Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

18 de out de 2012

URIEL – 18 de outubro de 2012


Mensagem publicada em 19 de outubro, pelo site AUTRES DIMENSIONS.


Áudio da Mensagem em Português

Link para download: clique aqui


(GRAVAÇÃO REALIZADA A PARTIR DO TEXTO ORIGINAL FRANCÊS, SUJEITA, PORTANTO, A CORREÇÕES QUANDO DA TRANSCRIÇÃO).




Áudio da Mensagem em Francês

Link para download: clique aqui



Eu sou URIEL, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão.

Presente, com vocês, como Arcanjo da Passagem, eu venho para, pela Vibração de minha Presença em sua Presença, no espaço de minhas palavras, no espaço de meu silêncio, no espaço de nossa ressonância, anunciar o Canto que põe fim às estrofes do sofrimento, que abre, em vocês, o tempo da Paz.

Tempo de ruptura em que se vai deixar lugar ao que vem.
Passagem ao tempo da Eternidade.
Passagem ao Canto que vem encantar os versos de seus dias, além de toda noite, que lhes dá a viver a Alegria exuberante da Liberdade.

Então, URIEL propõe, em vocês, esse tempo de Passagem, de viver no espaço de nossa Presença e em um Silêncio que acompanha o Canto de Vida.

Neste tempo e neste instante, eu anuncio o Tempo da Ruptura, o tempo de passar, o tempo de superar e de apagar o tempo passado, para que nunca mais, passe um tempo sem Paz.

Eu os convido, como Anjo da Passagem, a viver o tempo de nossos Reencontros, unidos na mesma Liberdade, na mesma Presença.

Abramos o Tempo da Alegria.
Abramos o Tempo no qual não há mais tempo.
Abramos o momento da Eternidade.

Nesse Templo, esse Templo de nossa Reunião, de Presença a Presença, unidos no Um, na mesma Liberdade e na mesma Radiância, façamos Silêncio e abramos o tempo da Passagem.
Tempo de Beleza e da Verdade.

URIEL, na Última Passagem, de um Fogo a outro, aquele da Leveza que substitui aquele da dureza, que passa do Fogo do sofrimento ao Fogo da Liberdade, pela Graça do Amor e de nossa Presença.

Então, neste tempo deste instante, neste momento inscrito no firmamento da Liberdade e no espaço de nosso Silêncio, eu os convido à nossa Radiância, que canta o Canto da Ruptura, aquele da Verdade e aquele da Alegria.

Aí, Aqui e Agora.
Aí, entre o Céu e a Terra.
Aqui, no centro do Centro, no qual cada um de nós é o Centro do Um e o Centro do Outro.

No estado, além da Comunhão, além da Fusão, no tempo da Passagem e da Dissolução, em que a estrofe do sofrimento é substituída pelo verso da Liberdade, que canta os louvores, para além de todo limite.

Escutemos a ressonância do Silêncio.
Éter de Eternidade.
Ele É.

Na Passagem do Um ao Outro e do Outro ao Um, nenhum sofrimento, nenhuma dúvida e nenhuma ausência.

Abramos o Tempo da Ruptura.
Abramos.

Assim, nas estrofes de nossas Presenças e de nossas danças, comecemos o Tempo da Liberdade, aquele do Gozo ininterrupto, aquele do Êxtase, de Contentamentos.

Cantemos a Liberdade em nossa Fusão e nossa Dissolução.
Acolhamos.
Passemos.

Para que nada mais se escreva no passado e que nada mais seja peso.
Cantemos os louvores do Anjo da Passagem, inscritos no Centro de cada um.

Amados da Liberdade.
Amor que sustenta o Amor.
Amor que nutre o Amor.

Luz brilhante da brancura imaculada dos primeiros e dos últimos dias, além de toda Criação e Des-criação, além de todo ciclo e de todo espaço.

Abramos, juntos, o Canto da Transição, nos espaços infinitos da Beleza.

Silêncio.
União e Dissolução.
Tempo da Androginia.
Tempo da Fusão no qual os elementos reúnem-se, Aqui e Agora, entre o Alfa e o Ômega, nas terras de Eternidade.
Irradiação infinita da Beleza.

Amados do UM, Amores do UM, amantes da Liberdade, da Serenidade e da Verdade.
Eu abro a Porta que sela o tempo dos limites.

Ressoemos no Um e no Outro, no Éter Unificado, portados pela Onda, portados pela Graça, portados pela infinidade de Consciências Livres.

Abrasemos, juntos, os Véus da separação e naveguemos, juntos, no espaço sagrado da Beleza.

Amigos e Amados, escutem, no Fogo de Alegria da Liberdade, o crepitar de sorrisos da Liberdade.

Consumamos o que não é digno do Éter, o que não é digno da Eternidade.
O que vocês São é Eternidade.
O Verso do Amor ecoa.
A Luz Una, Vibral e Essencial, que vem do Céu e da Terra, que ressoa o Éter do alto e de baixo, no milagre de uma única coisa: aquela do Caminho, da Verdade e da Vida, o Alfa e o Ômega.

Eu sou URIEL.
Eu sou o Passador.
Eu sou a Presença que os leva a vocês.
Eu sou a Presença que ressoa à sua Presença.
Eu sou o Entregador da Água do Céu, da Água do Alto, que dá o Fogo do Amor.

Então, nesse instante, eu anuncio o Evangelho da Paz Eterna.
Eu anuncio o Tempo sem tempo, sem passado e sem futuro, na estrofe da Eternidade, na Dança da Liberdade, na Vibrância do Coração aberto ao Fogo e à Água, à Terra e ao Ar, que levam o Coração ao Éter.

