Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

14 de fev de 2014

Mevlana Rumi – 14 de fevereiro de 2014


Bem amados filhos, irmãos e irmãs do Um, eu sou Mevlana Rumi, e venho, hoje, instalar-me ao seu lado, de Presença a Presença, em um único e mesmo Coração, como em uma única e mesma Dança.
Eu venho cercá-los com meus braços, venho abraçá-los e convidá-los à Dança e à Fluidez.

Vejam, nesse mundo, a dança é abordada de um modo totalmente diferente do que a Dança que lhes é proposta hoje, no coração do Silêncio, no coração da Felicidade, nesse baile que se desenrola em vocês, a cada instante.
Então sim, eu venho falar-lhes da Dança, não da dança como vocês a vivem nesse mundo, nesse sonho, mas, efetivamente, como lhes é proposto deixá-la instalar-se em vocês, a cada hora, cada minuto, em seu quotidiano, transformando, assim, a ilusão em total Felicidade, em Alegria indizível.

Quando vocês abordam a dança nesse mundo, quando, de algum modo, são confrontados a dar seus primeiros passos de dança nesse mundo, vocês são confrontados não, unicamente, a si mesmos, mas ao seu parceiro.
Esse parceiro, em quem vocês devem ter uma total confiança, parceiro em quem vocês devem abandonar-se, para aceder a uma perfeita osmose, a uma perfeita Unidade.
Hoje, quando a Luz, quando Cristo, na Graça, vem convidá-los ao baile, vem propor-lhes para unirem-se a Ele e, em um único e mesmo Coração, dar passos de dança, vocês devem ter uma confiança, uma Fé total, total n’Ele, em Cristo, na Luz que vocês são.

Sim, para Dançar nos braços de Cristo, para fundirem-se n’Ele, vocês devem ousar esse face a face, esse face a face consigo mesmos, que é indispensável para chegar a certa Fluidez, uma perfeita osmose, uma Dança total e Unitária em sua Plenitude.
É hoje o que nós lhes propomos e o que eu venho propor a vocês.
Então, se o permitem, eu gostaria, alguns instantes, de convidá-los ao Baile que se desenrola, nesse instante mesmo, em vocês, nesse coração de Amor e, assim, partilhar alguns passos de dança, em total Comunhão, em total Fusão, no Silêncio.

(Dança silenciosa de Amor)

Permaneçam, irmãos e irmãs, o que quer que aconteça, a cada minuto de sua vida nesse mundo, no coração da Dança.
Vocês são o próprio coração dessa Dança, dessa valsa infinita, tão pacífica e tão inebriante que os faz redescobrir o Fogo do Amor verdadeiro, o Fogo que retoma, pouco a pouco, seu lugar, tanto em vocês como nesse mundo.

A Dança é simples, tão simples, quando vocês se deixam levar pela música, pelas notas celestes e cristalinas que se elevam a partir de seu coração cristalino, a partir do coração cristalino de Terra-Mãe e da Fonte Una, em total Unidade.
Sim, é tão simples deixar-se levar, embalar por Aquele que os guia nessa Valsa infinita, essa valsa de Amor que está aí para vocês, nesse instante mesmo, e que os convida a esquecer-se, inteiramente.

Então, é claro, eu diria que, de algum modo, é preciso coragem, a coragem de esquecer-se, inteiramente, a coragem de olhar-se face a face e de aceitar tudo o que pode ser visto, sejam as resistências, seja toda a Beleza que sempre esteve presente.
É tempo para a Festa, é tempo de deixar-se embalar, de deixar-se abraçar por seu Parceiro que não é outro senão Cristo, Fogo Solar, Fogo de Amor, que está aí para restituí-los a si mesmos, sua Natureza verdadeira, que não é outra senão a Dança, a Alegria, a Leveza.

Então, parem toda identificação, tanto a esse corpo como a esse mundo, a todas as ilusões, todos os sofrimentos, todos os medos que não têm consistência alguma em face da beleza e da grandeza da Luz que vocês são, de toda a Eternidade.

