Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

21 de set de 2012

O.M. AÏVANHOV – 21 de setembro de 2012


Mensagem publicada em 23 de setembro, pelo site AUTRES DIMENSIONS.



Áudio da Mensagem em Português

Link para download: clique aqui



(GRAVAÇÃO REALIZADA A PARTIR DO TEXTO ORIGINAL FRANCÊS, SUJEITA, PORTANTO, A CORREÇÕES QUANDO DA TRANSCRIÇÃO).



O.M. AÏVANHOV – 21 de setembro de 2012

Mensagem publicada em 23 de setembro, pelo site AUTRES DIMENSIONS.


Bem caros amigos, estou extremamente contente por reencontrá-los.

Eu intervenho, mais precisamente, esta noite, como Melquisedeque do Fogo, e eu lhes transmito, é claro, ainda uma vez, todas as minhas bênçãos.

E o que eu tenho a dizer-lhes vai fazer-se, se quiserem, através desta frase que vou dizer e que vocês vão colocar em questões, em relação a esta frase.
É simples, não é?
Isso não é um jogo, é simplesmente para ver o que é que vocês entendem, quando eu digo esta frase e o que eu posso responder a isso.
Porque, obviamente, vocês podem imaginar que muitos Irmãos e Irmãs, sobre esta Terra, começam a sentir coisas um pouco específicas, não é?, além das Vibrações.

Eu falo um pouco do aspecto coletivo da humanidade, no qual podemos ver, de onde estamos, tremores de interrogações, de inquietação, de impaciência e, por vezes, de medo, que não são ligados, é claro, ao que nós temos dito, mas mais, ao próprio desenrolar de sua vida, nesse momento, onde quer que vocês estejam sobre esta Terra, mesmo se eu sempre tenha dito que, vocês, na Europa, estavam um pouco mais tranquilos.

Mas, é claro, vocês não estão sem ignorar certo número de elementos, pelo menos alguns.

A frase que eu tenho vontade de dizer-lhes e à qual vocês vão tentar colocar questões, e eu de esclarecer um pouco isso, segundo suas visões, é: “Tudo está dito e tudo está aí”.

Então, eu lhes dou a palavra e vamos ter trocas filosóficas.

Questão: se tudo está dito seria, portanto, melhor permanecer no silêncio, doravante?

Oh, eu creio que vocês tiveram uma intervenção poética do Arcanjo URIEL, que lhes recolocou o Canto e o Silêncio, em perspectiva, todos os dois, um em relação ao outro, não é?
Mas é verdade que, sobre a Terra, como eu dizia, há uma espécie da cacofonia.
Vocês emitem ondas, eu não falo da Luz Vibral, mas eu falo de linhas de predação que são rompidas, circuitos elétricos, eletrônicos, pensamentos, emoções, da Terra.

É verdade que se vocês olham, simplesmente, o humano (o conjunto da humanidade, atualmente), há aqueles que dormirão, sempre, mesmo se o Céu caia-lhes sobre a cabeça.
E há os que se interessam um pouco pelo que acontece neles (é fácil, vocês o vivem) ou que começam a viver coisas, mas que não têm a oportunidade de ter suas explicações, tudo o que vocês efetuaram, alguns de vocês.
Mas isso virá.

E depois, há aqueles que estão atentos ao ambiente, de maneira geral, que se apercebem, efetivamente, que há uma espécie de delírio geral, sobre o planeta, que está se instalando.

Quando eu lhes digo: “tudo está dito”, quer dizer que nós temos usado, mesmo por vezes, repetições, para dar-lhes o máximo de elementos Vibratórios e, também, de possibilidades de comparações (entre nossos diferentes intervenientes, entre os Anciões, como para as Estrelas, como para os Arcanjos), que lhes dão a trama, eu diria, pedagógica, do que nós temos dado e também a trama, é claro, Vibratória, com essa sucessão lógica de eventos que tem sobrevindo há trinta anos e, sobretudo, desde as Núpcias Celestes.

Portanto, quando eu digo que tudo está dito, é que tudo o que for dito após amanhã, após MARIA e MIGUEL, será apenas confirmações, apenas explicações suplementares, mas que terão, sempre, esse mesmo aspecto pedagógico (ndr: suas intervenções de 22 de setembro de 2012).
Nada haverá de novo, a mais, a não ser comentar, com vocês, o desenrolar deste período palpitante.

