Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

3 de set de 2012

ANNA – 3 de setembro de 2012

Mensagem publicada em 4 de setembro, pelo site AUTRES DIMENSIONS.



Áudio da Mensagem em Português

Link para download: clique aqui


(GRAVAÇÃO REALIZADA A PARTIR DO TEXTO ORIGINAL FRANCÊS, SUJEITA, PORTANTO, A CORREÇÕES QUANDO DA TRANSCRIÇÃO).




Eu sou ANNA.
Que o Fogo do Amor e da Comunhão esteja entre nós e conosco.

Eu tive, muito raramente, a ocasião de falar-lhes, diretamente.
Além de minhas palavras, pela conjuntura da reunião desta Terra com o Céu, e além de minhas simples palavras, eu lhes aporto o Fogo.

Minhas palavras portarão, aos seus ouvidos e ao seu Coração, a ressonância do Fogo e seu efeito.
O Fogo que há a viver não é o Fogo que vocês conhecem, tal como ele está presente sobre esta Terra.
Mas eu falarei do Fogo da Terra, do verdadeiro Fogo da Terra, que reencontra, nestes tempos, sua potência e sua Verdade, muito além do fogo que lhes é conhecido.
Esse corpo de matéria que vocês habitam deve ver sua matéria forjada no Fogo.

O Fogo de que eu falo é Luz, Vibração, Amor e Paz.
Esse Fogo, cujo reflexo sobre a Terra, em sua ação, é o sangue da Terra.
Sangue da Terra que emana dos vulcões, que Desperta a Terra, que a Libera de seus constrangimentos, como seu corpo.

O Fogo da Terra e o Fogo do corpo, tal como eles se manifestam, agora, são a ressonância do Fogo do Céu e das Núpcias Místicas do Sol e da Terra.
Esse Fogo nada queima mais do que o que não é de sua natureza: o que é chamada Sombra – ou resistência – sobre esta Terra.

O tempo do Fogo chegou.
Esse Fogo é o Fogo nutridor da Fonte, do Sol, da Terra, do Centro da Galáxia e de algumas Estrelas, que lhes aportam esse Fogo.
É o mesmo – da mesma Natureza, da mesma intensidade – que o Fogo de seu corpo, que o Fogo da Terra, que o Fogo do Sol.
Esse Fogo vaporiza e vaporizará tudo o que não é de sua Natureza, ou seja, Amor, Luz e Verdade.
Tudo o que não é Amor, tudo o que não é Luz, tudo o que não é Verdade será vaporizado nesse Fogo.

Na carne desse corpo, algumas consciências viveram o Fogo: aquele de CRISTO, aquele de MIGUEL, aquele de METATRON.
A intensidade e a generalidade do Fogo não se dirigem mais a um indivíduo, ou a um grupo de indivíduos, mas ao conjunto do Sistema Solar.
Esse Fogo, mesmo com os olhos de carne, é uma Luz visível que preenche tudo e vaporiza o que não é de sua Natureza.

O Fogo é o Amor, em sua Luz a mais densa e, ao mesmo tempo, a mais leve.
No corpo dessa carne na qual vocês estão, no corpo da Terra de sua Dimensão, o Fogo eleva-se, também, em resposta ao Fogo do Céu, até que não haja mais distância nem diferença entre o Fogo da Terra e o Fogo do Céu, de onde quer que eles provenham.

É o mesmo Fogo.
O Fogo é um batismo.
Não o batismo da carne desse corpo, unicamente.
É, bem mais, o batismo da Consciência, restituída a ela mesma e à sua Liberdade.

Para quem está inscrito no efêmero, esse Fogo pode ser chamado aniquilação e desaparecimento.
Para a Eternidade, para o Absoluto e para o Si, esse Fogo é Aparecimento.
Ele é a Verdade, manifestada na Terra como em seu corpo.

O batismo do Fogo é o Fogo do Espírito.
O Supramental, chegado até vocês, há quase três dezenas de anos, era o batismo da Água do Céu.
Resta completar pelo batismo de Fogo.
É o que se completa e completar-se-á, pelo Fogo Celeste que reencontra o Fogo da Terra.

