividades, isso significa que você está já em sua multidimensionalidade, mesmo se não tem acesso, ainda, à Existência.

O acesso à Existência, lembre-se, não é possível senão a partir do momento em que o conjunto das três Laleiras Vibre em uníssono e a partir do momento em que o conjunto dos cinco novos corpos seja ativado e se juntem ao nível da Fonte de Cristal.

Questão: que vão se tornar os corpos biológicos que transladarão?

Os corpos biológicos são portadores de uma memória.

Esta memória não pertence à Existência, porque a Existência que lhes foi subtraída, eu diria, e que os espera no sol, não conhece a encarnação.

É portanto necessário, para algumas funções ligadas à coletividade Dimensional na qual vocês irão, levar esta memória e esta memória está situada no corpo biológico, essencialmente no DNA e que foi chamada a gota vermelha e a gota branca.

Questão: a memória que acaba de evocar tem relação com a memória akáshica?

Tem uma relação mas não é a memória akáshica.

A memória denominada akáshica corresponde a planos intermediários, certamente elevados, mas correspondentes à matriz astral.

Questão: esta memória akáshica será então dissolvida?

Sim, é por isso que temos necessidade, e que vocês tem necessidade para a coletividade, de um certo número de corpos biológicos.

Questão: por que durmo durante as meditações?

Esse é um processo relativamente frequente em várias pessoas nesta Humanidade, seja durante este período como em períodos que nada tem a ver com o período atual.

Existe um momento em que algumas almas, em que algumas consciências de personalidade, se apagam literalmente.

Não há anomalia, aí, mas um processo que encontrou a consciência limitada para se proteger do ilimitado.

Questão: como superar isso?

Considerando a meditação como um espaço de subida Vibratória, num primeiro tempo, e favorecendo, de uma maneira ou outra, a subida Vibratória quando da meditação.

Questão: Peter Deunov disse: «onde era água, será a Tera, onde era a Terra, será a água» e que uma nova Terra apareceria, como uma Terra purificada que viria dos fundos marinhos, onde se estabeleceria uma nova Vida.

É uma realidade total, simplesmente esta nova Terra e esses novos Céus, assim como descreveu também São João no Apocalipse, corresponde a uma mudança de estado Vibratório.

Esta nova Terra e esses novos Céus não estarão mais na 3ª Dimensão, mas na 5ª Dimensão.

O que explica que tudo o que é à base carbonada, hoje, sobre este planeta, será revestido de sílica (ora, a sílica não pode vir senão do Interior da Terra) e a Vida nascerá sobre a sílica e não mais sobre o carbono.

Assim, o que estava comprimido e que vocês chamam, sem razão, núcleo terrestre ou Fogo Terrestre (que era interiorizado e comprimido) deve exteriorizar-se.

O Fogo da Terra deve sair, para revestir a nova Terra.

Questão: é então esse processo que começa hoje?

É exatamente aquele que anunciamos, dentro do Conclave, pela boca de Miguel: o Fogo do Céu casa-se com o Fogo da Terra, permitindo ao Fogo da Terra sair de sua prisão.

Questão: trata-se tamtém de uma reversão?

Completamente.
O que estava no Interior torna-se exterior, ou seja, em seu lugar normal.

Questão: os povos intraterrestres estão já emergindo na superfície?

Absolutamente não.

Eles esperam o nascimento da nova Terra para, através das peneiras interdimensionais existentes dentro de todo planeta, mudarem de plano Vibratório, eles também.

Questão: eles não viverão com aqueles que ascensionarão na 5ª dimensão ao nível da Terra?

Eu penso que eles terão ou tra coisa a fazer do que residir numa 3ª dimensão Unificada ou na 5ª dimensão.

No que se refere, por exemplo, aos Delfinóides, eles se juntarão a esferas de Sirius B.
Isso é profundamente diferente, de acordo com suas origens.

Questão: os números que damos às dimensões correspondem a uma hierarquia?

A palavra hierarquia não é completamente adaptada, corresponde entretanto a uma intensidade Vibratória.

Esse termo o mais adaptado, sabendo que existem, até a 18ª dimensão, dimensões antropomorfisadas ou, em todo caso, precisas, em suas formas e complexos.

Quanto mais vocês sobem, ao mais próximo da Fonte, mais a forma torna-se simples e constituída de uma Vibração quase única.

