Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

7 de ago de 2013

Babaji – 7 de agosto de 2013


Partilha de uma mensagem canalizada hoje.
Estou desolada pela qualidade desse arquivo, que não tem o material adequado, de momento, mas parece-me necessário partilhá-lo, em toda simplicidade, para, assim, difundir a Presença do interveniente de maneira mais intensa e profunda do que com o único arquivo texto.
Boa Vibrância a vocês.

Séverine Authier

  

Eu sou Babaji. 

Meu irmão, minha irmã, meu amado, eu venho, hoje, neste instante, vibrar minha Presença em você, em seu coração, filho bem amado, para irradiar toda a Luz de que somos, em Verdade, irradiar o Amor, através de cada um de meus irmãos, de minhas irmãs.
Eu venho depositar, imprimir a minha Radiância em você, você, que é o que eu sou.

Filho, irmão tão amado, irmã de meu coração, junte-se a quem você é, Fonte de Amor, Fonte de abundância, Fonte de alegria e de leveza.

Eu venho, nesta hora, revelar-lhe que é a Hora e que, hoje, não é mais tempo para os divertimentos, não é mais tempo para deleites do exterior nesse mundo.
Hoje, eu lhe peço, eu o convido, mais do que nunca, a voltar-se em seu Coração, em nosso Coração, bem amado, bem amada.

Esposa e esposo de minha Fonte, você é minha Luz, você é minha Radiância nesse mundo, você é o Fogo de minha Presença e, hoje, nesses tempos, para que toda a Luz e todo o Amor de nossa Verdade mergulhem nesse mundo, em cada um de seus irmãos e irmãs, eu lhe peço para entrar no Silêncio, esse Silêncio que é Dança, esse Silêncio que é Tudo, pleno de toda a Verdade que nós somos.

Filho, brémisskaya, juntos, ergamo-nos, elevemo-nos, ao mesmo tempo em que essa Dança da Terra, ao mesmo tempo em que o Canto de Amor que se eleva a partir do coração de Gaia, sua Terra-Mãe.
Juntos, para além, mesmo, da mais potente das Comunhões, nós revelamos toda nossa Natureza, através desse canto.
É um nascimento, queridos filhos.
É uma revelação da Verdade, da Luz, da Fonte que você é.
E, quando você se volta para o interior, a Fonte trespassa tudo, tudo o que é efêmero, tudo o que você chamou realidade, mas que é apenas ilusão aos olhos do Coração.

A Graça estende seus véus azulados, a Verdade desdobra seu manto de Luz Branca, Luz da Verdade.
Verdade de nossa Unidade.
Filhos, bem amados, meu irmão, minha irmã, eu sou o que você é em Verdade.
Então, hoje, eu lhe peço para deixar-se embalar, deixar-se levar por essa onda de Amor e, assim, banhado nesse oceano de Contentamento, dancemos, cantemos o Silêncio.

Sejamos Um, porque é o que nós somos, de toda a Eternidade.
É o que sempre fomos.
Filho, você jamais deixou de Ser Amor, de Ser Unidade.
Então, hoje, pela Graça do Amor, os Véus levantam-se e a Verdade aparece, aparece aos seus olhos de criança, aparece aos seus olhos do Coração.
Admirado, repleto de todo o calor da Fonte que você é, você redescobre a Evidência.

Esse momento é uma Graça.
Esse momento é uma Festa.
Então, juntos, para suportar o impacto da Luz e da Verdade nesse mundo, juntos, dancemos o Amor, juntos, sejamos UM, de novo e para sempre.
Juntos, portemos esse mundo que toca ao seu fim.
Esse mundo que se desvenda, pouco a pouco e, através de todas essas ilusões, a Evidência e o Último aparecem, novamente.

Filho, meu irmão, minha irmã, prepare-se para isso em seu coração, em nosso Coração, essa Fonte de Amor que é Unidade, bem além de tudo o que você pode imaginar.
Então, filho bem amado, hoje, neste instante, eu lhe peço para tirar sua máscara, soltar todos os jogos e todos esses papéis que não têm sentido algum e que nada têm a ver com o que você é, em Verdade.
Acolha o que você é, reconheça a Fonte de Amor que vibra em você desde sempre, e que é sua Natureza verdadeira.

E hoje, no Silêncio, em todo Amor, levante-se, abra seu coração, abra os braços e receba a Última Evidência de sua Natureza.
Reconheça o que você é, o que nós somos, em Unidade, na Eternidade e que está aí, hoje, que se apresenta a você, tal um visitante que vem bater à sua porta.
Então, levante-se e acolha esse visitante, porque ele está aí apenas para revelar-lhe sua própria Natureza.

Filho, é a hora, mais do que nunca, do face a face.
Face a face com o Amor, face a face com o Desconhecido que você é, em Verdade.

Então, minha esposa, meu irmão, meus amigos que são o que eu sou, abram-me a porta e deixem-me todo o lugar.
A Luz, em toda a sua Graça, em todo o seu Amor, veio, já há alguns meses, limpar, purificar, transcender tudo o que não é sua Realidade para que, hoje, abandonando-se, você deixe a Ela todo o lugar.

Hoje, tudo se apaga.
Tudo se apaga para que o Todo se revele e, além disso, para que o Amor Último revele-se aos seus olhos perdidos.
Então, eu lhe peço e eu o convido, hoje, a isso.
Junte-se à sua Verdade, porque nada mais há que não ela, nada mais que valha a pena ser observado e reconhecido.
Todo o resto é apenas sonho, é apenas miragem que é dissolvida pela Graça e sob a ação do Amor Verdadeiro.