Fogo portado por MIGUEL, aportado até as últimas camadas isolantes da Terra e de suas camadas isolantes.
O Fogo da Terra e do corpo abre o casulo de Luz final, que queima o que é apenas sonho, que faz aparecer, pela vaporização e sublimação, a Verdade de seu Corpo Eterno, de suas estruturas de Eternidade.

O Fogo do corpo e o Fogo da Terra, sustentados e atiçados pelo Cavaleiro de Fogo, no trabalho sobre a Terra, em múltiplos lugares desta Terra, vai generalizar-se, como em seu corpo.
A Consciência, então Liberada, ou em Liberação, estabelecer-se-á nesse Fogo que o corpo de carne prepara.
Essa combustão, que não queima, é Alegria e Amor.
O Fogo do corpo, o Fogo da Terra e do Céu são a mesma Essência, a mesma Vibração, a Luz e o Amor.
Ele não pode ser sobreponível ao fogo que lhes é conhecido, embora algumas de suas ações sejam sobreponíveis.

Mas a resultante não é, propriamente dita, idêntica àquela de uma queimadura do corpo de carne.
Mas, bem mais, o Fogo vem forjá-los em sua Eternidade e na Verdade – além do que é dado a ver aos homens e às mulheres encarnados, desse Fogo da Terra, recebido do Céu e do centro da Terra – e permitirá a vocês viver, enfim, a Última Verdade do Ser e da Consciência.

A preparação do Fogo do Céu, da Terra e desse corpo está em curso.
O que foi observado, sobre a Terra, há numerosos meses, produz-se sobre esse corpo e nesse corpo, ao idêntico.
Mas a ação na consciência nada tem a ver com o simples fato de subir na fumaça.
Não há, no Fogo do Céu e da Terra, qualquer destruição outra que não do que é efêmero e temporário: o que vocês não São.

O acolhimento do Fogo dá a resposta da Terra, que é a Água do alto (que se manifesta, em vocês, como nomeada: Onda de Vida ou Onda do Éter), que dá a nutrir o Fogo do Espírito.
Acolher o Fogo é acolher-nos.
Acolher o Fogo é acolherem-se, a Si mesmos.
O Fogo do corpo e o Fogo da Terra são a resposta ao Fogo do Céu, nesse Casamento Místico Final do Sol e da Terra.

O Fogo vaporiza e forja: vaporiza o efêmero e forja a Eternidade que já está aí.
Em sua consciência, como nesse corpo da carne, isso se traduzirá, em sua intensificação e sua intensidade, por uma ressonância muito presente da Porta OD da Ressurreição, que os leva do ego ao Coração, assim como da Estrela na qual o Fogo porta-se, ou seja, o Triângulo da Terra e o Ponto Estrela OD.

A ressonância do Fogo do Céu e do Fogo da Terra, a ressonância da Estrela AL e da Estrela OD, pela ação do Éter ou Ponto ER, vai induzir, não unicamente, a percepção desses pontos nomeados, mas a alquimia profunda deles, sensível e perceptível, nesses dois lugares e ao redor.
OD, Fogo de sua Terra e desse corpo, é a finalização da Transubstanciação.
O que desaparece, em um nível, aparece em outro nível.
O Fogo é o agente disso.

Fogo da Terra e Fogo do Céu, unidos na mesma ação que se desenrola, também, nesse corpo de carne.
O Fogo é o agente e o operador, assim como o catalisador da Ascensão da Terra e da Transformação desse corpo de carne.

O que é desaparecimento, em um nível, é aparecimento em outro nível.
O Fogo do Céu e da Terra – conjuntos, em vocês – como o Fogo do Sol, que dão nascimento a outro Sol, dará nascimento ao que jamais nasceu, mas aparece, para vocês: Corpo do Éter revivificado, Corpo de Existência e Absoluto da não consciência.
O mesmo agente, o mesmo catalisador, tanto na parte superior como na parte inferior, que põe fim à separação, que põe fim aos efêmeros.