Agora, tudo está aí nos outros Planos, mas faz, de qualquer forma, um ano e meio, que eu lhes digo: “tudo está consumado”.

Então, é claro, nós não estamos no mesmo espaço-tempo ainda, mas agora, tudo está consumado, também, para vocês, ou seja, o conjunto dos Hayoth Ha Kodesh, que está em ação sobre a Terra, tocará a sua potência máxima daqui a pouco tempo, ou seja, nesse momento, pode-se dizê-lo.
Isso concerne tanto ao elemento Terra, como ao elemento Fogo, como ao elemento Água e como ao elemento Ar.

Questão: uma intervenção Micaélica é prevista no sul do equador?

Vocês são tão impacientes assim?
Eu lhes disse que, quanto mais fosse tarde, melhor seria.

O conjunto de vulcões do Cinturão de Fogo do Pacífico está despertado, as placas tectônicas estão animadas de movimentos que jamais existiram sobre a Terra.
Os meteoritos que colidem sobre a Terra são uma realidade, mas, enquanto isso não colide em sua cabeça, você considera que isso nada quer dizer.

Agora, ao nível Interior, informem-se ao redor de Irmãos e de Irmãs que vivem essa Liberação e esse Despertar.
Quantos foram chamados pelo nome?
Vocês são uma multidão.
Quantos percebem o Canto da Alma, o Canto do Espírito, o Canto do Céu, nos ouvidos, como jamais?

Muitos começam a ver o que acontece no Céu, mas, para saber o que acontece no Céu, é preciso olhar o Céu, isso me parece lógico, porque ninguém o olhará em seu lugar, nem lhes dirá o que acontece ali.
É o princípio do avestruz.

Agora, na França, aí onde vocês estão, vocês não têm grande coisa a sobrecarregar-se.
Mas lembrem-se do que eu disse, também, este verão: quanto mais vocês avançam no tempo (seu tempo, de vocês, que ainda estão aí, quer queiram ou não), mais vocês avançam para prazos astronômicos, mais haverá uma simultaneidade, uma tal simultaneidade de eventos, que vocês não poderão mais seguir.
A vantagem é que, ao invés de ter isso estendido em anos, nós dissemos que seria em um lapso de tempo que seria extremamente curto.

Esse lapso de tempo extremamente curto encurta-se dia a dia, é simples de compreender.
Mas observem o Céu, olhem à noite, olhem o que há em seu Céu.
Eu digo, efetivamente, à noite.
Nós o surpreendemos.
Não eu e com minha Embarcação (eu não posso aproximar-me), mas todos os Seres e todos os Irmãos e as Irmãs de 3D Unificada não param de surpreendê-los.

Mas se vocês estão em sua cama, vocês não verão a surpresa, exceto se os Vegalianos venham vê-los.
Mas se vocês querem ver os Pleiadianos, os Arcturianos, os Andromedianos, saiam e olhem.
Mas o que isso vai aportar-lhes?
A prova, ela está no Interior.
Ela jamais estará no exterior, mesmo quando tudo isso para.

Questão: a Onda de Vida parece estar mais intensa ou, efetivamente, outro elemento ali se acrescentou?

Há outro elemento, é claro.
E vocês começam a aperceber-se disso, aqueles que vivem a Onda de Vida.

Há, ao mesmo tempo, uma circulação (porque isso circula mais rápido) e uma qualidade Vibratória que é diferente, que é menos, como dizer..., menos extática, mas mais transcendente, agora.

É o que permite (para aqueles de vocês que o vivem) estabelecer contatos, quase instantâneos, pelo Canal Mariano ou no Coração, com quem vocês quiserem.

É paralelo ao que eu sempre disse, ou seja, o despertar dos vulcões.
Acordar ou Despertar ou explosão, para muitos deles.
Há o Fogo, isso vai queimar: é o pequeno planeta grelha individual.
E depois, também, vocês deverão observar o quadro de minha intervenção de há dois dias (ndr: intervenção de 19 de setembro de 2012): eu lhes expliquei que, a partir de 22 (ndr: de setembro), mesmo se há, entre vocês, os que vivem cada vez mais facilmente, que há partes do corpo, ou da consciência que parecem desaparecer.
É isso o mais importante.

Questão: o Fogo do Céu já partiu de seu ponto de emergência,o e esse ponto de emergência é o Centro Galáctico?