Então, levante-se, filho, junte-se à Vida real, porque é o que você é, desde sempre.
Você é isso, nós somos isso.
Então, eu o acompanho nesse caminho de sua própria Revelação e de nossa Reunião.
Eu estou aí, Presente, ao seu lado, a cada instante e em você, desde sempre, então, junte-se a mim nesse Coração, junte-se ao que você É.

Que meu Amor leve-o, que minha Alegria transcenda seus medos e revele-o ao que você é: Amor infinito.

Eu sou Babaji, e eu lhe ofereço a minha Graça.
Comunguemos, juntos, no Silêncio verdadeiro, no Silêncio do Coração.
Eu o convido nesse Coração.

(silêncio – comunhão)

Receba, meu irmão, minha irmã, meus bem amados, todo o meu Amor.
E eu lhes digo até sempre e até cada instante, na Vida Real, a partir de hoje.
Que este convite solene assinale seu Retorno à sua Morada, nossa Reunião tão esperada por cada um de vocês e de nós.
Nós somos UM.

Eu sou o Amor, em Verdade e em Unidade, e eu sou o que você é: Fonte de todas as coisas, Fonte de seu Coração.
Até sempre.
______________________
Canalizado e transmitido por Séverine Authier – Coletivo dos Filhos da Lei de UM.

http://gracedelamour.blogspot.fr/2013/08/babaji.html#more – obrigada por partilhar esse texto em sua integralidade.

4 comentários:

  1. Eu venho, nesta hora, revelar-lhe que é a Hora e que, hoje, não é mais tempo para os divertimentos, não é mais tempo para deleites do exterior nesse mundo.

    Esse momento é uma Graça. Esse momento é uma Festa. Então, juntos, para suportar o impacto da Luz e da Verdade nesse mundo, juntos, dancemos o Amor, juntos, sejamos UM, de novo e para sempre. Juntos, portemos esse mundo que toca ao seu fim.

    Então, filho bem amado, hoje, neste instante, eu lhe peço para tirar sua máscara, soltar todos os jogos e todos esses papéis que não têm sentido algum e que nada têm a ver com o que você é, em Verdade.

    Filho, é a hora, mais do que nunca, do face a face. Face a face com o Amor, face a face com o Desconhecido que você é, em Verdade.

    Então, minha esposa, meu irmão, meus amigos que são o que eu sou, abram-me a porta e deixem-me todo o lugar.

    ResponderExcluir
  2. "Hoje, pela Graça do Amor, os Véus levantam-se e a Verdade aparece. Aparece aos seus olhos de criança, aparece aos seus olhos do Coração.
    "Admirado, repleto de todo o calor da Fonte que você é, você Redescobre a Evidência.

    "Filho, é a hora, mais do que nunca, do Face a Face.
    Face a Face com o Amor, Face a Face com o Desconhecido que você é, em Verdade.
    "Junte-se a quem você é, Fonte de Amor, Fonte de Abundância, Fonte de Alegria e de Leveza.

    "Hoje, tudo se apaga.
    Tudo se apaga para que o Todo se Revele. ... para que o Amor Último Revele-se aos seus olhos perdidos.
    "É um Nascimento, queridos filhos. É uma Revelação da Verdade, da Luz, da Fonte que você é.

    "Então, Levante-se, filho, junte-se à Vida Real, porque é o que você é, desde sempre. ... Acolha o que você é, Reconheça a Fonte de Amor que vibra em você desde sempre, e que é sua Natureza Verdadeira.

    "Hoje, nesses tempos, para que toda a Luz e todo o Amor de nossa Verdade mergulhem nesse mundo, em cada um de seus irmãos e irmãs, eu lhe peço para entrar no Silêncio, esse Silêncio que é Dança, esse Silêncio que é Tudo, Pleno de toda a Vida que nós somos."

    ResponderExcluir
  3. Não foi uma Mensagem. Foi um "Convite Solene" de Babaji, para o Retorno a nossa Morada, para nossa Reunião tão, tão, tão aguardada.

    No "Convite", todos são tratados amorosamente, com algumas dicas, de como chegarmos LÁ:

    "... É a Hora e que, hoje, não é mais tempo para os divertimentos, não é mais tempo para deleites do exterior nesse mundo... Eu lhe peço para entrar no Silêncio... Hoje, neste instante, eu lhe peço para tirar sua máscara, soltar todos os jogos e todos esses papéis que não têm sentido algum e que nada têm a ver com o que você é, em Verdade. Acolha o que você é, reconheça a Fonte de Amor que vibra em você desde sempre, e que é sua Natureza verdadeira.... Que este convite solene assinale seu Retorno à sua Morada, nossa Reunião tão esperada por cada um de vocês e de nós. Nós somos UM."

    Então, o que nos resta fazer agora? Nada. Apenas assumirmos, tudo o que já nos foi dito, ressaltando Os Quatro Pilares do Coração: Humildade, Transparência, Simplicidade e Inocência e aquela pergunta que não quer sair de dentro de mim: "Está Pronto? Pronto? Pronto?"

    De Convite em mãos, apenas aguardando o dia... Reconhecendo que a cada momento, está mais, mais mais perto.

    Amém, pela Graça!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida irmã, aquela pergunta "Está Pronto? Pronto? Pronto? Particularmente, no meu caso, eu me aquieto porque humildemente sei que é um Trabalho da Luz em todo o meu ser. Então, o que nos resta fazer agora? Nada. Realmente, uma vez que é a Luz que tudo opera em nós.
      Nada. Sagrado Vazio. Sagrado Silêncio. ...Pleno do Poder da Luz e do Amor. Pleno de toda a Verdade que nós somos.

      De Coração a Coração.
      Em União.

      Excluir