Eis o que eu vim lembrá-los hoje, irmãos e irmãs, com muito Amor.
E, nesses instantes mesmo, enquanto eu lhes falo, nós Dançamos.

Nós somos a Dança...
Nós somos Música celeste…

Nós somos Baile dos Reencontros, reencontros consigo mesmo, que podem desenrolar-se a cada instante em vocês e não em uma data predefinida.
Então, seja UM consigo mesmo, seja UM com a Presença que é Dança no coração de si mesmo, a cada instante.

Eu permaneço, é claro, com vocês, a cada instante, porque eu sou o que vocês são.
Cristo, Presença Final, Fogo Solar, Cristos, pouco importa o nome, está aí, em vocês, desde sempre, a Dançar.
Basta deixar a dança emergir, novamente, em vocês, para que cada instante vivido nesse mundo seja total Graça, total Fluidez e Paz.

Nós lhes rendemos Graças, nós, os Melquisedeques do Ar.

Mevlana Rumi oferece-lhes todo o seu Amor e diz até muito em breve, como até cada instante.
Graças por seu acolhimento e sua escuta.

Graças.

---------------------------
Transmitido por Séverine


3 comentários:

  1. Hoje, quando a Luz, quando Cristo, na Graça, vem convidá-los ao baile, vem propor-lhes para unirem-se a Ele e, em um único e mesmo Coração, dar passos de dança, vocês devem ter uma confiança, uma Fé total, total n’Ele, em Cristo, na Luz que vocês são.

    Permaneçam, irmãos e irmãs, o que quer que aconteça, a cada minuto de sua vida nesse mundo, no coração da Dança.

    Sim, é tão simples deixar-se levar, embalar por Aquele que os guia nessa Valsa infinita, essa valsa de Amor que está aí para vocês, nesse instante mesmo, e que os convida a esquecer-se, inteiramente.

    Então, é claro, eu diria que, de algum modo, é preciso coragem, a coragem de esquecer-se, inteiramente, a coragem de olhar-se face a face e de aceitar tudo o que pode ser visto, sejam as resistências, seja toda a Beleza que sempre esteve presente.

    ResponderExcluir
  2. Chuvas de Bençãos a leitura, o sentir, de cada Mensagem... Nesta, a Alegria e Serenidade Profunda, esta entrega, a dançar, tendo como 'Parceiro, o Cristo'.

    Um aviso, a todos nós, diante das festividades popularescas do período...

    Paz!

    ResponderExcluir
  3. "A Dança é simples, tão simples, quando vocês se deixam levar pela música, pelas notas celestes e cristalinas, que se elevam a partir de seu Coração Cristalino, a partir do Coração Cristalino da Terra -Mãe e da Fonte Una, em total Unidade

    "É tempo para a Festa, é tempo de deixar-se embalar, de deixar-se abraçar por seu Parceiro que não é outro senão Cristo, Fogo Solar, Fogo de Amor, que está aí para restituí-los a si mesmos, sua Natureza Verdadeira, que não é outra senão a Dança, a Alegria, a Leveza.

    "Hoje, quando a Luz, quando Cristo, na Graça, vem convidá-los ao baile, vem propor-lhes para Unirem-se a Ele e, em um único e mesmo Coração, dar passos de dança.
    "Vocês devem ter uma Confiança, uma Fé total, total n'Ele, em Cristo, na Luz que vocês São.
    "Esse parceiro, em quem vocês devem ter uma total Confiança, parceiro em quem vocês devem Abandonar-se, para Aceder a uma perfeita Osmose, a uma perfeita Unidade.

    "Nós somos Baile dos Reencontros, reencontros consigo mesmo, que podem desenrolar-se a cada instante em vocês e não em uma data predefinida.
    "Então, seja UM consigo mesmo, Seja UM com a Presença que é Dança no Coração de si mesmo, a cada instante."

    ResponderExcluir