Inteiramente.
Associado à irradiação de Bételgeuse, associado à transformação do Sol, associado a Hercobulus, associado à Liberação da Terra, à sua Liberação e à nossa Presença.
É a megafesta Cósmica.
Tudo o que é observável, tanto em vocês como sobre a Terra, participa do mesmo processo e do mesmo ponto focal, eu diria, como o lugar no qual tudo se reúne que é o Nó de passagem.

O Nó de passagem, o seu, é a Porta OD, mas há também a Porta das Estrelas a passar, que é ilustrada pela conjunção de Hercobulus, a conjunção da Liberação do Sol e da Terra, o alinhamento com Alcyone, a irradiação de Bételgeuse e, também, do Serpentário, em uma menor medida, na qual vocês vão passar em breve.
  
Questão: o Serpentário seria o que se chama a Onda Galáctica?

Não, é um signo zodiacal que foi ocultado.
A Onda Galáctica, é claro, já penetrou os planetas do Sistema Solar exterior, o que explica as modificações que sobrevieram, mas, aí, é preciso ter óculos, vocês não os veem a olho nu.
Eu falo de seu Céu, a olho nu, simplesmente.
 
Questão: por que o Fogo do Céu não queima?

Ele é demasiado quente para queimar.
É mais uma vaporização, como dizia SNOW (ndr: intervenção de ANNA de 03 de setembro de 2012).
Mas não é o fogo, tal como vocês o veem ou tal como vocês o vivem, sobre a Terra,
É outro tipo de fogo: é o Fogo do Amor.
O Amor é um Fogo.
  
Questão: a vaporização dos lagos, dos rios, é ligada ao aumento do Fogo da Terra, à chegada do Fogo do Céu, ou aos dois?

O Fogo do Céu, vocês o viram, de momento, de maneira extremamente limitada, já no ano passado, quando da Fusão dos Éteres, em alguns lugares do planeta, com relâmpagos azuis.
Em seguida, vocês viram as Partículas Adamantinas reunindo-se, que vão dar o que eu expliquei há dois dias (ndr: sua intervenção de 19 de setembro de 2012).

É, obviamente o Fogo do Céu e da Terra, assim como o seu Fogo.
É a mesma essência, digamos.
Não é, completamente, o mesmo Fogo, mas os efeitos são sobreponíveis.
É, efetivamente, tudo o que acontece, como eu disse, já, desde um momento que se amplifica, concernente a todos os aspectos geofísicos, geocósmicos, digamos, geocelestes, que acontecem ao nível da Terra.

Tanto o ser humano é capaz de defender-se, de fazer a guerra ao seu vizinho e aceitá-lo, tanto ele é incapaz de aceitar, enquanto ele é lagarta, o que vem do Céu.
Vocês verão, é perfeitamente verdadeiro.
Enquanto há um inimigo identificável ou enquanto se cria um inimigo, na dualidade, o mau é o outro, é claro, é a guerra.
A guerra sempre foi considerada, na humanidade, como normal.
Mas quando é o Céu que vem ao encontro da Terra, aí, é a punição Divina.
É assim que o ser humano funciona.

Questão: se não se viveu a subida da Onda da Vida, antes de dia 22 de setembro, poder-se-á vivê-la, em seguida, a título individual, antes do efeito coletivo global?

Para a Onda de Vida, não.
Em contrapartida, para o Fogo Celeste, é a descida total do Supramental, que é o Fogo do Céu e o planeta grelha.

Aí, vocês tiveram dicas, impulsos, se preferem, com, se quiserem, a reflexão induzida pelos planetas que, girando ao redor do Sol, reencontram o Centro Galáctico, talvez mais facilmente do que vocês que estão sobre a Terra, ao centro, não muito longe do Sol, se se pode dizer, em relação a Saturno, a Netuno e a Plutão.

Portanto, esses planetas, no momento em que eles reencontram (eu diria, de uma maneira ou de outra) a Luz do Centro Galáctico, eles refletem essa Luz para vocês.
Mas, vocês, como eu disse, as camadas isolantes estão todas inteiramente rompidas.
Elas estão ainda aí, caso contrário, vocês teriam visto o Fogo do Céu, mas elas estão rompidas.
O que explica o basculamento dos polos magnéticos e, depois, físicos.
O que explica que vocês tenham ouvido os Sons do Céu, visto as partidas (ou Ascensão) de algumas classes de animais.

