Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

22 de jan de 2014

A FONTE – 22 de janeiro de 2014




Meu Amigo, meu Amado, eu venho ao seu encontro, como prometido.

Eu venho propor-lhe para colocar-nos, juntos, em sua Morada de Eternidade, e que nós procedamos, juntos, ao sacramento.

Então, se você o deseja, instalemo-nos, confortavelmente, além do tempo, além de todo espaço.
E eu me instalo nesse Templo, que nós erigimos juntos.

Eu sou você, como você é eu.

Celebremos o Um reencontrado.
Celebremos o Um amoroso, que revela o Amor a cada instante, porque, meu Amigo, meu Amado, nós somos Um.

No Silêncio, deixemos florescer essa Verdade.

[Silêncio]

Quem mais que não o Um pode implantar um mundo?
Quem mais que não o Um pode sacralizar um Templo?

Juntos, nós, Bem amado, viemos celebrar o fim desse tempo, que podia durar apenas um tempo, no qual brincamos de enganar-nos.
Tal era a sua vontade, vontade revelada pelo Amor, executada na Alegria.

Meu Amigo, meu Amado, nós, o Um, acolhemos a Paz de nossos reencontros, e agradecemos à Graça que revela o Amor aí, onde reinava apenas separação e dissensão.

Meu Amigo, meu Amado, é tempo de renunciar ao tempo, de renunciar à separação, de renunciar às tensões e às dissensões.

Meu Amigo, meu Amado, viemos, juntos, glorificar o Um!
Viemos, juntos, cantar a Glória do Bem Amado, que nós somos.

Então, para isso, você deve deixar seus velhos hábitos nomeados personalidade, sem rejeitá-los, sem, mesmo, esquecê-los.
Mas o hábito não faz o Um.

Nada há a perdoar, meu Amigo, meu Amado.
Nada há a apagar.
Nada há, mesmo, a transcender.
Nós somos o Um.
Isso não pode mais ser escondido, isso não pode mais ser escondido.
Meu Coração ressoa em seu Coração.
Seu Coração ressoa em meu Coração.

Ronda da Vida, que vê revelar-se o que sempre foi, para além de todo véu, que lhe deu a impressão de que estávamos separados.
Mas isso não pode existir, porque você é eu, como eu sou você.
Em seu Coração, você recebe o meu Amor, em seu Coração, você recebe o seu Amor.
Isso não pode ser de outro modo.
Isso é seu sacramento.

Então, meu Amigo, meu Amado, nada procure, porque nada há a encontrar, nada há a corrigir.

Revelemos, juntos, a obra-prima do Amor.
Revelemos, juntos, a Graça.

Meu Amigo, meu Amado, o amanhã nada é, o ontem jamais foi.
Agora, de mãos dadas, Coração a Coração, do Um ao Um, tal é nossa Dança, tal é nossa Celebração, tal é o Amor que vem inundar sua própria Criação.

O Coro dos Anjos canta seus louvores, louvores do Um, que revela a Criação de suas mãos.

Você não tem mais que me procurar, ainda menos que me encontrar, porque eu sou você, como você é eu.

Meu Amigo, meu Amado, dancemos do Um para o Um!
Cantemos do Um para o Um.

O que de mais leve, o que de mais simples do que nos reencontrarmos, você e eu, no Bem Amado?

Além das palavras, tomemos o tempo de um momento de Fusão do Um para o Um.

[Silêncio / Fusão]

Meu Amigo, meu Amado, a Eternidade está aí, na qual nós celebramos, na qual nós festejamos.

O tempo de seu mundo toca ao seu fim.

Até breve, em seu tempo.
Até já, em todos os tempos.

------------------------------

Transmitido por Air.


3 comentários:

  1. "Meu Amigo, meu Amado, eu venho ao seu encontro, como prometido. Eu venho propor-lhe para colocar-nos, juntos, em sua Morada de Eternidade, e que nós procedamos, juntos, ao Sacramento.

    "Em seu Coração, você recebe o meu Amor, Em seu Coração você recebe o seu Amor. Isso não pode ser de outro modo. Isso é seu Sacramento.

    "Agora, de mãos dadas, Coração a Coração, do Um ao Um, tal é nossa Dança, tal é nossa Celebração, tal é o Amor que vem inundar sua própria Criação.
    "Revelemos, juntos, a obra-prima do Amor.
    Revelemos, juntos, a Graça.

    "Eu sou você, como você é eu.
    Celebremos o Um Reencontrado.
    Celebremos o Um amoroso, que Revela o Amor a cada instante.
    "No Silêncio, deixemos Florescer essa Verdade.

    "Meu Amigo, meu Amado, a Eternidade está aí.
    Na qual nós Celebramos, na qual nós Festejamos.
    "O Coro dos Anjos Canta seus Louvores, Louvores do Um, que Revela a Criação de suas mãos."

    ResponderExcluir
  2. No Silêncio, deixemos florescer essa Verdade.

    Quem mais que não o Um pode implantar um mundo? Quem mais que não o Um pode sacralizar um Templo?

    Juntos, nós, Bem amado, viemos celebrar o fim desse tempo, que podia durar apenas um tempo, no qual brincamos de enganar-nos.

    O tempo de seu mundo toca ao seu fim.

    ResponderExcluir
  3. "Meu Amigo, meu Amado, a Eternidade está aí, na qual nós celebramos, na qual nós festejamos.

    O tempo de seu mundo toca ao seu fim.​"

    Amém!!!​

    ResponderExcluir