Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

6 de nov de 2010

HILDEGARDE DE BINGEN – 6 de novembro de 2010

DO SITE AUTRES DIMENSIONS
Áudio da Mensagem em Francês

Link para download: clique aqui


Eu sou Hildegarde de Bingen.
Bem Amados Irmãos e Irmãs, é com grande prazer que estou entre vocês.

Eu me expressarei, essa noite, em seu espaço, sobre certo número de leis gerais que permitiram realizar o trabalho que eu realizei em minha vida, dos quais vejo que alguns opus são utilizados hoje.

Obviamente, não vou voltar no que foi escrito naquele momento, mas dar mais os fundamentos e as regras que permitiram elaborar tudo esse conjunto de conhecimentos centrados sobre a evolução do corpo.

Eu lhes expressei, há pouco tempo, minha experiência, que me conduziu a viver coisas que eu qualificaria de inusitadas em minha época (ndr: intervenção de 25 de outubro de 2010 - http://leiturasdaluz.blogspot.com/2010/10/hildegarde-de-bingen-25-de-outubro-de.html).

Eu vou tentar expressar, com palavras, o que me conduziu, a um dado momento, a considerar aplicar o que eu via e percebia nas Dimensões que vocês chamam, hoje, de Unificadas, concernente à influência do que é chamado de Quatro Viventes ou também os Hayoth Ha Kodesh, ou os Serafins, ou os Seres de Fogo.

Porque é, de fato, através desse contato especial que eu pude me deixar impregnar e extrair certa forma de conhecimento aplicável à Vida, a toda forma de Vida.

Existe um princípio, nas Dimensões Unificadas, muito específico.
Esse princípio foi chamado o princípio de similinum.

De fato, desde os planos os mais etéreos, ou os planos os mais próximos da Vibração original, até os planos os mais afastados e os mais densos, existe uma continuidade e uma simultaneidade Vibratória ou de Consciência, fazendo com que no elemento o mais afastado se encontre a assinatura ou a marca do elemento o mais próximo da Fonte.

Assim existe, nos diferentes reinos presentes sobre o mundo onde eu vivi e onde vocês vivem, semelhanças e ressonâncias específicas, permitindo reunir-se a um dos Quatro Viventes ou a uma proporção relativa específica de cada um dos constituintes diferentes dos Quatro Viventes.

O princípio de similinum, no qual eu me baseei, nas camadas que eu qualificaria de intermediárias, permitindo conduzir até os reinos presentes sobre a Terra, foi, sobretudo ligado ao que eu chamaria a forma, a cor.

Evidentemente, não é questão de passar em revista o que eu vivi Interiormente pelo conhecimento direto e transcrito, em seguida, pelas palavras e, portanto, pelo mental.

Não é questão de lhes dar esta lei de similinum para cada objeto ou cada elemento existente em um dos reinos em correspondência com o corpo humano.
Isso seria extremamente fastidioso e indigesto.

De fato, este conhecimento está inscrito no Coração, porque vocês são constituídos, e nós somos constituídos, onde quer que estejamos, de uma proporção relativa, diferente, de cada um dos quatro elementos.
Tudo é organizado, estruturado dimensionalmente, temporalmente, espacialmente, por esse princípio.

Assim, o que é chamado de elementos (a água, o fogo, o ar, a terra e o éter) é constituído de uma Vibração específica.
Esta Vibração, de acordo com a mistura e de acordo com a Dimensão em que ela vai se exprimir, vai tomar, literalmente, uma forma, uma cor e certo número de características das quais o Arcanjo Anael lhes falou longamente.

Há, portanto, uma ressonância de ações existentes não importa em qual produto da natureza, permitindo reunir-se à sua Essência.

Alguns seres captaram esta Essência com os meios que, ainda hoje, são perfeitamente conhecidos daqueles a quem se chama os Quatro Viventes, que consistem em captar a quintessência Vibratória de uma forma precisa.