Eu sou URIEL, Anjo da Presença, Anjo da Passagem.
Eu sou o Passador que os faz passar, se desejam, do sofrimento ao intenso Absoluto.
Eu sou o Anjo que põe fim às faltas.
Eu sou o Anjo que põe fim à ausência.
Eu sou o Anjo que acolhe.

Eu venho retransmitir o Arcanjo MIGUEL.
Quando ele tiver lavrado o Céu e a Terra com sua Presença, então, nós semearemos, juntos, o que já nasceu e já germinou.

Acolhamo-nos no Canto do Infinito.

Eu sou URIEL.
Eu sou vocês, que passa de Um ao Outro, em cada um de vocês.
Na Tripla Radiância da Luz Una, eu reabro as Portas aos Ateliês da Criação.
Tempo de Ruptura no qual o que é pesado não tem mais sentido, nem existência.

Penetremos a Dança imóvel da Eternidade.
Concluamos, juntos, o tempo de ausências e de sofrimentos.
Dissipemos as Sombras resistentes e últimas à sua Beleza.

Nesse mundo em que a Onda penetra, nesse mundo em que a Onda passa de Um ao Outro, de Coração a Coração, de Centro a Centro, de Éter a Éter, eu, Anjo URIEL, convido-os à Passagem e à Liberdade, bem além de uma simples festa, que os leva e que os aporta às Festas do Amor.

Instante Um e Único da Dança de Amor, do Nascimento, a cada instante, renovado.

Eu sou URIEL, Anjo da Passagem, aquele da Festa dos Reencontros, que apaga a Sombra e a resistência, que acende o Fogo da Alegria, o Fogo da Presença, e eu os convido a convidar-me na Radiância de seu Ser.

Silêncio.

... Partilhar da Doação da Graça...

Um, eu Sou, porque vocês dizem: «eu sou Um», na Absoluta Verdade de Um Conhecido, no qual o Desconhecido é sua natureza.

Silêncio e Acolhimento.
Tempo de Ruptura e de Passagem.

Eu sou URIEL, Anjo da Passagem e eu revelo o Coração da Unidade no Absoluto de nossa Fusão e de nossa Dissolução.

Amados do UM.

... Partilhar da Doação da Graça...

Eu sou URIEL, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão, que vem declamar os Versos de Luz.
Eu sou aquele que versa a Água e que versa o Fogo, que sustenta sua travessia.
Eu sou URIEL, Anjo da Passagem, e eu os convido à Festa, a Festa de Luzes.

... Partilhar da Doação da Graça...

Amigos e Amados do UM, eu sou URIEL e eu canto sua Graça.

... Partilhar da Doação da Graça.

Eu sou URIEL, Anjo da Passagem, que anuncia a Luz Eterna nesse mundo.
Eu anuncio a boa nova do Amor que renasce e refloresce para jamais murchar.
Na Água e no Fogo da Terra e do Céu, eu saúdo, em vocês, o que É.

... Partilhar da Doação da Graça...

Até breve.
URIEL saúda-os.
_______________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/.
  

3 comentários:

  1. Que "Poema", diz o Anjo... Fim do sofrimento... Fim do Tempo do Passado... Tempo da Eternidade... Tempo da Beleza e da Passagem...Silêncio...Tempo da Liberdade...Amor que nutre o Amor...Canto da Transição...Tempo da Androginia... Eternidade...

    Quanta Beleza Irradia... E nós, participando desta "Festa Celestial', reconhecendo, que nunca mais 'passaremos pelo vale da sombra, e da morte'... Oh! Alegria, Paz sem Fim... é o que nos aguarda.
    Noemia

    ResponderExcluir
  2. Impossível imaginar aonde se poderia estar diante de tão impressionante Beleza... A não ser, em se tratando, que é o caso desta MSG, do que exista de mais insondável e inapreendível, tais como, por exemplo: "Éter da Eternidade; Passagem para o Fogo do Amor; ruptura com a própria hipótese do sofrimento; fim da temporalidade".

    ResponderExcluir
  3. ...Eu venho para, pela vibração de minha Presença em sua Presença, anunciar o Canto que põe fim às estrofes do sofrimento, que abre em vocês o tempo da Paz.
    Passagem ao tempo da Eternidade.
    Que lhes dá a viver a Alegria exuberante da Liberdade.

    Abramos o Tempo da Alegria.
    Abramos o tempo no qual não há mais tempo.
    Abramos o momento da Eternidade.
    Abramos os tempos da Passagem.
    Tempo de Beleza e da Verdade.
    Abramos, juntos, o Canto da Transição, nos espaços infinitos da Beleza. Silêncio. União e Dissolução. Tempo da Androginia. Tempo da Fusão.
    Cantemos a Liberdade em nossa Fusão e nossa Dissolução.

    Na Serenidade da Verdade. Eu abro a Porta que sela o tempo dos limites. Ressoemos no Um e no Outro, no Éter Unificado, portado pela Onda, portado pela Graça, portado pela Infinidade das Consciências Livres.
    Acolhamos. Passemos.
    Então , neste instante, eu anuncio o Evangelho da Paz Eterna.

    Eu sou URIEL, Anjo da Presença, Anjo da Passagem.
    Eu sou o Passador que os faz passar, se desejas, do sofrimento ao intenso Absoluto.
    Eu sou aquele que verça a Água e que verça o Fogo que sustenta a sua Travessia.
    Eu sou URIEL, Anjo da Passagem, anunciando a Luz Eterna neste mundo.

    Eu os convido à Festa, a Festa de Luzes. ...

    ResponderExcluir