Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

18 de fev de 2014

O GRANDE ESPÍRITO – 18 de fevereiro de 2014



Filhos do Um, eu me apresento a vocês como Grande Espírito.
Outras tradições nomearam-me diferentemente.
Vocês podem, por exemplo, nomear-me Purusha.

Eu venho dizer-lhes que sua Terra-Mãe juntou-se à Dança da Unidade, juntando-se à minha Polaridade.
Eu porto a Centelha de Vida, eu porto o Fogo.

Na Dança da Vida, eu me junto à Mãe Divina.
Tão verdadeiro como vocês são Filhos dela, vocês são os meus.
Tão verdadeiro como tudo está em vocês, como a Mãe Divina está em vocês, eu estou em vocês.
E nós viemos dançar a Vida no que vocês são.

A Terra começou sua Dança, e convida-os a juntarem-se a ela, convida-os a juntarem-se a mim.

Então, venham juntar-se à nossa Ronda, venham receber a Glória, receber a Vida que vocês são.
E assumam, na Criação, a Graça da União Sagrada, base de toda Criação.

Tomemos um tempo para fundir no coração do Coração.

[Silêncio / Fusão]

Filhos, eu sou o impulso que permite a manifestação.
Eu sou a consciência da Criação.
As ações seguem a minha União com a Mãe Divina.

Minhas palavras serão breves, porque a manifestação da forma, como das palavras, não é de meu domínio.
Eu aporto a Vida ao que é construído.

Para viver a Graça, convém seguir o que eu porto até vocês.
Aí onde eu estou, aí, onde eu os acolho, há apenas a Paz.
Em minha Dança Celeste com a Mãe Divina há apenas o Amor.

E, se vocês nos acolhem em sua Verdade, verão emergir a joia da Vida em seu Templo.
Templo construído pela Mãe, que recebe a unção do Pai, que permite viver a revelação de Ki-Ris-Ti em sua Verdade.

Isso pode ser ilustrado, perfeitamente, pelo que vocês puderam viver, para aqueles presentes neste lugar, quando vocês passaram sobre esse vulcão.
Vocês puderam constatar, por si mesmos, que a fusão da Mãe, da Matéria e do Fogo do Espírito leva ao aparecimento do cristal, que mais é o cristal da Androginia Primordial.
Isso para lembrá-los de que, acolhendo o Pai e a Mãe, vocês se tornam a joia que porta a Graça.

Isso pode dar-lhes uma nova iluminação sobre essa frase pronunciada por aquele a quem vocês chamam Cristo, quando ele diz: «Quando vocês são dois ou três reunidos em meu nome, eu estarei aí.», dois, que representam as duas Polaridades, ou três, que representam as duas Polaridades e o Filho.

Então, mais uma vez, no silêncio das palavras, eu me apresento a vocês.

[Silêncio / Fusão]

Antes de retirar-me, gostaria de lembrá-los disso, dessa palavra transmitida por aquele a quem vocês chamam Cristo, que diz: «Pai, eu entrego o meu Espírito em suas mãos», esclarecendo, assim, que, se vocês se colocam no Pai, no Grande Espírito, então, absolutamente tudo se torna vivo.
A Vida está aí, não lhes resta mais do que celebrá-la e vivê-la na Graça.

Esse presente, que sempre esteve ao seu alcance, do qual vocês se afastaram devido ao simples fato do esquecimento, reencontra-se, novamente, hoje, aos seus pés.

Então, Filho, celebremos a Criação, celebremos a Vida, celebremos o que você é.

Então, é claro, minha Presença, meu avanço para sua Humanidade pode perturbar alguns elementos climáticos, algumas reações na Humanidade, mas isso durará apenas um tempo.
Uma vez reconhecidos o Pai e a Mãe, só a Graça florirá.

Até breve, no Amor, na Dança da Vida, no Espírito.

-----------------------------
Transmitido por Air


3 comentários:

  1. A Terra começou sua Dança, e convida-os a juntarem-se a ela, convida-os a juntarem-se a mim.

    Então, é claro, minha Presença, meu avanço para sua Humanidade pode perturbar alguns elementos climáticos, algumas reações na Humanidade, mas isso durará apenas um tempo.

    Uma vez reconhecidos o Pai e a Mãe, só a Graça florirá.

    ResponderExcluir
  2. "Eu venho dizer-lhes que sua Terra-Mãe juntou-se à Dança da Unidade, juntando-se à minha Polaridade.
    "A Terra começou sua Dança, e convida-os a juntarem-se a ela, convida-os a juntarem-se a mim.

    "Na Dança da Vida, eu me junto à Mãe Divina.
    "Tão verdadeiro como tudo está em vocês, como a Mãe Divina está em vocês, eu estou em vocês. E nós viemos Dançar a Vida no que vocês São.

    "E, se vocês nos acolhem em sua Verdade, verão emergir a joia da Vida em seu Templo. Templo construído pela Mãe, que recebe a Unção do Pai, que permite Viver a Revelação de Ki-Ris-Ti em sua Verdade.

    "Filhos, eu sou o Impulso que permite a manifestação. Eu sou a Consciência da Criação. As ações seguem a minha União com a Mãe Divina.
    "Eu porto a Centelha de Vida, eu porto o Fogo.
    "Eu aporto a Vida ao que é construído.

    "Então, venham juntar-se à nossa Ronda, venham receber a Glória, receber a Vida que vocês São. E assumam, na Criação, a Graça da União Sagrada, base de toda Criação.
    "Filho, Celebremos a Criação, Celebremos a Vida,
    Celebremos o que você É."

    ResponderExcluir
  3. "Tão verdadeiro como tudo está em vocês, como a Mãe Divina está em vocês, eu estou em vocês."

    "E assumam, na Criação, a Graça da União Sagrada, base de toda Criação."

    "Isso para lembrá-los de que, acolhendo o Pai e a Mãe, vocês se tornam a joia que porta a Graça."

    "A Vida está aí, não lhes resta mais do que celebrá-la e vivê-la na Graça."

    "Então, é claro, minha Presença, meu avanço para sua Humanidade pode perturbar alguns elementos climáticos, algumas reações na Humanidade, mas isso durará apenas um tempo."

    ​"​Uma vez reconhecidos o Pai e a Mãe, só a Graça florirá.​"​

    Amém, incontáveis... Em algum lugar do Universo, um 'Pontinho de tom azul, com a sua Humanidade', inicia a "Sagrada Floração"

    ResponderExcluir