Questão: as diferentes dimensões correspondem a uma Consciência que se aproxima o mais próximo da Fonte?

É o objetivo.

Questão: por que esses patamares Vibratórios são progressivos?

O princípio da Criação efetua-se através de reversões sucessivas.

De reversão em reversão, há afastamento, Criação da Fonte.
Esta Criação afasta-se da Fonte para aí retornar.
O caminho de retorno passa pelos switches de Consciência.

O processo de reversão existe em cada Translação Dimensional, mesmo nos mundos Unificados.

Progressivamente e à medida em que os planos Vibratórios e de Consciência se aproximam da Fonte, há simplificação.

O princípio de simplificação é portanto o oposto do princípio de complexificação que acompanha o processo criativo.

Há portanto des-Criação, de algum modo, tanto como em seu mundo há a desconstrução.

Simplesmente, a desconstrução em outros mundos (que chamaria antes de des-Criação) não se acompanha de processos tais como vocês os viverão, eis que não há razão para remeter uma conexão à Fonte quem jamais desapareceu.

Assim, portanto, esses patamares não são, propriamente falando, uma progressão.

Pode-se falar de progressão a partir do momento em que há densificação da consciência nas dimensões mais afastadas da Fonte.

Mas, a partir do momento em que há des-Criação e nova subida para a Fonte, não há patamares, há cruzamento de etapas, etapa por etapa, dando a impressão, nas escalas muito longas, de uma progressão.

Mas a passagem de uma dimensão a outra se faz de maneira extremamente brutal.

Do mesmo modo quando nós, Arcanjos, passamos de nossa Dimensão original para a Dimensão de contato com a sua, que é a 5ª dimensão.

Cada salto dimensional, no sentido da descida para vocês ou da subida para nós, se faz de maneira extremamente brutal, correspondente a um salto Dimensional extremamente rápido.

Acompanha-se de uma mudança, Vibratória e de forma, total.

Questão: emitir a intenção de fundir com a Fonte não permite subir todas as dimensões, instantaneamente?

Não.
Compreenda bem que, quando você aceder, para alguns de vocês, à 5ª Dimensão, vocês terão Consciência de todas as outras Dimensões, mas o que não quer dizer que sua Consciência poderá ir em todas essas Dimensões.

Vocês podeerão comunicar-se e trocar com todas as Dimensões, o que não é a mesma coisa de aí tornar-se em pessoa.

O mesmo princípio, vocês podem assimilar ao que chamam o telefone: vocês podem ouvir a voz da pessoa com a qual se comunicam, vocês podem mesmo por vezes vê-la, mas vocês não estão lá para tanto.

Questão: iremos então onde a Fonte tiver «decidido»?

Vocês não vão nem onde a Fonte o decide, nem onde vocês o decidam.

Vocês vão lá onde a Vibração os leve.

Princípio de atração e de ressonância.

Lembrem-se que os planos dimensionais são planos de Vibrações, de ondulações e de corpúsculos cada vez mais etéreos e cada vez mais rápidos, cuja potência Vibratória é colossal.

Assim, portanto, vocês serão guiados pelas ondas e pelos corpúsculos ao lugar onde poderão se estabelecer.

Nada mais, nada menos.

Assim, portanto, a intenção nada tem a ver.
Do mesmo modo que em seu mundo, se vocês projetam sua intenção para estar no alto de uma montanha, isso não lhes bastará jamais para estar no alto da montanha.

Questão: há entretanto iniciados (neófitos) que o fazem, eles se projetam a um lugar e ali estão?

Isso corresponde a procedimentos chamados bilocação.
Isso acontece mesmo nesta Dimensão, mas não acontece nos mundos multidimensionais.

Questão: a Fonte está presente em todas as dimensões, arranjada diferentemente?

Nenhuma Dimensão poderá existir, mesmo a sua, se a Fonte não estiver ali.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Bem amados, recebam então minha Radiância.
E deixo meu lugar para um espaço de recolhimento, na manifestação do Arcanjo Uriel, nesse canal, a fim de fazê-los aproximarem-se do mecanismo da Presença e da Existência.

Eu lhes digo, quanto a mim, até breve.

Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão do francês: Célia G. – http://leiturasdaluz.blogspot.com