O Fogo é a Eternidade, que os batiza e convida-os a encarnar esse Fogo em outra oitava.
Nenhum Fogo pode prejudicar a Verdade de seu Ser.
Trata-se, bem mais, de uma forma de regeneração, por vaporização.

Esse Fogo, cujos sinais de apelo são os Pontos OD (Estrela e Porta), que traduzem a última Elevação da alma, AL, para o Espírito e para a Unidade, necessita, de sua parte, no momento oportuno, certa forma de reconhecimento, que permite a Reconexão total.

O Fogo da Terra e o Fogo de seu corpo vão ressoar, cada vez mais rapidamente e cada vez mais amplamente, pela ação de MIGUEL, de METATRON, do Sol, da FONTE, do Sol Central dessa Galáxia e por seu Fogo, localizado na parte inferior da coluna vertebral.
Tudo isso é natural e normal.
Vivendo-o, ele será uma evidência.

O Corpo de Luz, o Corpo de Existência é de natureza ígnea.
A consumação de Amor, perpétua, é a Verdade.
Só a pessoa, em vocês, pode exprimir o que quer que seja de contrário.
Mas não a Verdade, em vocês.

O Fogo é nutrição, para a Eternidade.
O Fogo do corpo e da Terra precedem o Apelo de MARIA, como um elemento de Despertar, como um Anúncio e um Aviso, dirigido não à sua consciência, mas, efetivamente, aos elementos de resistência presentes no sistema de controle do mental humano.

O Fogo é um Fogo de Alegria, no qual não existe, nele, qualquer lugar para qualquer falta, qualquer sofrimento, qualquer medo, qualquer dúvida.
Tal é a Natureza do Fogo, tal é a ação do Fogo.

O que está no alto é o que está embaixo, não no espelho astral, mas, efetivamente, que vem do Céu.
E o Fogo põe fim, como uma tocha final, à ilusão e à luz difusa.

O Fogo é o Apelo à Eternidade.
Ele é, também, Anúncio e Aviso, que lhes permite sintonizar-se a ele.

Minhas palavras param aí, mas minha Presença mantém-se.

... Partilhar da Doação da Graça...

Eu sou ANNA, e eu rendo Graças à sua Luz.
Eu os saúdo, no Fogo e no Amor.
Até mais tarde.
___________________________

NDR
OD do peito: na ponta do esterno.



Triângulo da Terra


Os Quatro Triângulos Elementares são apresentados na rubrica "Protocolos / As Doze Estrelas de Maria".
_______________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/.


3 comentários:

  1. Manoel Egídio de Souza Neto8 de set de 2012 18:17:00

    A MSG fala assencialmente do fogo, nas suas manifestações mais autênticas, presentes nas múltiplas formas de vida, mas sobremodo, diz da sua atuação no que se desenrola nesse nosso tempo de agora, em que se vive a evaporização de tudo aquilo que realmente não nos pertence, em realidade.

    ResponderExcluir
  2. "Fogo da Terra... Fogo da Luz, do Amor e da Paz. Sangue da Terra... Vulcões... Tempo de Fogo chegou...Nutridor...Vaporização do efêmero...Batismo da Consciência...Reconhecimento...Fogo da Terra e do Céu, está em curso... Fogo da Nutrição, da Alegria, do Apelo à Eternidade..."

    Uma mensagem Fogo do "FOGO".

    Noemia

    ResponderExcluir
  3. 1 - O Fogo da Terra e o Fogo do corpo, tal como eles se manifestam, agora, são a ressonância do Fogo do Céu e das Núpcias Místicas do Sol e da Terra. 2 - Esse Fogo nada queima mais do que o que não é de sua natureza: o que é chamada Sombra – ou resistência – sobre esta Terra. 3 - Acolher o Fogo é acolher-nos. Acolher o Fogo é acolherem-se, a Si mesmos. 4 - O Fogo do corpo e da Terra precedem o Apelo de MARIA, como um elemento de Despertar, como um Anúncio e um Aviso, dirigido não à sua consciência, mas, efetivamente, aos elementos de resistência presentes no sistema de controle do mental humano.

    ResponderExcluir