As transformações (que se falou há pouco), as vaporizações dos lagos e dos rios, ou as mudanças de cor dos lagos e dos rios ou dos mares: tudo isso tem a mesma origem.
Eu repito, nós falamos de tudo isso há anos.

Não há qualquer noção de querer dar medo do que quer que seja, uma vez que aquele que é borboleta, como ele teria medo?
Mas, simplesmente, atrair sua atenção sobre a realidade do que ia acontecer.
Há muito poucos seres, sobre este planeta, que tiveram a ocasião de ver, realmente, o que ia acontecer.

Esse foi o caso para meu Mestre, Bença Deunov, mas eu jamais acreditei nisso, em minha vida, porque, obviamente, quando se está encarnado (nós todos fizemos o erro), nós temos tal aspiração, quando se está numa diligência espiritual, de ver essa Terra de ir melhor, de ver a Fraternidade desenvolver-se, de ver desaparecer, como dizer, tudo o que é ilusório.
Era similar para o Irmão JOÃO (SRI AUROBINDO, em sua vida) e para o IRMÃO K.
Havia tal entusiasmo Interior para a transformação da humanidade que muito poucas pessoas, muito poucos Irmãos, tiveram acesso aos mecanismos do retorno do Espírito Santo, ou do retorno da Unidade.
Eu diria, mesmo, que os cientistas sabem, certamente, mais no modo pelo qual isso vai acontecer, do que as visões que teve Bença Deunov, em sua vida (ou outros).
Porque, quando Bença viu isso, ele descreveu a consequência para a humanidade, a renovação total da humanidade, a humanidade estaria na Luz: ele via o aspecto do lado borboleta.

Esta frase que foi repetida, ainda, pelas Estrelas: “o que a lagarta chama a morte, a borboleta chama o nascimento”, eu creio que é certamente esta expressão que resume melhor: “tudo está dito, e tudo está aí, e é agora”.

Então, agora, não procurem uma hora.
Amanhã vocês têm encontro importante, Micaélico, em toda sua potência (ndr: sua intervenção de 22 de setembro).
Mas o Fogo Micaélico, vocês não o veem unicamente no Sol, vocês o veem no Fogo da Terra.

Questão: após 22 de setembro não há, portanto, mais evolução individual possível?

Parece-me, aliás, que BIDI havia dito que a evolução não existia.
Há evolução para a personalidade, para a alma.
Não há evolução, no sentido em que você entende.
O que acontece agora, como você disse, é um processo coletivo, totalmente coletivo.

É por isso que MARIA já falou de reunirem-se, ainda que apenas em dois ou três, amanhã.
Mas lembrem-se, eu repito, de que o objetivo não é, nem de dar-lhes medo, nem de fazê-los trabalhar o mental.
É prepará-los.
Isso se chama a pedagogia, é prepará-los para viver o que há a viver, Interiormente, porque, quanto mais vocês vivem o que há a viver, Interiormente, mais vocês constatarão que o exterior nada quer dizer, ou seja, esse Mundo, Maya, como dizem nossos Irmãos orientais.

É uma coisa dizê-lo.
É outra coisa vivê-lo.
Portanto, se vocês vivem o fato de que é Maya, o que isso pode efetivamente fazer-lhes, se Maya desaparece, inteiramente?
Estritamente nada.

Mas, aceitem, como foi dito, que o ponto de vista da lagarta não seja, verdadeiramente, o mesmo que aquele da borboleta.
Isso quer dizer que o que devia estar aberto, foi aberto.

Se, para vocês, é o Canal Mariano, mais do que qualquer outra coisa, ele está aberto.
Se, para vocês, era a Onda de Vida que lhes confere o Absoluto em uma forma, está feito.
Se é, unicamente, a Coroa Radiante da cabeça, está feito.
Se é a Coroa Radiante do Coração, está feito.
Se é o Despertar do Kundalini, está feito.
Se é tudo isso ao mesmo tempo, está feito.
Aí está o que isso quer dizer.
Mas foi dito, por outro lado, que, até o extremo limite, pode haver essa abertura para a Luz: é a Última Graça.

Mas, para saber que é uma Última Graça, é preciso, efetivamente, que muito mais seres humanos (não unicamente os Despertos e os Liberados) vivam esse Apelo à Graça, antes do Anúncio de MARIA, coletivo, desta vez, e não individual.
Porque eu sei que MARIA e outras Estrelas, Chamam, permanentemente, cada vez mais.
Mas compreendam, efetivamente, que elas não escolhem: “vai se chamar aquele”, “vai se chamar este”.