Além disso, existe, no ser humano, uma ressonância de forma específica.
Esta ressonância de forma específica pode ser levada a efeito, por exemplo, como o venerado Sri Aurobindo, quando ele se dirige a vocês, permitindo-lhes realizar as posturas que colocam em jogo certo número de ressonâncias e de Vibrações.

Além disso, a alma, prisioneira desta matriz e, ela também, constituída, em partes relativas, desses quatro elementos.

A associação varia ao infinito, uma vez que ela vai dar tantas almas como Espíritos, tantas almas como corpos.

O objetivo, pelo conhecimento do Coração, é, portanto, fazer ressoar uma forma, em seu conhecimento, em todas as Dimensões.

É através desta ressonância de forma (que é, de fato, o que eu poderia chamar um empilhamento ou um encaixamento de formas em outras formas) que se realiza o princípio de similinum ou de similitude.

Assim, a Vibração de uma alma, expressada em seu mundo (que foi o meu) por um nome, é portadora de uma assinatura, de um selo, se preferem, específico.
Do mesmo modo como Paracelse identificou as assinaturas para os planetas, as assinaturas para os Arcanjos, e, portanto, das ondas de formas pertencentes à 2ª Dimensão, permitindo colocar em ressonância a forma de vida inscrita numa Dimensão superior, como nesta Dimensão.

Assim, é possível, da mesma maneira, além da 2ª Dimensão, encontrar uma ressonância, uma assinatura Vibratória ligada a uma forma, antes de tudo, em ressonância com uma alma.

Existem, na alma humana, como na personalidade ou no corpo, anomalias.
Essas anomalias estão inscritas na lei de ação/reação, de falsificação.
Essas anomalias se manifestam de diferentes modos e são chamadas, pelos humanos, de doenças.

Essas doenças estão ligadas à anomalia de um encaixamento que vem interromper a lei de encaixamento ou de ressonância existente desde o plano o mais elevado até o plano o mais denso.

Existe, para cada anomalia constatada, uma ressonância específica de encaixamento, vindo, literalmente, localizar o que não se encaixa mais.

Há, então, uma restauração pela Vibração, bem além da química, bem além do que é absorvido, mas diretamente ligada a uma ressonância de formas, permitindo, literalmente, curar um buraco ou um desequilíbrio ou um defeito de encaixamento.

É desta maneira, esquematizando ao extremo, pelas palavras, que eu consegui, em minhas experiências de contato com os quatro Elementos (ou Rodas nas Rodas, como alguns profetas descreveram), poder, para cada caso preciso, ter uma resposta Vibratória, do mesmo modo como do que dão os Hayoth Ha Kodesh, há uma ressonância precisa de algumas Vibrações com as anomalias que podem ser localizadas de maneira muito ampla.

Do mesmo modo pode-se também se dirigir diretamente ao princípio que existe através de um vegetal, por exemplo, ou uma especiaria, do mesmo modo.
Isso é também aplicável às essências chamadas de perfumes, permitindo, aí também, compensar, num certo estado Vibratório de encaixamento, uma anomalia existente.

Seria extremamente complexo (e isso poderia se fazer) desvendar todas as ressonâncias existentes entre tal vegetal e tal sobre-encaixamento ou desencaixamento existente ao nível da alma humana ou da personalidade humana.

Obviamente, cada ser humano é diferente, porque ele carrega, ele mesmo, uma assinatura diferente, mesmo no mesmo encaixamento ou sobre-encaixamento.

Assim, pode existir, a um dado momento, para um determinado ser humano, uma forma existente na natureza que permite utilizar (sem se opor) diretamente em uma anomalia de encaixamento, sem recorrer às leis de dualidade, unicamente pela lei de ação de Graça e de ressonância a mais íntima da pessoa.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Bem caros Irmãos e bem caras Irmãs, é um prazer para mim me reencontrar na Vibração humana.
Eu lhes desejo, a todos, o melhor e o mais belo.

Eu lhes digo, provavelmente até um próximo dia.

Até logo.
_________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário