Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

23 de fev de 2014

O.M. AÏVANHOV (Por: Sijah Sirius) – 23 de fevereiro de 2014



Caros irmãos e irmãs, eu sou O.M AÏVANHOV.
Eu volto entre vocês, neste fim de semana temática, para tentar, com vocês, reconciliar, um pouco, tudo o que foi desenvolvido nestes dias.

Então, eu convido o conclave dos Melquisedeques a comungar, agora, aqui.
Então, vamos nos banhar com o conclave dos Melquisedeques.

… Comunhão com os Melquisedeques...

O que quer que vocês façam, se não há o Amor, se não há esse calor, isso para nada serve.
Todas essas ferramentas utilizamos nestes dias são destinadas, unicamente, a aproximá-los de seu Coração Vibral, desse conhecimento interior, esse Silêncio, que foram exprimidos por Uriel e Jofiel.
Então, eu lhes digo isso para que vocês não se enganem [ndt: tradução livre de “ne preniez pas des pommes pour des bananes”], hein?

Essa coerência que nós desenvolvemos é em relação a isso.
Essa coerência quer dizer que cada coisa está em seu lugar.
Quando cada coisa está em seu lugar, tudo se banha, tudo é facilitado, a Alegria revela-se.

Assim, todas essas ferramentas que utilizamos, seja a investigação, sejam os Seres de Luz que vêm fundir-se com vocês, sejam os Satsangs, é o que vai dar-lhes a experiência a mais direta de seu Coração.
Então, isso quer dizer que essa ferramenta funciona muito bem para vocês.
Talvez, para alguns de vocês, a investigação leve-os a desconstruir, pois facilita essa vacuidade, através da desidentificação ao efêmero, enquanto que, para outros, isso nada fará, isso os fará cair, ainda mais, no mental.
Então, sejam corretos com sua experiência com todas essas ferramentas, para utilizar o que os leva, mais diretamente, ao seu Coração, nesse calor, nessa Liberdade.

Se nós insistimos que vocês não são esse corpo, nem esse mental, nem essas emoções, isso não é para negá-los, mas é para descolar o que foi colado como a única realidade, durante anos.
Há tanta identificação a essa experiência que, agora, nós insistimos, insistimos para soltar tudo isso, para que vocês se deem conta de que tudo isso é apenas a história que passa.

Então, a Liberdade é poder viver essas histórias na Leveza, na Alegria.
Porque, quando nós lhes falamos da Ilusão, não é que esse mundo não seja verdadeiro, mesmo se ele seja efêmero, é que, por ter sido cortado da Fonte, provocou essa experiência de dualidade e tudo o que foi provocado nessa dimensão, mas essa Terra é sua embarcação agora, sua raiz.
Então, essa Liberação vem liberá-los desse apego à experiência.
Não é uma negação da experiência, é para pôr cada coisa em seu lugar, com essa coerência.

Vamos tomar um pequeno banho com vibrações de Miguel, das quais eu sou portador, também...

… Banho de vibrações Micaélicas...

Quando vocês tocam o Centro, o Coração Vibral, mesmo o Coração Ascensional, que foi desenvolvido por SRI AUROBINDO, então, todas essas ferramentas que estão aí, elas se tornam, elas fazem um acompanhamento ao que se revela em vocês, ao que se desenvolve em vocês.
Será, sempre, a experiência para além de qualquer conceito ou palavra, que vai instalá-los no Fogo, nesse calor.
A partir daí, tudo é evidência, tudo é resposta, não há mais questões.
Quando vocês tiverem experimentado isso, então, não se percam, novamente, nos ensinamentos exteriores.
Permaneçam nessa Verdade experimental, Verdade.

Uma vez que esse Coração Ascensional se revele, o Amor está aí, a Alegria está aí.
Vocês podem fazer o que lhes agrade, porque tudo o que vocês fazem, colocando-se no Coração, será partilhado, de Coração a Coração, para levá-los a constatar que há um único Coração.

Eu lhes agradeço, a todos, por seu acolhimento muito suave, muito amoroso.
Instalem-se em sua Verdade, que não se exprime com palavras.
Ela é uma constatação instantânea do que é a Eternidade.
É muito evidente, é muito clara.

Então, nesses tempos tão vibrantes, tão intensos, nós os convidamos a celebrar os Reencontros, a celebrar o Abandono, Abandono que é a Doação do Pai.
Se vocês se lembram como CRISTO nomeava o Pai, Ele o nomeava ABBA.
Então, o Abandono, seu Abandono do que não existe instala, em vocês, a Graça, a Doação do Pai.

Eu os lembro, se vocês se esqueceram, de que todos os Irmãos Galácticos estão aí, toda a Família Galáctica está aqui, ao redor da Terra, dentro da Terra, em vocês.
O que vocês esperam?
Nós estamos aqui.
Então, nós temos muita paciência.

Eu lhes agradeço, a todos, por esta semana, por sua participação, por seu calor.
Eu lhes desejo boa Graça, a todos.
Eu lhes digo até breve.

-----------------------------
Transmitido por Sijah Sirius, do Coletivo do Um (em francês).


3 comentários:

  1. Será, sempre, a experiência para além de qualquer conceito ou palavra, que vai instalá-los no Fogo, nesse calor.

    Então, nesses tempos tão vibrantes, tão intensos, nós os convidamos a celebrar os Reencontros, a celebrar o Abandono, Abandono que é a Doação do Pai.

    Eu os lembro, se vocês se esqueceram, de que todos os Irmãos Galácticos estão aí, toda a Família Galáctica está aqui, ao redor da Terra, dentro da Terra, em vocês.

    ResponderExcluir
  2. "Todas essas ferramentas utilizamos nestes dias
    são destinadas unicamente, a aproximá-los de seu Coração Vibral, desse Conhecimento Interior, esse Silêncio, que foram exprimidos por Uriel e Jofiel.
    "É o que vai dar-lhes a experiência a mais direta de seu Coração.

    "Todas essas ferramentas que estão aí, elas se tornam, elas fazem um acompanhamento ao que se Revela em vocês, ao que se Desenvolve em vocês.

    "Então, sejam corretos com suas experiências com todas essas ferramentas, para utilizar o que os leva, mais diretamente, ao seu Coração, nesse Calor nessa Liberdade.
    "O que quer que vocês façam, se não há o Amor, se não há esse Calor, isso para nada serve.

    "Uma vez que esse Coração Ascensional se Revele, o Amor está aí, a Alegria está aí.
    "Instalem-se em sua Verdade, que não se exprime com palavras. Ela é uma constatação instantânea do que é a Eternidade.

    "Então, nesses tempos tão vibrantes, tão intensos, nós os convidamos a Celebrar os Reencontros, a Celebrar o Abandono. Abandono que é a Doação do Pai.
    "Se vocês se lembram como CRISTO nomeava o Pai, Ele o nomeava ABBA.
    "Então, o Abandono, seu Abandono do que não existe Instala, em vocês, a Graça, a Doação do Pai.

    ResponderExcluir
  3. Quando a Graça, nos toca, tudo é Suavidade, Amor, Beleza, Luz,.... Alegria Plena, por temos tantos, tantos Irmãos, aqui, ali, dentro de nós ...

    ResponderExcluir