Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

26 de nov de 2012

MENSAGENS DE NOVEMBRO

DO SITE AUTRES DIMENSIONS

PUBLICADAS EM 26 DE NOVEMBRO:

IRMÃO K - 24 DE NOVEMBRO 
O.M. AÏVANHOV - 24 DE NOVEMBRO 

PUBLICADAS EM 25 DE NOVEMBRO:

UM AMIGO - 24 DE NOVEMBRO 
TERESA DE LISIEUX - 24 DE NOVEMBRO (COM ÁUDIO) 
ANAEL - 24 DE NOVEMBRO 
NO EYES - 24 DE NOVEMBRO (COM ÁUDIO) 

PUBLICADA EM 19 DE NOVEMBRO:

O.M. AÏVANHOV - 17 DE NOVEMBRO

PUBLICADAS EM 18 DE NOVEMBRO:

URIEL - 17 DE NOVEMBRO (COM ÁUDIO) 
ANAEL - 17 DE NOVEMBRO 
GEMMA GALGANI - 17 DE NOVEMBRO (COM ÁUDIO)
MARIA - 17 DE NOVEMBRO (COM ÁUDIO) 
SNOW - 17 DE NOVEMBRO 

PUBLICADAS EM 11 DE NOVEMBRO:

PHILIPPE DE LYON - 10 DE NOVEMBRO 
IRMÃO K - 10 DE NOVEMBRO 
MA ANANDA MOYI - 10 DE NOVEMBRO (COM ÁUDIO) 
UM AMIGO - 10 DE NOVEMBRO
ANAEL - 10 DE NOVEMBRO 
O.M. AÏVANHOV - 10 DE NOVEMBRO

PUBLICADAS EM 3 DE NOVEMBRO:

BIDI - 3 DE NOVEMBRO 
MIGUEL - 2 DE NOVEMBRO (COM ÁUDIO) 
UM AMIGO - 2 DE NOVEMBRO 
SRI AUROBINDO - 2 DE NOVEMBRO 
PROTOCOLO - EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA ATÉ A INFINITA PRESENÇA
ATUALIZAÇÃO DOS PROTOCOLOS PRIORITÁRIOS

PUBLICADAS EM 2 DE NOVEMBRO:

MARIA - 1 DE NOVEMBRO (COM ÁUDIO) 
SNOW - 1 DE NOVEMBRO 
PROTOCOLO: FUSÃO DOS ELEMENTOS
ATUALIZAÇÃO DOS PROTOCOLOS PRIORITÁRIOS

3 comentários:

  1. Meio à semelhança de paradoxo, ao mesmo tempo que sinto evidente declínio no meu corpo físico, acompanhando o que já ocorrera no mental e emocional, encontro deparando-me mais e mais como que possuído por uma gratidão infinita, mormente quando diante de abundâncias de toda sorte, dadas por uma encarnação realmente singular. Este próprio material do Autres Dimensions, conteúdo pra lá de insofismável, e, por exemplo, tão bem trabalhado aqui neste Blog, são destas tantas abundâncias recebidas.

    ResponderExcluir
  2. Sabemos das incontáveis perturbações naturais do corpo planetário terrestre, dado especialmente, às suas placas tectônicas, aos vulcanismos e às intensas oscilações climáticas. Sabemos também das naturais intempéries provocadas pelos nossos corpos físico-emocional-mental, gerando-nos toda ordem de instabilidade. Sabemos igualmente das turbulências típicas do nosso corpo social, onde toda sorte de igualdade buscada, por exemplo, jamais foi além de vã utopia.

    É claro que a realidade, crua e nua, do que se vive neste mundo, possui outras tantas adversidades, a se somarem às acima mencionadas. O próprio estigma da expulsão do paraíso, do pecado original, da luta entre o bem e o mau, já daria ideia suficiente do tamanho da carga que se carrega. As próprias relações mais atuantes, tais como: afetivas, familiares, sociais, e profissionais, apresentam tão elevado grau de dificuldades, que nada é mais buscado neste mundo, do que o que possa significar: independência, liberdade, privacidade, aposentadoria.

    Então, considerando este quadro já exposto, nos dois parágrafos anteriores, fica evidente a magnitude do conteúdo do Autres Dimensions (dedicação única deste Blog), pois que este conteúdo realmente esmiúça em profundidade, todos os detalhes inquietantes e insatisfatórios que caracterizam tal viver planetário e humano, sobretudo no pós falsificação e confinamento.

    Enfim, diante disso tudo, gostaria apenas de deixar esta pergunta:

    Como não reconhecer providencial o surgimento de Novo Mundo, principalmente nesta ótica ascensional e coletiva, onde não se trata de nenhuma melhoria, mas sim, de verdadeiro despojamento de todos os obstáculos e amarras destes velho contexto, circunstâncias e jeito de viver, apenas conciliáveis na perspectiva dos mais ferrenhos medos e apegos?

    ResponderExcluir
  3. Estas mensagens cada vez mais têm reiterado às possibilidades de ocorrências efetivas da Luz Vibral, não apenas restritas, por exemplo, aos triângulos elementares, aos 12 pontos das estrelas (coroa radiante da cabeça), à cruz fixa metatrônica (AL-ER-OD-IM-IS), aos corpos constitutivos da lemniscata sagrada (8º ao 12º), e às 12 portas do corpo; mas sim, que haveria mesmo a tendência a se generalizarem pelo corpo todo, mormente no caso da supressão de ingestão de alimentos. Também foi dito que tal estado vibratório implicaria em inevitáveis estremecimentos, até os mais intensos.

    Fiz esta pequena recapitulada, apenas para dizer o quanto existe de equívoco quando se presume que estas afirmações possam não ser verdadeiras; dado que muitos já vivem isso, onde eu mesmo me incluo. É claro que foi igualmente informado que cada caso é cada caso, e que este processo vibratório não precisa, para o que se encontra vindo, ser tão amplo, necessariamente, e que, mesmo restringindo-se a um único ponto das três lareiras, já se constituiria em suficiente salvo-conduto, neste sentido.

    ResponderExcluir