É a Luz que vocês emitem (seja através da Onda de Vida, ou pelo acolhimento do Manto Azul da Graça) que dá a possibilidade de ressoar juntos, e de ouvir o Apelo.

Questão: pode-se ter sido chamado, sem sentir Onda de Vida, Canal Mariano, Manto Azul?

Sim.
Naquele momento, você se beneficia, eu diria, de campos mórficos, de campos energéticos, de Seres que estão ao redor de você.

É por isso que nós lhes dizemos, sem parar, que vocês são extremamente importantes, no estado de Liberadores porque, estando estabelecidos no estado de Liberadores, há uma contaminação Vibratória que pode estabelecer-se ao lado de vocês, sobretudo quando são em vários a viver isso, ou no outro extremo do planeta.
Ou seja, de algum modo, MARIA apoia-se em estruturas existentes (Canal Mariano, Onda de Vida, Merkabah etc..) para passar, de próximo em próximo, a cada vez mais seres.

Questão: os Absolutos com forma podem, portanto, estar isolados e os outros devem, mais, reagrupar-se?

Apreenda, efetivamente, que para aquele que já é Absoluto com forma, tudo isso ele vai chamar de teatro, mesmo as Vibrações, mesmo se ele as vive.
Em contrapartida, aqueles que não viveram Vibrações, não são nem superiores, nem inferiores, hein?
É simplesmente uma escolha Vibratória, uma escolha da consciência, uma escolha que é, também, um pouco em parte, ligada às origens estelares e às diferentes Linhagens, que são importantes.
Mas, efetivamente (do mesmo modo que MARIA apoia-se nos Liberadores), seres humanos que se aproximariam uns dos outros estariam muito mais suscetíveis de viver o mecanismo.

Mas eu não digo viver juntos, dormir juntos, não é?
É uma Comunhão de Espírito, antes de tudo.

CRISTO havia dito: “quando vocês forem dois ou três, reunidos em meu nome, eu estarei entre vocês”.
É uma questão de Irradiação, de Radiância.

Efetivamente, vocês podem, mesmo, constatar que, quando fazem os Alinhamentos (e, sobretudo quando ele mudar, como MARIA dirá), vocês vão constatar que é muito mais forte e que é muito mais forte, de semana a semana (ndr: sua intervenção de 22 de setembro de 2012), isso é uma coisa.
Mas, também, que é mais forte quando vocês são dois ou três, quando vocês estão na natureza, quando vocês chamam MARIA, ou uma Estrela, ou um Arcanjo.

Portanto, há uma proximidade e, também, uma facilitação, e nós utilizaremos (a Luz utilizará) essa facilitação até o extremo limite.
Mesmo depois de amanhã.
Mas, nesse momento, isso não fará mais nascer a Onda de Vida, em todo caso, até o planeta grelha com a vaporização.
Mas, entre esse momento e o planeta grelha, há uma possibilidade para uma Redenção e uma Ressurreição.

E nós esperamos que eles serão muito mais numerosos a ouvir MARIA ou uma Estrela Chamá-los.
Mesmo se vocês não tenham o Canal Mariano de comunicação, MARIA efetivamente disse que, três dias antes, todos os humanos encarnados, todos os Irmãos e as Irmãs, ouvirão, no mesmo momento.

Como é possível, uma vez que 80% da humanidade não tem Canal Mariano?
Coloquem-se a questão.
É, efetivamente, que há uma estrutura, se posso exprimir-se assim, de Luz, que faz trabalho de retransmissor.
Quem é o retransmissor?
São vocês.

Questão: em 22 de setembro, aqueles que não tiverem, ainda, vivido, por exemplo, a Onda de Vida, poderão vivê-la nesse dia?

Sim, é claro.
Ou viver o reencontro com um dos Duplos: todos os processos que nós havíamos explicado, desvendado, pacientemente, há mais de um ano, há, aproximadamente, um ano.

Mas, lembrem-se de que nem todo mundo pode viver a Onda de Vida.
É preciso aceitar a Liberação, para isso.
E como foi dito por diversos intervenientes, vocês não podem ser Liberados, totalmente, enquanto aderem a uma identidade.
Mas o mais importante é a Liberação final.

Não é fazer um concurso para saber quem viveu a Onda de Vida e comparar com o seu vizinho, quem vive a Coroa ou o Fogo do Coração, o outro que reencontrou o seu Duplo Monádico, o outro que vive o Reencontro com KI-RIS-TI.
Vocês têm, cada um, suas especificidades.
Essas especificidades foram propagadas, no tempo, desde as Estrelas, passando pelas Portas, as Núpcias Celestes, os Novos Corpos.
E vocês observam, quando falam entre si, que há quem vive a Onda de Vida, outros não a vivem, alguns têm o Canal Mariano muito potente, outros não.
Alguns permaneceram no Fogo do Coração, outros vivem o Despertar do Kundalini, outros vivem o Reencontro com os Duplos etc. etc..

Era uma sequência lógica, mas, agora, vocês veem, efetivamente, ao redor de si, que há múltiplas manifestações que são específicas do agenciamento de seus Elementos.
Alguns vão sentir o Triângulo da Água mais forte do que o Triângulo da Terra.
Outros, vão sentir mais a Onda de Vida e as modificações que induzem a Onda de Vida.

É claro, o resultado não é o mesmo, mas vocês não vão, todos, ao mesmo lugar.
Vocês têm o direito de partir, para férias, a lugares diferentes, não?
Mas isso é o que se chama o complexo do prisioneiro, vocês sabem: quando as pessoas foram confinadas juntas, mesmo se se detestem, quando são confinadas, no momento de sair, elas querem também tirar o outro.
É um reflexo humano.

Questão: por que não seria mais possível viver a Onda de Vida após 22 de setembro?

Oh, é extremamente simples: a intensidade Vibratória toca, amanhã, o máximo, ao nível da Onda de Vida.
Tocando um máximo, se sua gama de frequência está demasiado distante do limiar de permeabilidade, de sua própria frequência, vocês não serão afetados.

É como para as frequências auditivas: vocês têm todos, uma audição diferente.
Algumas pessoas, em termos de frequência, não podem ouvir outras frequências.
Para elas, elas não existem, ao nível da audição, em todo caso, mesmo se o efeito Vibratório esteja presente.

É exatamente a mesma coisa para a Onda de Vida: a Onda de Vida apareceu progressivamente, ela subiu de diferentes modos, junto àqueles que a perceberam e a viveram.
Ela modificou-se, efetivamente, há muito pouco tempo, assim como os Sons modificaram-se nos ouvidos.
Mas aqueles que não percebem os Sons, aqueles que não percebem, mesmo, as Vibrações, o que eles vão dizer?
Eles não os vivem, por razões x ou y.

Eu repito, não é uma culpa, nem uma razão a buscar.
Alguns Irmãos e Irmãs, como eu disse, que, no entanto, nos escutam, nos leem, veem o que se realiza, mas, talvez, jamais perceberam as Vibrações.
Lembrem-se de que a Vibração não é ligada, nem à idade, nem ao carma, nem a alguém que seja melhor do que outro.
É simplesmente a polaridade da alma.

Enquanto existe, como disse BIDI, o sentido de uma identidade, qualquer que seja, a Onda de Vida não poderá, jamais, subir e sair pela cabeça, uma vez que a presença da própria pessoa é um obstáculo.
É por isso, eu creio, que ANAEL deu-lhes protocolos com cristais, com exercícios que são muito importantes, também, a fazer sozinhos (ndr: ver a rubrica “protocolos a praticar”).
Ou a Refutação de BIDI, para desidentificar-se: não recusar a vida, mas para ver o que vocês São, em Verdade.

Mas enquanto vocês creem ser uma pessoa, enquanto creem ser um corpo, um mental, uma história, uma vida, vocês não estão Livres.
É tão simples, que isso é o obstáculo, ele é aqui.

Agora, este obstáculo, no momento do Fogo do Céu e da Terra, conjuntos, não será mais um obstáculo para ninguém, porque há um limiar coletivo, assim como há um limiar individual.

Questão: os maus rapazes poderão usurpar o lugar dos Anjos do Senhor?

Há um modo que lhes foi dado já há muito tempo, que é a Saudação de Órion (ndr: apresentado na rubrica “protocolos a praticar”, em 29 de abril de 2010) e depois, também, a Vibração de seu Coração.
Agora, se a Vibração de seu Coração diz para precipitar-se, como eu chamo, em Embarcações de ferragem (uma despensa), é que é o destino desse corpo.

Mas em que é que vocês são concernidos por esse corpo?
Quer ele seja refrigerado ou vaporizado, isso nada muda, e não é uma piada.
Isso mostra o nível de apego que vocês têm à sua pessoa.

Mas, lembrem-se: os fantoches, os maus rapazes, estritamente nada podem criar, eles apenas podem servir-se de circunstâncias, é tudo.
E eles sempre se serviram de circunstâncias: não há razão para que isso pare, até o momento final.

Vocês tocam, cada um, uma partitura, vocês desempenham, cada um, um papel na cena de teatro.
Simplesmente, os maus rapazes são persuadidos de desempenhar o papel deles.
Mas vocês sabem, pertinentemente, que eles apenas podem desempenhar o papel da Luz, mesmo se pensem completamente o inverso.

Questão: estando Unificados, como vocês podem ter pontos de vista diferentes?

A Unidade não é a uniformidade.
A Unidade é uma ressonância, uma Fraternidade, uma ausência de distância.

Questão: CRISTO disse: “quando vocês forem dois ou três reunidos em meu nome, eu estarei presente”.
Vocês também disseram que não seria necessário estar presente, fisicamente.
Então, como se (re)conhecer em outros Planos?

Mas conhecer-se, tal como você o entende, não é reconhecer-se.
O reconhecimento é Vibratório.
É ele que é importante.
Não é saber quem é Pedro, Paulo, Joaquim, o que faz na vida e o que ele é.

O reconhecimento não é um reconhecimento da personalidade, nem da alma.
É um reconhecimento no Um, na Unidade, no Espírito, no Absoluto, na Presença.
Não é um reconhecimento de blablablá da vida.
Mais do que nunca, é atualidade.
Isso nada tem a ver com a simpatia, a antipatia, as afinidades: é um reconhecimento Vibratório.

Há Irmãos e Irmãs que vivem a Onda de Vida, eles não têm necessidade de trocar três palavras para sabê-lo.
Eles não têm necessidade, se querem, de viver juntos, ou de frequentar-se ou de trocar palavras, uma vez que a Onda de Vida, o Canal Mariano, o Manto Azul da Graça, a Presença, a Unidade, reconectam-nos uns aos outros, vocês mesmos, como nós, lá em cima.
Mas nós não temos necessidade de sinais de conhecimento ou de falar-nos, de trocar, para consolidar-nos.
É um reconhecimento Vibratório e isso pode ser fazer-se com não importa quem, na rua, ou no outro extremo do planeta.
As regras de relação e de comunicação mudam, completamente.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Então, eu vou transmitir-lhes todas as minhas Bênçãos, todo o meu Amor.
Até breve.
______________________________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/.

2 comentários:

  1. Aïvanhov, 'Melquisedeque do Fogo':

    " Tudo está dito e tudo está aí"

    Desenrolar deste período palpitante. Tudo está consumado, também para nós. Olhem o Céu, a noite. Última Graça, antes do Anúncio de Maria, coletivo. Contaminação vibratória. Irradiância. Natureza. Unidade, não é a uniformidade. Reconhecimento vibratório.

    Uma 'Mensagem Lembrete', "tudo está dito, tudo está aí". Pareceu-me, um reforço, a desnecessidade de questionamento. Como já foi dito, se o mental quer saber, então substitui a vivência. Serenidade, Confiança , Entrega,...É tudo, o que nos é solicitado, nestes momentos finais. Então: 'Assim Seja'. Tão simples assim...rsrsrs
    Noemia

    ResponderExcluir
  2. O predomínio da MSG concerne às questões dos sinais dados pelo corpo físico, onde muitos têm sentido e muito mais sentirão, independente de terem informações do gênero. Fala da especificidade de cada um, perante tais sinalizações, não podendo, portanto, tal coisa ser objeto de qualquer comparação. Dá ênfase em especial aos Apelos de Maria, que já foram em grande número, mas que estará num incrível crescendo daqui para frente, até culminar com a totalidade do coletivo. Enfim, apenas um simples chamado pelo nome, ou uma vibração qualquer em uma das coroas, ou o ouvir do som, já é suficiente para que possa sentir-se integrado ao processo ascensional planetário em curso, cujo desfecho será marcado pela brevidade, em todos os seus aspectos.

    ResponderExcluir